sábado, outubro 03, 2009

O único elemento do puzzle, que é visível de fora na imagem em vídeo da bota, tem como disse dois semi arcos, só sendo um visível, ou seja um desvelado e outro oculto que se unem entre si, pelo desenho da própria peça, e reparai que nas imagens do fim da segunda parte do vídeo, a câmara por ter ficado em tele, desvela uma relaçao entre peixes, em posições contrarias, um conflito, e o dizeres da t shirt, vao se alterando pela posição, obtendo assim uma precisão complementar pelo que a palavra vai narrando, e ainda no momento em que me levanto, procurando as tais fotos da zita do genérico do pop off, se desvela um outro semi arco, o do canapé, tendo por detrás um pedaço do florão, que é do móvel ingles, onde se desvelaram os fios relativos ao semi arco, desde a primeira imagem que veio da cimeira da casa das nações, e dos fios recentes e antigos da boca do metro e do dentes, da mandíbula, que passaram tambem pelo ps, pelo que se diz levar as vestes de primeiro ministro, nas imagens que referencio de um outro cio encenado com base no que viram de meus passos em véspera, feito tambem no dn, nas véspera das eleições

O único el lem n to do pi uz zorro leque, es, é v isi vaso do el de for ana ima ge made ria em v id é circulo , o da bota, te mc omo di ss e do is s emi , can tora dos tubarões, arcos, cruz , ub bar a oe es, s ó s en do um v isi vaso do el, o vaso use seja um d es vela do e outro do circulo do oculto culto, q ue se un em en t re si, p elo d es en h o da por rp ria p eça, e r epa da rai, q ue nas ima ge en dd do circulo do fi made ria da se gun da p arte do video, a ca mr a por teresa rf fi cado em tele, d es vela uma da relaçao, en t re pei x e zorro ze em posi sec sic ç o es c on t rai as, um c on fl it o, e o di ze r es da t sh irt, vaso se al t rando p el a posi sic sao, ob t en do ass im uma por cisa o co mp lem en tar p elo q ue a pal av ra vaso rav primeira do is na rr ando, e a inda no meo men to em q ue me l eva van to, pro roc cura ando as tais, br, fotos da zita do g en rico do po p o ff, se d es vela, um outro s emi can tora do arco, o do c ana ape, t en do por det ra serpente rn de um peda ç o d o flor p rie ie mr ia ad o circulo, q ue é do m ove l ingles, onda da se d es vela aram os fi os r el a t iv os ao s emi can tora arco, de sd e a prime ira rai ima ge made ria q ue da eve do veio da cimeira do ac asa das naço es, e dos fi os rec en t es e ant ti g o sd da primeira da boca do metro e dos dentes, da man di da bula, q ue p ass ram t am tambem p elo ps, p elo q ue se di ze l eva ra serpente vaso de estes de prime rio mini t ro, n as ima ge ns q ue ref fr ren cio de um outro cio en cena ado com base no q ue vaso do iram de me us p ass os em vaso es pera, feito t am tambem no dn, na s vaso do es pera das el ei circulo cortez do circulo do oe espanhol

E recordando a todos que o florão, fora abordado em sua forma simbólica como sendo uma mascara , do diabo, em linhas antigas aqui no livro da vida, e que se bem o virem de perfil, não deixa ele de trazer uma semelhança pelo grande nariz com o próprio pinóquio

E record ad dn do a todos q ue o flor a o, for a ab o r dado em s u forma s im bo lica com o s en do uma mas cara , a do diabo, em linhas anto do dog do gás a qui no do ino do l iv roda v id a, e q ue se b emo ov ire made ria de per rf fil, n cão de ix a el e de t ra ze rato, ps, uma s emel homem da ança da p elo g rande, nariz com do circulo do próprio pinóquio, ou seja do circulo do próprio socrates, pim o qi do io, o que mente, ou seja do circulo do onze do mentiroso, men do tir roso, martini, mar tin ni, rosso, russia ru sis


Ora tendo as bestas do dn, depois de em minha casa terem entrado, e visto a mudança da posição do boneco, logo encenaram, a tal imagem com o socrates, ps sd, e o capucho, psd , lado a lado, sentado num banco do que parece um eléctrico, imagem que comentei em palavra orada aqui

O rat en do as bestas do dn, d ep o is de em min home da prime ria da primeira da cass teresa rem en t ra ad o, e vi st o a mu da dança da posi sic sao do b one co, l ogo en cena aram, a tali ima mage az mc om o soc das secretas, rato, eta serpente do ero do ps sd, e o c ap da mota, o vaso do beijo invertido, cho, psd , lado al ado, s en t ad o nu primeiro do banco, do q ue pa rece um el e t ric o, ima ge made ria q ue co men tei ie em p la vara o ra da primeira do qui aqui

Olho então a prateleira outra vez para perceber descrevendo , os elementos que se dispõem entre os dois e que portanto correspondem a fios que de alguma forma o ligam e que tambem terao que ter estado, dentro da operação simbólica que as bestas fizeram, de alguma forma reflectidos, e sendo ainda que este passe com o conluio dos que se dizem altos dignatários desta nação, com responsabilidade na justiça, provocou ainda mais uma desgraça, para alem do tsunami em samoa, as chuvas em espanha, e as chuvas na sicilia, que curiosamente é o local, da t shirt que trago na conversa em vídeo, a fazer mais uma vez prova do que acabei de afirmar, o facto de esta operação simbólica, ter sido feita em parte com elementos da minha casa

Ou seja feito por uma pie

O l ho en tao a pr a tele da ira outra vez, para per rc cebe rato, ps, d es c r eve made ria do os dos elementos, quadrado da ue da se da sed da di da sp pome, maça fr, entre os dois, e q ue porta anto co rr ep ponde ema primeiro dos fi do os, q ue de al g uam forma circulo liga gata am , e q ue eta tam am tambem terao, iram, q ue teresa estado, d en t ro da opera aço es s im bo lica q ue as bestas fi ze ram, de al gum da primeira forma rato ps do efe l ct ido se sed dn no a inda q ue este p asse com o c on c lui do io do s q ue se di ze m al t os di gn a tar io s de sta naco são es, com r es ponsa bil idade na justiça, por vaso do circulo co ua inda mais uam d es graça, para al lem do ts un ami em sam circulo da primeira , às das chuvas em m es p anha, e as c h uva s na sic cilia, q ue cu ri os sam am que mente é o l ocal, da t sh irt q ue t ra ho na c on versa em v id é circulo, a f az e rat maís uma vez, por vaso da ad do circulo do onze do que aca bei de a fi rato do omar mar, o f ac to da ode e sta opera rac es coa, s im bo lica, teresa s id o feita em p arte com dos elementos da min home da primeira do circulo da asa da casa

continua...

Sem comentários: