sábado, dezembro 22, 2012

quero o meu filho de volta e a justica que me é devida pela Lei


estranhas negras linhas se infiltram na consciência do espírito, que o bebe foi enforcado

o que é isto, uma manipulaçao de cães que sois na negação da justiça que é devida a mim  e meu filho, um passe para assustar ou fazer dôr, ou um crime que sabeis e cujo silêncio dele vos torna a todos cumplices, é isto que escondeis nessa fantasia que anda para ai nos medias,  das cirurgias do s joão do porto?!
cães!

quero o meu filho de volta e a justica que me é devida pela Lei 

Sem comentários: