domingo, junho 13, 2010

a nelson mandela, quinta parte

a nelson mandela, quinta parte

a Nl nilson ,mad ad do man dela , a da quinta , p da arte


o elefante do pentágono, outra das imagens que vinha da África do sul,a faca da africa do sul, um elefante que com a tromba jogava uma bola pb, maçónico, de pentagramas, e ao ver a imagem , me lembrei ainda de outra relação que aponta o mesmo grupo ligado a pinto da costa e ao fpc, mais a mais, atendendo que recentemente aqui neste Livro da Vida, estas putas, nomeadamente a maria elisa do grupo do durao, que por lisboa estaria na altura da morte da neta, com um grupo onde se via entre outros, o mor do ps, mario soares, e o filipe goncales, exactamente no mosteiro dos jeronimos, onde em noventa e um , ou dois eu com ele me cruzei no concerto de um home que depois morre de seguida, o tom jobim, e onde também estas bestas, com a assinatura do mario soares e do hernani lopes, venderam a independência de portugal ao arrepio do povo e da democracia, visto que não consultaram ninguém como eram por lei obrigados,

o le fan te d o penta g on o, outra da s ima ge ns q ue vina hd home da africa do sul, um dele fan tec eu do com boio, uu , com da primeira t ro mba, falo, jo g ava uma da bola a ap do pb, o maçonico, de penta g rama sea cao ove vera rai primeira mage maior da me lem br ei a inda de outra do tribunal da relaçao, q ue ap da ponta do circulo do mesmo , g rupo liga do gado da primeira do pinto da costa, é cao fpc, mais isa primeira mais fr, a ten dn dedo q ue rec en te mn te a qui nest e L iv ro david a, é sta serpente das putas, noe ema mad dam am , a que mente, primeira da maria elisa do g , orupo do durao, quadrado da ue por lis boa est aria na la tura da dam am da morte da neta, com um gato rupo da onda da se da via en t re de outros, o mor do ps, mario soares, é circulo do fi le ipe do goncales, e x aca cata em n ten o mosteiro dos jeronimo s, onda em noventa e um , o vaso dos dois europeu com dele, me c ru ze ei no do concerto, coliseu, de um home q ue d ep o is mor rede sg guida, o tom jo bim, é onda tam am tambem destas bestas, com da primeira da as sina tura do mario soares e do hernani lopes, v en de ram primeira da in d e p en den cia de portu gal cao ar r ep io dp p ovo, é da demo c rac ia, vaso is to q ue n cão co ns sul tar am nin g ue mc omo, e ram por lei obrigados,ob br rig gados

nesse reunião do mosteiro onde a dobra dobra desses dois deve ter sido de alguma forma concretizada, sendo que apareceu aqui uma assinatura, que me evoca, um estranho passe, o ultimo na casa dos passes eléctrico em campo de ourique quando da troca uma peça, me ter a senhora pedido a assinatura num documento de credito do qual não me deu copia, e depois emitiu a factura no valor com o desconto da pela trocada, que foi também o pagamento da lâmpada que substitui a da polonia , aqui, quando se fundiu, ou seja a relação destas bestas com a matança dos polacos, e também do bum em londres, visto dois pormenores se juntaram, o primeiro é visível no selector do fogão eléctrico, , a cor de verdete, equivalente a da moldura da porta dos metros, carruagem, no desenho da capa do tom waits, e um sincronismo, pois de seguida a ter escrito e publicado à rainha, no dia seguinte, a tv, mostrava uma peça de uma companhia inglesa que se passava exactamente no metro, e onde as rosas , verdadeiras ou falsas, ali usadas, eram atiradas ao ar numa composição que era figurada, pelo esqueleto, ou seja a suma dizia claramente ser relativo ao bum em londres, clara mente, de novo como se desvela neste mesmo paragrafo

ness é reuniao do mosteiro, onde dea da dobra , d ob ra desses dois, mario soares e hernani, d eve teresa s id o de al g ua am forma c on c rato ps e t iza zada, s en doque europeu ap a receu a qui uma as sin da tura, a dura, q ue me e vo ca, um est rato do anho do passe, o u t l mina casa dos passes electrico, em cam pode deo de urique, ultich, qua ando da t roca ua am p eça, me teresa primeira s en hora ped id o, primeira da as sina tura nu maior doc u men to de c red dito do q ual n cão da me de eu cop ia, é d ep o is emi ti ua da factura, no da ova do valor, jornal economico, com circulo do d es conto da p dela t roc ad a, q ue fo i tam am tambem do circulo do pa gam en to da lam a am sm pada q ue s ub is tito do ia da polo ni a , a qui, qua ando se fun dio vaso, o vaso do seja da primeira do tribunal da relaçao, de sat ts das bestas com da primeira dama da matança dos pol caso, e eta tam am tambem do bum em londres, vi s to do is por men o rato pswe es se jun tar rem, o prime rio é v isi vaso dele del no sele c tor do fogao eletrico, acor de verdete, e qui iva al lente, primeira ad a mol dura da porta, dc s cds, , dos metros, car rua g en sm, no do desenho da caa pp do tom w a it se de um sin c ron is mo, p o is de se guida, primeira teresa , es circuklo do rito , é pub lic cado à rainha, no dia seguinte, primeira da tv, nost rata ps ava vaso vao , mario soares, ima p eça de uma co mp anhi a inglesa q ue se p ass ava e x aca cat, a que mente do no metro, é onde ás das rosas , ver dade iras o u f as l as, al i usa sadas, e ram a tir d as cao da ar numa co mp io siç sao es q ue e ra figo ur ad ap da puta do elo esqueleto, o vaso do seja, a s uma di z ia clara ram am , o que mente, ser rato dela a t ivo cao do bum em londres, clara mente, de en ovo c omo se d es eve vela dela nest e me sm o pa r a g rafo

esqueleto vira eu um, exactamente no programa da clara , câmara clara, da rita rede shoes, onde um elvis pirata, empurrava uma barbie para uma gaveta, numa animação que apareceu também com a mesma personagem na serie triunfo dos porcos, ou seja tentando eles assim limpar o cu e a responsabilidade,

esqueleto vaso da ira do europeu um, e x acta em n te no programa da clara , cama ra da clara, da rita rede sh oe es, onda , um do elvis pi rta, e mp ur rata ps ava , uma ba rb ie para uma g ave eta, nu ma ani maçao q ue a ap pr receu ta mne maior circulo om a me sm a per so bn gage mna se rie t rio un do fo dos porcos, o vaso do seja t en t ando deles, as si ml em p aro roc do cu, é a primeira r es ponsa bil id ad e,

no final da reuniao no mosteiro dos jeronimos onde os ex terroristas ed estado, portugues e espanhol, e europeus activos, como o durao agora se reuniram em lisboa, se via o filipe gonzalez como que espumando raiva dizendo que era preciso aproveitarem a crise, me pergunto qual a atender a morte de mais uma jovem, oou falais do reconhecimento da ineficacia de vosos grupelhos ao longo das decadas na conduçao do projecto europeu, talvez melhor dizer, do projecto da corrupçao transistemica para roubar a lei e a justiça aos cidadaos da europa, seus filhos da puta ladroes cobardes e pedofilos!!!

no fina al , a da reuniao, do no do mosteiro dos jeronimo serpente da onde os, é x terroristas ed estado, portugues e espanhol, é e ur rop e us ac t ivo s, c omo do circulo do durao, agorada se da fase , r eu n i ram em lis boa, se da via do circulo do filipe g on z l av zorro c omo q ue es puma man do da raiva di zen do q ue e ra pre do ciso, dente da besta, ap pro ove it a rem primeira do c rise, me per gun to q ual a a ten der primeria da am morte orte, de ema mais, uma j ove maior , dp vaso f al a is do reco on he cimento da ine fi ca cia devo s os g rup el h os cao l ong das dec ad as na condu sao es do pro ject o eu rop eu, t alvez mel hor di ze rato ps, do pro ject , o da corrupçao transistemica, para ro ub ra primeira da lei, é a primeira da justiça, a os cida dao serpente da europa, se us fil h os da puta ladroes cobra ad es se dos pedofilos!!!

ainda hoje pela tarde quand li na av infante santo a chave do tal passe com as bebidas energeticas, vi na capa do expresso, os doisnum almoço com ar de conspoiraçao, um angulo que eles fizera, semdo que essa puta, o hermani, tambem entro recentemente aqui, numa narraçao na zona do chiado, um angulo, uma dobra combinada nesse mesmo almoço que o expresso narrava

a inda do hoje, jornal, p dela, a da cruz arde qua and lina av infante santo, primeira chave do t al p ass e c om ás das bebe idas ene r get ticas, v ina capa do expresso, os do is snu , um al moço com da ar de c on sp oi raçao, um angulo q ue deles, fi ze ra, se madeira dó q ue dessa puta, circulo do hermani, t am tambem en t ro rato ps e c en te mn te a qui, nu ma na rr aç sao es , na zon ado chi ad o, um angulo, uma do br a com bina a d a nesse me sm o a l moço q ue do circulo do expresso na rr ava

continua...

Sem comentários: