segunda-feira, janeiro 23, 2006

é possivel a um exprimir o todo, sim admitamos que por vezes o Pai assim o Concede.
mas o homem que nessas vezes exprime o Todo, será feito em certa medida e na medida certa por cada uma das partes sem excluir nenhuma, nessas circunstâncias, ou seja homem que por assim dizer se encontra por Deus endossado, representa nesses momento, trás em si de uma certa maneira todas as partes que constituem o Todo.


.....

Como está Senhores a decorrer o processo de harmonização global das leis dos homens para facilitar e permitir a adpção em tempo real?

talvez seja melhor criar um forum global que se reune para tratar da questão e desenhar os metodos do fazer e do seu acompanhamento e como as crianças não vivem sózinhas os métodos que lhes permitam o espaço da queixa, estraão sempre na forma do viver e é aí pela proximidade que devem estara para serem efectivos.

talvez melhor, fazer tábua rasa deste emaranhado de leis e tentar encontrar um consenso, sabendo que os consensos acontecem e se fazem quando se olha e vê a realidade de forma justa, isto é, como ela é e se apresenta.

passo, a passo, pedra a pedra se faz a simples e Bela construção.



.....

Acresço ao dito sobre envelopes, parece que vós sabem todos, se esta minha hipotese é verdadeira e corresponde à realidade que chamam envelopes aos meus textos e à acção de meus textos, quanto eles são meus, já vós expliquei em detalhe meu ponto de vista sobre estas matérias. É assim? para a próxima informem-me se faz favor. eu vejo muito e muito pouco tambem, não teho pretensão de ser maior do que sou nem mais pequenino.

.....


vou até Tomar, ar apanhar. Se não aqui voltar é porque me fizeram acontecer alguma coisa. Logo veremos,

todos os dias ou noite ou tarde quando abro os olhos agradeço por estar aqui
falemos então da besta e das suas inversões.
quando escrevo, eu sou o que é, logo outros vem dizer, cá está a prova, pois ao contrário
fica é que o sou eu, mas esquecem-se de ver e dizer o quê. depois olham ao contexto do texto em malha fina ou apertada e tiram conclusões pelo mesmo processo.

Tolos, eu sou o que sou, eu sou aquele que é, eu sou o que é, são só formulas construidas em palavras para dizer um mesmo, um ser que se individualizou mas o ser que é, se completo em si mesmo, não corresponde necessáriamentre ao Todo e Tudo nem o Todo sempre expressa em parte ou inteiro, porque tem seu próprio avaliar e ninguem tem que eu saiba o tamanho do Pai inteiro.

todas as coisas são multiplas, é sempre possivel encontrar um sentido dentro de outro sentido dentro de outro ao lado de outro, por cima de um outro ou por baixo.

a besta como figura do mal e do mal feito e do mau agido, está sempre em nós e fora de nós porque nós mesmo somos um dentro e fora. a besta se monta, ou melhor, o homem é montado pela besta, na maior parte dos casos, quando primeiro a deixa andar à solta dentro de si e actua de forma a fazer mal, como por exemplo quando se mente, pois mentir faz duplo mal, primeiro a si, depois a um outro ou outros.






.....


primo se cá vieres ler estes posts, acrescento, podem considerar-te tudo mas levas bem a vida e a sabes viver.
Obrigado a quem cá pôs de novo o passaporte. foram muito simpáticos. até lhe puseram um bocadinho de cola pra ficar agarrado ao meu outro inglês que é só recordação pois caducado está há muitos anos.


.....

agora é que eu começo a perceber esta história dos envelopes, porque deve haver mais se se fala do envelope 9. meus senhores, acções meia cegas a meu ver, não pode ser mais, pois tem um preço a dividir por todos. podem pedir colaboração e faz-se as coisas bem feitas, bem preparadas e bem avaliadas. Mais assim não, por favor.

desculpem-me mas não tenho olhos para tudo. se acham algo importante o façam saber, mas por favor olhos nos olhos, para que nos possamos melhor todos entender.

amen.
A Ligação Forte da PT, ou PT Forte ligação.

no ano em que andávamos aqui na latina europa a fazer o canal zero, os consumos de telefone por essa causa aumentaram consideravelmente, talvez uma média, só verificando ao certo pelas facturas é que o poderia saber, mas agora não tenho tempo de 500/600 euros mensais.

giro foi quando o projecto acabou e os consumos não descerem, mas na altura não reparei com atenção. um dia recebi um telefonema da linha de apoio ao cliente, leandra Santos que me ligou pra o então número de telefone fixo e único da empresa por essa altura 213930134 dizendo que lhe o numero da minha empresa estav em nome de maria joão Paulido Valente (Pena ou Pera)? com a seguinte morada Pc. Dt. Alfredo Cunha, nº 7, 3dtº em lisboa 1400.

foi aí que percebi o modus operandis desta forma de alguem se pendurar na facturação alheia.
depois à luz deste conhecimento, recordei-me que já antes em outras instalações o mesmo se tinha observado, que as flutuações de produção, neste caso serviços, não se reflectiam da mesma forma na facturação.

quantos anos foi?
quanto gastei a mais?
quem com isso ganhou?
como é que tecenicamente se obsta a que alguem mal intencionado possa dentro ou fora da Pt assim proceder, pergunta primeiro para os técnicos dos sistemas.


Senhor Miguel Horta e Costa, eu tenho muito pouco dinheiro, na realidade está quase mesmo a acabar e estou outra vez sem saldo, importava-se de me fazer o favor de carregar o meu telemovel, com uma carga grandita enquanto fazem as contas, ou pretenderão não as fazer?

e sobretudo, componha o que estiver descomposto.
sintese de mim.

Eu sou um menino igual a ti, independente da idade que cada um tem e sou amável e gentil por natureza. se me tratam bem e com delicadeza, assim recebo e dou em troca, mas falinhas mansas, falsos e falsidades, subrepticios e segundas e terceiroas intenções escamoteadas, então chateio-me até onde for preciso chatear-me. não é o que todas as vezes temos de fazer quando nos andam a pisar os calos e como todos sabem a vida não é para nenhum andar chateado.

Amor Amando Amante

PAZ
Scarlett, bela estrela Ruiva e Alva, Bem Vinda a Portugal e Que Ames e Sejas Amada pelas Nossas Gentis Gentes. Se me quiseres visitar, aqui te deixo meu telefone, 96 280 77 46 pode parecer falta de simpatia mas não sei onde estás.
Eu acho-te Muito Bonita e gostei da foto tua em que te vi de preto e prata e gostava de conversa contigo, mostrar-te um pouco do meu país.

Beijos mil e Boa Estadia

…..


Meu primo Miguel Sá Marques enviou-me um link do seu blog para eu linkar. E assim fica. Meu primo tem sido mantido em equilíbrio com aquelas substâncias que são mais extensivamente que outra utilizadas, químicos, e sempre me fez muita pena, porque ele é um menino muito inteligente. Ainda no outro dia lhe pedi ajuda para resolver uma cifra de substituição.

http://www.aferidainata.blogs.sapo.pt


Tirem o Cavalinho da Chuva os Serviços Secretos que podem estar neste momento a fazer contas para me matar.


No Dia de S. Vicente e Por Ele Fez-se Um Milagre mas um Milagre, trás às vezes seu custo em sangue pelo que me é dado a perceber e assim é melhor não pedir muitos e tentar resolver as coisas que existem a resolver sem recorrer a Ele. Mas Ele Expressa a Sua Vontade e a mim Calha-me às vezes a Sua Interpretação e Vos digo que não me queixo mas nem sempre é fácil e custa.

A imagem apareceu no Irão e a mim até me parece pelo espírito que há alguns a dizer que ela está invertida ou qualquer coisa parecida e à conta disso engatilham as armas, não as armas, um tipo ataque de coração, uma agulha com ar espetada na veia, etc e tal, para passar discreto, pois já não o é, porque aqui fica.

Eu Creio Em Deus, Na Sua Protecção, Na protecção do Amor Que é Ele.

Ainda não percebi porque se mantêm um impasse quando existe tanto a resolver e se ia tão bem até antes desta crise.

Que posso eu fazer mais, quando aqui escrevi ao Presidente do Irão que o Convidava para Minha Casa para ver o que poderemos acordar entre os dois lados, agora de alguma forma reunidos com ferradura.

Mantenho o Convite, Mantenho a Kofi Anan a disponibilidade para ajudar a mediar se ambas as partes me reconhecerem com capacidade para tal e acharem que vale a pena a tentativa.

Podia-se organizar a discussão de uma forma a se perceber o que cada parte necessita de resolver internamente para melhorar as condições de suas Gentes, se quiserem ajuda claro está e relembrando que a cooperação e a proximidade é a única via de confiança para a confiança.

Não ousem matar-me! Estou cansado de mortes e de ver morrer toda a minha vida até aqui. Façam favor de resolver os problemas das misérias já e deixem-se de criar assuntos colaterais e de inventarem pretextos para continuar as matanças e parem de criar tensões, porque as tensões criam problemas a todos.

Amam-se mais.


…..


Boa a iniciativa dos médicos ao lado e nos entrementes das estruturas existentes e assim se fazem novas soluções que tenhamos fé de serem bem feitas e melhorarem o atendimento. No outro dia fui acompanhar um amigo que teve de ir de urgência para o Hospital Amadora Sintra e o que vi e ouvi foi do piorio. Tempos de espera até 4h30m.
Inadmissível. Deve existir alguns que se vão enquanto esperam tanto tempo. chegamos às 23h e eu só saí de lá às 4 horas da manhã, só para saber que ele não tinha nada de grave.

…..

Não se pode construir em zonas de reserva natural e protegida que estão reguladas por lei. Assim sendo são ilegais as aprovações feitas para construção e são de imediato revogadas com entrada em vigor desde já. O Pais tem que :

Primeiro calcular o número de habitantes que deve ter, numa ideia de combate global a desertificação e repovoamento, com ideias de centros e de sustentabilidade ao nível das suas produções. Então sim que se construa o que houver necessidade ou o que se entender desde que não dê cabo da Mãe que a todos nos Alberga, cuida e alimenta.

Não se interprete isto em termos minimalistas de forma a não criar problemas de desemprego e por aí fora consequência da aplicação mais rigorosa e exigente nestas tão Capitais Matérias.


…..


Porque a Terra Treme

Um: o corpo é um mesmo e para ele e nele concorrem todas as partes.
Quando por exemplo a divisão do coração do canto negro do ódio onde se acumulam as tensões e as dores, está pela bordinha, um qualquer corpinho, seja o meu ou o teu, num pequeníssimo acto de violência, pode ser a gota que o faz transbordar. De quem é a responsabilidade, do que faz transbordar a gota ou, de todos que contribuíram para encher o vaso?

Uma gota sozinha não enche o vaso mas pode fazê-lo transbordar.

Um corpo é matéria e espírito, só varia a densidade.

As emoções são sentidas no corpo matéria e espírito, visto um não existir sem o outro.
Um corpo por dentro contem múltiplos corpos até ao infinito de onde queiramos ir pois podemos observá-lo em distintas escalas, a veia que parece fechada para conter o sangue que nela corre, mas se vir a veia ao perto muito pertinho, ela não é sólida como antes mais afastado parecia e contudo o sangue circula por dentro contido.

Se vir ao perto pertinho o sangue, ele está em todo o lado, não só dentro das veias.

Imaginemos por um momento que um homem está “casado” com Deus, numa das suas infinitas faces e substâncias com que se apresenta e tem um poder equivalente a Deus.

Deus é omnipresente e omnisciente e omnipotente.


…..


A envia um envio a B
O envio é desviado
E vai parar a C

Ou

A envia um envio a B e mais um, ou outros
Só A é que o sabe, embora seja pouco provável que assim aconteça

Mas o c, d, s, podem se unir contra um B ou contra outra letra

C usa o conteúdo do mal recebido
Uma poderosíssima e sofisticada arma que não deixa traço
Para matar A.

Os amigos de A são levados a pensar que foi B que o matou.

A tem um nome igual a D

Esse nome D aparece associado a uma suspeita de crime ou é um crime do A
Pois tanto A como D ou Z, todos podem matar uma outra letra do mesmo alfabeto.

Se A não matou o que parece pouco provável, pode estar morto, mas também não me parece ser isto muito provável.

Mais provável é c, d, s, estarem congeminados a matar em larga escala.

Um conhecimento de uma escola A, seria por intermédio de c, d, s, associado a outro conhecimento que já teriam, e a arma secreta se torna duplamente perigosa.

O mal é feito, mas pensam os amigos de A, na hipótese de que sabem ao certo que só foi feito um envio, a B, que é B que o anda a fazer e assim os amigos de a querem ajustar contas com B, pensando que foi ele que matou A e muitos mais.

C, d, s, e outras letras do mesmo alfabeto querem fazer passar B pelo diabo.
E por vezes fazem-no tanto a sério que se B que é visto, ou era, deixo à vossa analise depois da leitura, como um grande profeta que escreve factos que depois se passam.

C, d, s e outras letras, sabem que as outras letras infinitas muito seguem B e acreditam nele e assim, são eles próprios que tornam essas profecias reais, associadas a custos de sangue. Não se coíbem do o fazer, porque tem muito medo de B, pelo muito apoio que tem recolhido de outras letras.

Assim querem parar B, que vê essas simetrias a acontecer e se pergunta e pergunta a Deus se sua escrita é capaz de tal criar.

Resposta honesta como sempre, sim e não, eu explico.

A escrita seja de que forma e suporte em que se expresse contagia outros e pela natureza do que trás unidos os homens, a linguagem que apreende o sentido e que em parte faz também o sentido, pois uma relação tem sempre no mínimo dois lados.

E se assim é, pode acontecer que a escrita de um, possa por exemplo levar outro, a um acto de violência que inclusive mate um terceiro ou muitos e da mesma forma um Presidente ou um general que manda um exército matar, tem na mão o sangue que ordenou.

Na primeira situação, o homem que escreveu pode mesmo nem saber quais foram as consequências para terceiros, porque não consegue relacionar os factos e portanto não lê as relações entre os eventos, mas não deixa o sangue, caso o haja, de estar também em suas mãos, como estás sempre nas mãos de todos cada vez que corre por fora até num único corpo.

Na segunda, será mais difícil não saber a consequência da acção em imagem mais larga entre causa, a ordem dada, e o resultado, mesmo que parte lhe fique oculta, pois uma matança em larga escala, raramente é passível de ser vista no seu todo. Por outras palavras, hoje morreram ali, uns por uma bomba, outros se despistaram numa estrada.

Pode existir relação entre estes dois eventos. Sim, porque a violência é sempre violência e toda ela está ligada como todas as coisas e liga as coisas e os seres. Espalha-se no ar e anda por aí, à espera da situação propícia para inspirar o coração que vá com mais pendor para a receber e nela se encavalitar.

O que leva um homem a escrever ou fazer uma guerra?

A vontade e a vontade como todas as palavras, é múltipla, portanto terá que se tentar perceber que partes é que a constituem, qual é a natureza de cada uma e como entre si se relacionam, certo?

Bom. Antes de me quererem matar por me considerar o mau da fita.

Existe a minha vontade, a tua, e a de um outro, para simplificar.

A capacidade de vontade varia com a natureza e carácter de cada um. Uns tem mais, outros menos, sendo aqui o mais e o menos, simplesmente uma maior ou menos capacidade de concretizar o que a vontade de cada um dita.

Eu, tenho a minha vontade, tu tens a tua e depois existe a Vontade de Deus, que é por assim escrever uma suma, de todas as resultantes de todas as interacções que ocorrem num determinado espaço-tempo, mas não é só isso, pois se o fosse à vontade de cada um era a suma divina e por consequência se aplicaria os mesmos princípios da natureza de Deus, omnisciência, omnipotência e omnipresença e teríamos então que concluir que a vontade de cada um, se estenderia nestas três características que pela palavra em si mesma indicam, uma parte que é parte e que é todo.

Subtil nuance, porque uma parte é sempre parte do todo, mas não tem necessariamente a parte a mesma vontade do Todo e Tudo, nem igual poder.

Faz a experiência, entre teus amigos reunidos, quantos poderão por exemplo com a expressão do pensamento focado, fazer dobrar uma colher que está na mesa onde se sentam. Poucos, se calhar nenhum, talvez um outro, mas creio ser possível que tal se possa fazer. Se já experimentei, não e não é agora que o vou fazer, pois estou a escrever.

Um terramoto ocorre e de acordo com determinadas escrituras e ver de alguns, pode ser perfeitamente Deus que a Fez tremer para demonstrar a sua força ou ira.

Outros dirão que a terra treme por causas físicas, as placas que se entrechocam ou as variações das pressões internas

Outros acrescentarão de certa forma aos dois, que uma emoção de grande densidade, isto é, por muitos partilhada, seja como expectativa ou desiderato e que as emoções se sentem na parte do mesmo único grande e infinito corpo a que chamamos nossa pequena parte, nosso corpo nos limites do físico que o encerra, mas já é muito mais difícil nele encerar o espírito e seus produtos, como o pensamento.

Outros acrescentarão que se os homens muito alterarem as pressões do interior da terra por a andarem a sugar com constância e até ao fim, os desequilíbrios resultantes, fazem em sua medida e parte certa, também os tremores de terra. Que os homens relacionam os locais de seus acontecer, sua frequência com os locais onde por exemplo se extrai muito e em longo e cadência regular tempo.

Depois ponham um copo de plástico na mão cheio de água como se fosse a agua o interior do corpo da terra. Com a mão aplicas uma pressão num dos lados, o que acontece, que um outro lado do copo pode sofrer transformações na sua forma, que é sempre também um conteúdo, ao ser por exemplo aplicada a força noutro lado do mesmo copo.

E se assim é a responsabilidade de os terramotos acontecerem, não se esgota nos locais e nos homens que fazem os furos, pois é obvio que o que se extrai é usado por muitos em diferentes locais, portanto como sempre em relação a tudo, se se quiser apurar bem as contas, teremos que dividir seu custo em sangue e em dor por todos.

Se eu criei por vontade própria um terramoto? Não, muito simplesmente porque nunca o desejei fazer. Depois não sei se terei a força para faze-lo, pois ainda não experimentei faze-lo nem quero por vontade fazê-lo, que isto vos fique claro a todos.

Criou um o Pai por zanga com o que seus filhos fazem a outro? Depende do ponto de vista e conceitos de quem vê e o pensa pois para uns, o Pai, não pode ser um Pai zangado que não se controle e que faça tanto mal a seus filhos, o que não desdita que todos os pais, nas vezes se zanguem, mas pai avisado não tenta nunca perder as estribeiras e nas vezes a perde com muita facilidade quando por exemplo puxa de uma pistola e mata outro.

Tem Deus, um sentido, uma propensão determinante?

Sim porque Deus é Amor, é Amor tem sempre, trás e é um sentido de criação e consequentemente de cuidar, donde por ser esta sua trave mestra, não será seu contrário, mas outras propensões, outras vontades, a soma que é suma, exprime, como quando por exemplo se diz, que Deus joga aos dados, ou qualquer outra coisa semelhante, pois Deus é conhecido e elaborado, no sentido, de vivenciado, percepcionado, pensado pelo homem e sendo o homem divino, eu ou tu, cada um é Deus, embora cada um esteja Nele com diferentes tamanhos.

Repara que o homem pode fazer aquilo que Deus faz, pois se Deus nos leva daqui em corpo num pedaço do circulo, também o homem pode abreviar uma vida que vai a seu lado e sendo que cada vez que assim age, abrevia a sua também, mesmo que fique vivo, pois a vida e o sangue é um mesmo, e não há mais do que há, como nos hospitais.

Agora Senhores muita atenção se fizerem o favor, porque ninguém, mas ninguém me imputa, nem o vai conseguir, a responsabilidade de fazer um tremor de terra ou um ciclone, pela prima razão que já declarei, que nunca expressei vontade para isso, mas quando vos ouço assim se porem para a minha pessoa, começa nas vezes a dar-me vontade.

Nem me vou pôr a experimentar para se no caso de o conseguir, vos poder ao fazer a experiência, dar-vos razões para dizer que afinal é possível, donde poderá ou foi ele.

E também vos digo em verdade, verdadeira, verdadinha, que nunca fiz por vontade minha um furacão, embora tenha rezado muitas vezes ao pai para os parar e nalgumas vezes, assim aconteceu, se foi por mim, ou por mais a rezarem, concerteza que foi por muitos, porque a vontade é antes de mais um sistema energético que nos permite por exemplo mover o braço, ou escrever estas letras. Agradeço a Deus, mas não retiro nem nunca retirei os por assim escrever louros.

E andam para aí uns a dizer e outros convencidos, que foi eu que os criei. Tolos uns, muito mais perigosos aqueles que me querem fazer mal e vão tentando convencer os outros que sou uma espécie de diabo e bruxo e não se esqueçam que estas são palavras humanas e se o são, são como todas partilhadas por todos e os seres são em parte o que o nome os nomeia, por outro dizer, cada um de nós é Deus, é um diabo e um bruxo, sendo que estes dois também fazem parte da natureza e atributos de Deus.

Lembrem-se disto pois chamar a alguém uma coisa é nomear para ele essa mesma coisa, assim como que se colam a outro os atributos que se invocam e este é um elementar mecanismo de insuflação e propagação atómica e sub atómica de capacidades que quem as quer ter, deveria ter a necessárias e cautelosa preparação para o ser.

Pondo isto ainda mais claro, cada vez que te chamo de diabo, estou de certa forma e na medida certa a conferir-te esse poder, pois nomear é antes de mais poder.

Por outro lado, atribuir um atributo a outro, não quer dizer que o outro o aceite ou se deixe por ele pautar e depois como tudo é polissémico e as palavras não fogem a esta regra da natureza de tudo, um diabo ou um bruxo para ti poderá ser diferente do que é para mim, quanto mais os poderes que me dás ao chamar-me, mas insisto, antes de todo o que me fazes e dizes, estou eu mesmo, a minha vontade, a minha consciência, que não é fraca como a de alguns que vão por aí.

E agora ainda muito mais atenção vos peço, pois este ponto é fundamental para concluir e esclarecer de uma vez por todas esta questão.

Se Deus e o Divino existem e se exprimem na vida e não se vêem, o que é então Deus e onde está e como a partir da resposta a estas duas questões, se pode então perceber a relação de um homem com Deus e isto a todos se aplica porque, porque todos e tudo é Deus e o Divino, só se tentam escapar da responsabilidade nestes aconteceres, aqueles que Nele não crêem, como o cimento, o ligante, o principio inteligente criador, o que está em toda as partes e em todos os entrementes.

Sinopticamente, sem abordar agora as primeiras questões, essas que cada um as pense para si e por si, pois é única e à medida de cada um a sua relação com Deus.

Falarei de como vocês me vêem e como se dividem em dois grupos fundamentais nesse ver.

E para falar do que vocês vêem, preciso de explicar como vejo eu e onde e sou nesse ver do visto, do que acontece, por vezes antes de acontecer, numa ordem que não é a habitual ordem decorrente da forma como organizamos o tempo linear e sequencial.

E basicamente vos direi também que quando todos isto souberem, deixará de existir o eterno retorno, com parte sem ser em corpo, pois é esta ilusão que ainda não permite. E digo, é só uma ilusão. E que isto não afirma que o corpo seja sempre corpo, na dimensão física dos limites de nossos membros.

Tem um antigo nome, este mistério da escola de Bauhtee.

Mas falemos de visão 360º. Se a unidade do ver, que se torna unidade, porque é vista e por muitos assim entendida, é a resultante da observação de relações significativas entre as partes e na sua sequenciação e visto que as relações sempre se encontram em continua mudança, a posição do que vê, para além de não poder estar colada a nenhuma parte em detrimento de uma outra e terá que se mover de forma a acompanhar as mudanças em continuo das correlações e consequentemente dos sentidos que figuram e que sempre se vão alterando.

Assim vai quem está em 360º, que nunca são verdadeiramente 360º, outros vão a 180º, outros a 30º e se se cruzam comigo num determinado momento em que eu vou a olhar uma coisa que me preocupa ou desagrada ou que penso ser capital em termos da sobrevivência da espécie, alguns virão isso reflectido em mim que o reflicto. Se chegares a achar que eu sou o mau da fita, então verás em mim o mau da fita. Se chegares de coração acertado, então verás meu coração acertado, que é como ele gosta de ir e não confundas também, o que eu sou como que eu te pareço ser ao ver.

O problema nem se coloca aí, coloca-se mais na intenção, no pré juízo que já trazem na mais das vezes emprenhado como virgens pelos ouvidos e se assim vierem, eu que vejo também o mal o reflectirei em vós, se vierem com coração acertado, reflicto esse amor junto com o meu, o que dá mais amor, que é o que sempre se necessita.

É muito simples de ver em minha face. Se ela estiver perturbada é porque foi perturbada, porque se aproximou a perturbação, linear como um b à bá, infantil de meninos enquanto não se esquecem que as linguagens são música.

Depois do meu último texto, aqueles que se chamam de esquerda pondo-se numa esquerda imaginária perderam as eleições presidenciais para os outros a que chamam de direita

Olhando o mundo, vejo a Prince of Wales a falecer, mesmo com tantos a ajudarem e uma das razões foi mesmo essa, o bicho stressou.

Depois falo dos previsíveis problemas decorrentes do impasse com o Irão e pimba ou pumba, duas bombas em gasodutos. As guerras continuam, os homens distraem-se do que é urgente resolver porque tem que ser bombeiros e o tempo urge.

Então pensam aqueles que me querem matar de morte matada. Temos que o parar.
E a esses Tolos e a todos os outros então eu digo.

Pensais mesmo que nesta altura do campeonato, será possível sobreviver sem a verdade, verdadinha, verdadeira toda nua e inteira.

Meditem, mas meditem muito muitíssimo sobre esta questão e encontrem a vossa posição com o ângulo maior que conseguirem.

Ou então homens façam das tripas coração e vão a elas buscar a coragem, a alegria, que não é propriamente a fazer caras feias e intimidantes e vamos lá com a Boa Vontade resolver rapidamente os problemas.

Ainda não perceberam todos que eu estou a ajudar? Dando-vos imagens e esclarecendo os modos de ver e de pensar?

A verdade era antigamente representada por Janus, o bifronte, ou seja a capacidade que o homem tem de ter, para a saber, de olhar simultaneamente, visto só ter dois olhos e uma cara, em direcções diametralmente opostas, isto é a trave da visão global e agora põem Janus em três dimensões, um centro com um olho que roda, mas já sabemos todos que mesmo por detrás sentimos na rua quem nos olha fixamente.

Eu Vos Agradeço a Todos Os Grandes Homens Gentis que Hoje Puseram Gravata Negra em Sinal de Luto e Solidariedade com a minha Dor, mas deixam-me recordar-vos uma linha de um verso de um Poeta da minha língua, que diz quando eu morrer, deixem-me ir por cima de um burro e toquem latas, façam a festa, acrescento eu.

É que hoje fiquei cansado de ver gravatas pretas, visões que me eram atribuídas de 360º e que agora já não o são, o cartaz dos Sopranos que hoje aparece no meu trajecto, são eles olhando a campa florida, no aeroporto a pirelli diz correctamente que potencia sem controlo pode ser desastre nas cores dos alcoólicos anónimos e as das minha roupas preta e rubra, um saco de mão de um passageiro, fala de uma marca que não existe e que diz, desta vez, foi à séria e a doer e por aí fora em mimos variados, que vêem de musica e letras e por aí fora. Outros nas revistas e nas televisões fazem sinaléticas de julgar e julgamento com base em adereços, posições cifradas do corpo com significados precisos, um pé em cima de uma providencial letra no chão, que expressa a posição do líder do grupo aos outros e assim cada grupo se organiza.

Também fiquei muito triste e preocupado em ver as faces de muitos que me amam tão cabisbaixas, tristes e preocupadas. Alegrai-vos porque não há motivo e o Amor quer-se Alegre a Alegrar. E mais é Fundamental para se poder passar estas crises que se agudizam na estreita ponte entre o tudo e o nada.

E o pior, oh Gentes, é que muitos se preparam para me matar. Cuidado, muito cuidadinho, porque já o tentaram fazer por diversas vezes e até agora ainda aqui estou, o que não quer dizer que não o consigam fazer, disso o Pai saberá, mas também vos digo por mim que sou inteiro e que Rezo para que se algum assim para mim vier, se vire no imediato para ele mesmo, antes mesmo de me afectar, e isto não contradita a Protecção do Pai que Reconheço e Aprecio.

Kskssssksksksksksks, fora cobrinhas, que vos piso a todas enquanto tiver pés.

Mas voltando ao assunto.

O primeiro assunto é que por tudo isto que está montado na forma como está montado, implica muito dinheiro, muita organização e muito poder politico para poder assim ser feito, donde desvela que o combate que me fazem tem causas muito mais profundas, não é por acaso, que estivemos em eleições e muitos esperariam que eu continuasse a escrever, outro a todo o custo que não e sabem como eu tenho votado, o que não quer dizer que vote sempre da mesma maneira.

Bom, já foi a queixa e acusação àqueles que dizem acreditar, donde viver Deus e em Deus e que depois fazem tenebrosas coisas de natureza já descrita e hoje é a alguns políticos e partidos que me fazem combate contínuo por eu procurar sempre dizer a verdade na medida certa em que dela me vou apercebendo e depois por fim irei à questão do Procurador, onde recentemente me meti, como quem lhe veste a pele, no meu caso, mais o coração porque sempre assim andei.

Quem são e donde vêem e onde estão os meus maiores inimigos desde sempre. No CDS, desde o tempo do liceu e continuou a festa até agora.

Pergunta a Ribeiro e Castro. Quer Paz ou Guerra?

Quer que eu desenrole a história toda, por mim tudo bem, mas desde já o aviso que fica em suas mãos o sangue de outros assuntos que não poder tratar por causa de uma infeliz posição no segundo lado do axioma, se tal vier a ser a sua e a dos seus posição. Recorde-lhe que ainda há bem pouco tempo expressei a minha solidariedade e protecção quando ameaçaram o vosso partido, como farei em relação a qualquer outro.

Pergunto mesmo a Marques Mendes e aos Secretários Gerais ou Presidentes ou o que for.
…..


Duas leis a mudarem e a exigir que funcionem. Ouvi Garcia Pereira a dizer que tinha sido gravemente prejudicado nos tempos de antena e forneceu elementos que o apoiavam, por outras palavras tinha o trabalho de casa feito.

Ou ainda vai ter que se anular estas eleições rapidamente por falta de equilíbrio nas oportunidades. Esse tempo do eu sou mais importante e tenho mais poder ou dinheiro, já Acabou.

Não sei especificamente onde estão estas competências, se na CNE ou naquilo que inventaram para substituir a alta, autoridade para a comunicação social, mas nalgum lado deve estar as competências e então é preciso averiguar, porque não tem o poder de chegar a uma qualquer televisão e não deixar que isso aconteça.

Por via administrativa, visto o mal já ter sido feito e só se poderá corrigir na próxima, mesmo que seja amanhã, o Garcia Pereira passa a ter 3% dos votos do total votado


…..

Deus criou os homens livres e as mulheres são quem transporta em si em primeira e ultima instancia a decisão sobre o nascimento. Não podem ainda os Pais colocarem e terem os meninos em suas barrigas, nos momentos em que a mulher não quer e o homem sim, mas também não se pode obrigar ninguém sobre o que por direito natural lhe compete, que é decidir sobre o seu corpo.

Mas as leis e as práticas tem que salvaguardar também os direitos do pai, pois um filho não é gerado só por um deles, mas sim pelos dois embora seja da mulher essa decisão.
Enquanto a ivg for clandestina a mulher para alem de sofrer mais, não permite viabilizar os direitos dos pais homens.

E um pelo menos ele tem e terá que ser salvaguardado. O de saber a verdade, seu filho é seu, para que não fique na dúvida e assim sofra e para poder fazer seu luto.

Mudem as leis neste sentido.

Em recente dia no meu banco de jardim habitual, quando lá cheguei, estava uma corda com um nó de forca, e eu o desfiz e pulei em cima dele.

Agora sopram alguns que me querem matar fazendo parecer um ataque de coração.

Imagino também das vezes que tem entrado em minha casa o que poderão fazer na minha ausência. Levar coisas, fotografar outra, recolher ainda outras. Ou trazer uma mulher e um duplo e fotografar no cenário narrando por exemplo um acto sexual que possa a muitos escandalizar. Ou ainda trazer por exemplo um quilo de cocaína e tirar umas belas fotos na secretária que é conhecida e assim tentar fazer crer a outros que ele é um traficante ou consumidor. Faz-se de tudo, correcção Fazia-se!

Quanto meninos continuam a morrer no mundo à espera que seus Pais resolvam seus confrontos?





Amen
Amada Muito Amada, Muito eu Te Beijo e Te Dou Colinho e Conforto.