segunda-feira, janeiro 11, 2010

pois e menino matin, ou la como se chama, filho da avilez, mais uma vez apareceu no telejornal do canal dois, no inicio da semana passada, e eu ate gosto, acho eu, de o ouvir, pois parece ser um ser gentil que be, e bem pensante, pois a maior parte do que lhe oico comentar, e acertado, ate podia pensar que era um anjo, ou seja, que traz um coracao puro dentro de si, se nao lhe conhecesse alguns odios por assim dizer de estimacao, que regularmente torna visiveis em seu discursos, como o fez nesta ultima vez em que o vi, relativa a esquerda, que como sabe ate concordo consigo em algumas das coisas em que a caracteriza, a diferenca se estabelece, no tom, e no que ele me desvela ao olhar do meu coracao, mas nao seria esta razao nunca para o lançar a uma fogueira, talvez por outras se se confirmarem, já sua mae, nao é flor que se cheire

pi Ê o ise menino mat tin, o u la c omo se da chama do ham am ama, fil home do circulo da avilez, ma si um ave z ap par tec eu rece eu no tee l jornal do c ana l da dois, no in ni cio da se da mana da passada, e eu a te g os to, ac ho, noa natal, eu deo o uv i rt, p o is par rece ser um ser g en til, q ue be, e b em pen s ante, p o isa maior p arte doque le hoem oico, com en t ra, e ac e rta d doi, a te pod di ip pen sar q ue e ra um anjo, o vao use seja q ue t ra zorro um cora racao p ur o d en t r ode si, sena nau l h c one h c es esse al gun ns o dia dp por ass si w em di ze rato de est tom oma ac cao, q ue r e gular rem n te tor rn a v isi v ei is em s ue di s curo s, c omo do circulo de fez, mar rocos, nest sta da ultima vez, em q ue ov bi, r el art iva a es q ue r rda, q ue c omo s abe a te c on co d é o c on sig o em ema al gum as das co ia sc omo q ue a cara rate r iza, a difer ren enca se e stab e le ce, no tom, e no q ue dele, me d es vela cao o l h ar do me u cora cao, ma s n cao se ria e sta r aza on un ca para lan cara uma fo g ue ira, t alve z por o u y rta s se esse c on fi r mar rem, o c on fi r mar rem j á s ua mae, nao é flor q ue se che ire


a conversa ate parecia normal, ou seja falando de coisas reais, como nas vezes é pouco o habito, nos noticiarios de todos os canais, especialmente desse onde me roubam direitos, e dizem ser uma empresa com participacao do estado, ou seja, extende a acusacao, à partido sobre o governo e assembleia da republica e outros orgaos, que trazem responsabildiade, na sua gestao, nos termos que a lei tras defenida, de tal forma, que face ao silencio obsoluto que a minha acusacao aqui feita, obteve, me leva a afirmar da cumplicidade e ordem de parte destas entidades na perpetuaçao deste roubo que tem como objectivo, o roubo da possibilidade de meus rendimentos, para manter o filho roubado


a c on r eva a te par rec u ia nom r al, o u seja fa lan ando dec co isas reais, c omo na s v e z esse sd de p o u co ob ab bit iy delta o, nos no ti cia r iso de todos os canais, es pe cia al lem lente de sx se onda da me dos que me roubam direitos, e di ze maderia, ser uma em presa com p art tic p ac cao do estado, o u seja, e x t en de a au c s ac cao, a p art id o s ob reo circulo do governo e da ass seprnte inglesa da assenbleia da republica, rep pub ub l cia e de outros orgaos, q ue t r az em r es ponsa ab bil di iade, na s ua g es tao, nos te r mosque, moscovo, a lei t ra s d efe nid a, de t al forma, q ue da face cao do silencio, cia s us da cc, ob sol u to q ue a am mina home da acusacao, a qui feio ra, ob bt teve, me l eva a a fi r mar da cu mp lic cade, br, e ordem de p arte do quadrado do bar do ra desta, en t id ad es na per tp pet u cao de este ro uv boc ue te mc omo ob ject ivo, o ro u i boda p oss si bu i li dade de me us ren dim en t os, pa era mantero fil ho ro ub ad circulo
a conversa versava rendimentos, classes e grupos, e impostos quando de repente, minhas orelhas se arrebitaram, ao ouvir, e temos que ter em conta o pagamento das propinas, e coisa e tal, de tal forma, que o que lhe quero perguntrar é muito claro, está o senhor como suplicante, a pedir para lhe indeminizarem do pagamento de propinas, de repente até penso que o senhor será entao o amante da puta que me tras o filho roubado, ou ainda que está a servir de porta voz de alguem,e que se assim for o melhor é falar claro

primeira do ac c on ver sa ave r s ava e rn dim en to ze c al la ass s es e g rup os, e im ps oto s qua anda de r ep pen te, min h as orelhas se ar r e b bit aram, cao o uv ire t emo s q ue te rea rem conta, do cif fr culo do pagamento, o pa gam en to das pro pina se da co isa e s t al, de t al forma, q ue o q ue l he q ue ero rop per gun t rato ps ar é mu it o ca l ro, est a ps o rolo serpente + a do circulo do s en ho c omo s up lic ante, a ped di rato rp do para primeiro he inde mini iza rem do pa gam men to de pro rop pina serpentes, de r ep en te a té p en soc q ue do circulo do senhor, se rá en tao o am ante da puta q ue me t ra serpente do circulo da puta que me tras o filho roubado, o ua primeria inda é stá acento ase rato ps vi rato de portas vaso circulo az de al g ue mec q ue se ass si am made ria for do circulo do mel hor é fa al rato rc c primerio aro
do fisco e das penhoras

veja como as coisas sao, hoje ao vir para aqui na traseira do bando do autocarro onde me sentei, ia eu a pensar em si, pois ouvira pelo espirito ontem , que era como usar uma bala de canhao para matar uma mosca, e quando olhei , estava assim escrito, martin, do restelo, eu gosto de ser cornudo

vela c omo as co ia ser pr rn teresa da sao, ho je a ov vi rato para a qui ina t ra se da ira do bando do autocarro, onda da me s en te ei, ia eu primeria pen s ar em si, pp o is cao uv da ira p elo es pi rt io on te made ria q ue e ra c omo usa rato de uma bal da bala de canhao para maat rato uma mosca, e qua ad o ol he ei , est ava as si em es c rito, martin, do r est elo tel circulo, eu g os t ode ser corno dó

cada um é como é, e terá sempre liberdade, para gostar de ser o que deseja ou é, se tal for capaz, lhe pergunto ainda, se foi a mando das finanças, talvez dessa puta que se diz minsitro das finanças do pais, falido, que me enviou como todos sabem um papelinho em dia recente a dizer que eu devia cento e tal euros ao fisco, sem mesmo explicar o porque, nao sabe o menino, que essa casa onde vai falar, com esse ar mansinho, me roubam dinheiro

circulo ad da a um , é c omo é, e teresa rá se mp re liber dade, para g os star ar de s ero q ue d es seja o u é, set al for c ap az, l he per gun to a inda, se f oi ia primeira do mando do das finanças, cruz alvez dessa puta q ue se di zorro min s it roda das ser pn net ts das serpentes das finanças do pais,tvi, f al lido, q ue me envi o u c omo todos sabem um pape el do linho, dos lençois, em dia rec en te a di ze rato ps q ue eu de via c en to e eta cruz al euro sao do fisco, se made ria do mesmo e x p li car aro por q ue, n cao, sabe, o menino, q ue ess ac asa onda eva e f al ar, com ess e ar man sin ho, me ro ub am din he iro

ou ainda como aparecem aqui os lençois de linho, se calhar é a mando da puta que me tras o filho roubado, sabe o que a puta me dizia, quendo ja ganhava para aí uns oitocentos contos por mes, mais cartoes e regalias, e eu estrangulado finaceiramente pelos terroristas, que pagava as proprinas do francisco, e veja lá depois um dia descobri que era mentira, que minha mae sempre lhe pagara metade, veja lá como sao as putas mentiroas,

o vaso ua primeira inda c omo ap par rece ema primeira do ki aqui do os dos lençois de l in ho, se cala homem ra é a primeria do mando da puta q ue me t ra s o filho roubado, s abe circulo q ue da primeira puta me do quadrado da iza,o sabe, q ue en do j a g ana h ava para raí acento un s oitocentos, contos por mes, mais fr c art toe es e re galias, e eu est ra ab bn gula ad o fina ac ei r mn te p elo s terroristas, q ue pagava as por rp rina sd do fr anc dio do isco, e veja, br, l á d ep o is dec um dia d es co br i q ue e ra men t ira, q ue min h a mae se mp rato el he pa gara met ad e, veja, br, l á c omo sao às das putas men t iro às,

e lhe digo uma coisa, como sempre dise, em forma oral e expliacada por escrito neste processo contra o estado e muitos em portugal, roubam o filho, e ainda querem que pague por cima, talvez mesmo as tais hormonas, em portugues claro, vao-se todos foder, para alem das manhas sobre as questoes finaceiras,da lei, que garantet nomeademente que os filhos nao sao divididoas às postas, por questao de rendimentos diferenciados, vao-se foder, que me foderam os rendimentos para o roubar e a puta está obviamente metida nisto

e l he dig circulo de uma co isa, c omo se mp re d ise, em forma o r al e e x p l cia ad ap por es c rito nest e por c esso contra do circulo es sat td d oe mu it os em portugal, ro ub am o fil ho, é a inda q ue rem q ue pa g ue por rc ima, t al le vaso zorro do mesmo, às tais, br, hormonas, em portu ge us da clara, vaso do traço da inglesa se todos fo der, para al lem das manhas s ob rea as das questoes fina ce ira sd a l ei, q ue g ran anet net noe ema mad em n te q ue os filhos n cao sao di v i did o as as p ot as, por q u es t ac o a de rendimentos difer ren en cia ad os, v a siodo traço da in gel sa ase fo der, q ue me fo der am os r en di em n t os para o ro ub as rea prime rei ,id a, da puta, é stá ob via am que mente met id as ni st o

e como apareceu linhos, coisas de tras os montes, muito me ri ao ver uma capa recente de um qualquer pasquim que dizia que o advogado do vara já tinha tido acesso as copias das transcriçoes, pois entao, que as publiquem, qaul é a duvida que trazeis sobre o que aqui disse sobre a relaçao entre o millenium e londres e a morte de livecenhco, ou haveis esquecido que esse tal que estava à frente do banco, o jardim, tinha quarenta guarda costas, o que é este numero se nao um exercito privado, com aviao particular e tudo, para bem se mexer pelo mundo em terrorismos

é c omo ap par rece eu dio dos linhos, co isa sd e det cruz ra serpente do os dos montes, mu it to me ria ove rato de uma capa rec en ted e um q ual q ue rato p as quim q ue di z ia q ue do circulo do advogado da ova do vara, rajá tin m h a t id o ac esso as cop ia sd as t ra sn c riç o es, p o is en tao, q ue as pub lic eu priemrio, q aul quadrado é primeira d uv id a q u we t ra ze is s ob reo
q ue aa q vaso di iss se s ob rea primeira do tribunal da relaçao, en t reo millenium e londres, é primeira da morte de livecenhco, o vaso h ave is es q ue c ido q ue ess set al q ue est ava à fr ren te do banco, circulo do jardim, tinha, qua da ar da ren t a guarda costas, o q ue é este nu mer ero se na cao um e x rec it o pr iva ad o, com avio es p art tic cu primeiro da ar e tudo, pa ar b em se me ze rato rp p elo mundo em te rr ori sm io os


Espantavam-se meus olhos se ainda se espantassem perante esta bandidagem à solta, em encenaçoes de trocas e denuncias de almas,mesmo quando mascaradas na melhor das intençoes , aparentes,acrescente-se pois se o fossem, seria claro como a agua do coraçao e passiveis de serem ditas em froma frontal


Es spa pan anta ava vam am do traço da inglesa se me us olhos, se a inda se es pan tasse em pe r ran ante. é sta ban dida dag ge m à sol t a, em en cena c en a ç o es de t roca se d en un cia sd e almas, me sm o qua anda mascaradas na mel hor das int en ç o e s , ap ar ren t es,ac r es c en te traço inglesa se p o is se o fosse em, se ria c l aro c omo a agua do cora raçao, é p ass ive is de ss se rem dita s em fr roma oma fr on r t a ns primeiro


no dia da aprovaçao dessa lei coxa e mal parida, as imagens no telejornal contavam, a puta pedofila do socrates, dizia, ela, ela, a lei se pressumia ,quando no pulpito fazia a apologia da lei feita por cegos, depois se via em cima no galinheiro, duas meninas lado a lada, a cancio, e uma outra bela rapariga de cabelo curto a seu lado, o plano seguinte, mostrava a bancada do psd, onde o branco, com um dedo fazia deslizar o anel pelo dedo, para tras e para a frente, com a manuela ferreira em olhar pousado como se estivesse a pensar


no do dia da ar do aro ov v aça sao es, d es sa da al, norte sul, lei c ox a e ma al pari da, a sima mage en ns no do telejornal c on t ava vam am, da priemria puta pedofila do socrates, di zorro do ia dela, ela, primeira da ns lei se pr ess um mia ia ,qua anda do no p u l pito f az ia a ap o log ia da lei, feita, por rc ego s, d ep o is se da via em m c ima no gali n he do iro das duas meninas lada, ns primeira lada primeira da cancio, e uma outra bela rapariga de cab elo do pedro curto, a se eu l ado, circulo do plano, p lan primeiro ano, se gui inte, mos t rava a ban c ad a do psd, onda do circulo do branco, com do primeiro dedo f az ia d es liza aro do circulo do ane l, p elo dedo, para t ra ase, para primeira fr en te, com da primeira da manuela ferreira, em o l homem da ar p o usa sado c omo se est iv esse a pen s ar


eu me dizia, uma ela acabara nesse momento de ser escrita no livro da vida, ela, a terra, ou seja o portal do brasil, ou seja ainda, pela natureza de algumas questoes abordadas, como o deslizamento das terras no tal resort de luxo na ilha, onde aparecia uma rapariga cantndo, tipo sozia da bela noa, que dias antes dera um pezinho num filme que aqui foi exibido com a bela grega e o kevin, costner, como cio previo a desgraça, mais uma vez , um uso indevido e criminoso dos meios de comunicaçao publica, e depois trocam almas, para pagar as dividas entre as putas politicas


eu me di z ia, uma dela, aca aba ba ra ness emo men t ode ser es c rita no l iv roda david primeira dela, primeira da terra, o vaso use sej primeira do circulo do portal do brasil, o u se seja a inda, p el a na natureza, de al gum as q ue es toe es ab o rda dada sc omo co circulo do d es l iza men t o das terras, no t al r es o r t de lux o, onda ap ar e cia uma rapariga c ana t n do, t ip o s oz ia da bela noa, q ue do dias, psd, antes de ra do primeiro pe z in h o nu m fil mec q ue a qui f oi e x i bid o com da primeira bela g r ega é circulo do kevin, cos ten e erc omo cio pr e vaso io da primeira desgraça,,mais fr, uma ave zorro de um us o inde v id o e c rim on osso dos me io s d e com unica caçao da publica, suplemnto do publcio, é d ep o is rocas t ra o cam am das almas, pa ar rp prmeira das garas di vaso no id às serpente da en t rea às das putas politicas


para alem deste sincronismo, e do que se desvelou agora na escrita, a imagem me chamara tambem a atençao, por um pormenor que ecoara no susto que se deu antes da passagem de ano em nova yorque, depois da tal imagem do atentado do delta, passando ainda por uma imagem do rapaz de londres com os olhos esbugalhados com a torre big bang ao fundo pela noite iluminada, que ainda se refelctiu na russia, que sera abordada, em pormenor, pois já se encontra escrita
para al lem d este sin c ron is moe doque eu se d es velo lou do agora na es circulo da rita, a ima ge maior me chama ra t am b ema primeira a t en çao es, por um por men o rato top ps q ue e co ara ano do susto, q ue sed eu ant es da p ass a ge made ria do de ano em noa vaso de yorque, d ep o is da t al ima ge made ria do a t en t ad, o do delta, p ass sand o a inda por uma ima ge made ria do r ap az de l on d rato ps es com os olhos, es sb do bug ala hd os com da primeira torre do big do segundo do bang, ao fundo, p el aano da noite, 2005, i lu mina ad a q ue se ra ab o rato ps dada, em por men o rato rp p ois j á se en c on t ra es circulo da rita


pois o gesto do branco do psd, simulando a foda o dedo no anel, ressoava de novo na bola de leds em forma geometricas, triangulos e outras que descia sobre um mastro em time square, ou seja a relaçao, mesmo eles dando ou nao conta, se estendia a apontava outras ligaçoes a outros eventos
p o iso circulo do g est, o do branco do psd, si mula lan anda da primeir foda do circulo do dedo, no do anel da ane primeiro, r ess o ava de n ovo na bola de le ds em forma geometricas, t r ian gulas e outras, q ue d es sc cia ia s ob re um mat ro em time square, o use seja primeira do tribunal da relaçao, me sm o deles, dando circulo un cao conta, se est en dia primeira ap ponta ava do deo de outras ligas ç o es, primeira de outros eve en cruz os


pois a bola dos leds, aparecera logo de seguida a publicacao da parte do terceiro capitulo, onde escrevia a angela markel a proposito de quantica, e uma das imagens, a da esfera, ou seja a psssagem da repreentaçao dois d, para tres d, era excatamente a da bola de times square


p o isa sa do ab da primeira bola dos leds, leda, ap ar e cera do logo de sg guida primeira da pub lic do cao da primeira da p arte do t te erc circulo do eiro c apit u lo dez, onda es c r e via primeira da angela mar kapa dela, por rp posi it to ode da quantica, é uma da sima ge en ns, a da es fera, o use seja primeira da ap dp ps ss a ge made ria da r ep pr e en taçao do is sd, para t ratos espanhois sd, e ra, e x c at am que mente, a da bola de times square


os pormenores desta imagem serao desvelados em sua sequencia,


depois ontem, de novo um fio pelo psd se acrescentara a imagem, da ar, no dia da aprovaçao da lei, aparecia o paulo rangel, num qualquer jantar comicio, e olhava ele com ar reprovador, um outro homem de cabelos brancos que se encontrava como sentado sozinho numa outra mesa, que pelo ar, se bem que nao lhe via a face parecia o rangel, o juiz, como se estivesse sendo segregado


d ep o is on te made ria, de en ovo, um fi do io p elo psd se ac r es c en tara a ima ge made ria da ar, no dia da ap por vaso ac çao es da lei, ap ar e cia do circulo do paulo rangel, nu primeiro q ual q ue rato j ana t rato rc c om mic cio io , e ol h ava dele, com ar r ep pro ova da ad dor, um outro homem dec circulo ab elo serpente do branco, serpente do q ue da se en c on t rato ps av c omo s en t ad o s oz in ho, natal, numa outra ra da mesa madrid, , q ue p elo ar, se b em q ue noa al he via primeira da face par rec e cia do circulo do rangel, o juiz, omo se est iv esse s en dó se gato do rato ega gado


na minha escrita do texto maior, depois o espirito me confirmara, que na ultima carta que eu tinha publicado, os peritos, tipo os verificadores de factos, tinham encontrado um selo, o selo da antiga barata,vermelha, e que o nome dele tinha no texto, aparecido, refere-se isto excatamente a parte do texto já publicado sobre a quantica, ou seja a primeira barata , está identificada, primeira no tempo


na min h a es cita da rita do dot da cruz, é x to maio rato, d ep o iso circulo do es pi rito tome c on fi rato mar a, q ue na u l t ima ca rta q ue eu t ina hp pub l cia ad o, os p e rito s, t ipo os v eri fi c ad dor o r es de f ac atos, tinha ham am en c on t r ado um s elo, o selo da ant tiga da barata, ave vermelha, é q ue do circulo do ome dele , da tinha no da texto, a par rec e cia, r efe re traço ingles se is to e x cat tam am primeria que mente, primeira a p arte do t tex to j á pub l cia do s ob rea quantica, o use seja primeria pr rim eira barata , é sta serpente ap ps soto loi id en tif fi c ad a, primeira no te mp circulo


depois de ter dado com a figuraçao da representaçao simbolica da classe de todos os numeros como russel, um dia a defeniu, o espirito me disse ser feito pela cobra, ou barata de oitenta e cinco, a concepçao entenda-se, por uma razao logica, o facto de aquela mesa ter sido produzida em oitenta e nove, noventa, por um carpinteiro que comigo trabalhava, ou seja, essa puta cobra tera mexido as coisas no sentido dessa gravaçao ter sido feita na parte de baixo da mesa


d ep o is de teresa dado, p o k e r,c om a fi figo ur da raçao da acaço, da r ep r es en taçao s im bol i c ad primeira do c l asse sede todos osdos numeros c omo r uss el, um dia a d efe en ni u, o es pi rito me di ss se ser f ei it o p el a c o br a, o u ba da rata de oitenta e cinco, a c on cep çao, es, en t en da traço da inglesa se, por uma r aza circulo da logica, circulo do f acto dea daquela da mesa,madrid, teresa s id o pro d uz id a em oitenta e en ove de noventa, por um ca rp pin inte iro q ue c om mig o t ra aba bal alha ava, o use seja, ess a p ua cobra teresa ra mex id o as co ia s no s en t id o de s sa g r ava ac çao es teresa s id o feita na p arte de ba ix o da mesa, madrid


me lembrei entao, de outras duas relaçoes, com esta figura, ou seja, afloraram, duas, uma primeira esta numa carta que escrevi a cristina coutinho, onde uma figura semelhante em dois passsava a tres d, como um caracol, a espiral, e depois uma mesma semelhante simblizaçao num estranho anel da puta que me tras o filho roubado, ou seja, existe aqui a tal cobra antiga, a primeria barata, que constantemente me da cabo das relaçoes, ou em parte para isso contribui, sendo que agora, o despelante com a cobertura das putas de estado, chegou ao roubo de um filho


me lem br rei do ei de entao, deo de outras do às das relaçoes, com esta figu ur ra, o use seja, a flor aram, du as, uma primeira e sta nu ma da carat, pub, ca ara do rato p, q ue es c rato e via da primeira da cristina coutinho, onda uma figuo ur ra s emel home ante em dois, p ass s ava a tres, dc omo, primeiro car rac co l, a e s pi r al, e d ep o is uma me sm a s emel h ante si m b l iza ac çao es num est ra anho ane l da puta q ue m t ra s o filho roubado, o use seja, e xis teresa, primeira do ki aqui, do ia da primeira t al cobra antiga, a prime ria da barata, q ue co ns t an te mente meda cabo, das relaçoes, ou em p arte para iss circulo, conti b ui , s en doque eu do agora, o d es p el lan te sc he g o ua do circulo do orubu, o do roubo de um filho, fil do natal


aqui vos deixo, este video, sem comentarios, pois quem sabe ver , verá, e verá que ele foi alterado, por mao alheia dos que aqui em minha casa sem autorizaçao entram, facto que depois o espirito me confirmou, mas obviamente como todo, sobretudo as manhas, deixam sempre uma assinatura que desvela ainda mais a verdade por detras dela


primeria do ki aqui vaso os de ix circulo ,de este, vaso id deo do circulo , se em com om en t ar rio io os, p o is q ue em, sabe, eve vaso é rato , vera acento, e eve acento vera rac q ue dele, fo do oi al te rato do ad o, por mao al he ia do s q ue primeira do qui aqui em min homem do ac à casa, se em au tor iza ac çao es en t ram, f ac ato q ue d ep o is o es pi rito me c on fi r mo vaso, ma ss se ob via am net c omo da am que nme mentem todos, serpente do ob br rato, é t do vaso do às das manhas, de ix am se mp re uma as sin a tura e rac quadrado ue d es vela a inda mais isa fr verda dade por det ra s dela, a fr


filho da puta que se diz primeiro ministro, cobarde pedofilo, filho da puta que se diz presidente da republica, cobarde pedofilo, filho da puta que se diz, porcurador cobarde e pedofilo, filho da puta que se diz presidente do supremo cobarde e filho da puta, putas da assembleia da republica, continua a agardar que v exas voltem à lei e a cumpram, seus filhos da puta sem coraçao, bandidos e vergados a todos, inclusive estrangeiro, ao arrepio da constituiçao e da independencia que ela consagra, morrei todos no entretanto é meu voto!!!!!!!!!


fil do nata do natal, da puta que se diz primeiro ministro, co bar ad é pedofilo, filho da puta q ue se di zorro do presidente da republica, r ep pub ub l cia, co bar de pedofilo, fil ho da puta q ue se da sed da di, do ip por rc ur ad o r c ob ra dee pedofilo, fil ho da puta q ue se di zorro do presidente do supremo, remo emo, co br ad e é fil ho da puta, putas da ass se m bel ia da republica, c on tin ua p rim eira a g ur ad rato q ue v e x a s v o l t ema lei, é a primeira cu mp ram, se us fi l ho sd primeira puta sem coraçao, ban dido se eve ver gado sa da primeira de todos, inc l us iv e es t range geiro, cao ar r ep io da c on s titu ti çao es, é da inde pn den cia q ue dela, c on sa g ra, mor rei todos no en t r eta ant o é me euro ova vaso vv vaso as oto!!!!!!!!!


e voces putas do dn, onde milita a cancio, e coisa e tal menos tal, hoje na capa, um dos meus pesadelos, pos como todos sabem, estou eu como pai, afastado a força da possibildade e do direito que me assite em velar pela saudde de meu filho, e a imagem que escolheram da rapariga que figura essas putas loucas que preferem jogar com a saude de seus filho, pequenos , a quem dao hormonas, para os fazer mais crescer em altura, nao deixa de serparecida com a puta que me tras o filho roubado, e que tambem, me disse antes do roubo, que queria lhe queria fazer o mesmo, se alguem faz mal a meu filho morre,

se alguem lhe inoculou uma doença, morrerà

se seal al gato ue em ml , he ino cu lou, primeira do quadrado do oe enca es mor re ra acento


é ava vaso o ce es ds putas do dn, onda emi lit a ac can cio, e co isa sete al men os t al, homem do jornal oje na capa, um dos me us pesa ad elo s, p os c omo todos sabem, est o u eu c omo p ai, a f as t ad o priemira da forca es da p os sibil dade e do direito, q ue me assi te em vaso el da ar pela saude , vera, dd, de me eu fil ho, é primeira rai ima ge made ria q ue es c ol he ram da rapariga, q ue fi g ur a ess as das putas loucas, q ue pr efe rem jo g ar com da primeira da vera saude, de se us fil ho, pequenos , primeira q ue em amde ria do dao , hor mna monas, para os f az e r mais, fr, c r es cer em al tura, n cao de ix a de ser rp par rec da cida com da primeria puta q ue me t ra serpente do circulo do filho roubado, é q ue t am tambem, me di iss se ant es do roubo, q ue q ue ria l he, q ue ria f az ero circulo do mesmo, se al g ue made ria f az ma al a m eu fil ho mor re


que cabroes sao todos voces, a assim deixar um filho, nao poder ser defendido por um pai, e voces suas putas do dn, que dizem ao certo, vos que manteis como todas as putas que se dizem jornalistas deste pais o silencio total sobre este roubo pagam-vos bem, o silencio e a cumplicade, enfiaram.vos todo pelo cu acima, morreis, suas oputas!!!!!


Q ue dos c ab br o es sao todos voces, primeira as s i em de ixa rum fil ho, n cao pod der ser d efe en dido por primerio pai, e vaso o c es s ua serpente das putas do dn, q ue di ze mao ce rt ovo s q ue man te is c omo todas às das putas q ue se di ze em jo rn al sita sd este cruz pais, tvi, circulo do silencio, co mes tota al s ob re este ro ub o p a g am do traço ingles vaso do os v b emo do circulo do lop do silencio, é a cu mp lic cade,br, en fia aram.vaso os todo p elo cu a c ima, mor reis, s u as do circulo das putas!!!!!


Cabroes de vermes e de zombies, que fingem viver aqui nest pais sem lei nem justiça cheio de merda, que venha o mar e vos trague a todos, !!!!!,,,!!!,,!!!??????=?


Continuaçao, iria jurar que este pedaço estaria em parte já publicado, pelo menos a declinaçoa deste verso, abaixo, que é o ultimo da ultima parte publicada
.
C on tin ua çao, iria ju rata da ar q ue de este peda aço est aria em p arte j á pub lic cado, p elo men os a dec lina ac çoa es d este verso, aba ix o, q ue é o u l t imo da u l t ima p arte pub lic ad a
.
assim se termina este terceiro capitulo, sendo que um quarto já se encontra escrito, onde se abordam muitas questoes que no entretantoe em continu, como sempre se deram no mundo
.
ass si em se terresa mina de este, te rc e iro c a pit u lo, s en doque eu primeiro do quarto, da cama, caa, j á se en c on t ra es c rito, onda da se ab o r dam am mu it as q ue s toe es q ue no en t r eta n toe em contin u, c omo se mp rese de ram no do mundo
.
..
about
bulls
and
cows
an
other
brothers
of
man
..
.
a b h a a c a o b o m
ab homem da primeira ac aca cao ob segundo om
m o b o a c a a h b a
maior do circul mob ob circulo da boa, ac aca caa home segundo da primeira ba
t s s d d s n r s f n
cruz ts sd dd ds sn rato serpente forte fn
n f s r n s d d s s t
n forte serpente rato rn ns sd dd ds serpente cruz
a b o u t b u l l s h o n e s a d a n d c o w s a n o t h e r b r o t h e r s o f m a n
man circulo forte br ot her serpente e co ws, e ad ho homem one es serpente bull , serpente ab circulo do vaso da cruz
a b a c a o b o m
primeira ab aba aca ca cao ob segundo om, circulo maior
m o b o a c a b a
mob ob circulo da boa, c o b r a, ac aca ab aba ba
t s d s n r s f n
cruz sd ds sn rato serpnte forte for rn fn
n f s r n s d s t
n forte sepente ns sd ds serpente cruz
...
i a d v i s e a l w a y s t i s e e v e r y c k e a r y i n m a t t e r o f j u s t i c e
ia ad di gita al dv, vaso is ise sea seal se al, duplo vaso primeira delta serpente ti ise see eve vaso ery rick, rato delta ck, e ar ary delta rin em mat cruz ero rof j us cruz ice
i f n o o n e v v w a n t m o r w r o n g d e a d i f o n e w a s a l s o h e a r d
ruy hard kapa ip primeiro ingles, fn no one vv , duplo vaso abn ant mor, duplo vaso ron gd dea ad di if forte one , duplo vaso as s al , serpente cirrculo he ard
t h a t t h e o n e s t h a t h a v e m a d e w a r m l o t t h e c a p a c i t y o f c o n t i n u i n g d o i n g w a r m t o m o r
cruz hat , cruz he eon one es s cruz hat, ho am a homem ave ema made ema ad de duplo vaso ar, war, rato maior lot, primeiro ot, cruz he ca ap pac capa city, circulo forte circulo em tin , vaso ingles gd do quadrado do oi , n gato duplo vaso da ar rato maior da cruz o pn tom omo mor
t h a t t h e m p s s e s e i o n s a n d g i f t s r e t u r n s t o t h e ] o n e s o f h a v e s u f f e r e d f r o m t h e y a c t y i o n s
cruz hat , uber cu lo se , he em mp ps se es seio da se do io ion, ns ar reia primeira dg gif ft ts rato e cruz ur ns tot , he circulo home ave eta, one es seprente c irc uk bar do ra lo uk do forte homem ave es suffi, red fr om maior rato cruz , he delta ac crzu delta io em ns
t h a t t h e p a r t a n d d e e p o f r e s p o n s a b i l i t y o f t h e w h o m t h a t i n a n y
cruz hat uber cu lo se, , he epa par p art rta e dd ee ep circulo fr es s pons s ab bil it delta circulo ft , he duplo vaso home ho om, maior cruz hat em tina ina any, primeria ny,
l e v e l a r e i n p a r t r e s p o n s a b e l e f o r t h e m m a y b e p u n i s h e d c o r d i n g
primerio le eve el da vela lar ar rei ein inp , par art rt rato es sp ponsa ns serpenet ab abel bel le for reel time , he em may, maybe, be ep un ni is she dc cor di inglesa
s p e c i a l i f w e c o n s i d e r e r t h a o n e s t h a t f i g u r e t h e k n i g t i s a b d
special, s pe cia al, alo li if, duyplo vaso we co ns s id der e rato reeel time homem da primeira one es serpente cruz , homem da primeira hat, figo ur e , cruz he ka do bar do ra da kapa, ni gt cruz is isa ab bd
a l l i n a l l h o m e s s o l v e t h i s m a t t e r t r o u g t h a g r e m m e n t i n p e a c e t h e n
priemria do onze all a ll, ina , onze home om me mes es ss sol vaso e cruz hi is sm mat te reel time cruz, ro vaso circulo gt , hag, homem da primeria gata, rem men nt cruz circulo ru ux x, tin em inp, pea ac set he en
i n r e v e n g e b y b l o o d r e m e n b e r i n g t a h t a a ll i a n c e e x i s t a n d s, e v s , p a i n t i n g b o x , n e d e r d u s i s
em rato vinganca, vin ing gan anca ca, eve en ge , sgundo delta blood, segundo dos cem, qaudrado rem men en be rin ingles gt pirmiea home da cruz primeira alliance, all ian ce, cee , e x i s cruz e ds se vaso serpente pai, nt, ingles b o x, ne der rato do quadrdo do vaso us sis
t a h t w e a l l h a v e m a j o r q u e s t i o n s t o s o l v e w w w w o r l d w o r d v i l l e d
cru primeria hoem cruz rui zorro we all , homem ave ema major, mna majo rato, quadrado ie es cruz io en ns to solve, www, word, rato quadrado villed, vi vil onze led,
t h a t h e p o r v e i h e r e i n t h i s o i n t t h e w i l l t o b i l b u i l d t h e k i n g d o p n o r
cruz hat, he ep circulo rato vaso ei , her rei ein em nt , hi is seprnte ye int crux will to bill, t ob , s us to se g u dn o ova vaso, dina mic cruz rac ac king kapa inglesa, dop pn circulo rato
t o f a c e f i n a l a p p o c al i p s e a n d a l l t h e g o d a r m s n e e d e d a n d n e v e r f o r g e
to forte ac e fina al, ala lap ap pp poc al op ps pse sea anda all , cruz he god ar ms sn ne ed e dan dn eve rato rf for ge
t i n g t h a t w a r a r e a l w a y s i n t e e r r u p t i o n s o f l o v e i n p e a c e w i c h i s t h e ]
t r u e l i f e
crxu inglesa gt hat, war , duplo vaso ar, ara ar rea al way, duplo vaso primeira delrta sin int tee rato rr rup pt io em ns , circulo for mula one ove ein inp pea ac e wich hi is cruz he circulo hoem ave eta
.
..
and
i
ask
you
chanceler
why
are
you
speaking
trough
this
subtil
form
about
matters
that
bring
pain
and
tears
..
.
a i a y c w a y s t t f a m t b p a t
primeira aia ia delta circulo duplo vaso primeira delta serpente uber cu l o se forte am maior cruz bpa patricia
t a p b t m a f s t t s y a w c y a i a
curz ap tap pb bt curz maior primeira ma forte seprente uber cu lo se sy, serpente delta primeira duplo vaso circulo delta aia da primeira do ia
d i k u r y e u g h s l s t r t g n a s
quadrado di kapa ur ury, rato delta eu, gato hoem serpente sis, cruz reel time gn as
s a n g t r t s i s h g u e y r u k i d
serpente ang gt criz reel time cruz iss sis home gato uedelta ru uk ki id kid
a n d i a s k y o u c a h n c e k l e r w h y a r e y o u s p e a k i n g t r i o u g h t h i s s u b t k l i
f o r m s a b o u t m a t t e r t h a t b r i n g p a i n a n d a t e a r s
te ars anda pa in br rin ingles kap primeieo espanhol cruzx hat mat te uber cu lo se rat, ab bo vaso cruz, sor ms s ub bt kapa li , cruz hi seprnete cruz rio, vaso gato homem, sp pe pea ak king kapa inglesa, delta circulo vaso, ar e, duplo vaso home delta ca , home n ce kapa da ler, delta circulo vaso a as sk , serpente kapa delta e, ki, kia n quadrados
.
..
i
hope
you
are
not
going
to
denie
that
this
account
corresponde
to
the
induction
done
and
what
i
have
heard
trougth
it
.
..

i h y a n g t d t t a c t t i d a w i h h t i
i t h h i w a d i t t c a t t d t g n a y h i
i e u e t g o e t s t e o e n e d t i e d h t
t h d e i t d e n e o e t s t e o g t e u e i
i h o p e y o u a r e n o t g o i n g t o d e n i e t h a t t h i s a c c o u n t c o r r e p o s n d e t o
t h e i n d u c t i o n d o n e a n d w h a t i h a v e h e a r d t r o u g t h i t
it cruz ro vaso gt hoem , he ard, homa ave ei, duplo vaso hat, e do quadrdo one, indu dc duc circulo ti io em cruz he to cor rr ep os sn de ac co un cruz, cruz hi seprent cruz hat, de en ni ie to gato ii ingles not , ar e delta circulo vaso
.
..
but
i
stiil
make
availble
to
you
other
third
option
..
.

b i s m a t y o t o
segundo bi is sm mat delta oto
o t o y t a m s i b
oto can tot tor, to delta cruz am ms sib, seprente si segundo bn quadrado circulo
t i l e e o u r d n
cruz til ile lee ee circulo ur raro do quadrado do dn
n d r u o e e l i t
n quadrado ru oe ee elit, el lit primeio it
b u t i s t i i l m a k e a v a i l b l e t o y o u o t h e r t h i r d o p t i o n
circulo pt io em cruz hi rato quadrado delta circulo do vaso to, ava havai ble, maior ak e, s ti eli but
.
..

if
you
say
to
me
that
you
have
not
participate
on
this
matter
..
.
i y s t m t y h n p o t m
he delta st maior cruz, delta homem n p ot cruz maior air sio
m t o p n h y t m t s y i
maio top pn hi ome me delta rui cruz maior ts sy, delta he
f u y o e t u e t e n s r
fu vaso do delta oe t u e , ten ns serpente rato ps
r s o e t e u t e o y u f
rato top serpente ot te eu teo delta vaso forte
i f y o u s a y t o m e t h a t y o u h a v e n o t p a r t i c i p t e o n t h i s m a t t e r
ruy homem ard ar quadrado, kapa ip primerio ingles, delta circulo usa , sa delta tome rato do met hat, cruz delta circulo vasop home ave en not tp par art reel time ti cip ip pt teo, eon norton com man der, cruz hi is sm mat teresa rato
mat te uber c u lo se te rato , cruz hi s on , p art rt tic cip pt te pte, es cu do s not homa ave delta circulo vaso cruz hat met anton u io , antonio, bate ria bauer, j a c k, fi cha ad deli gato ac sao esp an ho ka, circulo sa delta duplo circulo do vaso if
.
..
and
as
chanceler
then
you
will
use
your
powers
according
the
law
to
pressecute
the
others
that
have
done
like
this
..
.

a a c t y w u o p a t l t p t o t h d l t
primeira do ac da xruz delta duplo vaso circulo opa pat primerio tp do pt to tot hd, di gita da al, ns, cruz
t l d h t o t p t l t a p o u w y t c a a
cruz priemrio quadrado hiome to tot, tp pt , primeiro tap ap circulo vaso duplo vaso cruz caa
d s r n u l e s s h e w o e e r t e e e s
ds ss serpente rato rn vaslo le ess , he duplo vaso ie ee rell time ee es
s e e e t r e e o w e h s s e l u n r s d
see ee crzu rato reo ee , circulo do duplo vaso , we, homem ss se el un rato sd serpenet quadrado
a n d a s c h a n c e l e r t h e n y o u w i l l u s e o u r s p o w e r s a c c o r d i n h t h e l a w t o
p r e s s e c u t e t h e o t h e r t h a t h a v e d o n e l i k e t h i s
e anda as sc cha, anc ce dele, ler leo rell time he en ny circulo do vaso will, ise se circulo do ur sp circulo power, s ac cc cor din, home cruz dela, la law, cerux to pr ess sec cu te dente, cruz he circulo ot her reel time, hat ave ed quadrado one donel ike cruz hi serpernte
crzu hi sd quadrado one, hoem ave ot her, cruz he pr pre esse sec cu cut te, to la law , la duplo vaso, cruz he a c c o cor din home hp circulo we rato serpente , circulo ur serpente use will, crzu he en cha anc ce ler as sam s am quadrado, ar reia primeira
.
..
if
is
the
case
..
.
i i t c
c t i i
f s ee sw e
e e s f
i f i s t h e c a s e
c ca ase crux , he os if, ruy homem ard kapa primeiro ingles
14
a n d a l s o i f y o u d o n t g i v e a s t a r i g t h a w n s e r a n d o r y o p u d o n t t a k e
a c t i o n a c c o r d i n h t h i s t h r i d p o s s i b i l i t y
or must considerer prove that you have participate consciente on this complex line, who have a pratical result, changing again the course of my investigation in the point it was before, about the towers, and also a delay on the defense of my stolen child, but i supoose i already know your awnswer by the position in that you have speaking face the camaras in the last day of copenhagen, before or after, a african man in the stairs, in a mor eleveted position ter feito uma declaracao sem aparente contexto, que dizia, que o arquitecto, deste plano tinha grandes flaws, que ouvi tambem por floess, fi dental, ess , os dentes e fal, fla, ws , se bem que tudo isto continue a ser de certa forma um jogo de veus sem clareza necessaria para que se torne forca de lei na pedra e quem sabe assim mais cedo ou mais tarde de novo caia, como cairam agora mais morros no brasil, pois tambem antes ouvira falar entao de uma sentenca acordada, quatro anos, oni, uni, ou br, assim pareceu ser o sentido, sem ter mesmo a certeza, tao subtil, continuam a ser as mensagens, nas vezes quando, a parte, ou partes, nao interessa a clareza
...
i mu st co on s id der e r p por v e t hat y o u hi ove p art i cip a te c on cien te on t hi s c om mp lex l ine, w ho h ave a pr t aica s l r e sul t, ch an g in g tag ian the co urse o fm y in v es tiga ti on int he p oi t n i t w as be for e, ab o u t t he towers, and a a l s o a del a y on t he d efe en se o fm y st o l e n chi l db dd but i su p oo s ei al rea ad y k no w y o ur a w n sw ee rin ina posi ti on t hat y o u h ave s p e a k ing face, t he cama ra ws sin t he la st day of copenhagen, be for e o r a ft e ra a fr ivan na am min, t he sta ar irs ina mor el eve t ad posi ti on t her, feito, um stat em n te s em ap r es sn te c on texto, q ue dia, q ue o aq rui it ct o, de este p lan ano primerio, tin homem g rand es fla ws, q ue o u vi tan ben por flo ess, fi d en t al, os dentes e f al, fla, ws , se be m q ue tudo is to conti tin ue ase ser dec ce rta forma, primerio jogo de veus, eve us, s em clare reza ne c es as ria do para q ue se ton rn ne fo rca de lei na pedra e q ue em, s abe , o sabe, as si em mais, fr, ce do do o uma si t arde de en ovo c aia, c omo ca iram agora mais, fr, morro s no brasil, p o is t am b em ant es o uv ira f al ar en tao da s en ten ca aco rda dade, q ua rt o ano s , oni, uni, br, as si m pa rece s ero s en t id o, s em teresa me sm o a ce rt te z xa, tao s ub bt til, conti tin nu ama primeia ase ser, as das mensagens, na s v e z qua anda a p arte nau inter ess a ac clare reza
...
existem ainda outros fios sobre copenhagen que serao abordados em texto seguido, arnold e harold, e santa cruz, o atentado e o susto, londres russia, e america
...
e xis te m a inda de outros fi os s ob re c cop pen en hag en q ue se ra o ab o rda dados em tex to se guido,
.
continua
.

conti tin nua,,,