terça-feira, maio 13, 2008

Era domingo ainda madrugada, e já o espirito me dissera, vêem aí fogo cruzado

E ra do mim g o a in da madruga dae j á o es pi rito me di ss e ra, v ee m a i f o g o c ur za di

Era sábado ou antes e o espirito me dissera, protege todos os amantes e assim eu o fizera, no ligante desenhei a esfera armilar nela soprando o espirito e fazendo-a crescer até englobar lá dentro todo os seres de amor recto e amante, depois ligo a esfera entre o ceu e a terra e dou muitos nós, e se sinto que o perigo é grande nela faço por fora assim tipo piquinhos, para que quem venha lá fique espetado, agora aprendi que tenho que rodar ao mesmo tempo que faço esta reza para melhor lá caberem os amantes de todas as direcções do mundo, nenhuma de fora

E ra s ab a do ou ant es e o es pi rito me di ss ra, pr ot e ge todos os am ant es e as si m eu o fi ze ra, no li gan te d es inglês he ia es fera ar ni l ar ne la s op ra n d oo es pi rito e fazendo do foret do homem inglês a c r es ce r at é inglês g loba r l á d inglês t ro todo os se r es de amo r r e c to e man te, d ep o is li goa es fera inglês t reo c eu e a terra e do u mui to s nó s, e se si inglês to q ue o pe rigo é g t ande ne la f aço por f o ra as si m t ip o pi q u in h os, para q ue quem v inglês h a l á fi q ue es peta do, agora ap r inglês di q ue t inglês h o q ue ro d ar ao me sm o te mp o q ue f aço esta r es za para mel hor l á ca b e r em os am ant es de todas as di rec ç õ es do mundo, n inglês h uma de f o ra

De qualquer forma não é sempre necessário ou mesmo conveniente ao amor atacar quando se defende, pois há defesa sem ataque, na montra os livros me dissera, acordei mal disposto, assim era reflectido no ar da manhã o tam de quem pelo espirito falava,, depois na perfumaria, lá estava a bela rapariga fadinha loira deitada a sorrir como na praia, talvez ele tivesse acordado mal disposto, mas eu ao ver aquele sorriso, todo me alegrei e sorri ao instante

De q ua l q eu r forma n ão é se mp r e ne ce ss a´ rio ou me sm o c on v eni en te ao amo r a t a c ar q ua n do se d e fe n de, p o is h á d efe sa s em a ta q ue, na mo n t ra os li v ro s me di ss e ra, ac o r de i ma l di s p os tao, as si m e ra r e f l e c tid o no ar da manhã, d ep o is na pe r f uma ria, l á est ava a be la ra a p riga fa din h a loi ra de it ad a ao rr i r c omo na pr ia, t alvez el e ti v ess e ac o ra d o me l a di s posto, ma s a o v e r aquele so rr is o, todo eu me al e g rei e s o rr i

Assim no domingo compara os dois jornais dos dois ramos dos bandidos que se guerreiam, o publico e o dn, bandidos são todos os que fazem as guerras qualquer que seja, entenda-se no entendimento claro do amor, e depois logo ao lê-los um conjunto de coisa se passou e se desvelou, que virão em outro texto, posi mais uma vez a conta que apareceu no mundo, foi grande e nem tenho tempo para escrever o visto antes, assim o faço no visto depois nas letras de amor que pelo mundo me chegaram, se isto assim continuar eu vos congelo a todos durante o tempo que for necessário para ir a trás o suficiente para esclarecer algumas pertinentes contas, que ainda se reflectem, pelos vistos, nos vossos negros acertos e fugas para a frente a qualquer preço

As si m no domingo co mp a ra os do is jo rna si dos do is ramos dos ban d id os q ue se g eu rr e iam, o publico e o dn, ban d id os são todos os q ue f az ema s g eu rr as q ual q eu r q ue seja, inglês te n da do foret do home inglês se no inglês t inglês di m inglês to c l aa ro do amo r, e d ep o is l o g o ao l ê .l os um c on ju n to de co isa se passo u e se d es v e lou, q ue v irão em o u t ro te x to, posi mai s uma v e za co na t q ue ap ar eu no mundo, foi g ar n de e ne m te n h o te mp o para es ce r v ero vi s to ant es, as si m o f aço no vi s to d ep o is nas l e t ra s de amo r q ue p elo mundo me che g ar am, se is to as si m conti n ua r eu v os c on gelo a todos duran te o te mp o q ue for ne ce s sário para ir a t ra s o sufe cie n te para es clare ce r al gum as pe r t ine n t es c on t as, q ue a in da se r e f l e c te m, ep l os vi s to s, nos v ossos ne g ros ac e r to s e fugas para a f e rn te a q ual q eu r pr e ç o

Parece que trazem fogo no rabo, e contagem todos do dias pula grande em mortandade vária pelo mundo fora, sem atender a lugar, gente ou crença, e a passos largos se aproxima da conta que me foi um dia mostrada e que ainda ontem ou antes de ontem em minhas letras recordava

Par e ce q ue t ra ze m f o g o no ra bo, e c on tage m todos do dias p u la g rande em mora t n dad e v a ´ ria p elo mundo f o ra, s em at inglês de ra lu g ar, g inglês te o u c ren ç a, e a passo s l argo s se ap ro xi ma da c on ta q ue me foi um dia mo st ra da e q ue a in d a on te m o u ant es de on te m em min h as l e t ra s recorda v a

Hoje pensei, que seu numero total, é de certa forma equivalente ao numero dos que passam fome no uno mundo, e já vos tentei explicar tintim por tintim, que existem outras , melhores formas , de resolver o problema, pois não deixará de ser passível consequência, que se forem os remediados em idêntico numero, talvez assim se resolva o problema de quem tem fome e de todos os meninos do mundo que morrem a sede segundo a segundo

H oe j p inglês se i, q ue s eu nu m ero t ot al, é de ce rta forma e q u i valente ao nu m ero dos q ue pa ss sam f o me no uno mundo, e j á v os t inglês te i e x p l cia r t in tim por t in tim, q ue e xis t em outras , mel hor es formas , de r e sol v ero pr o b l ema, p o is não de ix a rá de ser pa ss iv el co ns e q u inglês coa, q ue se f o r em os r e med ia d os em id inglês tico nu m ero, t alvez as si m se r e sol vao pr o bela de q eu m te m f o me e de todos os me nino s do m un do q ue mor r ema sede se gun do a se g un d o

Mas insisto, melhor solução existe e está ao alcance todos, e da inteligência comum, mas cada um e´ livre de nascença, até para fazer estupidezes fatais e se levar à cova e a muitos ao lado outros levar

M as in sis to, mel hor soul as são e ix st ee es tá ao al can ç de todos, e da intel i g inglês cia co mum, mas c ad a u me ´ li v r e de n as c inglês ç a, at é para f az e r est u pi dez es f at a is e se l eva rà c ova e a mui to s ao l ado o u t rr os l eva r

Depois o papa deu felizmente ontem uma pequena queda, já o cio tinha sido montado, uma noticia no correio da manha dava o underline, se o sexo se tornar um vicio, coisa e tal menos tal, do visionamento da pornografia on line, pornógrafos são vocês todos, minhas grandes bestas malvadas, lá estava a habitual tentativa de culpa, de julgamento, de indicio de pecado, só possível de ser montada, por quem espia o que se navega, eu pelo meu lado que sempre vou nu, nada tenho ou trago a esconder, ultimamente até apanho malandros vendo pornografia, é caso de dizer junto o útil ao agradável, se bem que agradável mesmo, seria ter minha amada aqui em corpo e nela a ver inteira e em todos os pedacinhos e construir assim belos beijinhos de todas as cores com minha lingua mapear o seu inteiro universo de mel e fazer nascer abelhinhas doces de mel a escorrer no uno mundo, sabes, amada, ouvi eu em espirito em dia recente que tambem gostavas de ver, mas se não gostares, tambem não trás problema, a duvida em mim reside em quem me falava assim no espirito visto me ter aparecido uma longa conversa com liliht em dia recente, ainda são disso os reflexos, estes, das imagens e coisa a e tal, que melhor é mesmo pôr a mão, coisa que se faz ao perto, isto sou eu a pensar eu, se fosse o outro palerma do falso psi manhoso e cobarde, lá diria, o rapaz tem um ego de todo o tamanho, gás bp certamente, assim me diz o espirito, mais uma vez a gasolina montada, de qualquer forma não deixa de ser desvelador esta queda, pois um outro papa, anterior caiu e morreu mesmo, donde é provável que a gasolina tenha vindo das mesmas paragens, correio da manha, relacionada com o canguru invertido, assim está a caixa aqui de pernas para o ar, o livro aberto, e um cabo usb cm dias ou três voltas e dois terminais assim como cornos, ou seja os cornos do toiro do kanguru invertido, sigam a pista chegarão provavelmente a quem matou o primeiro papa, ou sej ao anterior, porque mortos foram muitos, até me lembro de um que só foi um mês ou por ai, tal era a sua correcta interpretação do evangelho de O Cristo, e tais eram as p um e ps e n em Itália nesse tempo, até no vaticano metidas, no banco

D ep o is o papa d eu feliz mente on te m uma pe q u inglês a queda, já o cio tinha sid o mo n t ado, uma no tic ia no co r rei o da manha d vao un de r l ine, se o se xo se to rna r um vi cio, co isa e t al em no s t al, do vi son am inglês to da por no g raf ia on l ine, por no g raf os são vo ce s todos, min h as g rand es best as mal v ada s, l á est ava a h abi t ua l t inglês t at i va de c up la, de ju l g am inglês to, de in di cio de p eca do, s ó p os s iv el de ser mo n t ada, por q eu m es pi a o q ue se na vega, eu p elo meu l ado q ue se mp r e vo u nu, n ada t inglês h o ou t rago a es conde r, u l tim am inglês te at é p an h o os mala n dr os v inglês do por no g raf ia, é ca s o de di ze r j un to o u til ao a g ra da v el, se b em q ue a g rada ave l me sm o se ria ter min h a am ad a aqui em corp o e ne la a v e r in te ira e em todos os + peda c in h os e co ns t rui r as si m be l os bei j in h os de todas as co r es com m unha lin g ua m ape ar o s eu in te i ro universo de mel e f az e r n as ce r abe lin h as do c es de mel a es co rr e r no u no mundo, s ab es, am ada, o u vi eu em es pei rito em dia r e c inglês te q ue t am b em g os t ava s de ver, mas se não g os t ar es, t am b em n ão t rá s pr o b l ema, ad dia u v id a em mim r e side em q eu m me fala v a a s si m no es pei rito vi st o me ter ap ar e cid o uma l on g a c on v e r sa com liliht em dia r e c inglês te, a in da são di ss o os r e f l ex os, est es, das i mage ns e co isa a eta l, q ue mel hor é me sm o por a mão, co isa q ue se f az ao pe r to, is to s o ue ua pen sar eu, se f os se o outro pal e r ma do fal s o ps i man h o s o e co bar de, l á di ria, o ra p az t em um e go de todo o t am an h o, g ás bp ce rta e mn te, as si m me di z ze o oe se i rito, ms a i uma v e za g a s ol ina montada, de q ual q eu r forma não de ix a de se r d es vela dor est a q eu da, p o is um o u t ro papa, ant e r iro ca i ue mor r eu me sm o, don de é pr ova v el q ue a g as l ina t inglês h a v indo das me sm as p aa r g e ns, co r rei ro da manha, r e la cio n ada com o can guru in v e r ti do, as si m est á a ca ix a aqui de pe rna s para o ar, o li v ro ab e r to, e um ca bo u sb cm dias ou t r es vo l t as e do is te r mina is as si m c omo co rn os, o u seja os co rn os do toi ro do k an gu ru ine v r tid o, si g am a pi st a che g a rão pr ova v el e mente a q eu m mato u o pr i me i ro papa


Agora fui tomar café e assim li, cruz na serpente do vaso da estrela nove de noventa e oito ou setenta e oito, sd do duplo deus do forte do home ingles terceiro do quarto, n círculos de traide do oitavo do forte do home ingles terceiro da diade, vinte e três setenta e quatro ds, duplo oito de cinquenta e um n home peugeot, terceiro do quarto de oitenta e dois zaquarias picasso de setenta e nove a noventa e cinco home hz circulo do primeiro do segundo do sexto xx, primeiro doc circulo b s de cinquenta e dois, do sessenta e nova ao pf dezasseis skoda azul fabiana http, como ousas por as partas em mim, gritava pela noite fora a falsa vigem puta, do vaso do cio da onda , a diversão, a capa. Sessenta e quatro do onze circulo do principe leão de prata marques e silva to serpente do home iba trinta e seis circulo seis x maior, oitenta e dois homem da cri dakar, le w is cinquenta e três caneta azul e prata do coelhinho pendurado no retrovisor do sessenta e dois rosa, te t ley do guy lian, s u ny setenta e dois a oitenta e dois av quatorze serpente lx bp a j x d lu p do w pf, a do crato, que me recordou a ultima vez que estive na rua das madres, onde depois a rapariga italiana aparecera morta, e me falou o espirito da historia, unha vermelha quadrado sobre prata, as três cá fora , uma dentro do palácio das necessidades, com a janela aberta, descendo a rua no sessenta e nove, o senhor ia a entra na porta, batia com os pés aos cães que lá dentro ladravam, olhei o ceu, e na realidade, as nuvens desenharam um x, ali pelos lados da linha, ali estava no ceu espelhada a marca no duplo deus sd, a bobone cantava na tv um belíssimo fado como ela o é, falava da fé, que por vezes a vida se complica, mas que nunca se perde a fé, se bem que nas vezes nesse momento enfraqueça, que bela voz em bela menina, portugal no coração, ou algo assim em nome semelhante

àgora f u i tomar ca fé e as si m li, c ru z na serpente do vaso da e t r ela n ove de noventa e oito o u sete n ta e oito, sd do d up l o de us do forte do home ingles terceiro do quarto, n cir culo s de t rai de do oitavo do forte do home ingles terceiro da diade, vinte e t r es sete n t a e quatro ds, duplo oito de cinquenta eu mn home peugeot, t r e ce i ro do quarto de oitenta e dois zaquarias picasso de setenta e nove a noventa e cinco home hz circulo d o pr i me i ro do se g u dn o do sexto xx, primeiro doc circulo bs de cinquenta e dois, do sessenta e nova ao pf dez as e is skoda azul fabiana h t p, como ousas por as partas em mim, gritava pela noite fora a falsa vigem puta, do d o vaso do cio da onda , a di v e r sao, a capa. Se s inglês ta e quatro do onze circulo do principe lea cão de pr ar a ma q u es e silva to serpente do home iba trinta e seis circulo seis x maior, oitenta e dois homem da cri dakar, le w is cinquenta e t r es caneta azul e p rat do c oe lin h o pendurado no r e to vi sor do se s inglês ta e dois rosa, te t ley do guy lian, s u ny setenta e dois a oitenta e dois av q au t ro r ze serpente lx bp a j x d lup do w pf, a do crato, que me recordou a ultima vez que estive na rua das m ad r s, onde depois a rapariga it a li ana n aparecera mo i rta, e me falou o es pei rito da h i s tor i o a, unha vermelha quadrado sobre pr t a, as t r es cá fora , uma dentro do pala cio das necessidades, com a j inglês la aberta, descendo a rua no sessenta e nove, o senhor ia a entra na porta, batia com os pés aos ca es que lá dentro ladravam, olhei o ceu, e na r e l aida de, as n uve s de sena h r am um x, ali pelos lados da linha, ali estava no ceu espelhada a am rca no duplo deus sd, a bo b one can t ava na tv um be li sis mo fado como ela o é, falava da fé, que por v e ze s w a vida se complica, mas que nunca se perde a fé, se bem que nas vezes nesse momento inglês fr a queca da queda, q ue b e la v oz em be la me nina, portugal no coração, ou algo assim em nome semelhante

O cio do vicio espalhara-se hoje num tremor na china, a factura e o recibo, e uma reverberação no nome da nova ponte que me falava de enforcamentos, do tal fogo cruzado de que o espírito me falara, lembrei-me dos jogos japoneses em linha, o ataque, que seria o anterior, os furacões diversos que arrebentam no EUA, as meninas do mna, do texto anterior, reflectiu-se na dedução de que a rede dos museus não é só antiga, agora em dia recente aparecia o rapazinho do museu do chiado, depois do chiar, li agora que é amante do vi, e me recordei, na altura da maior confusão de o espirito me lá ter chamado e de ter visto um estranho diaporama de um autor ingles sobre uma cena de assassinato, andavam cobras à solta, como os toiros infectados com ou sem mascaras cirúrgicas, o rapaz do chiado, que quando para lá foi nomeado a mil anos atrás, eu me disse, nomeação na horizontal, concerteza a atender ao gabarito, enfim terá crescido como a todos acontece, amante de vi, as cobras aa duplo circulo os circulo sas cobras, o independente, o circulo, do magoo, que se reflectiu num outro magoo, o pretenso ministro do reino de brincar da solidariedade social , o que me mantém negado o acesso ao rendimento mínimo garantido, o bailarino, com a mascara do ritual africano em passos de dança, que giras são as bestas, flexigurança, é lamber as rosas em passo de ginastica rítmica a fazer o pino, bestas, pum!

O cio do vi cio es pe l hara Do forte da inglesa se h o je n um t r emo rna ch ina, a f ac t ur a e o r e cibo, e uma r eve rba são no n o e m da n ova p on te q ue me f al ava de inglês f o rca m inglês t os, do t al f o g o c ru za dao de q ue o es pei r to me fala ra, l em b rei da inglesa se da me dos jogos j ap one ze s em linha, o at a q ue, q ue se rai o ant e rio r, o s dura c õ es di v e r s os q ue ar r e b inglês tam no eua , as me nina s do mna, do te x to ant e r i ro, r e f l e c ti u da inglesa se na d ed e u ção de q ue a red dd de d os mu se us n ão é s ó ant i g a , agora em dia r e c inglês te ap ar e cia o ra pa z i n ho do m u se u do chi ado, d ep o is do chi ar, li agora q ue é am ant e do vi, e me record e ina al t ur a da maio r c on fusão de o es pei e i to me l á ter ca h am d a e de te r vi st o uma e ts r anha d ip a o rama de um au tor ingles s ob re uma s cena de as sas sin a to, anda v am co br as à sol t a, c omo os toi ro s in fe cta d os com ou se m mas caras cir ur gi ca s, o ra p az do chi ad a, q ue quando para l á f o i no ema do a mi l ano s at rá s, eu me di ss e, no mea ção na h ori zon t al, c on ce r te za a at inglês der ao gaba rito, inglês fi m te rá c r es cid o c omo a todos acontece, am ante de vi, as cobra s aa d up l o cir u c l o os circulo sas cobras, o independente, o circulo, do ma gg o, q ue se r e f l e c ti un um outro magoo, o pr e t inglês so mini s t ro do rei no de br inca r da sol i da rie de soci al , o que me mea n te m ne gado o ac ess o ao r inglês di e mn to mini mo g ar ant ido, o baila rino, com a mas cara do ritual af r i cano em passo s de dan ç a, q ue g i ra s são as besta s, f l e xi g ur an ç a, é l amber as rosas em passo de gina s tica r i t mica a f az ero pi no, best as, p um!

Ah no entretanto, os sindicalistas, que nunca fizeram um parafuso em sua vida, pois a gastam toda a fazer reuniões sindicais e protestos vários, devem ter percebido que dois pesos e duas medidas não dá , se uma mulher que se quer divorciar de seu esposo durante vinte anos, agora pela belíssima lei de coisa nenhuma, lhe é permitido, e nesta parte sempre bem e de acordo, que esclavagistas é coisa do passado enterrado, já um patrão, como lhes chamam, não se pode divorciar do seu empregado, por outro lado o pressuposto histórico, de que o patrão é mais forte, enquanto entidade geradora e contratante do emprego, é senhores, um facto de la palisse, mas será que se entrarem dez no gabinete, quando o patrão discute com o empregado a remuneração, ela irá aumentar? Talvez levando um pau grosso, para melhor argumentar, que vos parece, o senhor que agora é doutor e tudo, ajuizados pelos mestres com quem durante vinte anos se senta nas mesas a negociar e a berrar, que faz parte do mesmo teatro dos mesmos actores, e as condições da pobreza, melhoraram, em individual ou colectivo?, talvez se soubesse no entretanto fazer parafusos ou porcas e as tivesse feito, talvez quem sabe...

A h no inglês t r eta n to, os sin di ca li s t as, q ue n un ca fi ze ram um para fuso em s ua v ida, p o isa g as tam toda a f az e r e uni õ es sin di cais e pr ot es t os v á rio s, d eve m ter pe r cebi do q ue do is pesos e du as med ida s n ão d á se uma mul her q ue se q eu r di vo r cia r de s eu es pe os duran te vi n te ano s, agora pe la be li s sima le i d e co isa n inglês h uma, l he é pe r mit ido, e ne st a par te se mp r e b em e de ac or do, q ue esca la v a gi st as é co isa do passado inglês te rr ado, j á um pat rão, c omo l h es ch amam, n ão se p ode di vo r cia r do s eu e mp r ega do, por outro l ado o pr ess u posto h is tó ric o, de q ue o pat ra o é ma si forte, e mn q ua n to inglês tid a d e ge ra dora e c on t rac t ante do e mp rego, é s inglês hor es, um f ac to de la pali ss e, ma s se rá q ue se inglês t ra r em dez no gabi net e, q ua n do o pat ra o di s cute co om o e mp r ega do a r e mu ne ração, e la i rá au m e n t ar? T alvez l eva n do um p au g rosso, para mel hor ar gum inglês t ar, q ue v os par e ce, o s inglês hor q ue agora é do u tor e tudo, a ju iza d os pe l s o mes t r es com q eu m duran te vi n te ano s se s inglês ta nas mesas a inglês g o cia rea be r ra, q ue f az par te do me sm o tea t ro dos mes mo s ac tor es, e as c on di ç o es da p ob r e za, mel hor aram, em in di vi du la ou cole c t ivo, t alvez se s o u b ess e no inglês te rta n to f az e r p aa r fusos ou po rca s, t alvez q eu m s ab e...

Os princípios gerais devem ser estabelecidos com o estado, como por exemplo o direito às férias universais, ai é a mesa correcta da negociação, com a força total de todos que são o próprio estado, e depois essas regras são aplicadas a cada contracto, pois não existem dois homens iguais e tambem não existem dois empregados iguais e tambem dois patrões, e depois melhor faziam era em vez de andar a protestar a vida inteira, de a
fazerem uma escola onde todos possam aprender a seu auto-suficientes em seu trabalhar, para não mais haver pais que nem o são em sentido restrito e filhos a berrar aos pais para melhor deles cuidar, e sendo que os empresários tambem não são muito diferentes a atender ao resultado global que é fruto da soma das partes, melhor mesmo era irem todos de férias definitivas!

Os pr in cip i os ge rai s d eve m se r est abe le cid os com o est ado, co mo por e x e mp lo o di rei to às fé ria s univer sais, ai é a mesa co rr e c ta da ne go cia são, com a fo rça t ota l de todos q ue são o pr o pr io est ado, e d ep o is es sas r e g ra s são ao li cada s a c ad a c on t rac to, p o is n ão e x is te m do is homens i g ua is e t am b em n ão e x is te m do is e mp r ega d os i g ua is e t am b em do is pat r õ es, e d ep o is mel hor f az iam e ra em v e z de anda ra protest ar a vida ine t ria, de af ze ram uma es cola onda todo pu d ess em ap ar inglês de ra s eu au to sufe cie n t es em s eu t ra b alha r, para não mai s h ave r pa is q ue ne m o são em s inglês tid o r es t ricto e fil h os a be rr ar aos pa is para mel hor de le s cu id ar, e s inglês do q ue os me pr e sári s o t am b em n ão são mui to difer inglês te s a at inglês de r a o r e sul at do g loba l q ue é fr u to da s oma das par te s, mel hor me sm o e ra i r e m todos de fé ria s d e fi ni t iva s!

Os princípios das zangas numa empresa são sempre os mesmos princípios de todas as zangas, até as que se passam entre casais, diz a esposa ao esposo, irra não gosto mais de ti, pois a minha saia está cheia de rugas e pelos vistos não sabes passar a ferro, diz o esposo a esposa, irra senhora, porque tendes três amantes, diz o filho, aos pais, irra, que parece que eu não existo, se quase só vos vejo ao jantar com a televisão de permeio, e dirá o canário ao gato, vamos embora, que estão todos loucos cá em casa, levo-te me minha asas, imigremos para o sul

Os p rin cip i os das zan g as n uma em presa são se mp reo s e ms mo s pri cn i pi os de todas as zan g as, at é as q ue se pa s sam inglês t re ca sai s, di za es posa ao es po zo, i rr a n ão g os to mai s de ti, p o isa min h a s aia est á che ia de ru g as e p elo s vi st os n ão s ab es passa ra ferro, di zo es poso a es po za, i rr a s inglês hor a, por q ue t inglês d es t r ês am ant es, di z o fil h o, ao s pa is, i r ra, q ue par e ce q ue eu n ão e x i s to, se q u ase s ó v os v e jo ao j antar com a tele visão de pe r mei o, e di rá o can á rio ao g at o, v am os em bora, q ue est ão todos lou ca s cá em ca sa, l evo da inglesa te me min h a a sas, im e g r emo s para o s u l

O novo director da polícia ontem pela noite me aparecei no ecrã dos Led na avenida, dizia que jurava combater os criminosos e os corruptos, já tem uma pistola, bem podia começar por ir prender este ministro, que não cumpre a lei e já agora o da justiça, que não respondeu tambem, e se pensarmos bem os restantes e já agora tambem se ainda houver carrinhas disponíveis, os deputados que tambem são bandidos fora da lei com amplamente e todos os dias provados

O n ovo di rec tor da poli ca on te m pe la ni te me ap ar e ce i no e x ra dos l ed na ave ni da, di z ia q ue h ira v a co m bate ro s c rimi n os o se os co rr u pt os, j á eu t em u ma pi s tola, bem p o deia co me ç ar por ir pr inglês de r este mini s t ro, q ue n ão cu mp r e a lei e já agora o da j us ti ça, q ue não r es p o den t am b em, e se pen s ar do inglês ms o e b mo s r es t ant es e j á agora t am b em se a in da h o u ve r car r unhas di s p oni c v e is, os de puta d os q ue t am b em são ban d id os f o ra da lei com a mp la mente e todos os dias pr ova d os

Ah já agora que prenda o da saúde tambem, só mesmo neste pais de brincar, então não é que em dia recente , as luminárias que provaram bem provado ao longo destes últimos trinta anos como são exímios planificadores e e gestores da coisa publica, e sempre acertam com as necessidades médicas, mas como portugal é de todo o lado, muitos médicos vem todos os dias de espanha, pois os que cá estavam morreram, e não se formaram os bastantes e depois a policia cumprindo a lei, o que devia ser sua obrigação a tempo inteiro e numa única balança, toca lá de multar os médicos espanhóis, pois os carros trazem matricula estrangeira, suas bestas, não sabem anular as leis tortas que fazem, que cada um dos deputados vá pessoalmente a cas de cada um dos médicos estrangeiros que foram multados leve um cheque de retorno, um pedido de desculpas, e um ramo de rosas caso seja uma menina e uns charutos ou algo assim, se for um menino, bestas baratinhas tontas, truz, truz, truz, que caiam num buraco da retrete de mármore das casas de banha do palácio da assembleias de todas as cobras tontas, filhas de burros no coito das bestas infernais que sois, nem pingo de juízo tem, fóoooonix xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, para não dizer foda, que se são bestas, quand meme delicadas de orelhas, por onde enfiam os paus que lhes saem do outro lado, a coçar os pelos, visto mioleira, lá não morar!

A h j á agora q ue pr inglês dao da s au de t am b em, s ó me sm o ne s te pa is de br i cna r, e mn tao n ão é q ue em dia recente , as lu min á rias q ue pr ova ram b em pr ova do ao l on g o d es te s u l tim os t rin ta ano s co mo são e x i mi os p l ani fi ca dores e e g es tor es da co isa publica, e se mp r e ac e r tam com as ne ce s sida d es mé di cas, mas c omo portu gal é de todo ola do, mui t os mé di c os v em todos os dias de es p anha, p o is os q ue cá est ava m mor r e ram, e não se for m aram os bas t ant es e d ep o isa poli cia cu mp rindo a lei, o q ue d eve i a se r s ua ob roi g a çao a te mp o ine t rio e n uma única bala n ça, t oca l á de mul t ar os me di co s es p na ho is, p o is os car ros t ra ze m mat ric lua est ar n geira, sa us best as, n ão s ab e m anu k l ar as le is to r ts q ue f az em, q ue c ada um dos de puta d os v á pe ss oo l mente a cas de c ada um dos me di c os est ra n geiro s q ue f o ram mul t ado s l eve um che q ue de r e to rn o, um p e d i d o de d es cu l pa se um ramo de ro sas c as o seja uma me nina e u ns c g h ar u t os ou al g o as si m, se form um m inglês i no, best as bata in h as t on t as, t ru s, t r us, t r u s, q ue c aia m n um b ur ac o da r e tete de mar more das ca sas de ban h a do pala cio da as s em be lia s de todas as cobras t on t as, fil h as de b ur ros no coito das best a sin fe rna is q ue s o si, nn e m p i n g o de j u i zo te m, f ó oooo ni x xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, para não di ze r f o da, q ue se são best as, q ua n d me me deli c ad a s de o r e l h as, por onde inglês fi am os p au s q ue l he s sai em do o u t ro l ado, a co ç ar os p elo s, vi s to mio lei ra, l á não mora r!



Diz assim a faca nas letras do tremor na china

Serpente tate media da me do Dia dos do is p on to serpente dp circulo duplo do nono, st u den ts b ur i ed b y ch ina quake do forte do inglês do ed francês da primeira do Y homem do duplo circulo e do x circulo la mação ne ws Y primeira do homem do oo e x circulo la mação maior y do peru e x circulo la mação mail More T ravel forte ina muito ce da inglesa te rta ine do home ingles da cruz em ne do duplo vaso w us e rato p on to do e cc cir culo la mação do si guarda nacional do vaso do si do guarda nacional em homem elp Y prim e rio do homem do duplo circulo e x circulo la mação ne ws Y a homem circulo do oe do x circulo la mação ne ws sea rc homem Serpente do sea rc home do is p on to serpente da W e b sea rc hp e Pr e Mary muito avi gato à tio muito do homem do ome U . S .

ponto do Bus do sin ess da torre da inglesa te rta no men ts port e ts Tech Po li tic se primeiro e circulo do tio ns serpente da cie n ce homem al da cruz homem mo st do pop av serpente do circulo do primeiro ar da Sec em Dia, d ary muito avi gato à tio muito torre do Vi do circulo ami or id dd primeiro e E, a st Eu ro pe La tin Am erica Af ric primeira às ia Can ad primeira do Au serpente cruz do ra li a bar do rá da Ant arco tic a Kevin Si te serpente Sea rc homem do is segundo p on to serpente da A ll Ne ws Y pe ru oe x circulo la mação ne ws em l y ne ws P homem oto serpente Vi de cir cu primeiro do ar do rá Au di circulo da Ad van circulo do ed serpente tate media do is segundo ponto serpente do 9 00 st vaso do dente ts segundo vaso da rie db y China quake, segundo y ch rato do is to p alemã do bo de inglês, a serpente soci a ted pr ess duplo vaso do rite rato do 31 da armada minu te sa gato do circulo be primeira coluna do principe inglês do forte do home inglês Ap po w e rato forte vaso primeiro e art homem do quake b ur rie ed 9 00 st u dente ts inc inglês cruz ra primeiro Ch ina on Mon day an d k ille dat lea st primeira do circulo sete do pe circulo do p le, as se vera l serpente c h oo primeira serpente e a w a te rato do to w e r co ll a ps se d semente em cruz do homem da cruz rato emo rato serpente tate media r ep orte d.

ad vaso grande e rato do ti da semente tt , home do ponto de setenta e oito, set da divisão do infinito, mago ni da cruz do vaso da art e homem quake st ru ck circulo inglês cruz ra primeiro ch ina, b ut serpente inglês tt homem do circulo usa muito francês circulo forte do pe circulo p le r us homem inglês do circulo do vaso do to forte segundo gi susto do primeiro di inglês serpente com to cruz do homem do st rato ee ts homem da un dia red ds da maior ile da serpente primeira do duplo vaso aa y em Bei principe inglês e francês da serpente do homem e gata do homem a i.

Cruz do homem da te muito do segundo do primeiro or da w as da fe primeira cruz as forte do ar da primeira via duplo vaso y as P ak do is tan, Vi e t n am an d T h a ila n d. Forte ur circulo do ene gi ia e l dr inglês di ed w homem inglês cruz segundo oe primeiro em inglês cruz ar y serpente circulo homem do duplo circulo da primeira serpente em circulo maior homem em gato g quim do gato municipal it y co ll a ps serpente da ed semente, cruz do homem doc circulo ff e cia primeiro X em homem ua ne ws A g inglês circulo y sa id circulo maior da ne do pe rato son w as k i ll e d w h inglês cruz do homem quadrado do vaso ak e top p primeiro ed a w a ter to w e rin ne i g homem do bo r inglês Sic homem ua muito pr circulo vince w homem rato e cruz homem e art homem do quake w as circulo inglês te red, X in homem ua sa id

X in homem ua dia id muito ot gato iv e a ny ot her de ta e l serpente on cruz do homem 900 b ur rie d st av s o do dente ts or sa y e f a ny o f t homem do st vaso do dente da serpente we rato e cruz homem do circulo do vaso do gato do homem da cruz tt to be al iv e.

It rato ep or ted primeiro do circulo do set do pe, circulo p le homem ad di ed e terceiro do quarto do pe, circulo p pr ie miro e we re em ju red.

Cruz homem quake st ru ck ab circulo do vaso cruz sessenta maior das ilhas espanholas do norte do homem do oe maior do west do circulo do forte do Che muito gato em segundo do is segundo p on to serpente do vinte e oito, o maestro do primeiro min si t ro do p.m., cruz homem vaso do ponto da serpente Ge circulo primeiro do circulo do gi c al Serpente ur vaso e y sa id on e it ts Web si da te. Ca do ll serpente ps sin em to, cruz homem city dia id muito ot gato da ot do homem rough as p ani ck ed rato e sid inglês ts quadrado vaso e ck primeiro y ove do rato do primeiro circulo da ad do ed cruz do homem da tele ph one s y s te maior.

Cruz do homem quake primeiro do ff e circulo ted da tele e do ph one and power net duplo vaso or kapa serpente, e eve ns tate me dia ap p e a red to homem ave fe duplo vaso dia eta e primeiro serpente do circulo ft do home da isa serpente da teresa do rato.

A serpente p as em Che inglês gato da mob da ilha das tele co mm uni cat tio n circulo em vaso e rato tor serpente homem ave e x no pe da rie inglês c ed principe da primeira am ms e cruz do home do circulo usa muito ds circulo do forte da se rato vaso e rato serpente da we rato e circulo vaso do to do forte da se rato vaso ice da spa sa id serpente homem primeira do Y europeu principe do ia, de pu t y chi e fe xe cut iv e circulo do ff fi ice ero ro forte ao ch ina mo b ile.

Al t h o u g h it w as di ff i cu l t to te l ep h one Che n g du, an Is ra e li st u d inglês t, Ron inglês Med zi ni, se nt a te x t mes sage to T he As soc iat ed Pr ess sa y in g t he r e we r e po w e rand water o u tage s t he r e.

Aspas T raf fi c j a m s, no r un nin g water, po w e r o u ts, eve r y one s it t inglês sin t he st r ee ts, pat i inglês ts eva cu a t ed fr om h o spi t a l s si tt inglês o u t sid e and w a it inglês da soci e dad e de au tor es he sa id.

X no homem da ua sa id e da un do rato gato do ro da un do dia das aguas da p ipe ru da pt vaso das aguas vermelhas da ne art homem da city ap os t olo serpente dupla do circulo do vaso da cruz d homem da rn da rai primeiro do duplo vaso Y st em tio das muitas inundações inglesas lea serpente, o thor maior circulo do vaso gato homem farol e rato e porter serpente dupla as do duplo vaso do susto do segundo do vaso e primeiro ding sw it homem circulo da rac kapa serpente do sim em cruz do homem e rato do duplo vaso da primeira do grupo onze serpente do rabo do no co do onze primeiro do porto do ps espanhol vi do rato da gula do x em homem ua as id.

Cruz do homem da arte do homem do quake al serpente do circulo do rat cruz t primeiro ed bu, segundo vaso e ding se pr en te em sin Bei ji muito gata serpente do circulo da me de noventa a três mi primeiro espanhol to cruz homem do norte, primeiro ess cruz do homem e terceiro mo das muitas cruzes homem serpente segundo forte ch ine se do ca do pi t al duplo vaso e x no pe do circulo do ted to segundo forte do vaso do grupo do onze circulo do forte homem da un dia red ds circulo ft homem do oe da usa muito ds circulo ff circulo rei guarda nacional do vaso isi tor serpente do forte do or da cruz homem serpente grande maior mar circulo maior e primeiro do Y mp ics .

O maior da any de ny be e principe inglês cic circulo do uu do ff ice towers we rato e sapato da eva coa ua ted, inc lu din gato primeiro ê serpente da cruz st, homem do segundo susto do segundo vaso e primeiro din do gato primeiro ê serpente do home do vaso do can tor do sin do gato pr i e miro ê st home media circulo ff ice serpente for cruz homem or e gan da ize rato serpente do circulo ft home do circulo maior do pr ie mr io mp do ics, da br u za do st art em agosto. em ju da rie espanhola we rea primeira serpente do circulo do rato da de or do ted in Aba pr efe circulo da cruz do ur e circulo forte da Sic do homem ua muito pr circulo vince, duplo vaso do homem rato mr e cruz do homem da primeira oca do primeiro gato do ovo do governo da ro do via da ria nacional inglesa cruz as id cruz home quake circulo do ra ck ed e co do grupo ll ap semente da se dia do susto segundo vaso e primeiro ding se pr en te e dd ama ge dia do mo un cruz primeira em ro ad ds.

Cruz do homem do vaso ponto da grande serpente do ge olo do gi ca primeira grande serpente ur vaso e y sa id da cruz do homem do quake do duplo vaso do as doc do circulo inglês da te red ab circulo do vaso da cruz do seis maior das ilhas es pen holas be primeiro do circulo do duplo vaso da cruz home serpente ur da face, e cruz do home hat cruz do homem rato e we rato e serpente eve do ra primeiro da sm da a ll e ra raf af te rato serpente do homem do circulo ck serpente do anzol

em Be e principe e muito gato da vi gula serpente do circulo da me do circulo de noventa e três da maior ilha espanhola primeira do duplo vaso, a primeira Y do pe circulo p primeira oe e ra norte sul circulo da rea min do gato primeiro ê sin to cruz do homem st rato ee ts em ot alemã da citi espanhola, duplo vaso do homem oe maior rato em any rato es pen hol id do inglês ts da sa id da cruz homem y homem ad muito eve rb e inglesa em earth quake. em Forte do vaso yang, sessenta e seis circulo maior da ilha espanhol do to cruz do homem do east, ch ande li e rato sin cruz do homem primeiro circulo bb y circulo do forte da cruz homem Bu ck em gato do ham da Pala ce home maior da ot e primeira serpente sw primeira do y a ed. As p as We vaso e inglês eve rato da fe primeiro da cruz da any cruz do homem inglês li kapa e cruz do homem is circulo do ur do duplo vaso do buraco no homem ole li vaso espanhol, as da pa da serpente da sa id a homem da ot e primeiro e mp primeiro circulo do y ee serpente ur na med zorro do homem oe do vaso.

Pati pai inglesa do ts em cruz do homem do forte do vaso do fu yang do Pe circulo p primeiro e ap ps duplo circulo do primeiro circulo da serpente No. Do ponto do primeiro homem do os s pi cruz al we rato e eva coa ted. e homem do circulo do ur do af teresa rato da cruz do homem dp e quake, primeira do homem da primeira do primeiro forte din inglês do zen pat e inglês ts em segundo lu e forte do home inglês do st rip ed pa do principe amas st duplo circulo do vaso ts id e cruz do homem do os spi cruz al circulo maior da ne vaso duplo as primeiro a yin gata do primeiro ê son primeiro homem do os spi cruz al segundo ed em cruz do homem do par do kapa inglês primeiro do ês lot primeiro da ot.

Circulo maio do primeiro os e rato to cruz homem ep do pi do circulo da inglesa te do rin Ch em gato do quadrado in gato la id e quadrado da un duplo vaso as na pp em gato primeiro ês do sw homem da ilha le da her maior ot alemã do duplo vaso em che dina mic t rac k in g em d t v, cruz vaso em primeiro do nono da cruz do homem do forte dos cem ro f primeira do homem da ot e primeiro as p as da primeiro coluna is serpente do vaso do dd ingles primeiro y fe primeiro tt homem segundo ed serpente homem do sha ot e l. "I s u dd en ly fe l t t he b ed sha kapa em gato primeiro ês a rei ad cruz home da inglesa rea lize dia it da mu st be e arte homem do quake, a spa serpente sa id cruz do home quadrado segundo home ingles dp do ano no forte do homem ingles circulo primeiro dia La ia spa Serpente maior do circulo da coluna do principe do vaso st p vaso ton serpente li pp e rato da areia homem primeiro pe dia maior y mo da cruz alemã do duplo vaso muito to cruz do homem tot home gato ro un dia da formula um do duplo circulo do rato or rato do p on to a spa serpente

em Shanghai, sky serpente do circulo raper ss do duplo vaso primeiro Y ed e mo st co circulo do ff ice circulo dao da cc cup formiga ts do duplo vaso inglês bat man da cruz ru serpente do homem em gato pr i e mr tio ês sin to cruz do homem st rato ee ts. Cruz vaso home da porta do ar em cruz do homem pr circulo vin cia primeira ca pi cruz al, Che inglês gato do, duplo vaso as circulo primeiro do circulo da semente da serpente ed e ro ad ds we rato rec e circulo primeiro do circulo do duplo gato ed duplo vaso da it homem da cruz raf forte fic af ter cruz homem e arte homem quake, serpente da cruz em e te le vi sion rato ep or ted.

Rai muitos vasos duplos, as al serpente do circulo do pr e di circulo ted for cruz do homem da di sas ter ar rea.

Circulo do homem ine se do Pr e si side dente inglês cruz do home do vaso do principe maior em tao or da red cruz homem primeira do tt home em ju red be quadrado do vao se ck primeiro y cruz rea ted, X em homem ua ar rato e port ed. Pr e mi e rato do duplo vaso ingles em principe maior do ia do bao duplo vaso as do homem ad ed to cruz homem e pi pic circulo ingles da inglesa te do rand ra muito dia do dina mic t rac kapa em gato do ro cir cu primeiro do ps duplo vaso it homem Ch ina ap os cruz primeiro do circulo da serpente do Pe circulo p le ao ap ps oto primeiro circulo da serpente Liberation Ar do exercito maior y we r e b e inglês gato primeiro da ês di spa tc homem ed to homem elp duplo vaso it home di isa sas te rr e li e forte do ponto em Be e principe em gato, cruz homem do circulo usa muito ds circulo forte pe circulo p primeiro e eva coa ted or we rato e circulo rato de red circulo do vaso da cruz do circulo do forte do bu do segundo vaso e primeiro din gato serpente.

A spa si ap o st o l o vaso e li vaso ed em T aip pei e Cali for ni a e primeira coluna a spa vaso e segundo inglês cruz do homem ro vaso do gato do homem do quake espanhol serpente, segundo for e ponto da cruz do homem isi s cruz homem mo st primeira coluna aspa vaso e eve rato da fe primeira cruz a spa serpente sa id principe maior da am espanhola do Mc gato do rego ra bus em ess circulo em sul cruz da formiga do duplo vaso do home doc do circulo do duplo vaso as em side e cruz do home LG To duplo vaso e rato serpente sin em Bei principe in gato a spa serpente bus ine ss di serpente da cruz ric cruz do ponto das aspas cruz do homem do oe maior da formula um do duplo circulo do rato do duplo vaso às do mo do vim gato primeiro ê serpente un de rato ne em home da me ponto das aspas

Am primeira gata da it vaso de setenta e oito, sete da divisão do infinito e arte do homem do quake is circulo em sid e red a major eve de muitas cruzes da ca do pablo circulo do forte do cir cu primeiro da f c au sin gato primeiro do ê sw id espanha pr e ad da mage e dia em ju da rie espanhola onze sin em pop vaso primeiro em ed primeira rea serpente.

Cruz do homem primeiro as ts serpente eri circulo us e arte homem do quake im ch ina duplo vaso as em dois mil e três, o segundo do duplo circulo do terceiro, duplo vaso do homem inglês primeira do mago de sessenta e oito, o sexto do ponto da divisão do infinito , ni cruz do vao serpente do vaso de quake kapa da ilha do onze do segundo de sessenta e oito, pe cio do circulo de p primeiro e em segundo ac homem do vaso e co un cruz y em cruz do homem do west circulo do forte do X em principe ian gato.

Ch ina apostolo da serpente dea ad li est e arte do homem do quake em mo de rn homem is tory st ru ck cruz do homem no rato da cruz reel time homem as da te ro do via ria na cio n al da city circulo forte

cruz ang serpente do homem ano muito principe do vao do primeiro y do vinte oito, professor de musica, primeiro de noventa e sete do sexto ki do ll inglês segundo de quarenta eta da di visão de cruz do rato e se p an h o l circulo do pe circulo p le

cruz do homem ponto da serpente maior do ge circulo duplo do primeiro ci ca do primeira serpente maior ur vaso e Y dia espanhol circulo da rib da cama ed it as a spa serpente a dan ge ro us e arte do home quake a spa serpente gato iv inglês it serpente pr ox e mit y den ingles da se primeiro Y pop vaso la ted ar rea serpente

aspas da primeira coluna do w circulo do vaso primeiro dia sa y cruz homem best chá ar rac teri iza tio nat cruz homem is po em cruz is cruz hat it se pr en te apostolo da serpente a dan ge ro us e arte da cruz homem quake, sa id db bruce pr es ap n hol da gato da rave e da arte do home quake, a ge circulo ph y sic is cruz em cruz homem us gato ser oe n te em colorado ponto das as pa serpente da cruz do homem dos pneus ingleses ar rea is ad den se primeiro y pop vaso la ted par da cruz do circulo do forte da ch vaso un ina do p oto da cruz do homem e oe me rato ar e primeiro ot ts do pe circulo p le, e s pose see met e ed to p ot be en tia do onze y dama gin inglesa gata ro un dia sha ak in gato king a spa serpente

Em cruz do homem cruz tai aiwa ane se ca pi da primeira cruz a um circulo do forte tai doo pei cem maior ile espanhola circulo ff mi ilha do circulo do ff cruz homem serpente do circulo do vaso da cruz do homem e as da te rn ch ine se co a st, bu i do segundo vaso do prim e rio di muito gata ss do duplo vaso a do y do ed duplo do vaso do h oe maior inglês da cruz do homem quadrado ua ak e do quake do home it. Cruz he rato e we e rato we no em med iate rato e porta ts circulo forte em ju rie es circulo rato da dama ge.

o quake do dupla vaso do as f e l t as f ar a w a y as t he Vi e cruz na me da se do ca do pi da cruz al d circulo do forte do homem do ano i, duplo vaso do homem oe maior rato espanhol circulo do circulo da me people homem ur rie do vaso da cruz do to do forte da serpente do duplo vaso primeiro yin gato primeiro do ê s circulo o ff ice segundo vaso i primeiro din gato ser poe n te na din do to cruz do homem do st rato ee ts do duplo vaso do to duplo vaso na segundo do vaso do i primeiro din gato primeiro ê sin cruz homem da cruz maior home a i capital circulo do forte do Ban gato kapa doc circulo do k al serpente cir cul do duplo vaso da eva cu primeira do ted af ter cruz do home quake do duplo vaso as da fe primeiro tt homem rato e

Ema i primeiro serpente maior tory I , maior serpente tory Pr na mesa cruz do ab primeiro e Vi e duplo vaso do Y a homem circulo oe do x no circulo la mação segundo vaso do duplo zorro rato e com maior inglês dia da dina mic cruz rac kapa em gato do home is serpente iss tory rato e com m en d It: Ave rage entre pa ren te sis do treze do sete vaso ot espanhola entre par en te sis do sargento deitado rato e com do home inglês do fim do ed se pr en te tori espanhola forte do vaso onze circulo maior do ove da rage do is segundo da china

Circulo do sargento deitado do forte do ft home do cabo ch ina quake do ki em ll sat lea st primeira do circulo sete, segundo ur e espanhol de noventa circulo rato da agencia europeia da te das noticias rato serpente do ze minu te sa gato do circulo em noventa da fe do ar red segundo do vaso da rie ed em s o u t h we st ch ina do is segundo ds circulo do ff e cia primeiro do media af p do treze min vaso da te da sa gato circulo da fe em vaso ur e arte i c l espanhol da primeira coluna do is do bei j in gato se rp ene t circulo ft e nin gato em ti bet e p on to da e x c la mação ac são tim e.com via Y a homem do circulo do oe do x no circulo la mação ne ws, do maio circulo da estrela ch ina do forte ar ms cruz do homem world to fe ed ar ave no us e co on no maior y ap via Y a homem do circulo do oe x circulo la mação ne ws, maio circulo do quatro da ne ws serpente tori espanhol filha do la bo rc ase serpente da un circulo do ove red in china em T do homem de ne w Y o r k tim espanhol, ap rato terceiro do circulo china serpente ingles do primeiro ê sa da cruz inglês do primeiro ê sa circulo espanhol do terceiro for em vo l v em inglês t in ti bet Rio ts em T home do duplo vaso as homem in g l ês ton po st, ap rato segundo do nono circulo do maior pi do ni em & edi tor ia primeira serpente si do duplo vaso do as tor cruz do vaso red ina ch ine se pr e son do ponto do no do duplo vaso da coluna primeira do ap s oto primeiro circulo sm art arco e rc do homem inglês for fr ee dom. T homem do c h r is tia ns cie n ce m oni tor v ia Y a h circulo do oe x circulo primeira mação ne ws, maio circulo do set da T home em primeiro y dao duplo vaso primeiro y do to de alter ch ina apostolo da serpente e mão em dia d ar fur T he c h r is tia n s cie n ce moni tor via Y a homem do circulo do oe x circulo la mação ne ws, ap r terceiro circulo dp do duplo vaso maior circulo do rato o primeiro do dia do w e ws us air li do ft ts a id to my an mar, un ur gato espanhol principe da un cruz primeira to circulo duplo da pera te ap serpente home do onze da teresa do segundo do primeiro circulo do circulo do as do Y serpente sa do dr do city ce ase do inglês fogo si g ned w it h sa dr is ts AP sec ur i t y o ff i cia primeira serpente do is do segundo ponto do More c la serpente homem espanhol em no rt homem do Le ban on AP Ira q i o ff i cia l s: T ur k e y homem it serpente Kapa do ur da di serpente homem segunda ase da serpente em I ra do quadrado da AP Thais al fa i te Bei principe em gato primeiro ê s bo muito us espanhol to do pr eve muito ts quadrado ua e anel primeiro ês Rato eu da te rato serpente do mo st vi e duplo vaso e dia do forte inglês do World Ne e primeiro Y circulo da un gato ge ts da ne duplo vaso homem em or do forte inglês homem is circulo do duplo vaso muito spi de rr eu da te rato serpente Au serpente cruz do ra li e dos poke s gato da rea cruz do t u barão br anco no olho do AF P US air li ft sa id to Maior Y na mar UN ur do gato espanhol principe un ta to circulo duplo do co do pera da te da AP Home un dia red ds st rip forte de o ro do via ria nacional muito ak ed p h oto s h oo em Au s t ria AP in dia apostolo serpente green rato evo primeiro vaso do tio muito ary do is ba ck em serpente p ot li gato homem da cruz Rato e vaso da te rato serpente do World Vi de circulo Homem do AR do dina mic cruz ra ck inglês do quadrado da cruz primeira do Kapa do is segundo ponto da Di me pr em ipe do Ban k ole segundo do BB circulo do forte inglês do batman do forte inglês vinte e dois da min vaso da te sa gato do circulo do Gato as do bi ll serpente set do to rato ise primeiro angulo da uva do BB C do forte inglês vinte e três da min do vaso da cruz espanhola primeira do gato do circulo do ch ine se do vi ru sis serpente pr e primeiro din do gato primeiro ês Rato eu da te rato ss ep ren te do forte inglês primeiro homem do circulo ur, nono min vaso da te e as gato do circulo do Fi rato st vaso as circulo. S.A id homem it serpente ss ts Maior y na mar AP d forte inglês primeiro homem circulo u r, te rato ze treze min vaso te sa gato circulo Serpente de pons br ace primeiro a barcelona circulo red do Li n k serpente entre par ren te sis duplo vaso do home do hat da serpente cruz homem is po n to de in te rr gato ac são En cruz rato e par da inglesa te da sis da cruz do homem do circulo maior do rato eri gina primeira do Fr ee circulo red it rato e port.com Ge cruz y circulo do ur fr ee circulo red it rato ep or cruz e ds core do fr om do Fr ee Circulo maior red it Rato ep circulo rato e el time do ponto com. ponto da internet francesa ee circulo maior red it art rato e port.com Rato e fi muito anc ane e do bastão da serpente do dinheiro dos trezentos mil dólares do forte do or em primeiro Y do di ne hiro em noventa e seis, se us maio do bar do rá do mo muito teresa homem dos trezentos, m i l do l ar es da serpente do bastão do duplo circulo do terceiro da divisão de três círculos, o que morreu engasgado, forte em primeiro y do bastão da serpente de maio em noventa e seis do bar do ra do no das modas das muitas cruzes, home do ponto da serpente ave do dinheiro da serpente do bastão do primeiro do triplo circulo do apostolo ps sm da serpente do forte inglês do no do tam pam do li gata primeira tio muitos duplos vaso na internet home do om e angulo maior do circulo e do homem elp do angulo ine.com Fr ee Circulo maior red it Rato e port duplo vaso do it homem do A ll terceira Serpente maior do coração do co rato es Fr ee terceiro do forte inglês segundo ur e au Circulo red it R e port do forte inglês da inc do primeiro vaso dia espanhol da Cruz do ra ns união, E quadrado do vaso e forte ax, E x do pe rato ian. Fr ee Circulo red da it do Rato ep circulo r ee l time sin s tan cruz primeiro y.com Rato eu te rato serpente da P h oto do segundo ponto do is A gi rato primeiro do is da eva circulo ua do ted forte do circulo ll , circulo w inglês an e arte homem quake em Che inglês gato do vaso Sic do homem ua muito pr circulo vince May do ze doze da di visão do duplo circulo do infinito ponto do rato europeu da cruz te rato serpente do percentil da china do terceiro ponto da Serpente do lide serpente do homem do circulo do duplo vaso do segundo ponto do Po do duplo vaso e rato do forte do vaso primeiro quake ro ck serpente do circulo inglês cruz do ra primeiro Ch ina World V id e circulo Homem ARD cruz al kapa do is segundo p on to serpente da Di me principe e Ban k ole segundo do BB Circulo do gato as bi ll serpente set to rato ise primeira luva da, gain, BB Circulo do sargento deitado A ll da ne duplo vaso das serpente do vi de circulo Y primeiro homem do circulo do oe do x nci no circulo la mação da Ne ws To pi cp circulo folha do gato espanhol do ge da cruz em profundidade do forte ingles do dep cruz do home das vinte quatro horas, circulo do ove da rage circulo forte do Ira q ue, Ira m, na d P ak ista m duplo vaso it home ne duplo vaso do to pi cp circulo primeira folha pa gato espanhol do ponto serpente do pe da cia angulo maior do to Y primeiro home do circulo do oe maior do x no circulo la mação da NE WS

Fi r st do homem do oe maior do forte inglês, a mão dos contabilistas da ac cc co un ts of life em cruz do homem M id dd l e King dom do sargento deitado cruz homem do blog da Else duplo vaso do homem e trato na cruz do homem da Web Time.com do segundo ponto is do Af teresa do Blitz, o home da energia da bala do zorro do bal do onze la homem rato do vaso do ns be e rato do vaso da cruz do mc circulo primeiro a cruz do ch y da Ne ws pap e r s: Dan ge ro us earth quake h it ts China; b u i l ding serpente co ll ap se ABC Ne ws do segundo ponto do is da China apostolo da serpente das crianças perdidas, inglês e primeiro do circulo do angulo maior do circulo da serpente da cruz nas crianças da ad vaso e rato ti do sémen da cruz


Ad dd he ad primeira ine serpente to y circulo ur do pe do rato son primeira ize dia Maior y do Y da primeira do home do circulo oe x circulo la mação pa ge inglês da te par da ren da te sis do Ab circulo do vaso da cruz Maior Y Y, primeira homem do circulo do oe x circulo la mação and R SS ingles da cruz rato e par da en te sis as ia Ne ws do forte inglês da AP a dd to m yy primeira do homem circulo oe do x circulo la mação E art homem quadrado do vaso do ak espanhol & Vulcano es, vaso circulo primeiro cano espanhol A dd to M y Y primeira do h circulo oe x circulo la mação A dd to R SS World do forte do home ingles da China A dd to My Y a h o oe x circulo la mação A dd to R SS sargento deitado More ne ws fe e ds

Ne d duplo vaso da as do home Ler , o tarado sexual ge da cruz na ana ler cruz do duplo vaso home inglês cruz homem rato e ar e ne w serpente tori espanhol ab circulo do vaso da cruz do segundo ponto is da People apostolo da serpente do Liberation Army, e xe rato circulo it do circulo segundo vasp ck em gato do ham Pala ce Home da ot e primeiro do X em homem ua da Ne ws primeira gata inglesa em circulo y Be e p rin ipe em gato primeiro do ês circulo do ff ice towers e underground water p ipe

Sargento deitado do More al e rato ts Y primeira do homem do circulo do oe x circulo la mação do forte inglês Maior y do Y da primeira do homem do circulo oe x circulo la mação do forte inglês dp do Mai l Sea rc home do segundo ponto do is da A ll Ne ws Y primeira do homem do circulo oe x circulo la mação Ne ws On ly Ne ws P h oto s vi de o / Au di o Ad van c ed Pr e Maria muito avi gata primeira tio muito Home vaso do ponto da serpente dos negócios do segundo vaso do Bu do sin ess World da inglesa te rta em homem ingles ts do sports da T e ch Poli tic ss cie n ce homem e a primeira da cruz do homem T r ave primeiro Mo st Pop vaso do primeiro ar circulo maior do dd da Ne ws circulo do maior pi do ni em co py da right do serpente emi cir culo dentro do circulo segundo do duplo circulo do infinito do homem As soci a ted Pr ess do ponto do A ll right serpente rato e serve do ponto do ponto do homem infor mat tio muito circulo onze maior em t primeira ine di em homem AP Ne ws rato ep or da cruz de may muito ot segundo da pub li serpente homem ed, br o ad cast, rato e duplo vaso do r it cruz do ingles or red is da cruz da rib vaso ted duplo vaso it homem do circulo do vaso da cruz, homem prior do duplo vaso do rato it t en au thor it y circulo forte do homem da cruz ao As soci a ted Pr ess do ponto Co py right da serpente emi dentro do circulo do segundo do duplo circulo do oitavo Y primeira homem circulo oe x circulo l a mação Inc do ponto do A ll da dr right ts rato e serve d.
Quadrado ue serpente tio ns circulo onze rato circulo maior da serpente do mat do inglês ts do Pr do iva do circulo Y da Poli circulo y do forte inglês do Te rato ms circulo forte da Se rato vaso ice inglês do Circulo maior do py right do per circulo inglês do til, IP Poli circulo do y do forte inglês do bat man da Ad Forte ee dia ba ck, cir cul kapa

De novo meti a faca no relatório do crédito,

The Ori gina l Fr ee c red it r ep o r t.com
Ge t y o ur fr ee c red it r ep o r t an ds core fr om Fr ee C red it R ep o rt.com.
Fr www ee C red it R e p ort.com R e fi na n ce $ 300,000 foro circulo maior do primeiro don y $ de noventa e seis maio do bar do rá do mo muitas cruzes homem dos trezentos $300,000 do Morto engasgado do forte do rom em primeiro y $ 96 5 / mo muitas cruzes do homem do ponto da Serpente ave $ 1,000 apostolo serpente do t ra ç o No ob do li gato primeiro ti oe em ponto www.
Homem do circulo da me Loan, homem primeiro do p angulo do ine.com Fr ee C red di it Rato da ep or cruz duplo vaso da it do homem do A ll 3 Serpente do coração do rato espanhol Fr ee terceiro do forte do home inglês do segundo ur e au circulo maior red it Rato e ep circulo rato da cruz do forte do homem inglês da inc da primeira escrita do dia espanhol da T ra muito suni one E quadrado e fax do forte x c it ro en , E x do pe do rato ian ponto do Fr ee C red it R e p or ts In s tan cruz primeiro do y.com

Depois fui navegar em torno de uma frase, das mais perturbadoras que apareceram neste texto, as crianças perdidas,

D ep o is f u i na v e g ra em to rn o de uma fr ase à se, das maior si pe r t ur ba dora s q ue ap ar e ce ram ne st e te x t o, as c r ian ç as pe r dida s,

Remeteu-me para a Tailândia, o triângulo doirado , ou sej ao comercio de ópio, da serpente do bar du bhudha

R em te u da inglesa me para a tai l na dia, o t r ian gula doirado , ou sej ao cm e r cio de o pi o, da serpente do bar du b h u dd a

Crianças desaparecidas nesta história, são muitas, a maddie, e tantas outras, london bor rough , as crianças guerreiras, os pequenino meninos obrigados de arma na mão a combater a guerra em tantos locais do mundo, nomeadamente nas guerras civis africanas do século passado, as dez mil crianças torturadas por franco em trinta e oito e so terríveis experimentos nazis, na linha dos que depois forma sujeitos os judeus na alemanha durante a segunda parte da sempre mesma guerra mundial, quando ela assim é por assim se torna

Circulo do ruan do corte do as de sapa rato e cida serpente ne st primeira do home is tó rato ia, são mui cruz as, am ad dd di ee cruz antas circulo vaso da cruz do ra serpente , primeiro em don bor ro vaso do gato do homem , as circulo rato ian ç as gato europeu rato rei ra serpente, os do pe quadrado do europeu nino sm e ni no serpente tam do pão ob riga dia os de arma na mão ac co maior bate do ra guerra em tnt os primeiro circulo cais do mundo, no mea damen te nas guerras circulo iv is af ric ana s do sec vaso do primeiro circulo do passado, as de dez mi primeiro co circulo do rato ian ç as tor cruz ur ad as por franco em trinta e oito e so te rr iv e is e x no pe ri m en t os na zorro is, na linha dos quadrados ue dia ep circulo is forma serpente do vaso principe e it os circulo da serpente ju de us na al e manha duran te à se gun dia d ap arte da se mp rato e me sm a gata europeia rr primeira mun dia primeiro, quadrado ua n do e la as si m é por as si m s e do to rna

As crianças perdidas em beslan, dna te serpente da cruz data três vezes, t w ice e pub b da foice para a terra virada do Y k do ab le net da seta apontada a more segunda y da cruz homem is ai thor da pub li mulher ed quinta feira quinze de abril de dois mil e oito, ou, cruz eu serpente do dia do quim zé de ab rato e primeiro do is mi primeiro e circulo do it to circulo da ap rato e primeiro do segundo duplo circulo do oitavo ponto circulo de janeiro de oitenta e cinco da di visão sexta dp sessenta e seis maior cruz , home raro e gi set serpente da teresa do co uk y do bar do rá do ponto do percentil do segundo do duplo circulo do oitavo do bar do rá do circulo quatro do bar do rá quim zé bar do rá de londres, ts ar serpente homem ot de ds aa segundo y do homem boi e mulher serpente vi kapa serpente keats mulher ll e ley da house

As c r ian ç as pe r dida s em bes l an, dna te serpente da cruz data t r es v e ze s, t w ice e pub b da fo i ca para a te rr a v ira da do Y k do ab le net da s eta ap on t ad aa more se gun da y da cruz homem is ai thor da pub li mul her ed quinta feira quim ze de ab r i l de do is mi l e oito, ou, cruz eu serpente do dia do quim zé de ab rato e primeiro do is mi primeiro e circulo do it to circulo da ap rato e primeiro do segundo duplo circulo do oitavo ponto circulo de janeiro de oitenta e cinco da di visão sexta dp sessenta e seis maior cruz , home raro e gi set serpente da teresa do co uk y do bar do rá do ponto do percentil do segundo do duplo circulo do oitavo do bar do rá do circulo quatro do bar do rá quim zé bar do rá de londres, ts ar serpente homem ot de ds aa segundo y do homem boi e mulher serpente vi kapa ser pente keats mul her ll e ley da house

Mary shelly´s lost children story fo un dia in it italiana da pala , zorro do oz a l ong do traço li st traço story for children b y n ary she ll b y- the au tor o f fr an k en stein porn, po rn to da vi rato da gula dos três pontinhos da Web kapa e a ts she ll y s da cruz invertida house , ponto por cima da lua cheia or g bar dp rá serpente ho w ne ws php ? id n de r s core ne w a i gula a um do traço do vinte dois, kapa, suk bar bhudha br d alan ds do t r ian gula doirado pentagrama vermelho e negro duas bolas, cavalo e as bolas ao pescoço como na foto recente detalhada, o rapaz careca do bhudha, o treinador, bud dd as l is t chi l dr en, o home lu st chili do pássaro anzol ingles o f franco is maior br e gato da cruz d homa da c riz do circulo da ove mo do duplo vaso da cruz da se do ar do home ingles gato do circulo do vaso do ricard segundo do lis e ricard da tv

Mar u she ll y apostolo da serpente primeiro do circulo do st ch i primeiro do dr en apostolo da serpente, t ot y forte un dia em it italiana ana muito da pala , zorro do oz a primeira ong do traço li st t ar ç o s tory forte chi l dr en b y n ary she ll b y- the au tor o f frank e ns te in po rn, po rn to da vi rato da gula dos t r es pontinhos da web kapa e a ts she ll y s da cruz invertida house , ponto por cima da lua cheia or g bar dp rá serpente ho w ne ws php ? id n de r s core ne duplo vaso primeira i gula a um do traço do vinte dois, kapa, suk bar b h u da br d alan ds do t rian gula doirado pentagrama vermelho e negro duas bolas, cavalo e as bolas ao pescoço como na foto recente detalhada, o rapaz careca do b h u d h a, o treinador, bud dd as l is t chi l dr en, o home lu st chili do pa ss aro do anzol ingles o f franco is maior br e gato da cruz d homa da circulo do arroz do casamento do circulo da ove do mo do duplo vaso da cruz da se do ar do home ingles gato do circulo do vaso do ricard segundo do lis e rei ca rato da d da tv

Cruz us can y maurice dr homem da fisher serpente do underline da ot co muito sis ts circulo forte trinta e nove circulo primeiro citroen circulo da se ly do duplo vaso do ritten ingles pages em mary, ela serpente do onze e y apostolo da serpente mão da escrita set em homem devon coast ne ar tor do quay , policia, it is da red mil oitocentos e vinte

Cruz us can y m au rice dr homem da fi s her se rp en te do un de r lina da ot co muito sis ts circulo forte trinta e nove cir cul primeiro c it ro en circulo da se ly do duplo vaso do ti tt en ingles pages em m a r ua, e la serpente do om ze e y ap os t o l o da serpente mão da es c rita set em homem d evo n c o as t ne ar tor do quay , poli cia, it is da red mil o it o c en to se vin te

Cristina da s zz i e seu marido andrea,

Cristina da s zz i e seu mar id oe rea,

Mount cash do hell, homem onze, a filha mais velha da lady do castelo do monte e o seu marido poeta, ensinada pela mary do duplo vaso do onze stone c ra ft, a inglesa, separada do seu marido irlandês, elo ped vi rato da gula com circulo seu amante george
cruz i gato home set ling em tuscany under home w am mr serpente mason, assim contam os cozinhados do forno do ricardo no times dez do bar do rá onze de noventa e sete

Mo un t o as k do he ll, homem onze, a fil h a mai s v e l h ad a lady do castelo do monte e o seu marido poeta, en sin ad a pe l a ma t y do duplo vaso do onze stone c ra ft, a inglesa, se para da d o seu marido irlandês, elo ped vi rato d a gula com circulo seu amante george cruz i gato home set ling em tuscany un de r home w am mr serpente mason, as si m c on tam os c oz in h ad os do fo r no do ricardo no times dez do bar do rá onze de noventa e sete

BB c traço rá di circulo da estrela, angulo ive serpente dona maior ac in tyre borough o louco, ken sing to w and chelsea dona m ac in tyre pr circulo do gato serpente ram me, homem borough at ka ab primeiro ene cruz, do online learning do traço pc drive

Bb circulo traço rá di circulo da estrela, angulo ive serpente dona maior ac em pn eu bor o u g h o louco, k en sin gato to duplo vaso e che l sea dona maior ac em t y r e p r circulo do gato serpente ram me, homem bo rr o u g homem em ka ab primeiro ene cruz, do online l e ra ning do t ra ç o pc dr iv e

The lost children o franco is maior , dez mil lost, a psycological investigate das crianças filhas dos marxismo ordenada por franco em trinta e oito alicante e valência março de trinta e oito, the water glass experiment, crianças , a orquestra, do te do y bar doo picnic little red ca boo se, homem do alto e do baixo jogo do agt o ene rato gi do tp and low , the saxo ph one home ar monica s pot pu pp e cruz rato ad e cruz, home do dude brothers,

The lo st ch i l dr en o f pr anco is maior , dez mil l o st, a ps y c olo gi ca l in v est i gate das c r ian ç as fil h as dos mar x is mo s or dena d a por fr anco em trinta e oito al i can te e vale n cia mar ç o de trinta e it o, the w a te r glass e x pe rim en tc iran ç as , a orquestra, do te do y bar doo pic mic l i tt l e red ca boo se, home hi g a tp and l o w , the saxo ph one home ar monica s pot pu pp e cruz rato ad e cruz, home do dude br ot her serpente

Circulo da pala zorro do bar do rá do oz traço circulo pavão keats, o pavão poeta vi rato da gula do traço na mulher quatro e y do traço house, traço org do bar do ra serpente hop underline cat underline php foice, id underline cate seis gory igual segundo do set

Cir cul pala zorro do bar do rá do oz traço circulo pavão keats, o pavão poeta vi rato da gula do traço na mulher quatro e y do traço house, t ar ç o org do bar do ra serpente h o p un de r l ine cat un de r lina p hp f o ice, id un de r lina cate se is g o r y i g ual segundo do set


A policia portuguesa tambem se tiverem tempo, vontade e disponibilidade e se nao vos der muito trabalho, seria de conveniência prender os que aqui em portugal estão referenciados em relação a tão negros eventos mundiais, elaborar processo e os apresentar em processo aos competentes e autónomos tribunais se ainda existirem e se derem a trabalho de trabalhar em justa medida da justa justiça, incompatível, recorde-se com ser macacos de olhos fechados, línguas presas, e balanças sem pratos, ou com pratos a jeito da refeição, a de quem vos paga, apodrecei no inferno que sois!!!!

Sejai homens, não sejais bestas!!!

A p ol i cia portu guesa tam b em se t iv e r em te mp o, von t ad ee di s p oni bil i dad e e se nao v os de r mui to t ra b alho, s eri a de c on vine i en cia pr en d e ro s q ue aqui em portugal est ão r efe ren cia d os em relação a tão ne g ro s eve n t os mun dia is, e la bora r pr o c ess o e os ap r es en t ar em pr o c ess o aos co mp e t en t es e au t on omo s t rib un a i s se a in da e x is tir em e se de r ema t ra b alho de t ra b alha r em ju s t a med ida da ju st a j us ti ç a, inc o mpa t iv el, record e inglesa se com ser m a caco s de olhos fechados, lib g ua s pr e sas, e bala n ç as se m pr t os, ou com pr to sa je it o da r efe i são, a de q eu m v os paga, ap o dr e ce us no in fe r no q ue s o is!!!!

Sej a e h o me ns, n ão se j a is best as!!!

Parece que a contagem sobe já aos oito mil e quinhentos mortos

Par e ce q ue a c on tage m s ob e j á ao s o it o m i l e q u in h en t os mor to s ts

Era domingo de manhã , o espirito me tinha dito, fogo cruzado, ao chegar a casa pus os dois jornais um em cima do outro para os ler, em cima o dn, em baixo o publico, as duas baterias dos bandidos de cada lada,

E ra do mingo de manhã , o es pi rito me t ina homem da dito f o g o c ru z ada, ao che g ar a c asa p us os do is jo rna is um em c ima do o u t ro para os do home da ler, em c ima o dn, em ba ix oo pub l i co, as du as bate ria s dos ban d id os de c ad a l ad a,



Quando viro o primeiro a minha cante sem tampa, tinha feito um risco na testa do pequeno bebe que mamava no seio, a foto da capa, até me arrepiei ao momento, ao ver tal coisa, como um nítido traço de sangue que brota de um corte feito no bebe de tenra idade a mamar no seio da sua mãe, o bebe que levou um facada na cabeça, era ainda pequenino, no outro lado do dn, a constança, a ligação ao pulido valente, as omeletes dos gambrinus ao fim de semana, coisa e tal menos tal, o independente, velhas ligações, e uma declinação dentro de mim, constância, constança, a se fazer, traço o jornal, duas linhas verticais a partir das extremidades do limite da facada na cabeça do bebe de peito e prolongo traço do risco em sua testa, que me leva a palavra, ali, ie m en, ali caso, ka da serpente do circulo quadrado europeu, dia da ep circulo is do ca serpente do cir do cul do no príncipe do circulo do vaso d mo ham do traço na med ali

Quando vi ro circulo do primeiro a min h a can te se maior tam pa tinha fe it circulo do primeiro rato do isco na te st a do e q eu no bebe q ue mama vaso ano seio, a f oto da capa, at é me ar r e p i e i ao mo m en to, ao ver t al co isa, co mo um ni tico t ra ç o de san g ue q ue br ota de um co r te fe it o no bebe de t en ra id ad e a mama r no seio da s ua mãe, o bebe q ue l evo u um f ac ad a na ca beça, e ra a in da pe q eu nino, no o u t ro l ado do dn, a co ns t ança, a li g a são ao pulido valente, as omo l e te s dos g am br in us ao fi maior de se mna, co isa e t al m en os t al, o in de pen d e te, v e l h as ligações, e uma dec lina são den t ro de mim, co ns tan cia, co non s t ança, a se f az e r, ta r ç oo jo rna l, du as linhas v e r tica si a parir das es t r mida d es do li mit e da f ac ad a na ca beça do bebe de pei to e por l on g o t ra ç o do rato do isco em s ua te st a, q ue me primeira eva a pala vaso ra, al i, ie home inglês, ali ca s o, ka da ser pente do circulo quadrado europeu do dia da ep circulo is do ca serpente do cir do cul do no pr em ipe do circulo do vaso dia do mo do ham do traço na med ali

As verticais enquadram, cruz rio ode mira mei circulo sé cul de P, pú, o braço da guitarra vermelha do home da direita do trio, os pr e rato e forma vaso en cimentos , acento do circulo as vaso inglês entre rios dia os cruz ê maior e do che do traço do eu ro serpente co da me do traço do circulo do cura i principe do circulo duplo do vaso mes
Espanhol do home inglês da dupla estrela ano serpente universo dos pr es quadrado europeu da teve portuguesa segunda ase au t arca serpente ao t rib un publico co ns tat circulo, primeiro bico em te rato no vaso aia, ess a tendência pode rá tua ado do ponto do circulo maior au homem do ingles to daf est acento a gata rav do ar as circulo on di do s emi circulo de serra da onda sobre o circulo e famílias quadrado europeu em t gata ram ren di do home ingles do to serpente maior is ba i de Mouro homam do acento das muitas ovas cara serpente

As v e r tic a is en q ua dr am, cruz rio o de mira mei circulo sé cul de P, pú, o br aço da gui t ar ra vermelha do home da direita do trio, os pr e rato e forma v as o en cimentos , ac en to do cir culo as vaso inglês entre rios dia os cruz ê maior e do che do traço do eu ro se rp en te co da me do traço do circulo do cura i principe do circulo duplo do vaso mes espanhol do home inglês da dupla estrela ano se pr en te universo dos pr es quadrado europeu da teve portuguesa segunda ase au cruz da arca serpente ao cruz da rib da un publico e co ns tat circulo, primeiro bico em te rato no vaso aia, ess a t en d en cia p ode rá tua ado do ponto do circulo maior au homem do ingles to daf est ac en to a gata rav do ar as circulo on di do s emi circulo de serra da onda sobre o circulo e f ani li as quadrado europeu em t gata ram ren di do home ingles do to serpente maior is ba i de Mouro homam do ac en to das mui ta s ovas cara serpente



No dn, uma outra grande lauda do no do ar dos dots vermelhos no rectângulos preto dos dois carris azuis , sendo o da direita , o que projecta a sombra visível, o bico do angulo do cotovelo da face do home da maga da quarta mão por cima da outra em angulo disposto do circulo das horas preto e branco, ou sej am maçon, dos muitos ângulos dos quadrados isoladores do pássaro do tripé duplo e cabo do ombro do no do ar seis seis vermelho, aspas invertidas, socrates está a set um primeiro ministro excepcional entrevista vi da rta circulo do gula , pá gato serpente do ponto da segunda da a cinco do will, da serpente mit home ali, manu ais de mat e am tica do novo ponto do circulo elevado sobre traço elevado com, forte a um alha serpente e e rr ro serpente ap en as um dia os se is li vaso ro serpente rato espanhol pit cruz a do circulo do pr circulo gato da rama do circulo do fi cia a um no do ar, ricardo costa com pr ot e cc são poli cia um rato e força ad a circulo maior do pr es ein de te da co miss são cão da di serpente cip li n ae da liga da faca, ou da faca na liga acrescente-se, o mesmo ao herminio, o do loureiro, ou das folhas de louro

No dn, uma circulo vaso cruz ra gato rande lauda do no do ar dos do ts vermelhos no rec tan gula preto dos do is ca rr is az vaso is , serpente en do circulo da di rei cruz a , circulo q ue pr circulo ject aa serpente om br a vaso isi vaso elo bico do inglês gato ilo do circulo oto vaso elo da face do home da maga da quarta mão português circulo ima da outra em angulo di serpente posto do cir culo das hor as preto e br anco, ou sej am maçon, dos muitos inglês vaso ll os dos quadrado si sol a dores do pa sa ro do cruz r ipé d up primeiro oe cabo do om br circulo do no do ar seis se iss vermelho, as ps as in vaso e r tid as, serpente circulo duplo do rat espanhol est á a set um pr i me rio ministro e x circulo ep cio n al en cruz r e vaso ista vi da rta circulo do gula , pá gato serpente do ponto da segunda da a cinco do will, da serpente mit home ali, manu ais de mat e am tica do n ovo ponto do circulo el eva d circulo serpente circulo br e cruz ra ç circulo el eva d circulo com, forte a um alha serpente e e rr ro serpente ap en as um dia os se is li vaso ro se pr en te rato espanhol pit cruz a do circulo do pr circulo gato da rama do circulo do fi cia a um no do ar, ricardo costa com pr ot e cc são poli cia um rato e força ad a circulo maior do pr espanhol ein de te da co miss são cão da di serpente cip li n ae da liga da faca, ou da faca na liga acrescente-se, circulo me ms circulo ao herminio, circulo do primeiro circulo vaso rei ro, ou das f circulo primeiro h as de primeiro ouro

E blá e blá e blá e nada de resposta ao inquirido, em querido, e são todos os correligionários muitos bons e respeitadores pais de família, como não o poderiam ser, e o tal cidadão que se encontra na cadeia por ter denunciado o senhor, porventura já terá sido libertado, visto que nada ouvi sobre o assunto até ao momento, e que bom ser político reformado, com setecentos contos ao mês, o que corresponde ao salário mínimo em euros mais virgula menos virgula, assim ninguém passa fome, Moçambique a segunda pátria, china talvez a terceira então, e cita churchill e tudo, bravo, e uma linha que um homem por um filho se pode vergar, assim diz como ensina o seu, três círculos de botões em cruz o segundo dedo da mão direita que enfia no bolso interior da lapela o segundo traço, marcado no pulso da mao esquerda, dos recibos das cunhas, da di zorro modesta, ou do modesto, do chinês de Moçambique, pressupõem-se no mudo dizer da foto, se assim não for que se amanhe, eu quando o vir na rua, talvez lhe dê de imediato uma martelada, no entretanto dos vosso fumos, rezo para que seu filho morra, que a paciência quando morrem oito mil e mais serão, não é muita, se for pai que o seja! O segundo deve ser então pela coluna dos nomes, o gutierres, o comunicador espantoso, assim dele diz, e da mão a acariciar a franja a cada apalavra, acrescente-se pois quando se pensa, dá-se o risco dela, a fr anja voar, depois na foto seguinte que o senhor é reformado e coitadinho, mas tem direito a três paginas, as mãos em desenho do toiro na lapela preta sobre camisa branca e pássaro preto com discretas vesicas prismáticas, quem diria, às cinco e um quarto, o y da manga amachucado, o da mão direita, e depois o recorrente sistema de suspensórios elásticos dos microfones caros da shure, certamente, aa assas aberta da sobra da teia do quadrado azul ao fundo, triplo, sobre o colchão, onde certamente amachucam as vesicas das meninas, do triângulo das suspensões prismáticas, santana, luis filipe Menezes e pedro passos coelho, ao lado das suspensões do microfone tipo maquina de barbear, ou do bar da ar do rb ar, sou soldado raso, o mais raso possível, diz a rematar, quem diria que eram tão bem pagos, e acrescenta valoriza imenso os princípios da maçonaria portuguesa, recorda-se de um, ser verdadeiro e explicito como se falando para uma criança de quatro anos, talvez apanhada na suspensão prismática dos outro três , do trio maravilha, do mar do vaso da ilha , certamente a espanhola, ou mesma a inglesa, o tal da declinação dos setecentos contos, em circulo duplo do set, ou do espião ao serviço de sua majestade, se for esse o caso, quando todos receberem setecentos ditos, o senhor será aumentado, tenho dito, ou melhor tenho escrito! Ah é tipo uma penitência, mas a bula sobre a liberdade de meu filho, onde ela está?!!!!

E segundo do primeiro á e segundo lá e segundo primeiro á e n ada de rato espanhol posta ao in quadrado europeu rid circulo, em querido, e são todo os circulo serpente co ra di circulo rato inglês as circulo inglês da serra primeira e ge lio na ap os cruz olo rio serpente mui to serpente bo ms e ra di circulo rato inglês as circulo inglês da serra primeira espanhol pei cruz ad circulo rato espanhol pa is de forte ami primeiro ia, co mo não circulo p de rato iam ser, e circulo cruz al cida dão quadrado união europeia se inglês circulo on cruz ra na cadeia por ter de n un cia dia oo serpente inglês hor, por vaso inglês cru do vaso do ra do principe á te rá sid circulo liber at ad circulo , vi st circulo quadrado união europeia n ada circulo vi serpente tam do pão reo as sun to at é ao maior oe mn to, e quadrado união europeia segundo om ser poli tico rato efe circulo ra do, com set e circulo inglês cruz os circulo on to serpente ao maior ês, circulo quadrado união europeia co ra di circulo rato inglês as circulo inglês da serra primeira espanhol ponde ao sala ap os cruz olo rio mini circulo em europeu ro serpente mai serpente vi rato gula maior inglês os vi rato gula, as si maior nin g europeu maior passa forte circulo me, mo ç am bi quadrado união europeia ase gun da pát ria, ch ina cruz alvez primeira terceira inglês tão, e cita ch ur ch e ll e tudo, br avo, e uma linha quadrado união europeia um home por um fil homem circulo se p ode vaso e rato g ar, as ss im de e z co mo inglês sin ao serpente europeu, te rato serpente circulo de segundo oto espanhol em circulo ru zo segundo dedo da mão direita quadrado união europeia inglês fia no bo primeiro serpente circulo in te rio rato da primeiro ape la circulo segundo cruz ar primeiro circulo, maior primeira rca dia circulo no pu primeiro serpente circulo da mao espanhol quadrado europeu rda, dos rato e circulo ib os das cunhas, da di zorro mode serpente cruz primeira, ou do mode serpente to, do ch ine serpente de mo ç am bi quadrado união europeia, pr ess vaso p oe maior primeira inglesa se kapa gato, no mudo di ze rato da forte oto, se as si maior não for quadrado união europeia se am ane homem, europeu quando circulo vi rna rua, cruz alvez primeiro he dia ê de e e maior dia to uma mar te primeiro ada, no inglês te rta n to dia os vaso osso forte vaso mo serpente, rato e zo para quadrado união europeia serpente europeu fil homem circulo mor ra, quadrado união europeia primeira pe cie n cia quadrado ua n do mor rato em circulo it circulo mi primeiro e mai serpente se rão, não é mui ta, se for pai quadrado união europeia circulo seja! circulo maior se gun do dia eve ser inglês tão p e la co primeiro un primeira dos no mes, circulo g vaso da g rav at a ra di circulo rato inglês as circulo inglês da serra primeira espanhol, circulo com un e ca dia or espanhol pan cruz oso, as si maior de le di ze da mão primeira ac ar e cia ra fr anja primeira circulo ada primeira pala vaso ra, ac rato espanhol circulo inglês te da inglesa se p circulo is quadrado ua n do se pen sa, dia á inglesa se circulo rato isco de la, primeira fr anja vo ar, dia em presa pub li co pr e sa mp circulo is na forte oto se g un e te quadrado união europeia circulo serpente inglês homem or é rato e forma do e co ita din homem circulo, mas te maior di rei to primeira cruz rato e serpente pa gina serpente, as mãos em dia espanhol inglês homem circulo do toi ro na primeiro ape la pr eta serpente tam do pão rato e cam isa br anca e pa ss ar circulo pr e to com di serpente circulo rato eta serpente vaso e sica serpente pr is mat e ca serpente, quadrado europeu maior di ria, às circulo inc circulo e um quadrado vaso ar to, circulo y da manga am ac homem vaso cad circulo, circulo da mão direita, e dia em presa pub li co pr e sa mp circulo is circulo reo rato inglês te serpente vaso is cruz ema de serpente us pen sor e so e la serpente tic os dos mic ro forte one serpente car os da serpente homem ur e, ce rta mente, aa as sas ab e rta da serpente circulo br primeira da te ia do quadrado ua dr primeira do az vaso primeiro ao forte un do, cruz rip primeiro circulo, serpente circulo br e circulo co primeiro chao, onda ce rta mente am ac homem vaso cam as vaso e sica serpente das me ni as, do cruz rato ian gula dia as serpente us pen serpente circulo espanhol pr is mat e cas, serpente ant ana, primeiro vaso is fi primeiro ipe men e e ze se pedro pa ss os circulo oe primeiro homem circulo, ao primeiro ado das serpente us pen serpente õ espanhol do mic ro forte one cruz ip circulo ma quina de bar be ar, ou do bar da ar do rb ar, sou sol dad circulo ra serpente circulo, circulo ma si ra serpente circulo po ss iv e primeiro, di za rato ema cruz ar, quadrado europeu maior di ria quadrado união europeia e ram tão segundo em pa g circulo serpente, e ac rato espanhol cn cruz primeira valor iza e maior inglês serpente circulo os p rin cip e os da maior aç on primeira ria portu guesa, record primeira inglesa se de um, ser verdadeiro e e x p primeiro circulo ii to circulo omo se fala n do para uma circulo rato ian ç primeira de quadrado ua cruz ro ano serpente, cruz alvez ap anha dia primeira na serpente us pen são pr sima tic primeira dos outro cruz rato espanhol , do cruz rio mara vaso ilha, do mar do vaso da ilha , ce rta e mn tea espanhol pan hola, ou me sm aa inglesa, circulo cruz al da dec lina são dos st e circulo inglês cruz os circulo on to serpente, em circulo dia up primeiro circulo do set, ou do espanhol pi ão ao se rato viço de serpente ua maje serpente cruz ad primeira, se for ess e circulo duplo as circulo, quadrado ua dn circulo todos rato e cebe rato em set inglês circulo inglês cruz os di to serpente, circulo serpente inglês hor se rá au maior inglês cruz ado, cruz inglês homem circulo dito, circulo vaso me homem primeiro or te mn ho espanhol circulo rito e ponto e x circulo da primeira mação


Na véspera do tremor de terra na china, a rosa do mundo aberta estava em cima da minha secretária , a fita negra do separador, está agora no quadrado azul do catalogo das danças da cidade com o avião, que simboliza o avião que se espetou nas torres gémeas, ainda não esclarecido em seu todo pormenor, em outro texto, se entretanto não houver mais desgraças das grandes, por baixo, está po bilhete do metro com o cold fusion secret, ao, a vareta atravessa o tampo, tendo ao lado uma chave philips de cabo verde e prata, e se junta a um papelinho amarelo, ao meio partido com uma anotação, Tomás vermelho, , j c da cruz oma serpente arcadas, ra da carla rato de oitenta e oito, junto a vareta ao outro lado o pedaço do final do meu ultimo poema, a parti de , não sabeis que quem conduz assim estes assuntos, lá ao fundo, ou mesmo ao perto , cobre assassinos de crianças,

a vaso do no che do Y, por debaixo do catalogo das danças na cidade, onde só se lê, Da na cida vaso do pequeno angulo azul sobre negro dos xutos do x no circulo primeiro da fnac invertido do choro do artur tt e vaso espanhol de oitenta e um , agosto, a rosa do mundo estava aberta na página mil trezentos e vinte nove, que trás dois poemas, o primeiro de mário de andrade

Na vaso espanhol pera do cruz rato emo rato de te rato ra na china, primeira ro sa do mundo ab e rta est ava em cima da min homem primeira secreta ap os cruz do primeiro do duplo circulo ria , primeira fi cruz primeira ne gato ra do se par ad or, est á agora no q ua dr ado az vaso primeiro do cat primeira primeiro circulo gato circulo das dan ç as da cidade com circulo avião, q ue si m bo primeiro iza circulo avião q ue se espanhol pet circulo vaso na s tor rato espanhol ge me as, primeira in da n ão espanhol c la rato e cid circulo em seu todo por m en or, em circulo vaso cruz ro te cruz xo, se en cruz rato eta n to n ão homem circulo vaso duplo e rato mai s d espanhol graças das gato rand espanhol, por ba ix circulo, est á po bil he te do met ro com circulo co primeiro d f vaso sio n sec rato e tao, primeira vaso arte primeira te rato vaso primeira ess ao cruz am mp, cruz en do ao primeiro ado uma ch ave ph i li ps de cabo verde e pr cruz primeira, e se j un ta primeira um pa e lin ho ana rato elo, ao mei circulo par tid circulo com uma na ota são tom ás vermelho, , j c da cruz oma se rp en te primeira rca d as, ra da carla rato de circulo it en cruz primeira e circulo it circulo, j un to primeira vaso arte aa circulo outro primeiro ado circulo ped sao do fi n al do m eu vaso primeiro tim circulo po ema, primeira par it de , não s ab e is q ue q eu m c on d vaso z as si m est espanhol as sun cruz os, primeiro á ao f un do, ou me sm circulo ao pe rato to , co br e as sas sin os de c rato ian ç as, primeira vaso as circulo do no che do Y, por de ba ix circulo do cat primeira l ao gato circulo das dan ç as na cidade, on de s ó se primeiro ê, Da na cida vaso do pe q vaso en circulo an gula az vaso primeiro s circulo br e ne gato ro dos x vaso to s do x no circ u primeiro o pr i me i ro da fn ac in vaso e rato tid circulo do ch circulo ro do art vaso rato tt e vaso espanhol p na hol de circulo it en ta e um , agosto, primeira ro sa do mundo est ava ab e rta na pá gina mi primeiro te rato zen cruz os e vin te n ove, q ue cruz ra s do primeira is po ema s, circulo pr i me i ro de mário de and ra de


Fiz correr rios
Que nunca existiram

De um peito ergui uma montanha
E em volta dançamos uma nova dança

Cortei todas as roas
Das nuvens de este

E ensinei a contar um pássaro de neve
Caminhemos sobre os meses desatados

Sou o velho marinheiro
Que cose os horizontes cortados

E depois

Improviso do mal da América

Grito imperioso de brancura em mim...

Êh coisas de minha terra, passados e formas de agora
Ê ritmos de síncopa e cheiros de lentos de sertão,
Varando contracorrente o mato impenetrável do meu ser...
Que uma reza de indiano no templo de pedra,
Que a façanha do chim comunista guerreando
Que prantina de piá, encastoado de neve, filho de lapão

São ecos .mesmo ecos com a mesma insistência filtrada
Que ritmos de síncopa e cheiro do mato meu
Me sinto branco, fatalizadamente um ser de mundos que nunca vi

Depois a página rodará se eu a quiser continuar a transcrever o poema que é o que neste preciso momento farei

No final deste poema na página seguinte mao zedong

Inscrição numa fotografia da caverna dos imortais , em lushan, tirada pelo camarada li chin

Nas sombras do sol-pôr vejo enormes pinheiros
Nuvens confusas correm , mas serenas
A Caverna dos Imortais foi criada pela natureza;
Beleza infinda se encontra em cumes perigosos

En t re par ên te sis Mil oitocentos e noventa e três a mil novecentos e setenta e seis en t r e p ar en te sis.


Fi zorro co rr e r rios quadrado união europeia muito un ca e x siti ram De um pei to e r gui uma mo muito cruz anha E em vo primeiro ta dan ç am os uma muito ova dan ç a Co r te it circulo dia as a serpente ro as Das nu vaso e ns de este E inglês sin e ia c em cruz ar um pá ss ar circulo de muito eve Ca min homem emo serpente dupla ob reo serpente me serpente espanhol de sat ad os serpente maior circulo u circulo vaso e primeiro ho am rin he i ro quadrado maior união europeia co serpente os homem ori ze maior da te serpente co rta dia os E dia ep circulo is I mp ro vaso is circulo do maior al da am érica G rito i mp eri circulo serpente circulo de bt anc u ra em mim... Ê homem co isa serpente de min homem a te r ra, passados e formas de agora Ê r it mo serpente de sín copa e che i ro serpente de primeiro inglês to serpente de se r tão, Vara muito do c em cruz rac circulo rr inglês te circulo mato i mp ene cruz rá vaso e primeiro do maior eu ser.. quadrado maior união europeia uma r e za de in di ano no te mp primeiro circulo de pe dr a , quadrado maior união europeia a f aç anha do chim co maior un ista g eu r rea muito do quadrado maior união europeia pr ant ina de pi á, inglês ca serpente to ado de muito eve, fil homem circulo de primeiro a pão São e co serpente .me sm circulo e co serpente com a me sam in sis tên cia fil cruz ra dia a quadrado maior união europeia r i cruz mo serpente de sín copa e che i ro do mato maior eu Me sin to br anco, fata primeiro iza damen te um ser de min dia os quadrado união europeia muito un ca vi D ep circulo isa pá gina ro da rá se eu a quadrado u ise r ce maior ti muito u ar a cruz ra ns c r eve ro po ema quadrado união europeia é circulo quadrado união europeia nest ep r e c is circulo mo maior inglês to f a rei No fi muito al dia este po ema na pá gina se gui muito te mao ze dem g In serpente c r i ção muito uma f ot circulo g raf ia da ca vaso e rna dos imortais , e primeiro maior us homem an, cruz irada p elo cama ra dia a li ch in N as serpente om br as do sol do forte inglês p ô r espanhol vaso e jo inglês or mes pi muito he i ro serpente N uve ns c em fusas co rr em , mas se r inglês as ac ave rna dos Imortais f circulo i c riad a pe la nat ur e za; Beleza in fi muito da se inglês c em cruz ra em cu mes pe rigo serpente os En cruz re par inglês te sis Mi primeiro circulo it circulo c inglês cruz os e no vaso inglês ta e cruz r espanhol a mi primeiro no vaso e c inglês cruz os e set inglês ta e se is inglês cruz re par inglês te sis.

Rija a vossa festa, assim davam conta as letras dos jornais!
Ah menino dos imortais, penso que será brevemente mortal!
Quantas vezes já vos chamei a atenção, a esse trio ou quadrado de ataque em remoto de play station das negritude várias!

o menino do gato mao, assim agora o espirito me desvelou, e uma outra frase nele ouvida, misteriosa em seu contexto, já tinham o plano desenhado, e depois não tiveram tempo de o alterar, agora abrindo o blog, me aparecia um com o nome risco calculado, deve ser irónico a atender ao resultado



Aqui fica o link de mais esta carta de amor que pelo ar me chegou e que pela faca assim se desvelou

Aqui fi ca o li muito k de maior si do est ac art a de am or q ue p elo ar me che g o ue q ue pe la f ac a as si m se d es v e lou

http://news.yahoo.com/s/ap/20080512/ap_on_re_as/china_earthquake


e vaso homem do circulo do s emi circulo