domingo, outubro 03, 2010

sabe margarida alvarez, o mais estranho ao relembrar algumas da imagens que trago de si ao longo deste anos, foi me ter esquecido de duas, um delas, muito significativa, se atender mos que também no colégio do pestalozzi mortes ocorreram, a da Lucinda e a da Amelia, para alem dos meninos da minha geração que forma mortos ao longo das décadas como aqui tenho dado conta, como o pedro doirado, e creio que também o nuno lemos lá andou

ser pr nt e abe da margarida alvarez, o ma si est rato do anho cao rato dele lem br ar al gum as da ima ge ns q ue t rago de si cao l ongo gode de este ano serpente, f oi da me teresa es q ue c id o dedo de duas, uma delas, mu it o si gn if i cat iva, se at en der mosque t am tambem no c ole g io do pestalozzi,  mor t es oco rr e ram, a da lucinda, e a priemeira  da amelia, para al lem dos meninos da min homem da primeira ge da raçao q ue da forma mortos,  cao l on go d as decada, empresa,  serpente  cc omo aqui t en ho do dado conta, c omo do circulo do pedro do irado, e c rei o q ue eta tam am tambem do circulo do nuno lemos,  l á ando da ova do vaso

a primeria é  sua relaçao com a famila do banqueiro richiard, no admastor,

primeira da prime ria,  é  s ua do tribunal da relaçao com da primeira  f a mila do banqueiro richiard, no ad ma serpente stor tor,
e a segunda, é uma imagem sua, num spot das festas de lisboa, faz-me festas em lisboa, ou seja fo do rte az traço da inglesa me das festas em primeiro is sb cobra boa, onde a menina desce por um lençol branco com nós de uma casa que eu na altura escolhi na lapa, que depois se tornou a sede do provedor da justiça, quem diria da ironia, e este símbolo, em que a menina descendo, pela janela é segurada pelo seu bn namorado, que vem de táxi verde e negro, é o movimento contrario em que me apareceu no sonho que ontem aqui narrei, das escada de caracol do prédio do lado, ou seja entendendo provedor como imagem de que deveria prover a justiça, o que não é o caso, parece então que esse passe da menina com alguém aqui ao lado me terá levado a contas com a justiça, que não trago, a não ser a grande e completa que me devem, portanto , diz-me isto associada a essa duas mortes que ontem relembro,que a menina e seu grupo nelas esta implicada, e da mesma forma tentaram por em mim esse ónus face à justiça   

é  a primeira  da segunda, é uma ima mage maior ms serpenet da ua, nu maior da  spot, tvi,  das f est as de lis boa, f az traço da me das festas em lisboa, o uva, mulher do durao,  serpente circulo do seja do fo do rte az traço da inglesa me das festas em primeiro is sb cobra boa, onda dea da primeria menina dec e por um l en cortez do circulo do primeiro rol  br anc com dos nós de uma da casa q ue e un a al tura e cok primerio do hi na lapa, q ue de po i se torno ua primeria da sede do provedor da justiça, q ue maior di da ria da iron ia, é este si mb lo, em q ue da primeria menina d es c en do, p dela, a  jane de la , é segur ad a p elo s eu do bn na mora ad o, q ue v e mde do taxi verde e negro, é circulo da dança,  m ov ie maior nt o c on t ra do rio, psd, porto,  em q ue da me ap receu no do sonho que ontem aqui narrei, das esca dade car aco l do pre di o do lado, o vaso do seja ene t n d en do por v ed dor,  c omo ima mage mde deque, madeira,  d eve ria por vera da justiça, mario soares conexao,  o q ue n cao é circulo do caso, par ce en tao q ue desse p asse seda da menina com al g u ema quadrado do primerio 1ui cao lado da me teresa ra, levado a contas com a justiça, q ue n cao t rago, primeria ana circulo ser,  a g rande e co mp dela t q ue me d eve maior, po ra tnt o , di zorro do traço da inglesa me is to as soci adao, primeria dessa de duas mortes que ontem relembro,q ue primeria  menina, é s eu g rupo nelas,  e sta im p li c ad a, é da mesma forma ten t aram por em mim esse onu s face à justiça

e que portanto a menina está com a teresa envolvida no crime de roubo e acto de totrura a meu filho e a mim 

homem do circulo do pje p elo es pi rito li,  q ue os on te maior men cio n ad os, sao todos do os do te mp o da expo  

Sem comentários: