sábado, outubro 23, 2010

o terorista mor, cavaco silva, mostra hoje na capa do expresso,a aliança dupla da mascara do diabo, figurado na cadeira onde a puta se senta, se virem o espaldar na horizontal, e diz que nao se deve gritar com as finanças pois o dinheiro é deles

o t ero rato do ista mor do cavaco silva, mo st ra home do oje na caa pado do expresso,a al ina sa es da dupla dama cara do diabo,  da ib o, figo ur ad dn a ce de ira onda da primeria puta se senta, se v ire emo es pal da ar,  na h ori zon t al, e di zorro q ue n cao se d eve g rita rc om ás fincas es p o is  di en he iro é del es

sobre governo financeiro equilibrado, foi  que se viu quando era governo, com a experiencia de mangas de alpaca que ele é do tempo ali em frente ao intendente, para quem nao saiba, lugar de putas, mas das sérias, pois se tem prazer contra pagamento

s ob re do governo fina ce do iro eq u i li br ado, f oi q ue se vi vaso qa un dó era governo, com da primeira , é x per ien cia de man gas de al p aca q ue dele,  é do t e mp o ali , algrave, em fr en teao do independente, pa da ar q ue mna o sa da iba, lu g ar de putas das sé ria s

na verdade ontem queimei papeis aqui em casa, e a pura donzela aqui de cima, ao que parece achou que o predio estava a arder, o outro da espanhola na janela telefonava, a dar a informaçao a quem lhe paga a espionagem como aqui se desvelou em texto anterior, pelos vistos serve de inspiraçao a uma outra econonista tambem muito equilibrada e boa, de baozinha, claro está a atender a hora em que a coluna referencia a tao ilustre e clara prosa

na verd ad deq ue ei me ip dp pape is  a do qui aqui em casa, é primeira puta donzela aqui de c i ma, cao q ue ap rece ac ho u q ue o pr ed io est ava a ard der, o co outro da es pan da hola ana jane la tele fon ava, a d ar a in fom mr sao es , primeria quem lhe paga a espionagem,  c omo aqui se d es velo u em tex t o ante ior, p el s ov is t os serve de onda in sp pita ira raçao a uma de outra e cono nisa sat tam am tambem mu it o eq ue i libra br ad a é boa, de bao, pt,  z in homem do  ac circulo do l aro es tá a a ten der da primeira, hor a em q ue a co luna refe e rn cia a tao i lustre, é clara pr rosa

http://aeiou.expresso.pt/manuela-ferreira-leite=s23497



sabes amadinha, agora de manha ao voltar, um folha me mostrava um numero de telefone no chao, com um br, ao lado, quem diria, ate pensei na gisele, visto que devem andara tentar trama-la

em cas abro o mestre , e me sai a primeira aprte do triptico da justiça solar, e me diz a suma , que a puta de coimbra , e do malaquias, o treceiro, o da erotizaçao infantil, ou dos infante, morra!!!!

em c as ab  r dp do mestre , e me sa ia primeira a prte do t r i pt ico coda just iça es solar, e me di za s uma , q ue primeira puta de coimbra , e do m ala qui as, o t rec e iro, o da ero ti za sao es in fan til, o u do os serpente do infante, mor ra!!!!

malaquias entenda-se , do g rupo do cento e onze, da tripla, o segundo do circulo do vinte, do maconico, judice , a jud ice c on nec ti on, o coelho da soraya

I. A Mensagem do Senhor e as Perguntas Israel (1.2—3.18)

                                       A. Primeira Mensagem: Deus Amou Israel (1.2-5)

                                           Pergunta de Israel: “Em que nos amaste?” (1.2)



                           B. Segunda Mensagem: Israel Tem Desonrado ao Senhor (1.6—2.9)

                   Perguntas de Israel: “Em que desprezamos nós o teu nome?” (1.6); “Em que te

                                                    havemos profanado?” (1.7)

                    C. Terceira Mensagem: Deus Não Aceita as Oferendas de Israel (2.10-16)

                                        Pergunta de Israel: “Por quê?” (2.14)



                               D. Quarta Mensagem: O Senhor Virá de Repente (2.17—3.6)

                                         Perguntas de Israel: “Em que o enfadamos?”

                                             “Onde está o Deus do juízo?” (2.17).

                                     E. Quinta Mensagem: Voltai para o Senhor (3.7-12)

                                 Perguntas de Israel: “Em que havemos de tornar?” (3.7);

                                                    “em que te roubamos?” (3.8)

                 F. Sexta Mensagem: Declarações Injustificáveis de Israel contra Deus (3.13-18)

                              Perguntas de Israel: “Que temos falado contra ti?” (3.13);

                          “Que nos aproveitou termos cuidado em guardar os seus preceitos?” (3.14)






Sem comentários: