segunda-feira, dezembro 31, 2012

Da CGD que foi barriga de aluguer da política, XI

Da CGD que foi barriga de aluguer da política, XI


Relembro ainda a todos, que este ataque em dois mil e seis adquire tambem particular importância na dedução das relaçoes com NY e a queda das torres, pelas razões explicadas em detalhe no tempo do seu acontecer, e nas diversas vezes que a este assunto voltei, especificamente por um dos blogues a que estive linkado, a pedra e a espada, pois é aqui que apareceu a primeira relação directa com NY e especificamente com o museu de arte contemporanea de NY....

A ideia, e os factos de marcas, tem ainda um outro sentido muito mais abrangente, no âmbito aparente ou não do trabalho profissional dela, atraves do ICEP, a Teresa foi promovida logo a seguir a separaçao, ou seja, muitos apoiaram o roubo e a protegeram, a que se chamou de Marca Portugal, uma especie de campanha de imagem de marca do país, mas como o disse desde sempre, com um estranho nome, pois Marca, em português pode ser interpretada como Produto, se se associar o nome do país como se fosse um Produto, o que já é um conceito estranho em si mesmo, mas tambem tem o significado de marca, como sentido de dano, de mal fazer ou mal feito, e durante estes anos deste imenso crime mundial, são diversos os factos que apontam e demosntram estranhas correlaçoes entre lugares onde essa aparente campanha passou e posteriores desgraças, recordo-vos dos ultimo narrado, berlim, o hotel queimado, ou o estranho granizo no red bull em Budapeste, entre muitos outros.


Da mesma forma é claro por um conjunto de factos e provas que os serviços secretos são parte activa nesta conjura

Exijo o meu filho e os nossos direitos de volta!

lisboa 31 12 2012

read more at
http://113cc.blogspot.com/2012/12/11-da-cgd-que-foi-barriga-de-aluguer-da.html

Sem comentários: