segunda-feira, fevereiro 04, 2013

Janeiro já se foi, mais um mês infernal


Janeiro já se foi, mais um mês infernal

Quando saio, continuam a entrar cá em casa todos os dias

Continuam a assinar a presença do crime diário

Levaram-me ao que desse conta, o microfone de lapela que usava para gravar videos

Uma pen usb

E provavelmente como de costume num pais sem lei nas mãos dos fascistas muito mais

Durante as primeiras semanas, à medida que ia escrevendo os textos, alguns dos quais já publicados, me iam apagando ao mesmo tempo por remoto, com uma insitencia nunca antes detectada, ou seja, se prova mais uma vez o imenso receio de muitos perante a preparação deste processo, e os grandes e sofisticados meios tecnologicos dos bandos dos criminosos.

Outros textos e originais foram roubados, continua assim este crime impune e coberto por todas as autoriedades, outros ainda foram alterados em pormenores depois de eu os ter concluido, como por exemplo é visivel num publicado, a segunda parte da prova da invenção do conceito das torneiras electricas, onde logo na introdução mudaram a data do ano,para 2066.

Abri o pc mais uma vezes a tentar perceber onde está o transmissor, desliguei mais umas coisas, e instalei talvez em seu todo de raiz o software talvez uma duzia de vezes.

Me deram mais uma dose de virus, que me afectou o figado, e consequentemente entre outros objectivos, me reduz a capacidade de trabalho, ou seja, dentro da logica do descrito acima dos roubos constantes dos textos.

Os dentes continuam a degradar-se, creio que terá ver com este virus que me deram de memória, talvez já para dois anos, a primeira vez, é como se o esmalte se desfizesse nas zonas onde o dente encosta à gengiva, parce isto algo como sintomatologia de escurbuto ou uma doença antiga, ou proviniente desses lugares do mundo.

Todos os dias, entram os animais no predio, batendo com as portas e outras coisas, durante o meu tempo de descanso, em forma prepositada, sobretudo nas horas de almoço, nas vezes durante o dia inteiro e noite, e a isto se chama crime de tortura

Filhos da puta de terroristas, quero o meu filho de volta e os nossos direitos integralmente respeitados!

Portugal é un país sem lei nem grei, na mão de bandos de terroristas de estado|

Sem comentários: