domingo, dezembro 24, 2006



Os Sacos Vazios das Prendas Amontoam-se nas ruas que os caixotes estão cheios e mais não levam, as casas confortáveis, quentes e iluminadas, as rabanadas e os sonhos fazem as delicias das crianças e dos adultos.

No Fim de mais um ano que passa, cerca de onze milhões de crianças morreram porque nós as deixamos morrer, sem nenhuma razão para assim ser. Morreram tambem as Mães e os Pais.

É Meu Filho

Uma dúzia de homens mais ricos do planeta podia de uma vez acabar com a miséria e ficariam eles mais ricos do coração e não ficariam pobres e escanzelados, mas não se pode obrigar ninguém a dar o que é seu, a propriedade existe e é respeitada, A Mãe e O Pai e O Filho e o Espirito Santo Tambem e todos Bem de Saude e Felizes Como Se Pode Ver.

O Fundo do Fim de Todas as Misérias não foi ainda criado e os homens se entretem em conflitos e guerras, alguns dirão que não existe dinheiro disponivel, mas para armamento sim.

Poderiam fazer simples acordo universal e local, baixassem durante uma semana os produtos todos que se compram para um valor de um euro ou correspondente e assim o dinheiro que existe no bolso de cada um daria para comprar o que de necessário falta a novecentos milhoes de Irmãos no Uno Mundo que vivem e morrem na miséria.

E já se levantam as vozes dos Restelos, então se dá o peixe e não a cana e o ensino do semear e do colher e do distribuir?

Pois então que em vez de uma semana sejam duas e se o calculo estiver errado, que seja acertado e que se aumentem ou diminuam os dias.

Outros cegos dizem, sempre foi assim e sempre assim será o homem e seu viver. Lhes responderão as formigas ou outro bicho qualquer, depois deles todos desaparecerem da Terra.

Nossa Senhora Tem Suas Mãos de Ossos Transparentes Em Concha Sobre a Cabeça do Menino a Protegê-lO.

Um Santo Natal a Todos, Diz Deus Ofendido a Chorar.

E acrescenta, se meus filhos assim continuarem a caminhar, serão um bilião e setecentos milhões que irão rapidamente para o Céu pelas novas pestes, que o Vaso engendrará em busca do novo equilibrio em desiquilibrio.

Depois se chegará rapidamente ao fim da vida do homem.

Simples imagem e equação. Até dois mil e vinte e cinco será necessário mais uma terra igual a que temos para dar para todos.

Já tem o Homem uma outra no Cosmo em vista? E meios para a mudança de Todos os que forem necessários mudar de casa?

Pois se precisamos de uma outra terra até esta data para viabilizar a vida de Todos, quer dizer, que não tendo tempo até lá para acontecer, a vida só poderia prosseguir dessa data em adiante se se verificar uma drástica redução da população.

No outro lado da equação, no termo do Bem, a Eternidade do Corpo é já uma realidade, se criarmos as condições para que os Seres possam continuar a viver. Importante será juntar duas equipes de investigação que apresentaram resultados recentes neste campo. Uma lusa que descobriu o agente de destruição e uma americana que entendeu a comunicação ao nivel celular.

Ao Homem, a escolha e o escolher, liberdade que Deus Pai lhes concedeu ao criá-los.

Existem vivos ou já estão todos finados?

Bate-vos ainda o coração?

E vossas cabeças, ainda pensam com elas?

Ainda Se Lembram Quem São?

Ainda Sabem o que Quer Dizer Amor?

A Tempestade se levantará, a autoridade se transformará em Pó e o Caos a Todos Chegará e Tem Vós Mãos, Meios e Vontade Para Tal Impedir.

A Criança Sorri

O Fito da Vida É A Felicidade

A Felicidade do Amor

O Amor Feliz