segunda-feira, abril 12, 2004

Mãe, Pai e Filho pequenino no meio aninhados numa mesma cama em hora de sesta

Diz o Pai à Mãe em laia de adormecer, gosto muito de ti Querida
Diz a Mãe ao Pai, também eu gosto muito de ti
Diz o Filho, e eu…um bocadinho para o aflito, tal foi a entoação
Pai e Mãe rindo mergulham em beijos sobre ele de permeio
Sim gostamos muito de ti
E foi por gostar-mos um do outro, o Pai e a Mãe
Que tu Nasceste
Tu És Fruto desse Gostar
Tu És o Gosto
Que Aqui Está