quarta-feira, novembro 03, 2010

ao bocado ao acordar sem bem em verdade ter adormecido, fui a janela, pois rapariga de cima trás os panos a bater ao vento, pn bt, olhei o céu e por cima de uma das torres do prédio e frente como um súbito flash no céu se deu, e uma luz abriu e fechou ao momento e assim entendi, que as palavras anteriores publicadas sobre londres, teriam feito sentido às rosas inglesas, me lembrei ao momento,  moe en nt o,  de uma reportagem na tv de uma peça de dança teatro,  t eta aro, aqui em portugal de uma companhia inglesa que dançava no que parecia ser a estrutura de um autocarro, como o que explodiu em londres, assim senti o perfume na altura

depois me lembrei do que creio ter sido a primeira vez que vi a bela banshee das ilhas portuguesas, pois muito me impressionou o seu comportamento, chegara ao estoril para ir filmar um concerto em frente ao casino do estoril, e entrara num snack das arcadas que como aqui narrei em seu tempo, desenha como uma dentadura de besta, e ainda um casco, pois as bandas todas ali estavam, e quando entrei vi primeiro o  luís  represas que disse que eu estava a entrar,  ane net ra , a rapariga que estava ao lado, e que era ela, e que se levantou para me cumprimentar, 

 snack, declina aqui em jackson asnal, anacom, jack,

 sna ck, dec lina qui em jackson as nl a, ana com do  jack,

ali ao lado é também o tal consultório dos dentistas brasileiros que a teresa frequentava e onde eu também fui

ontem pela noite ao arrumar papeis, abri uma gaveta onde logo reconheci um livrinho de apontamentos de cca, capa negra com um love you a prata que encontrara num contentor de lixo, del li xx o,  uma noite no chiado, por debaixo dele, estão os outros que de novo aqui entraram, os encontrados com as cuequinhas e saldos bancários nas traseiras do escritório de advogados do guedes, cds

ao lado esta um antigo cofre da latina que aqui narrei um dia numa leitura pois trazia um rabo de porco, na soldadura da prateleira interior, e ao lado, um cabo de som xlr, xl, rato, na forma de um infinito, abri o livrinho, que me diz i love you, e li,  eu ines, quem diria, será a bela rapariga das belas pernas cachecol, me ficou o coraçao a perguntar, na contra capa uma espécie de menemonica que creio aqui ter transcrito, betos ferias, msn, escola stores, tentações, ferias s ms,  betos b illa bong, escola noite, ser no onda es, surf, sur fe r s m y est stu da ar vra circulo l ove mistérios boys, discotecas, amigos livros cinema viagens, estilos, estudar viagens, happy, televisivo , estilos, havaai, quick silver, estudar musica city, bo ar dr id der s c lub cinema , caderno diário,us circulo es col l da ar, cinema, ou cin ema, ou sin ema




 

Sem comentários: