sábado, outubro 23, 2010

ah fofinha, eu te amo, e apetece-me estar sempre a te escrever assim coisas doces de mel, por outro lado, trago vontade de me zangar à seria com estas bestas todas de vez, percebes

a homem mm  fo fi n h a, eu teresa amo, e a pete rece inglesa me est ra se mp re a te es c r eve r a sw si maior co ias doc es d emel, por outro rol  lado, t rago von a td e ed zan g ar à se ria com e stas destas bestas todas de v e z, per ce be es,

por outro lado ainda, quando te amo também assim, o mundo mais se ama, mas melhor seria escrever-te com a língua ao perto pertinho

por outro rol lado ainda, qua n do teresa amo tam am tambem as si mo mundo massi se da ama am a ma s mel hor se da ria es c reve r traço ingles te com a l ing ua cao per to do top per tinho

acordei ao final do dia, dormi assim assim, pois havia brocas no andar das obras de vez em quando, e ao acordar, se me figurou na consciência, que a cadeira desse bandido terroristas mor que dá pelo nome de cavaco silva, era imagem do albatroz na madeira, pois vi de novo essa imagem na memoria, dele lá nas cheias provocadas que lá deram, e porque em dia recente , outra vez o vento lá se enfureceu, ou seja terroristas de lá

acor dei cao fina l do dia, dor mi as si massi maior, p o is havai bo rca s n and da ar das do o ob bras d e ve ze maior am qua n dó, é cao acor da ar ps,  seme figo u o runa co ns c ien cia, q ue primeira  cade ira desse bandido terroristas,  mao do rato q ue d á p elo no mede dec de cavaco silva, e ra i mage md o al bat r oz na madeira, p o is vi de n ovo essa e mage mna me mor do ia dele lá,  nas cheias por v o c ad as qu e l á s ed e ram, é por q ue em dia rec en te , o u t r ave zo vento lká se en fur e c eu, o u seja os terroristas de lá

link lazio, agora qui aparece , no correstor,
l ink lazio, agora do qui ap pr a rece , no do corrector,  cor r es c tor, futebois, italian

Sem comentários: