quarta-feira, maio 19, 2010

acusaçao a roma, na pessoa do papa, setima parte

Acusaçao à igreja de roma, na pessoa do papa, setima parte


Ac cu dop delta usa sao espanhola, acento top daigreja de roma, na p esso ad doc irc culo do papa, set ima p arte


ferrero rocher, a imagem dos bombons, que os padres abusadores dao aos meninos para os seduzirem e para deles abusarem, me diz ainda outra coisa, pois me recorda, um anuncio da pt, dos quatrocentos, ou seja,grecia, de novo, quatrocentos mega, ou do mega ferreira, o bandido mor do local onde o senhor se sentou a pactuar com a nata dos bandidos que se dizem da cultura, o do ccb

ferro ps ero roc her, a ima mage maior madeira, dos bo mb o ns, q ue os padres abusadores, o do dao, a os meninos para os sed uz ire me para deles ab usa rem, me di za inda outra co isa, p o is me record a, um anu un cio da pt, dos qua t roc centos ingleses cruz os, , o u sj é primeira dag rec ia, de n ovo dos qua t roc en t os mega, o vaso do mega ferreira, o bandido mor do l ocal onda deo s en hor se s en t o ua p ac tua rc om da primeira nata dos bandidos q ue se di ze madeira da cu lu t a, o do cc segundo, da cris coutinho, co vaso p do tinho,

o sapo, que conduz um rolls a acelerar com uma senhora de chapéu vestida de verde, que no final da corrida, muito parece que se divertiu numa qualquer aceleraçoes que se pressupõem ser outra, assim induzem os filhos da puta as pérfidas insinuações, que levam muitos às piras, o cabo da tyv,

circulo lobo, o do sapo, q ue condo uz um ro ll sa ac e ler da ar com uma s en hora de c h ape eu v est id a d eve verde, q ue no fina al da cor r id a, mu it o pa rece q ue se di ver ti u nu mau primeiro vaso quadrado da e rato da ac e le raçao, q ue se pr ess u poe maior ser de outra, ass si m in d uz ze mos filhos da puta, às per fid as in sin ua ço es, q ue l eva vam am mu it os às pira s, o cabo da t delta vaso,.tv

da parte sexta desta acusaçao, se estrai tambem acusaçao contra a candida da sic, mentora dos espioes aqui em casa, pelo que o espirito acabou nesse pedaço de escrita de me desvelar


d a p arte sex t ad desta, a da acusaçao, se est rai t am tambem , ac usa çao es contra primeira da candida da sic, men tora dos es pi o es a qui em c asa, p elo q ue o es pi rito aca bo u ness e peda aço es de es circulo da rita de me d es vaso dele, o da ar, o da puta da ad



seriam hoje pelo meio dia e tal, cheguei à padaria, comprei o que raramente compro, meio pao de forma, ou seja kapa, meia da forma dp pao, na televisao interna e de segurança, estava a dar o papa em directo do porto, comentado pela puta da rtp dos futebois, ali vai o papamovel, pap, antonio pedro vasconcelos, am amo ov el, na cintura interna do porto, ou seja dos pregos nos rins, feitos outrora pelos do porto, porto, noventa e cinco, assim custa, e me diz o preço da meia de forma, e um moeda de cinco centimos nova, es pada porto guesa, ao instante, not roc cao cha o, caiu


se ria am ho je p elo me io dia e eta al,che g ue i à pada da ria aveiro, co mp rei , o q ue ra ram am que mente, co mp pro, me io do pau de forma, o vaso do use seja kapa da meia da forma dp pao, na televisao, ine rn a ed sg ur ança es, est ava ad ar do aro do papa em di recto , o do porto, com en t ad o p ela da puta da rtp dos futebois, bi o si, al iva io pap am ov el, pap, anton, bate ria vaso do io pedro vasconcelos, am amo ov el, na cintura inter n ad o porto, o u sj é primeira dos p regos nos rins, feitos, o u t ro ra p elos do p oto, porto, noventa e cinco, cio n co, as si mc us t a, é me di zo pr e çoda es meia de forma, é um moe dade c inc o c en t imo serpente da nova, es pada porto guesa, ao ins t ante do not da roc, cao cha o, caiu

na

banca

dos

jornais

ali

estava

o

senhor

muito

sorrindo

de

perfil

olhando

o

terrrorista

pedofilo

e

ladrao

mor

do estado

portugues

cavaco

silva


na bam mc a, a dos jornai, al i e s tva do circulo do s en hor mu it o sor rato indo de

per rf fil, o l h ando do circulo do te rr ro rato ps ista ped circulo da filo, é o ladrao

mor, o do estado, portu g ue es do cavaco silva



a

fazer

mais

uma

vez

prova

de

vosso

concluio

com

os

abusadores

e

os

pedofilos

e

os

ladroes


a f az ze rato ps mais, uma do vaso e zorro da pro da ova de, vaso do osso do

c on c lui circulo do com do os a b u s a d o r es, é os pedófilos e e os l a d r o espanhol




vos

recordo

hipocrita

de uma senhora e de seu filho

que

um

dia

aqui

outrora

no

dia

em

que

se

diz

O

Cristo

ter

outrora

nascido

a

todos

mostrei



vaso do os record, jornal circulo, o hipo circulo da rita de ema uma da s en hora, é de s eu

fil ho , q ue um do dia , primeira do ki aqui outrora, no do dia em q ue se da di zo circulo rato ps is to, teresa nac id , circulo da primeira de todos mo st rei



recordando

a

todos

que

a

criança

em

seu

colo

é

meu

filho

tambem



record ad da primeira do dn, a do quadrado do circulo, primeira dea dt de todos, os do quadrado da ue da primeira do circulo rina aça espanhola, em s eu delta ac circulo lobo, o do olo, é me eva dp vaso da fil nata do natal ai, tam am tambem



pois

sao

todos

dos

pais

e

das

maes


os

filhos

sempre



p o is da sao es, a do pais, tvi, e das maes, os fil homem do os, sempre




alguem

porventura

viu

uma

foto

do

senhor

sorrindo

a

esta

mae

e

este

filho


ak al g ue mp por v en tura vi u uma f ot do s en hor sor r indo a

é sta mae e este filho


ceratamente

que

seus

sapatos

vermelhos

não

sao

compativeis

com

esses

lugares

da

pobreza

do

mundo


cera do rata am que mente, quadrado da ue se us sa patos vermelhos, n cão da sao es

co mp a t iv ei s com desses cobras espanholas, lu g ares da p ob reza dó mundo


que

sao

imagem

real

de

mais

de

metade

das

gentes

que

neste

mundo

habitam


q ue da sao ima mage m r eal da al, de mais, de met ad e ,da s genet s q ue

nest e mundo h ab bit it da am


assim

escrevia

nesse

dia



http://ourosobreazul.blogspot.com/2006/12/os-sacos-vazios-das-prendas-amontoam-se.html



Os Sacos Vazios das Prendas Amontoam-se nas ruas que os caixotes estão cheios e mais não levam, as casas confortáveis, quentes e iluminadas, as rabanadas e os sonhos fazem as delicias das crianças e dos adultos.



Os sacos, pedro roseta, V az io s d as P ren d a s Am on to am do traço da inglesa sena s ruas q ue os ca ix ot es es tão che io se mais n cão l eva vam am, as c asa s c on for t áv e is, q u en te es se iluminadas, as r ab ana ad as é os s on ho s f az ema s del i cia sd às crianças e dos adultos.



No Fim de mais um ano que passa, cerca de onze milhões de crianças morreram porque nós as deixamos morrer, sem nenhuma razão para assim ser. Morreram tambem as Mães e os Pais.

No Fi maior de mais, fr, um ano q ue p ass a, ce rca deo dos onze dos milhões de crianças, mor rato e ram por q ue dos nós ás de ix am os mor rato, é rato, se m ne en h uma r az cão para ass si maior ser. Mor r e ram t am tambem ás mães e os pais



É Meu Filho

É a Maria am da ova do dp vaso do meu Filho



Uma dúzia de homens mais ricos do planeta podia de uma vez acabar com a miséria e ficariam eles mais ricos do coração e não ficariam pobres e escanzelados, mas não se pode obrigar ninguém a dar o que é seu, a propriedade existe e é respeitada, A Mãe e O Pai e O Filho e o Espirito Santo Tambem e todos Bem de Saude e Felizes Como Se Pode Ver.



Uma d úz ia de h om en s mais, fr, ricos do p lan ane eta pod ia de uma ave za aca bar com da primeira misé ria e fi caria am deles, mais ricos doc cora ração e n cão fi caria am p ob rese es can ze lados, ma serpente n cão da se pod e ob riga r nin g u éma d aro q ue é s eu, a pro rop pr ie dade e xis te e é rata es p ei t ad a, AM ã e e O Pai e O Fil ho , é circulo do lio, o do Espirito Santo, banco T am tambem e todos B em de Saude, vera, e Fel ize es C omo Se da Pode eVe rato.

O Fundo do Fim de Todas as Misérias não foi ainda criado e os homens se entretem em conflitos e guerras, alguns dirão que nãoexiste dinheiro disponivel, mas para armamento sim.



O F un dó do Fi maior de Todas, às Misé rias n cão fo ia inda c rato iad oe os h om en s se en t rato e te maior em c on fl it os to ze das guerras, al gun s d irão q ue n cão é xis te din he iro di sp oni v el, mas para arma men to si maior



E

cerca

de

vinte e sete milhoes de crianças

mais se foram neste entretanto

até ao dia de hoje


E ce rca de vinte, é sete dos milhoes de c ria anças es, mais se da forma foram nest e en t rato eta anto

a té cao dia de homem do oje


quase

duas

vezes

as

gentes

todas

deste

país


q ua ase duas do às vaso , é ze do zorro espanhol, as g en t es todas de este país, tvi


desparecidas

em

dois

anos

e

meio


d es spa rec cidas em do is ano serpente se me do io


e

o

senhor

cheio

de

falsos

oiros

como

cangas

em

seu

proprio

ser


é os en hor che io de f al s os o iro s c omo can gas em s eu pro rop p rio ser


e

o

senhor

em

fatima

num

santuario

que

se

não

me

flaha

a

memoria

rende

setenta milhoes

por ano


é o sen hor em fatima, no primerio do santuario, san tua rio, q ue da s e n cão da me

fla home da primeira, primeira am me mor ia ren de set en t am dos milho es por ano


para

onde

vao

para

onde

e

em

que

forma

o

vaticano

aplica

o

seu

imenso

dinheiro

e

riquezas


para da onda do vao, mario soares, para da onda, é, em q ue da forma do circulol da ova do

vaticano ap lic cao s eu em en s o dine homem do rio, é rique za s


de

que

froma

partilha

o

que

compra

o

pao


deque eu fr roma p art til ilha, o q ue co mp ra do pau


cre

porventura

que

O

Cristo

mais

feliz

fica

quando

o

dinheiro

grande

se

associa

a

comunhao


c rato é por v en tura q ue O C rato is to mais, fel liz f ica qua ando o din e home rio a ps oto lo serpente grande da se as soci primeria aco m un h º cao


ou

que

acreditara

que

dele

fazem

o

bom

e

proprio

uso

o vaso q ue ac red di tar a q ue dele, f az ze emo b o m e pro rop p rio us o


cre

que

o

crsito

não

sabe

contas

nem

contar


circulo rec q ue o c rato ps s it on cão , sabe, c on t as ne mc on tar


e

que

será

cego

à

miseria

crescente

dn

mundo


é q ue se rá c ego, psi, à mise ria crescente , a do dn mundo




Sem comentários: