terça-feira, junho 22, 2010

The fifth angel sounded his trumpet, and I saw a star that had fallen from the sky to the earth. The star was given the key to the shaft of the Abyss.

T he fi if cc, t h an gel s o un ded hi s t rum mp pet, andI saw a star t hat h ad f al ll alen en fr om t he sky to t he e art h. T he s t ar w as g iv en t he k e y to t he shaft o ft, he Ab y ss.

a todos


o quim do jose, o duplo deus da estrela, assim se d eve vela lan nest e v id é o, o co mp lem en to da mat ricula

129 , dez segundo nono, 06 10 1 5 3 MB (16.0 5 7.7 2 3 b y t es) serpente ,1, 2,3, abusos infantis, 600, 601, de sessenta e cinco

assim subo nas vezes em ti...





Footage from Thomas Edison's "Jack and the Beanstalk"

fo dp tage fr om tomas edison, br pub, pt co muni caçoes es, ed di iso son serpente do jack and dt, he bea ns t al kapa, f ei jo es

88, o ano do ovo da serpente, de ad can do dance, salazar, um outro, que rima em sala, rr, az ar, uma capa do álbum deste belo grupo, que ressoa, aqui numa contra capa de uma revista e produção audiovisual,que se encontra invertida , com um anuncio da sony e que diz estamos a escuta-lo para potenciar a sua imagem ou algo assim, em cima dos cds, do lado onde em dia recente caiu a borda e mostrou as ondas do mar, da inversão em ny, ou talvez melhor dizer, da queda das torres, sony, u n y os, u n ò s

serpente de 88, o ano do ovo da serpente,ser rp pente en te, de ad can do dance, salazar, um outro, q ue rim ima em sala, rr, az ar, uma c a pado al bum d este b elo g rup o, q ue rato esso primeira aqui, ki, nu ma do contra da revista, capa, de uma rata vaso ei sta, é por duç sao es , a do audi vaso do is da ual,q ue da se en c on t rata primeira invertida , com um anu un n cio da s o ny, é q ue di zorro est amos sa e cu t a do traço ingles primeiro do circulo do para pot en cia ar ratp ps primeira s ua ima ge emo vaso al g o a ss si maior, me em c ima mad d os cds, do lado onda, em dia recente , cae ua primeira bo rda e mo s t ro vaso ás das ondas do mar, da inversao em ny, o u t alvez mel hor di ze rato, rda queda das torres, s o ny, u n y os, u n ò s

freitas das seitas do mal, um que andou se bem se recordarao, dao arao, na onu e em ny!!

de ad can da dance, d anc e, in spi ire red music, bums



chega , ternura, ternura chega

minha amadinha, se me puseste um spell on me, entao

min home da primeira am mad ad dinha, se me p use este primeiro sp ell on me en t cao,

entao, se eu sou teu, deverias estar em meus braços, abraços e beijinhos, enfim sem fim, enquanto nao chegas, aqui te deixo um bela musica com belas imagens,


en tao, se europeu serpente dop circulo da onda vaso da cruz em minha pessoa, , d eve ria s es star em me us br aços, a b r aço se bei jinhos, en fi maior se maior fi am, en qua anto n ao chega gás, a qui te de ix o um b dela, lam am mu sica com de belas, lugar sima ima mage en ns,

resposta sobre bolinhos e afins a medvelev e à russia e pergunta a obama

rato ps es posta s ob br , é b circulo dos linhos, e a fi ns primeira am me dv le vaso e, ac set no à russia, e per gun cruz primeira de ob am primeira


não me recordo ao certo o numero dos milhões, da aparente divida a gaz prom, que ontem era alvo de um comentário de medvelev no seu escritório como nas vezes costuma fazer, mas como dizia não poderia a russia receber em bolinhos, manteiga e leites vários, pressume-se, pois o gas do prom, da tal festa de finalistas ou algo assim do género, talvez mais a ver com casamentos com promessas de filho roubado, com novecentos convidados não deixou de aqui ressoar



n cão me record jornal circulo cao ce rt o~dp mu mne ero deos dos milhoes, da ap ar ren te di v id a a g az pr om, q ue on te maior mer era do alvo , de um com en t ar io de me dv el e vaso do no s eu es c rito tor do rio c omo na s v e z es cos t uma f az e rata, ma s c omo d iza n cão pode ria primeira da russia rec e be rem b o linhos, mante da ira e de leites v ari os, pr ess um me do traço da inglesa se, p o iso g às do gaz , o do pr om, da t al f est ad e fina l istas o ual go a ass si maior do g ene ero, t alvez massi ave r c om sa am nt os com pro rome de s sas de filho roubado, com novecentos, italia, c on v id dd os n cão de ix o vaso de a qui rato ps do esso da ar


pois durante esta noite de escrita, de novo surgiu uma relação com os atentados no metro, os ultimos em moscovo, e quando depois fui fazer café para o meu leite, aqui, às paginas tantas, o pacote verde e branco da mimosa deu como um tiro, a me lembrar certamente de que trago aqui uma caixa de bolinhos, que assim me reza


p o is duran , barroso, te e sta ano da noite, 2005, de es circulo da rita, de n ov s ur gi vaso de uma das putas do tribunal da relaçao , com os atentados no metro, o s ul t imo serpente em mo sc do ovo, é qua ando d ep o is fu if, cc, az ze e rato do ca da fé para do circulo do me ~eu vaso do l e it e, a qui, às pa das ginas da cruz das antas, fcp. o paco te w eve verde e br anco da mi mo s a d e u co mo do primeiro tir o, primeira me lem bar ce rta em n te de q ue t rago, a qui uma ci axa de b o dos linhos, lencois p is, cama, q ue as si maior da me r e za


estaladinho pao de Deus quadrado da un, lot e quadrado da estrela primeiro do seiscentos e um , levis, 010, fi gita al, peso, moeda, li qui id circulo do circulo do duezentos e oitenta, mercedes, pica, kapa do gato dos ingredientes, farinha coca de t rig o, cobertura de cco, acucar, coca, ovos serpente pasteur, virus, vaso e ru serpente, agua creme do pasteleiro, z un da ap, am id circulo modi fi cado br, e 14 14, dex t rose leite em pó, em coca, mag ro pro t ainas del ei it te, es p es san te e 4 do circulo do primeiro, e 4 da estreal, o primeiro miro do onze, e 3 do sg segundo sete, e 33, treceiro, e 402 do e 33 de noventa e um, onze, do sal, cv, do ato um cervantes, vegetal, e por ai fora numa enorme descriçao, terminando a dizer que a produçao é da pastelaria, z un da ap da pas tela da ria e da com feita ria do rolo, pedro rolo duarte ou irmaos, c on s vas mir em l ocal fr es co e sec circulo pro d uz id circulo al q ue id do dao, vinte e seis, qaudrado do circulo, segundo de sessenta e qutro, do traço do terceiro do circulo do primeiro da igreja nova, poeta da mnistral, de mafra, o tal pao da cruz, porto gal, estrela sessenta quedrado 69 sete treze qaudrado da estrela do circulo do segundo


e por falar em milhões, outros, a ultima intervenção de obama sobre o derrame, falava outra vez de uma multa que seria emitida no valor de vinte milhões, o mesmo numero relacionado com a tal proposta indecente, como aquele filme, que me pareceu na altura pelas linhas associada a bill clinton que aqui comentei, e depois dei com uma noticia de heranças por estranhos caninos com nome de concha, primavera e chichiuaca ou algo assim, que ate me estou perguntando para alem os biliões que me roubaram por exemplo e só no canal zero, vide you tube, ainda me roubaram alguma herança!!!


é por f al da ar em milho es, outros, a u l t ima inter v en sao es de ob am a s ob reo circulo do der ram e, f al lava ava o u t r ave zorro de uma mu l tac q ue se ria mit id ano ova do valor, financeiros, de vinte milho es, o mesmo , nu mer ero rato dela , do ac cio n ado com a t al por rp da posta inde dec cente, c omo q ue dele fil mec ue me pa receu na al tura p delas, as da linhas as soci ad a a b i ll c li n ton q ue a qui co men t ei, ed ep o is dei com uma do ano do not ti cia de her aca spor est r anhos can ino s c om no med e concha, primavera e chichi u aca o ual goa ss si maior, q ue a te me est o u per gun t ando para al lem os bil lio es q ue me ro ub aram por, é x e mp lo e s ó n o c ana l z ero, vide, lugar, y put ub e, a inda me ro ub aram al g uam her ança es !!!


e masi um sincronismo, mais recente ainda, antes de ontem domingo ao final da tarde na infante santo

e ma si um sin c ron is mo , mais, fr, rec en te a inda, ant es deo deo ontem, dom ing circulo cao fina al







e sta s du as fotos de c ima, q ue sao a s ul t ima s na seq u en cia d este p as seio, sao um bei jinho para ti, um b elo pr ed io no te m p o da s festas com lan te rn das nin h asas si m q ue pa recem c h i n e z a s,










ests todas do mesmo cartaz que me chamou a atenção pelo pormenor visível na ultima , uma rapariga que se esconde por detrás de outras, ou que foi escondida e que me evocou ao momento as linhas escutadas pelo espírito da tal rapariga desaparecida,


est s todas do mesmo, o do cartaz , sic, q ue me c ham o ua primeira a t en sao p elo por men o rato ps v isi v el na u l t ima , uma ra pa riga q ue se es conde por det rato às de outras, o u q ue f oi es condi dae q ue me evo co u cao mo men to às linhas es cu t ad as p elo es pi rito da t al ra pa riga d es spa rec cida,

o resto dos pormenores falam por si, só acrescento um pormenor, o símbolo celta que ali se ve, é também o símbolo que esta nas folhas one tomei os apontamentos sobre a tradução da morte de saramago, ou seja é equivalente a um frame desse mesmos carimbos, que foi aq1ui publicado, o vídeo de londres em dois mil

o rato ps est o dos por men o r es f al lam por si, s ó ac r es cento um por men o r, o si mb lo celta q ue ali se v e, é ta am tambem do circulo do si mb olo q ue e sta na s fo l h as one tomei os ap on tamen t os s ob rea primeira t r ad dc u çao es damo da morte de saramago, o u seja é q ue iva al lente a um fr am e d esse mesmos dos car i mb os, q ue fo ia q 1 ui pub lic ado, o v id é o de londres em do is mi l





a imagem do processo operativo da queda do carro no geres, aqui recentemente de novo contada, aparecera-me através de um senhor creio que de uma televisão inglesa, assim meio parecido com o ex primeiro ministro inglês, que conduzia um aston martim, e que me apareceu quando também descobri os dois vídeos da meredith monk que aqui para ti publiquei

a ima ge maior madeira do por c esso , o pera rat ivo da queda do carro, no do geres, a qui rec en te mn te de n ovo conta ad a, ap ar e cera do traço inglesa da me at r av es de um s en hor c rei , o q ue de uma tele visao inglesa, as si maior me io par e c id com oe , é x do primeiro ministro, min s it ro i n g l e s, q ue condu uz do ia , um as ton do martim, é q ue da me ap ar receu qa un dó tam am tambem d es c ob br io s do is v id é os da mer e dit home mo nk q ue a qui ip para das ti pub lic ue ei




pois no dia seguinte, domingo este que passou, ao desci a infante santo, a partir da estrela, e de repente em frente a este predio onde trago algumas visoes nocturnas aqui narradas, lá estav um aston martin, vinha do outro lado da rua, acabara e olhar a vespa e cobre que ali eta , me viera a memoria o acidente do relvas do psd nos tempos do d dinis, olhara o predio e vira uma senhora de cabelos loiros frisados que me parecia por as facas dentro de uma gaveta, e atravesei a rua para ver o catto, duplo deus home da cruz do circulo da estrela, mais tarde, o espirito me acrescentou ser o ingles do terceiro do circulo da estrela, a cobra , assim dizia o senhor no programa da tv inglesa, cinquenta mil libras, o custo desta bela maquina, que pena ainda nao se mover a sol e beijhos de amor, amada, que de resto é lindo

p o is do no dia seguinte, program da rtp, porto, dó min g o de este, q ue p ass o u, cao d es cia primeira da infante santo, a p art tir da estrela, é de r ep en te em fr en te primeira de este pr e di io onda t rago al gum as das visoes noc t urna s aqui na rr ad as, l á est av um as ton do martin,Y vinha do outro do rol lado da rua, aca bar a e o l home da ar primeira vaso es spa , é cobre, co muni caçoes es, q ue dali eta , me viera primeira me mor ia co circulo do acide dente do relvas, o do psd, nós do te mp os do d dinis, o l hara do circulo do pr ed io é eva do vaso ira uma sen hor ad dec c ab elos loi iro s fr isa sados q ue me par e cia por às das facas, d en t ro de de uma g ave eta, e at r ave seia primeria da rua para v ero ca t t o, duplo deus home da c ru zorro do c irc culo da estrela, mais , fr, t arde, deo circulo es pi rito me ac r es cento vaso use s ero ingles do t e rato rc c eiro do c irc culo, o da estrela, a cobra , as si maior di z ia o s en hor no pro g rama da tv inglesa, cin q u en t a mil libras, o cu s to de sta da bela maqui ina, q ue da pena n cao se mo vera primeira do sol, é bei j h os de am mor , am ad a, q ue de r est o é l indo

http://finance.yahoo.com/family-home/article/109838/countries-with-the-most-millionaires?mod=career-work

este link do yahoo, a ele fui parar, através de uma foto de uma noticia na pagina inicial , onde um chinês tirava uma foto a um carro semelhante, salvo erro um ferrari, e ao lado um negro de que se via os pormenores, da jante, uma estrela negra e prata inclinada, neste li, uma relação com um grupo do alemão, bus sin boston da we e kapa dc 111, estrela dos tri primeiro dos lions, rotarios, 15.1 percent YOY** de dc dec , japan, o toiro de gb na china, o alemão b zorro do quadrado dos aneis de noventa e tres, e ainda de uma serie em outros países

este l in k do y a h oo, a dele, fu i p a r ar, at r av es de uma f oto de uma not ti cia na pa gina in i cia al , onda um chi n es tir ava uma f oto a um carro seme l h ante, s alvo e rr o um ferra rie cao lado, um negro de que ue da se via os por men o r es, da j ante, uma est r dela negra e prata inc lina ad a, neste li, uma da relaçao com um g rupo do al ema mao, bus sin b os ton da we e kapa d c 111, ester lado s tri primeiro dos lions, rotarios, 15.1 per cent YOY** de dc dec , japan, o to i ro de g b na china, o al e mao b zorro do quadrado dos ani es de noventa e tres, é a inda de uma se rie em outros pa ise es

mais um sincronismo recente






mais, fr, vaso delat maior, um sin c romn is mor rec en te

no dia onze do corrente mês, depois de na véspera ter de novo falado aqui do vulcão, no norte da europa, na tarde seguinte aqui se espelhou a pena no ceu, salvo erro de memoria, depois da tal imagem do veleiro de quatro mastros que pareceu parar debaixo da ponte

no dia on ze do cor ren te do mes, mov politico, d ep o is de na ave es pera teresa de en ovo f al lado a qui id do circulo do vulcao no norte da europa, na trade se guin inte a qui se es p dele h o ua da pena no s eu, h e ava van , s alvo e rr o de me mor ia, d ep o is da t al ima ge maior do v ele iro de quatro mastros q ue pa receu p ar a rata debaixo da ponte

explicaçao da imagem do sexto golo do ronaldo

é x p lic caçao. o da ima mage maior da se x tog gol olo lodo rato do douro, o aldo ronaldo


traduçao das notas sobre a imagem do sexto golo de portugal ontem marcado pelo ronaldo e do eco que é, ao texto, do beijinho para ti, video clip da meridith monk aqui recentemente publicado


t r ad duc vaso da sao espanhola , a das notas do dinheiro, dine homem do rio, porto, s ob rea primeira rai ema mage maior do se x t g ol o de pop pr tuga al on te maior mar cado, br, p elo do rato on aldo, é do e coc q ue é cao tex to,, do bei jinho para das ti, v id é o c l ip da mer rato ps id dita home do monge, mo nk , a do ki aqui rec en te mente pub lic cado ad circulo do ado


sexto golo, delta se is olo, fn home delta da un da y cab e, 87, 33, medico, por circulo 60 pr kapa do treze, pat io de al f am a , co da reia do norte, 2010, cruz primeiro da pt, mo pt delta rana anna vsao serpente kapa c irc cu uk l o pera rato, invertido, na ru circulo cruz, rato ad do traço ingles vaso circulo co oz ru metros


à imagem já descrita do video clip no texto que acompanha a publicaçao, se deve juntar a analise da imagem do video em si mesmo, ou seja o que a narrativa simbolicamente conta


à ima ge maior j á d e sc rita do v id é o c l ip no tex toc q ue ac om p anha a pub lic caçao, se d eve jun t ar a anal ise da ima ge maior do v id é o em si me sm o, o u seja circulo q ue da primeira ana da na r rat iva si mb o lic cam am primeira que mente conta



a historia nos diz, atlas, x do cinto, bell, do triangulo das aguas da lua com dois traços, no s emi arco do anjol do principe ata l s,atlas, do circulo dos spouk do penta, porto, fcp, o rato da ad traço ingles vaso co oz ru metros, aranhas e viuvas negras



primeira da historia nós di zorro , atl às, x doc int o, be ll, do t ria ang gula das aguas da lua com do is t ratos ps aços es, no s emi arco , madrid, do anjo l do p rin c ipe ata l sat l as, do c irc culo dos sp o uk do penta, porto, fcp, o rato da ad traço ingles vaso co oz ru metros, ar anhas é vi uva s negras


ac t f as t circulo do ur g rea cruz gato rand fi w al 3 f ac t x3, 3x3, matrix, a ra pido da triade do da direita, do neptune, ne pt un e, do fish dos reis da neve , coca, do anjo androgino, ref, imagem do clip do realejo, um androgino no largo de sao paulo, ou seja o tal que ali mora, sendo que o androgino desse video clip, que eu fiz, e que passa tambem pelo cais das colunas, nao deixa de ser aprefido com o barbieri, o tal da moda, o tasns da porta, cds, iamgem do zero de audiencia, da cançao do suicidio, diamanda galas,


ac t f as t circulo do ur g rea cruz gato rand fi w al 3 f ac t x3, 3x3, mat r ix, a ra pido da t riade do da direita, do ne pt u ne, ne pt un e, do fi sh dos reis da n v e , coca, do anjo an d ro gino, ref, ima ge maior do c l ip do rea al le jo, um an d ro gino no l argo de sao da igreja de paulo, o u seja do circulo do t al q ue ali do imo da mora, s en doque do circulo 101 an d r o gino d esse v id é o c l ip, q ue europeu fi ze q ue p assa sat tam am tambem p elo do cais, a puta do jornal, das co luna s, n cao de ix ad e ser a pr e fido com o barbieri, o t a l damo da moda, o trans da porta, cds, iam mge maior do z ero de au di e en cia, da can sao es , a do suicidio, di amanda gal às,


como escrevi ao publciar o primeiro texto a que chamei, prova , sexto golo de ronaldo, o vestido da rapariga que faz com a bola com os dois traços, um moviemnto semelhante ao que o golo expressou, me rente tambem para esse passe com o vestido da rainnha de inglaterra, na capa de uma revista de social recente , aqui tambem abordado, na carat a rainha, ou seja uma lua inglesa, e porvavelmente judia tambem, pela relaçao que se estabelece com s duas imagwens que a meredith monk nos mostra, sendo ainda, que o video, da tal en cruz da igreja, tem pontinhos brancos que lembram estrelas no ceu, ou seja remete , ou tentaram mais uma vez que remetesse para um outro clip aqui apresentado o do antony com a bjork


c omo es c rato ps e vi cao pub l cia aro circulo do primeiro tex t o a q ue c ham ei, pro ova , se x to gol o de r o n al dó, o ve est id , o da rapariga q ue f az com ad da primeira bola com do os dedo de dois t r aços es, um mo vie mn to seme l h ante cao q ue o gol o expresso vaso, me ren te t am tambem para desse cobr do passe, com o v est id o da rai nn h ad e inglaterra, na capa de uma rata e vaso do ista de soci da al rec en te , a qui t am tambem ab o r dado, na carat, pub, primeira rainha, o vaso do seja uma lua inglesa, e por v ave l mente jud ia t am tambem, p dela , a do tribunal da relaçao, q ue se e stab e le ce com s d u as ima g we ns q ue a mer e dit h mo nk nós mo st ra, s en do a inda, q ue o v id é o, da t al en c ru zorro, o da igreja, te maio ponti n h os br ancos q ue lem bram est ratos delas no c eu, o vaso do seja reme te , o u t en tar am mais, fr, uma v e z orro q ue reme t esse para de um outro c l ip a qui ap pr es en t ad dp do anton ny com a b j ork, casa de yorque


contudo outra chave com as estrelinhas aqui se manifestou, a segunda parte dessa imagem, é a que foi ontem aqui comentada no texto da acusacao a feriotas e a mario soares, a partir da imagem do dn, que remete para aveiro,onde hoje morreram tres no mar


c on tudo outra da chave, com às est ratos del linhas a qui se man ani if esto ua se h un da p arte d essa ima ge mé , a q ue fo io nt e ema maqui com en t a d a no tex t, co do circulo da acusacao, primeira de freitas, a f e rio ota se primeira do mario soares, a pa art tir d aima ge maior do dn, q ue reme t para de aveiro,onda do hoje, mor r e ram t ratos es no do mar


a imagem na casa de banho, no armario dos medicamentos e dos produtos e limpeza, pois antes da traças me ter mostrado o que ali narrei, da roca do veio da porta esquerda do armario, da coluna direita do templo, figurada na porta da propria cas de banho, que em dia recente entrou, qundo no video key torres, a seta mostra a marca negra, ou seja , porta direita do armario , o dos medicamentos, ou seja farmacia da coluna direita ou esquerda do templo, em sua correspondencia com o real


a iam mge e mna c as de bañ ho, no ara do mario, o dos medicamentos, é dos pro du to ze l i mp e za, p o is ant es da t ratas aças es da me teresa ms ot rato ps do ado , circulo do q ue al ina rata rei, da roca do ove do veio do io da porta es q ue rda do ar mario, da co luna di rata e it ado te mp lo, figu r ada dana porta da pro rop p ria c as de ban ho, q ue em dia rec en te en t ro vaso, q un dó no v id é o key torres, a s eta ms ot ra priemira marca negra, o vaso seja , porta direita do ar mario , circulo , o dos medicamentos, o vaso do seja fr am ac cia da co luna direita o vaso es q ue rda do te mp lo, em s ua cor r es ponde dec cia com do circulo do real


antes ao limpara acas de banho, umas estrelinhas nessa porta ficaram figuradas, como po do detergente do omo ultra, no sitio onde a traça depois me mostrou a relaçao com o pefil da sombra do freitas sobre o se mia arco da roca de3 barcelona, ou seja canarias, lugar onde a assinatura se deu numa onda de vinte metyros aqui narrada no tempo de seu acontecer, depois nesse dia das limpezas, um objecto caiu ao chao e se relacionaou com outros que ali estavam, disto fala esta foto,


ant es cao l im para aca s de ban ho, uma s est ratos dele, das linhas ness a porta fi caram figu r ad as, c omo podo de ter gente do omo ultra, no sitio onda primeira traça d ep o is me mo st ro ua primeira do tribunal da relaçao com o peda da fil, a da s om br ad do circulo do freitas s ob reo da se mia do arco , mna madrid, da roca de 3 bar celo nau circulo do vaso do seja das canarias, lu g ar onda dea da primeira as sin a tura se d eu nu ma onda de vinte met y rosa a qui aqui na rr ad ano te mp o pode s eu acontecer, d ep oi s ness e dia das l i mp e za s, um ob ject o ca i u cao chao é se rato dela , do ac cio nau vaso com de outros q ue al i e st ava vam am, di s to fala desta daf oto,


a caixinha e prata, e uma lamina de montar e viagem , que algume levou daqui, parte, a parte das laminas


primeria aca ca da xinha é prata, é uma la m i n a de mon t ar e via ge maior , q ue al gume le v o vaso da qui, p arte, primeira p arte das lam minas ina serpentes



na verdade esta klinah da co reia do norte, teve nas noticias de ontem uma especie de consequencia cifrada, um genero de ameaça porferida pelo rui rio sobre quao perigosa se poderia tirnar a zanga e a revolta das gentes do norte, a proposito os scouts, ou seja da linah imagem dos misseis


na v e r d a d e e sta k lina hd priemria do aco co da reia do norte, teve, nas not ti cia s de on te maior, uma es pe cie de co nse q u en cia cif fr ad a, um g ene ero de a me aça es por rf e rid a p elo rui rio s ob re qua do circulo da perigosa, se pode da ria tir na ar primeira da zanga, é a primeria da rata e vo l t ad as gentes do norte, a pro rop posi to os scouts, o vaso do seja da lina home i mage é maior dos miss se dos is




se vê na foto tirada dia 10 06 10, o dia em que tirei também as fotos ao fogão eléctrico, aqui publicadas, a cotonete, rádios, em frente espelhada na porta onde depois ao limpara apareceram as estrelas e depois a traça me mostrou o fio da imagem do freitas no dn, uma escova que foi de meu filho quando aqui ele ainda vivia, e ao lado no chão, a tal caixinha de prata da lamina que foi em parte roubada, se ve um falo br anco a sair da sombra do armário e ao lado a lixívia e o sabão em pó

se eve vaso do en primeira f oto tir da irada do dia 10 0 6 10, o dia em q ue ti rei t am tambem às f oto sao do fog cao eletrico, a qui pub lic ad as, a c oto nete, ra ad di os, em fr en te es p dela , h ad dana por rt y a o pn dede ep o isao l i mp ara ap ar rece ram ás est ratas elas, é ep o isa primeira t rata aça es da me ms ot ro u o fi o da ima ge maior do freitas nod, uma es c ova q ue fo id em eu fil ho qua ando a qui ele a inda v iv ia, e cao lado no cha o, a t al ca i xinha de pr t ad a la ma ina q ue fo ie m p arte ro ub bad ad da a, se v e um falo br anco a s air da s om br ad o ar do mario, é cao lado ~primeira lixivia, é circulo sa do bao , em po, ou seja em coca

e uma vesica figurada num rolo de papel acabado, que é o que na verdade se reflecte na porta do ar mario

é uma vesica sic sica figo ur rato ad circlo num do rolo, de pap el aca ab bad ad circulo , q ue é circulo q ue na verde dade se fr efe form mula one do fel ct te na porta do ar do mario

copia de mais uma manha na ordem dos advogados e da impossibilidade de envio de novo da queixa de bandidagem

co cop da p do ia de ema mais, fr, uma da manha na ordem dos advogados, ad vaso do circulo os gados dea primeira em mp os sobil id ad , e, de en vaso do io d en ovo , a da queixa, de band andi dida dag maior





http://ordemadvogados.pai.pt/ms/view/sendEmail.html;jsessionid

=4B5FE2628E0133A9617982280B3727EE?listingId=24464&emailIndex=0&txtHWidgetType=C&url=http%3A%2F%2Fordemadvogados.pai.pt%2F#

este é o link que aparece na pagina do formulario da ordem dos advogados, clica-se no link, enviar, e nada se passa, que filhos da puta terroristas sois!!!

este, lugar, é circulo do l ink q ue ap a rece na pa gina do for mula do rio, psd porto, a da ordem dos advogados, c lic primeira do traço ingles se no l ink, en vi da ar, e n ad a se p ass da pancada, q ue dos filhos da puta te rr o ratos istas s oi s!!!

ardei no inferno todos, ladroes de crianças e cúmplices de actos de tortura!!!!

ard dei ei no do inferno, todos, ladroes de crianças, l ad ro es dec rina aças es se cu mp police es , dea ac t os de tor ru tura

prova do envio de mais um email com link as acusaçoes hoje de novo em parte proferidas contra a ordem dos medicos

por pro da ova do en vaso do io de ema mais, fr, um da ema do co do rei com, do primrio pr rim mr rio do io, do ink , laço, às das acusaçoes no natal, j ed o cao do quadrado do en ovo em p orto do galo da ordem dos medicos