quarta-feira, janeiro 19, 2011

decima primeria parte das bombas em londres

decima primeria parte das bombas em londres

dec ima prime ria p arte das b o mba serpente em londres






sabes amada, antes do natal me pus a montar o pequeno aviao que comprei há muitas luas atras, foi o meu desejo secreto, a minha oraçao, para que assim talvez nele , tu, e quem sabe meu filho pudessem chegar a tempo do natal, mas pelos vistos ainda nao foi desta vez, natal, para mim, foi como a passagem de ano, passado comigo mesmo aqui em casa, que me recuso ao natal e às festas enquanto esta iniquidade se mantiver

sa ab abe es am ad a, ant es do na nat da cruz x dat da al , me do pus , primeira mon t aro pe 1 quadrado da ue do no da avia circulo, quadrado da ue do com do pr rei, ei homem do acento da primeira há mu it as luas at rato do ato as, fo io me eu di do desejo, secreto, primeira min homem da primeira rato é za, para q ue ass si maior da cruz alves zorro nele , cruz vaso eq ue maio rt, sabe, me eu fil ho p u de esse maior chega da gara do tempo do natal, ma sp elos vaso is t os sa da primeira inda n cao do fo, id desta, ave zorro do natal, para da mim, fo do oi circulo omo da primeira p do ass da sage md é ano p ass sado co mig om me sm circulo aqui em casa, quadrado da ue do ds da am da me rec us circulo lodo cao nata ak primero rol , é ás das festas en do au do quadrado sd do nt circulo desta, ad dd da primeira nic ui id dade da se man ti ive rato









repara como é belo, esta quase replica dos primeiros avioes, que os homens fizeram à imagem dos passaros, repara como sao organicas, as caudas, qualquer coisa entre a de um passaro e um folha, de uma leveza incrivel

rato da epa do para circulo do omo é, belo, é sta quadrado da ua ase da replica, tremor, dos prime iro serpente dos avio es, quadrado da ue do os do home do ome da en da ns do fi do ze do ram, à ima mage md os p ass aros, rato do epa rac do ac omo, é organ ica, as das caudas, quadrado, dr ad circulo do ado, o da ual, do quadrado da ue rato ps do rc , co isa en cruz rea primeira de um da p do ass do aro, é um fo prime rio do homem do dao , da primeira de uma al primeira eve za da inc do rato top do dps, ps ive do primeiro do el

deveria ser esta carta, um simples carta de amor a ti, mas o contexto, e suas sincronicidades, lhe atribuiem ainda outros valores, por isso posso em justeja crismar, esta parte como parte integrante do ataque terrorista das bombas em londres e de outros contra minha pessoa e meu filho, que mais uma vez aconteceram no final do ano, principio deste

de eve da ria ser, esta, ca rta, um do simples, empresa, ca rta de am mor primeira das ti do maso da contexto, ed di it tora, é serpente da ua sin circulol do rato da oni cida dad es, l he at rib u ie maior em primeira ema inda de outros do vaso alo ratos es, por iss circulo da p do osso em juste ja , circulo do ratos is sm mar, é sta desta, a p arte tec circulo omo p arte inte gato ran te do ata q ue te rr o rato ps do ista, o das bombas em londres, é deo de outros do contra da min homem da primeira da pessoa, é me vaso eu fil hoque do natal, mais, fr, uma vaso é zorro ac on tec e ram no fina al do ano, pri n cip ip do io de este

em verdade te digo, amada, que é correcto dizer que este ataque nao é só feito contra mim e meu filho, mas tambem contra ti, contra o amor, pois dita o amor que aqueles que Ele junto trás, juntos devem estar,assim é a vida aprazivel dos amantes que em verdade se amam, e a ternura se assenta e corre com fresca agua refrescante, em seu trono na carne, enquanto aqui vamos com ela

em verd ad e te dig circulo am ad mad da primeira, q ue é cor rec to di ze rato ps q ue da dp de este ataque , ata quadrado da ue, n cao é serpente do circulo da ó , feito, feit circulo , contra da mim, é me eu vaso da fil do natal, má serpente tam am tambem contra ti, o contra do circulo do am mor do circulol do rato, p o is da dita do circulol do am mor do ps, q ue daqueles q ue El ,e jun to t rato acento do ás, jun t os d eve maior da es star,ass si da mé primeria do vaso id da primeria ap rato ps do az ive primero rol do onze , a dos am ant es do quadrado da ue em verd ad, é se a mam, é a da primeira te rn ur da ad da primeria ase da se da assenta, em tao em serpente do eu da cruz rato on circulo na car ne en qua nt circulo aqui , vaso dos amos com dela

pois mais uma vez ouvi pelo espirito por volta do natal, que tu tinhas descoberto que te tinham mentido durante todos estes anos relativamente à minha saude, sem precisar os termos de uma qualquer mentira sobre ela, o estranho, é que isto já o tinha ouvido eu antes como aqui numa dessas altura te contei

p do circulo do is do mais, uma vaso é zorro do zo do zoo circulo u v i p elo es pei rato da oto do por vol t ado nata natal da al, q ue dat cruz vaso das tinhas, do quadrado do espanhol co do berto, q ue da te tinha do ham am, men t id o duran te todos este serpente ano serpente, 2005, rato ela , a da t iva vam ivam am , a que mente, à min home da saude saude, se maior pre cisa rato ps os termos , de uma quadrado da aul do quadrado da ue rato da mentira, s ob re dela, circulo do est rato do anho, é q ue is to do acento da ja do circulo da tinha o uv id o europeu da poda da ant espanhola do circulo omo aqui , nu ma ad do quadrado do ed ds sas, al tura te conte i

e que te tinhas zangado ao tomar consciencia dos dias que assim nos roubaram, ah como te compreendo senhora de meu coraçao, nunca aceitei ou aceito estas gentes se tal se pudesse em propriedade lhes chamar, que passam a vida a dar cabo da vida alheia, no minimo sao doentes mentais, na maior parte das vezes pagos em diversos contados, e numa sociedade onde a lei humana seja real e respeitada, no minimo deveriam ser inibidos de o fazer a partir do momento em que se o descobrisse, mas o que se vê , é todo um contrario, quase como uma apologia deste nao estar , deste nao viver

eq quadrado do vaso et , é cruz da tinha za n gado cao de tomar, lugar e tom cruz do omar mar, co ns cien cia dos dias, psd, q ue ass si maior dos nós rato circ ulo do ub aram, primeira do homme circulo do omo da te com pr é en dó , s en hora de me eu cora raçao, n unc a ace it ei o vaso ace do dito destas g en t es da se eta da cruz da al, se p vaso do ds da se em pro rop pri ed dade l he es ca homem do am mar ar, q ue p as sam primeira vaso id a , ad da ar do cabo, david primeira alhe ia, no mini do imo da sao dos doentes men tais, na maio rato rp da p da arte da serpente vaso é ze es pa gato dos os em diver serpente do os do contado, dinheiro, din he iro, serpente , é n uma soci ed dade onda da primeira da lei humana do seja da real, é rata es pei t ad ano mini imo , de vaso ria am ser in ib id os deo f az ze é ra p art do tir , o do mo men to em q ue da seo circulo d es co br iss emas do maso q ue s e vaso ê , é todo um conta do rio, q ua ase circulo omo uma polo gato do ia de este es star , de este n cao do canal viver






era natal e a estrela estava no ceu, a estrela brilhante , grande,cuja luz treme, como um pauzinho de bolo de aniversario das crianças que somos, nao é esta que aqui te mostro, esta, estava numa montra na zona do chiado, a tirei no dia vinte e cinco, um dia de chuva, era já anoitecer, tomei o vinte e oito e fui até essa parte da cidade que tanto amo, as ruas quase desertas, uma pastelaria do calhariz tinha posto uma pequena mesa no passeio, e aqueles que nao trazem nem familia nem casa partilhavam ali ao frio da chuva miudinha, um pedaço de bolo rei

é ra ana de rana , lugar, nata ak primeira da lea primeira da estrela, bairro, est ava ano do no c eu, primeira estrela br ilha ante , gata rande, cu ja da luz, lugar, cruz rem é circulo omo , um p au zin natal de bolo, b olo, lode da ani , ver sario das crianças , q ue serpente dos omos, n cao é esta q ue a qui te maior do ostro, esta est ava nu ma mon t rana ana da zon, primeria do ado do chiado, a tire rei ei no do dia vinte e cinco, um dia de dec homem da uva, e ra ja acento ano it tecer, tom ei circulol do vinte, é o it toe oe , fo ia da té, essa da p arte da cida deque t ant circulol do amo, ás das ruas q ua ase de se rta serpente , uma ps da tela da aria da ria, a do c la homem ariz da tinha post circulo, uma pe q un da mesa, madrid, no p as seio da se do io, é a q u deles, es, q ue n cao t r az zorro do x em ne maior f am elia ne maior da c asa da casa, p art do til da ilha ava vam am, ali cao fi do iro da roda circulol do homem da uva, mi u dinha, um ped dc espanhol circulo de b olo do rei

que mais te direi para alem do amor, que lia uns textos que encontrara na net sobre pistis sophia, a sábia sofia, e me dava conta da historia narrar que ela, caiu talvez oito vezes antes de se encontrar e encontrar o amor, e que assim , adquiria um certo sentido esta conciencia que ouvira de novo, se bem te recordas, vive sophia no ceu, sendo que ceu só há mesmo um, independentemente dos andares ou dos lugares,  se assim se pudesse chamar, e que anda confundida, que pensa que o patrono desse lugar do ceu, é Deus , mas não, assim sob essa má influencia cai, e torna a cair, até se dar conta de que vive sobre as ilusoes desse demiurgo

q ue dama mais da te di rei ei do para ae l md circulo do am mor, q ue da lia, un serpente tex t os q ue en conta tara rata ara na net s ob r e p is t is da sophia, a sa bia serpente circulo da fia, é me da ava conta, a da hi s tor ia na rr da ar q ue dela, caiu, t alvez o it o v e ze es ant es de se en c on t rato ps da ar , é en c on t rato ato da ar do circulo da primeira do mor, eq ue ass si maior , ad qui da iria , um ce rt ps circulo s en t ido , mais é esta , a da sta c on cien cia q ue o uv vaso da ira, de n ovo, se be maior da te reco rda serpente vaso da ive sophia no c eu, s en doque c eu serpente da ó, do home do ac ed dn to da primeira mesmo um do grupo independete, mente, o do serpente sand anda ares , o vaso dos lu da gar es, , se ass si maior da se p u de esse c ham am da ar, eq qua da anda c on fun dida, q ue p en sa q ue co circulo do pat rato on circulo desse lu gato da ar, o do circulo do eu, é De us , ma sn a cão, ass si maior ms serpente do ob dessa, a da má in flu en cia c ai, e torn da primeria aca circulo do air, a té da se da ar conta, deque vaso da ive s ob re ás das ilusoes , ad desse demi ur gato circulo

parte decima das bombas em londres, na realidade segunda parte da nona parte

parte decima das bombas em londres, na realidade segunda parte da nona parte


p arte dec ima mad ad das b om mba serpente é ml em dr es na rea al lida dade se gun d ap da arte da nona p da arte, canal de tv , circulo anal ana primeiro da tv, cruz vaso


depois de explicada esta manha das bestas do socialistas, vejamos entao o que se vê na foto da mascara pintada por meu filho aparentemente em dois mil e quatro, e sendo uma mascara de carnaval, por altura de fevereiro, ou em dois mil e cinco, provavelmente no mesmo mes, pois como expliquei em parte anterior, é impossivel para mim, verificar isto, e nao tras ela indicaçao alguma de data

do quadra do ado da ep circulo do is , de, é x p lic ad da primeira desta manha, a das bestas do serpente do ia da al do ista serpente do veja do am amo da serpente do en tao , o do circulo qaudrado , o da ue da se da eva do vaso da en primeira da foto , ad da ma sc cara da ara do pin da cruz ad da primeria da ap do por da me europeu da fil do natal, ap ar ren te , mente, em do is mi le da quatro, tvi, é serpente en dó, uma ma sc ara de caran da naval, ava da al, da por al tura de fo rte da eve do rei do rato do circulo ps, circulo da ova do vaso em dois mil e cinco, do is mi le circulo inc, o do por vaso da ave do lem nt, é no do mesmo, o do mes, grupo politco, p circulo do is, o do circulo do omo, é xp lic vaso do ei em p da arte da ante do ratop ps do ior, acento do ei do mp os serpente ive primeiro do rol da roc do para da mim, do vaso eri do rif if do fm, o do if fi car de isto, en cao da cruz do rat do io às dela, primeira indica cc do caçao da sao espanhola da al , gum primeira da data, empresa, nas amoreiras
 
 
 
 
 
as cores que se podem obseravr nesta pintura sao portuguesas, verde e e vermelho, amarelo, azul, como sol sobre o mar na aba do chapeu, laranja, psd, rosa, no nariz,


as da cor espanhola, q ue da se pode maior mob ob sera vaso rato nest primeira pin da tua da tua sao porto vaso das guesas, verde é eve rato mel do beijo invertido espanhol, am mr elo do azul, circulo do omo do sol , s ob reo circulo da p do mar na aba doc h ape eu do lara anja, ps do quadrado da rosa, nona rato can tor zorro,

como formas na pintura temos antes de mais as da propria mascara e até as defenidas pelo recorte, como os olhos, onde se ecoa de alguma forma uma lua, em posiçao distinta da outra que se ve na imagem da mascara de gel da senhora depois do atentado, aqui a lua , no olho direito da imagem, está em cima para baixo voltada.

circulo omo das formas na pin tua, t emo s an t es de mais, fr, ás da por rp ria da ma sc ara cara, é a té as d efe nid as p elo reco rte, circulo do omo os olhos, onda da se é coa de al gato vaso uam am forma, uma lua, em pi os sao es di serpente da tinta da outra rac ad do ac q ue serpente eve na ima mage mda ma sc xara de gel da s en hi circulol do ra d ep o is do a t en t ad o, aqui primeria lua , no do olho , di rei to da ima mage maior , desta em cima , para ba do nono do xo volt ad da primeira

o nariz é rosa, cor dos socialista, um sol e um ceu figurado na aba da esquerda do chapeu, ou seja direita real, uma mancha vermelha em cima sobre violeta que pela presença do azul do mar, se tornando violeta , parece indicar uma onda gigante de sangue, um mar que se tornou violeta, ou seja parece este simbolo representar de alguma maneira ainda o tsunami, como recentemente aqui foi de novo abordado na id das amoreiras, a face é verde, ou seja corresponde a um dos pedaços da id da foto de londres, com o tal tipo envelope que o rapaz segura nas luvas cirurgicas, os olhos sao como dois ovos, a boca, em suas extremidades, parece um gancho de abordagem duplo com fateixa simples em cada ponta, ou desenho de uma ancora classica , o cabelo, a mancha negra em correspondencia com o mar e o sol e a onda vermelha violeta, ou seja a onda vernelha da dor, por cima, sugere vagamente um passaro, ou uma montanha negra, debaixo do mar e do sol , a aba da direita da face, a orelha e um pedaço da testa sao laranjas, como um circulo e uma sugestao esbatida de faca ou labareda, fogo, e do lado esquerdo, laranja, psd, o primeiro do circulo da faca invertida como um ponto de interrogaçao

on primeira da ar do ruiz, é rosa, cor dos soci al sis is cruz primeira rta , um do sol, é um do circulo do europeu, figo ur ad ado dona dna da aba da esc, es cape circulo do ape , urda do dado dc circulo do homem do oi do imem da qa da ap eueropeu, o vaso do seja direita real, uma da mancha verme primerio homem da primeira em si mna sio br e viol eta q ue p dela, pre s en cado br es , o azul do mar, se tor nando viol eta , pa rece indica rato de uma onda gigante de serpente do sangue do ang vaso, giga gan te, um do mar q ue da se torno do vaso da violeta, o vaso do seja pa rece de este si mb olo r ep pr resen serpente en tar de al gum primeira am mane da ira, primeira inda do circulo do tsunami, circulo do omo re cente, mente, aqui, fo ide n ovo ab o rda dado na id da sa das amoreiras, primeria face é verde, o vaso do seja cor r es ponde dea da a um , dos ped dc erspanhois usa, cos da id da fg oto de londres, com do circulo da o ata do t al t ipo en velo do elo do lope , q ue do circulo do rapaz, se g ur ana serpente lucas cir ru rato ps gi cio circulo do às, os olhos , sao circulo do omo , do is dos ovos, primeira boca, em s ua serpente é x t remi can tora dad es, pa rece um gan do cho dea ab o rda dage mai iro maior , o duplo, do com fate ix a do simples, em c ad da primeira ponta, o vaso d es ne natal, de uam anc cora da fac classica , circulo lodo , o cab do elo, a man cha ane negra em cor r es ponde dec cia circulo do ia, com dp do mar , é circulo do sol, é primeira da onda vermelha, viol eta circulo do vaso do seja, primeira da onda verne l homem ad da primeira dor, por dec ima, cima, s u gere vaga gam am n en te , um p ass aro, o vaso de uma mont anha negra, de ba nono do xo do mar , é do sol , primeira aba da direita da face, primeira orelha , é um peda aço es da testa da sao dos laranjas, circulo do omo , um c irc culo, é uma s u g est cao es bat id , a de faca o vaso la bar red primeira do fogo, é dol primerio do ado esquerdo, lara n ja do psd, circulo do prime rio , o do circulo da faca in vertida c omo , um p o nt o de inter rt rato ps circulo gata aç sao espanhola


 
 
vendo a imagem por detras , que assim mais se assemelha à imagem real de londres, ve- se neste pormenor que duas cores, passaram para o outro lado, e essas cores, sao as portuguesas e rosa ou seja ps portugues, um lanho é agora na mascara visivel, vem da linha do arpao da esquerda,


vaso em n dó da primeira rai ima mage maior mp por det rato ps às , q ue ass si maior do mais da se ass emel homem da primeira , acenrto da ima mage rea al primeira de londres, vaso é se nest e por men o rato, q ue de duas cor es, p ass sara aram para do circulol do outro , o do rol lado, é ess as cor es, sao às portu guesas , é ero rosa o vaso do seja ps portu gues, um do lanho, é agora na ma sc ara da cara, vaso is vaso el, vaso é mda da linha, do dó da arpa, do circulo da esquerda,



 
 
neste outro pormenor, o cima do chapeu, que mais parece o do fanstasma gaspar, se ve o rosa, e alguns furos,


ne sd dt é outro por men o rato , o c ima doc h ape eu, q ue massi pa rece do circulol do do fan sta sm primeira do gaspar, dog pei me ira , spa rato ps, serpente eve do circulo do rosa, é eal da al gus sn dos furos, f ur os
 
 
 
 
 
 
 
no meio , alguem do colegio, provavelmente a educadora, escreveu o nome de meu filho a lapis, e a grafia é estranha e nela leio , angulo fr , o arpao do delta laço, ra n do cisco, nc do isco, zorro do segundo da fe crn vaso do primeiro do triangulo da lamina inglesa , o do laço, a unha vermelha flamenga, fla men gato da primeira, que depois se aparecerá num outro ponto desta historia relacionado com a demoiselle ikarus, como se vera mais adiante,


no me do io , al g ue md circulo do c ole gi do io, por v ave lem nt e, circulo ruiz ,maria uiz, ps, assessora do socrates, prime ria edu cado dor e, es c r eve eu do circulo do no da mede meu filho, al alça pi sea primeira da g raf fia ia, é est rata da anha en dela lei io , angulo fr , circulo do arpao do delta laço, ra n do cisco, n cd circulo do isco, zorro do segundo da fe crn vaso do pri mr io , o do t rin gula da la lam am mina inglesa , o do l aço, a un ,, da primeira do homem verme , primerio homem da primeira, q ue d ep o is da se ap a rec cv x cera n um de outro p o nt o desta hi stor ia rato ela , a do ac cio n ado com da primeira da demo ise se ll e ika ar ru serpente, circulo lobo do omo da se da vera, mais ad dian te,


 
 
 
na posiçao relacional com os objectos que se encontravam em cima da mesa no momento em que a tirei a foto, ontem, leio, sa azul e branca da super bock do si dez a ano da ove segundo do sete, origan ano um vul gare linna eus , das high land clan, de oitenta e cinco, verde amarela, e um do ajaz azul de bico deitado que aponta a ela, o da tripla, do bico do peixe da republica dominicana, onde se ve duas perras, dois cus, um tomate, duas cebolas e um pessego, um menino, da serpenet da al de dois mil e cinco, o ano da noite,


na posi sic sao es rato , ela , laci ac cio n al com os ob ject os q ue da se en c on t r ava vam am, em c ima da dame da mesa, madrid, mad ad dr rid id, no meo, mome en nt circulo om em q ue da primeira ti do rei primeira f oto, on te maior, le io da sa azul e br anca, a da super do bock do quadrado do c irc cv vv do vaso dos loo, prim mer do ero da dp, si maior n dez primeira do ano da ove segundo do sete, origan, circulo da ari da riga da gan, seguros, ano um, vaso serpente da emi , can tor, arco primeiro do rol da gare linna é ue us , das high land clan, deo circulo da it en circulo do rato ps da ua da primeira, é circulo da inc circulo do verde den am mr , ela, é uma do j da az do azul de bico dei t ad doque da ap da ponta primeira dela, o dat da cruz ratp do ip lado bico do peixe, da re da pub do lic da ad omi ni nic cna, onda da se da eve de duas perras, do is circulol do us, do onze do tom a te, duas ce bola, é um da puta do ess do ego, revista e psi, um menino, da ser pene ene net da al dedo do is em dois mil e cinco, o do ano da noite,


é visivel na mesa duas marcas que relacionam a queda ou o encosto  do ajax às high land, alvo de outras leituras aqui neste livro da vida, o ajax, com da tal serpente do sal da al, a de dois mil e cinco, a que verteu o sal, ou seja a que fez a dor doer

cruz, circulo do ur zé, é eva vaso serpente ive l na mesa, madrid,  duas das marcas q ue rato ela , ac cio onam primeira queda do ajax, alvo deo de outra lei it tura do qui nest el iv roda vaso is d ac oma primeira rat cruz da al serpente do sal da al, ade do is mi da ile circulo inc ,circulo da primeira,  a que verte eu do circulo do sal, o vaso do seja da primeira  q ue de fez , a primeira dor do oe rato ps,

acima neste texto aparece uma referencia à, data, como sendo a empresa das amoreiras que há muito tempo atras aqui foi alvo de leituras pelo que o espirito me desvelou relativo a outros assuntos, contudo, no principio deste ano num outro enorme cio , uma outra empresa relacionada com informatica e consequentemente com a net, me apareceu tambem, e tras em parte o mesmo nome, globaldata, ou gata lobo bal al da data, ao que parece um dessa empresa, tera sido namorado da puta que me tras o filho roubado e portanto, lhe fará serviço

ac ima nest é tex toi, can tor do oi, ap a rece , uma refer en cia da primeira data, circulo do omo serpente do en dá da primeira da em presa das am mor rei das iras q ue h á mu it o tempo atras aqui, if, cc  fo do oi do alvo,  de l ei das turas p elo q ue o es pei é rr tome d es v el do lio vaso rato ela , cruz  ivo primeira de outro , primeira ass un t os, co nt vaso do do, no pr inc cip ip do io de este ano,  n um de outro en o rato ps me do cio , uma outra da empresa,  rata ela , a do ac cio n ada com da informatica,  é co nse q u en te , mente , com da primeira da net, me ap ar erc eu tam am tambem, é cruz rato ps às em p arte teo do circulo do mesmo,  no me da globaldata, ou gata labo bal al da data cao q ue pa rece um dessa empresa, teresa ra sd dido id circulo do namorado da puta que me tras o filho roubado e portanto, lhe fara serviço