terça-feira, dezembro 21, 2010

às autoriedades dos homens se ainda as houver, se nao, a Deus, seus pedofilos assassinos, 26


acusação aos pedófilos da igreja de roma, no roubo e acto de abuso continuado de meu filho

primeira parte



aos pedófilos  que se abrigam na pretensa igreja de Cristo, com a cobertura e beneplácito da igreja romana aqui em portugal, num não pais, on de os que aqui vivem, acham normal e permitem a manutenção de um roubo e de abuso de um filho, vai para seis anos , onde estes casos, são diários e se arrastam por décadas , com o conhecimento de todos , e consequentemente , pela protecção que lhes outorgam em maior ou menor grau, faz deles e de quem assim vai, cúmplices de actos de abuso e consequentemente criminosos face as lei , e tudo isto pretende ser a vida normal, a face do custo da moeda , a que fechais os olhos , amealhando a desgraça para vossos próprios bolsos e para o bolso de todos


ia os do pee do pe do ob do vv, vaso da vingança,ref filme sobre metro em londres,  vin gato gan da aca espanhola,  primeiro  os quadrado da  ue se da primeira do wi dag am mna pr te , cruz europeu do co igreja de cristo, com da pri é mr ia da cobertura, é bene puta primeiro do aio da igreja romana aqui em portugal, n um n cao do pais, tvi, en de os qi do ie aqui , wi primeiro do uu, comboio, metro,  circulo, ac ham am norma prime rio  le,  per mit ema primeira dam un u ten sao es de um roubo, é de ab serpente node de um filho, vaso do ai para seis anos , onda de estes cronos, o que come os filhos, casos, sao dia ri os é se ar rato ps  as do tam por de cados, dec ad ados,   com do circulo do conhecimento, c on he cie maior nt circulo de todos , é co nse sec u en te , que mente , é com eq un da ten da cruz do vaso , p ela put tec sao es, q ue l homem do  es au torga am maior, coimbra, em maio rato ps o u men o rato dog rato da fac au, f az d ue sede deque massi maior da dp do ai, cu mp l ice es de actos de abuso, é co nse q u te mente c rimi n oz os face ás da lei , é tudo is tp pre ten de sera primeira vaso id da primeira do ano da nora al kapa, primeiraa face do c us to da omo ed da primeira , a q ue fec ha is os olhos , am e ala homem  ando da primeira d es sg rata aça es, para do vasp os serpenet do  os por rp rio serpenet sb circulo lodo primerio os, é para do circulo do bolso de todos, ou seja o do  fisco



que moeda é esta, igreja de roma
ou defendeis que o desgraçar e o desgraçar a um outro
são palavras e pilares do evangelho que reclameis guardar
como ousais  vos que vos  dizeis transportar a chave
da igreja do amor e por inerência, aquele que sempre
a transporta, ou pode transportar, a criança, as crianças

interpelei- vos hoje, igreja e papa de roma, num dos
vossos templos e a ultima palavra publica
que ali em voz alta da justa zanga na justa medida,
foi quando percebi que um dos quatro de vossa
igreja , me tinham agarrado à força para me calar
e um deles levava, a mão ao casaco, para retirar uma faca

quereis-me  crucificar de novo outra vez ?!

quadrado vaso é moeda,  é esta, igreja de roma, o do vaso  d efe en de is da isque do circulo  d es sg rata aça reo d es g rata açar a um de outro, da sao pal av rato ps as , é pi ila l ares do evangelho, sara mago,  quadrado da ue rec lam é is e circulo dos bn reis gatos  ur do circulo ova vaso as rato da eta da ar guarda rato ps, c omo o usa is kapa do  os q ue vaso do os di ze es si t ran spor cruz art primeira chave, da igreja,  do amo re por ine ren cia, in eu maco do nico da ava do vaso cia, aquele que sempre a transporta, o vaso da pode ran spor cruz da ar, ara primeira  criança, ás das crianças sin int cruz cruz mn te delta dele , serpenet av rato da eta,traço ingles vaso do  homem do oje, ige ka é papa de roma, n um dos dos v ossos te mp l o se da primeira,  vaso primerio ima pal av ra pub l cia q ue ali, super mer cado,  em vaso do oz al t ad da primeria  just , da primeria jan gt aa, 3, na just a am ed dida, me dv do quadrado da primeira, fo do oi qa un dó per cebi q ue um dos quadrado da au da cruz  rode vaso os da sa  i g e r a j a ,gel lado,  me tinha ham am a garra ad o à forca,  para da me cala ala rato circulo, é um deles,  ele vaso da ava, l eva ava, primeira mao cao cado homem segundo, no para rato  é cruz rato ps da ar , uma faca q ue reis traço inglesa me  circulo  ru , do xi do fi da card , de n ovo de outra,  vaso é zorro da fo do ice, inter rato circulo ga ac sao espanhola, pendulo, o pendulo, o baloiçar, a queda dd os explosivos





depois do momento em que me rodearam , agarrando a força como para me expulsar pela violência para fora da igreja que trás como figura tutelar , são vicente, ou seja, a sé e o patriarcado de lisboa, como lhes ouseis chamar

quem sois vos para estarem a me agarrar assim
em forma violenta, para me tentarem cortar
a Palavra do amor e da justa ira do amor
e para me expulsar do templo


do quadrado da ep circulo do is do maio vaso do circulo do maior do uu, metro,  to em q ue da me rode dea ava vam am , a garra ran dó primeira forca , circulo do omo da para da me,  é x p l usa rp dela , a viol len da en cia do para for ad da primeira da igreja,  quadrado da ue cruz rato as circulo omo figo ur primeira cruz vaso do tel da ar , sao vicente, o vaso do seja, primeria ase se do circulo do patriarcado de lisboa, pat ria arc cado de lis boa,  circulo omo do ll home do es circulo da use seo circulo do vaso do qaudrado do ca rn e rio t ria n gula , é garra, circulo homem am mar da ar , q ue maior ms serpenet  circulo do onze do is vaso do os do para est ar rem ema primeira,  a garra rato  ass si maior me em forma vaso circulo  le do vaso da cruz primereia, para eme t en t ar rem co rta ra p l ava vara do am mr circulo,  ed da primeria js vaso ua cruz da ira do am mor, é para da me , é x p prime rio do usa rato art circulo top do ps, o do templo, o use seja maconico
´


cá fora, o que não é o assassino, mas que de alguma forma o controla, o que era o mais cultivado do grupo que me agarrou, camisa branca sem gravata em fato, que poderia até ser um padre dessa igreja que professa um evangelho de anti Cristo, disse

tem toda a razão, como quem plenamente sabia pelo que a palavra proferida lhe provou, acrescentando em tom de imbecil, para eu ira ali algures com ele que ma pagava um cafezinho



circulo do acento da primeira,  for primeira do circulo qaudrado da ue en cao é circulo 101 do assasino,  assa sn ino, masque dea al gum da primeira do fi da meda,  prime ria ela, a ava da ad do aco n da cruz da rola, o quadrado da ue é ra do circulo do mais, fr,  cu ll it tv ad,  o do g rupo qaudrado da ue dame aga rr circulo da ova do vaso, ca da misa br anca se mg gravata, gata rato ava ata  em fato, pedro marques lopes,  qaudrado da ue pode da ria as té ser um padres dessa, a da igreja, i, ger ja qaudrado da ue puta da dp, f do ess dessa,  u m é van gel ho de anti cristo, di serpente da se da te maior toda da primeira rato ps da aza circulo, circulo do omo qaudrado da ue maio p ela na am, mente , sa bia p elo quadrado da ue da ap da ala da ava do vaso do ra do quadrado ad fo da ferida dp,  cao primerio do he por do vaso do circulo da dp, ac espanhol, ac da onda rato ps es cena cruz do x ando em tom dei mb bec si primeiro, para europeu da ira do ali, algrave,  al gato do ur espanhol com dele , leque da ma da pada da garra,  um ca fe zorro in ho


mais claro e mais justa, não podia ter sido, a resposta, reconhecimento da verdade que sempre funda a justeza, um Templo Comum dos Homens com Cristo e em Cristo, que por Cristo e por Seu Amor , nunca aceitou nem aceita a injustiça e a negação do Amor

mais clara treva não se podia ali ter espelhado, que arrogância tremenda, todo o contrario do Amor, a tratar o Pai e o Filho no templo



mais claro, circulo do primero aro, é ema mais, mu uva primeira da just ana circuo pod ia teresa serpente  id circulo  , primeria rara da es posta, rec one home da cie maior nt circulo, a da verd dade q ue se mp re da funda da primeira juste ja, um te mp primeiro do circulo do com do p da cruz  rime do iro,  um dos H ome en ns com  Cris toe é  mc ratyo do is to, cis to, olhos,q ue por Cris to é por Serpente eu Am o rato ps , n unc da primeira ac ei it circulo do vaso  ne maior ac ei it da primeira in ju serpente rti ca espanho al , é a primeira ne g aç sao es do Am circulo do rato ps


 
 
a Palavra  foi proferida, logo no inicio da homilia,

ela foi proferida no instante seguinte àquele que se diz oficiar em Cristo, por cristo, em cristo , O Cristo, ter ousado proferir, na protecção do Senhor, e em nome do Senhor e do Senhor Deus



primeira do laço do bico de fogo pal do gancho vaso me, fo rte  do io da pro ferida, l ogo n oi ni cio da h om el ia da cruz do cora rato ac cap no natal, ela f  oi por rf eri rid id da primeria do ano ins t ante se gui nt, é aquele qaudrado da ue da se di zorro do zo do fi cia da ar em Cris to, por circulo rato serpente it circulo, em cris to , O C rato ps is to, teresa o usa sado por rf ei rato na porte tec º cao do Serpente do en hor, e é maior no med do circulo cc, primeira da ad do ado da Serpenet da en hor, é dó Serpente do en da hor De us

 
 
Que Deus dizeis e mais do que dizeis, servis
se nao o anti Cristo, em tratar o Pai
que no templo proferiu acusaçao contra vossa igreja

no acto do roubo e de tortura de meu Filho

e mais do que isso, quem é o anti Cristo
se nao aquele que nao acolhe o Pai
Se nao aquele que rouba dele o Filho
se não aquele que por nao responder
à acusação, se desvela assim culpado
se nao aquele que expulsa o Pai do templo



Quadrado da ue De us,  di ze is ise é ema  mais, fr,  doque di ze is, ser vaso do is sena circulo co do anti Cristo, em t rata aro da P do ia da pia, maria pia, qaudrado da ue no do te mp lo pro rof feriu ac do aco da acusaçao, ac cu usa çao ,  contra vaso do os da sa da igreja no acto do roubo,  de r o ub oe tor ru t ad em eu Fil ho, é ema mais doque iss circulo , q ue mé circulo do anti Cristo, se na circulo daquele,  q ue n cao aco l he circulo da p do AI  do Sena circulo daquele do quadrado da ue ero rato circulo do ub da adele,  leo circulo do fil ho, se do bao, tv cabo, pt,  aquele quadrado da ue por rn n do cao rato do espanhol da  p do grupo one , do rato ps do acento da primeira da acusaçao , sed do quadrado da  espanhola da ave da vela ás do si maior  cu do primeiro pado, p ad do ado da sena circulo daquele,  qaudrado da ue é x p lusa, é x pulso do circulo do pai do t é mp circulo do primeiro



às autoriedades dos homens se ainda as houver, se nao, a Deus, seus pedofilos assassinos, 25

.
.
.


depois da primeira chuvada no chiado, no largo de camoes, onde em véspera vira a inauguração do tapete vermelho e umas colunas,  que ali pusera a cgtp, e ouvira em breve o carvalho da silva a falar para meia dúzia sobre o longo trajecto desta central sindical, e de repente no meio do discurso alguém por detrás sentado na estátua de camoes começara a gozar com esse mesmo discurso, carvalho, perde de repente a fluência, e se poema a agradecer a um gráfico que colabora com eles à talvez vinte anos, eu pensando para meu botão, que bela defesa dos trabalhadores e que futuro radioso assim assegureis a eles


do quadrado da ep circulo do is , a da prime ira da chu vaso ad da primeira ano do chiado, no l argo gode cam oe es, onda em vaso es pera do vaso ira da primeira ina u g ur raçao do tap pete eve vermelho, é uma serpente co lunas,  q ue ali, super mer cado,  p use ra primeira da ac circulo gt do tp, circulo rand do turismo, estado,  é circulo do uv ira em br eve do circulo 101 do carvalho da silva, primeira f al da ar do para da meia do quadrado da uz ia s ob reo l on go t ra ject circulo  desta , a da c en t ratops da al sindical, é de r ep en te no me io do di sc urso al gume,  por det rato as sena td irc culo  dona est tatu primeira de cam o es co meça ra a g oz da ar com desse mesmo,  di sc urso do carvalho, per dede re  ep en te a flu en cia, é se poe ema ma g r ad dec we ra um grafico,  q ue c ola bora com deles à talvez vinte anos, eu pen s ando para me vaso  bota aço, q ue bela d efe fesa dos t r aba bal ho dor es , eq ue fu do tiro ra di osso,  as si maior asse g ur ei sa ed  deles

a chuva parara e eu olhava o fachada do hotel da sela do besouro quando o vi , ali encostado à parede do hotel, uma pequena carrinha azul, dava a ideia que o teria trazia até ao hotel onde deveria estar hospedado, o tal actor que creio americano, um belo rapagão, alto e forte, cabelos meio compridos e barba, olhos brilhantes, depois da tromba de agua, realizo,  ele é a imagem do rei dos homens da saga dos senhores dos anéis, o que trás a árvore figurada em seu peito, a árvore que me chamara logo a atenção como o link com a manha feita pelo dn, ou melhor dizendo, através das putas de serviço corruptos que se dizem jornalistas, e que lambem o cu aos políticos todos 

primeira chu da uva , mulher do terrorista durao, par da ara,  é europeu circulo do prime ro homem ava do circulo da fac , homem da ad da primeira do dado do homem do circulo da tel, o  da sela do be souro qua n dó circulo do vi , ali, super mer cado,  en costa dó,  à da parede, a  do home circulo da tel, uma pequena car rina hp pm do homem  az vaso primero rol, da ava da primeira da id ei , a q ue do circulo da teresa ria,  cruz rato az ia da primeria té cao ho pt tel,  onda de eve ria es star homem circulo do onze do spedado, circulo do t al do ac tor,  q ue c rei circulo  americano, um b elo ra pag cao, ak primeira to, é fo rte, cab elos me iso co mp rato  id os se do barba, duvideo,  o l home do os br ilha ane net ts, d ep o is da t rato circulo do mba da agua, rea lizo,  ele é primeira ima mage md circulo do rei dos homens da sa gado serpente dos s en hor es dos ane iso,  quadrado do vaso é cruz do rato da asa da prime ria da árvore do figo, o  ur ad da primeira em serpente do europeu da  pie to, ar av circulo do pre quadrado da ue dame do circulo da chama do  ham am da aral circulo de goa , em en sao espanhola es cape ape, circulo do omo do cic culo do li da mk, agência pub,  com da primeira manha,  feita , p elo dn, o vaso do  mel, outro actor,  hor di zen do, at r av es das putas de ser vi ço es cor rup pt do ts quadrado do vaso é da se da di do  ze maior, o  dos  jo rn al istas, eq ue lam be emo cu primeira do os políticos todos

ontem ouvindo musica na radio marginal, , escutei atraves de uma cançao, qe era esquimo, na verdade, nunca o tinha assim pensado, mas assim agora me parece

on te maior circulo vaso indo da mu sic ana ra dio do mar da gina da al, , es cu da cruz do ei em ratos av espanhóis,  uma de uma can sao, qe é ra do espanhol do  qui do imo da mona verda dd da en da unc cao circulo da tinha ass si maior da  puta do en sado, massas do si maior do agora da me ap rece


me recordei creio, de o único filme em tela grande, no quarteto que com ele vi, um belíssimo filme, onde ele fazia de cantor tipo country, e pelo amor de uma mulher, recuperava a criatividade e escrevia uma belíssima canção que relançava a carreira dele, me recordo do filme, um triângulo de amor, duas belíssimas raparigas loiras,  e uma cena de amor que na altura achei de um erotismo profundo


me reco dei circulo do rei, deo circulo da uni co do fi l da me em tela g rande, no qa ur te toc  da ue com dele,  vi,  um bel iss imo fil me, onda ed dele f az ia de can tor t ipo co un t rato delta , é p elo am mor de uma mul her, rec cup pera ava , primeira c ria ti teve id ad e,  é es circulo do rato, é via de uma bel iss ima can sao es quadrado da ue rato do elan cor, é cruz zorro da ava da primeira da car do red , a primeira da ira dele, me reco rato dodo fil me, um t rina gula de am mor, duas bel iss ima s ra pa rig gas, é uma da c en ad dea  am mor , q ue na al tura ac he ei de um ero t is mo pro rof fun dó 

depois os passes continuarem em dia seguido, na segunda feira, seguinte, pelo terreiro do passo, rossio e igreja do chiado , a consagrada a são vicente, de novo, a mesma referencia

do quadrado da ep circulo do is os p as es conti nu ar rem em dia se guido, na se gun da fe ira, se gui inte, p elo do lodo do terreiro do passo, rato ps do os do sio, é da igreja do chiado , a co ns a gata  do rato da ad da primeira de sao vicente, de n ovo, primeira da mesma , rato ps efe rec cna, i 




se tiver a boca fechada , a face é identica ao do actor


se set  ti da teve vera boc a fec homem  ad da primeira  , primeira da face,  é id en tica cao do ac tor  do acor

curioso, esta linha que aprece ainda dar uma outra amplificação ao comentário da imagem sobre a aparente demissão do larry king, que declina e primeiro rei da arrty, ou seja das câmaras, e inglesas, ou seja provavelmente relacionado com a morte de o tal realizador inglês que aqui foi alvo de leitura pelo que os pássaros me mostraram no tempo de seu acontecer, e sendo ainda que aqui, entraram as fotos do filme francês, ou seja me recordei do elso roque, pois ouvi pelo espírito quando estava de volta das fotos aqui publicadas que ele ficara fodido quando eu no plateau lhe questioneis a iluminação, que acabou por melhorar, e ainda do xico graça, o da pub, amigo da cristina coutinho, e de um estranho acidente na arrabida com um carro numa falésia, onde ele morava

circulo ur rato ps do iso, é sta  desta da linha , q ue ap rece a inda da ar de uma outra,  am p li fi do caçao cao com en tar io da imagem , nova imagem, s ob rea primeria ap ar rente demi ss sao dol primeira do harry, bar,.  kapa do ing, q ue dec lina, é prime rio do rei da primeria da rr da cruz do delta , o vaso do seja das cama ratas ase das inglesas, o vaso do seja por vasp ave lem nt é rato  dela, cio n ado com da primeria da morte deo t al rea liza ad dor ingles,  q ue a qui  if fo do oi do alvo , de lei tura p elo q ue os p ass aro se 3 rp en te dame maior ostra ram no tempo de s eu aco nt tec ser, é s en do a inda q ue do ki aqui, entraram  de novo, , às fo t os do fil me fr anc es, o vaso do seja da me reco rato ps dei , o do elso roque, posi o u v i p elo es pei rt o qa un dó est av de vol at das fo t os aqui pub l ciadas,  q ue dele,  fi da cara fo dido qua n d eu dó pal te au do plateu, discoteca,  l he q u es ti one isa primeria da e lu mina ina ian sao, q ue aca bo vaso do por mel hor ad  da ar, é a inda do xi co do graça, o da pub, am e goda da cristina coutinho, é de um est rato do anho ac in dete na rr primeria do bida , com um carro numa f ak le serpente  ia, onda dele,  mora ava


ontem na chuva, pela tarde depois de atravessar a tierno galvan, ao lado das amoreiras alguém me fez um sinal de um carro, olhei, era a clara andermatt que nao via há muitos anos, exactamente antes destas merdas todas terem começado, me perguntou ela como eu ia, lhe respondi, entao nao sabes que trago um filho roubado vai para seis anos, ela me disse que nao sabia, continuei caminho, estou farto de estas gentes hipocritas que se dizem amigos, da amizade util quando dava jeito, e fiquei a pensar, curioso, pois acabara de relatar o encontro com a filha da irma em são vicente,

on te mna chu da uva, p dela , a da cruz arde de posi de t ar , vaso  ess da ar da primeira tie rn no do galvan, o militar,  cao lado das am mor rei das iras al gume , me de fez um do sin da al de um car rato c irc uk lo, circulo do prime rio he, ei é ra da primeira da clara andermatt,  quadrado da ue n cao da via há muitos anos, é x cata em nt e ant espanhola destas merdas todas , teresa rem co meça cado, me per gun to vaso dela,  circulo do omo europeu do  ia, le homem  rato ps es pon di, en tao n cao s ab es q ue t rago um filho rato circulo ub bad ad circulo  ava do ai à seis anos, para se is ano serpente , ela,  me di s sec q ue n cao sa bia, conti n ue ei rc am ca do minho, est circulo do vaso  f ar to de esta genets hipo circulo das ritas quadrado ue se di ze maior  am migos, alentejo, al len en tejo, da ami iza zade vaso do til,  qua n dó da ava je it oe fic vaso delta ei da primeria do pen da sara, cu rio osso, p o is aca bar a der rato ela t aro en conto com da primeira da  filha da irma em sa do vicente,