quinta-feira, dezembro 10, 2009

continuaçao

.

..


e

em

muitos

eventos

muitas

desgracas

sempre

muitos

sinais

apontam

..

.

e e me d s m s a

as m s d me me e

em ss s ss es s m

ms se ss s sm me e

ee mm mu it os eventos, eve en t os, de muitas desgraças, demo mu it às das desgraças, d es sd ratas aças es pa sn hola s, se mp pre mu it os sin a is ap ponta tam am

.

..


a

presenca

nas

vezes

com

precisao

a

presença

das

relacoes

que

provam

manobras

de

diversao

criadas

prepositadamente

por

terceiros

ou

mesmos

segundos

para

cobrir

os

culpados

..

.

a p n v c p a p d r q p m dd c p p t o m s p c os

coc p s m o t p p c dd m p q r d p a p c v n p a

a a s e m o a aa ss e m s e o s e r s u s s a r s o

ss ra ss us r e s o e s m e s sa caa cao om mesa


a pr es enca can ana às vaso e ze com pr e cisa isa sao, a da

presenca, e di tora, da serpentes das r el aco es

q ue pro ova vam am das manobras, moda, de d iv e raro sao

c ria ad as pr ep posi sita ad dame dam me n te do circulo da teresa rat par ren te sis do pr, te rc se do iros serpente circulo do onze vaso me sm os se gomem un do quadrado do os

.

..

ou

seja

constantes

actos

de

guerrilha

que

sao

face

de

uma

autentica

guerra

civil

como

que

mascarada

..

.


os c a d g q s f d u a g c c q m

m q c c g a u d f s q g d a c s o

u j s s e a e o e o e e a a al oe a, vera primeira

o vaso use do sej, c on t ant es dos actos de g ue rr da ilha do q ue

da sao da rei r e v ista, face, de uma, au t en tica da guerra

c iv il c omo q ue da ema da mascarada

.

..

gus a a v m

..

.


assim

os

acertos

directos

de

contas

na

ausencia

de

justica

clara

e

firme

e

eficaz

no

pesar

do

dano

e

no

fazer

da

reperacao

..

.

a g o a dd c n ad j c e f e e n p d a e n f d r

r d f n e a d p n e e f e c j d a n c d d a o g a

mm s s se sa ae aa e e e z o r o o e o r a o

o a r o e o o r o z e e e a a e a a s e ss s m m

as si em emo do os dos ac e rt os di recto os

de dec contas, na au use s en cia de ju s tica da

clara, e fi me ee fi c az no do pesar, p es s ar do ano en no f az ze rato rda da ar rato ps e p a da primeria raçao

.

..


a

alinaca

esnde

se

a

todos

os

paridos

sem

excepcao

ate

ao

momento

..

.

aa e s a t o p s e a a m

aa ]e espanhola sat serpente do ato top pse sea am

ma a e s p o t a s e a a

a a e e a s s sm o e oo

o oe om ss sa ee a

a al ina aca es sn de se a primeria de todos, os pari id os

se mex cep cao a te cao omo mo men to


.

..


pois

todos

juntos

combatem

a

justica

e

amim

por

extensao

pois

todos

se

tem

comportado

fora

da

lei

..

.

pt j c a j e a p e p t s c f d l

pt principe ca do je da ap ape pep pt ts sc f da dl

l d f c t s t p e p a e j a c j t p

id f ct ts tp pepa e principe primeira do ac principe tp, dot riunfo dos porcos, bun, bum

ss sm a a e , r p s s e , p a a i

ss sua majestade, aa ]e rata rp ps se pa do ai

le ei primeiro da for , primaiera ac co om ,p porta ad circuo te ms se de todos, p o is , e] am mim ]e primeria da justica,. ac co, bate em j un t os todos, da p do oi is

p o is todos, j un t os com bate ema primeira j us tica é am mim por e x t en sao, cab elo serpente p o is todos da se te mc om mp porta p o rta, ad o for ad da primeira da al lei ei

.

..


e

os

factos

aqui

descritos

provam

em

extensao

e

profundidade

a

veracidade

desta

acusaçao

..

.


e o f a d p e e, e p a v d a

é os f ac actos saqui primeira do ki aqui, do quadrado es sc rito serpente por da ova am am em e x ten sao, e pro fun dida ad e primeira ave vera rac da cidade desta, ad ac cida dad e de sta, ac cu usa dag do cao da acusaçao

.

..


para

alem

de

qualquer

duvida

razoavel

assim

ouvi

eu

ontem

pela

vela

algum

e

alguns

assim

o

dizer

.

..

p ad q d ra oe o p v a é primeira do cao qaudrado


para al lem de q ual q ue rato d uv id a r az o ave el as si mo u vi eu

on te mp el dela vela da al gum, e al g u n sas si imo di ze rato ps

.

..


e

alguns

o

disseram

face

ao

escutada

e

visto

no

dito

anteior

..

.


é a o d f a e e v n d ante ante do ior, antonio costa ps

e al gun s o di ss e ram da face cao es cu t ad a e vi st o no dito ante ior

.

..


na

logica

do

direito

seria

um

tribunal

justo

e

independente

a

chegar

a

essa

conclusao

..

.


n l d d s u t j e i a c a e c

na logica, a do direito da se da ria de um do tribunal, cruz rib vaso delta na al do justo, ps de tras montes, é independete, o do jornal, primera ac da chega ar da garra primeria dessa, circulo on circulo lu usa sao

.

..


pois

mais

dados

muitos

ocultados

trazem

e

certamente

as

somas

somas

muito

maiores

..

.


pm d m o t e c a s s mm


p o is mais,fr, dados os mu it os dos ocultados, t ra ze me ce rta tam am que mente

às serpenets das somas, ad dic co oe es, s oma sm às mu it circulo do maio, luis, ior , burro ps espanhol

.

..




e

mais

claras

na

visao

da

rede

da

areia

e

do

pantano

..

.


e m c n v d r d a e d p

é ema mais, fr, da clara serpente sn da primeira da visao, vaso isa sao da red e da ar reia , e do pantano, o pan da cruz do ano do pantano

.

..

e

eu

aqui

me

queixo

tambem

cm

como

cidadao

e

pai

..

.

ee am quadrado da cruz do tc, cc , cristina coutinha, xuto, circulo se ep cep

é eu da primeira do ki aqui , me q ue ix circul tam am tambem, correio da manha, c omo sida adao do dao, e p ai

.

..


e

este

fazer

tras

um

quadro

e

implicaçoes

muito

maiores

que

extravassam

em

muito

os

territorios

portugueses

..

.

ee f t u q e i mm q q e e m o tp, bum ingles


é este fazer, f az ze rato ps, primerio quadro, empresas, e em mp lic cao es mu it circulo maio rato esapnhol qi q ue kico, é x t rava ass sam am em mu i u to os terri rito rio spor tug ue s es das cobras

.

..

pois

em

muitos

paises

muito

dinehiro

a

todos

desapareceu

..

.

p em pm d at primeira da cruz do td, t ur rb circulo di ie s el


p o is em mu it os pa ise es mu it o dine hiro primeira de todos desapareceu, quadrado es sap par rece rec europeu

.

..


dizendo

que

o

processo

é

um

mesmo

e

desvelando

assim

a

sua

dimensao

..

.


d q o p e u m e d a a s dimensao

ds a ad em mu e p o c di z en do

oe oo e mo e oma a sao da dimensao


di zen do que do circullo do processo, por rc esso, é um me sm mo moe oe quadrado es vela lan anda ass si ema primeira serente da ua da dimensao,

.

..


grande

dimensao

e

grandes

interesses

cruzados

..

.

g d e g i c

ci g e dimensao gata rande

e oe ss s

ss se circulo e rande

g rande, a da dimensao, é g h rand es inter esse es dos cruzados, c ru uza zorro ad os

.

..


todo

um

modo

operandus

a

defender

..

.

t u m o primeira defender, d efe fen der fender, j ipe,rua do patrocinio, a imagem da morte do realizador ingles amigo de madona, gui tar ar da primeira electrica, a que lhes permite operr as desgracas e manterem se impunes, mane te rem, primeira te cao mo ome men to primeira ai mp uni dade

todo de um da mod do circulo opera n d usa defender, j ipe, o que no special spaigne, lanca um toiro contra um rapaz que dele foge, um jipe branco

.

..


que

lhes

permite

operar

as

desgracas

e

maneterem

ate

ao

momento

a

impunidade

..

.



q l p o a d e m a am ai

ia ma am e d a desgra;cas a o p l q

es e r s seme oo a e

e ao oe me ss r es e , rese, rato tp es se

q ue l he es per mite opera ar às das desgracas, é mane te rem

ema priemria da te , cao mo men to, a i mp uni dade

.

..


uma

confimacao

chegou

pelo

espirito

..

.

u cc p e

e p cc u

ao u oo

oo u o a

uma, c on fi macao che ego psi, circulo do vaso p elo do es pi rito

uma, c on fi ima macao ch ego up elo es pi rito

.

..


aquela

que

vos

disse

que

existia

sangue

nas

maos

do

quadrado

do

socrates

..

.

a q v d q e s n m d q ds

sd q d m n s e q d v q daquela

a e s e e a e ss o o os

s oo os se a e es e a da primeira

aquela do quadrado da ue vaso os do qudrado iss sec ue , e xis cruz ia na s mao sd circulo do quadrado do socrates

.

..



e

depois

se

desvelou

ainda

outro

actor

um

piro

espanhol

amigo

do

onze

de

socrates

..

.

e d sd dao au pe ad o d s

sd onze do ami g oes es apn da hol do pio , um ac tor de outro ainda do quadrado es velo lou se d ep o ise

é d ep o is se d es velo lou a inda de outro actor, um piro es pan hol amigo do onze de

socrates


( amado liam nilson, em dia recente bem depois da escrita deste texto, pela noite me recordei de vossa dor, da morte matada de sua bela esposa, que na altura tive a oportunidade de aqui comentar, e de repente me veio à memoria uma imagem e uma intuicao, me recordei de ver outrora depois de umas ferias na neve o socrates que aqui em portugal apareceu de muletas, que fazem lembrar tambem ferros que se cravam nos bois ou nas vacas, e de repente me disse, esta puta está tambem implicada na morte de sua esposa


8 am mad adao lia am do nilson, em dia rec en te b va si em d ep o is sd a es c rita do quadrado de este, te x top el kapa lam ano da noite, me rec cor d ei id e vo os sa da dor, da m orte mata dade s ua b el a es posa, q ue na al tura, t iv e a oportu uni dade dede da primeira do qui aqui, com en tar, e de r ep en te me eve veio primeria am me mor ia, uma mai ima ge me, uma in tui cao, me rec cor dei ei id de eve ero de o de outrora, d ep ois de uma s fer ia s na ane da neve do circulo do soc art es q ue da primeira do qui aqui em portugal, ap ar e c eu de mul eta s, q ue f az em l em br ar t am tambem ferro ,ps, serpente q ue se c rava vam am nós do sb dos bois iso circulo da un ás das vacas, e de rep en te me di s se, e sta puta, e sta i mp lic ad dana mor morte orte de s ua es posa)

.

..


se

o

calibre

do

crime

pela

prova

se

fizer

..

.


s oc d c pp s f

soc , me ia cd dc do pp serpente do forte

se circulo do cali do brasil, doc circulo rime do crime, p el ap por vaso da primeira se fi ze rato ps

.

..


se

entende

bem

toda

a

azafama

e

o

esforço

continuo

que

estas

bestas

tem

posto

em

seu

esconder

..

.


e e b t a a e o e c q e b t p e s e

es e p t b e q c e o e a a t b e s

ee m aa e o oo oe ss m o mu r

r u m om ms ss se oo oe a a am ee

se en t en de b em toda a azafama, primeira az asa da fama , ]e circulo es fr roc do cao conti nu circulo do quadrado sta serpente destas bestas , te mp ps soto, serpente oto, em serpente eurpeu es conde der, espanho alemao

.

..


e

de

como

alguns

terao

sido

envolvidos

por

se

pensarem

devedores

de

uma

qualquer

solidariedade

sem

conhecerem

ou

entenderem

no

momento

em

que

a

prestavam

as

implicacoes

do

que

se

envolviam


e dc a ts tse se ep do ps, psp dd vaso do quadrado do ss, santos silva, sc co en mec ap pa primeira id quadrado da s e

es s sd dd do dia , p ac e m n o c ss q u dd pp e s t a cd e

e e os o o s e m s e a r e c m u m o o m e a m s s o e e m

me ]e circulo ss sm ma primeira em emo om vaso mc e rato ps , uma es sm es o os oe e

e de c omo al gun ns terao s id o en v ol v id os por se pen s ar rem d eve dor es

de uma q ual q ue r sol id ari rie ie dad e se mc c on he ce remo emo u en t en der rem

no mo men to em q ue da a pr es t ava vam am às si mp lic cacoes oe es doque se en vaso circulo do primeiro vai ia iam

.

..


arrependei

vos

pecadores

ou

morrereis

pois

é

tanto

o

dano

..

.


av p o m p e t o circulo do dano dao ano, dot e p pm o p v a

is sus s e o oo

oo oe ss us si

ar rep ep ped dne do ei vaso os pecador es, circulo vaso umo mor rato e reis p o is ]e eta ant circulo do circulo do ano do dano



mais, fr, ch , suissio, do iro, en gui primeira

.

..


o

em

cego

feito

como

no

mais

claro

e

vezes

que

o

cego

se

torna

ainda

maior

..

.

oe c f c o m c e v h q o c s t a m

mat sc o q h v e c m o c f c e o

om omo em duplo circulo do as oe sa ]e o oe da primeira da ar

ra a e o o e a s e o s a o o om me


o em c ego ,feito, c omo oma mais, fr, c l aro e v e z es h a q ue

o c ego set tor na a inda maio ior rato ps

.

..


provam

estes

factos

que

aqui

muito

mal

bem

intencionado

para

ser

mal

sem

intencao

previa

de

vontade


por

parte

de

alguns

..

.

pe forte do quadrado do ham da am s mar ti ie es do bi ip ps sc ip do dv, di gi t a l, vaso ie é circulo ppd primeira


p o r v am este s f ac actos, q ue h a a qui mu it oma l b em

int en cio n ado para se r m al com int en cao pr e via

de von t ad é por p arte de al gun ns serpente

.

..


e

tudo

isto

]e

sempre

agravante

perante

o

crime

..

.

p lan te d, teo do circulo do crime

é tudo, is to en rata par ren te sis , sempre, se mp rea gata rato ps ava van te pe ran teo circulo, o do crime

.

..


pois

confirma

a

intencao

previa

de

agir

com

dolo

..

.


agi rato do dolo, o g o

p o is ,confirma, c on firma primeira int en cao pr é vaso via ia de agi rato com do dolo

.

..


esta

imagem

do

bandido

porcurador

é

bem

ilustrativa

da

qualidade

e

incapacidade

de

mando

que

prova

que

ele

vergado

os

cobre

..

.

ei db, gato rito, da bp é bid bi id do quadrdado do ei, id made ria doc p q evo vaso os

ei ema do ban dido do porcurador, e b em i l us t rat iva da quali dad e e inc capa ac da cidade

de man do que , porva, pro ova q ue dele ver gado os cobre , comunicaçoes, co ob br


es t a ima ge made ria do ban d id o por rc ur ad da dor , é

be m i l us t rat iva da qua li dad e e inca capa ac cc cida dade de man doque eu pro da ova

q ue dele, ver gado os cobre


.

..


nem

carne

nem

peixe

na

melhor

das

hipoteses

..

.


n cnp peixe n m d h ipo hi ip hipo te s es das teses

ne made ria do peixe, na na mel hor d as hipo tex es

hd mn p n c n

me me a r ss

ss r a e m e m

.

..



e

quando

o

terrorista

diz

ja

sabendo

a

mentira

que

a

verdade

deve

ser

investigada

em

toda

a

sua

extensao

..

.

é qua anda do circulo do terrorista, di zorro do p rin c ipe da primeria as sb b en d

o, primeira ave rda dade do quadrado de eve , ser em vaso est tiga gada , em toda primeira as ua extensao, cab le os, é x ten sao serpente ua primeira


é quadrado da ot do circulo da cruz turbo dieses do dj js da serpente sam da am, quadrado primeria vaso ds ser cruz primeira s e, s ex

.

..


e

se

ve

na

aparencia

algo

esgrimido

como

um

ping

pong

entre

a

procuradoria

e

o

supremo

..

.


é se eve na ap par ren cia al goe sg rim id circulo com do circulo o ping pong, china p ing p ong, en cruz rea primeria da procuradoria, por roc ru ad dor do ia , é circulo do supremo, s up pr emo do remo

es serpente vaso na a é cu vaso do pp do pe da pea da ap puta

.

..


na

aparencia

baseaado

no

eventual

valor

das

escutas

ou

seja

da

validade

processual

..

.

na primeira do ab bn ne deo ss sd quadrado vaso da puta

na ap par ren rem cia ba ase sea ad circulo do no eve en tua da al do valor, jornal, da serpenets das escutas, e x cu t as do circulo do vaso use seja da ava al id ad e por roc ess s ual

...


continua

Nem de proposito depois de falar por escrito da luta do cerro e do unicornio, e da relaçao com o tpi, dei com a alexranda lencastre num cartaz na rua, de oculos de massa de tartaruga, com um nome nessa marca, muitisismo parecido com cerro, e depois me recordei que a menina, namorara com o peter , qualquer coisa, o holandez da tal produtora, holandeza, que por aqui na altura pareceu, com a perversao da ideia do bb, como eu inicialmente a tinha criado, portanto parece me ser logico, entao, duas coisas, a relacao com o ike, e tambem, a relaçao com eventuais acusaçoes proferidas contra mim na holanda, e especificamente no tribunal internacional penal, e sendo que esta puta, quando aqui chegou representando a sua produtora, teve as portas todas a abertas da televisao, ou seja, vinha com carta de alforria, vide historial dos contratos e montantes envolvidos, e comparai os com as outras pordutoras nacionais que operavam na altura, nomeadamente a latina europa, pressuponho que na volta do coreio e do circulo , tenha entao o sangue da morte do pim e quem sabe do teo, em vossas maos


Ne made ria de pro rop posi it to quadrado do ep o is de forte al ar por espanhola c rito da luta do c ero e do uni cor ni o, e da relaçao, com do do circulo do tpi, dei com da primeria da alexranda lencastre, num do cartaz , sic programa, na rua, de o culo sd e massa, it, de cruz art tar ar ru g a, e da face, revista, quadrado do ue espanhola p el homem a uma g rande culpa, quadrado do ep o is me rec cor de ei de quadrado do ue da primeira menina, namora ra com do circulo do peter , quadrado do ual quadrado do ue rc o isa, circulo do holandez da cruz al por du ot ra, ho lan dez a, quadrado do ue por a qui ina al tura par rec eu, com a per v e rata sao da id e iad o bb, com o eu in nic ia primeiro mente tinha do criado, porta anto pa rece me ser logica, inglesa tao, du as co ia sa da relacao com do circulo do ike, e eta tam am tambem, primeira da relaçao com eve inglesa tua is ac das acusaçoes por rf fer id as contra mim mna holanda, é espanhola pe cif fr icam que mente no tribunal internacional penal, e serpente inglesa do quadrado do vaso da ova desta puta, al, qua da prmeira do ki aqui ch e go u r ep pr espanhola inglesa cruz ando a serpente ua por du tora, teve às do portas todas da primeria berta sd da primeria da televisao, o use j a, vinha com ca rta de alf or rato ps ia, vide hi serpente tor ia primeiro dos contratos e mon cruz ant espanhola inglesa v o primeiro v id os, e co mp par ar rai os com às das outras por du tora serpente na cio na is quadrado do ue opera vam am na al tura, noe ema mad dam am nete da priemria la tina da europa, pr ess up on ho qu e na v primeiro cruz ad o co rei oe é do c irc lo , cruz inglesa homem a inglesa tao do circulo do sangue da dam am morte do pim e quadrado do ue em serpente ab e do teo, em v circulo ss às das maos


e que a putinha alexandra tras por deus o dia, o diamantino ferreira, e que com ele esta relacionado com uma certa diarreia


e quadrado do ue da primeira putinha alex na ad ra cruz ra serpente por de us do circulo do dia, o diamantino ferreira, e quadrado do ue com ele e sta r el ac cio n ado com uma ce rta dia ar reia do ia


camaro é o carro do produtor das series americanas, a relacao é via ze pinheiro, pois existe um clip que ele filmou, onde entra um , e nas fotos aqui em casa, que encontrei na arrecadacao, algumas delas aqui ja comentadas, aparece uma foto de passe de uma menina pequenina que nunca vi, e que emanou um estranho perfume, ou seja, provavelmente uma morte, de assinatura de uma elevacao por ritual, incriminaçao, ou algo assim do genero, camaro, duas portas, é a imagem do carro dos evil twins da malasia, ou seja os gemeos da houser, casada com o futebolista,


cama cm ar a c am aro é circulo do lop do carro do pro du ot das series am me ei c ana sa r el ac coa e via do ze pinheiro, p o is e x ix te um c primeiro ip quadrado do ue el le fil meo vaso da onda inglesa cruz ra um , e nas forte oto saqui em casa, quadrado do ue inglesa c on cruz rei na r rec ad ac cao, al dag gum as dels a qui j a com inglesa cruz ad as, ap ar e rece uma forte oto de passe de uma menina pequenina quadrado do ue n u n ca ava av vaso ie quadrado do ue ema manou vaso um est r anho do perfume, serpente us kin, o use seja, pro da ova ave lem n te uma mo rte, de as sin a tura de ua el eva cao por ritu al, o ual goa ss em do g ene ero, ca am mr ro, du às do portas, é a ima ge made ria do ca do crro dos evil twins da ma al as ia, o use seja o sg e meo sd a houser, ca sada com do circuloo cem futebolistas,


camara e o comboi, assim ontem escrevera, mas tambem se lê em forma afirmativa, camaro é o comboio, sendo que me remeteu de imediato para o do choque que aconteceu na california, com uma maquina semelhante a de madrid, portanto se calhar a ver com os dois


cam da ar a é circulo do com boi ip do io, as si em on te m espanhola c reve vera, mas cruz am tambem sele le em forma a fi rn mat iva, caa camaro é circulo do com boi do io circulo, serpente inglesa doque me reme te vaso do imediato, o para do circulo do choque que aconteceu na cali for ni a, com uma ma quadrado do u ina semem primeiro homem ante ad e mad rato ero ps is, porta anto se cala homem ra ave rc om os dos dois



sabe bela menina do pirilampo magico na cabeça, fiquei a pensar que mais uma vez nesse filme, que nem creio ter alguma vez visto e que tambem nem vi em seu inteiro, alguns aspectos dos dialogos que caracterizavam as personagens, sao semelhantes a traços meus, ou seja parece estar outra vez perante alguns que vampirizaram a minha lenda pessoal, como tantas vezes vejo reflectido em filmes de diferentes origens, desde pedaços de historias minhas até aspectos de meu caracter, depois me recordei, de um outro pirilampo, que aqui chama às luzes dos carros da polica, pois um rapaz que na latina europa colaborou, com o curioso nome de julio cesar, uma vez apareceu com um lá, exactamente no estudio de croma, e me disse que aquilo era proibido, mas que ele tinha alguem de familia, na pj, salvo erro da zona de setubal, ou da outra banda, e que lho tinha pedido emprestado, veja lá até, as putas terroristas da policia estiveram infiltradas na minha empresa, curiosamente hoje aqui a minha senha diz-me , dk, pj primerio


serpente abe be la menina do p i r i lam p oma magico na cab beça, fic ue ia p inglesa serpente ar quadrado do ue mais, fr, uma ave zorro ness do fil mec ue ne mc rei do circulo da teresa al gum ave zoro vi st oe quadrado do ue eé eta tam tambem, ne made ria vic cd dente em serpente eu inte iro, al gun serpente as pe ct os dos dia al ogo serpente quadrado do ue ca rac teri iza ava va am as persona ge ns, sao seme primeiro homem ant espanhola a cruz r aço sm e us, o use seja pa rece espanhola star o u cruz r ave z pe ran te al gun serpente quadrado do ue vam pi r iza zara ram primeira am min homem a lenda p esso al, com o cruz anta serpente v e z espanhola do vejo r efe fel tid o em fil me sd e difer inglesa cruz espanhola o rig inglesa ns, de sd e ped aço serpente quadrado do e historias min homem as a té as pe cto sd e me u ca rac ter, quadrado do ep o is me rec cor quadrado do ei, de um outro rop dp pi pirilampo, quadrado do ue a qui da chama às das luzes dos carros da pol i cap o is um r ap z quadrado do ue na primeiro at ina da europa c ola boro u, com o c ur rio serpente n oe m de julio, do cesar, uma ave z ap ar rex c eu com um lá, e x a cta em n cruz inglesa o estudio de c roma, e me di ss sec e a qui da ilo e ra por rib id oma serpente quadrado do ue le tinha al gue made ria de fam milia, na pj, serpente al v o e rr roda da zona de set u bal, o quadrado do o u cruz ra da banda, é quadrado do vaso primeiro ho tinha ped dido e mp r estado, veja primeiro á a té, as das putas terroritas da policia est iv veram ram in fil cruz r ada sn a min homem a em presa, c ur rio os sam am que nente homem oe a qui da primeira am min homem da primeira senha di zorro do traco da ingles me , dk, pj prime rio


antes de ontem acordei pela noite de repente, e no escuro, vi um reflexo de luz que ao momento se substanciou, na asa esquerda da cadeira de verga que figura a ostra da primavera, depois , hoje fui olha-la em pormenor e reparei que algum dos que aqui entra, fez duas marcas na parte metalica da asa que desenha um semi circulo de prata, ou uma unha, e em cima de alguns papeis ali poisados, um fio metalico, com uma extremidade que parece chumbo em cruz, ou cruz invertida, e agora de lá o tirei e o pus em cima da chaise longa negra alcantara com asa vermelha que remete para uma imagem de uma sequencia aqui abordada, onde se ve um home com as estremidades enfiadas em cones, e que na altura em que o analisei, me remeteu pelos cones, como prumos, furacoes, para nova yorque


ant espanhola sd e on te m acor de ei ip el a no noiite de r e p inglesa te, inglesa no espanhola curo, vi um ref for mula one lex ode da luz, quadrado do ue a do circulo omo mo men to se serpente ub stan cio un a asa esquerda da cade da ira de eve da verga, quadrado do ue figu ur ra primeira ostra da pi rato ps m ave vera, quadrado do ep o is , homem oje , fu dop io primeiro ha bar do ra de la, em por men o rato, é r ep arao quadrado do ue al gum do serpentes do quadrado do ue da que aqui entra, em minha casa, fez, do primeiro largo do trinta e um da armada, do às das marcas na p arte met al lica da asa quadrado do ue de sena homem um do ds serpente da emi circulo de p rta, o u uma un homem a, e em c ima de al gun serpente pape is al i p o isa sados, um fi do circulo do met all e co, com uma est r emi dad e quadrado do ue pa rece ch um bo em cruz, o vaso circulo do ru zorro in v e rt id a, é agora de la do circulo do tir do rei do ie , e, o p os em c ima da ac do chi ase longa negra de alcantara, com da as sa aver ms primeiro home da primeira quadrado do ue remte para uma ima ge made ria de uma seq ue n cia a qui ab o rata dada, onda da se eve, um home com as est rato m id ad espanhola inglesa fia ada serpente em c one espanhola, e quadrado do ue na al tura em quadrado do ue o ana lise is, me reme te up elo serpente ones, com o pr u meo serpente para ano da nova , y circulo do rato quadrado do ue


este fio de aço fui buscá- lo quando me partiram o portatil e o usei com, tensor, para manter o ecra em tensao, e o curioso dele, e que o serra cabo, que simboliza a cruz invertida, e sendo em aço o fio, é tambem como uma arma, uma precisa arma que se usa para estrangular e degolar, e corresponde o seu terminal, ao peso da corda onde a antiga bicicleta sem rodas estava num dos terraços das traseiras, que em dia recente aqui mencionei


este fi do io da ode de aco, fu i b us c alo qua ando me p ar tir am o porta til é circulo do use se ei com do tenor , ten sor, para da mantero, vera, é circulo ra em ten sao, e o c ur io serpente o de le, e quadrado do ue o se ra da aca do cabo, quadrado do ue si m b o primeiro iza priemria do ac circulo cruz ru zorro, in v e rt id a, e serpente inglesa do em aco do circulo cup do fi oe e eta tam am tambem com o uma arma, uma pr e cisa arma quadrado do ue se usa para est ran gular e do ego primeiro ar, e co rr espanhola ponde o serpente eu ter mina al, a do circulo do onze do peso, soda ac corda rda onda da primeira antiga bic sic primeiro eta serpente em rodas est sa vv nu made ria do serpentes dos terraços das traseiras, quadrado do ue em dia ren te a qui men cioone ne ei


em cima da chaise longa preta e de asa vermelha, italiana, estao neste momento, os seguintes objectos, uma impressora multi funcoes da lex mark prisma vermelho e prata, cinza, antiga , portanto a marca do da lex do mark, que em dia recente tentei usar com o mac, e que nao funcionou, porque embora o cd, diga que trás as drivers para o sistema operativo que estou usansado , o 9.1 , o sistema do mac diz que nao e compativel, ou seja, das duas uma, ou a lex mark é mentirosa, ou alguem se deu ao trabalho de fazer um cd como se fosse o da instalacao da lex mark, mas retirando as respectivas drivers, para quê, tanto trabalho, perguntam, para simplesmente diminuir a minha capacidade de trabalho, como já reparei em diveras outras vezes ter acontecido, se chama a isto, sabotagem


em mc circulo ima da ac homem a ise da longa preta e de asa vermelha, italiana, espanhola sao nest e mo moe mn to , os se gui int espanhola ob ject os, uma mai mp press o ra mul ti fun co espanhola da al é x mark prisma vermelho e pa rta, c in za antiga , porta anto primeria marca do da al e x do mark, quadrado do ue em dia rec inglesa te cruz inglesa cruz ei usa ar com do circulo da mac, e quadrado do ue n cao fun cio no u, por quadrado do ue em bora circulo do cd, di g a quadrado do ue cruz ra sas quadrado do r ive r serpente para do circulo da sis cruz ema opera rat tv do io quadrado do ue espanhola cruz vaso usa san sado , o do circulo de 91 , circulo do sis cruz ema do mac di zorro quadrado do ue n cao e c oma mat iv el, o vaso use seja, da sd ua serpente da uma, o ua al e x mark e men tir rosa, o u al gume sed eu a do circulo do trabalho, cruz ra ab la ho de forte az é rum cd c omo se do fosse, o da in st ala ac cao da al lee x mark, mas r e tir ando as r espanhola pec cruz iva sd rib vaso e rat delta serpente do para quadrado do ue, cruz ant o cruz r aba do ba do alho, per gun cruz aram, para simples, o que mente, dim in u ira min homem a capa da cidade, de cruz ra aba bal primeiro ho, c omo j a r epa rei em di vera serpente de outras, v e z espanhola teresa ac on tec id o, chama se primeira is to serpente ab ota tage ge em


por cima da lex mark, estava antes a minha foto com a gata p b dormindo, uma foto que a puta cristina coutinho me tirou masi ou menso nessa altura, talvez mesmo noventa e um, quando dormia na rua actor joao da rosa, ali a a poisara em dai anterior, depois de a ter a dormir comigo no leito com o burrinho, ela . a foto entenda/se, ali ficou, entre o onze do terceiro circulo do lex mark, r cent ao lado, mais cinquenta cents franceses rf, ra di do io da frequencia, e dois centimos invertidos portuguees, ou seja deve ter sido o custo da tal marca do mark na le ao lado, uma pistola de cola, g primeiro ue, se is g um., lis ted. rato duplo vaso dos dois circulos sobre o vaso do gato serpente k oma may circulo, komaio. forte hoeem do traco ingles duzentos e um, cento e dez, vaso do vinte e quatro, natal, circulo vaso cine quenta homem zorro, depois, colocquei a foto em cima de uns cds , laminias, que se encontram em cima da misturadora spirit fol do lio do io, lite, das e laminas, maconincos de la am minas, da ep dp rpo, por fim, quando tirei o tal cabo, da ostra para cima da chaise, longa, a sua posi;ao me assim me contou, o la;o do tor do mini, moni, do fi cha quadrado do al imnetador da nokia telefones., cobra cabo pc, cobra as, pc, por cima da minha mala do meu ex pc,


por rc ima da al le é x mark, est ava ant espanhola a min homem a forte oto com da primeira gata pb dor m indo, uma forte oto quadrado do ue da primeira puta cristina coutinho, me cruz iro u mais, fr, o um inglesa os ness da primera da al tura, cruz alvez me sm em noventa e um, qua ando dor mia na rua ac tor do joao da rosa, al ia a p o isa sara em dia ante rato do ps ior, quadrado do ep o is de a te ra dor mir co mig on circulo do leite, o com o b ur rinho, dela, a forte oto inglesa cruz inglesa da do traço da inglea se, al i fi co u, inglesa cruz reo do onze do cruz e rc e iro do circulo dol primerio do ex mark, rc rato do c inglesa cruz ao aol ad o, mais, fr, cin quadrado do u inglesa cruz ac inglesa ts fr anc espanhola e saerpente do rf, ra di do io da fr e quadrado do u inglesa cia, e do is c inglesa timo serpente in v e rt ido serpente portu gueses, o use seja quadrado do eve teresa serpente id o o cu st o da cruz al marca do mark na lea aol ado, uma pi st ola dec ola, g primeiro ue, se is g um., lis ted. rato duplo vaso dos dois circulos sobre o vaso do gato ser pente kapa oma may circulo, k o maio. forte homem oe em made ria do cruz r aco ingles du z inglesa to ze um, cento e dez, vaso do vinte e quatro, natal, c irc culo da ova do vaso cine quadrado do u inglesa cruz a homem zorro, quadrado do ep o is, c olo c quadrado do u e ia forte oto em c ima de un serpente cds , la am minas, quadrado do ue se inglesa c on cruz ram em c ima da m is cruz ura dora spi rit fo primeiro do lio do io, lite, da se la am lam minas dos maconicos dela, das am minas, da ep dp rpo, por fi made ria, qua ando tir rei o ta al do cabo, da ostra para rc ima da chaise longa, a serpente ua posi cao me as si m me c on to u, o primeiro aço do tor do mini, moni, do fi cha quadrado do al im net ad dor daa do ano k ia tele forte one espanhola, cobra cabo pc, cobra as, pc, por rc ima da min homem a m al a do me ue x pc,


olhei de novo a capa do hypocrisy is the gratest luxury, com lupa, e no que me pareceu ser a casa branca escurecida, como dizendo , a saombra na casa branca, ]e afinal o fed e ra primeiro , do banco, da rata serpente vaso , do e, ou seja cumultivamente, estas duas leituras, que fazem sentido juntas, dizem que a sombra na cas branca que oirginou a guerra com o iraque em noventas, veio do fed do banco , da reserva, ou seja de algume do fed com relacao intima na casa branca, nesse tempo se nao me falha a memoria primeiro o greenspam, ou algume a ele ligado, e masi uma vez ontem, atentados se deram no iraque, qaundo isto pensava, e depois de ter falado anteriormente da da rela;ao sobre a guerra de noventa


ol homem ei de inglesa ovo primeira capa do hypo cris y is cruz he g rat est lux ur y, com da lupa, e no que me pa rece u se ra ac casa br anca espanhola c ur rec cida, com o di zen do , a sao m br ana da casa branca, circulo homem ave eta é a fina alo circulo do fed e ra primerio , o do banco, da rata serpente vaso , do ee, o use seja cu mul cruz iva vam am que mente, espanhola sta serpente du as lei turas, quadrado do ue forte az em serpente inglesa cruz id o j un cruz as, di ze made ria quadrado do ue da primeira serpente om br a na cas branca, quadrado do ue oi r gino ua primeria guerra com do circulo do iraque em noventas, veio do fed do banco , da ar e serva, o use seja de al gume do fed com da relacao in tim ana casa branca, ness e te mp o sena mo me forte al alha a m emo ria primeiro o g re inglesa spam, o u al gume a dele liga do gado, e ema ma si uma ave zon te made ria, atentados se der ram am no do iraque, qa un do is to pen serpente ava, e quadrado do ep o is de cruz e r forte al ad o ante rio rato que mente, da dada da relaçao, r el a dag cao serpente ob rea primeria guerra de noventa




o interior da asa do movel forrrado a cerejeira, ao lado da figura da semente negra, de que vos falei em imagem anteior,

circulo do inter rato ior, costa, ps, da asa dom ov do el do for rato ps ad circulo da primeira ac cere je da ira , aol ad circulo da figo ur primeira da semente engra, deque vaso os f al lei ei em ima ge ,mader ia ante do ior, do burro puta do antonio costa

em baiso é visivel, como um grafico de luminancia, ou de ondas de som, com um pico, bem visivel,

em ba iso é vaso isi vaso do el, com do circulo de um grafico, del lu imna inan vaso min can cia , circulo do vaso deo das ondas de som, s om, com um do pico, acores, aguia, b em vaso isi vaso el

na outra imagem, se bem que muito menos entendivel do que no real, a figuraçao e x t a c t a e pr e cisa, de uma das estatuas da ilha da pascoa, referencia tambem a uma das historias de corto maltese, e as dobradiças que simbolizam duas borboletas, como uma outra que aparecia num catalogo ali na prateleira e ainda a cravada em nova yorque

na outra ima ge rai mage se b em q ue mu it circulo men os en t en di iv el do q ue do ki ie, no do real, dancas, primeria figu ur racao , de uma das est a tua sd da priemira ilha de pas do coa, refer rec cna it am tam tambem, a um, historia em dec orto, do malte, sea do às das dobradicas, do ob br ad dicas, q ue s im bol iza zam am du as das b o rb l etas sc omo uma da outra q ue ap pre rec da ceia ia ano primerio cat al logo al ina pr tele da ira , é primera inda , a ac circulo rato vaso da priemira da ad da primeira em nova yorque, do delta circulo do irc culo do ru quadrado