domingo, outubro 31, 2010

que estranho, pus me agora a levar alguns tachos, e de repente se deu uma quebra de tensão, um das luzes piscou ao momento, a musica como se entupiu, por um instante, antes no miradoiro de alcantra olhava  a graça iluminada onde uma luz piscava como a me dizer de ti, depois o céu nesse momento abriu, soube me bem, sentir a chuva a ensopar-me

estou a fazer bacalhau com batatinhas feijão verde e couve, és bem vinda como sempre

Sem comentários: