sábado, junho 12, 2010

A nelson mandela, quarta parte

A nelson mandela, quarta parte

Ane do anel primeiro dp serpente do circulo no man dela, q y ad rato do ado da ua rta p arte

acabei agora de comer, antes de me sentar lancei uma seta, com o nome da puta no espírito, a leonor beleza, e a seta acertou exactamente, na fiada dos dentes do armário de meu avo inglês, ou seja , uma dos dentes da besta

aca bei a goa de co mer, ant es de me s en t ra lan c ei uma s eta, com o no meda da puta no es pi rito, primeira da leonor beleza, é primeira s eta ac ero vaso, é x aca ata em n te, na fia da do s den t es do ar mario, puta mor do ps, de m eu av o ingles, o vaso do seja , uma dos d en t es da besta

nessa noticia do tal prémio atribuído as neurociencias, aparentemente a dois rapazes americanos que apareciam numa conferencia, via, skipe, como tiveram o cuidado de informar, que declina em sk, e serpente capa da puta do ipe, falava de uma margarida , de vinhos e portanto cok do tail, do sommer, natal, nata al, do champ do lima, a maud , bill new s ome e tony m6 us homem on job do bill da cali for nia, ny vaso, o counter da peça da rtp, apresentada pela puta relacionada com a morte por afogamento de duas crianças no aqua parque no restelo, estava estranhamente parado, em dezassete , dez, depois lá passou para dez ase do sete do onze, ou seja referencia a outra matemática pura, a que fizera ao ver os filmes da morte de j f kennedy, na realidade, todo a peça em sua metalinguagem, simbólica, falava disto, pois se via, o cérebro com a marca da trajectória da bala, uma outra imagem da dobra do cérebro, para que caiba na caixa, se lia em letras varias, rte, el ss serpente como associado a dez ase sete do onze, estaca, funcionamento o cérebro que é referencia a imagem das contas no ultimo video publicado na Casa de Deus, sobre kennedy, que creio ainda nem ser o que digo estar faltando, composites, ou seja, circulo roma key, net vermelha e negra, cardeal jesuíta que depois se ligava com uma declaraçao do papa em s pedo, a propósito outra vez dos que na sua igreja das crianças abusam, e sendo que nas imagens eu li, uma clara relação com um folheto que uma vez encontrara ao pe de um prédio ao lado da loja assimetria, na infante santo, que e novo aqui entrara, relativas às tais bebidas falseadas, que hoje soube serem da coca cola mas distribuídas por con ref, con referencia,anca enca, do est, vaso do pido, o da dp de noventa e três, segundo do circulo do primeiro desse tempo, da av infante santo, coc aco ola, da onda, portanto papa, lhe pergunto o que não lhe ouvi, nome!!!

ness primeira do ano da not ti cia do t al pr emi do io at rib u id o às das ne ur roc ien cia s, damaso, p hi l ia s fo gg, ap a ren te que mente a dois rapazes americanos, q ue ap ar e cia am nu ma c on feren cia, via, s k ipe, c omo ti vera amo am, cu id ad e de in for mar, q ue dec lina em sk, e ser pente capa da puta do ipe, fal ava de uma mar g ar rid id a , de vinhos e porta anto cok do tail, do s om mm, es, mer, natal, nata al, do cha mp do lima, a maud , bill new s ome e tony m6 us homem on job do bill da cali for nia, ny vaso, o co un teresa da p eça da rata da rtp do tp, ap resen sena seat td a p dela, a puta relacionada com a morte por afogamento de duas crianças, a puta alberta fernandes, no do aqua, par q ue no do restelo, es tva est ran ham am que mente, parado, em dez ase sete , dez, d ep o is l á p ass o u para dez ase do sete do onze, o u seja ref fr ren cia primeira de outra rama da ma te mat ica p ur a, a q ue fi ze ra cao v ero s filmes da m am da morte de j f kennedy, na rea l id ad e, todo da primeira da p eça, em s ua met al in guage maior, si mb o l ica, f ala ava di st o, p o is se da via, o cer e bro com da primeira marca da t ra ject tori, a da bala, uma outra rai ema mage maior da do br ad circulo do cerebro, para quadrado do europeu ca iba na caixa, banco, se da lia em le t ra serpente pete rn vaso das arias da rte, el ss ser pente c omo as soci ad circulo da primeira da dez ase sete do onze, est aica, fun cio na men to o ce rb br roque, é referen cia, primeira ema mage maior das contas, no u l t imo v id deo pub lic cado br ad o na C asa de De us, s ob re kennedy, q ue c reio a inda ne maior s ero q ue dig o es star fala t ando, co mp is t es, co mp os it es, o vaso do seja c r irc culo roma key, net vermelha e en home ra do cardeal jesuita, q ue d ep o is se liga ava com uma dec al raçao do papa em serpente pedo, a por rp rosi to, outra ave zorro dos q ue na s ua da igreja, a das crinaças abusadas ab bus sam am, e se dn o q ue nas i mage ns europeu li, uma da clara, da relaçao, com um fo l he to q ue uma ave z en c on t rato ps da ara cao pede de um predio ao lado da loja assimetria, na infante santo, q ue e en ovo a qui en t rato da ara, rato dela tica s as tais, br, bebidas, f al sea ad ás, q ue ho je s o ube se rem da co c a c ola ma s di s t rib u id as por com rfe, con referen cia,anca enca, do est, vaso do pido, o da dp de n ov en primeira te do tres, segundo do circulo do prime iro desse , cobra ram am , te mp o, poda da av infante santo, coc aco ola, da onda, porta anto papa, le homem hp per gun to co circulo q ue n cão l he o uv ino mes maconico, o maior do espanhol

assim se misturavam as linhas deste acontecimentos tecidos, pelos orgaos da dita comunicaçao social, aqui se via a takl puta das mortes dos sangues envenenados, agora ilutre presindete da fundaçao champalimaud, e ao lado dela o tal advogado mefistofeles, proenca de carvalho, ex administrador tambem da rtps, o tal que recebe senhas presença de reuniao de sete mil e tal euros a cada vez para elaborar contratos de roubos e venda de propriedades varias diversas alheias, na verdade os rapazes americanos bebendo café à ausencia do vinho, dizendo festa primeiro, falavam da divisao de um premio em dinheiro dado pela dita da fudnaçao, uma fundaçao que tras um curioso objectivo que remete para isto tudo, o desenvolvimento da ciencia para curar doenças da visao,

ass si maior da se mi s tura ava vam am às das linhas d este aconteciemntos tec id os, p elos o r g a os da dita, a da comunicaçao soci al, a qui se da via a t ak primeira puta das mortes dos sangues envenenados, agora rai lu t re pr e sin dete da fundaçao c ham pali maud, é cao lado dela, o t al ad vo do gado do mefistofeles, ne fist o fel es, por ren ca de car alho, é x ad min s it rato da ad da dor t am tambem da r t ps, o t al q ue re eb e s en h as pr es ença es ed da reuniao, tvi, de sete mi le eta al e ur o as ac ada v e zorro do para dela , bor ar c on t ratos de r ero o ub os se da venda do ed pro rop p rie dade ss v arias di ver sas al he ia serpente , na ver dae os a ap zorro es americanos, beb en do ca fé primeira au use na id o v in ho, di zen do da festa p rei me iro, f al ava vam am , a da di da visao, pro jornal, de um pr emi o em din he iro dado p dela, a dita da fu dna circulo espanhol aio, uma da fundaçao q ue t ra serprnte um cu rio serpente ob ject ivo q ue reme teresa pa da ar sis to tudo, o do desenvolviemnto, o da ci enca para c ur ar do enças es da av vaso da isa sao

ou seja, a suma, diz, morte de kennedy, perdas de visao, dinamos com mortes de diversos portugueses com sangue envenenado, nas boas gestoes dos bandidos do psd e de todos os outros que os deixaram impunes durante estes anos todos, com consequencias de novas mortes de foice larga pelo uno mundo, historias mentirosa contadas e compradas por americanos, sobre doenças mentais, ou vulga loucura imputada a outro, para safar o cu a assassinos, como se ve , pela verdade da historia, e provavelmente , fruto dessa mentiras dessas putas pagas, um passe para a cegueira

o vaso do seja, priemira s uma, di zorro da morte de kennedy, per d as de v isa sao, din amo s c om da mortes de diversos portugueses, com do sangue envenenado, nas boa s g es toes es dos vaso ban dido serpente do psd , é de todos os outros , rosque, porcos, q ue os de ix aram i mp une es duran, barroso, te de este serpente destes anos todos, com do caso on seq u en cia s de novas mortes, mor orte, de fo ice lara rag ap elo un o mundo, jornal, hi s tori as men teri rosa c on t ad ds e co mp prada spor, es roma, am mer rc ino s, s ob re d oe enças men da tasi,con r tol o rem , o uv u l g a lou cura ari mp puta ada primeira do outro, para sa f aro roc do cu da primeira dos assassinos, c omo s e ve , p dela, a ve rda ded a hi s tori a, e por v ave lem n te , fr ru to de essa , ad ás das mentiras, dessas cobras das putas pagas, um p ass e pa ra ac e ge eu ira

essa senhora leonor, tras tamnbem um filho, que foi outrora preso por trafico, e curiosamente nesse mesmo telejornal de ontem se dava conta e um narco traficante da america do sul, ter sido preso

ess a s en hor a l e o no rato, t ra serpente t am n be maior um fil hoque eu fo io deo outrora,, pr es o por t ra fi co, e cu r isa sam am , a que mente ness e me sm o tele jornal de ontem , se d ava conta, é u m n arco t ra fi can te da am mer cia , o do sul, ter s id o pr es circulo

outrop dos conponentes do cio deste passe da morte da neta de mandela, montado pelas televisoes foi uma sequencia de imagens com numeros, não tao pura matematica, a atener ao negro resultado, pois passaram, imagens de si como sentado num cadeirao, e os jogadores da selecçao portuguesa por etras como leh poisavam camisolas como veus em cima de seu peito, a primeria que vi, me estranhou, pois o senhor aprecia como estando morto, tipo feito mumia, camisolas que mostravam numeros, sendo a ultima apresnatda pelo ronaldo com o numero novenat eum, novenat e um de novo, o mesmo numero, o mesmo ano, aqui em meus apontaemntos, coloquei, 91/92, j f kennedy / mandela, o elefante do pentagono

outro da rop , rp dos con, est u pidos, pone en t es do c io do cio de este passe, da do dam am da morte da neta de mandela, montado, p delas, das televisoes, fo oi , uma seq u en cia de i mage ns com nu mer eros, n cão tao p ur a mate ema tica, a at en e rato cao negro r es sul t ad o, p o is p ass saram, i mage ns de sic omo s en t ad on um cade irao, é os jogadores da sele cç sao, portu guesa por e t rato ps às c omo le h p o isa ava vam cam is solas olas, da ondas, c omo v e us em c ima de s eu p e it o, a prime ria q ue vi, me est rato do anho vaso p o iso s en hor ap rec ia c omo est ando morto, t ip o, feito, mu mia, cam is ola s q ue mos t r ava vam am nu mer eros, s en do da primeira da ultima ap r es sn a td a p elo do ronaldo, com do circulo do n um mer do ero de noventa e um, no v en a te um, no v en a te um de en ovo, o mesmo nu mer ero, o me sm o do ano aqui, em me us ap on tae mn t os, c olo q ue ei, 91 do bar do ra do nono seguno da expo de sevilha, j f k en ned delta dek , madeira, l t ad o bar do ra do man dela, circulo do elefante do pentagono

continua...

Sem comentários: