segunda-feira, novembro 16, 2009

Ah doce senhora de meu coraçao

imenso este amor que nos trás unido

sabes, aqui onde estou à tua espera, pela tarde, a cada vez que publiquei o céu mudou

primeiro a chuva
depois o sol
depois de novo a chuva

eu quando acabei, saí para a rua perguntando ao céu, o porquê
se alguma das minhas palavras te teria assim tanto preocupado ou entrestecido

me disse entao o espirito ser do amor pela primeira que fora espetada

depois, entrei numa tabacaria que não trago o habito de entrar, comprar minhas cigarretes
e de repente dei com a bela katie numa capa que falava de ouro, ali estava ela, feita bela a meu olhar, olhar carregado de paixao, como a nossa, minha amada

ainda não te contei, contar é sempre bom, melhor seria sempre muito te beijar e festejar com minhas maos e meus lábios ao perto pertinho, conversando em todos os intervalos, este fim de semana pela noite as pombas me apareceram no jardim, e me mostraram uma indicaçao, onde estarias , com uma clara correpondencia, e um enigma, daqueles pequeninos que ao momento decifrei, a casa da esquina da av de ninguens, com quatro luzes em quadrado em cima iluminadas, depois ao fundo do muro de berlin, assim era a linha, ou seja , ali pelas bandas do calvário, mas sabes tu que eu te aguardo sempre , serno, como cereno pode ser esta estranha e tão forte paixão que nos une e trás unidos

beijos mil mais um

as fotos começam pela ultima, sendo aqui a ultima uma que entrou em texto anterior para que assim todos tenham presentes a sequencia de todas as fotos, sendo portanto esta, a do parafuso que confirmou a relaçao com a cruz em roma, a seguinte a esta sequencia que tem a ver com o que este texto descreve


as f oto sc om me c am espanhol, p el primera do vaso primerio tim ima, s en dó, primeira do ki aqui, uma q ue en cruz ro vaso em texto ante do ior, costa, para q ue ass si em todos, ten ham am, pr es en t es , primeira sec ue en cia de todas as f oto ss en dó, porta ant circulo desta e sta, ad do ado do parafuso, q ue c on fi rato ps mo ua da relaçao, tribunal, com da primeria do ac da cruz em roma, primeira se gui inte , primeira e sta serpenet ra sec ue en cia q ue cruz ema ane rato rc circulo do om do omo do q ue de este , te x antonio, o quadrado es sc rato ps eve, nata al natal












o local onde estva o E feito com pó de baratas










Terceira parte da carta a minha amada

terceira p da arte da carat, car do rato am min hi do homem am em homem da pr ie emi ra am ad primeira

na verdade o espirito me disse uns períodos acima que estava gravida de mim, o que é sempe coisa boa, na verdade, olhava os seios no que deles se via e me dizia, mas parecem-me maiores do que geralemente, se houvesse um geralmente, para isto dizer, mas dizendo o que vi sem ver, helas, l espoir et le dernie a mourir, je croix que il meure apres l´ amour , meme, e t comme l amour ne meur jamais, ...

na ave verde dade do circulo do es pi rito me di iss se uns pe iro os ac ima q ue e ts v a g r av id a de mim, o q ue e se mpe co isa bi o ana vera de, ol h ava os se io sn o q ue del es se via e me di ia, mas par cem me maio r es doque ge ra lem n te, se h o uv esse um ge r el am ene, para is to di zorro rato ps, mas di z en do o q ue vi s em vaso e rato ps, hel as, l es poir et le der ni ie a mo ur i rato aro, je c roi x qu e il me ur e ap rato ps es du amo ur , me me, e t com m me l amo u ne me ur do jamais, ... a puta do ps ex ministro

dernior dó, e um aviao alemao, usado pelos nazis, dornier dó, da dor do dornier, ou de um aviao equivalente, voo circ u l ar,

der n ior e um avia do circulo do onze do alemao, usa sado p elo s na z ia, dor n ie rato do dó, da dor dodo rn ie rato, ero vaso de um ava io ae q u iva al lente, v oo circulo cuco irc vaso do primerio da ar,

jamais é silogismo de uma outra puta do bando dos terroristas que se dizem socialistas e sao na verdade entre muitas outras coisas, pedofilos e ladroes de filhos alheios, morram, suas putas !!!!!!!!

principe da maia é silo gi sm circulo da ode de uma outra puta do bando dos terroristas que se dizem socialistas, e sao na vera e en t rem mu it às de outras co ia serepentes pn net dos pedofilos e lado dor es de fil h s o al he io s, mor ram, s eu às das putas !!!!!!!!

me lembro do E e de seu contexto gravado na laje do chão da latina europa na diogo de couto,

me le br o do E e de s eu do contexto, g rav ad dona a je da laje doca homem cao da la t ine da europa na di do circulo da gode da puta do couto,

o toiro ,figuracao da besta entrava pela janela, de aneis todos presos uns nos outros, e marcava , com seus cascos, o chão de cimento afagado à colher, entre duas linhas picadas, que desenhavan como um delta a caminhar, na direcçao da grande cortina de veludo vermelho que tapava as grossas portas de acesso ao plateau, onde estava o ciclorama de croma, ultimatte, depois de descer as respectivas escadas, em cima na porta a luz de barco de estibordo, a lanterna vermelha, o E ali estava cravado no chao , com dois dentes de metal que dele nasciam, ou seja o dente do E, onda ee, o maconico da moreia ou do padrao da moreia, como o casaco de leopardo, ou algo assim, o de dali nas fotos do special spaigne, assim estava escrito no chao, desde finais de oitenta

o toi , can tor it to circulo ,figu racao da besta, en t rato ps ava p el a jane la, de ani es todos presos, un s nós de outros, e mar circulo ava do circulo do ca ho, nata natal al , de dec cimento a fag gado a col her, com se us cascos, en t red u as l ina homem serpenet das picadas, q ue d es senha ava van como um do quadrado da eta da primeira de Caminha, na di rec sao da dag rande cortina de eve de veludo vermelho, q ue tap ava às das p ota sg rossas de ac ess circulo da primeria do circulo do cic lo, dez, rama de c roma, u l tim at te, d ep os de de sc ser às r es pe ct iva s es c ad as, em c ima na porta, cds, a l uz de barco de est ti bordo, a lan te rna ave vermelha, o E ali es tva c ra ava ad on o cha om, com do is d en t es de met al q ue del e n as sc cion mo vaso use seja do circulo do dente do E, onda ee, o maconico da dam am mor rei ia, o vaso do padrao, monumento, da moreia, com o o ca saco de leo p ard o, o ual go ass em made ria de dali nas f oto sd circulo sp e cia al spa i gn e, as si made ria est av es c rit no cha circulo, de sd e fina si id é oitenta, é o it t en cruz primeira

o parafuso da cruz do tgv italiano teve um desenvolvimento esta sexta feira na vela para sabado, nos entretantos deste longa escrita, ah senhora amada, que te ouvi por estes dias me dizer, larga os cadernos , vamos de férias, que bom seria, chega e eu entro logo de ferias em orbita perfeita, contigo, que o univero do ceu de amor é infinito, e eu te conto as estrelas baixinho ao ouvido em beijos, estava a montar as portas do armario da casa de banho, quando dei que me faltava um parafuso, calculei que entrara no cesto metalico paralelipipedo, de aluminio, que é tambem imagem das torres, equivalente pelo tipo de brilhos e cor, com a imagem da photo que aqui te descrevi em video, a da viga no ceu do gás do barril de cerveja,

o parafuso da cruz do tgv italiano da teve, televisao, um d es en v o l vi men to e sta da sexta feira , ana, jornal, na ave da vela do para do sabado, nós en t r eta ant os do quadrado de este da longa es circulo da rita, priemria do homem da s en hora am mad a, q ue te o uv ip por e t es dias, psd, me di ze rato ps, l arga o cade rato ds nós , vam serpenet da ode de ferias, q ue b om se ria da chega e eu en cruz ro do logo, de ferias em o rb bit a per rf e it a, feita, c on ti g o, q ue o uni vaso do ero do doc do circulo do eu de amo mor e do infinito, e eu, te do conto às das e ts r el as ba ix in hi do io da priemria do circulo do uv id o em bei j os, e stav primeira do montar, às do portas, do ar mario da cas de ban ho, qua ando do quadrado ei, q ue me fata ava primeiro parafuso, cal cu lei q ue en t rato ps da ara no set do circulo do metalico para le l ip pipe pedo dd, de al lu mini io do circulo, q ue é eta tam am tambem ima ge made ria da s tor es, e q u iva al lente p elo cruz do ip da pode br ilo se cor com da primeira imagem da ph oto, q ue da priemira do ki aqui, te d es sc r eve rei em vaso id, é circulo, da viga no c eu do dog do gás do gato rito dio bar rato ps ie el de cv e rato do ove do veja, br

amor infinito, me fez lembrar que antes de afastar o movel, o quadro da madredeus no japao, que ali est em cima, caíra, e se enfiara atrás do movel, talvez tenha sido isto que me levou depois a afasta-lo e dar com o estranho,`E, feito em pó de baratas

amo mor do rin do infinito, in fi em to, me de fez lem br ara q ue ant es de a f as star circulo do omo do m ove el, elo do quadro da mad rato ps do quadrado espanhol no do japao, q ue al ie est em c ima, ca ira, e se en fia rat da cruz do ra sd om omo ov el, t alvez t en a s id o is antonio toque me l evo vaso d ep o isa a f as sta do bra do ra primerio di circulo dez e do quadrado da ar com do circulo do est rato do anho `E ,feito, em pode das baratas, bar das ratas

assim tirei a roupa toda que ficou como uma montanha branca, de novo a imagem da montanha, e lá o encontrei no fim e assim o pus na dobradica, exactamente , a que a moreira sili cona da fischer, e a aranha me mostrara ser a relacionada com o parafuso da cruz teve, italiano, com boi do io italiano, o parafuso e ele mesmo uma cruz, ou seja philips, e me lembrei do canalizador quando agora cá esteve, de às paginas tantas me ter pedido um pano seco e ter deitado as maos por um instante a tampa do cesto, como se fosse agarrar um camisa que lá estava para pano, bem sei que a minha roupa é poupadinha, mas daí a ser panos de chao ainda vai alguma distancia, e aquele seu gesto me ficara na memoria, relembrei entao uma linha da conversa dele, um casa assaltada de um rapaz que passa metade do ano no congo de onde tinham levado dente de mafins e coisas assim africanas, e até as torneiras,

ass si em tieri, primeira da ro upa toda, q ue fi co vaso c omo, uma montanha bna aca, de en ovo, primeira ima ge made ria da montanha, e la circulo en c on t rino ino fi me ass imo dos pus, na dobra da dica, jornal, e x aca te mn te , a priemira q ue da priemria moe rato ps eri, primeira da sili cona da fischer, é primeria aranha ham am da me mo st rato ps ara, ser a relacionada com do circulo do onze do parafuso da cruz teve, it al ian io, com do boi do io italiano, o parafuso e ele mesmo, uma cruz, o use seja ph il ip ps, e me lem brie, queijo, do c ana l iza dor qua anda da primeria do gato da ota ca da es teve de às pa gina s t anta sm me teresa rp ped id o dido, um p ano sec oe cruz red e it ad o às das maos por do primeiro, ins t ante primeira tampa do doc set serpenet ot, com o se do fosse, primeira garra ar, um ca am misa q ue de la eta av para da p ano, b em s ei q ue primeira min h da primeira ro vaso do circulo da primeira, é poupa din homem da primeira, mas da ia ser p ano sd e ca homem da primeira do circulo cao, primeria inda ava vaso ia al gum da priemira da ad di st an cia, é aquele s eu g es tome fi cara na me mr o ia, r el lele br ei en tao, uma l ina hd da primeira c on verde, adele, um cas ass la cruz ad ad e um ra p az q ue p asa met ad e do ano do no congo deo da onda tinha ham am l eva ado do circulo do dente de ema fi nse co ia s as si em a fi rc ana seat e às das torne das ira da sd ds serpente

olhei de novo os video de dia um de outubro aqui publicados, e neles em forma rapida assim li

o primeiro homem do ei de en ovo os v id é circulo de dia um de outubro, a qui pub lic cado se nel es em forma ra pida ass em li

na primeira parte cujo titulo diz, ip da arte de sabado, saturday nigth, or saturday fever, i just, coluna do just agencia de modelos, swan, cisne das noticias no segundo canal, da portu guese tele vi de sion, anda rato, ps, serpente mg oing, boing, to speak, easy, ab circulo vaso t ia primeira f e duplo vaso da c ru wings, segundo delta do word, pala av ra, bec au use primeira coluna homem ave, al lot, circulo do ft, h ing s to w rite , ab circulo do vaso da cruz, la st vi sion, cruz home hat primeira coluna show to all, in image aro un square, cruz hi is ph oto special spaigne, spa gn ne, sp e cia la al, wi id di is vaso ery c lea ar in the spaine sam am me links, bruxa, aret not, we ll, in the s en se trident,m co mp le ted, i id do it anda cruz ham t he ne al s o ot her s d eve lope pem men ts, circulo f co urse, f o ll ing t hat lin k s, s om me, ot her image , circulo rato p art o f ima g es, a pp pe ar her e, in t he space, sap spa ac e , w her e, i do ing t hi s re ser sea arch, w ho is mirror, jornal, ina w a deo delta, ab ad and al serpente circulo c onne nec mul ti sync, towers, t he f allen duplo vaso, towers, in ne ws yorque, m but, i will s art w it homem a fe w de eat e ls, ab o u cruz, ot her, links circulo rato guide l ines, fr on t hi s story, t hat, vec au use i home ave not, pat ti en ce, to right, da direita, asa sa y, bef o re, i mu st f ini shed the te x t, ab o u t spain, and t he conti nu ed dt he anal ise circulo ft he ph oto s wich, he re on the fl oo rato at te time, jornal, t he the tn r d sed dd arrived, and roll an show, the connection, bee bet w en all t hi s story, t hat ar e in difer ren t, a6, es, a ll ar aro un sqaure, the sam e decade, decada, empresa, dec ad e, si is pp os se and wich, i al s o sa y t hat ar e s om me miss sing not es, wich, w as the relation, r eva ti on bee t he m all t hi s pie c es o ft , he sam e st o rey, ad ra ft o ft, he maga z ine, it se l f in the fl oo rato ps at the time, , t hat the third sed dd ro o ll, i will g ob ba ac ck to quinta feira, jornal

na pi rata de mira, local, l ocal, p arte cu jo ti u cruz dez primeiro do circulo di zorro do ip da arte de sa ab ad o, sata rda delta ni homem cruz da cruz do circulo do rato da saturday fever, i just, co vaso luna do just agencia de node dos modelos da swan am cisne das noticias no segundo canal, da portu guese tele vision, anda e ise serpente mg oing, boing,do macaco, to speak, easy, ab circulo vaso da ot da cruz do ia da primeira f e duplo onze circulo da ova do vaso da do ac circulo da ru wings, segundo delta do word, pala av ra, bec au use primeira coluna homem ave, al lot, circulo do ft, h ing s to w rite , ab circulo do vaso da cruz, la st vi sion, cruz home hat da primeira coluna do ,show to all, in image aro un square, cruz hi is ph oto special spaigne, spa gn ne, sp e cia la al, wi id di is vaso e rato ps delta circulo do ac da lea da ar, in the spa ine sam am me dos link kapa serpente da bruxa do aret not, we ll, in the serpente da en se do trident, mc co do mp le ted, di é id do it da anda da cruz do ham da cruz do he ne al serpente circulo da ot her sd evedo lope de pem , men ts, circulo f co do urse, f do circulo do ll ing gt cruz hat lin kapa serpente, serpente do om da me da ot her rim da image , circulo do rato top da tp da art do circulo do f ima gat es, primeira do pp, do pe da ar her e, int cruz he da space, sap spa ac e , duplo vaso da her ei id dó ingles gt curz da hi, serpente da re ser sea arch, w ho is mirror, jornal, ina duplo vaso da primeira do deo do delta, ab ad and al serpente circulo duplo di one on ne do nec mul ti sy n c, towers, cruz he f allen duplo vaso, towers, in ne ws yorque, maior but, ti do will serpente da art do duplo vaso da it do homem da priemira da fe do duplo vaso de eat e primeiro serpente, ab circulo do vaso da cruz, ot her, links do circulo rato guide primeiro da ines, fr on cruz, hi serpente story, cruz hat, vaso e circulo au use ei e home da ave do not, pat ti en ce, to right, da direita, asa sa de delta, bef circulo do rei em mu st do fi ni da shed dt the te x t, ab o u t spain, and t he conti nu ed dt he anal ise circulo ft he ph oto s wich, he re on the fl oo rato at te time, jornal, cruz he the tn rat ps quadrado da sed dd, ar r ive ed, and roll an show, the connection, bee bet do duplo vaso da en all t hi serpente story, cruz hat ar e in difer ren t, a6, es, a ll ar aro un sqaure, the sam e decade, decada, empresa, dec ad e, si is pp os se and wich, i al s o sa y t hat ar e s om me miss sing not es, wich, duplo vaso do às the relation, rato ps eva ti on bee , cruz he made ria da all, cruz hi s pie circulo do es do circulo ft , he sam e st circulo do rey, ad ra ft do circulo do ft, he maga zorro da ine, it se primeiro do fi em cruz he for mula one da di do duplo circ ulo do rato ps at the time, cruz hat the third sed dd do ro do circulo do ll, e will gato do ob ba ac ck do to de quinta feira, jornal

na imagem, se ve figurado na aba de meu casaco, uma faca, espada curva arabe, da asa da gaivota , negro, com dente um corno do toiro negro da fortaleza, depois a figura se estiliza como um pingente em cores negras e vermelhas, como o cento e quinze do paracleto do mestre lima de freitas, ac rato ilcom s ob re tela de noventa e um, onde de novo a montanha esta figurada na paisagem, com um arco iris em cruz, ao lado do mesageiro quinhentos e quinze,

na ima ge ma sd we, se eve figu rato do ado na aba de me vaso do ca di do saco, rose eta, primeiro da faca ep da pada da curva arabe, da asa da gai vaso da ota, jamais, negro, com n de en cruz ra um do corno do toiro negro da for a tele za, do quadrado da ep oi isa primeira do figu ur ra da se da ase do est tili iza, joão com o um pin g en te em cor rato ps es negras e eve vermelhas, c omo do circulo do cento e quin ze do para rac da dag e to do met re lima de fr e it as, ac rato ie el com serpente do ob re da tela de noventa e um, onda de en ovo da primeira montanha, e sta figu ra ad dn a pa isa sage mc om um do arco iris, em cruz, aol lado do mesa geiro quin homem do en to ze, o quin ze,

depois o texto do video, continua em portugues e fala da loja paquistaneza, up load, caso da ele eva sao dez ada, primeiro do circulo, advogado icam pedro berham, iss, ics, noventa e oito, na relaidade, oadvogado de que falo nao e este, mas um outro que me pareceu ver numa brevissima imagem de seguida na tv, numa sala onde os engenheiros falavam da necessidade de fazer um guiao para obras publicas no pais e onde por detras do orador, li , o independente mente, ou seja, a puta do independente mente, sem especificar qual delas mente, em dia mais recente apareceu o paulo portas com uma enigmatica declaracao, que fora ameacado, e que nao gostavam de o ser, como insinuando que responderam de alguma forma, o pseudo contexto era o governo do socrates, mas nao deixou ali se desvelar um perfume da assinatura da morte, morte dos soldados na amercia, cuja linha ainda continou ontem num pseudo acidente em espanha, na catalunha, onde os nomes de alguns bandidos do ex governo e do ps, eram claros como agua, em espelho perfeito, lá irei mais adiante, e me relembrei que o encontro, com esse tal advogado de barbudo no tal ninho das aguias, o escritorio onde a reuniao se dera, nao era o dele, era o do jose carlos oliveira, o realizador, que fica exctamente no predio do tal restaurante, noventa oito trafico de influencias, entre partidos



d ep o is do circulo da norma, do t e x to fc on tin ua em portu gi ie es e fla da loja paqui st ane za, vaso da p lo da ad, caso da el e da eva sao dez ada, prim miro do circulo, ad vaso do circulo do gado do icam pedro be rato do ham da manha do iss, ics, em noventa e oito, na re la id ad deo do circulo do advogado, deque europeu do falo n cao e este, ma serente de outro, roque, q ue me par rece eu vaso e rato numa br eve iss sima ima da ima ge mna tv, numa da sala, rr, onda os en ge mn he iros f al ava vam am da necessidade, mne, de f az e rato piratado primeiro guia, circulo do para das ob ras publica serente do no do país, tvi, e onda por det ra sd do circulo do orador, li , o inde ep dente do mente, o vaso use seja da puta do indep dente que mente, se made ria es pe cif focar foca car ar , quadrado da ual del às que mente, em dia maí, fr rec en te, ap par rece vaso do circulo do paulo portas, com de uma eni gm primeria tica dec lara racao, q ue da forma am e ac cado seq ue n cao g os t ava vam am deo ser, c omo in sin ua ando q ue r es ponde der ram de al gum da primeria forma, o ps eu dó contexto, e ra do dog do circulo do governo do socrates, mas n cao de ix vaso do xo da ua li, ise se d es vela ar , um do per rf um med da priemira as sin da primeira tura da do ano da n orte, morte do s sol dado s na am mer e rcia, cu j da priemira da al da linha da primeira inda conti no do vaso deon te num ps eu dó do acide dente em espanha, na cat al unha, onda os no me sd e al gus sn dos bandidos do e x gi iv e rato do no e do ps, e ram ca l rosco omo da agua, la ire rei ei maís, fr, ad diante, e me r el em br ei q ue do circulo do encontro com esse, cobra, cruz al do ad vaso do circulo do gado de barbudo, no t al ni em ho das aguias, circulo do es c rito rio, onda da primeria da reuniao, sed der da primeira, n cao era do circulo dele, e ra do jose carlos oliveira, circulo do realizador, q ue fi ca e x cata em n te no predio dot al restaurante, noventa oito t ra fi co de in flu en cia s, en cruz re

continua....
ao que parece o bandido do supremo assina a sua propria sentença de corrupto, se determinar o arquivamento e destruiçao das escutas telefonicas do bandido mor fora da lei e cobridor de pedofilos que trás o nome de socrates

primeira do circulo do q ue do circulo do bandido do supremo, ass ina , primeira serpente ua s en teca espanhola, madeira, ilha, ilha, espanhola, dec cor rr up pt circulo , sed det teresa mina ar aro arque iva vam am do men antonio, e quadrado es cruz rui sao, das espanholas cu t as das telefonica, pt espanhola, do gbandido mor for ad da primeira da lei, e co ob br id dor de pedo filo serpente do q ue cruz ra acento serpente circulo nbo no me de soc rat espanhol, o pierre, o piro do socrates

e a corrupto que se diz ser procurador da republica, e que serve poderes diversos e nunca a lei, faz tambem clara prova, de como nao é só corrupto como os cobre pelas proprias palavras e escrita

e primeira do corrupto, cor rup pt circulo, q ue sed di zprrp ser pro cura dor da rep pub ub lic da primeria, e q ue ser vaso, e, pode der serpente sd di versos e no un ca , primeira al lei ei, f az tam am tambem clara, por da ova, dec omo n cao é, serpente acento ema nu de elle, do corrupto, com os dos cobre, c ob vaso br e , das comunicaçoes, p el as pro pr ia serpente spa pala av vaso ra se es circulo da rita

pois seu dizer na capa do expresso, é totalmente contrario ao que ele escreveu no comunicado oficial da procuradoria,

p o is s eu di ze raro rna na capa, do e x press circulo, cruz é tota al le lem tec on cruz ra rio, porto, primeira do circulo q ue dele, es c rato ps e veu europeu no do co do muni do cado, br, oficial da procuradoria. circulo uk primeiro fi c al da ap pro roc ira ad dor do ia

pois na capa da ediçao deste fim de semna diz que para tranquilizar as coisas, por ele tornaria publicas as gravaçoes, e no comunicado publicado na ediçao do dn, ele, no parecer que enviou como procurador ao supremo, sobre o mesmo assunto, as considera sem relevancia e nao merecedoras de abertura de inquerito de tao grande crime, como o juiz quer as analisou , assim tirou suas conclusoes.

p o is na capa, da e di sao, do quadrado de este fi made ria de se mna, di zorro q ue para cruz ran quadrado liza ar as co ia serpente, por ele torn aria publica, às das gravaçoes, e no co muni do cado pub lic ad circulo na di sao do dn, ele no par recer q ue do envio, vaso com porro roc cura ad dor rato primeira do circulo do supremo, s ob br reo om me sm circulo ass sun antonio, as co nsi id der primeria ase sw em rato el eva van cia e n cao mer rec e dor as de ab berto ur primeia do inc q ue rito, de tao g rande c rime do circulo omo do circulo do juiz, q ue rato as anal lis circulo do vaso ass si maderia tiro vaso s ua as c on c lu us s oe espanhol kapa

aliás o comunicado dele, desvela toda a manha, e de como é um mentiroso, pois ali por sua mão , tenta assim diminuir a sua importancia, ao referir que sao poucoas as relativas ao primeiro ministro, como se a quantidade tivesse alguma coisa a ver com a importancia do que lá está

al li às circulo do com muni do cado, o dele, do quadrado da espanhola vela, toda da primeira manha, e dec omo é primeiro mentiroso, men do tir rosso, p o is al ip por s ia sua mao, t en cruz primeira ass si em di dim,nu ira s ua im porr«ta tan cia, primeira do circulo refer e ratp ps, q ue sao p circulo vaso coas às rato ps, primeira das cruzes iva ao primeiro mini sr ro, com circulo sea primeira da qua ant id ad e det uv cobra, al gum ac co isa primeira ave do rato ps, com da primeira im porta tanc ia doque primeira acento da primeira e sata sta acento

se destruirem as ditas, provam os dois que estão a cobrir o primeiro ministro e seram assim alvo de acusaçao em tribunal europeu

se sed est rui ire made ria às das sadomasoquistas, por vam os dos dois, q ue est tão, primeira ac aco ob br e rato do circulo do onze do primeiro ministro, e se ram ass si em alvo de ac cu da acusaçao, usa sao da minha acusaçao, a puta que me acusou , em tribunal europeu

.....

uma rectificaçao, o simbolo da galinha que aparece na foto ontem publicado , nao é relativo as eleiçoes no irao, mas sim no afagnistao

uma rec tif fi cação caa , circulo do s im b olo da dag gal l ina home q ue ap par rec en primeira f oto, on te mp ub lic ad circulo, n cao é rato ps el a cruz ivo às das eleiçoes no irao, maior ass si em mno a fag gn ista circulo

....

na tarde em que ia publicar o video do spot que tem uma chave da queda das torres, o das tendencias, onde se vem os dois falos à volta da modelo, ia pensando que predios sao aqueles, quando em meus passos, vi numa revista de social, uma capa onde numa fachada de um prédio se via a mesma estrutura que tambem remete para uma antiga imagem de uma photo aqui abordada em tempo, de um hotel na america,

na cruz arde em q ue do ia do pub lic da ar da ara da ar circulo do ov , id é circulo do spot, tvi, q ue te made ria de uma do circulo hoem ave da queda das torre, o das tendencias, onda se eeve em emo os dos dois falos, al lis, à volta do modelo, ia pen sand circulo q ue predios sao au eels, qua ando em me us passos, vi numa da revista rata terceira vasio ista, de soci al , uma da capa onda numa faca homam ad da primeira de primeiro prédio, da se da via , a mesma est tu tura, que e eta tam am tambem, reme te para uma ina de toga ima ge made ria da , e um, da ph oto primeria do ki aqui ab bora ad da primeira em te mp ps circulo, de um homem do circulo da tel na america,

no prédio onde aparentemente mora a teresa guilherme, ou seja relaçao com o brasil, e tvi

no pr é quadrado do io da onda , ap par ren rene net da mora, primeira da teresa do guiherme, fr, circulo do vaso use seja da relaçao com circulo do brasil, e da tvi, a mora da teresa do gui da herme, a primeira que dele, a que mente, puta que a pariu, puta q ue da primeira do pari vaso, ap da posta de paris