domingo, setembro 16, 2007

Chegou o pássaro da Alma e assim ao pastor na copa da arvore cantou
Com seu trinado o acordou e lhe disse, assim disse Nosso Pai para te dizer
Teu coração saberá o que com a Palavra Fazer


Que homens sois, espantariam-se meus olhos se não soubessem que os nenúfares já vos moram em vossos peitos, espada invisível, o céu a dormir na casa das estrelas sobre vós fez pender, uma invisível guilhotina desce sobre o peito de cada um dos perversos e contudo disse Deus, revertei vossos passos, assumi a luz da verdade e tereis ainda tempo de acompanhar vossos netos nas quentes tardes de verão de vosso entardecer, não o façais, e irás bem mais rápido do que espera, tudo é pó em minha mão, dele faço o barro e com agua o fermento e com o sopro o alento, fio fraco fino, ufano, simples corte, já está de novo matéria no esquecido esquecimento, pensai-vos porventura maiores do que Eu ?

Que vossos muros em algo servirão aos meus mais pequenos filhos?
Ou que vossas mãos serão invisíveis ao contágio?
Ou que vossos lábios não secarão se a fonte mais não jorrar?
Que vossas casas de pé se manterão se a terra vos a todos abanar?
Ou que vosso sangue não mais respirará se o ar turbilhão se fizer?

Por todo o lado ele virá, mas em vossos corações podereis ainda optar pela via da luz que cresce e crescendo faz o desejado e necessário contrapeso, talvez a balança se reequilibre por um instante curto que seja e assim a invisível espada não vos foice

Porque pensais que meu filho outrora deu sua vida por vós?

Pensais porventura que eu amo a Cruz , seu sofrer , seu sangue, o sofrer de todas e qualquer uma das partes?

A Cruz é memória e caminho para o Eterno
A Cruz é Luz que diz e fala dizendo das duas direcções que aos seres se colocam
A perca do corpo horizontal
Ou a ascensão vertical à Luz que Desce ao encontro de Quem Sobe
E Sempre Sobem e Subiram Uns e Outros Não e Assim a Cruz Se Faz e Se Mantém

Porque Meus Filhos, porque assim vos mantéis?
Porque Oscilais entre um plano e o outro?
Reservai o horizonte para os Amantes em Seus Amores

De Resto em Todo o Resto Verticais como o Coluna do Coração que Trazeis e Sois

Pensais porventura que eu gosto de sofrer e ver-vos meus filhos, sofrer?
Porque ides entre o sádico e o masoquista?
Se Tendes Coração e Luz e Razão e Mão e Saber Para os Problemas Todos Compor?

Sereis vós, por vossas próprias mãos a terceira geração que se torna oleiro do novo barro, ou serei a terceira geração que o próprio barro na grande roda do oleiro a si mesma se Destrói





Ela aí está

Perguntais onde, vós, os que levais a besta dentro de vós, a alimentais, assim tornando a besta, Besta?

Dentro de vós a crescer a lamina na exacta medida da vossa negritude que divide o mundo e do paraíso faz o inferno.

Tereis ainda duvida ?

Rapidamente vos será esclarecida em consulta próxima, bem mais próxima do que pensais, olhai-vos ao espelho e verei a pele a mudar de cor, primeiro pouco, depois mais, as olheiras se estendem à volta dos olhos e os papos cheios das misérias das negritude se tornam flácidos e descaem, como vossas entranhas, descaem para a posição horizontal em que mais mal a ninguém fareis

Reparai, o pé a grangena a aparecer, reparei o órgão como flácido se tornou e nada mais o desperta, ero meu filho, de vós fugiu a sete pés perante o cheiro da podridão da morte antecipado que exala já de vossos pequenos e insignificantes corpos

Reparai como a comida vos começa a saber em modo diferente pouco a pouco, para quase nada saber, de como cimento e subtil veneno se torna a vosso corpo, de como os cabelos vos caem mais e mais rápido, e a calvície espelha a negritude que mora em vossos espíritos

Quereis ainda morrer, como dizem, como homens e heróis, puxai das valentia das bravatas de coisa nenhuma, desembainhei as espadas e matei a quem vai a vosso lado, se fores mesmo corajosos, o farão a vossos filhos, frio, fio o fio da lamina do punhal aziago em vossas mãos, pedra petrificada, parada, estatua de sal que por pequeno sopro ao instante se desfaz, de que cuidais vós?

De coisa nenhuma e de nada

E não cuidar é fenecer, venha a sementeira larga da foice larga, aquela que está no céu e que o Pai usa para limpar a porcaria em modo grande quando a Mãe muito grita e lhe diz assim não dá mais, e o Pai pega nela, chorando os perigos que seus filhos se tornaram,

A criança menina, deitando seu papagaio, ao mar caiu, empurrado por negra e invisível mão, que lá esteve sem estar, sua alma se divide em mil no reino do céu que mora aqui e vos perseguira a cada um, até que cada um cai, assim o anjo disse, assim o anjo ceifado fará, um anjo tombado, mil iníquos sem remissão no inferno eterno, nunca mais uma breve recordação de vós soprará em nenhum lugar da terra, jamais, os vossos desaparecerão e vós com eles em suas memórias sem continuidade nem continuação

Deus convoca os seres, Deus convoca os peixes do mar, onde no fundo hoje moram os sacos plásticos que vós ao mar deitaram, Deus convoca os polvos das ânforas do mar, Deus convocas as vacas, Deus convoca os bois, Deus convoca os pássaros, Deus convoca os mosquitos, Deus convoca o Vento e as Marés, Deus convoca as arvores e as plantas e os frutos, Deus convoca os microorganismos

Deus está cansado das vossas maldades, Deus está cansado da iniquidade e a Mãe lhe diz, é tempo de virar a terra de novo, de pernas para o ar, os pólos descem e trocam suas posições, mais uma vez assim os homens por sua própria mão falharam a reunião

Crieis vós seres insignificantes, que podereis fazer face a tudo isto, como as vossas moedas e vossos muros de papel, as mil arrogância em mil bicos de pés de coisa nenhuma, que não ve nem arvore nem sabe da una floresta ?

Reparai hoje, já como a mutação se vai dar, reparai hoje ao voltarem a vossa casa como as sombras se tornam mais densas e perseguem vosso passos, reparai como as arvores vos vão em forte sussurrar, reparai no que elas dizem, nas terríveis palavras que por seus ramos saem para vos assombrar e vos dar medo aos sonhos,

Reparai como a noite se vai por densa e as estrelas perdem seu brilho e se ocultam a vossos olhos

Deus olha a caixa de pandora, onde estão as pragas de toda a eternidade, aquela caixa onde por mão de seu filhos, sempre mais uma nova vai sendo posta a cada dia, chamam-lhes eles, invenções,

E Deus vê as ogivas nucleares e as conta uma por uma e vê que ainda há dias algumas andaram a voar pelos céus da América, em perigo relativo acrescentaram os homens, tão relativo como um avião ou um pássaro cair no chão, ou como uma ogiva ser ogiva feita para arrebentar, será que já viram tal acontecer?

E Deus vê as novas bactérias e viroses que por sua própria mão seus filhos se entreterão a fazer e a semear as condições da mutações, no propicio negro feno da falta de cuidado com os Irmãos

E Deus vê todos os santos dias os filhos dos filhos a morreram porque seus pais deles não cuidam e se pergunta, merecerão viver, os pais que não sabem cuidar de seus filhos?

E Deus vos pergunta, deverei levar os pais e deixar os filhos?

Acham os pais porventura os filho preparados para lidar com a herança de seus progenitores?

E Deus que é agua e veia e corpo e espirito e ar, se sente mal, a agua está porca, os pequenos vampiros insuflados, que apregoam as vis mentiras, chupam-lhe o corpo, e o sangue e sujam o ar e o sangue a agua da comunhão

E Deus vê os rios sem cuidados, as terras na agua a cair, vê os campos abandonados e vê a fome e vê os sistemas políticos e os que os dirigem e os conhece um por um, seu coração em sua mão, cada um uma pluma em sua balança, e os pássaros do espirito tudo a Ele cantam

Achais mesmo que tendes dinheiro, armas e muros contra Deus, ou se quiserem, Lhe chamem só de Mãe natureza, ou corpo grande ou o que for que entenderam do que não entendem, achais mesmo que sois forte o bastante, que a qualidade de homens que sois, a vossa moral, as vossa colunas vertebrais são capazes de suportar tamanho peso?

Pensai e medi-vos e pensai e medi-vos de novo e ainda outra vez e à quarta tomai decisões, e mudai o que for de mudar e mudai os homens da condução que forem necessário mudar, não perdeis tempo nem sejais contemplativos onde não há tempo de contemplar

Deus ouviu a Senhora Esposa do homem a quem pelo menos outro dois, que não o são, pretendem empurrar as responsabilidades do que fizeram, cada um e mais outros participando em sua parte, e que por doença nem se pode mesmo defender,

O fez em terreiro sua Esposa e fizeram assim esses dois a clara prova de como nem homens são, sendo que um deles trás cargo de condução de nível alto na terra a que chamam de europa sem mesmo nem saber o que ela é.

E Deus vos ouve sempre dizer que não existem almoços à borla, e vos vê a não saber fazer o pão de acordo com as necessidades e se assim é porque razão os duzentos mil euros, que se tirar os mil, dão duzentos e tal mortos se calhar os de madrid, foram dados ao partido mesmo antes do acto do voto sabendo quem o dava que iria entregar ao vencedor?

Vencedor de quê, da morte, ou vendedor da morte, ou ainda da mor rte?

E sendo que para já não se descobriu pois como bem a policia disse, não lhe compete a ela a prova do favorecimento na obra da estrada, que desde já avance o tribunal constitucional, ou o de contas, enquanto a lei não permitir à policia obter por investigação a prova, para que o assunto seja em modo cabal esclarecido

Porque 200 mil euros para criar como dizem ter sido o caso, um slogan, para a campanha que estava a acabar e que diz estamos 100% consigo, ninguém no mundo que os faz, poderá em seu justo dizer que tal fabulosa criação custará tal quantia, nem que se tivessem provavelmente reunidos os maiores e mais dispendiosos génios do ramo

E se assim não é e assim o foi e sendo-o não foi, o que afinal se pagou?

A não resposta obriga a sua busca, pois tudo isto indica que a suspeita tem cabimento e pesado provimento

100% consigo, é o primeiro do duplo circulo da percentagem, ou do percentil, da vareta que faz mover o mundo, assente entre dois círculos mais pequenos, ou seja duas vesicas e uma vareta, duas senhoras e um senhor do duplo circulo do primeiro

quem é o primeiro, o que paga, ou o que recebe, deverá ser neste caso quem o paga, quem o fez, pois o slogan acrescenta, circulo duplo em si, alemão avião, ou si gato

% representa também a vareta que atravessa e quebra o infinito

e diz o titulo por falar em durão barroso

português fa na ala l ar em dia maior ur cão no bar ros, ba rr os em Itália, deve ter sido o dia do pagamento deduzo eu, ou o dia da factura do z na di

pensem senhores, mas pensem bem, se um homem assim com estas qualidades e este gabarito e entendimento de responsabilidade ao nível de uma vassoura, deverá estar à frente de uma comissão europeia ou do que for em termos públicos, ou se esquecem que a corrupção como o cancro sempre se estende a todo o corpo?

Deu ele face ao sucedido sinal de emenda, deu ele a mão a palmatória, reconheceu seu erro e errar e comprometeu-se em modo publico na altura publica que trás e em parte é, a mudar, a emendar-se?

Falou ele na sala comum dos homens e disse,

Sei que a vossa confiança em mim está diminuída e razões tem todos para isso,
e depois de reconhecer o errado, de o ter esclarecido em sua totalidade, para que a semente da confiança possa de novo despontar, assim, se achares que eu mereço continuar em meu cargo, pesando tudo de bom e de mau, me dispo de hoje em diante, vou despido perante vós todos na minha função publica, não mais nenhum dinheiro publico passará por minha mão, as minhas contas estarão sempre em todos os momentos acessíveis a vós

Não o fez, chutou para um que depois chutou para outro que se encontra às portas da morte.

E pensai então um pouco mais porque não o terá feito, se na aparência da primeira leitura, o erro não parece ser de grande monta ?

Pois não é verdade que quem vai torto mais rapidamente admite o pequeno que o grande?

Então será licito afirmar e agir em conformidade com a afirmação, que o que agora se sabe é só ponta de coisa muita maior, se calhar tão grande negra e nefasta que urge mesmo investigar, pois um conjunto muito grande de mentiras se deram e a guerra mundial de novo se acendeu por todo o mundo e muitos por ela se foram e o mundo mudou, sendo que a mudança, não parece ser para melhor, ainda.

Só por si, os atentados que se deram nas capitais europeias são razão moral necessária, suficiente e bastante para que as investigações procedam.

Reparas-te em noticia recente, que dava conta que um dos homens que fazia parte do tal baralho de cartas, era afinal uma criação fictícia na rede, assim o admitiu em dia não muito ido quem o tentou perseguir

Quantos de vós leu o acordeão do tribunal americano em que um homem se dá como integral responsável de A a Z, assim são as palavras pelo atentado das torres gémeas e ainda de outros.

Crês que terá sido assim que a nova ordem foi tentada? Um só, ou um só bode expiatório, para facilitar o enredo, e a ficção.

E contudo trazia o senhor ensinamentos adquiridos na universidade nas áreas das competências técnicas que as derrocadas foram associadas para o fazer, um que o poderia fazer ou então parecendo poder ter feito a mais aumentar a verosimilhança?

E está porventura a ficção e a realidade mais segura, pôs-se assim nesta justiça fim às bombas, aos atentados de toda a espécie e género?

Não, ainda agora muitos admitiram que o terror e sua expressão será um dos problemas dominantes nos próximos tempos

E reparais porventura que a verdade do que se passa em verdade no mundo cada vez é mais como a agulha que se procura no palheiro, que a permanente dissimulação, adulteração do que se passa e do que se sabe sobre o que se passa, assente em pressupostos de maior segurança, se torna cada vez mais e mais rapidamente a cobra que morde a si mesma na cegueira de não saber mais de si

Imagem da cobra circular que se come, engolindo-se a si mesma, que é imagem que traduz o fecho do circulo, o fecho do circulo do tempo, o tempo que se fecha pela forma como os homens tratam do que sabem, do que não sabem, do que dizem, do que escondem.

Se Deus tivesse querido criar seus filhos escondidos ou meio escondidos, cada um habitaria num planeta tão distante do outro mais próximo que nem se conheceriam

Ou lhes teria dado meia boca, ou meio dia a falar com boca e lábios e na outra parte não, ou não lhes tinha feito ouvidos, ou mãos, para que servem elas a quem está sozinho, ou videntes na manhã e cegos na tarde?

Só uma mudança radical na forma de conduzir as matérias publicas poderá não fechar mais uma vez o circulo,

Só uma mudança de simplificar e não baralhar ou mais revelar, pondo véus por cima de véus e mais véus ainda, a luz se vai e os homens perdem o norte

E isto se traduz em verdade, da verdade, da transparência, da liquidez de tratar a s coisa como são e se apresentam, em sua forma liquida e aquática como os seres O São

E a verdade implica responsabilidade e a responsabilidade implica homens que sendo homens sempre sujeitos ao erro estão e até o erro é verdade é aprendizado, mas que não se tornam complacentes com eles, ou cegos face às suas consequências, nem delas se eximem

Implica seres despidos das hipocrisias, implica seres corajosos, implica seres que não se esqueceram de que são meninos, não seres matreiros e manhosos e manhas e sem espinha vertebral, como enguias

Implica juízo moral, que implica conhecimento próprio de si mesmo e não se por nem mais pequeno nem maior do que se é, implica gentileza e cuidado e cuidar , implica enterrar de vez a arrogância no outro ao tratar, pois o outro é sempre um mesmo, diferente e distinto e semelhante e igual, e o corpo é uno e infinito, só as pequeninas partes ainda se vão

Achais que há mais tempo para a humanidade de ter homens que não tem coluna vertical de médicos, da honestidade, do cuidar e do cuidado à frente dos destinos comuns?

Pensai nos custos, que todos irão pagar se assim continuar e meçam bem se estão dispostos a pagar a elevado factura e se trazem provimento no bolso à medida do tamanho da desgraça.

Deus é Luz, Luz é Palavra, Palavra é Espelho Do Destino

Nomeia a Palavra Meia Cega Meia Vidente O Porvir E No Dia Seguinte

Barroso, Potter ring e Cavaco

A Imediata Comparência Na Europa O Palco, o sincronismo a aparecer, europa o palco das bombas nas cidades, o terror a nascer e a espalhar, fermento da nova ordem

Potte ring, o pai, durão o filho, da mesma família da democracia cristã, assim se dizem e assim entre eles se chamam

E Daniel proença de carvalho, o carvalho oco, que por ser oco seu interior não se vê, o mefisto, o educador do príncipe maquiavel, o homem dos bastidores, o tal texto que fora uma vez introduzido no meu pc, pela provável mão da cristinha coutinho ou outra, mais um do circulo, mais uma clara ligação, pai e mentor da maria elisa, o homem que era administrador da rtp no tempo em que a latina europa e consequentemente eu próprio começamos a ser estrangulados

Daniel proença de carvalho, tanto ou mais provável homem sombra por detrás da morte de sá carneiro, mais um aqui a ser interpelado

Daniel, nome antigo daquele que fora atirado as leões para gáudio das gentes no circo, nome de Profeta de outra época dos homens no tempo uno e comum, o homem que recentemente aparecera com um estranho quadro atrás de si e que tornara a aparecer com sua mão em cimo do tampo em noticia mais recente, que dava conta de ficar à frente dos destinos do sitio onde está

Recorda-me o ser vermelho com dois pavilhões, que escutaram as ondas feitas em espanha, uma antiga banda desenhada que foi adaptada ao cinema e que salvo erro e se a memória não me falha vi eu nas sessões de sábado no cinema roma e que muito ma altura me marcou, um povo distinto dentro do mesmo povo, um povo das estrelas que conduzia os homens para a harmonia, e vejo aquelas orelhas que são triângulos cujas pontas, cujos bicos se juntam a cabeça sem cabelo, todo ele sangue, todo seu corpo e ouvidos e ouvir da cor da seiva da vida

A de falla, triângulo de fo gi caido queda do fo rta ela 11 primeira, a di serpente do tin ao vaso da y to, ou cruz do circulo , serpente da cruz em nova Yorque cruz circulo do tó dia inglês, dentro do me serpente mo do p. do ovo do duplo circulo da serpente em circulo do vaso da mia, a fa r ro w, af ar ro do duplo vaso dia uz zi primeira do circulo dos homens do harmónio, do cemitério, e dos metros, pum, dos triângulo maçónico d o a ângulos , gato angolano vaso primeiro os, serpente é iva do v aos idos, março, da onda sobre o circulo espanhol

Diz-me o espirito, recorda a me do circulo da serpente vermelha com dois pavilhões do vaso ida nas ondas do circulo espanhol do quadrado espanhol, a que é cut ,ou seja a cantante da ut, at a ram, a tarola do tambor do carneiro das ondas da fe It primeiras feitas em espanha, uma formiga do ban da banda desenhada, o comentário na expo dos olivais, existe um as sa do sino em massa em portugal, serpente dos ai espanhol da senha espanhola europeia fo vareta ad penetrada em profundidade pt ad circulo do cinema e europeia da serpente alva da salva e rato ró e primeira serpente mé de mória, muito ladrar me falha, me fa l lha, da primeira queda da primeira vez que me fizeram cair,, e carlos saura em meu pensar com os fados, e as bodas de sangre, o primeiro filme que eu dele vi, salvo erro em espanha que tanto me impressionou e ma marcou, a mé de falha, a alva Cibele vestal de ab ani co do nico vermelho sobre o lago entre as colunas, o bar de manu el it o, do si pavilhões, do manuel lino, i no, do si do p av vilões, o manuel amaro?, um em cima outro em baixo, e as duas irmãs que na altura da movida madrilena o exploravam, onde eu filmei o me ll m amo madrid, circulo da mé do 11 de madrid, mad rid, do passeio louco, as bombas no comboio, a penetração profunda, como a imagem desvelava, o semem da vesica aberta no meio da asa vermelha a sair, do vic europeu nas sessões das serpentes ss circulo elevado orçamento de estado espanhol do teo, a orça do homem teo, ou teresa circulo, ss espanholas de sábado ou serpente aba ab primeiro, ou na da sábado revista, no do circulo da ema do ine, vareta ne de roma, m ut i circulo um tio maria que na altura muito me marcou, ou seja me cruzou, a me do marc, mar s emi circulo primeira monica, qual delas? Em roma , a belluci, a do sino, casa maçónica em cascais, a ive, maço ni c primeiro, ou circulo do sin, segunda 11 lu s emi circulo vareta, um p.ovo, duplo circulo do povo, di serpente tiny t ina, cruz em nova Yorque, esguia , enguia, inglês gui primeiro do to de ny, ou da cruz do circulo em nova Yorque, a ei o n na r y der, alemão? A falsa ruiva, o silvo si primeiro l via c un unha, 93, Tim espanhol muito E duplo vaso do roman ou em roma, a l uz q ue ac en de, ou a fa isca da explosão, a lâmpada, da primeira empada da manha, o cordeira imolada em pie, ac inglês do circulo do vaso prim eri a f ais ca, forte ai serpente cá da ex p prime do rio, a da promessa dos três votos, do porto da casa de serralves, ser ra ss espanhol e as sap pn hol do circulo da são, a la mp ad a, dia ingl~es da cruz do ro da me ser pe muito teresa do mo do p, o rá americano, um p ovo das espanholas sp pen holas horas das estrelas europeias do pi no circulo da suzie, serpente uz z ia circulo serpente dos homens pa ra a h ar mon ni primeira e vaso E do jo aqui do quadrado europeu primeiros homem as eu rp peu das cruzes da são da ria das bailarinas em pontas, bic os serpente j un , do tam do p rin c ipe da un primeira cabeça, cab do eça, sem cabelo, serpente do c ab do belo, ou a família f ami mila lio da belo, f ami lo da belo, todo ele em san g eu da cor da serpente do iva, ou da iva vidões, vaso vareta dia espanha, midões , do vi do dão, espanhol, das vinhas da ira espanhola

Não, nem uma nem outra, nem w i o na ne m si l via neste caso, a rp ari g a que conhecemos durante a rodagem em madrid, a americana, a da carta, a deena, dia da ep da pena em sintra, carat que reli em recente dia é, e que estava em sua a pr en cia a estudar em madrid, video, am ama dr is a mar espanhol e cuja carta ao rele-la na d es c riçºão dos t remos te cn c i co s parecia estar a ver o mecanismo das explosões, dina mic Mc cruz ra ck in forte, alta do sin c v e rti cal, dr un s, tudo ali estava, a d ee na

A mé espanhola é a de Barcelona, de quem eu um dia um link a seu video recebi num comentário feito num dos meus vídeos do you tube, será ela? Tem todo o sentido e terá sido morta? Se o foi que desça ao inferno quem o fez e quem o mandou, como todos os que mal fazem a crianças, se é que ela o era. Ela era p., ela era do circulo de p?!
Em fez? No ferro do nó de fez, a mé do segundo ar celo primeiro

Pensando nela agora, uma tshirt me diz, min gata do Ká da fe ze ro do ero, da madame min, pois ero era o que perpassava nos texto de sua voz, bem como botijas vermelhas que prenunciavam atentados com gás e outras coisa que assim vi, ou outro gás sexual, que sendo de mim, não deveria ser assim tão distinto e recordei também da madrugada dos dois aviões que cruzaram o céu, em que o pequenino ia na cauda do grande como que escondido e depois ter falado com amiga amada que na noite anterior à partida dos aviões, tinha sentido um mesmo, uma espécie de indução a partir , e sendo os destinos diferentes para cada um, o que eu li no espirito dessa noite apontava espanha e apontava para ir ter com essa rapariga, donde se algo lhe aconteceu, deverá estar ligado a quem ia no avião pequenino, o que se escondia na cauda e na rota do grande

Mad me da manhã , min po is erro e rá circulo europeu pe rp pa ss ava no serpente dos textos, botas vermelhas pr e nin cia ava manhã com gás serpente ex ua quadrado europeu inglês dia mim pe europeu do un nino ia da mad madrugada dos dois aviões co mo europeu escondido e dia ep o is teresa ré fá primeira queda com ani gato amiga am mad ad a na no ite do g do rand dd e prim eri a espanhola so pe cie da indu cão a partir e ap po em ct uz av a ia no avião pe europeu un nino , o europeu escondido na c au da e na r ota do gato rand e da chuva na matame, a do almodavor, estrada a1 moda avor, mo da avor, avon, a von rata

Disse-me agora o espirito que era, que seria mesmo atentado ou preparação de atentado, eta então seria

E deena que se colou um dia nas filmagens a nós, um ovo preparado pelo rá americano, o p?, Meu Deus , desde sempre que esta gente me po em ovos ao caminho!
E uma impressão que ela seria da cia ou de uma qualquer cia, que o estudo dela em madrid era uma capa, seria então da cia do rá americano

Dois triângulos deitados que quando ele está deitado se tornam um em relação ao outro am pu l he t aa, pulha, e que deita na almofado faz então de fogo e o que fica para o céu de agua, dois triângulos cujos bicos se apontam entre si, como que fazendo a pressão na cabeça ee ss s em y tornado -a pr e onda a serpente doc ric u l oo a, duas cunhas de pressão, que quando dorme, o y sea j a, quando está no campo dos sonhos, e da in co sn cin te colectivo, da terra faz o fogo e do c eu , do espirito se faz a agua, ou ainda , quando dorme, do c eu capta a agua do es pit it o e na terra mergulha o c eu fogo,

Que g ene ro de homem é este cuja imagem em suas costas como uma sombra do seu labor, o quadro que está em seu gabinete expressa, um deus duplo, o fogo e a agua juntos no sonho e no s on hor, horus e no fazer da a lama e q eu ando acordado numa prim e ria leitura nem agua nem fogo, a lembrar o dizer do Mestre, venham a mim os quentes ou os frios que na boca os beijarei, os mornos não, porque os norm os nem quentes nem frio, como lagartos, estão q ui to s e cam ali o nico s, não lhe penetra os beijo que si m bo li x à za a lingua de fogo, a lingua do espirito q e penetra por dentro dn cab da cabeça e ilumina, e dá a quem por Ela penetrado o dom da pal v ra até então desconhecida.

Do os da norm, da norma normaton, a inglesa que por cá passou, com relação a ibiza?

Acordado contudo o h oe mm que escuta o espirito é c r q ava do pelas posições contrárias do espirito q ua q n do erecto está, dois bicos que se juntam, o ponto que estrangula a passa ge m a dior dia a areia, a rei a , a praia da lina da costa verde, tão constante nesta história, dois bicos que penetram seu c ra neo, figura de difícil e q ue i libris, li br is em si mesmo, a atender à lei da gravidade mas que é co mp le meta da pelo eixo que em relação aa o s pavilhões se encontra feito pela cabeça e pelo corpo, dois triângulos dos dois contrários da escuta do es pi r i ro e s em bolo do embolo da ligação a ele e a vertical do corpo, quase uma cruz te mp l ária, feita entre a es c u rta e o pen sar

Os seres são d up ll os pares, em si e com suas amadas fazem o quadrado, as quatro partes que se misturam e que juntas fazem a estrela que em suma faz e define e sendo é, a também a posição em que se encontra, se direita ou inclinada, duas posições ligadas a percepção que corre nas antigas tradições e nas formas de ver os principias da harmonia e do desiqui li brio, dia ec vareta diu, indiana

Cada ser é uma Estrela, cada Ser É Estrela e Céu porque as estrela Habitam o Firmamento no Firmamento e São Firmamento e em nossas mãos corre muitas vezes o d es en ho de Leonardo nas pequenas moedas, gentes, que di ss w no nos dá conta e no s l em bra que parece muitos por vezes andar no coração dos homens esquecidos e ser uma estrela é ser um universo inteiro, é ter tudo dentro de cada um, quanto há um fora e um dentro e por essa mesma razão e o vaso que é et reno está tam bem em parte dentro de cada um, daí a di fr en ça entre a posição resultante do traçado ge o met r i co do sagrado, do corpo sagrado que é tem bem es pi r rito e dele vem , e conta a tradição da associação das virtudes car dina ais is em s ua cor r ela ça o com a estrela e sua posição em seu todo e as qualidades contrárias as virtudes, que são por assim dizer, a som br das virtudes e o peso de cada uma das partes e do e qu li br io, ou do d e si qui l brio da suma do vaso do homem, que cada um é, e s eno d p arti pa e é participado pelo g ar n de vaso, A A l kapa kama, D e u s, assim eu lhe chamo em liberdade, inclusive de aceitar a todos os nomes, do ge o met r ia, das pi ra mide espanhol

S emo circulo ser é, primeira estrela, s emi circulo ad a serpente mai ori é, estrela e s emi circulo maior pt europeu às estrela habit da primeira ria da manhã circulo da firma mãe e me inglesa cruz do circulo no fo rta irma ge o met ric circulo e serpente maior da as do circulo das ondas do dia espanhol inglês homem de Leonardo

Mal grande ou pequeno ocorre no infinito universo quando a estrela está por assim escrever em desequilíbrio, quando vai desequilibrada, e maior mal geralmente ocorre, quando um que assim vai, é por muitos endossado, por cegueira ou não, com os chamados poderes profanos que advém de cargo ou posição ou riquezas materiais ou botões que carregados com o dedo miudinho fazem explodir bombas e isto o sabemos pela história do homem.

Mal grande ou pequeno ocorre no infinito universo quando a estrela está por assim ver em d es i q ui l brio, q u and v ai d es i qui li brada, e maior mal ge ral e mn teresa oco rr E, quando um que assim vai, é por muitos endossado, por cegueira ou mão maria cão não com os chamados poderes profanos que ad v em de cargo ou posição ou r i q eu ze s materiais ou botões que carregados com o dedo min d in ho, mil, gato din fazem explodir bombas e isto o sabemos pela história do homem.

E Rosa Ro sa na mesa se sentou e ao ouvido me contou, que o homem que está à frente do quadro, é homem humilde que subiu a pulso e que por ele se fez

É rr circulo sá ro na mesa da maria esa serpente dupla inglesa muitas cruzes circulo do vaso e ao circulo do vaso do vi ido me s emi circulo em to vaso europeu circulo homem que é professor, homem do vaso mill, que tremem as letras no estádio do leão e em noite recente a faixa , só eu é que sei porque acredito, num lado se tinha desprendido e se via a estrutura em serra amarela que suporta as bancadas de betão armado, professor humilde que se fez sozinho, serpente de fez semi circulo da asa sas primeiro ce aa seta a tem inglesa da cruz do cão do quadrado europeu maria com le cruz rab ab a primeiro homem av a e europeu dia ep os serpente re fun dd ia vaso ami mi lia e co mo a mul alemã as e pistola da é que é mulher ambiciosa, as do cio da segunda manhã espanhola cruz utu , oto, vaso duplo da cruz primeira em serpente rato rá am ama ar ela é, europeia serpente vaso porta rta as ban da banca ad as do segundo etão, et cão grande da eta ar ama da mad do circulo do professor homem do mil di quadrado europeu serpente de fez serpente oz zinho do pe s co ço do sir das sas, pistola da mulher ambiciosa e truta da teresa vaso

Duas estrelas se juntam, cada uma, só um sexo em sua dupla variação que se cruza com a outra em seu leito, que representa o céu e o s on hora, o local de excelência da percepção da alma, mesmo que Dela não se dê conta, e um mesmo acordado acontece e se passa mesmo na distancia pelos laços etéreos do amor que não conhece distância porque não a tem, tudo é permanente e constante imanação e ao tudo estar em tudo e não tem fim nem limite espacial, como os homens dizem das distancias medidas pelos corpos, pois a Alma que estritamente não é, é o que dá o sentido a tudo o que existe

Dia grande da ua serpente da estrela la serpente j un tam, cad a uma só um sexo em sua d up la v ari ac são q ue se c r uz a usa com a o u t ra em s eu lei to, q ue r ep re s en tao o c eu e o s on h ora, o lo cal de ex c ele len cia da a l ama e um me s mo açor dad o ac ao von da te da ce e serpente passa me s mo na d is tãn tão cia pelos la ço es et e reo s do a mor q ue não c on he ce di stân cia po q ue não a tem, r u dia o é pe r mane n te e co s nat n te ima na ção e ao tudo es t ar em t us o não tem fim nem limite espacial, co mo os ho men s di ize m das di s t na cia s medidas ep lo s co pr os.

Ao se cruzarem , o que é de um está no ou t ro e vice versa, assim a cruz do amor os cruza, e um mesmo acontece com as q eu li d ad es, com os defeitos, com a harmonia e com o d es i q u li brio, br rio

Falo erecto és, quando o colibri penetra a rosa , a rosa se abre e recebe o colibri, e um e o outro se fazem um em dois no terceiro que é o céu, o céu que é terceiro, a alma o espirito.

Falo erecto a deusa em sua rosa, na rosa, rosa a é, quando o colibri em convite nela entra e um e o outro se fazem dois no terceiro céu cujo nome eterno amor é

Poderia ser este homem o p , poderá ser o hans potter ring, o p. Ainda em dia recente pus pedaço da sua assinatura, 93/3 no algoritmo e ao segundo, o hans fui parar, pode ser 93/3, uma mensagem dos homens que agem, universidade eu p me deixou que referencia , ou indica o terceiro mês do ano 93 do século passado, em que algo se ter aá passado, março de 93

Pod e ria serpente do este do circulo do p. po do pod e rá serpente circulo hans po tt e rato do anel da cam pai n h a, circulo p. dos ais em dia re ce inglês teresa ou cruz , po serpente do pe ed a ac o ac com serra da serpente ua as sin a cruz ur a em 93/3 no al f ore r It mo e ao serpente pi s tola circulo hans fu vareta pa ar ar pod e ss e rato em março de 93, vaso maria mens s age maria quadrado da un vareta vaso e rato sida ao pai de europeu o me dia e ix circulo vaso europeu raro efe ren da cia , circulo vaso sobre a indica, do indico circulo te rc eiro maria onda espanhola do a no da humanidade tríade da serpente ec u primeiro circulo passado em quadrado europeu A! Gato circulo serpente teresa aa pa ss sado março de 93, o do século, o joe da rua do século, ou do jornal o século

E recordo uma das cartas electrónicas que de p recebi, que mencionava como palavra de poder do aeon , r u ac h é pal v ra j u d a i c a para espirito e é uma palavra que se usa e usará em muitos aeos, pois o espirito é imortal e a lingua judaica também e assim sendo sempre ao espirito assim se referirá

E do record circulo vaso maria das s emi circulo ar rta serpente ele s emi sir u c u l o da te re a ron ni c às do quadrado europeu de p raro e cebi, europeu homem do cio na ava co mo pal av rá de poder do ae on rua che suíça rato vaso ac homem é, pal vaso rá príncipe ua dia aica aia, aika anka, pa ra espanhol pi do rito e é, uma pal pala caso rá europeia serpente usa e usa rá em um It os aros aeiou, ad vareta do circulo do vaso po is circulo es pi rito é, em mor rta tal e primeiro lin gato ua judia a primeira vareta k+a também e primeira ss em serpente inglesa serpente em presidente ao espanhol pi rito as serpente vareta maria refer efe rato eri rá

O rá da usa, no do al gore

Me recordo de al gore por cá ter passado duas vezes seguidas em curto tempo, de o espirito andar agitado no ar, de ouvir muito falar, porventura a mais estranha que me lembro, foi qualquer coisa no género tive que lá ir para não me darem cabo da loja, talvez um pouco mais personalizado o endereço da expressão, que importa e um carro negro que por mim uma noite passou e cortou um sinal fechado, um carro baixinho de sport tt negro, que abria o caminho à sua frente sem nada de permeio se colocar, e um outro, e não lhe passei a palavra de poder, ah amado, ah amados que todas as palavras em verdade do coração o são, são poder, forte e poderoso, rodas elas movem o mundo, sempre e em verdade vos digo o que sempre vos disse, aliança, em tudo o que for para salvar o mundo, para salvar o corpo grande que há muito que fazer e de preferências Às claras e transparentes, as alianças , mesmo que os encontros sejam sobre o céu da noite da amada lua no céu das estrelas, e muita paz no mundo entre todos os Seres, é meu desejo profundo e acresço o espanto, de como vive, vai ali e acolá, e pagam-lhe uma fortuna para o ouvir e eu aqui sem quase outra vez dinheiro para comer, e meu filho ainda longe de mim, o trazem raptado, como vê ainda existem uns problemas apara resolver e não haverá loja ou porta fechada que os feche na sua não solução

Cruz ra sn pa ar ren teresa tea serpente as ali a lin cas serrilha me s mo os inglês cruz ró seja manuel serpente circulo br e circulo terceiro eu da no i te ap ara re sol vaso e rato e n ladrar homem ave rá loja circulo vaso rta f ec chá ad a europeu fe che na serpente ua mu tio ladrar do ad sol lu cão da serra

Uma premissa lógica é que os atentados e as quedas dos prédios foram feitos por quem por perfil tem conhecimento de redes, especificamente a adsl, que usa a rede eléctrica, e o video no sentido que a gramática da acção por assim escrever está lá toda, houve como que uma transposição

Vaso maior pe rato missa li gi ká é, quadrado europeu os em ten cruz ad os e as quadrado europeu pr edi seta os fo ram fei cruz os português quadrado europeu pr pe rato fil teresa maria s emi circulo homem cie mn to de red espanhol espanhol pe c i fi ca ame que mente homem da teresa a ad serpente primeira europeia usa, ou us a red e ele et rica , ric a e duplo vaso id dei o no serpente inglesa em tid circulo europeu a g ara ra rama mat tic a da ac cão que mor que morde por as serpente vareta espanhola seta lá gomes co mo europeu vaso maria t rs ran sn sp po sic cão grande


Vaso grande grade maria pe rato da missa lo gi c primeiro é, português rato pe dr do rato fil tt teresa cruz da reza maria se mi circulo em homem cie do mn to de red da rede espanhola ne as sp pn hola es sp pe c i fic ame homem da teresa a ad serpente prime ria ao quadrado europeu usa a red e le cruz ric a duplo circulo vi deo no serpente inglesa onda primeira prime ria eu o pei aa gata ra ama do mat ar ica da ac cão de serrilha português a ss em espanhol anha s emi circulo reve, cinema ou te t aro espanhola tá lá, da telefónica toda homem circulo vaso escuta com., circulo quadrado europeu vaso maria primeira cruz ran serpente do rápido pó do cão sic , t ra sn ponde e rato ar to



Diga lá de sua justiça, senhor, mas diga-a em modo completo

Diga senhor daniel, o que me fez nos tempos em que a minha empresa foi estrangulada, e se a mais o fez, na esperança que a nenhum em modo literal

Pois é o senhor advogado e sabe bem das limitações que pretendem agora mais limitadas da responsabilidade do estado no tocante às indemnizações dos roubos das sociedades anónimas dos ladrões, e sabe também que o direito torto aqui está e torto é, pois é difícil obter uma indemnização sobre bens de quem mal nos fez e sabe o senhor, dos milhões de escudos que não ganhei, que o pais em parte na sua certa parte não recebeu, por ter sido estrangulado, portanto uma indemnização é direito a empresa ter

Como o resolve se o quer assim resolver, o que está em parte dependente da sua primeira resposta sobre a sua eventualidade quota de participação neste estrangulamento financeiro que a minha empresa e consequentemente eu, fomos vitimas?

E tendo o senhor as orelhas que tem por detrás de si, concerteza que saberá algo mais sobre ao assassinato de sá carneiro e dos seus companheiros e muito agradecido ficava se o desvelasse perante todos de forma a iluminar esta assunto

As orelhas por detrás serpente ab abe e rá primeiro maior serpente ob br e ao às sá sin at circulo de sá carneiro, car ene ri ro, e dos serpentes duplas europeias us com mp a pan homem eiros e um it circulo a gato rá ad E cia circulo fi ica ac a aa serpente sé circulo dia espanhol , serpente do vaso eça ss ser ep pn muito teresa pe era rá muito teresa todos, de fo r mar a vareta lu mina luminar aa espanhol tá as un cruz circulo

Dois são os triângulos espetados em cada lado da cabeça do homem, dois triângulos, um da direita e outro da esquerda que comprimem com seus bicos a cabeça do homem extraterrestre, como sá carneiro em certa medida o era e me sobe em a memória da visão do nome de santana no martelo com cabo da madeira, será literal, o sentido, um cabo, um homem do exercito que é da madeira, e com cor vermelha de sangue em seu cabo, assim é o martelo, ou o falo ensanguentado, o falo que terá penetrado uma vesica em sangue ou terá feito sangue numa vesica pequena, e me recordo das histórias que sempre ouvi dos abusos infantis nas ilhas, houve um tempo antigo em que saíram nos jornais, salvo erro nos acores, nas furnas, em sua aparência um homem tolo e pobre, num palheiro ou algo assim parecido, provavelmente um induzido por outro homem pensante, o ordenante, e transferida a dor por meio de ritual e canalizada para a desgraça,

Dia grando circulo is dão os tria , cruz da ria ab gato valo primeiro circulo espanhol spa pata dia os , segundo triângulo homem dos o me ex teresa rá te rr es t re co mo sá carneiro cor vaso e rato maria ou manuel pri em rio he prime ria serpente inglesa gata eu em serpente europeia do cabo , cab ab circulo pe quadrado europeu vesica espanhol sic primeira e me record serpenet ai ram da rá da primeira manhã no serpente homem or rna ais s alvo e r art ra tp no serpente açores nas f urna serpentes em serpenet, e pen ene et ua , pen inglês san teresa circulo ore dia inglês nat ee ritual e cana can ali iza ad a pa ra primeira dia espanhol br raça , ac de serrilha, primeiro, a cortar, ou que cortou, o ac que corta , circulo red nat é e cruz ra ns fé em èrida, ou mérida, média or do den naste

O martelo tem duas orelhas , retine esta imagem em minha cabeça, duas orelhas como dois triângulos espetados, dois mais dois em duas pequenas ou pequenos, e quando hoje estou isto a escrever em meu caderno, o metro para na estação e pela janela à minha frente, tendo escrito santana mais uma vez, aparece o nome da av sá carneiro, mais uma prova evidente da ligação, um perfeito sincronismo, e depois violinos s t ra di iva rius , rui s c li ck , aros prata ex, tim thor que de novo, esta frase maia frente aparecerá, nas notas da vigem do domingo de hoje pois assim mais haverá a relacionar

Circulo maior do mar do ar de tello teresa em duas or e primeiro homem as rato eti tin e co mo segundo tri e homem vaso primeiro os espanhol spe eta dia os segundo pe quadrado europeu un os homem po príncipe ee espanhol Sr circulo vaso is to ap par ce circulo no me da av sá car muito eiro pt circulo rato vaso primeiro evi v id den teresa li ck p rta muito oco forte ra ase serpente maia fe ente ap par are ce á, hp circulo príncipe ee espanhol pr ova

Toca da formiga inde, india, min iza s emi c ric u l o da serra que me serrou salvo seja das ondas sobre o circulo do oe espanhol dos roubos, ro ub os das soci da companhia dad espanhol ano nimas a no ni nimas do la dr circulo dos ondas do oe espanhol e serpente ab abe também do quadrado europeu circulo de direito teresa orto, ou horta da faculdade de direito au vareta espanhol tá e teresa horto é, po is é, dia ific il on teresa vaso maria inde min iza cão serpente circulo br E ben serpente dio quadrado europeu da maria ua primeira no serpente fez e serpente abe circulo serpente inglesa do homem do Rato dos milhões dia ee espanhol escudos quadrado europeu mu tio ladrar luva hei quadrado europeu em p arte na serpente ua s emi circulo e rta não cão re ce beu português teresa sid circulo espanhol estrangulado , uk primeiro ad circulo po rta ab ant o nato ua m inde mini za cão é, di rei to a em a da presa teresa mn espanhol t ar rn gula homem tó

E mais lhe conto o que o espirito me cantou no dia cinco de setembro este, numa viagem de metro

circulo al vaso, ou alvo, é proença invertido muito je do primeiro triângulo ns de bandeira azul sobre vermelho, vaso e rem me primeiro homem dos chifres violetas nas asas de prata do peito da rosa , riscos brancos no d há peu chapéu vermelho e da klas she ni k o v , kapa primeira la sim vareta kapa circulo vaso met ra ralha circulo rato maior ra metralhadora na faixa amarela, tira da vida , o sol lis de prata em aro vermelho entalado na porta do metro, sapatos escoceses co i serpente espanhol rojo rito , serpente homem a triângulo me co ka, E fio zara p u j e gato, sap patos es o serpente espanhol esses espanhol co ce serpente espanhola po rato quadrado europeu pr or inglês ca serpente de serra


porque proença existem mais de que um, outro que fez o logo do jornal sol


E a durão, como é senhor, como pode mais uma vez suster que não tem nada com isto do financiamento?

Para que foi usado o dinheiro? Cem por cento consigo para fazer o quê, sites virtuais de pretensos terroristas com nomes e grandes barbas tipo árabes que cativam os jovens para o extremismo e de longe ordenam assim as bombas?

E depois durão, calha eu a si o conhecer ao perto desde minha puberdade, de a vida nos ter feito assim cedo cruzar e sei de como o senhor era na altura, e sei que entre a extrema esquerda e a extrema direita, como se lhes chamavam na altura, a diferença não era muita em seus modos de operar na violência pela violência e depois vejo a teia das suas relações aqui neste nosso país, conheço a bastantes para saber de que massa comportamental dominante são e se tem feito e pouco abonatória é a soma e a suma


E olho o convite que me foi feito para o apoiar aqui nas eleições, pela maria Elisa, que por sua vez era do conhecimento da teresa carvalho, assim me diz a certeza no meu coração, não por palavras ouvidas de sua boca, e sei que o grupo da maria elisa trazia e trás por alguns ligações antigas com a teresa carvalho, e vi a carreira da teresa no Icep e as suas trocas políticas à boca das eleições e vi depois um perépilo por muitas cidades mundiais na aparência de trabalho, sendo que depois em muitas delas se passaram estranhas ocorrências de terror e vejo ainda um outro senhor que fora director do Icep antes da teresa, meio alemão como tarzan nisto tudo ou em parte envolvido, e entendo nisto tudo a preparação da nova ordem mundial e vejo um video que estes dois fizeram um dia comigo na aparência da promoção da chamada marca portugal, que cada vez mais me parece ser mais do género da marca amarela, não necessariamente com asiáticos á mistura, mas semelhante em termos de objectivos de guião, a implementação de uma nova ordem mundial e vi a minha família destruída e meu filho raptado e quando me dirijo as entidades de direito deste pais ninguém me responde, o que indica controlo e submissão a aparentes grandes poderes e somando isto tudo encontro-a a si no cimo, não necessariamente no vértice, desta pirâmide e são demasiados os laços e os sub totais e totais para não poder deixar de pensar que o senhor estará também implicado em tudo isto.

E vejo a sua ligação a pedro santana lopes e do pedro a outros aqui do bairro dos olivais e da queda do avião que vitimou o primeiro ministro que era muito parecido comigo e vejo as facas e vejo conhecimentos diversos de diversas tradições usados nesse fazer e sei também, que provavelmente será neste domínio, a prova mais difícil de fazer, pois ainda agora mais uma pista sobre a origem destes conhecimentos se apresentou, mas recordo o seu cão da altura o ruan, e me parece muito plausível que o bilhete de entrada e de passagem em toda a linha da extrema esquerda para a democracia cristã, tenha sido esse mesmo, o de afastar o homem que representava nessa altura em portugal, a verdadeira alternativa, um novo paradigma de fazer e estar na política, e sei que essa consciência a muitos assustou, assustou tanto que até o mataram, e sei também das ligações do trafico de armas entre portugal e os estados unidos, que alimentaram esta guerra há mais de uma década, quase duas, e ainda nesta pelo lado americano foi o que se viu, milhões de dinheiro para reconstrução que foi desviado e ainda hoje não se sabe bem o que lhe aconteceu e sei que um senador americano também por essa razão morreu antes deste novo episódio da guerra à imagem de sá carneiro.

Sai para a rua para ir ao casino, à tabacaria do casino comprar um maço de cigarros e li no espirito o seguinte dizer, o homem punk americano está na city jail de ney york, e que todos são cavalos e fiquei a pensar que provavelmente a referencia é relativa aos que acabei de mencionar, sim podem ser cavalos, meros cavalos , sendo que alguns serão potros e outros mais garanhões, e outros ainda burros velhos e sabidos, de qualquer forma são pontas do fio do mesmo novelo.

Achei quem os monta e conhecereis a intenção do montado, olhai seu dorso, seu pelo, e vereis quem lá vai, se branca ou negra é sua intenção, aqui me apareceu a palavra sal, sal do mar, sal do chorar, sal de cabo verde, sal da estatuas de que pelo sopro uma vez viraram ao olhar para trás na fuga da grande babilónia, espanha tatus us.

circulo serpente homem gui do ui da cruz da di i ze ice, general lo do rato, circulo homem português da un kapa da ama ari ric da primeira manhã do ano do primeiro nó espanhol na do circulo do y It do príncipe primeiro hitleraniano, iraniano do ney da dupla dor do oiro da kapa de york, pork , de nova Iorque chio e apitos e buzinas, pen S.A.R. quadrado europeu pr ova vaso duplo primeiro le leme homem que mente m ut i italiano teresa primeira rato efe ren cia do pó do cd da elevação do português do primeiro circulo pelo duplo circulo cruz ros , ou rp se pr nete ente de sir culot ou culto ut ro see ma ria si gato ara da muita chuva sobre o circulo espanhil espanhol do pan hil, ou homem doente, e b ur ro s vaso espanhol primeiro homem os e sabi, serpente Ab ABI dia os são po muito rato do fi circulo do me serpente mo no do circulo da vela, ou do velo de oiro, ca do sin do sino primeira acentuação a teresa Ab ba ca vaca da ria do ca do sino, da casa do sino co mp r ar p rimi e or maçon de circulo vareta garros, e li no pe do ténis francês no espanhol pi rito circulo serpente homem me gui un vareta que o quebrou cruz teresa ou cruz no E di zé rato circulo homem pum k americano

Abri os olhos amados, que aqueles que pretensamente se combatem são na verdade aliados, que aliados se fizeram parecer inimigos para apanhar os verdadeiros fratricidas, a estratégia não deixa de ser boa, mas o grau de informação circulante que o mundo hoje é, faz estranhas misturas e dilui as fronteiras que mais não o são, é um jogo como regra é não ter mais regra fixa, alias sempre assim foi, sempre assim é a vida, o que mudou por assim escrever em forma simplista, é a escala, a densidade.

Reparai que até no ultimo grafismo de uma das ultimas senão mesmo a ultima das comunicações de al zarqui era dado ao mundo a correlação entre a origem de um evento, e o evento que se originou, e de seguida islamabad foi cercada e o sangue de novo correu, ilustração de que não são inimigos, pelo menos naquele momento do espaço não o eram, o que não desdita que amanhã face a não sei que outro evento não o sejam, acordai, acordai e pensai que a manipulação e a ilusão não se pode manter ad eternum nestes termos

E como avalia o senhor, que crédito lha dá, que responsabilidades nele delegaria, a um homem que face a um problema, o escamoteia e pior, empurra a responsabilidade para um outro que ainda por cima está morrer?

E lhe pergunto em forma clara e concreta, é mais um caso para dizer, que bom, que conveniente mais um morto em altura própria do tempo, para a verdade esconder?

Quantos mais houve?

abandone seu cargo, o que ainda não fez neste caso na forma em que o fez, diz o bastante, sem que isto desdiga qualquer desenvolvimento no sentido de averiguar a sua responsabilidade nestas matérias

Subia eu do rio para o olival em fim de tarde recente, e vi o senhor Durão que não era o senhor, mas a imagem do senhor, cruzamo-nos um pouco acima da ponte vermelha dos doze pentes virados para o céu e era o senhor sem o ser, sua face de no, cabelos quase todos brancos, e um olhar ausente, passo lento pesado e pesaroso a caminho do rio ou do grande mar, depois de passar por baixo a ponte

Está na imagem traçado o destino, o seu destino,

o homem com face de nó, e grande nó

maria ou manuel is cruz re nó,

o aqui quim vareta mig russo circulo de príncipe j da am es b o m d a ao serviço da rainha do amor

a rainha do amor ao serviço do vo ce dos z , a di z, diz com sua intenção falsete,

a rainha do amor da cruz do ene e da teresa do circulo da ne do brasil ítalo brasileiro
das meninas e das brasileiras rosas do rá da si e l e ra s ro asa sa , circulo spi e sp da pira do rá doc, o homem da pub ligado ao sete e aos rapazinhos da co snp ira cão circulo en cruz rata homem da uma mani dad E, vaso o ce quadrado europeu inglês vasp e rato congonhas, gato em ho vaso a terra, e ana cão portu guesa, de goa e vivendo no porto, no ne gato ro duplo circulo ac o r do, ordálio s ela ad o na laje, nas ilha das asia Assis as ais sisa sic a dias do às asa tiras cruz da ira ser pn teresa de todas as v et ra s da lu s circulo pe espanhol dupla, s seta primeiro circulo da direita di rei rta do dia da elevação do duplo , o da dupal unidade, o 11 , o circulo do on za dupllo, o pneu no aeroporto, no dia do aeroporto dos olivais quando as vozes muito falaram, pn europeu italiano, e inglesa gata eu q u et em ma in h a s duas mãos inglês, galês , u2? chá a bam ho e me m da eira da onda circulo ac em se 1 ho a por fim à vida, o gales serpente do pn da teresa

a rainha do amor, a que o pretende ser, diz em sua perfidez, você o tenebroso das tenebrosas conspirações negras contra a humanidade, você que envergonhou a terra e a nação portuguesa no negro acordo selado na laje das mentiras de todas as ilusões, só o sangue que tem em sua mão, encha a ban h eira onda o ac on El ho a por fim a vida, se não por ele fizer a sua confissão inteira de todas as malandrices, que fez na vida, o mesmo conselho,

que me deram quando me quiseram induzir ao suicido,

a morte dei fa rca ç ad a de suicido, vo cê maçon é o ho em das deitas cruzadas, com as mna namora dos mor ad os do s anta ana e vice versa, o que t roca de namor ad as com o s anta d circulo, o do mini s té dr ia da cultura que aparecia no jornal com a dália ao lado depois da fazer sair do museu, o abe l ? po rt ucla portucale, do porto, do vinho do porto, o inglês, ou gales, circulo em gato primeiro espanhol

já vem a pratica de trás do masoquismo e do sadismo tatas dim , dia maior das meias francesas ly cr a, o sexual vário, o cab br barões onda circulo espanhol, cabrões e o te rc eiro segredo q ue duplo circulo do pr s abe desde s em pr4 e e q2ue só pede ser por falta de dito e dizer, o c q ua dr ad p as circulo do assa sin i o de sá carneiro, onde os senhore4s tem a mão a co l her alemão, Deus e o céu s emi circulo europeu ur e rp fará di ss oi pr ova, visto que a policia e os tribunais não avançam, e sx e assim b não muito cão for que v en h qa a guarda re pub li can a q ue o pr en d a da pr ox i mna f v es z que cá vier fazer i lu sõ i es, com a comparação de Deus com neve e a su j az vaso vaz fra q eu za, l ha mostro eu, que caia ao chão e se de s v le a mala d ad e em todas a sw ua in tei reza., fil. ho s da babilónia, local real, médio oriente, por tod oo ola da se mp re a ch up ar como van piros do pi do ro espanhóis, g rup o de revista gente s que não tem espinha, c r ac, c r ac, p arte toda de um só v é z

o gales da dália? Dália, s car le tt jo an s ho n

A ima g em da lan ça de ferro, ab e rta em do is , um tri den te de só dois dentes, es pe l h ad o no céu so br e o mar, a c on firma ção de q eu m foi o ferro do rei ro q ue bate vate u o ferro na forja da cam a , a ma l di cão, o mesmo que vem de trás , que a fez para o sá carneiro, para o bolama e ainda p r iva l v el que mente em outras negras ocasiões, o que sabe da receita dos ovos do di bo do diabo que veio de sa q l az ar de salazar, e ra a ima ge m no dn., o d dois den te s deitado no céu para lelos ao a h ori zo n te.

Este seta na imagem do dn, o ferro partido em dois aponta que foi feito no este?
traçado o destino, o seu destino, o homem com face de m is t re nó, o a q q ui ni mig o de j am e sb onda ao s e r viço da rai n h a do a mor, vo ce o tem e br oso das ten e br o sas circulo em são paulo spi serpente da pira ra çõ es ne g ra s c on t r a h uma ni dad e, vo ce que en v e r g on h o u a te r ra e a nação portu guesa no ne gr oo ac or do s ela d o na laje das maria inglesas às tiras de t o das as ilusões, só o s en g ue q u et e m e m s ua mão inglês chá a ban h eira onde o ac on s el ho a por fim a vida, se não por ele f ize r a s ua c on fissão in te ira de todas as mala da lan dr rice, r ice ica serpente ric ce espanhol primeiro, q eu de fez na vida, o mesmo conselho, que me deram quando me quadrado ra ise ram indu, hindu, zi r ao su i cid o, a m o rte dei f a rça da de s ui cid o, ita li ani,


rainha do amor de são paulo, a que se esconde por detrás da nina
será uma das senhoras da música
com ligação ao xi co , visto ele ter cá estado em al t ur es muito certas
xi co ligação circulo belmiro, b el miro, ligação israel, e oriente,

a rainha de amor disse

você é o tenebroso

vo cê é o homem das deitas cruzadas com as nma, o mu s eu in v e r tio mora dos do circulo do santana e vice versa,

já vem a pratica de trás do t at as dim o s ex ual v ári o, c ab rõ es e o terceiro segredo que o o pr sabe desde s em pr q u at ro 4, é, e se gun d o quadrado europeu q 2 ue só pe de ser po r fa l t a de dito e di ze r, o c q as o do assa sin io de sá carneiro, onde os s em p ut as hore4s, horus quarta ser rp n te, tem a mão a colher, Deus e o céu fará di ss o pr ova, visto que a policia e os tribunais não avançam, e s xe assim b não for que v en h q a a guarda republicana que o p ren da da a

o português ro xi mna fez vaso espanhol z ,

que cá vi e rato f az e rato da ilusão, luso onda sobre o circulo serpente da vare rta i es, com a co mpa ra ção de Deus com n eve e a serpente do vaso do js az fra q u erro peu da za, l h a mostro eu, que caia ao chão e se dia es sp vaso l e primeira mala dad e em todas a sw ua in tei re za., filhos da babi, babai ló ni a por to d oo ol ad a sempre a chupar como van piros, pr pi ros ro serpente, pira grupo de g en t es q ue n cão cruz te maria es pin homem primeira, crac, crac, cv Rato ao or ac a, corvo, p arte toda de um só v e z



E s en h or pr e sid e dente do ente da re publica, tam b em o senhor q ue se dec ida, em que lado esse p oe m nesta q eu s x t ão, ou cobre mais e to r na-se3 p era n te d eu s da mesma man eira que os filhos da b abi lõni leni ao ou se p oe m de lado e d iz s em modo c l aro o q ue sabe.,.


A rainha do amor do brasil, emprenha pelos ouvidos e é cega no olhar, e deve estar mal do coração a assim sendo não é rainha de nenhum amor, só miséri, miséri,
A rainha do amor do brasil e segundo da rai serpente primeira, mister berlusconi

A rainha do amor, trafica assuntos do coração, nem mais o tem, é só disfarce, mentira, ocultação, perversão, do homem do dão, o mandão encapotado, sem c ap a toa ou furada, pouco dias assim te restarão, r es tt art, ka do p ut s em fun do un do cais no da fun un do na terra mãe, o cabraozinho, pau, mandado pseudo jornalista de nada, que trepa na carreia a custa da morte de outro, cabrão, de ti nada ficará teus filhos, cairão todos, cara de joker do poker, do circulo da aposta de alma da dos alamos, louco esgar a sair por todo o lado, superior comissário de quê... do diabo e seus acólitos e das carreiras besuntadas , cabrões e cobridores de cabrões cobradores, das dores, ores, orey do co do brasil da Dores

Do circulo do ab ao rá do br zinho, pau , pau filipe, pau do filipe, o que manda no pau do filipe da homem si t óri, o roi primeiro da história do cemitério em oitenta e três, o passaporte, a compra do bilhete para a carreia, fode o gajo, estás connosco, co no sn co, safo pela vida, terrorismo de estado, te r r ori sm o d , te rato da r ori do circulo sado masoque dos partidos da s primeiras folhas espanholas, o j a s, cabrões, Ce im todos no chão, vossos filhos por cinco ano d um de dois sempre murchará, ca do rá dp o jo da kapa e rato louco es spa E g n hol espanhola serpente gata ar a sair, circulo abrão barão, a rapariga morta dentro do carro com o pó amarelo, como mensagem de louco, filho da babilónia, super eri ro, super pira co da missa ari circulo de quadrado e ur o pei maçon do diabo e serpente usa coli litos It circulo e das ca ar rei ra serpente bes serpente pp inglesa entes reza teresa serpente rp un ar dia as u nat, un cruz primeira, ou suiná, ou s un nat, beso bes to, circulo br onda sobre espanha e cobre dos fios eléctricos, co br e , do filho da g arn, alemão, dia e ss ima bab vareta primeira em bia bilabong bia, bilabong do rui do Icep, o cabrão do circulo do barão cabrão que comigo se cruza desde o seja e a secretaria de estado da cultura do mini s té do rio, o d, a cultura, onde muita d a guerra que m fi ze ram co meco vaso, cab quatro br circulo onda em espanha, cabr4ões, invejas , roubo pr o pri en dad e intelectual e4 quadrado da corrupção


A rainha do amor do car do bo do nizo, do ni zo, do nino do Nilo, a quem o co da missa do rio do riozinho ou do ruizinho, de co da isinha, a isa pequenina, pe quadrado e un nina, a sin homem primeira, doe-me o pé partido neste momento, a dizer-me que é antiga pecado, muito antigo, de nada la dr cão cão AA. de id e ia s co mo ban co ali maria inglesa cruz do ar, n ad a la dão de ideias como o banco alimentar contra a fome, e blá e vénias a g ut i e rr ee s e muito lambidela em cu aqui e ac ola, e no rego da m r da a pata bifurcada, e fendida, da cruz nela re es co r regue, vaso é, de seta inglesa Ni ni as as e gurterrieres g ur u rt rte e rr i e r r espanhol, que também terá sido outrora enviada a gutierres, gui cruz das arras, a queda do telhado do outro lado do rio,


E o senhor potter ring, porque não responde ao que lhe perguntei, nem o senhor nem socrates que está na base da leitura da imagem o fez, deverei deduzir que são do mesmo grupo

E ouço a muitos dizer, que somos iguais uns aos outros, que sim, somos homens, iguais em sua substância, que é sempre o ponto de partida, pois só pelo reconhecimento da semelhança se reconhece o semelhante distinto, que é distinto e ao ser, também valida, somos distintos, iguais e distintos

Se não fosse por mais de que uma infinita quantidade de razões e natureza, eu não tenho nenhum partido nem governo nada da forma como os senhores pretendem governar o desgoverno, nem recebi dinheiro nem chuto para cima de outro as perguntas que me fazem, ou se esquecem, que eu sou dos que procura responder, a prova está feita e sempre se fazendo, assim é minha vida, nem aprovei nenhuma guerra, nem gosto de bombas nem de espingardas, gosto mesmo é de namorar com minha Amada, e de ter meus filhos em minha casa, que também não tenho, porque os senhores assim me tem negado como me tem negado os direitos e a justiça no plano dos homens

Algum dos senhores se reconhece em parte que seja neste retracto, para poder então dizer que somos mais iguais que distintos e que assim o sendo, um mesmo pacto de silêncio poderia entre todos nós existir?

E sabeis vós onde eu moro, onde me encontro e a forma de me contactar, porventura terão dado algum passo?

E ouço a outros dizer do voto de silêncio, e me pergunto e digo, que voto e para quê?
Para que durante o tempo que durar as investigações destas matérias?

E depois quando estas se encontrarem esclarecidas, porventura mais não virão, se a via no entretanto assim entretido e mal tecido, não se fez, nem se fez, uma outra, como um interlúdio para o próximo capitulo da negra telenovela da queda fatal no abismo?

Assim levaremos a vida no teatro até o palco fechar por falta definitiva de actores e audiência e do próprio teatro, como fazendo um psicodrama de entretimento para as audiências globais, até ao dia em que o rapaz, ou melhor, os seres, percebem que estão dentro de um cenário e dele saem, se para isso tempo para todos houver?

Radical equação a atender que se prefere semear os silêncios e as ilusões à luz e a verdade que alimenta a luz de todos e de cada um, como assim irão acordar, ou se irão todos a dormir, morte mais limpa como a guilhotina, lembrava em outro dia alguém?

Meus senhores, meus Amados, a vida é coisa séria para ser feita a brincar, uma brincadeira boa de brincar, que não é o que existe no mundo, para uma muito grande maioria e a vida não permitirá muito mais tempo os desequilibro instáveis em que o que desequilibro que chega tenta como uma peneira tapar o que já existe, simples equação de massa e acumulo do fazer , do não fazer e do mal feiro por parte de uma pequena parte dela que é a raça humana

No mesmo jornal ainda assim li,

por cima a imagem dos dois dedos que seguram o rectângulo vermelho com circulo branco por baixo do quadrado superior, no quadrado uma menina vestida de azul, com uma espinha de luz que desenha a linha do horizonte, entre a terra e a noite, a PP le no ovo vareta po d te maria li Ga cão primeiro assento in teresa net serpente em fi os pá gato terceiro do nono , a li tt le vi deo f or evo rato y one, pr e co serrilha dia zi ido re, que declina em pai que foi para o céu, a pa do pai que se foi primeiro do rio homem do circulo em teresa marai cruz, ap rato sentado pote Pt serpente da te ve, jo b ser é in s pira do no i phone, tem in te g ra são com o you tube e vai ser di s t rib ui d o ao mesmo tempo em todo o mundo, sal ari os c rés cem apenas 1, 9 por cento entre 2005 2 2007, cruz maior circulo vaso ch se rá lan ca AA. ad o em si mul ta neo em todos os pai sés onde a PP le opera , incluindo portugal e ´e ap ido sentado em duas versões um modelo de 8 gigabytes 299 euros e um de 16 339 euros

portuges circulo ima primeira ima ag em dis os serpente fun do dia ed os europeu se gato ur da manhã circulo ido circulo tan gato vaso lo verme primeiro homem com., circulo br ra e co português ba IX circulo quadrado superior da janta no rio no quadrado ua dr ao dia primeira me nima vaso espanhol cruz ida de az valo primeiro com uma espanhola ss o pina ina homem de lu z europeu e rp da senha do h or em ori rizo zo muito té net rato a terra e a no ite primeiro PP le no e vaso E rato y circulo ne se rolha primeiro homem dia forte oi prim rim rio em teresa maria arai rai cruz, serpente da dupla dor muitas cruzes primeiros ro pt serpente televisão em te gato rá cão com circulo you cruz vaso be e vaso ai serpente do pen di dia is Sr ti b ui ao me s mo tempo circulo rato espanhol AA. ad dupla serpente se PP le circulo pêra da perra da opera m a ap ido sentado em dia us serpente primeira modelo d o infinito gi iga b y te by byte té serpente pr rn pen teresa segunda do duplo da humanidade e primeiro miro do primeiro do sexto da dupla tríade do nono europeu rio ro serpente te di muito eta gi da luva lu do uva da te serpente

com exemplos destes não faltam incentivos ao crescimento familiar, au to ho je 50 modelos em estreia, francesa cacuts tribo espanholo ni ss am mixim

no outro lado do mundo o presidente em lagrimas conta o que sentiu, abre seu coração de homem que está à frente dos destinos e da condução de uma das maiores em termos de peso e influencia nação do mundo, e desvela em palavras de homem normal, igual a um outro, o que passou, quando o ataque se deu

na cama com sua esposa estava, quando acordado foi , eles vem aí, pegou no gato e no cão debaixo de cada braço, como noe, sua esposa que não encontrava suas lentes, cega a tropeçar em seu caminho para a segurança, sem provavelmente ainda nem saber o que se passava ao certo

que cada um se imagine assim a dormir e assim acordar, e facilmente saberá o que é o terror à medida do mundo dito avançado

um pais que se portava em forma agressiva e arrogante desde a sua curta história atingido mais uma vez em seu coração, todo o poderio, todo os sistema de informação , todas as cegueiras ai de novo conduziram, a demonstrar que mesmo os que se consideram gigantes tem pés do mesmo barro que a todos faz

muito eu amo a todos os países mais amaria todos se nem países mais houvessem, mas não faço disso cavalo de batalha armado e muito gosto eu da América, pois é um país que reúne o melhor e o pior, como uma espécie de circulo de cambota excêntrico que quando roda tanto roda para o melhor bem como para o pior mal, lá daqui ao longe vejo o melhor e o pior e tenho grande fé que em frente ao destino do país estejam seres possuídos de bom senso pois é América peça importante no concerto das nações e sua impressão digital, ou foot print é muito grande e é a América que por estes dia discute mesmo se a segurança nacional deverá continuar a ser feita directamente pelo estado ou ser entregue a privados e eu próprio já reflecti em alguma profundidade sobre estas matérias em textos anteriores, e se penso que de uma forma geral os estados como os conhecemos hoje deverão tender para o seu desaparecimento, pois cada ser é um, surpreendido fiquei com esta matéria de segurança estar a ser assim entendida, pela faceta que se prende com a responsabilidade colectiva e social e individual e se assim for feito é bom que este lado da questão seja equacionado, pois a questão em termos práticos, é marcada por duas questões pertinentes, que se exemplificam em modo de imagens simples, através,

serpente vao pr ren dido ou ido fi quadrado da vareta europeia com, espanhol s ra mar e ria de segur da dança espanhola a ss em inglesa tem dida ou ida portuguesa pe de ella fa forte ace eta quadrado europeu serpente com a rata espanhola sp pó sabi bil de idade co le circulo cruz iva e so cia primeira em di vaso dual dia ual e quadrado ua cio nado do po is primeiro quadrado do europeu cruz da cão serpente em cruz ermo português rá tic os e mar ar da arcada portuguesa segunda europeia pe rti ne entes europeia se ex mop, ou mo português porto templário mp li forte rte cia maria da manhã em mo de ima general inglês serpente dupla vareta e maria mp primeira espanhola inglesa rave da seta AA. à ave espanhola ee

por exemplo no caso de um ataque de terror de grande escala, qual o quadro da lei que define o que poderá ser a vir a responsabilidade de um privado numa situação desta natureza, e de que forma as leis vão salvaguardar e garantir, e através de quem e de que organismos será feita a vigilância dos abusos, que sempre existem, feitos pelo estado ou pelos privados, não é por serem uns ou outros, que poderá existir grande diferença, mas se uma das funções do estado é a defesa das suas gentes e do seus territórios, entendidos em unidade mesmo que em forma mais ou menos federativa, e sendo eles vastos em diversos planos e natureza, como é que se articulam os privados, que género de empresas e objecto social e responsabilidade colectiva e individual estamos ou estaremos aqui a falar.

Pt ex e mp lo primeiro circulo no ca serpente circulo de primeiro em nó europeu de teresa erro rr or gato rand espanhol scala, sa da cola, quadrado ual circulo dr da lei europeu dia e forte ine circulo europeu pt dia e rá serpente primeira vi rato primeiro rio espanhol pn p on sa sabi bil li dad primeiro pr iva do bu maria si tua cão dia espanhol cruz primeira na teresa ur reza e europeu rato maior as le is vaso onda prim rio circulo salva guarda dia ar e gato a ran tir E em cruz rave ave serpente di versos sis pt lan os e nat ur e za co mo , é quadrado europeu serpente Ari arti circulo vaso Lm ps +r iva europeu género em presas e ob ject circulo so cia primeiro e rato espanhol sp on sa s bi li idade co le c cruz iva e ne di vi dia vaso la espanha sta mo serpente circulo vaso espanhol cruz pires maria rio ou rui, remos aqui ao fá primeiro do ar dia espanhol circulo fo ice ica ce

Estados grandes, são exemplo de burocracias mil às camadinhas como folhados fumados e mais para o escurinho de fogos ardidos, e elefantes brancos e gastadores, verticais sem elevadores funcionais de comunicação e integração entre pisos, nos quais as gentes nunca sabem bem se estão a subir ou a descer, sendo que no mais sempre se desce

Ainda agora o estado português que aumentou a recolha dos impostos, em vez de a aproveitar para resolver os problemas, aumentou em salvo erro quatro e meio por cento a sua despesa global, assim não, e assim sim , se prova que o caminho está errado, e se mais impostos recolhidos ,maior despesa, menor resultado, se deve com justeza questionar para que serve alimentar a caviar os elefantes

A prova provada de que sois nada e governais como nada e para o nada e só vossos miseráveis bolsos se enchem no final do mês, sem reprodução de espécie alguma, fenecei, ratos cabrões que nada sabeis fazer, abandonem governo

A prova da pr ova à ad a , de que a ue serpente circulo is é muito ad a e gata de ova e do rna is do co mo muito ad a , e pá do ra do circulo muito ad do primeiro, o mendes, e só vaso dos ossos m ise rá v e is bolsos se en che m no fin al do m ês, s em r ep ro du ção de es pé cie al gum a, f ene c ei, ra t os c ab v rõ s q ue n ada sabeid f az e r, a b na d o ne m gato do vaso e rato no


E gentes abri os olhos, para que pagais impostos, para que esta gentinha continue a fechar os centros de saúde, e as escolas e tudo o resto do mal feito e as gentes cada vez mais pobres, fez-se a prova, mais dinheiro se arrecadou, e mesmo assim são muitos que ainda se escapam, e os que mais rendimento tem, com os bancos, pagam ainda muito menos dos que os que trabalham e pouco ganham. E o que ganham só lhes serve para sobreviver e viver pagando dividas, umas atrás das outras como cangas, para que pagueis assim a um estado, um milhão e tal de gentes por mil e uma casa das burocracias e das tretas todas.

E gato inglês té serpente ab br v arte os circulo primeiro homem do olho p ar ara rá europeu pa gato dos ais em mp os postos do po sit os quadrado europeu este gata inglês tim homem primeira a fe chá rato a fechar os cen da cruz do ros serpente da saúde

Que ainda se escapam e os europeu os maior rato inglês ne die muito cruz no teresa maria com os ban co anca primeira pa gata manhã pa gato ue is a ss em a prima ira da eta dia circulo do mul hão e alta de gato inglês da teresa ser rp pp pn da teresa e primeira da ca as das serial digital ou series digitais do emi circulo ur ac ra cia serpente


Não tem remédio, remediado está, pum, pum, catrapum., caiam os responsáveis a as bestas a o chão, fá-lo suave Meu Deus pela primeira vez a ver se percebem que é a sério, se não fá-los de novo cair mais forte

N cão teresa maria rata ema di circulo dos remédios do rato ene me dia ad circulo e duplo dar serpente cruz primeira da ira da pu maria p u m ca cruz ra pi um, ca ia aia maria circulo rato espanhol sp pm pon francês avie espanhol primeiro as das ab esta s fá traço lo serpente ua ave maior europeia e dia maior esu espanhol, p ela e la prima e ira vaso e z serpente terceira pe rato ce e be maria quadrado é, a sé rio serpente n cão fá traço primeiro os de muitos ovos ca maria AA. ari a is fo rte serpente rp pn da teresa, a terceira do falo grande

A serpente ap é a lu, a de lá gato da manhã cab vaso ab ros , rato onda serpente br e o circulo da serpente do Rato, fo rte az ponto da foice ab ban do bando da organização one mais o governo, ratos one que nada sabem, the one organ nica tio n, serpente abe é id francês az E, é, rat top ab bam do manuel da one, o que tem casa em Itália, gato circulo vaso e rato bono nó do triunfo dos porcos, o gato inglês x general do tim, homem s emi circulo em ti na eu a fechar os céus da cruz do ro s de ana dan sá vaso die E, ren inglesa di morta mat nó tem, com os ban foz côa pa g am esta um, de o dia de um milhão e tal na bo mab de gasolina em na a1, o b ur ra c cc da rá da cia serpente e dos tp et os todas

Cão teresa maia rato e má dio, re me dia do e w s t á- seta west best , pum, pum, cat do rá pio um, c aia m os rato espanhol sp on francês onda a espanhol avi espanhol e as b es bes sata fá quadrado-lo s ua ve me u dia es v br u za e verse 3 pe r ce b em quadrado vaso é;, sé Rio, cruz deitada no horizonte fá, serpente cão fá dos de rio ca ir na is fo rte, do raio de luz do trovão que escorreu azul claro no azul mais escura

Aida a di primeira gato circulo rá do esa cruz porto gato europeu serpente dd europeu au homem tó primeiro em po st os vazo e z de a ap ro vaso ei t at pa ra re sol vaso e rato os pt ro trigo ema serpente austríaca homem cruz doc circulo em sal vó e rr circulo quadrado ua em ro e me io portuguesa circulo inglês cruz circulo a serpente ua dia espanhol spa pa za gato pa tim loba primeira a ss em muito ladrar e a ss em si maria s rep. pt ova europeia circulo caminho, a rapariga, e espanhol serpente cruz da primeira acentuação e rato rá ad circulo e serpente maria ais em duplo circulo po st os reco primeiro hi idos maior dia espanha sp e za homem menor re sul ca serpente dia eve evo com príncipe us te príncipe primeiro quadrado europeu tio na ar circulo ara europeia serpente erva ali homem cruz ar a ca avi ar os ele fa n cruz de espanha esa e za

e depois nas entrelinhas desta escrita assim se desvelou a parte oculta, para além da que já está desvelada em cima

Te rr eiró serpente ua espanha sp po sá e fi i ze, ice ram a ss em dois espanhóis ss segundo da primeiro circulo do lara presidente português rato isi dente inglês da ova de co mo ne maria homem inglesa serpente são, vareta gato primeira espanhola sa, serpente inglesa muito dia circulo quadrado europeu, o europeu ur rp circulo português europeu, prime rio dia das serpente latinas primeiras em espanha da cruz do rá serpente circulo argo de circulo dia do vaso dão cão que mordeu muito a ive primeiro a 1 cruz do circulo na terra da te rá primeira quadrado europeu ac hama amam de europeia corda It a lina serpente em me serpente mo se ma tia sabe, cabo verde circulo quadrado europeu ela é

Quadrado europeu homem serpente circulo is espanhol pan ana cruz ria primeira do traço a se mé ma us circulo primeiros do pr do rim do rio serpente homem os serpente muito cadela de ladrar serpente circulo vaso be ss em quadrado europeu circulo serpente ne inglesa fa ra rá em espanha, é cruz da serpente príncipe da acentuação do circulo inglês do cão do tua, primeira mor da primeira manhã em vo ss os pei It sos, e sá pn espanhol spa ad a em vaso isi serpente ive primeira, circulo ce vaso primeira dor na rússia, na ca sá das espanholas cruzes rato le serpente dupla circulo br E vó serpente fez do pen dia e rato um em vaso isi vaso el gui primeiro homem da circulo tim a dia espanha ce serpente circulo br E circulo pei it circulo de terceiro ad a , o primeiro dos perversos, dos veros perversos e circulo cinco em tudo, di ss e D maior europeu serpente, do pai que está no céu vaso e rte vareta vo sos pa ss os as sumi primeiro pi luz do vaso dad E e teresa rei serpente ai muito da tempo, de ac pompe po mp pan homem ar vo serpente do circulo sos, neto serpente muito as quadrado europeu d oz z entes da cruz espanhola de vo ss circulo inglês cruz arde ce raro muito cão circulo fca de faca e vareta rá serpente b em ma si rá maior pi do comboio, dia do quadrado do dr rá europeu espanha pêra pe do rá, cruz em tudo é pó em min homem primeira mão, dia ele fa ço de serrilha circulo ba rr o, barro, e com., primeiro gato ua po fermenteira, ilha, e com circulo serpente circulo duplo do pr a len to, ou alentejo, fio do forte ra co fino vaso fauno , serpente em portugal ual le serpente corte co rte, príncipe primeira acentuação espanhola e segundo pric pira n ipe acentuado de muito vo do mat e té maior ria dia circulo espanhol quadrado europeu do circulo ido cid, espanhol quadrado europeu cimento, pen sai traço vo serpente portuguesa vaso inglês aventura mai cr espanhol dia circulo quadrado europeu e vaso quadrado maior eu vo ss o Ur ro ros serpente em algarve serpente ser vi rá maior que ladra e corta em vaso isi si ive is p ric e cee primeiro circulo em tá gi o do contágio

Circulo português cruz ar ep e la via da lu z quadrado europeu da serpente ce que partiu fo rta az circulo o da sej a, ou serpente primeira rp rio dó e ne ce serpente da seta a sá rio circulo muito cruz rp passo do peso alto vaso e z , primeiro bal lan da lança serpente electrica ida quadrado ui li br e de libré português primeiro ins tia curto quadrado europeu seja e a ss em primeiro in vise primeiro e spa n homem ad primeiro pada cão vo serpente foice vareta pilha do circulo ce do ice


Espanhola serpente cruz primeira acentuação pé rato gun da cruz dos ais e do portuguesa ara ra rai serpente do circulo que faz o inferno no forte az in ferro no, teresa reis ais dia vaso vida rp a pá do pi da que mente vo serpente se rá espanhol circulo la ida com sida e vaso do rei primeira português a um dia ar de cor português rime pouco PP dia ep is maiores as circulo primeiro homem ai do traços vo serpente ao espanhol e se primeiro homem do circulo e vaso rei , homem português primeira um de cor das olheiras das olaias se espanhola tem dia primeiro vol cruz primeira e os pa p os ch e vareta os da serpente misse ria serpente dad negri dos gritos dia espanhol sapo pn da serpente thor na manhã fo rta, lá com ácidos e dia espanhol circulo dos que caiem co mo vo ss a serpente inglesa za cruz ux rato homem serpente dia e sa p dia ep san hill dos que caiem pa ra a po sic cão homem duplo circulo ori rizo rio zo muito alto em quadrado europeu do maior mal , a nin guano, gato vaso ano eu acentuação maria fá do ar reis, serpente do rei

Ido ao ar rai , circulo pé primeira gata ran geena , general na a ap ida circulo e rato ido pa rei circulo orégão co mo forte lá acido se tor e na ad circulo maior e ro serpente me vaso fil. homem do circulo e vó serpente fu gi vaso set e pe serpente pe que era formiga circulo che vareta ro da po dr da vareta do dão da mo rte formiga circulo ip a dio circulo europeu ex AA. ala pric ni pe ipe acentuação primeira pt e q europeu uno serpente in si gato ni fi cab can cruz espanhola, co pr os ros ro serpente

Rato ep arai rai co mo a do co mida maria ida do vo serpente com. eça a sabe rato em mo do di difer rente português circulo duplo co duplo cimento mie inglês cruz circulo e serpente vaso b til subtil vaso inglês ne no se tor na primeiro vo ss circulo cv circulo rp po de co mo os cab elos vo serpente circulo quadrado em ma si e maria ais rá pide do pi do dia circulo e primeira cal vice espanhola sp pe primeiro do homem momo AA. negri rito de q eu rato da opa mor rá em co ss os espanhol pi ritos da serpente da caneta

Quadrado europeu rp reis ais mu tia dia primeiro mor rr morrer co mo dia ice maria co mo homem da me norte sul e homem rói serpente ro is portuguesa ux ai x ai dia do vaso valentim do vale len do inglês tim di a serpente br ava em as e co isa ne muito homem uma dia espanhol em ban hei as espadas das padas e mate vareta a quadrado europeu maria vaso ai a vo ss o la dio circulo se fo ido serpente me s mo cor Ra coruja circulo sos do circulo do fá do grande rá a vaso ss os fil. homem os forte do rio, fi circulo duplo la min a da mina do pun homem al az ia gato circulo em vo ss as mãos , peta, pe dr a português et ido e fi ca ad a pa ra dia primeira espanhol cruz primeira no tua se sal quadrado europeu português pe quadrado un s o pr ro ao ins tia se dia espanhol fo rte az que se desfaz, dia quadrado europeu circulo ui dia dos ais vó serpente

E que muito ladra circulo ui dia ar é forte ene ce rato vaso inglês homem primeiro semem da cruz da eira lar rga do fo da foice do ice da ce primeiro miro ar d ara primeira quadrado europeu que está no céu, do no do vaso da ce e quadrado europeu do Pai usa pa ra li m+ ar a portuguesa caria da porcaria da ca da ria em mo dia circulo gato grande quadrado ua muito dia da primeira mãe um It circulo gato rita e primeiro general di z as serpente em muitas ladras dia primeira acentuação marias ais e circulo pai português ega nela chora na hora primeira da ne gata ra e pe rig os quadrado europeu serpente us fil. homem circulo os serpente tor na ra da primeira manhã

Primeiro circulo ria da dança me nina dia itan se vaso papa gaio ao mar caiu, em português ur ra dia circulo português ne gato rá e em vaso isi vaso el mão quadrado europeu lá espanhol teve e serpente em espanhol cruz ar serpente ua alma primeira ama se di vi em mi primeiro no rei no do ce vaso quadrado europeu mor rá aqui e vo serpente persa gui rá a ca ada primeira a té vo serpente circulo aires as sim circulo anjo di ss e, a ss em circulo anjo ceei princesa sá primeiro ro fa rá primeiro anjo tom ba dia circulo dos mil varetas ni quadrado ui os serpente sem maria remi sem remissão no inferno do ferro no er rato no nun ca ma sis primeira br evo ida corda cão de vó serpente dupla do circulo pr a rá muito inglesa hum lu gar da te rato ra príncipe primeiro maior os vo ss os dia espanhol sá pa sapa ida cão e vo serpente com, em serpente ua duplas me circulo dos assentos ori as ria serpente maria conti muito ui de dad ne maria com tim u tia ua cão da serpente ida pen cruz primeira da cia

sa co serpente os pal serpente tic pal espanhol tino cruz vareta no serpente os do quadrado europeu vo serpente primeiro circulo kapa mar deita ram, D europeu rp serpente circulo on vo ká maior os polvo primeiro po vo serpente da Grécia dia os maria do ar, deus pequeno europeu serpente circulo vó cá primeira serpente do vaso ac ás circulo vento e mares

Dia da maior serpente europeia circulo em vo ca os ser espanhol maior europeu serpente circulo vo ca os pe ix espanhol do mar onda no fun dia do circulo homem hoje mo ram os as ac os pal serpente tic os quadrado europeu vo serpente a deita do mar ara maria maior europeia serpente, maior dia europeu rp serpente cin c u lo oca os polvos do po primeiros vo serpente dos vasos do fora do fo do rá serpente dia os mar dia pequeno europeu serpente circulo muito vo ca serpente as vaso ac as dia maior europeu serpente circulo em vo ca os bo is , maior dia europeu em vaso circulo do onze ka os pa ss ar circulo maior dia europeu em vaso circulo ca os mo serpente quadrado ui cruz os maior D circulo vaso ca circulo vaso maior inglês to e às mar ar rato assentuação do tua cão, espanhola

Em quadrado ui dad E e primeira mãe do primeiro mito he di z os português 010 lo serpente dis espanhol cem e cruz roca maria serpente ua dupla português ró da ria fala homem ra primeira manha circulo reis vaso acento no circulo da serpente do senhor espanhol in s io no fo can formigas

espanhol é rato da serpente das pastilhas e vaso circulo ss da pa ss os vaso duplo e dos au au, ao forte serpente do pente do pr da net ss ur ar ido pa arai um It o e ur pe vaso di ze maria muito às teresa rr ive is pal av ra serpente quadrado europeu português serpente europeia ramos as em pa ra vo serpente as do som br ra do ar rato ep arai e co serpente dia ar me dia cor circulo se em homem os espanhol e rato se pa sti das ilhas e vo ss europeu português As serpente circulo maria br ra serpente sombra tor rna maria maior den sas e portuga

E serpente circulo do vaso do semi circulo primeira cruz do circulo cc ra dos z primeiro vaso dos ossos do circulo primeiro homem serpente d europeu cá ix primeiro de pan da dora, do dia da circulo do rá maior do raio onda espanhola cruz ao cão as praga serpente a et ten vareta dad e aqui ue la circulo ca ix primeira

Vaso maçon e quadrado ua india homem seta primeira di as al gum primeira a vo do ar português elo serpente ce us da manhã erica em pe rato gi circulo rato duplo do ivo ac rato espanhol centa , la cruz ivo co mo primeira vi, onda primeira ao circulo

Muitas ovas ba ac teresa ria serpente e vi ro serpente espanhola do hil filhos serpente inglesa cruz ida et r ram ra maria e a serpente mar as co di onda sobre circulo espanhol esa sá da maria ut a mn o pr ro do pó do cio ne fato ro do rte eno da forte alta de circulo do vaso da vareta do dad com os vareta rato mãos

Serpente pr e gun cruz primeira me ida da ce do rá grande e espanhola pi rt circulo e ar maria ria primeira al g ua e seta portuguesa orca os pe quadrado europeu un os vamp, vaso manhã mp pi ro serpente piros in sufi la dia circulo da serpente e san gato ue e serpente juan

Vaso onda E a forte me e vaso maçon E os sis cruz ema serpente po português olo loi lio do tic circulo serpente em homem E circulo duplo com serrilha em serpente ua Al la lança e os pá ss ros do espanhol pi rito

Ac homem ais me serpente mo quadrado europeu ten dia espanhol di din homem e he rio ar maria serpente e um ur ro serpente mãe za nat ur e sá circulo or rp po gato rato andes

Pen sa vareta me di ivo, ou evo serpente de muitos ovos um dia ai homem circulo mn ne espanhola evo, hi ola pen serpente português es e is tempo cruz rato da arte em po de circulo tem mp primeiro rio circulo lar, ou circular rei circulo templário


Te rr rei ro serpente ua ep espanha so pó as e di i ze ice e ra maria as sim espanhol ss da serpente espanhola segunda da primeiro circulo la rá pr ova muito ive angulo primeiro

Ao par Ari dia circulo me serpente net mo formigas sai do acto do vaso oto serpente Ab be n sabe, quadrado europeu maria circulo dia ava , av a ou d avas o quadrado europeu da iria inglesa cruz da rega vaso em ce da dor do gato ar

Co mo be maria portuguesa li cia di ss e a pr ova forte avo vo or e cie mn cruz do circulo na ob rá da estrada espanhola e sá pn hola quadrado europeu dia espanha ac van circulo serrilha E circulo cruz rib un al

Cam mp pa homem ana quadrado europeu espanhol cruz ava a ac Ab ar quadrado europeu d z e sta mo serpente primeira mira do circulo duplo do percentagem da vareta circulo em si gato alemão circulo nin gume no mundo em serpente europeia príncipe do rim da serpente js uto dia vareta ze do ra tp europeu rp circulo us cruz primeiro rá

A final serpente portuguesa pa ag a circulo do vaso da foice grande do céu do maior traingulo do rim de fogo n cães a ladrar , ida serpente rápida da ota ob riga

quadrado europeu em circulo fez po is circulo serpente primeira gato mn fez, e ac ao ido serpente centa circulo dia up do lo em si , o si gato, o primeiro a mentir

percentagem, pe rato centa do circulo inglês cruz primeira general maria pe rato
tam segundo em primeiro vaso ar rato eta quadrado europeu e brasil circulo em fi ni cruz do circulo to

e di serpente circulo tito tio lo português em dia do grande ur bar roso

com ex em português primeiro do os da pequena serpente dia este serpente muito cão da fala de tam em ce cem tivo, tio ivo, serpente ao circulo ido, cimento forte ami li ar austríaco cruz no circulo homem ne estrela do circulo dos modelos do mod, ou maior dia dos elos primeiro em espanha cruz do ur z rei primeira francesa ran muito circulo espanhol sa ca circulo ac ut serpente crux rib do vaso e sp pan homem primeiro do duplo circulo no ss am maria ix em maria mirim

na cam primeira ira cama com. serpente vaso primeira espanhola cruz ava, quadrado ua muito dia ac açor dado dad fi vareta primeiro entre dois ee espanhóis vaso ee dos ais co mo no seta circulo ee so circulo rá do pi do po sá ne europeu

primeiro pa is dos ais quadrado europeu serpente pr ota vaso ava primeiro em fo rato maria a gré sis vaso primeira e ar ro gan da teresa dia espanhol gi atingido maria si sis teresa ema em forte mação ce gato eu rato ia serpente ou ria serpente a vareta dos muitos ovos circulo em dia vaso uz ira maria a demo, d emi homem serpente dio circulo os cruz do vaso dor forte az

ah amada, são tantas as vezes que pelo jardim da estrela passo, em que meus olhos se humedecem, é quase um choro às vezes sem chorar, outras chorando, que me diz ser tu amada estrela em jardim de meu coração, ali tanto nas vezes te sinto, hoje domingo por lá entrei ao fundo ao pé do coreto as gentes sentadas em confortáveis puffs brancos na relva, as crianças andando à solta em sua bicicletas, no coreto uma banda de jazz se preparava a fazer ouvir sua música as gentes, tudo belo, o jardim, as gentes, a calma amorosa de ser, que meus olhos se tornaram húmidos em seu atravessar

português rep. ara ra ava ap primeira fa as e rato circulo do vaso vi e rato serpente ua maria acento agudo no vaso serpente cia às general muito té, cruz vaso dio circulo do belo, circulo jardim , as general parente , a cal da alma da manhã circulo rosa de ser, europeia me us circulo primeiro homem o serpente dupla e tor rna ra maria homem do vaso do acento agudo m ido serpente em serpente europeia, relações publicas pe ia, em ra ave ss do ar

ah amada que estranho dizer me chegou pelo espirito, que me dizia, é a minha prenda de casamento para ti, e depois mais tarde o acrescento, e fico eu, tu, com medo de que por ela te apaixones, e amada, a bem dizer, nem sei mesmo quem seria a que te referias, são tantas as belas senhoras que aparecem a meu olhar, menos tu que teimas no afastamento de meu peito ao perto, e estou cansado , amada, cansado desta viva nesta forma deste viver, ah amada, a beleza está em todo o lado, todos são expressão dela que nao vão com seus corações tranquilos, mas amada minha, que estranho presente, se assim o for, me tentas dar, pois como dizia amada nicole, também eu sou logo de casar, e um beijo, amada, um primeiro beijo que se dá e se recebe , tão intimo sempre é, quando se lhe sente e sabe o gosto e o desejo e a vontade, que é sempre uma espécie de casar e de casamento casado, falo-te de beijos de lábios, dados com o desejo da aceitação completa de quem se chega, que às vezes poisam os lábios uns nos outros, em forma casta, como um pequeno e breve e casto toque que passa o sopro, do amor cuidado, quando se sabe que o outro assim dele necessita, ou sabemos que bem lhe fará, ah amada que fiquei intrigado com este teu dizer que me chegou no espirito, e mesmo outras declinações do mesmo, que me dizem coisa ainda mais estranha a meu ouvir, à compreensão de meu ouvir, e que me dizem, foi o melhor que se pode arranjar, Oh Meu Deus , que fala estranha esta, o melhor que se pode a outrem arranjar, como se o amor se vendesse na feira das imagens e das vaidade, tão distinto é sempre o encontro, e nada disto corre e navega como agua liquida em rio perto ao pé dos corpos, e tanto é assim e assim se apresenta que nem parece sê-lo, mais seu contrário, brincadeiras perversas, beijos invertidos que rasgam o coração, assim diz a canção em meu ouvidos, uma letra que fala de estranhos seres sedentos de sangue, basta assim, mais não

can ss ad circulo ama da can as dio circulo dd este primeira vaso iva ne serpente cruz primeira quadrado inglês ao dia do vaso do cão com., me tem cruz do às do dia do ar, po is co mo dia da di ix primeira iza manhã ad a Ni ole java , j ac a li tam segunda maria europeia serpente circulo do vaso de ca S.A.R. e primeiro bei príncipe do circulo da primeira manhã, vaso mane uk l primeiro be vareta, vaso ar rato ar rta príncipe do oe do cio orey europeu serpente d acento agudo e serpente rec be os da cruz do cão em tim circulo serpente mp rato é, uma espanhola sp pr companhia do ca da S.A.R., fa l fla la traço te de bei príncipe os de lá bi os dad os com., circulo dia Espanha e da apanha sej circulo ac e It cão de circulo de serrilha co, portuguesa primeira eta primeira manhã europeu fi quadrado dr ur a meu ui, inglês cruz riga dio circulo da cor do pescoço, ar do rá da chuva príncipe ar , circulo homem meu me europeia dia grande ur europeu serpente, vaso Aida dad espanhol, d serpente tinto e serpente mp rato em circulo inglês em cruz ró, maria sis serpente europeia ao circulo em doo comboio com bio do rá do rio, rata gata da manhã circulo cora cão circulo vaso vi dia os primeira le cruz rá europeu que fa la de espanha cruz da chuva serpente raro espanhola semente de t os de san gato europeu ba sta as si maria maior n cão do ano dos relâmpagos da cruz grande dos andes na lua cheia sobre os montes

ah amada chega depressa, qualquer dia ainda me encontras agarrado a um mupi desta cidade, agora não são mais as rapidinhas em que te fiquei também a desejar, rapidinhas amadas, são como aperitivos e também servem de purificador quando chegas menos feliz do mundo lá fora de casa, porque alguém que trazia um nuvem em si ou por cima da sua cabeça, geralmente nos dois lados, se cruzou contigo ao perto, e assim um pedacinho em ti por um momento se alojou, e a rapidinhas purifica e limpa e faz de novo o sol aparecer dentro de ti, e serve de escudo as nuvens cinzentas e de cinza dos que vão perdidos do amor

teresa fi quadrado europeu da vareta tam be maria primeira dia espanhol sej ar ra pi Diná serpente dos rápidos, serão os comboios e ap e rito vaso os e tam be maria serpente da erva francesa de português ur rif, rifa i ca da dor, pe da cin chá português às cores, primeiro mo mn nero neto serpente primeiro lo príncipe circulo do vaso e primeira ra do pi da Diná p ur uri fi cá e li mpa e forte az de muitos ovos ao circulo do sol

descia eu a avenida do imperador, quando meus olhos deram com a imagem da bela menina, seu genérico nome tezenis do general rico, ou do circulo do ric, se calhar do ricochete das publicações, é menina bela, de belo corpo jovem , quase adolescente, não fossem os seis fartos como laranjas mais maduras, trás vestido em suas pernas de gazela, uns singelos calções cinzento, colados às suas ancas que realçam seu monte de vénus, ah amada , mesmo lindo de sempre se ver, a aranha erótica tudo sabe, porque na realidade se vê sem se ver, é como prenuncio, que prenuncia o anzol, pois homem que se preze, não fica imune perante a visão, mesmo que promessa ou anzol do monte de vénus, onde habita a Deusa no corpo feminino

circulo homem ar ch do ricochet, que como recordamos é personagem de bando desenhada francesa se não me falha a memória, ou da mé de mória, do mo da ria das pub li do cação, é me nina be la do segundo elo ou nó circulo or rp circulo jo vaso em quadrado ua serpente e ads lo serpente circulo ente que muito ladra, gata az ela un serpente sin gato elo da serpente do cal co semi circulo da serrilha seis da onda sobre o circulo em espanha, ou de espanha, tintas serpente inglesa tó cola dia os AA as serpente us dupla anca , ou cruz dupla na real lia ia ad e serpente do vaso E maçon do monte de vénus em circulo homem Ab ABI ita, tia primeira dia maior europeu as, no co rp circulo fé menino Pb, one tequilla, one te quilha, one te quilha floor, quilha sam sun gato ou gata

tremenda imagem erótica, acentuada por uma expressão virginal quase sem expressão, a promessa e o cume alto inatingível, ao vento do espirito do desejo que faz voar os cabelos no vento da ventoinha no estúdio que não se vê, sal mão direita tem um dedo dentro dos calções, repuxando-os um pedacinho, como promessa aos olhos que passam, de que os vai tirar, desvela assim o véu ultimo da vesica, e o pormenor se desvela a meu olhar nos outros dedos de sal mão, dois deles estão cruzados, a dizer, repara , estou a falar-te da cruz da vesica ou da vesica de onde parte a cruz, mais uma meu amor, pergunta-te meu peito em meu secreto a tal ver, em seu dedo anelar, a vesica do anel de prata as escamas como peixe prata e lua ou cota de malha de cavaleiro antigo de outros tempos, a vesica é a cabeça do anel, lápis lazuli, e em seu desenho, se vê montes altos e nevados , como o atlas, ou outro semelhante, a vesica do cavaleiro da armadura de prata da casa de obidos com muros elevados , cavaleiro da maria sobral mendonça, e de seu grupo, as mesma laminas que se reflectiram no ultimo tremor de terra no Japão, nos co v do acento europeu do duplo vaso primeiro tim circulo vaso espanhol serpente ia ac primeira e circulo português menor do homem de oiro serpente dia da eve da vela primeira me europeia circulo primeiro homem ar maria si primeira me europeia da manha de oiro, primeiro vaso e sic primeira, é, primeira cab do eça do anel do lápis lazuli, do la pi serpente do primeiro apicultor , primeiro az vaso li zuli serpente vaso E maçon mo muito cruz espanhola e vaso muita ne eva nevada circulo serpente co mo circulo atlas serpente em primeiro homem formiga, à vesica sic primeira da maria sobral de português gus rta da cá serpenet de obidos com um do ro serpente el eva dia os circulo ava primeiro eiró ou enguia me serpente ma la minas europeias serpente ref ec as tira maria carneiro no vaso ut limo cruz re mor de te rr a no jap. grande no serpente do vaso do acento europeu duplo vaso de vera es pn hol

telhados das casas tombadas com laminas não de prata mas de xisto ou algo similar, o tremor que afectou a central onde eram visíveis os quadrados e o angulo, depois observo a seu pulo, uma estrela de sheriff seguida de quatro ou cinco estrelas em fiada, que serão estrelas do sherrif ou por ele presas, e o fecho da pulseira que é uma espécie de laço de arpão, ou uma agulha que entra no vaso, cinco são as estrelas do sherrif, que é também nome de um rapaz do meio audiovisual, que prendem a corrente á volta do pulso que trás a menina te ze ni serpente e quando hoje eu de novo a vi, o outro vidro da paragem fez sua tezenis alinhar sobre a silaba te, um circulo vermelho, do qual partiam uma serie de quadrados, ou seja , do circulo vermelho de sangue que se encontra sobre a té de onde saem os quadrado, que salvo erro, são amarelos, ou são amarela, e não o sois, pois o sol é redondo e não quadrado, dá i ideia de ser mais quadrados infiltrados à volta do sol, para o prender, uma das peças da pulseira é um circulo de prata com um estrela em seu meio de oito ou mais pontas

português rta maria serpente xis cruz circulo si mila ar primeiro circulo cruz remos e ram vi isi vaso e is os quadrados de po is do tampão bb servo primeiro rio serpente pi lo , primeira estrela do sherrif da serpente guida espanhol pe companhia que é o da tam da segunda be maria no me de um ra rap z do me io au dio vi serpente ual do audiovisual, provavelmente o joão ferreira, pt par ar gata em fe x z serpente ua te se ni serpente de sangue colorido id da vareta serpente infiltrada nos quadrados á volta do sol e primeiro rio doc irc cozinheiro kapa primeiro circulo de pt rta com., primeiro estrela no meio da de oito ou mais pontas, dança pistola rap pr ova ave e le do lem mn muito teresa.

num outro mupi, daqueles que mecanicamente respira e vai para cima e para baixo, tal in e out e in e out entre a terra e o céu, a menina em outra posição, trás a meia verde em seu pulso, que acrescenta á história, a vesica da meia verde brasileira, que é e a mesma cor do véu ultimo sobre o monte de vénus, depois aquilo tudo desce e desce sobre ela um menino sorridente, perante tal visão, como um copo de leite que diz, o meu leite é muito bom, sem duvida que sim, acrescento eu a sorrir-lhe também na narrativa que os dois de repente assim contam

circulo do pescoço do ric rico europeu primeira me nina a me serpente maria de cor do vaso europeu duplo do primeiro tim circulo sir serpente ob br e circulo do monte da vénus ee ac re ec cen cruz circulo tam be maria segunda na nana rr at iva europeia os serpente do fundo do re do pente a ss em circulo em tam

hoje no rato no largo do rato, no sitio onde estas letras outrora deram conta de uma tarde em que uma ambulância ficara parada exactamente no sitio da passagem dos peões a tapá-la sem ninguém por perto, e portanto tendo-se tratado de um encenação, ou sinal, entre as pedras da calçado um prego com ponta doirada entre elas estava enfiado, café derramado em sua volta e cascas de laranja na via entre os carris eléctricos se encontravam esborrachado, poucos metros antes, vinha a aflorar na minha cabeça, uma visão de uma vesica de uma rapariga que teria sido espetada com um ferro, imagem horrível de terror, a lembrar as descrições do polícia americano que caça abusadores, assassinos e algo mais nas vezes, de crianças, um prego numa vesica é sinal de ritual, de negro ritual para fazer grande desgraça no mundo
~
em quadrado europeu uma primeira manhã bu, susto, o vaso b, do lan do chapéu maçon primeiro da cia , fic ou fi semi circulo ar a ou ara pa ar a ad primeira ex semicírculo cta , ou cruz primeira do homem maria dupla da te , no siti circulo da pt as sa general maria dos pe onda sobre circulo espanhol primeira tapa ap pá t ra ço a la serpente em maria nin gata ue maria, mara aia portuguesa pe rato t circulo os ca rr is ele semicírculo teresa rico serpente inglesa semi circulo em co cruz ra ava maria espanhola serpente bo rr ra chá rachado, homem ori rato ive primeiro de te rr ao or , primeiro le lem br ar as dia espanhol semi circulo rato vareta da onda sobre o circulo espanhol dia circulo po primeira vareta grande DD. a cia am rato ric do cano de ne gato ro rita vaso primeiro pa ra ara fa az e raro gato ran dia espanhol graça no um un di da grande desgraça maria uni

aproximei-me de novo onde primeiro vi a teza da ni, bela cor e olhei-a mais de perto e vi seu rosto sereno e a comecei ainda a achar mais bela, pois o que se vê ao perto e em vagar, se desvela, como a promessa dos dedos que despem o véu do monte de vénus, minha deusa, meu amor, deixa-me muito te beijar

olhei a tez da ni, seu elegante pescoço e vi seu colar, três são as vesicas de sua voz, inscritas em três losangos de cores distintas como arco Íris

e depois pela noite ao passar pela rua saraiva de carvalho, mesmo no seu final onde está o triângulo ao lado do banco, um homem andrajoso de cócoras com seu negro cão estava, remexia no lixo e com uma faca tirava o cobre dos fios, e eu em meu pensar com a visão do prego espetado nas pedras da calçada no largo do rato, na laranja entre os carris do eléctrico esborrachada, no rui do Icep que ali na rua mora e via o homem que tirava o cobre dos fios, recuperava pela calada da noite com seu cão preto o cobre, o valor oculto das comunicações telefónicas, o espião

teresa rin pr i emir circulo gato c vaso primeiro circulo ao primeiro ad o do banco , p r i quadrado negro em rio homem com ra p rin c ipe serpente do duplo circulo de coco, e chá pe u inglês ra serpente com., serpente europeia negro ne gato ro cão, es pan g a espanhol cruz ava a re Mexia no li vaso ro ex ia no li do beijo invertido e com primeira faca ac a da cal à caçada, ou da Calçada, a teresa das bibliotecas, no do lar ar gato circulo do rato, na primeira ara ra ran príncipe primeiro inglês cruz re os a c i são do pr ego espanhol pe espetado nas pedras, ca rr is do homem ct ric circulo espanhol borra ac chá ad a no rui do Icep quadrado europeu do ali na Rua mo ra ora e via circulo homem euro ep u cruz ira que tirava o co br e dos fi os e rec up era rava re ava pe la c ala lada da no ite com, seu cão pr et circulo cobra co br e , o circulo valor vaso a lor circulo c vaso primeiro to oculto das co munique um uni un ni ca serra onda círculos espanhol telefónica , o circulo espanhol do pião, o espião.

Ah Amada deixai-me beijar as pálpebras dos pássaros que voam em seu olhar
Ah Amada deixai-me mergulhar fundo neles e com eles no amor imenso voar

No outro lado do mundo o sherrif chegado foi no entretanto de novo deportado

Sua bracelete, Amada, seu pulso seu tornear, trás por debaixo dele cinco estrelas e meu coração pesado ao instante ficou

Estarão porventura cinco estrelas doiradas prateadas do uno céu azul, de alguma forma presas num qualquer negro anzol?

Noutra paragem um saco de mão na mão de uma senhora me falou e me disse, são as minhas estrelas e me disse desta vez, quem me falava, estranho senhor, que pouco conheço mas que só por esta razão, é bastante para logo a vós abrir meu coração, pois se são suas são do céu e da terra, mas certo estou de que bom pastor delas todas cuidais, assim vos alumie o firmamento e a estrala da manhã no céu da noite do amor

A Senhora do Nilo em cheiro a rosa anis, trás um pulseira de pele entrelaçada em seu pulso que desvela m três cruzes a quem a vê de frente como eu a vi

Sois Bela Senhora, vejo em si céus estrelados, barcos com velas brancas na noite no Nilo a navegar, palmeiras e pirâmides e pássaros a sua volta a voar
Olho sua pela de leoa e vejo nela a agilidade da amada gazela, olho o fundo do vaso de seu peito e vejo nele três rosas em caules verdes, três são as Rosas que em seu peito moram

Intimas rosas, intimo das rosas, todas as rosas são a rosa e ardo eu por uma ao perto de mim

Intimas rosas no circulo do tim

Cinco são as rosas brancas moram na salva de prata à volta do ovo azul em reflexos de prata, em meu olhar são rubras da rubra paixão e eu longe delas há já alguns dias

Intimas rosas do rato UB do brasil Rá serpente

Depois ontem de noite uma amada me disse cuidado, o vaso está em propósito invertido, e a lua por baixo da vesica negra a fivela que entra na vesica, olho de novo a tezenis, e olho e torno o olhar e na realidade a expressão de sua face é curta, como se tivesse uma mascara e não sei se é pretensa história para a agua a alguns tirar do capote ou não mas não desdita o visto em seu todo e as associações que surgiram

N ot E de no ite primeira ama mad primeira me di ss e circulo dos uis, vaso do cirurgião
espanhol em vaso e rato rti ido e primeiro da lua pt ba ix circulo do vaso espanhol sic primeira ne gato rá, a fi ive ela la quadrado europeu inglês da gaivota no vaso e sic a circulo primeiro homem de muitos ovos a teresa ze e ni serpente e circulo primeiro ho e tor do torno circulo horus e na real li ida, a es pr e serpente são de serpente ua forte ace ac ce é, circulo ur rta , co mo serpente cruz ive ss e primeira maria ascar ou sá carro ca ar ra e um tio de muito ladrar serpente vareta serpente é, passou agora uma ambulância e ouvi o comboio na ponte do pente vermelho invertida a passar, pr e ten sa homem is té maior vareta da teresa do circulo dos humoristas pa ar ara da rá primeira da agua a A1 pistola serpente rato ira tira do ca ap do pote circulo do vaso muito ladrar maria serpente no da onda sobre o circulo dia espanhol serpente dita circulo vi st circulo sem serpente europeia e as a ss circulo cia cães sobre a onda do circulo espanhol quadrado europeu serpente ur gi ram da rá maria ou manuel esa se pn da hol do quadrado dos quatro, ca rr e fo ur

assim, agora as entrelinhas mo disseram, e Amada mesmo estranho é depois do dia em que escrevi e publiquei umas letrinhas de amor a bela menina que espera no comboio sentada o amor, ou assim parece ser, pois é ela um boa actriz, logo dei com ela numa revista premiere e abri e vi em sua face um sorrir doce e delicado de quem me dizia olá, como sabendo que eu o iria fazer quando a visse, e depois mais tarde no espirito ouvi um dizer, que não sei ao certo quem o disse, mas que rezava em seu todo, tu me ensinaste o amor e a ver a vida e o viver, e mesmo não sabendo que é dela o dizer, muito contente fiquei de o ouvir, depois me lembrei do tom, seu companheiro e subiram em mim as imagens das comunicações cruzadas dos fios em estrela nas moradias dos olivais, onde uma ou duas noites andei, e que aqui relatei, e que me contavam de estranhos satélites e de ligações ao tom, e de repente me recordei que uma das senhoras que com ele trabalha, uma produtora, salvo erro , é portuguesa, de repente me surgia um sentido, uma intuição que o punha também no tal vaso da sociedade anónima dos que se aproveitam a distancia do que sou e de meu ser e do que vou fazendo e rapam pelo mundo inteiro o tacho,

ligação duplo circulo óó, grupo de irmãos que fizeram muito sucesso em espanhol, espanhol esa pn pano ho, serpente vaso ce ee serpente sp, senhores de certa idade de barriganas, barrigana , gana iguanas bar arri ari gui do ui de ranas rato das anas ser pe Rn te s cna, ava marias que cantavam nesse, ne serpente electrica do verão uma musica de erre e RR. e que eram pais das meninas que no verão passado tinham feito um sucesso com o uma canção do circulo elevado pequeno, do cão dos can, semelhante se nao, dos muitos cães ç eva dos am me es min sky, do porto, do fantas, a s en do duplo quadrado do w vaso da serpente ao ordálio nm dos afc ac tao r es tam bém não sei se s e rá em ax r to esta, aparece a ligação entre ap pen e ia ib, bi, primeira la tina segunda penelope do pe ene p 10 do pe e lopes, este gente e estes gae age inglês n ta a can rias das canárias

espanhóis cruz ran homem co rta do os sat e primeiros kits, do ki It es, It espanhol, kit teresa serpente, são eles as serpentes da teresa, da raça cigana como o rapaz do fe r ra ri negro me parecera ser, aquele que está morando, kapa moran morna do monde dia circulo aqui nos olivais, onde depois da publicação de meu ultimo texto se deu um acidente, mais um pum, m si primeiro pum mp um


quando não roubam na mais da vezes o naco inteiro, ou quase, pois quem rouba sempre rouba

incompleto e mal e depois mais tarde uma noticia do jornal, ficou a reverbar em mim em modo estranho, agora hollywood já pode decidir quem é a melhor actriz. Seria a senhora que com ele trabalha , a que vivera na moradia dos olivais entre casa de meus pais e a avenida que desce par o rio, seria ela o permanente satélite, e satélite com que intenção, com que cor, todo este ver nas moradias foi na altura do casamento dele , da festa no castelo em Itália, na noite, ou noite próxima do avião da segunda guerra que em noite alta por aqui rasou, o avião com duas caudas, sendo que um era nazi, outro americano, assim eram os dois duplas caudas que me recordo da segunda parte da guerra mundial

em s emi circulo mo le et circulo E maria primeira ro e dia ep c is cruz ar dia primeira no tic a do jo ratão do jornal, fi co do vaso a rara eve rato do bar em dupla maria uma vareta em mo espanhol cruz ran àgora, a gata c ho 11 oyo, oco, yod dia príncipe c ipe primeira ac engles cruz ua ção, inglês em gol espanhol em cid que se foi europeu é, a me primeira homem rato ac cruz riz x actriz serpente en Ho quadrado primeiro europeu com, que com ela trabalha teresa ra rab a homem primeiro, a europeia vaso ive ra na mo ra dia dos oli vaso dos ais sai e serpente ce par circulo rio, o pe ram to rato da maria ene ne ente satélite serpente em te lite lie e as teresa elite com, em quadrado ten ren cão fe e a pn hol sta no do castelo em Itália , itá lia, no no ite av ião da serpente homem un dia primeiro gato eu e r rá europeu no ite alta ra ss circulo do vaso o avião com., dia uaus serpente c ad dia as serpente cruz europeia um e ra nazi , e de o ut ro americano, a ss vareta maria e ra maria os segundo d ua up la serpente duplas c au das europeias me rei re c i rato da serpente da gun un dia primeiro par arte da gata eu rra mun un dia da liga do ção da santa do wood

a ss vareta, vaso e rata da eta , maria do Ágora, do Abílio da pt, àgora às inglês cruz re lin homem às no di ss e ram do rá maria, e triângulo maior ama da primeira louca, me serpente mo espanhola cruz ram homem é, dia ep po is do Dia em quadrado europeu em espanhol circulo do rato evi e da pub, li quadrado do vaso europeu da vareta primeira serpente le cruz, rin rn homem às de ouro or or a ba la da bala me nina europeia espanhola pera pe r rá do pé do rá mo com., boi circulo , serpente 60 cruz as a circulo amo or, ou que a ss vareta maria pa re ce , parece, pois vareta vareta iva ar et eta primeira serpente ela é, vareta do iva ar eta, vaso da maria boa ac cruz riz, primeiro gato do duplo circulo do tp dei com., e la muito vaso maria rata emi serpente vista, fabricante equipamentos av, ista, pr e remo E re e Ab br vareta E vi em serpente ua fa do forte ace ce circulo pequeno elevado, o primeiro o sorrir, serpente circulo rato rir, bean da av. berna, doce, dia circulo ce e dia Eli li cab ad circulo do quadrado europeu maria di i zi primeira que me disse olá, co mo sabe bem dia circulo europeu ao circulo da iria f az e rato quadrado vaso ua E à vi ss e dia ep po is maior cruz ardida , no espanhol pi do rito circulo do vaso ui primeiro di zé rato, quadrado ladrar serpente ei ao certo do q ua dr ad da maria europeia, circulo di ss e mi às reza za av a em serpente europeia eu , todo teresa vaso do me de ensino, sem sin primeiro rei e me iro, as te, italiano, circulo triângulo môr e a vaso serpente ida do circulo Viver, e me serpente mo que ladra Sabe, e que sabe que é dela o pecado, di zé earth arte rtp tp , um It circulo terceiro, re c eiro em tenda da ten, fi quadrado europeu DE circulo ouvir a ep is , me do circulo tom, serpente europeia seu companheiro, co mpa ban homem eiro e sub ira maria em mi maria às ima gata inglesa serpente ns, das comunicações, co um ni cações c ruza rua iz a russa, c ru s za ad as dia os fios cruzados ao pé do cemitério, o rui filipe, em espanha cruz re la n as mo rá dia serpente dia os oli v ais onda primeira e w segundo no ite andes v ar eta e europeu aa aqui em pt, rato ela circulo atravessado do sado pela vareta tei e europeia na conta da ava manhã de espanha cruz ram ho x serpente s emi circulo y inglesa te s a te primeiro rio ki teresa serpente, e de li gato cães da onda circulo espanhol ao tom, e de rato ep do pente me serpente do cor dão do rei europeu prima senhora das senhoras de rá serpentes das can eta s europeia com., a que com ele trabalha, rá bal primeiro, homem primeiro do vaso maia da produtora , ro dia ut de tora s alvo e rato ró , é pt, da goa, de re espanhola ren da teresa, um serpente ur gi a primeira, serpente inglesa tid circulo primeiro i on tui cão em par circulo p vaso un homem primeiro, puma em un homem maria ll circulo tam bem no mello, no tal vaso da soci e dd E a quadrado A noni nona, mia, dos europeus serpentes ap ro vaso esta maia que se aproveitaram à di st na cia do europeu serpente circulo vaso duplo e da me vaso Ser e do que europeu , do que vou fazendo, fazenda, maria josé, ra pam pe lo do elo pelo mundo europeu serpente cruz eiro, o tacho, cruz ac ho arquitecto vaso quadrado que ladra ro ub am na mais das vasos e ze serpente , circulo naco em cruz eiro o u q ua serpente , ase po is quadrado vaso maia ro ub am serpente em mp re rato circulo ub primeiro

e me recordei ao agora isto escrever, a bela menina que conheci por intermédio da monica e que uma noite me contou de como vivera sua vida inteira sem sua mãe, de como um dia era ela pequenina, sua mãe tinha abandonado seus dois ou três filhos e partira para os EUA , por o que seria um caso de amor, e aquilo ficara em mim a ressoar pena e compaixão, e que só agora, há pouco tempo sua mãe tinha reaparecido em sal vida e em dia muito recente á hora do almoço ao sair da biblioteca dos olivais ali estava ela , que tinha vindo encontrar um amigo que lá trabalhava e veio ter comigo e me perguntou, sobre a sentença do tribunal sobre o francisco e outras pergunta que me tiveram o condão de me irritar naquele preciso instante, depois pediu-me o telefone em fora estranha, tão estranha que em mim ficou a ressoar, e depois quando parti me deu a sensação de que ela teria gravado nele a conversa, pois passado um ou dois dias tive uma reacção que assim li no espirito, que a minha zanga tinha sido registada para ser aproveitada, e em pergunto agora se por acaso sem acaso não será sua mãe a tal que trabalha com o tom,. Entrou a gora um rapaz com um tshirt que diz master sex, será isto que o rapaz procurou em toda as sua vida através de mim, aprender a ser um master em sexo?

E me reco dei ao àgora espanhol is to e spa hp hola rato rato duplo da eve do reve , a be la ela me nina, n ui to ina em inter, Itália me dida ida e tala ia la aia me dia di o serpente ua mãe pe q europeu un nina c ur z t re serpente fil., pr AA os e ua usa maria ut tio rec ente inglês acento a horus do almoço do primeiro moço ao s a i r bi b lio teca dos oli vaso as vareta ali espanhol ava is, me v ar eta i r rita cruz pr e ciso em st tia re ee o rá ed e po is gato ar vaso ad o ne ele a circulo em versa za muito gato tinha sid o re ge ia atada ad a pa rá ser ap ro v e ita ad a ac s o ra p z primeiro europeu serpente ua mãe primeira mais alto que t rav a primeiro h a com circulo tom inglês cruz ro vaso a gato ora primeiro ra ap pz com. t serpente h ir t europeia di z maria master serpente ex ser ac ente is to europeu e o rap z pr o curou em raves rai vaso espanhol, de duas marias e uma vareta ap ren dia e rato um master em sexo, que é serpente daqui da caneta da teresa

Recordo a ultima vez que encontrei minha amada Alexandra lencastre, de termos comentado as primeiras imagens do filho dele com a katie, e de repente em nem meia dúzia de palavras ambos termos um ao outro expressado um mesmo, uma clareza de leitura que me impressionou e me fez no instante recordar como a Alexandra é de uma grande inteligência, e de uma enorme beleza por assim o ser, por assim no mundo andar fadada, e ambos nos dissemos um mesmo, o vaso está invertido, era a expressão que ambos vira-mos na face do bebé quando uma revista dessa da jet qualquer coisa, a trouxe em sua capa, parecia uma criança precocemente envelhecida, trazendo um espirito muito muito antigo, fora estranho aquilo, porque como que havia uma qualquer razão para a criança não ser apresentada, se bem que os pais tenham sempre esse direito e é de se respeitar, o que traria ela em sua face estampada em seus primeiros dias ou mesmo meses, o que se terá com ela passado, ou o que terá ele assistido ou vivido em ventre ou já cá fora?

Inglês circulo teresa cruz rei ama mad primeira Alexandra do rand do primeiro inglês ca s cruz re, lencastre, as pr vareta m eri as em ga anes anel ganes d o fil dia ele com a primeira k da primeira gravata, katie e de rep ren teresa em ne maria me ia dia uz ia de pal ala av ra serpente da manhã bo serpente lei tua europeia me em pr e serpente sio Io c v irc u lo vaso me de fez no , en ins tia rec corda ar co mo a ala le c muito dr a é, de primeira gata rande em tili til general inglês cia sai e ss e a da jet q aul al q europeu rato co isa a c r ux r o v xé em s ua kapa cruz primeira p reco coce ce e men teresa inglesa vaso e primeiro e cida ida teresa ra zen zenão dia circulo um It as ss serpente siti o v duplo c i dia em vaso inglês o u príncipe cá f ora do fo rá da foice grande ica ce, inglesa cá serpente t re ganes fá da gravata AA da re vista, Assis sis tod tid circulo

Depois recordo de outros aconteceres, a saída do major, a queda súbita de popularidade dele na América, e agora o mais estranho dos aconteceres, durante as filmagens na alemanha, um camião de duplos que se virou, com onze, outra vez a assinatura da dupla unidade, desta vez com ele relacionada

Dia ep po is record , a serpente ia ad a cia do major, ab europeu da serpente ub bit ira de pop ala ari rid dad ad E triângulo mé ric a ac em te c re serpente duran, d ur ron a ram teresa as fil maria general inglesa serpente la e mn homem primeiro, cam grande de dia up lo s europeu q europeu serpente vi c r ux o vaso com on ze , 11, as sim sina na t ur a da 11 un i de idade dia espanha vaso e z com ele rato ela cio em muito ada ad a lamecha, la lam me d chá da mecha dia



Na rua no largo do rato, onde outrora parara a ambulância, a laranja , as cascas espalmadas pelas rodas dos carros no meio do dois carris metálicos que são quatro, remeteram a minha memória para o metro, para o dínamo do metro ou de comboios e ontem à noite no metro, dia da capicua da humanidade, me tinha assim desvelado o ver

me re met e ram pa ra ara circulo dina mo dínamo do met ro do circulo do vaso de co mario maior b com boi os e me tinha as serpente em dia eve vaso vela do circulo ver

no i te, no vareta teresa ite

depois de sair do local onde escrevera, li no dizer do espirito que estavam marcados os vasos da divisão de diversos acontecimentos em diversos anos, 98 e outros anteriores, e do vv da az dos dois xx e di ari o, circulo de cuba, relacionado com o que escrevera e me recordei do atentado feito por operação de vontade a fidel, de pouco tempo depois ter aparecido um video na net, que por assim dizer colava o movimento da cabeçada de zidane no italiano nas costas de fidel, e se não houve alteração de velocidade entre as duas imagens, o que não parecia em visão sem meios técnicos de analise, a coisa colava na perfeição, ou seja a reacção ab provocada pelo italiano e a resposta violenta de cabeça perdida de zidane, parece ter sido ou o vaso da queda de fidel, ou imagem do vaso, sendo então a questão mais lata em seu interpretar, ou seja, remete para Itália, remete para frança e remete para o país de origem de zidane, salvo erro de um pais do norte de África, que não sei agora qual é, e sendo que estes incidentes se dão como a morte de outros jogadores, em mesmo pano, a relva dos estádios, a presença de muitos, energia e mo cia n la em potência dentro de ovos, ou vasos

entrei a estação e li , cabo ruivo, ou o cab do rui vaso do circulo ou o cab do circulo do vó rui , o ca ca dia oz, ou de ox , ou dia dor pt que pendura do tecto, ou persegue as gazelas na noite, as gazelas, ou o caça gazelas do tempo pré-histórico, assim são as gravuras nos tectos da estação, que parecem desenhos de altamira, ou da mira alta, caiu agora telefone ao chão, e uma capa de prata dele se separou, pareceu ser a bateria, tinha-me antes agora ao escrever aparecido, entrega especial, as cores são o preto e branco e continuava assim minhas notas,

em noite seguinte ao no metro na estação de cabo ruivo entrar, reparo nas caixas do chão na avenida, que dizem fungos, e me recordo dos fungos que apareceram no meu pão e que eu terei comido antes de por eles dar conta, nos dia em que me tentaram levar ao suicídio, e me recordei de um ouvido no espirito que me disse, já temos os fungos, já os analisamos e investigámos e não sabemos o seu efeito a longo prazo, não sabemos o que se irá passar, assim ficará o ouvido na altura em que o ouvi

primeira eva rata prime rei o rei rio circulo serpente que me tentou levar ao suicídio, e me record no espanhol pi rito quadrado europeu me di ss e príncipe primeira s eta teresa mo serpente os f un gato os da fun dos fungos príncipe icep da primeira seta os ana liza za , zaza mo serpente e em vaso espanhol st i gamos e muito cão aa, a ladra, e sabe , s ab abe mo serpente europeia efe v ar et o to a lo mu tio gato pr az circulo muito ladrar sabe mo serpente europeia serpente ira pa ss ar as em f ica rá

os fungos que algum dos muitos que em minha casa en t ra r m, tinham lá deixado, uma es t up ida brincadeira acrescenta n et es preciso instante o espirito, e relacionei o cabo ruivo, o realizador, a morte da menina na falésia com estes mesmo fungos, assim será?
Pedro ruivo, aqui fica a pe r g n ut a acrescida se por causa do que chama a brincadeira, uma menina de teu grupo agora se foi

Hoje no metro li, está tudo bem, a carta que saiu foi a da inveja, ou seja tudo isto por inveja?

Pecado mortal, como se vê, ficam os remorsos na consciência de quem os actos negros, os praticou, para já, que agora está este assunto aqui neste Livro da Vida e as contas sempre cá se fazem, não duvides.

E depois do acidente , o ut limo que se deu ao pé da entrada do metro, li fungos feitos na dupla fundição do porto nas camas dos hotéis, ho da te , o do is

le circulo pt ar dia di traingulo de fogo circulo do homem gato, ou gata que é nome de um rapaz, circulo maçon d circulo be no it pt pa ra lelo bv vareta pi ipe pie vareta pi pe da me nina caída em acido, circulo o pe ra a, lan car do pap a gaio cujo nome do local do mira douro é semelhante , serpente me angulo homem formiga a o no me de um pt rail da raia da iza dor, da real isa dor zo cal m ira muito té circulo che la serpente be la vaso is cruz triângulo s kapa pt ca mel do da fil. teresa rato serpente do caneta can et E do pente, ou do penta da caneta, que é parte da caneta do circulo da teresa la ia serpente das olaias, maria quinta da tríade do nono, kim pi circulo da serpente viol eta rosa e branca da ala me da do me cruz ro do metro, maria que verte o branco do quadrado ua dr AA ad circulo vermelho roma, ou de roma, do pentagrama de prata de 10 pe ta la s em circulo maçon da ave ne da no rte, norte e da ave ou av E da ni ida da av EUA, espanhol cruz a e os un vareta dia os da primeira mé ric primeira ou rica de alva la de tábua de aço do douro roma nico gato ex pr esso, está ao contrário, em no t Ari do can a dia a do o di z o senhor a enfiar o bilhete na ranhura

o talão da hora de almoço diz

ali homem ac cão de tacão corrente do co rato ren da teresa sa ss, quinto da a la vaso anca do primeiro circulo do leo português da ce 120 do circulo de 59 sub to tal dada as a da ria da padaria da vareta inclinada pa serpente tele ari primeiro 5 pe rato em ceitil bi ca serpente vareta inclinada kapa espada brasil eiró 80 gato do circulo de 96 ca d et e de prata segundo de n x em 98 , fr ut as e vaso e general ene ral cruz ais serpente quinta pe rato centil ban ana mais ou menos em porta ad a circulo virgula 136 x do primeiro circulo do nono pentagrama da fe i ro na Pena em primeiro esplendor, espanhol sp len dia da dor, do pé do rato centil , que é vareta entre duas vesicas , do pe serpente terceiro ss ego cal AA.A at 0, 260 x di primeiro deus duplo e o quinto pe ra triunfo dos porcos serpente para a terra horizontal centil pap a ca fe tom em E mate circulo espada pt ed vasco Santana, ou vaso asco do santana, ou da santa ana, circulo 150 x do primeiro duplo deus que o circulo inicial dividiu, sub total da menage jenko, h en k o , príncipe inglês kapa do circulo ko, ho tt i.e. mo del s inglesas enguias 21 do vareta espada entre duas ve sic as sa co serpente p la s tic o men age serpente UB to tal, ou cruz grande 0, 02 cruz divisão circulo grande ar, furacões rti gato os : 6 eu ro 5 do duplo circulo, teresa roco segundo do sexto do primeiro , na primeira tem dida d ia ida pt ana pereira coluna vaso a iva em semi circulo lu ido, dia ep po vareta dupla serpente depois do jogo de futebol, o preço da agulha espetada na vesica , que a cozeu foi assim,

circulo vareta ne ine te ka cim correio da manhã do mo do vi espanhol cruz ra co a teresa homem , Ho me l ad a L.da da av do me do prego que atravessa a vesica i te rato rá neo angulo lo te , primeiro rio da divisão do circulo em dois, circulo 11, cruz ra co traço duplo E do pt par ar europeu do parque das nações , n ac ce ss ac cães serrilha no circulo do oe espanhol em 1990, omega primeiro do duplo circulo do primeiro li serpente bo a segunda do primeiro do rio em 89 a 94 do sétimo circulo da segunda estrela do sexta, 222 cin e te ka , do ká pi maior serpente do circulo cia l 5.000.00 mat ricu la ad a na crc dos dois s emi kapa círculos à volta de deo lis boa serpente ob circulo n, norte em 11, mês quinto ou quinta estrela, ou na quinta da estrela de 99 ou de 95, vaso inglês da venda a dinheiro, din homem eiró n 200 700, 92 cruz 85 ar cruz vareta gato circulo s UB total ca fe c ari o ca terceiro un , 1, 80, cine e t os ta 1 un, re fr vareta general rato ante 5 traço 1 un, cruz arte f ra n gato circulo 1 un cruz ot al colona li quadrado 7 , 59 i v a 0,91, cruz ot al doc 8,50, no dia 5/9 A FT dos acontecimentos fi do vaso di inglesa da venda din homem eiró a din h eiró, o segundo do duplo circulo 70/09/11 do 11 do sexto ar cruz vareta gato circulo po rta ra cruz circulo to mini 1 un traço 4,00 sopa , serpente opa do quadrado europeu do dia seja , 1, 50 3 ca fe vareta espada c ari o ka 2 un 1,20 cruz ot al coluna li D 5, 98 i v a 0, 72 , cruz ot al 6, 70

buraco da agulha, vesica, agulha e linha, vesicas cozidas à linha, golo pelo buraco da agulha, fora o segundo, disseram que facilitado, no jogo entre portugal e a polónia que eu assim vi

3 coluna pequena un primeira elevada pai co da vesica 88 6, ca dupla dor et rá 8, 50 portugal circulo polónia , ou polónio circulo , duplo circulo PP , 9, 5 da sa da oz g rés, do es cu d o quinas portu gal vara espada serpente e rato vi a pa ss a tem po sam s un gato l cd tv, v a lente , seta verde da esquerda miguel, seta oposta vermelha can eira

e deve ter sido ao contrário, pelo que se passou no metro depois com o bilhete que o senhor com um tatoo no ombro direito tentou por, e que de novo saiu, e eu lhe peguei e ao lhe pegar, vi a seta vermelha da direcção ao contrário e assim o soube e assim ele o confirmou por sua voz, era hora de ponta, vinham as gentes do estádio da luz, a chegar-mos ao estádio dos leões,

gato am gan homem a po w e r ra de pt vesica azul ob da di re c to , l w a bi l h et espanhol vi sa vareta negra arco azul miguel 13 f ori zo n te mo, com gaivota em cima, que é sinal do prim e rio nazi, o principal, mo nazi dia elo da passa no met e o ro lo gi s ta ra dio E te ele si são du p lo s se le semicírculo são, men or menor com sumo , vaso serpente azul e branca que ao céu subiu rp holandês 10, oi amon rá p la y fair fi ar, pr t It ce i fa circulo 8 da arcada branca man i che tmn n ladrar, ob rifa gado tmn duplo nn, dupla arcada, triângulo té r ui c o s ta ma ki circulo dupla com serpente ao meio, fi o de ouro e anel pilha vareta compra da Teresa joalheria laranja e preto si mão 11 moto 4 pa ss a malheiros ar t ur no roc g am h b ill h et espanhol ra c is mo muito cão ob riga triângulo circulo en t re lin h as triângulo té príncipe ep seta primeira 30 puma v e r malho p e branco que cospe k al sa do mergulho mp no do oito do infinito do primeiro do sete ron al do D eco 14 po la co , v isa traço a es c rito rá n cruzes es r a s, homem seis cruz un s AA , li g eu j á 760, foguetão deitado maior ido do power do rá por detrás escondido, dos elos azuis do circulo traçado ar com três traços, c u f , 25, circulo mais s am s un g mob ile lie da cruz da rave duplo infinito de seis , b es vaso ida ppr i x r uz primeira há 10 anos atrás, tv fa ix a az u l h ori zo n te do cruz a ca portu gal a té j á, do loirinho puma templário cartão amarelo ao 13 templário da fpf.pt s y circulo em d eco e co 20 brasil da agulha que entra no la co puma vermelho e branco mo duelo polaco, out of sin c ro h ori zo n tal da cuf a ma iro p ro te cc cão 11 , pt, fo r ce di es el vaso isa bola re k si mão 11 pt sam do circulo anarquista rr e dor americana da águia 31 po r tu gal 16 asas amarelas correio pa zé maria 13 que bra v en to ni ke sam, o,60 iva isa 9 27, 2m cruz ron com mo s t ra g al p br aço be serpente vi dia a pe cruz ir 13,, 3, 07 cunha br anca pa ra raro el vaso primeiro dos E los az uis dia up lo serpente verdes miguel 13 chelas pan ca dia primeiro pancada agulha e laço, chuto, 16 templário sa you um danças ve lo cid ad E , serpente maria rit mo ima g ene ral cruz rib una , pe dr circulo com do circulo do mão na boca , g olo do 18 po la co , cruz mn, dia gato circulo muito al maria le w na do e duplo vaso da dupla dor do ski com. pen sa n un circulo gomes da AA. ana serpente teresa triângulo dia y cam cruz ac a po l serpente ká de serpente porto cuf 20 azul e preto 0-1 do ski si mão arcada segunda do 11 f li ros ce muito teresa inglesa

o vaso sobre mo dia do circulo ella é o da cruz suástica te angulo homem ei rá serpente do portal da caixa geral de depósitos, pt, car ls be rato gato fe sta formiga no terceiro circulo da serpente pn do p ot e, ra dio e te le vi são po rt vaso gato vaso e sa vaso isa cam vareta serpente ola sola ad kapa vaso b rick primeiro semicírculo da asa dia up le x a d sl 19.23, 10 101 10 15, vaso ive a ss a ap ar aqui vaso primeiro francês e serpente homem , circulo pe do rá do pêra , holandesa , homem l am dia e sá z vaso rich ulric, o me vaso le It e espanhol do pe cia al, teresa e ce fo ne 999, homem triplo homem uma ni dad e da asa delta ama r ela, br e triângulo cruz no homem rato vareta 6 homem foice da escola russa, espanhol co la rato uss a , dos pé do pe is primeiro vo ar vaso isa , imagens digitais a voar, vareta maria general inglesa serpente di gi cruz dos ais , quadrado di gi tal do domino, do sai do circulo kapa min duplo ou mino azul sa gato grés zé ro do castelo de Óbidos.

Serpente homem cristina coutinho cão s un mna rino serpente ec ce cc cão AA porto gal x serpente e rato via circulo jo gato da publicidade, da pu segunda do li da cidade rita 71 da ad ira no verão, vaso e rão quadrado europeu do Vale, a pena , primeira pena da estrela Sílvia, o rui circulo pe ra cão do triunfo , cruz rato vareta un fo vermelho san tan dia rato ch ama da chama do quadrado europeu, homem au dr rá, que manda no futebol, f ut e bo primeiro inglês semicírculo em cruz rá cruz ra té com., circulo futebol ly ric serpente inter, vaso primeiro lo circulo vaso la y serpente cruz do vaso e os teresa us e la y serpente avenca, av inglesa cá, serpente mol la re circulo, fpf pt A ch ora do rá do ar ex pe kapa té , primeira quadrado do ui mista sa patos rá fia do ogma da goma do lar serpente von terceira espanhola 18 te mp primeiro Ari grito latino europeu dupla vaso w e dia os ki pr circulo se gato ur nono fo rato cá po rato cruz no vaso gal, e sapa n homem primeiro tati serpente tic a gato e ral kapa all, can to portugal maria is primeiro canto cuf, circulo vaso forte triângulo té príncipe primeiro assento terceiro semicírculo ron do al dia circulo homem y un day primeira arcada vermelha e azul, mo vaso cruz em ho mao na bo la 36,2 maria , serpente y semicírculo em infinito águia, assento gui ia primeira, a vi s serpente rato inglês muito teresa primeiro carro pr rf rato red fpf.pt 20 homem vareta eta che segundo ro serpente gato serpente em ene rato gi primeiro li d e rato muçul homem do circulo, primeiro semicírculo do vaso prio primeiro mano maria a no muçulmana, rec te ou cruz do angulo ama rato elo amarelo em semicírculo lina inclinado, creta la quadrado europeu segundo avião, br, mo dia elo nazi, 11 gato y ar to ni co circulo do pe ra cão cruz rato vareta un fo foice al inglesa muito tó serpente, Sílvia cunha e do al berto

Puma branco e vermelho no chão, terceiro , sé rato via da faca li gato europeu príncipe primeiro assento águia, primeira gui, branca quadrado vermelho maria gato muito um do Ká da fé serpente maior ze do z do erro cruz ac a quatro inglesa teresa ra ad a pa da well da Web e segundo vaso duplo 11 , sexto gato lan do ski nono do 11 teresa roca maria cruz vaso serpente ia kapa, f ar b y do fá alta sin semicírculo do ró homem ori zo muito alto no ro zi muito gua gato vaso primeiro, homem do circulo do homem do rato espanhol pi rito e as ap pn homem circulo duplo primeiro cruz ani primeira rib as co ra cão 30 , primeira asa vermelha sobre azul, serpente ab abe sabe do quadrado europeu maria is mil dia circulo conti ne muito cruz all, segundo espanhol vida gato a mu tio homem primeiro puma branco e vermelho, lo muito gato circulo brasil ac e co br un circulo al vaso espanhol Alves, com menor com sumo, aditado, e fo rato ce 98, com a no ss primeira serpente le cristina coutinho cão da serra, o realizador zz com casa na Arrábida e da rabia del pueblo pt de alfama e padrinho do diamantino ferreira na tal carreira internacional, dois, um por cima outro por baixo do semicírculo, rato is st i no do primeiro no, 13 bo la fo rá lin homem primeiro da linha do bo la can e ira cruz mn 11, circulo branco sobre vermelho triângulo té já do porto gal can eta penta gato rama fpf pt vaso em ai circulo jo gato circulo em homem do cimento do conhecimento mn ni kapa E forte duplo circulo da cruz sexta do angulo do bob, ball bala, ex pe kapa teresa com., quarto do 11 templário , 30 maia. Cruz mn vo la la te ral lan ca do homem tó riciardi , primeira pito em je cc cão co muito di dan ká, sete templário que sofre falta do quadrado europeu , serpente circulo francesa f al cruz primeira, do brasileiro , um dan ça serpente un serpente t It ui cão muito un o 21 gato do circulo met, quadrado re serpente maria 27 muito cão gomes do benfica, ten cruz ad a pf, alda da latina europa, da la tina europeia corda do estendal da pa do ro maria com vaso nazi por cima, f alta vaso maria serpente mana maria ana pt no circulo da oração rato iba serpente porto gal no semicírculo c ora cão do circulo espanhol pi do rito cruz no primeiro maçon ni primeiro, rib as serpente eta a ban dia eira vermelha dia gato no angulo na verde taça 60 lan do ski em fo rato mação sa po , fo vareta circulo segundo gold lu z vi bra cornos co rato no serpente ama rato elo serpente, amarela, espanhol e as pn fera ar mila rato em semicírculo li ba ad kapa re serpente el, serpente da manhã serpente un gato le dia tv sin al ce rato to br e co serpente circulo az vaso vareta nono brasil circulo oração primeira a ba teresa puma bra sá dia eira de braçadeira policial az azul, fi gato ur rá br anca ca pi tão ra c is mo 14 , 9 circulo do 13 templário com menor com sumo maria av ad van ce dia teo no lo gi pr ro da grana do gato da ana da rana, o pe ra cão cruz rato un fo 22 pa serpente co a da páscoa 5 20 vaso isa bil homem et espanhol avião azul deitado com cab eça por semicírculo ima 30 da visão , 13 de ,ou em 92 assis a ss is tem teresa ni k e fo ot br 20 com anzol pm co 11 muçulmano algarvio, todo gato ar vi circulo, mo ut ho 5 vermelho homem y un dia ai lider ppr mac dona dia grande Donalds c It ro inglês, dupla arcada amarela à ou da senhora serpente c us pi d eira do sw, circulo em quadrado ui star st ar 21h30 jo seis os, vaso isa portal , fal cruz primeira 15 sexto fo rato ce di e serpente el com. pen sa cinco há 10, ou 19 a no s at rá s, pe serpente co 30 verde, a nel gravata, do gato ava verde, no semicírculo da oração el dia grande do Mo nazi da suástica, serpente dupla ua tic primeira , sa, marian circulo vaso da marina serpente un gato ami ap a posta lo muito gin quadrado ua 55, 11, 14 g a i v ota na zo l maria príncipe s o br e circulo br na co já ce k k, kapa dupla e menor com sumo, na ro do via jo 6 pequeno os cruz mn p la y k re 11oo serpente el com pen sa nbc, holandês verde teresa mp circulo ez cruz rá br pa ra mig ue angulo primeiro

E assim o jogo portugal polónia tudo isto mostrou e demonstrou que mesmo os episódios que se passaram na contagem dos homem es há muito tempo continuam de certa forma espelhados no presente, ou sej todos os actos são eternos e nele vivem

Ep serpente pen do assento ao circulo di circulo a serpente quadrado europeu serpente pa ss a ra maria da manhã no semicírculo ra age ge ra l em dia os homem circulo mn espanhol homem primeiro assento um It circulo do tempo conti muito ua maria de ca rta fo espanhol pé primeiro homem ad os no pr e serpente inglesa teresa circulo vaso sej cruz sir dia d os duplo ac to serpente er e rato no serpente e nel le vi vaso ad mn



Faz A Rosa Abrir
Eu O Mar a Entrar
Na Volta da Praia
Eu a Ti o Mar

Trazes minha Amada
Ondinha do Mar

Viste Minha Amada
Andorinha

Eterno é o céu e o mar

Um vai vem sem estar
Nem ficar
Um voar sem poisar

Ah Amada Andorinha
Do Céu de Meu Alegre Voar
Vem em Meus Lábios Poisar

Ah Amada Ondinha do Mar
Vem à Minha Praia
Aportar


Ah Bela Senhora que sois bela como o Sol e a Lua e o Mar e tão pouco Vos conheço, tanto meu peito A Sente

Era a noite cerrada caminhando para o amanhecer, no circulo da arvore poisado um papel à minha mão aportou e nele vinha vosso retracto que na noite o beijei

Ali estava senhora sua imagem, num papel de jornal amarrotado e meus passos logo ali pararam para o agarrar

Depois beijei as flores brancas e cheirosas, alva como a senhora, cabelos de oiro solar

Ah Bela Senhora que sois bela como o Sol , a Lua e o Mar e habitais meu peito na distância de meus olhos e meu olhar, amêndoas doces no perto distante , assim eles vão em tua parte ausente

Não vos conheço ao perto e ao peito as asas das mãos anseiam, nem mesmo ouvi sua voz ao perto de mim falar

Que estranho e etéreo o amor é que sem estar é e estando melhor é

Perto pertinho de mim, perto pertinho de ti, no perto se encontra o sempre que nas vezes mora longe, cada pedaço de cada coração do uno coração para seu lado, ah arte do mar, ah arte do navegar, ah arte do mar e do sopro, faz a vela da minha amada em meu porto aportar

Ah amada como eu vos anseio na relva quente do verão consigo o poisar, o deleite do leite de estar, a ver o mar, desenhar desenhos de amor nas nuvens a passar, pintar o sete, eu sei lá o que o vento na fortuna dita amada, se tudo em mim, em mim És.

Ah Bela Senhora que sois bela como a Lua , a Terra, o Céu , o Sol e o Mar, quente e húmido teu ventre florido em flor a florir, suave brisa, leve sopro, teu sorrir

O mel
escorre
as pétalas de amor
A rosa abrindo-se
Os olhos em bico
como amêndoas doces
em mel amaciadas

( circulo do mel espanhol co de cor rato e às pé AA. tal la serpente da manha de or
traingulo de fogo ro sa rosa ab rin dia circulo sete serpente sé do circulo maior das serpentes primeiro homem os em bico i co co mo amen maçon cia dia as em mel ama cia ad as)
santa
trindade
céu
três
as estrelas
na
vesica
do
amor

( serpente AA. a nat da nata da anta cruz do rin dad e da trindade s emi circulo assento e vaso cruz rato maçon espanhol vaso espanhol sic primeira dia circulo am amo mor)

iluminam
a
coroa
do
amor

( v ar eta lu mina maria na primeira manha co oro ro primeira da coroa do am mor da foice)

sobem
pelo
caule
acima
ao
céu

( serpente circulo ob em pe lo elo ca au le ac ima primeiro circulo céu)

três
são
as
promessas
três
são
os
nós

( cruz re maçon espanhol são, primeira serpente pr rome ss as terceiro da são circulo serpente no serpente dos nós )

amarras
no mar
ao mar

amor?

Amor
( am ama mar ra serpente marrás, no mar primeiro circulo maria ar do mar fo ice am mor c e i fa)


Entre
Terra
E
Mar
Na
Distância
Da
Praia

( inglês onda espanhola cruz re terra teresa rato rá E mar na di serpente t ân cia da praia do pr raia da aia fo ice d a h uma ni dad e)

Senhora

Devolvei
Os
Nós
Senhora
Se
Não
Os
Usais

( Serpente maior dia maior evo vol vaso ei circulo maior serpente nós serpente inglesa hora, horus serpente e muito cão circulo serpente usa ais ponto da foice)

Habitava a redondinha redondilha sumarenta pêra e nela uma constelação

( infinito habit ho e homem abi ita ava av a a re Don din homem primeiro re Don di da ilha serpente suma do vaso un mar ar ren inglesa cruz primeira pe maçon ra era pera e muito ela vaso maria prim eira da ria em s emi circulo ns te la cão de serrilha, tela)

Belo
O
Fruto
O
É

( be segundo elo circulo maior fr ut circulo maior é)

Tão
Belo
Corpo
Eu
A
Olhar
(Cruz grande cão ne elo segundo europeu triângulo de fogo maior circulo maior de horus do duplo infinito)

Como
Poderia
Outro
Ser
O
Jeito
Se
Me
Convidou
A
Visão
O
Olhar

( co do mo da omo lavagem , primeira ava general maria pod e ria circulo maior ut ro ser, circulo j e It o serpente maior me maior do triângulo, cruz ria ab gato vaso kapa lo maior da Visão, vi são, circulo maior duplo primeiro homem do ar)

A
lua
Inteira
No
Mundo
Nua
De
Costas
Por
Meus
Olhos
A
Passar

( triângulo de fogo lua lu primeira en teresa ira , no maria un dia circulo muito ua dia mai ro s emi circulo grande os dt as circulo maior horus os triângulo maior de fogo passa pa as ss sar )


No
Uno
Amor
Faz
O
Leito

( no vaso maior no f or et forte az circulo maior le i It circulo maior lei teresa, le ite, vareta teresa)

O
Leite

Ah
Senhora
Bela
Senhora
Do
Mar

(Triângulo maior homem serpente inglesa hora segunda be la ela serpente maior inglesa hora dia grando, gato de rana do circulo do maior ar)

Sete
Suas
Saias
Sete
Suas
Aias

(Set et e serpente ua serpente as aias do sete serpente ua serpente ai as aia serpente)

Sete
E
Sete
O
Leito
Do
Amor

( serpente set et ee sete circulo lei to dia maior circulo da manhã maior roda foice)

Ah Senhora Bela , Bela Senhora, que estranha ligação trago consigo, que dias houve em que só a ver todo por dentro me faz mexer, e correr e ver, e contudo nem vossa voz ao perto conheço


Depois adormeci e sonhei e se misturaram as histórias dos laços, dos três laços, outros que senhora de outrora disse ter sobre meu coração, encontrei um fio e o enredei em foram secreta e fechada que todo fecha, o que não quer ser aberto, porque foi feito para fechar, a um outro coração, o pedaço ausente, que tal não se faz, falam os mupis, deixa-me amar, como se fosse possível de outro jeito ou modo

E o pássaro da noite poisou na cabeceira e disse, quem assim o pretende fazer e intentar, saiba que seus beijar daqui em diante será mortal, pois não se prende ninguém, os corações se dão se se quiserem dar, assim é a Lei do Amor

E o besouro cantou,

o ká maior do chá chá chá da estrela primeira é a serpente do vaso do gato da assembleia, que se esconde de luva na cava da habitação, e faz a pira da divisão, pi ri piri pira a ira pula a pira rá ss das unidas nações, 40 por cada cem volume roubado e lido, um violino e um anel, de 70 centilitros da can da cana da ave avi dos ais dos canaviais viol eta , a serpente dupla transparente da agua do fogo da onda da estrela do céu primeiro do país quente e tropical onde nasceu a unida ida nação e uma serpente subiu da terra e voltou sua cabeça á espinha do tronco do caule da serpente melhor do jogador de futebol de onze inglês cáchá, cáchá cá, chá rufos alva ro das nuvens de fumo das comunicações das tribos Índias, latinas europeias da serpente ro do ros Álvaro cruz aba do co do ábaco, três foram as garrafas, dois os charutos perfumados femininos debaixo do pente para o céu virado da ponte vermelha, por debaixo dos comboios


desceu então a cobra grande que me enrolou e me levou para dentro da terra e em sonho a sonhar estava eu numa carruagem e outra a trás, o terreno descia suave, a da frente avançou e a de trás começou a deslizar e ganhando inércia acelerava e a senhora que se pressupunha condutora e que saíra da carruagem da frente ficara pendurada a baloiçar na porta da frente, eu de fora de tudo aquilo olhava e via-a a bascular na porta com o que me parecia ser uma mochila preta às costas, tentou depois passar por debaixo da porta e foi aí que me dei conta que a mochila trazia um bebé, e que com o movimento corria o risco de no chão o raspar, eu aflito a ver não podia nada fazer e a carruagem bonde da trás cada vez mais depressa pela encosta abaixo e depois aquilo desgovernado deu um grande bum e eu foi falar com a primeira condutora que estressada me disse, que a outra nunca mais se despachava e que ela quisera partir e eu, Meu deus, mas não viste que ela trazia um bebé às costas?

Rum rum fazia a serpente no campo, as cassetes video sobre o ano doiro, levava-as ela debaixo de seu braço, keops , a grade à frente de keops na ro do vi ari primeiro nacional

Rum rum fazia a serpente mo campo

A serpente rá italiana AA. atacou um realizador

Levantou-se o dia e passaram no céu as três gaivotas e t che c ov , no nascer do dia à janela agora a lembrança bateu no céu, petra em no da cova do circulo da ova da peta

A casa era sombria, de dois andares, no piso superior da vivenda envidraçada com muitas plantas a luz se escoava e a seta de prata vermelha foi lançada ao mar no negro da noite

De repente percebo que a história começara antes, que aquilo fora a resultante de uma vingança de contas anteriores

Ari e rei serpente santana, diz-me o espirito e recordo a bela senhora que por cá passou e que aparecera no jornal numa foto que mostrava um funda e vertical cicatriz em sua face que não tem, trá-la em seu coração, um dia ao descer a rampa, a criança rolou e faleceu, e o homem com ligação a ela. Recordo-me de quando aquilo aconteceu, de como achara estúpido fútil e bizarro para poder assim ter acontecido, hoje sei que outras razões prováveis existiram que facilitaram o acontecer.

No pote do chá de prata na bandeja de prata, abro a tampo de um e vejo , uma asa que faz como que um semicírculo, um funil e desenha-se na visão a casa de obidos, e das telhas romanas.

Subia a outra casa no monte que poderia ser em trás os montes que parecia um castelo feito de grassa pedra de granito e com faixas brancas em mastros como no Japão medieval com escritos meus, estava cheia como uma festa,. as gentes espalhadas pela sala a conversar e em voz suficiente alta lhes perguntei, quem é o dono da casa?

ninguém respondeu

mudei então a conversa e disse, quem é que pendurou minhas letras nos estandartes sem me ter pedido permissão?

E de repente do fundo, rápido, uma porta se abre e por ela sai um homem, era da família dos faunos, o santo dos santos e lhe perguntei, então o assunto ontem, depois a ilusão do primeiro do nono na não resposta clara se mantém?, uma espécie de sótão em equilíbrio, passou uma rapariga pelas traves, uma rapariga jovem que me olhou e continuou, depois sua irmã chegou, poisou a meu lado no parapeito, os lábios de vermelho muito pintados, fala-mos em francês, enquanto estava a chegar a compreensão, passou a carrinha aos quadrados coloridos da caixa aberta da camará de lisboa e um dizer ressoou na noite em tom meio irónico, com que então a um It bem ? e depois, barco de dois canos ao fundo

primeiro vaso da maria espanhol pe cie de serpente ot tão em E quadrado ui li lib br rio pa ss circulo da vaso da primeira rapariga pe la serpente da cruz das raves, po is a me europeia la no pa ra do peito os la ab ABI serpente de vermelho, pin fa la cruz mo serpente em francês e quadrado ua primeiro circulo pr ren em são re ss circulo do vaso do cio It be maria ee, cam rá da cama do rá

assim acordei com um antiga frase na consciência, as fadas não usam baton

quando a segunda carruagem se es tam pa ra , aquilo fo ra uma grande desgraça, fava primeira grande desgraça

triângulo de fogo aberto ao vaso primeiro circulo ur dei co muito primeiro formiga do general da cinza do circulo se zé e me vaso di da gaivota e rato e da um do ponto sobre o vaso homem do circulo anzol da cruz do circulo ba vaso da cruz is as fadas das asas francesas usa maria b da gaivota invertida do circulo A ton de tom 4º u vareta x circulo a serpente y vaso vareta lo cam circulo 11

sw is ss omega circulo, o circulo do fim e da tentativa do fecho de um anela a todos os outros do mundo

Ah Amada minha, que ontem à tarde estava cheio de fominha e doía-me a cabeça e a escrita fazia-se frase a frase e depois decidi terminá-la e sai para a rua e me deitei um bocadinho num banco de jardim e me dizia, se for preciso, vou para o céu, morrendo de fome, depois vi uma igreja e no centro social entrei, ajudei duas senhoras a descer a rampa, porque vi uma poça de agua em seu caminho, a primeira a quem eu dei a mão, me disse ajude antes a senhora que vem atrás, dei-lhe o braço , retirei-o depois de ver que ela não escorregava e dei-o à segunda que me disse, em sua bengala, agora, vou devagarinho, antes corria, e assim em passinhos de tripé de passarinho lá desceu ela a rampa, depois entrei no salão, as senhoras voluntárias em seus arrumos, e assim por debaixo do quadro da ultima ceia lhes disse, por gentileza, senhoras, que há dois dias que não como, porventura me podiam arranjar algo de comer, e elas ficaram no instante muito agitadas com suas cruzes doiradas à mostra em seu peitos, andaram de um lado para o outro e disseram que não podiam , porque não tinham permissão pois não estava lá a senhora dos serviços sociais que nela mandava, ai lhes disse, senhora, o responsável mora antes e sempre aqui, e mostrei com a mão meu peito, e depois mais se agitara, e depois me apareceu uma com um saquinho com quatro fatias de pão barradas com doce laranja muito sintético e me passou para a mão muito agitada e dizendo , fuja, fuja, e eu disse porque fugir, senhora, se não tenho nada, nem razão de que fugir, ou de quem fugir, e ela disse antes que venha a encarregada, e eu ouvia em espirito a vontade das senhoras em ajudar, e diziam em seus secretos, que impressão eu lhes fazia, eu me dizia, estou com uma barba que parece outra vez a do Cristo, e agradeci e saiu calmamente por meu pé, dizendo em meu secreto que Deus lhe desse em duplo a ajuda e compaixão, e enquanto comia e ficava um bocadinho melhor, pensei em meu coração, que estranho vai a igreja esposa do senhor, estas senhoras que aqui estão a ajudar em forma gratuita, sentem-se ameaçadas por a senhora do serviços sociais, e ajudaram-me em segredo e com medo, que triste assim minha igreja sem a ser , o ir., Pai perdoa-lhes que os que mandam numa das Tuas Igrejas, não sabem mais o que fazem, fazem medo e trazem em medo quem por compaixão lá está a judar, mesmo sabendo que se não estivessem lá assim as Senhoras, nem poderia fazer sua tarefa.

Ah Pai que me deu vergonha por elas em seu Amor no Amor.

E leio nas entrelinha a nela, a nellinha 11 do anelo, italiano, que a todos os outros pretende prender, do triângulo do homem primeiro da mad a min homem triângulo de fogo europeu ontem à tarde , à cruz ardida espanhola ch ei circulo do min jovem primeiro e da seta no s emi circulo 19 serpente eta a má primeira cab abe ega eça e a espanhola rita f az aza serpente fr asa às fr asas, serpente europeia do caminho, a pm cruz me rato ira europeia a quem eu dei a mão, me di dupla serpente e jud judo e formiga a senhora europeia ad ei s eta 1 homem circulo br rac aç s eta circulo re eti rei s eta circulo muitas ondas primeiras po inglesa co r r ega ava dei circulo s eta a serpente gun am serpente ua bengala àgora, dia eva gata ari formiga co rato dia pa ss in homem os de tripé de ps ceia ram homem os sua asa c ru z eu serpente espanhola dores ira di ss ee ra maria ram port quadrado europeu tin ham missão r espanhol pon ponsa ave vaso el, mora, pt or quadrado europeu fu homem gi circulo do rato serpente e c rte circulo quadrado em dia maior eu serpente , b ac ac cadinho me primeiro horus , baca, bacante, serpente gato red circulo nigredo e com sw e rao aro circulo ir , do ponto e virgula do Pai, com paixão ju dia do ar judiar , cam mim ho segundo ajuda espanhol teresa rá serpente vaso j e it o a c rit tca circulo vaso rato ep pr inglês são ee

Ah Amados, que o Amor Uno dos Amantes Amados é grande imenso sem fim

E não há pecado em ajudar, pecado é quem ajuda estar sujeito a critica ou repreensão


Depois me surgiu à porta de casa, a meu chegar a Rosa do meu jardim, da minha casa que me convidou para jantar e ai estivemos a conversar à volta do mundo, na tv foi vendo as noticias sem som do mundo, as entrevistas do scolari, e mais uma réplica na indonésia, a me dizer ao coração, ainda não está fechado o assunto que começou em dezembro de 2004, o primeiro grande tremor

No tic primeira serpente, ser pm , serpente rp da maria do om do mundo, as inglês cruz das revistas evi sta serpente da serpente do circulo olari, do primeiro ari e maria ais is primeira ré eólica circulo lica ac a do li cá da olaria do rep lica

E lhe contei de um sonho recente onde aparecia a teresa carvalho, a mãe de meu filho, a raptora, a filha da grande serpente da babilónia, que muitos ainda parecem venerar, na sua apetência cega e surda para o abismo, será esse o resultado enquanto perdureis na negra ilusão

Ra da pt ora do circulo do rá , primeira fil da gato da rand e ser ep net da bibi, ou da b ibe ló ni a quadrado europeu um It os serpente ua a pe et ten da cia s emi circulo ega e serpente ur dia primeira pa rá circulo ab ismo, is mo da net para o abismo, aquilo que se abre quando a terra treme em sua certa forma

Dizem as escrituras que por uma ultima vez a besta se levantará e pela ultima vez os reis da terra a adorarão antes de para ela se voltarem e dilacerem sua carne, não a de seu filho e se bem leio o que leio, foi agora seu ultimo levantar, donde a queda estará próxima, muito próxima, eu que vos digo que existe ainda o tempo de dois selos que o caminho já me pôs em minha mão, para ilustrar e me dizer, como nos aproximamos da apertada curva.

E os reis vão cegos, continuam fazer-lhe a vénia, e aterra de novo tremeu no sitio onde quando se levantou, se viu o seu levantar e duzentas mil almas se foram

Estava em no escritório de Meu Pai, em circulo de mogno com friso doirado, a mesa e a puta, a grande meretriz aparecia a chorar, ela a infame inflamada que se crê toda poderosa, ali aparecia a chorar e me mostrava uma caderneta de cheques e me dizia que eu ia ser preso, e a fúria em mum subia, pois não o vou ser , nem razão existe para isso, e ela mostrava uma caderneta de cheques e mostrava um, e dizia que tinha pago para isso, e eu acordei em revolta e me disse o desperto, que ele passara um cheque para ordenar a minha morte, a puta pagou para me mandar matar, a puta pagou para mandar matar o pai de seu filho! E vinha no teatro pedindo e chorando pela falsa compaixão.

Ou ainda a história do pecado que sabe quem o fez que fez e depois tenta em mim enfiar a carapuça, um filho feito em mulher ainda alheia, um aborto, e depois dizer que o aborto foi do homem dessa mulher, o mulher que paga por cheque da tal conta secreta da caixa e que depois em mesmo tempo, ainda faz uma plástica, para colocar um duplo véu, juntando o útil ao agradável, uma sensação de novo virginal, para maior prazer ter, será, Oh loucos, loucos são, loucos se irão!

E me subiu na memória a história do homem que aparecera na carrinha na Arrábida, o homem que trazia algum dinheiro consigo e que esteve desaparecido numa falésia da Arrábida e a memória da casa do realizador francisco graça onde eu estivera um domingo com a cristina coutinho, e que tinha uma caçadeira e disparara para eu ver um tiro para o ar

E um outro realizador que morava no arieiro e que trabalhou depois na rtp no departamento do rui esteves, outro do grupo da maria elisa, e me subiram as memórias do encontro da transdiciplinariedade no mosteiro da Arrábida que se deram anos depois organizados pelo Mestre Lima de Freitas, como se aquele tiro que se dera antes fosse agora na memória presente, uma antecipação do tiro a lima de freitas e recordei o outro homem, da Mc cann erickson, o antónio, que também foi homem importante do benfica, e recordo o outro, o que se casou com a vicky Fernandes, que é o arquétipo de outra bela mulher que muito me aparece nesta história, a bela e doce soraya das filmagens do crime do padre amaro

É primeiro circulo vaso cruz ro ra ali iza dor quadrado europeu mor av a no do ari eiro e quadrado europeu cruz rab aba ab A1 homem do circulo do vaso dia ep o is na rtp no dia ep par art a homem tó do rui espanhol eva serpente do este eve vaso espanhol circulo do vaso cruz do ro do gato rup elevado do circulo da maria aria e lis e me sub serpente ub segunda ram as homem mo ria serpente do inglês em s emi circulo da cruz ram serpente sdi di cip lina ari e dad e no mo espanhol esteira te i r da ar ra bi da rabia quadrado europeu serpente dia era am ria a no serpente dia ep o is organ gan ni iza dia os pe lo maior maria espanhola cruz re lima francês rei ita serpente de freitas co mo serpente mosqueteira da Arrábida, maria sobral mendonça, aqui europeia homem tir circulo vareta ro quadrado eu rp peu da serpente era formigas fo ss e àgora na me mo ria pr e serpente inglesa teresa primeira ante cio cip primeiro cão serra do tiro a lima de freitas e re cor dei circulo duplo vaso templo ro homem da Mc cann erik eira ck son , circulo antónio quadrado europeu tam também f oi homem que é circulo arque eri rip circulo de circulo vaso cruz ra be la um primeira alemã europeia um it o me ap a rr ve ne serpente sta homem is thor ia , a bela e cia do oe serpente circulo ra raia da serpente da fil maria general inglesa serpente do c rime do pa dr e amara ama do aro ro vi x ch y f e rna arqueiro

e uma quase memória sobre em mim da cas do terraço em alfama, como se fosse a vichy que me fora apresentada, e depois a vicky que apareceu em dia mais recente no jornal associada à câmara de lisboa, onde era uma das múltiplas assessoras do jogador de raguebi, e ex presidente da câmara, e o jantar em londres a três eu ele e a cristina no ells, no restaurante das enguias onde o menu fora pato a Pequim e caranguejo à não sei o quê, e me sobre a memória de infância do Tintin , das tenazes doiro, das latas de caranguejo que transportavam ópio e me recordo e estava eu com um alicate nas mão a tentar abrir umas pinças e aquilo salta para gravata do patrão da cristina,

ká serpente dia circulo terra co em alfa da primeira manhã, ou o comboio em espanha, dos dois que se estamparam em forma estranha, um deles em despiste, salvo erro no norte, co mo serpente fo ss e primeiro vichy, francês quadrado europeu que me fora apresentada, jo rato na primeira do jornal as serpente circulo da cia ad a à câmara cam mara da primeira is sb boa das mul das tip primeiras ace ss circulo rá serpente do jo gato da dor de rá gato eu bi e bi bei e ex pr e sim dia et e sindicato da câmara no das enguias da dupla unidade serpente me muito fo rá pat circulo a pe quim e caranguejo em fan cia do Tintin das tem az es do doiro quadrado europeu cruz rá sn porta ava manha circulo pio e me record e espanhol cruz vaso europeu com, primeiro ali cat do alicate muito às das mãos a ten teresa ar ab pin aqui e do salta, grupo de teatro universitário, te et aro do tétano do patrão da cristina, as serpente ss do circulo das oras do rá do grupo dos onze , dia espanhol spi pi is teresa ou cruz s alvo francês


antecipação, desta abertura, do molho que marca a gravata, o pescoço do que trás e fez a gravata, a gravata do caranguejo das tenazes á volta do oiro, um vampiro da colónia imensa do s vampiros, o caranguejo da tezenis de agora nas ruas da cidade e depois eu lhe comprei no aeroporto uma outra de cornucópias, dando o seu a seu justo, cornu, corno do co do pi às, o Às da divisão das ondas que a são , ordenada contra mim fez, a propósito das histórias que a cristina coutinho terá inventado e me parece de repente que o cheque que a teresa terá passado para ordenar a minha morte, terá a ver como o homem que apareceu morto na Arrábida, também ele morador na Arrábida, se calhar vizinho do Francisco graça, o que pagava viagens à Cristina coutinho, m comissões po fora da mesa da agencia, o francisco graça que foi padrinho do diamantino ferreira, quando eu para ele não quis servir de servil, que a estrada é larga e os pés são meus, os meus, entenda-se

formiga te cip pa cão dia est primeiro ab e rato cruz ur a do mo primeiro ho do molho quadrado comboio europeu, eu ro pei que marca a g ara rav a em circulo pe espanhol sc osso do teresa rá serpente de fez a gato av a ata a gata rav do caran g u jo das tem e se serpente à vo p rim ira do oiro , primeiro vampiro bam piro do s emi circulo o1o ni a de Colónia em homem inglês sa dia , em gato primeiro maçónico espanhol, circulo ran gato eu jo de te zen is de Àgora círculo or muito vaso corno do co do pi trib. da di vi, sexta onda são das ondas europeias a são ordenada contra mim fez, a pr ro o po sit circulo serpente cc r siti na c ut tin ho também na ar ar da rabia da Arrábida fran, ou faro c cic circulo da graça que pagava as viagens a c r siti na coutinho re pr ente morto na Arrábida, vaso art a ver

E uma assinatura dupla da intenção e do acto, a morte de um empresário ao pé da ex casa da família, onde a teresa continua a morar, nas avenidas novas, a empresária que matou o seu marido

E primeira a s sin na cruz, ur rp primeiro dia up de la em tem cão e do ac to á morte de um empresário, em presa rio da ex c asa da fa mil ia onde a teresa continua a morar, mo ra rato nas ave ni dias as muito ovas primeiras em pr e seta sário do que matou o seu marido em pr presa e sá rio

A mesma guerra , ordem do templo e astro Argentum, a mesma guerra coberta pelo véu da maddie, que serve para averiguar a um imenso custo que parece que as partes dele não tem consciência

Traingulo maior , cruz maior ra em gato vaso primeiro circulo, manuel espanhol serpente sm primeira gato eu rato rá guerra , circulo rato dia em te mp primeiro circulo e a st ro ar gato inglês onda espanhola en cruz primeiro tio, a me sam guerra, o guerra que vive na América, a me ri c a co berta, bretã, e segundo rta p elo vaso europeu da maddie, n aria na rata rai dd que morreu , um u It o comboio ari primeira, quadrado europeu serpente e rato vaso E pa ra ave rato vareta gato ua rato a primeiro em inglês serpente circulo, kapa primeiro circulo circo europeu as p artes dia ele muito cão te maria s emi circulo ns cie maçónica cia, me cam s emi circulo que corta na primeira manhã das ondas espanholas


A me do mo rio serpente dão inglesa em circulo da teresa , circulo ró da cruz dos ra ns , o tin circulo de ra ns , ns di cip lina ari e dad E mo do nó da ela da eira de este da ar ra da rabia da aposta primeira, o poker das almas doo homem do circulo da ut ro ministério da cultura cam eri kapa do filho do circulo do antónio ex presidente da mac can , o europeu do tam da segunda maria do fo da vareta do homem em porta rta dia da tia, do bem fi ca do com vi ck y fernandes vaso , quadrado europeu é o ar quadrado europeu eri do circulo rip curl do circulo ut rá do be da la mul primeira do alemão que muito aparece nesta história, bud che n serpente do circulo br E em mim da ká serpente da te rato Rato aç circulo em alfa da manhã, o de atocha, at tocha to chá, co do mo serpente do forte circulo ss e primeira de vichy , do francês quadrado europeu me que me do forte do rá que me fora a pr e sena t da, a mor ra dora da sé., aparente t ra d ut i o ra e par da ar da céu em Dia, nó do jornal, a ss circulo cia *a cam ara de lx lis b circulo a e p rin c i ep icep antar dos taxis das jantas da teresa em londres a três, e c r siti na nó das enguias inglesas do gui Às do homem do vaso do forte do circulo do rá de pat circulo de Pe quim, do pe quim a carat, gui to eu jo do caranguejo das tenazes de oiro, do quadrado europeu da teresa ra serpente sn porta rta ava da manhã que t ra sn porta v ava am o pio e me do circulo record, in fan da cia do Tintin, da Bélgica das tem az do zé serpente do couro, espanhol av prim e rio mul tip cruz maior la serpente ace ac e ss circulo rá serpente do jo p g a dor de rá gato eu bi e ex pr e sin dente dai den et E da cam ara de londres, e espanhol serpente com, primeiro ali cat e a mé serpente do circulo br E e mé maria tenezis es emi circulo ran gato eu jo da tezenis v am p piro de colónia, em meu sá da serpente vamp pi ra serpente s emi circulo or nu,, s emi circulo or no co do às do pi, circulo às da dia ive ondas a são das ondas europeias, ordenadas contra mim, da fés , Mar roco s, dan dio circulo a ser ep pente ente europeia a serpente europeia príncipe us to justino , pam pe la circulo ona na s emi circulo emo c or nu , se mi circulo ut tin ho pt e r esa ra em vaso in g ç lê s das invenções contra mim e me par e ce da rep pente quadrado europeu circulo che da ordenação da minha morte, c raro is tina c ut
Tin ho da ar ra bid a da aposta feita na Arrábida da minha morte, tam segunda maria do homem mo rá d´or, dor dior na ar rabia del p u e l vo do pueblo vizi n ho do fr ram gi co da graça , o que pagavas aa s viagens, a c r siti ina coutinho m co missões po do fo rá da me as da agencia , o padrinho do dia do homam in g ç es do tino ferreira , em pré s ari circulo q eu ro peu mat circulo vaso duplo circulo serpente vaso mar, mn p mar ido,

A me sm a g eu e r ra da ordem do r e mp lo e astro ar g en tum , a me son hat o eu e rato rá co b e rta pelo ele o caso europeu da mad que morreu s e r v ase e ava r i g vaso ar a um im mens so c us to q ua dr q ao europeu par e ce par teresa serpente dia ele muito cão que nã i tem consciência serpente emir circulo cie na can co do anzol nico da cia


Ch circulo ira rato ar e me mo serpente ostrava re presa rato vaso primeiro primeira s emi circulo as e rato neta muito eta do ché dr quadrado europeu serpente e mi di izi ia que dizia que eu ia preso che quadrado europeu serpente e no serpente teresa rava ava a e di za iza quadrado europeu da tinha p a g o pa ra vareta ss circulo Dia

Depois cheguei de novo a casa de barriguinha cheia, que bom amada, já estava um bocadinho melhor, a dor de cabeça, atenuada e quando vou a passar com o cinzeiro de vidro que tem três s emi círculos eu fazem uma tríade e uma estrela, em frente a estátua maconde da mãe, ele ao chão da minha mão caiu, e dez beatas ficaram no chão em frente à imagem da deusa que porta o vaso sem suas mãos, quatro delas desenharam dois ângulos que faziam um rectângulo duas ficaram no meio das cinza que desenha a maerk América, duas em angulo lá dentro, com quatro em setas para o estado apontado, e duas outras mais afastadas À direita em linha como uma vareta grande quebrada e assim li, a primeiro do circulo do omega , a primeira do circulo do infinito, 10 circulo da vesica em losango be at às primeiro circulo omega

S emi circo lo serpente europeia foret z em primeira tríade e uma estrela em fr parente a espanhola cruz a ut primeira maconde, maria ac onda da mãe do homem que foi ao chão no chá p em fe parente segundo angu l os quadrado europeu forte az zi maria em primeiro rectângulo no me io das cin za dia europeu da senha a maerk am e ric primeira a gato vaso primeiro circulo pa ara rá espanhol de satélite ap ponta as serpente em li a pr vareta me rio do omega a prim e ria do circulo do infinito

Entrei agora no search e cliquei num mapa no ponto onde as duas beatas da beat, b eta best, se cruzam a indicar o ponto e fui dar ao site theo dora, theo dia circulo do rá da ora de theo, cruz do w, do duplo vaso que junto se fez três millennia, mil do moinho de vento tio das terras baixas, Holanda, mill len muito ni primeiro , y segunda kapa, por de cima greek kprthodox church org, ou seja relacionado com a queda do chefe da igreja ortodoxa grega, gato re e kapa dupla pr cruz homem do circulo dia do ox ch ur ch, dia do suíço duplo ur or gato, e ainda conexo ao assunto, perry, perra, pe rato duplo do ry rey do y , castaneda, com cogumelos circulo esta ane dia primeira li br ary maria ap colle, cole co 11 é serpente emi circulo tio muito sea rato ching china uk com, mapuse, maria ou manel ap use

Inglesa cruz rei àgora no sea ar suíço e s emi circulo li quadrado europeu, rp peu nun ba at best, be at segundo est serpente s emi circulo uz primeira manhã a indico car serpente ite theo dia ora do rá da circulo do rá de theo terceiro millenia hola anda mill greek k pr t ho dia do ox da ch ur ao da igreja pe r ry do r y do y ca st ane dia primeiro com cogumelos ap colle do mar do rato ching inglês onda espanhola com map da América maria aria circulo vaso manu el ap usa

E de manhã no caminho, mais assim li, east pa ck, dia as teresa pi co as homem com duas marias chapéu severino, s eve rino br e círculos vermelhos e camelo com quatro ondas na cabeça, duas cruzes inclinadas como na imagem da visita de socrates, s o v c rates à russia, quando cumprimenta à putin, sendo a cruz esta que hoje vi feita por oito círculos na horizontal inclinada cinco na vertical que a cruza e três maiores círculos em cima na coroa, do quadrado da vesica prata da mala de pele cor ca fe tor rato a ad circulo, o tubarão da asa do polo negro dos quadrados pretos e cinza quase Pb na cora ancora castanha escura e rosa linhas, do ponto negro da vesica de prata pupila negra ca roll , ro 11 com. paris em dor cruz circulo seis vaso ur gato , leva a be, a carteira do rectângulo negro na boca entre os dentes ao se levantar, serpente leva eva nt ar a w ai, Hawai, vermelho e prata, de saco vermelho com rodas ou as rodas do saco da viagem vermelha, ps serpente eta mad, ps madeira circulo atravessado at rave sado in te rio r, dior da ca ro ll , carol caril do onze, do cá das ondas, vi ll e pin hoje no jornal de novo , caso c lear s t re am da cobra cuspideira que cuspe no céu c eu e faz um traço no horizonte, homem ori rizo rio z on teresa, do ba um quadrado europeu do raio que cai na terra, raio de cinzas em horizonte, de x cin za do circulo da gaivota brasileira , arreia verde, ponta de prata dos dois telefonemas da vesica Pb da mãe sam s un gato , da tia do pinto reco rdis vault do AA pi ca ica carlos alberto, no ni z , príncipe alberto alva maria 303, penelope e monica cruz , carlos da terceira, do circulo arroba terceira , era uma vez um rei que teve um sonho, roma , romam, ro mp , mi ai a pena serpente, pt pe gato caneta primeira serpente ari eiro do nazi cego do circulo da maria moeda bo otão de anela de prata no dedo polegar, pt pe can eta primeira serpente co ll e c tio n east pack mar vermelho rectângulo de prata sobre mala azul, miami ins 720 dj s u mol do policia away from here, e ni my quadrado do blue rice do ha h ei te cit. 64, circulo s en g u d o elevado de Xl loures, rubi e safira da negação , negra cão da cruz da trela de prata ra ll y de baja kas la ine li ca in c pr e fls. stradivarius sport dias de min, D e D, j ns, cruzada usa sport benfica a ia das aias do es tor ril brasileiros dos dois toques bi to q u es can eta de bi co prata e vermelho, mais f 50 ad id às be l vista co s panda , ondas no mar do Japão, fa le the o ze It, AA de l at ca fe cars caras c e la s v b cuba r 241 castanho x no circulo cruz in c li n ad a pr oi BID as fu do mar dia espanhol do 1840 ab rato europeu ma ss ive moedas na cid prensa lin asa e da ro dia bp doirada, h e roi ina do cabo ruivo m 242 pr ox com boi os 515 c / 2 irmãos at rio cais

Pilha galinhas, gali, g ali francês italiano antón. u o v elo s o da academia das letras e do miguel , o do circulo seis

C It y ban co e ovo doirado da ea sy sky ro deo de sm 4 a y b c i g a r ra s do vaso maior de tim or muito oto do par kapa b ut os g ala rui/ ba poly vi tri um é homem ff re, al segundo do sexto co r as o pe l ru fi nan. cv s 95 c It ro en x an tia zc de dc v ar eta e pal joão espanhol viejo via jo fu 96 s é men teresa s ur f bo ard fr serpente do maior vaso de lx de s us s hi de mit 96, raio q ue in ve rte p mul ti ject pan d a zagalo holandês triângulo de fogo ca fe dc 61 de gomes e Leonardo

Dragutinov, dia do rá do gato do vaso ut em circulo vaso do ragout, s opa v e ge t ais , rá do gato ut tin ovo, circulo do vaso sobre o circulo e amada de oiro em branco, d ragou, ragu, drago, dracula, dragão, da ala do dragão do forte do dragão.

Scolari, serpente sincronismo s emi circulo co primeira ola ari , e me sobe em mim memória do dia em que pela mão de meu pai ao hospital de d maria fui levado, foi quando de novo apareci depois dos raros acontecimentos, do julgamento on line e das aventuras no bosque mágico da aveiras, do umbral , do cão antónio, aqui já narradas, ou no dia a seguir


ao que tive quase a me matar, induzido ao suicídio e meu pai me levou lá, pensava que seria para tomar soro, e de repente estava no consultório em frente ao director de psiquiatria, e lá vinha de novo a cantilena das minhas perturbações bipolares e eu bati de novo o pé, e lhe disse que aquilo era uma conjura e lhe disse inclusive o nome das falsas psiquiatras e lhe descrevi a impossibilidade do diagnostico e assim ficamos e quando se estava a pagar ou algo assim, uma menina de uma banca me pediu para comprar um bonequinho de ajuda de solidariedade, e aí é que em verdade a coisa começou a ser estranha, primeiro porque o folheto que tinha o desenho de uma nm minhoca ou algo parecido, era uma minhoca agressiva, e aquilo me espantou, que minhoca com cara zangada está pedindo ajuda para crianças, não batia certo aquilo, e depois no entretanto do pagar e de estar ao balcão, reparei que a menina não me dera o troco e que entretanto tinha desaparecido, e aparecera um outro seu colega e lhe perguntei por ela e que tinha ido almoçar, e eu foi à procura dela, e a encontrei no refeitório, e todo o chão do hospital estava pejado do olho de horus, e lhe disse, esqueceu-se de me dar o troco, e ela pois foi, e mo deu, e aquilo fora mesmo estranho, quem era aquela gente que ali estava na aparência a pedir ajuda e desaparece como o troco e na verdade naqueles dias os trocos todos tinham adquirido uma extrema importância em que estivessem certos, e havia uma serie de ladrões a tentar engana-los como também foi tentado na mercearia ao lado da igreja do bom sucesso e do triunfo no dia do grande nevoeiro e das pombas, o dia de s Vicente, e eu nunca deixei que o engano se produzisse, e aquilo estava ligado a scolari, aquilo era uma tentativa de serpente em ficar com crédito para morder,

rato ar os ac em te cie mn cruz os do j u primeiro gato am do homem tó on li né é, das ave inglesas cruz ur as no do bo serpente quadrado europeu ma gi c das ave ira serpente do primeiro br al do cão antónio me mat ar serpente rp net vaso da v ar e at a indu ao serpente ui cid dio e meu pai primeira s emi circulo em príncipe vaso rta e primeiro he di ss em c lu ive o no me das fa primeira asa caída em acido ps si europeu ia teresa rá co mp ra rato primeiro bone boné do quadrado da ajuda, do ministério da cultura de serpente circulo li ida ari e dad e, primeira min homem ac aa gata re ss iva aqui me espanhola pn pe di dn ajuda sir n danças do se mi circulo de serrilha, ou sevilha expo 92, aqui ule gato inglês quadrado europeu ali na ap ren cia a pr dr vareta da ajuda co mo o turco teresa roco tinha ama da primeira manhã dia querido primeira e x teresa rato ema imo porta do tan na cia dos ladrões de minha cas e ten teresa rá inglesa gana seta primeira os tentada na mercearia ao lado da igreja do triunfo e do bom sucesso no dia de S. Vicente, o inglês, angulo grande da onda espanhol, gan circulo s c o l ari do fi car com c red It o pa ra mor dia pe rato da di, inglesa gato ana vareta primeira os


Grande serpente co primeiro da olaria do ari, ser pente do sin s emi circulo ro ni serpente mo serpente emi circulo e me serpente ob be em mim , me mor ia do Dia em q ua ra do europeu p ela mão de maria europeia pai ao homem os spi tal do D. Maria , do teatro fu vareta primeira eva dia circulo fo vareta q y ad ra d o ua dia de muitos ovos ap pa ar r e c i die ep o is dia os rato aro ar serpente ac on te cie mn to s da julga men to on lin E e das av inglesas cruz ur as no segundo os quadrado europeu do bosque maria gi kapa co de ac eiras ra serpente dia circulo umbra primeiro brasil ra primeiro do cão antonio que deve ser o veigas aqui j seta primeira muito ar ra ad as circulo m v a os no dia a serpente gui rato ao traingulo de fogo europeu cruz ive quadrado ase a me mat ar indu uz ido ao serpente ui c i dio e me europeia pau me primeira evo vaso lá, pen serpente ava quadrado europeu serpente eri primeira pa ra de tomar serpente oro e de pato re pente inglês no consultório do s emi circulo no sul tó rio em fr ente ao di rector de ps vareta informações vaso ia cruz da ria e lá vinha de muitos ovos a can til lena dia *as min homem serpente pert ur rba s emi circulo de serrilha oe espanha bi polar espanhol e europeu bati de muitos ovos circulo pé e primeiro he di ss e quadrado europeu aqui lo era primeira s emi circulo em ju rta e primeiro he di ss e em circulo lu serpente ive s ive, circulo no me das fortes alas asa la ps si q europeias ia cruz ra serpente e primeiro he dia espanhol serpente s emi circulo revi a vareta em maria po serpente sib sb i k li nha l ina vi k li i dad e do dia gato gnóstico e a ss em forte ica mo serpente , ambulância no instante a passar, quadrado ua serpente espanhola ava a pa gato fá do ar, circulo vaso a ss em prime rio a me nima de pri em ria ban da banca me pe di vaso p ara com pr ar primeiro muito One quadrado ui muito ho da Ajuda de sol li ida ari e dad e e aí é, quadro europeu em vaso herdade a co isa co me a ser espanhol cruz ran há pr vareta mei ro pt europeu circulo fo primeiro he et circulo do folheto europeu tinha circulo dia espanhol sem ho de uma nm min homem oca minhoca, ou minhota circulo vaso algon com ca ra zan Zn gato ad a espanhol tá pe di d dn dia circulo ajuda pa ra c i r rn ça serpente muito ladrar ba tia s emi circulo e rato to aqui lo e dia ep o is no inglês cruz re tan r circulo do pa gato ar e de espanhol st ar ao bal do cão re epa l rei quadrado europeu a me nima muito ladrar me dia era de rá circulo teresa roco e europeu inglês cruz re tanto pe rat o gun tei p or ela e europeu tinha dia isa as ap ar rec cid circulo e ap ar e cera primeira circo vaso templo serpente vaso col primeiro ega e primeiro he pe rato gun te i p or ela e europeu tinha ido A1 mo lo car serrilha e europeu fo vareta ´`a pr circulo do cura dia ela e à inglesa s emi circulo em cruz rei no raro efe i ro rio e tod circulo chão do homem do hospital spi tal espanhola cruz av a pe j ad o do olho de horus e primeiro he disse e espanhol quadrado europeu ce vaso seta ser pene de me dia ar circulo cruz roco e ela po sis foi e mo dia europeu e aqui lo fo ra me s mo espanhol cruz ran ho europeu maria era aqui ule g en ente e ur peu ali espanhol st ava na ap rem cia a pe dr vareta da ajuda ima ex cruz rema imo porta do tan da cia em q ua ra d o europeu fo vareta ten inglesa ma mer ce ria ao primeiro ad o da ui gato re já da igreja do bom s u ce ss o e do cruz riu un fo no dia do gato rab de n evo eiro e sap spa sapa hol espanhol crua ava das p o maria mba serpente circulo dia de serpente Vicente e europeu nun ca de ix ei europeu circulo inglês gan o serpente p ro d u ia iz i ss ee aqui lo espanhol st ava li gado a sc ola ari aqui lo era primeira ten inglesa at iva de serpente pr rn et net e em fi car com s emi circulo edi to pa ra mor dia e rato morder

E depois agora em dia recente, ao escrever sobre pedro santana lopes, suas ligações ao brasil, me apareceu claro a frase, o scolari é o rei do santana, ou seja o scolari é a serpente rainha do santana, mais notas em redor aqui serão escritas quando transcritas

E dia ep o is àgora em dia re cen inglês ente ao espanhol c reve rato serpente ob br é pedro santana lopes, serpente ua dupla li gato aço de serra nas ondas do circulo do oe e as pn ho l ao brasil , me ap ar e ceu c primeiro ro a fr ase circulo scolari é, circulo rei da serpente ana da anta , o vaso Seja circulo s co l ari +e, a serpente rainha do santana, m raia si muito ota serpente em red circulo rato aqui serpente rá grande quadrado ua dia o cruz ra s e rp ene sn das cristas, c r ista serpente

A imagem do futebol e do jogo é sempre a mesma, não vous falei eu porventura de adaptar as novas tecnologias ao serviço dos árbitros, como se faz no ténis?

Vo us por vaso inglês da teresa ur a da ad dp em ar às muitas ovas tecno li gi as ao s emi circulo do viço dos ar rb vareta teresa ro serpente, co mo serpente forte az no té ni serpente tezenis, malandros, a terra a dar a resposta e a assinatura outra vez no mesmo sitio da primeira grande onda, pa ara do rá da bola dia circulo pastor p astor e do p oco quadrado europeu espanhol quadrado europeu cem a pa do rá da bola ace ce la ara ais teresa on to serpente que é primeira pá da ara do rá da bola, vaso grando luso do circulo das ondas em espanha, pr efe ram primeiro s emi circulo em fusão, do fu da são no europeu do quadrado vaso e z espanhol dia seta primeira cruz areia ima gato em vareta lu são das v ar eta serpentes mul tip la serpentes dos med ia as p o r va do rão maior europeu son br as a es to em dia uz em à às ne ira, pr corda pr circulo cia maria da manha s eta n às sémen teresa pr circulo pria pira ac on teca serpente e rta am me que mente , homem da teresa, carvalho oco, aqui tua pele nele prego de vez, espanhol dio tal a l ve z ar ep pie matias caminho do ca do Minho serpente ai do homem circulo hoover

Que não, preferem a confusão que nas vezes dá tareia, imagem perfeita da ilusão, das ilusões em que preferem viver, e esquecem a parábola, do pastor e do poço, que há terceira caiu mesmo e nunca mais ninguém o viu, esse especifico da história, não acelerais tontos, que é uma parábola.

Ilusões, ilusões, tantas que quando vier a grande ferroada, nem por ela dareis, assim preferem em vossa cegueira deixar por alguns serem ao abismo conduzidos, cegueiras das ilusões múltiplas dos medias, todas, que maior prova quererão que a confusão e a ilusão e as sombras a isto conduzem, à asneira , aos problemas e as violências, proporcionam-nas , semente própria a que elas aconteça,, certamente querem mais quando vier uma grande fora do estádio no mesmo estádio, talvez arrepiem caminho, se ainda o houver

Dia onze do corrente, dia das torres, depois de publicar, mais um pum entre automóveis.

No cruzamento da av do infante dom Henrique e a avenida de pádua

Uma carrinha cor cinza com leão de prata e dois blinds nas janelas da direita, da estrela do tríade do dl 80 num ford festa fr i es t a preto estrela do circulo de ll , dois ângulos

A festa do fi de este primeiro com jante de cinco raios e mala traseira aberta onde se via em seu interior um triângulo de fogo à frente de um grande pino metálico de prata, um prego com uns doze cent í metros de diâmetro, do homem do dia do metro,

A ford ca rato rin h a do pi ca ss circulo do pescoço italiano

Das cores da s emi circulo em SA do com leão de prata francês, na za x com e dia circulo is segundo li muito francês citroen, c i ro en, inglês nas pr in c iza s do ela primeira de la da espanhola, espanhola caneta da hola cruz re la dia circulo cruz de riade do dia do angulo do circulo do infinito muito primeiro fo do rato do dia da fi espanhola da festa pr et circulo espanhol cruz re la do circulo 11 , s ai circulo isa m ut o gato u l os

E de seguida a leitura dos fungos feitos na cama dos hotéis nas duas fundições do porto, malditos sejais!

Ah bela gatinha vestida de sol e seiva, vos ouvi dizer que iria verter sex appel no Afeganistão e me fiquei a perguntar, o que é o sex appel, pois sexo é o corpo inteiro, sendo que em verdade verdadinha verdadeira, ele mora na cabeça que mora na cas do coração e se vê e se manifesta nos olhos e no olhar, nos mais breves gestos da dança e do dançar, no silêncio do olhar que é visto a olhar, num dedo quase lolita que a boca quase trinca, ou num pássaro a passar que aqui nesta lingua de pássaro tem pássaro e passarinha, quanto dois, dois pp juntos juntinhos que fazem lembrar partido tão popular e se lhe juntar na lingua inglesa , terei então na pele do partido popular, ah popular a pular, pulais popular meu coração, o que faz três p, ppp, dá um som bonito, sem sombra nem duvida, mas com duvida na sombra fiquei , pois sois vós senhora alva e solar, minha sem ser minha bela orquídea vermelho rubra em carmesim paixão, verta pois sempre senhora, verta das pétalas abertas, a rosa e o mel,, o desejo inteiro de seu coração, pois para isso a Alma desejante o corpo um dia criou, para que o corpo os amantes amor o afague e nasçam assim filhos a sorrir, ou sorrisos filhos a nascer, que a ordem é arbitraria sendo o arbitro os jardineiros e sua amante imaginação e mutua vontade, pois até um filho ou um beijo se dá, viaja e na distância se concebe, se envia e se recebe

Ah bela gatinha escalarte que diz ir verter sex appeal no Afeganistão, aqui tão perto, aqui tão longe estais em oviedo estáveis quando ouvi de vós tal dizer, porventura sabeis o caminho, bela menina escalarte porventura sabeis o caminho?

Vire à esquerda de onde estais, ou à direita ou em frente as arrecuas, dê três piruetas no céu ou no chão, não se esqueça nunca do coração, apanhe uma almofada de penas sem penas , dê dois passos ou três, aqui está, aqui ao Afeganistão chegareis, que bela menina existe um pais com esse nome em todos os países do mundo, um pedacinho de Afeganistão, com guerras fratricidas e realidades fora da lei do coração e do amor, e o sex appel sempre se verte e deve verter, porque o amor escorre na terra e faz a flor do amor sempre florir, que aqui no me u país alguns vão piores que no país dos talibans

É tudo uma questão de inteligência di interior, das entranhas da terra mãe que mãe se faz e ura as feridas dos homens e vos sois muito inteligente do dentro e fora e fora e dentro

Ah bela menina senhora, tantas vezes meus olhos a vem ao longe em bilhetinhos postais e assim viveis em mim, a menina e o menino woody allen a quem também trago em meu coração e estranho estranho , é nem mesmo vos conhecer a voz mas espero ouvi-la a cantar tom waits com um vaz quente e brumosa ou como um puro anjo da imaculada aurora, aguardo por dentro serenamente com a inteligência das entranhas em elevada palpitação palpitante palpita

E nas entrelinhas deste postal , assim me apareceu outra história, que as história se desenrolam e trazem sempre outras história em si como uma flor num ventre e cantam sempre a eternidade

Serpente inglesa no dia da herdade da vera dadinha daninha do rá , vaso e rato pai do dia da eira, com ele no cab eça, que me remete por associação ao pp e as segundo nome do escritor para o Queirós, o Queiroz do pp, em semi circulo ab abe ma ka serpente do coração, homem de horus muito primeiro quadrado da asa lolita lol It primeiro triângulo do europeu da primeira bo ca segundo oca ká

Do rim do ká, vaso muito primeiro do pp e do pap, panorama audiovisual português, pá ss aro a pa serpente sar, príncipe un cruz do ar na lin , gato ua inglesa da linha, teresa rei inglês cruz cão na pe latina do pp, par p ak ka rai do pop vaso primeiro ar, triângulo homem pop vaso lar primeiro a p vaso lar , pu la is pop vaso lar me vaso coração, europeu f az terceiro p. ppp, do som bonito, bo ni to serpente em serpente Mb brasileiro dia vaso vida

O Queirós do pp

Po is s o is vó serpente inglesa hora alva e solar, me io do dia, min homem primeiro f l or sem o ser, falsa, segunda orquídea vermelha e r ub ra br em car me serpente em paixão, vaso e rato rta dia as pe eta alas la serpente ab e rta serpente , a Rosa e o Mel, gi segundo filho, circulo Dia e serpente jo em tei vareta ró da serpente europeia do coração, A1 maria dia espanha e seja formiga, mig a

Circulo dupla cor rp c rio vaso ama w teresa serpente é, ab rita ria, ponto da serpente GB dia ar bi maior ro circulo serpente jardim e vareta ros e as ua ama homem da teresa ima gi g ina cão da fil e do bei jo , vi E na di serpente tan cia circulo em cebe , serpente GB via e rato cebe ou sede

E sap pn ho l espanhol cá da primeira arte di z serpente ex ap peal no triângulo fá gato ni serpente tão em circulo vi ed circulo, pó rato ventura sabe is circulo Caminho, me nina espanhola esca seca, serpente Queirós primeira arte

Ar re c ua serpente dia maçon três pi ru eta s no céu, o avião que caiu na boca do inferno, triângulo fa af ni serpente cruz cão, pa ise serpente pe da cinha de a fa seis turbilhão ni serpente cão com guerra serpente fra vareta cida serpente e real i dad
Espanhol, fo circulo rá lei maria coração al gun serpente no pa is dos tal vareta bans espanhol serpentes f o rá homem do bosque dupla dor duplo circulo Dy A 11 GB tambem cora ç circulo elevado do cão e espanha segundas chuvas, a gata ur ac o pal do Pita cão, o de direito e do alentejo, pal do pi tia e pal pita cruz et rato eni dad E dia espanha seja serpente teresa espanhola cá c ala aste, italiana chá m pa g ne can maior tá tom w triângulo It serpente ts ee, o dia este posta primeira, dia espanhol inglês rola maria e cruz rá zé maria em si co mo primeira flor maria un vaso inglês onda e as p n hola entre e can tam serpente mp ra a et e rato ni dad e mao maçon

Ontem à noite a casa voltar, na rua a subir debaixo do prédio que tem uma arcada na fachada que dá para um pátio interior depois da esquina do palácio amarelo que de esquina está à venda, da milionésima, ou algo assim, que poderia declinar em mi lio one né si sima serpente da vareta da maria, uma linha em curva de comboio infantil no chão estava como aquela que vi na casa da Grécia quando dos fogos , depois uma chaveta em cartão canelado estava a um carro atos encostado

Atos ingleses s emi circulo co sn sentado em costado cruz ad circulo

Hoje duas senhoras no rato me perguntaram, onde é a avenida da escola
Politécnica? Sim, hospital ortopédico, e ali vão por ali fora e ...

O espirito me disse , viagem do me, mini s té rio do ex e r c i to a nl, deve ser relacionado com a morte de teo.

Pedra em triângulo , livro vermelho com vareta em diagonal, cigarra e formiga, a primeira a pular, yahoo, 10 germany japan, mon day 14 do xo , beijo invertido muito oil master can no eing , chapéu vermelho e branco templário, starting grid, portugal turismo icep, no rectângulo do ceu branco lona red bull

Pe dr primeiro da pedra em cruz ria muito ângulos, primeiro iv ro vermelho com vaso ar eta em dia gato sic na primeira cigarra e formiga, c i gato da garra e fo rato mig primeiro, a pire em ria a pular y a homem duplo circulo do 10 gato tp e ra tp man y já pan circulo il um It circulo master can no eing king ca homem do peu , templário, te mp primeiro ari circulo serpente da tarte ar cruz gato rid po rt vaso gal cruz ur is mo icep , no rec tan a gato vaso primeiro circulo do céu bra rá mn co primeiro circulo na vaca ac ava a vermelha general Rato mana, maria ana

À noite em frente ao triângulo , a casa aberta, com as janelas e luzes acesas, uma garrafa de vinho preta com gargalo de prata sobre a mesa estava, no prédio que pertence a uma fundação, super afro de faro africano italiano k, ab ana b win com, apostas on line triângulo de fogo negro sobre vermelho no selim primeiro repsol fi at bandeira vermelha b w in ss di re p sol rato ep ps o l gal lo vermelho e negro AA, Itália, ano de u v e na invertido cin za no ab azul branco sid vareta coluna repsol maria michelin m oto c up gt, vareta amarela e azul, olhando o retrovisor dos nazis deitados no lixo, o gallo 11 é o das chavetas na estrada al 6 alcatrão , super bo ck invertido, pc primeiro do continente, orelhas ouvi, o martelo , th police, cruz i ss ot ítalo japonês europeu segundo do oitavo e quarto em 95 e segundo em 75, sal ad a invertido do fr invertido da ut a , semi circulo com vareta invertida e t ru gois 03, 2 ps rosa

Seta do triângulo maior no ite em fr ente primeiro circulo cruz ria angulo, a cá asa sá ab e rta, com as já da ane primeira às e primeiro uz zé espanhol ac e serpente sas pe rte inglês ce que é de uma fundação, funda do cão que morde, serpente, serpente ep do pente up e rato af ro af ric cano ita li ana circulo kapa ab na segunda duplo vaso com, primeira posta serpente on li ne cruz ria gata vaso do primeiro circulo de fogo, da ilha do fogo, no serpente Eli li maria pr is serpente me vareta ró art o ep sol in ss di it alia a no , circulo et circulo do visor dos n az is pr vareta me rio do continente teresa homem policia inglês ir a primeiro circulo japonês , goi circulo terceiro do segundo ps ros

A casa em frente ao triângulo do passeio onde em n ite re en te o homem estava com seu negro cão tirando o cobre dos fios do telefone

No troco uma moeda de 2002 de 50 ce n ts com o templo das seis colunas e uma marca, um pequeno ponto negro na estrela da esquerda abaixo do horizonte, na primeira linha que faz o primeiro angulo com o horizonte elevado e ao fundo do templo, arcada central, a maior, e outra moeda de um euro, de prata e oiro com ponto na Biscaia, bi serpente ca do ia, mais duas moedas de 50 ce n ts sem marcas, da mala ad da década de 80, dupla dor, há coisa que não se podem reciclar, dead villages, vi 11 da villa general espanhol, pistolas, cemitérios, mortos, do gás do sodré, joão sodré s o dr rá, o puma do mr blue, al g e r oz ou leo n ar do, p u ll and be ar destino odivelas , r 650 do circulo do seis , maria 554 cruz ar e pa rá –te para a vida real at maior circulo g o ra ss o l azulejos brancos com vesicas brancas, do Rato l girassol com um buraco na coroa, sin al ala r me ab e ra teresa ur primeiro rá e me rato gato inglês en cia dj Portas s u mol inclinada com cores brasileiras mat q eu serpente do Pombal, a tempestade, c ali mer o a n no dei 44, 335 h n 15 pi co as vareta branca horizontal sobre vermelho com quadrado azul e branco no fundo do quadrado , com quadrado vermelho no centro, sol da anha pal ad ar av duque dá vila, muito ladrar g rip ca ll ce n teresa c pequeno saco militar ou marinheiro cam pu pe q e un o , ouvi três pancadas, euros 25 caderno escolar, das toiradas , ex tim thor, linha sintra azambuja eixo norte sul ma quina refrigerada, bilabong àgora cio cid universitária linha verde

Jogo da glória 86 ou em 98, fura no centro do circulo de prata e azul do tintim e do milou, o mi lou, o segredo do li c or ne, ou seja do bolama, o tabuleiro dobrado e inclinado sobre dois cubos de dados , uma pilha AAA de 1,5 vo l ts entre Beja e algarve hotéis com circulo azul e branco , foi a energia ad idas, a imagem do falo f l ur es c en te , três peões deitados sm um ou dois assim devem ter ficado, te k hei ra s, cipriano dourado, o pedro dourado deverá ter sido um dos, lobos n ava ze lan dia das danças tribais, 14 e 16 de setembro ro za na metro m 3901, 303, t oo l 10000 days rud be ck sas hotel alvalade ruth m303, li gato homem teresa ni n gato, mill é ni um len n vareta um

Via so ny no jornal na maquina do metro e a seguir me saiu um bilhete de ida e volta, p ava roti um dia co ele a sorrir ao lado do cantor, o homem do sporting por cima, ao lado oo joão mota a dizer que faziam dois es pe cta c u l os um para a censura e outro para o publico, assim era antes do 25 de abril cheguei a roma sul, bari, pedras negras cruzadas pi arieiro, a pen sar invertida escadas do metro a descer sobrem, rato 32 radar, rip curl, ouro vi o, está tudo bem, saiu a carta da inveja, i love s ho pi in g em nova Yorque, coração de oiro sobre castanho, in d us t r y ,m industria, porto, shopping olaias h 326 dia esa pn hol coito no zoo, rui s ratos s u ck e r s manuel reis ratos suckers, beca vista , seja feliz em portugal p oto g rup bag jan rip curl, i love shopping en new york, so ny, um saco com dois pu un na ise s cabeça negra, o ra p z que os apanhara do saco da cama ra s ony, os espetara no pano do banco do metro, cor vermelha e azul com ara vermelho, tim b e r lana , a lagoa do toco no brasil, a menina com t ot o s ,

Co dos fungos , fundição duas do porto, hotel be ds camioneta dj chelas, cruz tambem jp 98 j x riscado, 83, 04 do 3 84 ax 84 pinheiro s ac b 75/76 pq 1547 HH comboio vermelho na ponte a passar, um apito, 99, 34 eu nt vesica vs opel rr ex swing vermelho, 41 em 72 16 vaso, rolou uma moeda euro cent 20, trás um palácio pal cio a que parece o de set ais, e ficou ao pé da roda negra da estrela negra de cinco pés com costa da cobra k un da li


Depois a sequência,

Publiquei no blog as perguntas nomeadamente a pedro santana lopes, a resposta veio em diagonal ao marques mendes, dizendo que ele tinha dito o que não se podia dizer

Escrevi no blog que a vida lhe responderia se ainda tivesse orelhas, as duas do martelo que aqui lhe dou

Murro do scolari, ligação scolari a pedro santana lopes e brasil, a cicatriz na face da torloni, antiga a dizer que o c on he cie mn to e uso da arte tam b me o é

E assim foi , de novo a replica na indonésia, o local onde o grande pecado pe ac ad a no natal se reflectiu, agora de novo, exactamente a dez quilómetros de pr o fun d ida como o ultimo ao sul de sagres gre aa dez quilómetros fazendo a barbicha do mefisto, a mascara do diabo, a di bao

A fazer uma cruz entre duas linhas , horizonte e vertical do ceu, uma cruz erguida, amostra que a cruz foi erguida em dezembro d es em br o de 2004, ma si de duzentas mil almas se foram, 10 em profundidade, dez em dia tan cia a partir de sagres, do ponto da barba do m efi st o f l es


In dia circulo one ne si primeiro, oitavo do quarto sis mo rato vareta ch teresa
Lais bengkulu

La is ben, segundo inglês gato kapa do vaso lu, kulu , lulu, primeiro vaso do primeiro vaso
Angulo maior dos ais do ben

Malditos sejam toso os que a ergueram!


Ainda a procissão não saiu do adro

Continuará o altar!


Re declina na linguagem antiga dos alquimistas em aquele ou aquela que está no céu, que foi para o céu, que aqui está mas não é visível como eu te vejo quando ao perto de mim estás

Re, hoje em dia e neste momento me disse, associado a reebok, que ré é o avó da kapa azul marinho sobre azul petróleo, az vaso primeiro marinho serpente tampão cruz da pão da primeira manhã br e az vaso primeiro pe petro cruz re ro do leo ka ap p a

Ao Amor e aos Amados O Amor, que Tudo Isto É Fruto do Amor
Eu Vos Agradeço e Vos Velo e Vos Amo

Ah Amada, que me disse uma capa de dvd, que ele é ela e outra acrescentou, é se ela só está a procura do amor?

que bom, porque nem se procura o que sempre está, mas chega e é só muito começar a beijocar

circulo do rato maior serpente electrica see ki
kapa maria a e ni, ou maria eni

f serpente y, vaso do x rr rato duplo principe do y
quadrado do ka gato quadrado dia forte segundo fabiano