domingo, outubro 17, 2010

sabes sarah, devo estar muito bem disposto

pois nas entrelinhas das tuas palavras, leio ainda , o home da sara, a puta filha de um dos administradores da rtp
a da picada, ou seja doc em moçambique, da ad do amo do clix, ou seja da puta do belmiro, o doc circulo do prim rio li , x

p o is n a s en t ratos  eli lidas ln homem as das tua spa , o da al do av rato do ás, lei circulo da primeira inda , do circulo do home da sara, a puta filha de um dos ad min s it r ad dor es da rtp
ad da primeira picada, o vaso do seja doc em mo çam es do bique, da ad do amo do clix, o vaso do seja da puta do bel miro, o doc circulo do prim rio li , x

sabes sarah, adoro, ou melhor sempre adorei, e cada vez mais, este tipo de frases tipo amigos salvadores,

... O que isso me diz é que estás num caminho que não te poderá vir a beneficiar na defesa dos teus direitos como pai..

estas pseudos pretensões de quem dizendo querer a um outro ajudar, parte do principio que sabe mais do que quem quer ajudar, mesmo tendo como tu própria o desvelas no inicio, uma certa duvida sobre a compreensão do que de mim lês,e depois na receita clássica, junta-se ainda um pitada de pretensão de sabedoria assim tipo universal e infalível, bela receita, que leva sempre a quem assim ouve, a desconfiar da natureza da ajuda

s ab es sara homem , ad douro, o u mel hor se mp re ad o rei, é c ad av e zorro do mais, fr,  este t ipo pode fr ase es t ipo a mig os do salvador es, e d ep o is na recita da fac classica, circulo primeira ass da sica,  junta do traço da inglesa se , a inda um do pita , fac direito, dade pre ten sao de s abe dor ia as si maior  t ipo da editora universal, é in fal ive l bela da recita, q ue l eva se mp rea q ue massi maior circulo da uve, a d es con fia rata da na t ur e z a d a  da ajuda

... O q ue iss circulo da me di zé do q ue e stá sn um ca minho q ue n cão da te pode rá vaso da ira da primeira b ene fi cia rata  na d efe sado s te us dos direitos c omo pai..

é sta s ps eu do os pre ten s o es de que maior da di zen doue rato ps, é ra da a um , de outro a jud da ar, p arte do pric cn ni pi o q ue , sabe policia, mais,  doque q ue maior q ue rato da ajuda , mc rato 
do mesmo,   t en do c omo t u d es vela lado no in i cio, uma ce rta d uv id a s ob re a co mp ren sao doque de mim do pri e mr io do esapanhol, o primeiro mr, 

croft, foi nome que me surgiu tambem nas entrelinhas, vinhos do poto caves, e pedro croft um tambem do grupo dos designers agora mais uma vez na casa ao lado sobre a queda das torres em ny evocado, quem diria

circulo do rato do douro, circulo do  ft, fo ino me q ue da queda da me s ur gi vaso  tam am tambem nas en t ratos eli lnhas, vinhos do p oto c ave es, é pedro c ro ft,  um tambem do g rupo dos de sig gn e r sa do agora am is , uma vaso e zorro  na casa al lado s ob rea primeira da queda das torres em ny , e v o cado, q ue maior di da ria, aveiro, ave do iro, en gui primeira

isto hoje parece que é dia de correio

dois e mails da sara , o segundo lido hoje, que tornos públicos


Paulo Forte

 para Sarah
mostrar detalhes 21:15 (18 minutos atrás)

segundo envio, sara,



Em 17 de outubro de 2010 21:12, Paulo Forte <latinaeuropa@gmail.com> escreveu:
que treta é esta sara, o recente mail que de ti recebi, acabava em sue titulo como um porra, que mais me fez sorrir, pois conheço a forma carinhosa com que usas a palavra, contudo muito me surpreende este teu e mail, pois se como dizes, me tens lido, saberás em pormenor praticamente todo o que eu sei sobre este roubo e ato de tortura a que meu filho esta sujeito e consequentemente eu também há mais de cinco anos, não brinques comigo sara, que não trago paciência, pois está provado à exaustão, que este acto, é um crime de conspiração contra mim e ele, dizes que há maneiras de defender, quais, se tudo o que as leis e a justiça neste pais me garantem, é negado desde há cinco anos!

paulo

acresço, o que pretendes dizer concretamente, com , ...Há hoje em dia maneiras de um pai defender os seus direitos relativamente a um filho alienado pelo outro pai...,  


paulo
Em 15 de outubro de 2010 15:44, Sarah Adamopoulos <> escreveu:
Querido Paulo
Nunca mais soube nada de ti, a não ser aquilo que é possível ir sabendo pela leitura dos teus posts na Internet. O que isso me diz é que estás num caminho que não te poderá vir a beneficiar na defesa dos teus direitos como pai. Tenho vindo, nos últimos anos, a trabalhar jornalisticamente o tema da alienação parental, sobre o qual sei já alguma coisa, conhecendo por outro lado pessoas com histórias semelhantes à tua, e também técnicos válidos nessa área. Há hoje em dia maneiras de um pai defender os seus direitos relativamente a um filho alienado pelo outro pai. Gostaria de te ajudar, queres beber um café num dia próximo? Diz qualquer coisa, vá. Beijinhos, Sarah
p.s.- mando-te PDFs de dois trabalhos que fiz sobre a alienação parental.
.....
deSarah Adamopoulos
paralatinaeuropa@gmail.com
data29 de setembro de 2010 01:07
assuntoallô?
enviado porclix.pt
ocultar detalhes 29 set

Allô? Estás por aí?
Gostava de saber de ti porra!

reclamaçao agora enviada aos terroristas do kanguru




dePaulo Forte
paracliente@kanguru.pt
data17 de outubro de 2010 21:31
assuntoreclamação
enviado porgmail.com
ocultar detalhes 21:31 (1 minuto atrás)

seus vermes pides e ladroes do kanguru, que não respeitam o cliente e consequentemente o consumidor e que estão fartos de me arranjar problemas como narrado neste livro da vida. ourosobreazul.blogspot.com, em pormenor e nunca até ao momento respondido, bem sei que o senhor engenheiro deve estar muito chateado com o as acusações que vem a lume sobre os crimes em que está envolvido, contudo a questão é esta, o servidor que me da esta resposta 403 forbbiden, é da vossa cas pela simples razão, que o erro 403, em sua essência,  403 Forbidden is a HTTP status code returned by a web server when a user agent requests a resource that the server does not allow them to., ora sendo eu, o user agente neste caso, nao enviei eu nenhum pedido ao server em questão para que ele não me respondesse

reponha os meus direitos de utilização da Internet sua puta, que este facto, é crime pelas leis, suas putas!
ou os senhores pensam que podem andar a inventar falsos pedidos em meu nome perante terceiros sejam eles quem forem

aguardo por gentileza a vossas resposta, terroristas, que os episódios com vocês são alguns mais como o sabeis

paulo forte

fascistas censores

deixem-se de tretas de atentar contra a liberdade de conteúdos,  pois o site das passarinhas, ontem me dá uma informação mentirosa, 403 forbidden,You don't have permission to access / on this server, quem é esta besta que assim o diz, sem nada explicar, vão levar no cu


dei x em traço ingles nse dede, sede das t r eta s de a t en tar contra da primeira da liber dade de conte vaso do es , p o iso do site, moda, o das passarinhas, on te maior da me d á uma in for maçao men tor isa, 403 for bidden,Y o u d on serpenet cruz  h ave per miss sion to ac c ess / on t hi s server, q ue mé é esta besta q ue as si mo di zorro, se maior  n ad a e x p li car do vao, do mario soares, am rio,  l eva rato do no cu

<HTML><HEAD>
<TITLE>403 ForbiddenTITLE>
HEAD><BODY>
<H1>ForbiddenH1>
You don't have permission to access /
on this server.<P>
BODY>HTML> 
 
assim diz o código da pagina
 
e outras vezes A ligação excedeu o tempo
O servidor magicmovies.com está a demorar 
demasiado tempo a responder.
 
o que é obviamente uma mentira  
 
curiosamente, cu rio sam nete nt e, mente, declinado, 
dec ina, o texto do codigo
da pagina, ou seja ainda, o co do dig circulo da pa da gina, 
ou seja da puta, 
obtenho , ainda a seguinte informação

circulo ob da bt tem do natal primeira inda se gui inte, it, 
if, cc,  for ram do maçao, 
ou circulo lodo, maça, o da praia das maças, 
ou linha de sintra, 
o do cio gt na al 

é o home da cruz ml, o home da ad , tit le do peugeot
 do for bid id dd inglesa da tit 
le , he ad cop corp circulo, 
home do primeiro for da bid id dd inglesa
delta circulo vaso do don da cruz homem ave, 
per miss sion to ac ess em cruz home 
do server, P, a pedra e a espada, 
que é cop do pr, da cruz no homem ml