terça-feira, junho 27, 2017

Do solicitador e das falsas e criminosas dividas que são crimes de perseguição dos Nazis ao serviço do crime do roubo de meu filho e da minha escravatura




Depois de ter publicado na ultima quinta feira dia 22 06 2017no ouro sobre azul, um desenvolvimento sobre o solicitador, derivado dos dois bilhetes de meu pai se dele, onde no primeiro esta questão, ou o que for, é por ele abordada, ou seja, segundo o bilhete e segundo o que me dissera em voz antes, teria ele arranjado um solicitador para estudar a questão das dividas da minha empresa ao fisco, dividas essas que segundo também me disse neste tempo, seriam de 2007, o que como vos disse não faz sentido, pois essas falsa dividas que são crimes de perseguição na estratégia do roubo de meu filho e da minha escravatura, nunca seriam desse ano, e sendo que esse ano como sabeis é o ano das bombas em Londres, ou seja, alguém através do meu pai, lhe terá encomendado ou o obrigado a um qualquer passe obre estes crimes, e em verdade no ultimo fim de semana me disse que tinha o tal solicitador averiguado da situação dessas dividas no fisco que como sabeis se encontra por mim, acusado no âmbito das minhas analises já publicadas sobre Londres.

Lhe perguntei quais eram então as dividas, disse-me, o do FIAT 500, ou seja o que dizem ser um pagamento em falta do selo do carro, alvo como sabeis de uma queixa crime enviada ao tempo por carta registadas e aviso de recepção, ao IMMT, às Finanças e à Procuradoria Geral da Republica e como usual neste crime nazi, sem qualquer resposta até hoje!  

Como entendível pela comparação da escrita dos dois bilhetes, ou um deles é falso ou algo do foro neurológico o terá afetado pelo menos no dia da escrita desse mesmo bilhete, refiro-me o segundo.  

Sem comentários: