terça-feira, junho 08, 2010

passes magneticos, cargas, empowerment das mulheres, como dizia a puta elza paes



estava eu a ver em meu arquivo os vídeos sobre a analise da morte matada de j f Kennedy, à procura do que falta dos publicados por links na casa de deus blogspot, a ouvir exactamente a parte referente aos passes magnéticos , como digo provavelmente feitos por sexo, quando fui a casa de banho, e desta vez ouvi mesmo um sybian, na verdade,e scuto na casa de banho, ou melhor através dela, pelas noites com imensa frequência um pequeno motor que aqui uma vez dei conta, e que perguntei ao vizinho do lado, o do ps, de onde viria, pois me cheirara a flúor, e havia um laboratório aparente de próteses dentarias, na cave ali ao lado, quando para aqui me mudei

est ava eu a ve rem do meu arquivo, os videos, s ob rea primeira anal ise seda da morte matada de j f kennedy, à por cura doque eu f al t ad os pub lic cados br, por l in k s na c asa sade de us b lo g da spot, a o uv i r ex ac tam am, a que mente, a p arte refer rt ren en te ao s p ass es magneticos , c omo dig o por v av lem mente, feitos por sexo, q au bn do fu ia c asa de ban h o, e de sta ave zo uv i me sm o um s y bi a n, na ver dade, e scut on a casa de banho, o u mel h ro at r av es dela, p el as noites com i men sa fre q u en cia, um pe q u en o mo tor q ue a qui uma ave z d ei conta, e q ue per gun teia o vizinho do lado, o do ps, de onda vaso da iria, p o is me che ira ra a flu o r, e h avia um l a bo r a t o r io ap a rente de pro te s es den t aria s, n a cave ali ao lado, qua ando para a qui me mu d ei

depois com o tempo, me pareceu ser um daqueles pequenos motores, de vibradores, com uma particular curiosidades, aquilo dura horas a fim, e hoje agora mesmo depois de ouvir essa aparte no vídeo, ouvi, o som do sybian, que de certa forma é o som de um comboio

d ep o is com o t e mp o, me pa receu ser um da q uel w es pe q u en os m o tor es, de v i br ad dor es, com uma p art tic cu l ar cu rio sida d es, a q u ilo dur a hor as a fi me ho je agora me sm o d ep ois de o uv i r ess a ap arte no v id e o, o uv i, o s om do s y bi anque de c e rta forma, é o s om de um com boio

e tudo isto me fez lembrar o discurso dessa puta recentemente no canal dois sobre o pretexto da violência nas casas, que aqui abordei, em voz, e a quem pedi explicações, pois muitos de estranho se desvelava das palavras dela, sendo que na realidade, muitas mortes ocorrem sobre estes pretextos, e como relembrei, para alem da lei estar mal, e a ar não a ter ainda mudado como a escrevi, o que prova a cumplicidade, parece então, ser de propósito como dinamos geradores de outras desgraças,

é tudo is to me de fez l em br aro di s c u r s o , dessa puta, rec en te mente no canal dois, s ob reo pre tex t, o da viol en cia nas c asa s, q ue a qui ab o r dei, em v oz, é a q ue maior do ped di , é x p lic caçoes es, p o is mu it os de est r anho se d es vela lava ava, a das pal av r as dela, s en do que na rea li da ed, mu it as mortes o cor rem s ob re est es pre tex t o se c omo r dele lem br ei, para al lem da lei est ra m al, é primeira da ar nau, a teresa a inda mu dado c omo a es c r e vi, o q ue por v a a cu mp lic id de, pa rece en tao, ser de pro rop posi to c o mo dinamos ge r ad dor es de outra s d e s g r aça s, es

como vos disse, a puta nessa entrevista espelhou um elemento, uma roda da vida, em forma inclinada suspensa numa correia ao pescoço, e essa imagem é a mesma das rodas do cavalo que aqui vos mostro, rodas em ferro, e sendo que nesse momento , aqui, portanto, a puta entra aqui, ou sabe por quem entra, estava a cobra indiana de pau, de que de novo vos falo em vídeo que hoje ainda publicarei, no post a seguir, assim espero, se as putas terroristas não o desviarem ou tornarem impossível o up load,

c omo vaso do os di s sea da primeira puta ness a en t r e v ista es p el ho u um dele, lem en to, uma roda da vida, em forma inc l ina ad a s us pen sa nu ma cor reia cao p es coço, é ess a ima ge mé , primeira da mesma , a das rodas do c ava alo, q ue a qui v os mos t ro, rodas em ferro,ps, é s en dd o q ue ness e mo men to , a qui, porta anto, primeira puta entra aqui, o u s abe por q ue m en t ra, es tva a cobra indiana de pau, deque eu de n ov v os falo em v id deo q ue ho je a inda pub lic ar e sino ps ota primeira se gui r, as si m es p ero, se as das putas terroristas, n cao co circulo d es via rem o u torn ar r em i mp oss iv e k l o u p primrio do circulo da ad,

a cobra que é visível na segunda imagem, onde depois a pus, curiosamente desenhando um ângulo, que aponta com um botão e um copo de vidro de um tinteiro que a puta teresa me partiu ainda em casa quando o namorado, ou valete para la entrou, que era de meu avo, como aqui uma vez narrei, aponta por sua vez dois livros do lazarus que tinha ido buscar no seguimento da imagem vinda através dos canais do livestream, do dalai lama e do bono e da bela kristen que aqui recentemente comentei, e sendo que como sabemos temos em cima da mesa a matança do ultimo avião indiano caído, como tudo o que aqui dele contei, dentro do pequeno copo do tinteiro, estão os parafusos da aparelhagem bang


a c o br a que, braque, fr, é v isi v dela , ana se gun da ima ge mao maior da, onde d ep o isa primeira dos pus, cu rio sam nete d es en h ando um ang u lo, q ue ap ponta com um bota oe, um cop o de v id ro de um tin te iro que a puta teresa, me ap art ti u a inda em cas qua ando do circulo do namorado, o uva lete para l a en t ro u, q ue ra de me u av o, c omo a qui uma v e z na r rei, ap ponta p os ua v e z do is l iv ro s d o l aza ru s q ue tina h i d o b us car no se gui men to da iam mg em v inda at r av es dos can si d o l ive s t ream, do dalai lama, e do bono e da bela k r s i ten q ue a qui rec en te mn te coe mn t ei, e s en do que eu c omo s ab emo s t emo s em c ima da mesa,madrid, a matança, do ultimo avia o in di ano ca id o, c omo tudo o q ue a qui dele conte te ei, d en t r o do pe q u en o cop o do t inet rio, es tao os pa ra f u os da aparelhagem bang


curiosamente, me lembrei que este cavalo, o comprei na feira da ladra, depois da maria joao, braço direito do moniz, no tal almoço que recentemente aqui comentei, sobre o estrangulamento da latina europa nessa altura, me chamara a atenção ao ve lo na feira, também trás isto relação com londres onde na visita com a cristina coutinho e outra puta dos departamentos dessa altura, o jorge, relacionado familiarmente com o jesus roque, a londres , os fotografara e depois troquei uma carta com quem os vendia lá, que uma vez aqui narrei, pela estranheza e um traço sobre o here, que nela estava escrito, ou seja uma manha, e ao que aprece3 o conhecimento dessa mana desde essa altura, e sendo que também nessa visita fotografei eu, uma locomotiva de prata em modelo reduzido, ou seja, soma isto o cavalo, ou a cavalona do bum no metro em londres

cu rio sam am , o que mente, me l em br ei q ue de este cavalo, o co mp rei na fe ira, a da ladra, d ep o is da maria joao, br aço es br do direito, o do moniz, no t al al moço q ue rec en te mn te a qui com en t ei, s ob reo est ran gula lam am men t, o da latina europa nse sea a al tura, me c ham ara a a at en çao es a o ve lo na fe i ra, t am tambem t ra s is to da relaçao com londres onda dena v isi sita com da primeira da cristina, co tui n ho, é outra puta dos departamentos dessa altura, o jorge, r dela ac cio n ado f am i li ar mente com do circulo do jesus roque, a l on d r es , os f o tog raf ar a e d ep o is t roc q u ei uma ca rta ~com q ue m os v en di a l á, q ue uma v e za qui na r rei, p dela , est r an he za, é um t raço es s ob reo her e, q ue nela est ava es c rito, o u seja, uma da manha, é cao q ue ap pr rece 3 o c on he cie mn to de s sa mana de sd e essa ala tura, e s en do q ue t am tambem ness a v isi sita f ot io g raf ei eu, uma loco omo t iva de prata, ricardo, em modelo, red uz id o, o u seja, s oma is to o c ava alo, o ua aca ava l on ad o b un no metro em londres

que tremendas putas sois!!!!

q ue t re em n d as putas s oi s!!!!

Sem comentários: