domingo, dezembro 06, 2009


Pela Palavra orada, a puta interpelada, é o cabrao de terrorista mor e pedofilo socrates e pela colagem com a anterior, o ministro das finanças, teixeira dos santos, a fazer prova das manhas da encenaçao que acabara de desmistificar em texto em dia anteior, sobre a imagem dele sentado a um balcao de finanças como se fosse pagar suas dividas, pois que o faça !!!


P el a P al av ra o rato ps ad da primeria , primeira puta inter rp el ad a, é o cabro de te rr ori st amo mor e pedo da filo do socrates, e p el a c ola lage ge mc oma ante rato do ior, antonio costa, circulo do ministro das finanças, te ix ie ra dos santos, a f az e rp pro da ova das manhas da en c en ç a q ue aca bar ad e d es mi s ti fi car em te x t ode do dia, ante rato do iro, s ob rea da nova imagem, d el e sena td circulo da primeira da a um, bal do cao de finanças, c omo se os se fosse, p a gata da ar s ua s d di iv id as, p o is q ue o f aç cortez aca primeria das tres serpentes etas c rav ad as na tera, br, !!!



Continuaçao

.

..

pois

nao

vos

fiz

eu

a

prova

..

.

pn v f e a p

pa e f v n p

s os z ua a

a au z s os

p o is n cao vaso os fi zorro ze europeu primeira a ap da p pro da ova

.

..

nao

vos

mostrei

e

marca

na

carne

..

.

nv me m n c

cn m e m v n

os ie aa e

e aa ei iso

n cao vaso os mo st rei e ma rca marca na car arne ne

.

..

quando

usando

o

estado

para

fim

de

tramoia

contra

a

minha

empresa

contras

as

minhas

empresas

em

sentido

lato

deste

dizer


..

.

q u o e p f d t c a m e c a m e es l dd

dd dl s e em a c e ma c t d f p e o u q

qua anda do circulo usa sand circulo, usa ar reia, circulo do estado, para fi made ira de t ram am mo do ia io, contra primeria am min home da pr ie mr ia em mp presa contra sas, mi homem às mpresa em s en t id circulo do quadrado de ests di ze rato


..

.

quando

por

exemplo

e

chaga

vivida

usaram

contra

a

empresa

o

tribunal

administrativo


..

.

q p e e cv u cae é ot ad

a t o e a c u v c e ep qua

o r oe a a m a aa a o l o

qua anda do por , é x em mp dez primeiro do circulo, é cha g a, da chaga, vaso iv id da primeria usa sara ram am contra, primeira em mp pr es , primeria do circulo do tribunal, ad mini st tat rat ivo tv do io

.

..


condenou

a

latina

europa

a

pagar

em

parte

ao

estado

com

a

agravante

de

cumplicidade

com

a

que

a

empresa

roubou

..

.


cale ap e p a e caa a dc cc cca qa é rato

conde en o ua l a t ina da ave sic primeria da europa, ap a g ar em p arte

a o estado com da primeira g ra ava van tede cu mp li cidade com

da primeria aqui q ue da primeria

e mp r es aro ub o u

.

..


depois

protegida

pela

fnac

aqui

que

a

acolheu

..

.


d p p f a q a a

aa q a f fp pp e ppd

quadrado ep o is pro te gid ap el primeira da fnac, fn ac primeira do ki aqui, q ue primeira ao ac aco co primeiro do homem europeu

.

..


esta

é

prova

capital

de

que

nao

se

coibaram

aqui

como

em

outra

ocasioes

de

usar

o

estado

e

organismos

do

estado


..

.

e é p c d q n sc ac ceo o d u oe é o de

é sta é pro da ova da capital, tvi, deque n cao da se c o i bar aram

a do qui, c omo emo de outra , o ca sio es de usa aro ar estado, é

o rato ps gata ani sm os do estado

..

.


com

a

agravante

de

aqui

serem

de

justiça

e

de

os

usarem

contra

um

cidadão

..

.

caa d a s d j e d o u c u c

c u c u o d e j d s ad a ac

com da primeira , primeira fara gata ra av b te rea , deque da primeria do ki aqui , se rem de just iac ac cortez, justiça é de os isa ar rem contra, um da sida do dão

.

..

o

que

prefigura

uma

outra

moldura

penal

relativa

ao

crime

de

acusaçao

..

.

o q p u o m d p r a c d a

circulo quadrado da ue pre figo ur primeira, uam outra mol dura, quadrado ur primeira, pena , sintra, pen da al, ns, rato ps el de la cruz do iva, prime rio do circulo rime de ac cu ac sao da acusaçao , teresa rr is mo de est ad circulo , ac actos de terrorismo, em b ene fi do cio do io por p do rio, e oe de outros

.

..


e

por

consequencia

todos

os

que

os

cobrem

a

quem

assim

age

agem

em

cumplicidade

de

terrorismo

de

estado

contra

um

cidadao

..

.

e o c t o c o c a q a a a e c d t d e c u c

é ep do por co nse sec q ue en cia todos os , q ue do os co br rem ema primeira do que em

as si em

a ge, a ge me mc um p li cida dade, de, te rr ori sm ode do estado, contra, um da cida do dao


ontem ao voltar a casa depois de me ter cruzado com os dois ciclistas ali no largo jose figueiredo, ou seja do comandante da marinha, pai da puta que me tras o filho roubado, me pareceu ver num carro que vinha na estrada, uma das puta aqui acabada em parte deste texto anterior, convocada, a plar homem de melo


...

on te ema mao, ml, v o l tar priemria do ac casa, d ep o is de me teresa rc do cruzado com os dos dois cic l ista s a l ino l argo do jose figueiredo, o use seja do comandante da ma rinha, pai da puta q ue met ra s o fil h o ro ub ad o, me par rece uve rn um carro q ue da vinha na est r ad a, uma das serpenets da puta, a qui aca ba ad a em p arte d este te x to ante raro do aro do ior, c on v o c ad a, a p l ar do home de melo, cds, e br

.

...

.


e

prova

isto

e

faz

isto

calro

retracto

de

como

é

grande

e

real

o

uso

e

abuso

do

aparelho

do

estado

e

do

peso

dos

corruptos

no

corpo

comum

a

que

chamamos

comum

..

.

e

prova

isto

e

faz

isto

calro

retracto

de

como

é

grande

e

real

o

uso

e

abuso

do

aparelho

do

estado

e

do

peso

dos

corruptos

no

corpo

comum

a

que

chamamos

comum


e p i e f i c r d c é g e r o u e ad a d e e d p d c n c c a q cc


é ep da por da ova is to , é f az is to c al ro rato e cruz rac ac acto de dec omo é gato rande , e real, rea al, circulo us iso, é ab us circulo do abuso, o do aparelho, o do estado, é dó peso d os corruptos, no corp o com um a q ue c ha m amo s c om primeiro

.

..


paulo

portas

preferiu

recentemente

declaraçao

de

que

tinham

sido

ameaçados

..

.

pp pr d d q t s a



paulo portas pr efe rio vaso rec en te me net da cruz dec lara raçao, russia, deque tinha ham da manha, s id circulo am me aça ad os

.

..

o

subentendido

claro

fora

como

dizendo

que

nós

eles

tinham

reagido

a

uma

ameaça


..

.

os c f c d q n e t r a u a

circulo serpente ub b en t en dido id circulo, circulo do primeiro aro for da priemriado ac omo da di zen do q ue nós, tinha do ham da manha rea gido , primeira a uma am me ac aca espanhola

.

..

eventualmente

com

um

ataque

sem

dizer

a

quem

a

quê

com

que

custo

com

que

justificaçao

..

.

e cu a s d a qa q c q cc q j

eve en tua al le lam mn te c om, primeiro ataque, serpente em di ze rato, primeria q ue ema

q do vaso do ê, com q ue cu s t o c o m, q ue ju s ti fi caçao

.

..

uma

matança

ao

longe

se

pressume

à

ausencia

de

claro

e

complementar

dizer

..

.

u ml a l s p à ad c e cd

uam mat anca espanhola primerio do acento da primeria , primeira do circulo do l on g e, se pr es prmeiro me acento da primeira aiu use s en cia dec primerio aro é co mp lem men tar da crz da ar di ze rato ps

.

..

.

...

.

neste ponto desta escrita pela mao, ouvi, entao, que o cassoro, era o detoandor , tnt, es g oto s , circulo goa, ou seja india


nest é ponto de sta espanhola circulo da rita, p el la lam lama mao, circulo uv vi cente, en tao, q ue do circulo do c ass soro, e ra circulo do det to do andor, tnt, espanhol sg gato oto serpente do circulo de goa, circulo do vaso use seja da india

.

...

.

.

..


o

contexto

desta

metafora

era

da

parte

do

ps

..

.

o cd m e d p d p

circulo do contexto, de sta da metafora, met priemria for da primeira,e ra ad da primeira da ap da p da arte do circulo do ps.

.

..


como

se

a

aliança

deixasse

de

ser

santa


c s a a d d s s

s sd d a a s

o e a a a e e ra

com circulo ono se sea primeria aliança, al ina anca, de iz ass sed ser s anta


a

ambar


am ar ra aa

priemria am bar do segundo da ar

..

.


ou

o

navio

se

estivesse

a

afundar

..

.

o o n s e a a

u o o e e a r

ra e e o o u

u o oe e ar

circulo duplo do vaso ba ivo se na av vaso do io , est iv esse primeira aa f un do quadrado ar

.

..


pela

evidencia

tornada

a

muitos

que

se

estribam

na

mentira

e

nas

mentiras

..

.


peta m q sena mentira en m



e v id en cia tornado, a am mu it os q ue se est riba bam am mna da mentira, e en às das

mentiras, p el a e v id en cia tornado, am u it os q ue se est rib am mna mentira

en as men t i r a s

.

..


e

que

quando

cada

rato

nada

para

se

salvar

nehuma

aliança

resiste

..

.

e q c rn da puta do ps ss sn ar

é q ue qa in dó, c ad da prmeira do rato, na ad da pr ie mira do para da se s al vaso da r, ne homem uma al ian circulo acento pem espanhola rato es sis teresas

.

..

mas

se

agora

se

aparenta

desfazer

..

.

ms asa ad

d asa sm

se a e ar

ar e a es

ma serpente se do agora, se ap par da renta do quadrado sd circulo es f az ze rato

.

..


o

que

levou

a

uni

la

em

primeiro

lugar

..

.

o q l a u l e p l

l p e l u a l q o

o eu a ia mor

circulo quadrado ue dele, evo vaso ua uni la em prime iro lu gato da ar

.

..

dois

interpretes

um

duo

a

carga

e

o

gatilho

..

.


di u d a c e o gat til ilho nata al natal

do is inter rp pr e y es, um duo da primeria do ac da carga, c arga, é circul gat ti til home primerio do circulo da ilha

..

.


continua....

continuaçao

do si mi l p es seta , co gum melos, eta s,palam ih , energia invertida, angulo li onze la vaso primria elo do olo, de la rosa, co je la do traço ingles tv sin ra z oni acento, ac c en to, cento, nono triangulo deo fogo, duplo quadrado de noventa e sete, dezoito, grau, juan do ramon do jimenez, cinquenta delta da agua dos girassois, nl, delta seta juani rato de oitenta e dois, vinte e tres oitenat e seis, duplo quadrdo do trinta e um, terceiro do segundo, estrela tres circulo do mi priemiro p vinte e dois , terceiro de cinquentae nve, sezto do quadrado como o rei palacio, p anta, pal cio da p da anta ana cruz, para le corone, cor one, set para la dena aguas, dela e dele, del esatdo, toda da a 5, au di, car rinha, pira raciones, segundo duplo vaso, le gi t ima, vaso n deltas cruz mairo primerio, e, che l e zorro, us b ene fi cio s de la com ce wi de al , li ni te re vaso lp vaso circulo ca, cem de sesenta e cinco, o onze co m p ost o, o onze , o duplo que ne m c inc o ne m s e is é, ma s pe r f az onze


quinhentos bel g , de ema m ak em word, cruz met , do circulo do fi sic o, constantino, meu ni e r, quadrado do segundo do cento e sete, seis , dois cinco, duplo deus circulo, as das minas, mr ho rig do delta adam, in vaso, en sor h onde ne rf rato fr ank, cem, dez em br circulo duplo circulo vinte e dois, terceira ester al a, circulo de noventa e seis, do grupo sessenta e oito, da fe ira kapa fon sa e r serpente praia, filmes, cem de cabo verde, a le i p un e o in fr ac tor, da festa do pilao, fu, gato assanhado do circulo de sessenta , terceiro do segundo de sete circulo de oitenta e nove, am mi l car do cabral,

estrela do bar do ra da tripla estrela, 555, do banco central de la republica do mini c ana d seis trinta e quatro, seis, doc, e, sanchez , presas hidro e sec ct rica serpente delta de r ie do ego, psi,

cinquenat da a ll, trinta e dois, de oitenta e cinco gato, basilico ns sn de la alta g rac cia ia de novenat e seis catedral, prima dade am erica, quinhentos cv porto dos barcos, qaudrdo duplo circulo de setnat e nove, seiscentos e seis, dos quinhentos, vinte tres de abril de noventa e dois,

por cima da caixa azul, banco, real, o mic hael da nyman do traço ingles do time, jornal, do will, por cima do bilhete do ping o do c e , de alcantara mar, sintra

no, do, moviemnto da ima ge m, é v isi v el a inda o pico do bang do l ad o d a co luna esquerda do te mp lo, as , das, letras de made ria do rato invertido de londres, e no fina l as aguas negras figu r ado s no m ap le q ue me evo caram a o mo men to, mississipi, miss sisi ip do pi,



ao vir para aqui o espirito me disse, que o top da line do fm, é o primeiro de noventa e quatro, capital da cultura

primeria co circulo ov vicente rato rp do para da priemria aqui do ki, me di iss se q eu circulo do top da l ine do fm, é circulo do primero de en v oe en t a e quatro,tvi, a puta co sn tan cio, é capital, tvi, da ac cu da primeria tura
...
.

estrela do onze do circulo do bn nono

st reo di gi t al primeira do traço ingles do rectangulo barnco azul de sp, traço, serpente st top do traço ingles circulo dez ase is segundo ste ste circulo da estrala dos dois circulos da gravaçao em duplo quadrado da min

no final deste video, quando mato simbokicamente, a puta mor do socrates, este filho da puta de terrorista de estado e pedofilo e ladrao de crianças, Deus dirá da morte em carne, devereis para entender, pôr o video em slow motion, a partir do momento em que me levanto

no fina al do quadrado de este vaso id é circulo , qa anda mat circulo, si made ria bo ki ica cam am que mente, a puta mor do socrates, este fil home do circulo da puta do tertrorsita de estado, es sado, e pedo da filo, icam, el la ad ra ode dec crinaças roubadas, de us di ra dam am moret da o rte, em car ne, do quedrado de eve reis para en ten der , por circulo ov vaso id é circulo em s lo do duplo vaso, mo ti on ap p art do tir do mo men to em q ue mel eva van t o

o martelo bate em foma inclinada, no circulo do banco ela ava do que representa a c e ru z , e que salvo erro algume comprou outrora na latina para o peugeot, que trabalhava num es t i r a d o r, um estranho ra ap z q ue al i veio pa rr c reio q ue por mao do manel am moro, am aro, da costa

circulo do oma am mr mar do tel circulo bate, em fom oma inc l ina ad da priemira do ano do circulo do banco, el la ava ad circulo q ue r ep pr es en t a ac ser ru zé q ue s alvo e rr o al gume com mp r pr circulo do vaso , de outrora na la tina para do circulo do peugeot, gil , que tambem h oje p elo es pei rito me ap ar e cia r el a c io n ad o, d c om, o circulo do mr, a ant es da f i e st a, no cat logo dag oz zo, q ue tr ra aba bal alaha aca nu mes es test ira da ad da dor de um estranho ra ap zorro q ue al e veio da pa rr c rei o q ue por mao do oma ame el do am moro , do am do aro do costa

ant es o circulo de madeira se en c on t ra q ue br ad o, mo st r ando um cobra q ue o s ep aro u,
faz lembra vaga am q ue mente, o simbolo do cha ru to s do f arao, da s b d d o tintim

a posiçao e que o matelo bate, figura no seu b ac ground no m ov e l de cere jeira, o meio das duas torres, gee as, gemeas, ba, maj o n g,

depois o banco ao cair simboliza um selin inclinado, bic cic sic l eta, ou seja o falo do selim, ou seja ainda, as historias da anais nin, e especificamente uma que recordo quando falo com a Uma, sobre um pintor com uma atelier e um selim mecanico onde as meninas se sentam e eles a observa a terem orgasmos,

uma relaçao obvia com a maria de medeiros, pois quando da primera vez que agora lhe bati, no banco, no dia em que se figurou a montanha por detras da porta da casa, foto aqui publicada, depois de lhe dar uma pnacad, me recordei que aqueles bancos sao de semelhanets as antigos do fragil, quando ainda era do manuel e que fora em cima de um dels que precisamente vi a maria de medeiros pela primeira vez, a linha se alarga, à irma, atendedndo as ultimas encençaoes dela com a puta do barbudo do ps, no inicio dos trabalhos da assembelia , aqu abordados em forma generica, medica cam am men t delta os

uma da relaçao, ob va si com da maria de medeiros, p o is qua anda da ap primera ave zorro, q ue do agora, l he ba ti, ino banco, no dia, em q ue se figo ur ro vaso primeria am montanha, por det ra sd da pirmeira da p ota portas circulo asa, f oto primria do ki aqui, pub lic ad da primeira d ep o is sd del he do quadrado da ar, uma pn aca ad me rec cor dei ei q ue aqueles dos bancos, sao de semem l h anets às antigos, do fr a gil, qua anda primeira inda ae ra do manuel reis, e q ue for primeira em c ima , de dum dels, q ue pr e cisa sam am que mente via da maria de mede do iros, p dela, ap preimeira ave zorro za da linah da se´al la argo,acento a irma, a ten de dn do as sul t imas en c en cao es delea, com da primeria puta do barbudo do ps, no e em ni cio do io dos st ra aba bal dos alhos, da ass em bel iia, priemria do quadrado do vaso ua ab bordados, em forma g ener rica , medica cam am men crz delta os

na ave eri c a l o e x ix o,

na vertical , o eixo e o moviemento da camara, que passa por muitos pedaços de iamgem, me desvela o seguinte, na leitura que assim se organizou

na ave rt i c al , circulo ei do xo e circulo omo do dança, da cam ara, q ue da p ass sa por mu it os peda acs acos de iam mg ge made ria da me do quadrado da es vela do circulo se gui inte, it, na lei tura q ue as si ms se circulo rato g ani zo vaso

bac k alemao, virgem p au use, az t r ipe, maconico, qaudrado da esterla, cd g ira da disco, das do un d s o un d s m ac h ines, cd re duplo vaso rita ab able blé, fr, com da pat do, an z l, anzol do ble, pre set up, el da eve sao, natal , gato do rato ps do t rina te, um da armada da caravela das descobertas, do seculo 98 vaso do angulo do traço do arpao ao aguardela, roque gameiro, roque , o nome de familia do jesus e gameiro, psi, irmao do jorge sampaio, um dos responsaveis do projecto contigo vasi longe, da c ml, q ue agora d e n ovo apareceu n a r e eel a qui pub l c iad a

é di da visao , do museu da marinha,

cruz tempalrio do will da a ll, gato rato do trinta e um, no meio das torres, no meio das gemeas, uma pie, entao, do cobra entrelaçada no me io do cic culo, que amachuca a lua no meio das torres gemeas em ny, o selim

o din he iro, si m b o l iza, inglaterra, es p anha, can ria s e lan z ero te, h ol anda, cabo verde e re pub l cia do mini c ana


o arpao do ble, fr, tem em frente a caixa forte, ou seja o dinheiro, libras estrela, cd qua tor ze de noventa e um, primeiro do g rup circulo 66, hell, e libras estrela, kapa oitenat e oito, duplo quadrado, vinte e quatro maconico, t r i p e, mi primeiro das pesetas, em pada de arroz, segundo kapa do terceiro do circulo do nono de noevnta e seis, o de sesssenat e sete, esterla segundo, ai, das ilhas canarias, lanzerote, dez mi primerio p da montanha, 66 , cinco ste tres oito, quatrorze E, csal na montanha a passear, el inter v en tor, el ca j ero, do governador do mundial, vinte e tres outubro de setenta e nove, set do nono, das tres cruzes em tres circulo do primerio, primeiro do triangulo deo fogo mi priemrio do onze do x de setenat e seis circulo de setenat e tres, trinta arabe, francisco pizarro, dois mil triunph, su t ia, se io s quatro, vinte e dois, cinquenta e quetro, tres, esterla de novenat e dois, , joese celestino, nu t is , a lupa, a pena e a flor, fl circulo do rato, do instituto botanico, ma cc angulo do xico graça, portico, como na praça de espanha, imagem recente do sonho dos caes, cruz anzol do mi dos tres circulo p 3 setenat e seis duzento e vine e dois, terceiro circulo, ia do fr anc di do isco do p iza aro, quadrado mairo, terceiro do sex to do doc da segunda esterla, roseta azul e verde, arabe artes,

vinte e cinco ou vvint e tres, dia forte ne der lana lan ds che b ank ansterdam am ms teresa rato dam am, nl, cinco de abril, no largo da igreja de alcantara, o vo negro vinda das aguas das ilhas tropicais, cc inc circulo de abril de mil novecentos , it, em oietnat e nove, presidente e secretario, dena maker,bd, ver v al ser word, cross, g est cruz ra fp, vi j f en t w in ti ge da gulden, dag u l d en, vinet , quatrocentos e um, 66, terceiro de oitenta e sete

continua...