quarta-feira, junho 16, 2010

atocha bum

ao chegar li nos papeis no chao e na relaçao com objectos aqui à porta, a pescada do cabo de lombos brancos, pele clara, provavelmente a de cima, é do onze do az do medico, dc trinta e tres, o do pneu e das laminas da jante do perservativo azul bebe, ou do bebe, ou seja do bum na atocha do passeio das viragos, cc, elevadas, certamente em coca ou algo similar, assim quem dispos os objectos a ps o sta nest e di ze rato, ps, pois ate uma virago, vitalino, a puta do ps, moto, aqui puseram, e nunca eu a vira, o motor traz sinais de corrosão marítima e tudo, bela encenação ou nao

cao chega da garra da ar do lino serpentes dos nós dos pape is no chao e na da relaçao, com ob ject os a qui à da porta, a p es c ad a do cabo de l om bo s br ancos, pele da clara, pro ova ave lem n tea, priemira de cima, é do onze do az do medico, dc trinta e tres, o do pneu e das lam nina s da j ante do perse r vat ivo azul bebe, o u do bebe, o vaso do seja do bum na ato do cha, china, do p ass seio do io das vi rag os, cc, ele eva ad as, ce rate mn te em coca o ual g o si mila ar, as si maior q ue maior di sp os os ob ject os primeira do ps do circulo do sta nest, é di do ze rato, o do ps, p o is a te uma vita gato circulo omo moto a qui ps ue ram, e n un ca eu primeira do vaso ov da ira, o mo tor t ra zorro sin a is de cor rosa circulo do maritimo, é tudo, b ela en cena ac sao es o un cao

Sem comentários: