quarta-feira, agosto 21, 2019

I demand the immediate arrest of the representatives of Microsoft, II


 o post anterior sobre este memo crime sem resposta como é cada vez mais usual nesta realidade nazi de violação e roubo de tudo a quem comunica nestas tecnologias


e o desenvolvimento 

QUERO IMEDIATA PRISÃO PARA ESTES FILHOS DA PUTA

há mais de dez anos que isto é assim a protegerem interesses criminosos internacionais.
Como vos digo a segurança dos filhos da puta da Microsoft é uma afirmação criminosa, ou então são cúmplices de terroristas, esta chave é a chave da licença do Windows 10 home que vem instalado no kubo de acordo com o leitura através de um aplicativo da loja Microsoft que pelos vistos lê todas as chaves.

Quanto gastam as pessoas, empresas e países que usam estas tecnologias em segurança quando eles são os próprios ladrões, que Europa de merda é esta, que ainda por cima paga a ladrões para alem de os deixar exercer e ter negócios virtuais onde nunca respondem a nenhuma queixa em total desrespeito dos direitos dos cidadãos , das leis das republicas e dos direitos dos consumidores.





E me dizei filhos da puta ladroes e esclavagistas, que merda é esta, um V8 do FCP, dos dragões? do Porto, de um quadrado de 93, talvez do avião nas torres gémeas, que filhos da puta canalhas sois, ou ireis matar mais algum desta forma!


Este texto, ao ser colocado no dashboard do blogger, aparece cheio de código malicioso! para depois alterarem e provavelmente matarem mais uns inocentes.


Retornando a este crime e provavelmente pior na sua intenção, pois esta questão dos códigos tem estado em cima da mesa me diversas variações nestes últimos tempos sendo as mais recentes as que espelham facetas destas questões de raiz muito antiga no tempo deste crime de conspiração internacional e advêm pelo menos de como sempre um meio dizer nos medias online aparentemente atribuído ao presidente Bush filho ao tempo da segunda presidência de uma determinada folha de um determinado livro da biblioteca do congresso americano que teria sido roubado, ou seja um dos primeiros pontos de partida, das complexas e intrincadas linhas sobre formulas e livros ritualísticos, que passado todos estes anos ninguém nunca soube ao certo se corresponde em parte ou em todo a alguma verdade e foi depois retomado em forma ficcionada nomeadamente pelo filme de Clooney no sentido da substituição de registos, completos, na biblioteca do congresso ao ser refeita a história dos eventos e dos apagamentos cirúrgicos como sempre evocados em nome da proteção da segurança nacional e coisas quejandas, ou seja, aqui um ponto muito real em crescente de contacto com a realidade criminosa desta tecnologias onde muitos quotidianamente adulteram evidencias, em todos os tipo de suportes, fotos, vídeo e escritos, ou seja e em suma, uma questão que tem atravessado os anos ou melhor as décadas que dura este crime muitas vezes sugerido como processo operativo possível por detrás da queda das torres e certamente de muitas outras desgraças.


Já que Bush filho aqui se encontra de novo citado friso que também agora nestas semanas foi produzida no MSN uma estranha construção que tem um valor semelhante com ele, ou seja, com a id dele sugerida pela chanceler Ângela Merkel, na sequencia das queda dos caças europeus e de mais um helicóptero contra um torre em NY, das tremedeiras, dos novos clicks e de um encontro dela com Trumps com um tampo de uma mesa que reflete alguns dos detalhes das minhas analises previas incluídas na sequencias Knifes Nails and pins, nomeadamente as referentes ao taco de golfe de Reagan, e do meu móvel Arte Deco.


Prosseguindo, este código que me apareceu através da leitura no aplicativa da loja Microsoft que permite a obtenção das chaves dos OS instalados bem como do Office assim o dizem, é obviamente  passível de ter uma leitura mais completa, a questão como sempre é, é isto uma mistificação, se sim feita por quem e com que intenção ou corresponde isto a alguma verdade com natureza ou contornos criminosos e se sim, em que enquadramentos ou enquadramentos, pois antes de mais, a chave original impressa do meu Windows pro me foi roubada numa complexa operação já com alguns meses como narrado em detalhe e como sempre sem qualquer resposta, ou seja, sabendo isto, é provável que o aparecimento deste aplicativo agora se possa inscrever numa pré planificação de mais um pedaço destas constantes manipulações ou induções de leitura mesmo não desditando a possibilidade da existência de alguma verdade, mesmo que residual.


Pois como sabeis, V8 tem antecedentes estabelecidos através de factos no âmbito nomeadamente dos códigos roubados e da análise da morte da princesa Diana e a minha intuição ao ver agora esta chave me fala ainda da eventual relação com as bombas em londres em 2007.


Esta linha é relativamente recente, parte da análise do filme de Frears e encontrasse condensada em diversos documentos publicados nomeadamente no meu blogue TTGBBO, manuscrito THE CAT WITHOUT HEAD, e num desenvolvimento, a que chamei, VISÃO DA TABACARIA NO LARGO DE S. PAULO EM LISBOA, e do reflexo das linhas roubada, ou códigos numa matriz refletida no range Rover preto V8 com rugido de leão. Referência nucleares a este pontos:  post 124 TABACARIA VIEWS AND FACTS, STOLEN CODES AND VEAL’S, 14 ABRIL 2018

http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/04/124-tabacaria-views-and-facts-stolen.html




Neste ponto do tempo , o que me veio primeiro (prike iro) a consciência, não foi a memoria destes factos, que são estranhos, isto é, ainda de alguma forma incompletos nas relações para mim desconhecidas com a visão do filme do Frears, as lanças e a o equivalente retângulo  as linhas roubadas na seteira da torre do castelo, em Balmoral na estranha conversa noturna entre o Príncipe Charles e o secretario, mas sim a equivalência dos motores V8 com os jaguares, ou seja, o primeiro valor que me apareceu foi relativo as bombas em londres e a presença de um real por detrás do autocarro explodido e de todos os sentidos cumulativos ou não relativos a esta identidade, do entendimento declinado da palavra em JAG de uma AR, ou de um grupo ou de um parlamento, ou seja uma identidade naval militar de investigação ou equivalente bem com os valores franceses do Joanne d Arc a elevação do Puma onde o ultimo espelho é de Macron numa foto discreta QB mas suficiente clara onde por detrás dele num espaço dos bandidos da EU, pelas linha se figura a silhueta de um helicóptero desenhada a vermelho, ou seja, uma referencia ao tempo am termos analíticos com este tema que advêm da analise de uma especifica Zoom e de um conjunto de reflexos criados ao longo destes anos por diversos, no inicio de Brexit sobre o porta avião com por exemplo e também a participação especial de Ângela Merkel no convés do dito cujo


Ou seja, o que quero aqui dizer é que intuitivamente me parece poder existir uma relação de identidade ou mais do isso, de eventos e factos entre estes pontos, ou seja, a ser verdade, existirá uma relação entre o assassinato de Diana em Paris e as bombas em Londres em 2007 e especificamente a do autocarro, e por outro lado linhas roubadas parece cada vez mais adquirir um sentido de carta ou pedaço de uma carta roubada ou falsificada.


De uma possível interpretação mais completa desta chave que agora me apareceu e que não é reconhecida aparentemente pelo próprio servidor da Microsoft, e digo isto pois como sempre a perceção fina por parte das vitimas dos crimes informáticos a este nível é sempre parcelar ou incompleta, se é que na maior parte deles as vitimas mesmo por eles dão, pois uma das vezes que a introduzi digitando, apareceu por um segundo a mesma mensagem, dizendo que não era reconhecida, e depois muito rapidamente a reconheceu, isto é, apareceu a de ativação efectuada, como se algum criminoso tivesse feito um redireccionamento, e estive por programação à espera que eu a introduzisse para depois a mudar ainda por outra de forma continuar a ter o controlo ilegal e criminosos sobre o meu PC.


A possível leitura, será, G, grupo ou letra maçónica como uma outra num acrónimo importante GA, do quadrado do DN capa do Sete, ou seja, ou alguém do jornal envolvido nesta conspiração que por sua vê é cobertura de um outro do Ex semanário diversas citado, do Sete, ao tempo da Projornal


Do quadrado do círculo do PB forte, ou seja, quadrado do círculo e referencia o programa dos bandidos da SIC e, portanto, alguém que pertencera a essa associação representativa por sua vez da associação transversal aos partidos maiores nacionais, vistos ser um programa de comentos políticos com gentes dos principais partidos, e eventualmente maçónico, (PB, =preto e branco).


FCPTP, o que pode ser lido como Futebol clube do Porto, ou seja uma identidade complementar interessante neste ponto pelos valores cumulativos nomeadamente em valores ou sub valores que podem também ser interpretados relativos ao contexto analítico de Diana e não só pois estão também presentes no 911, o leão que seria então dragão, (uma possível derivação surgida anteriormente)  que dançaria com o vestido de negligé de um corpo ausente ou a boiar nas aguas, da PT TP, ou seja de alguém que parece estar relacionado com Telecom ou comunicações e Tp, ultimas referências a routers e, a TP Link ou Hawai e ainda a Triunfo dos Porcos, RTP e universo literário Anglo saxónico.


C77C6, ou seja, do círculo de 77, um sexto círculo de um círculo maior(?) ou uma outra possível e desconhecida correspondência como por exemplo um número de porta ou de lugar, ou até de idade.


V8Q93, aqui de novo este conjunto faz diversos e importantes sentidos que se encontravam já constelados anteriormente e de novo em cima da mesa da analise (dames de analise, psiquiatras?) em diversas vertentes complementares e, ou, disjuntivas , ou seja este conjunto com o outro FCP, me pareceram desde logo significativos ou assim construídos pois são claros nas passiveis interpretações.


Ou seja este conjunto, pode ser lido com referente então nos contextos constelados, ao range Rover, ao jaguar, à porta aviões, ou do grupo do Portas, à morte de Diana, e ainda às bombas em londres em 2007, ou pelo menos em relação aos valores de transposição pré estabelecidos relativos ao autocarro, que como sabeis e como sempre neste crime de conspiração  internacional tem uma raiz similar em parte com o meu universo pessoal, refiro-me a maquete MKIII e aos mistérios em volta dessa maquete roubada e posterior equivalência, agencias de publicidade com o mesmo nome sem três, e do roubo do canal zero depois You Tube


A segunda parte da chave é também muito rica nos sentidos possíveis, do quadrado de 93, pois 93 é o número do voo contra as torres, em 911 em NY e ainda a enigmática assinatura das correspondência do blogue a Pedra e a Espada e esta e novo em cima da mesa por valores recentes e cruzados que juntaram ainda ni meu entender mais uma vez Holanda, a matéria da sexualidade animal e Brasil, outra vez como no passado com desgraças, igrejas e futebóis e variantes recentes introduzidas pela senhora  EC ou através dela, sobre Mórmons.


Neste ponto me veio a consciência os seguintes factos, sobre os quais e pelo menos em parte me tenho que perguntar se aluz desta tremenda preparação sempre patente neste crime, terão sido também am parte dispostos com peças para o futuro de proteção do que teria de ser  como sempre o é, de interesses criminosos, e que pode ainda implicar a existência de guerras anteriores cujas parte de causas ou motivos me sejam desde sempre desconhecidas, nomeadamente no norte ou seja guerras entre famílias, ou familiares mortos por terceiros.


O primeiro aspecto advêm de uma memoria associada a uma outra evocada por escrito no documento ontem publicado, dia 15 08 2019, de um estranho acidente de um carro Mercedes salvo erro, carrinha 250, ou por ai, descendo ao aqueduto das aguas livres, presenciado ou contado pela Teresa ainda ao tempo em que família estava junta mas já próximo do início do plano do roubo de meu filho, pois esta memoria me lembrou uma outra que ela me contou, que quando vivera no Porto durante alguns poucos anos pois o pai dela fora comandante do porto do porto, que namorar com um jovem que tinha salvo erro quatro jaguares, ou seja se cruz aqui os valores de V8, e ainda do castelo do queijo, pois o castelo de queijo pode ser entendido como relativo a questões e imagem de sexualidade, ainda agora usei esta expressão relativa à actriz norte americana que vira pela primeira vez num dos Avengers e que depois percebi ter como nome de família,  Brie, a brincar quando me dei conta no MSN um queijo francês dos que eu mais gosto, o outro é o Camembert, (a cama de um Berto, dope?) talvez o que em verdade mais gosto, mais forte que o Brie em sabor e paladar.


O segundo é o estranho enigma numa das cartas que recebi da pedra espada, sobre o ter sido tocado pela semente da aspiração, uma estranha formulação cujo contexto explicativo estava ausente mas que eu entendi como, o sentido do despertar espiritual, que já me fazia sentido desde pelo menos 95 ou por aí e este facto, que eu entendo como despertar, ou ser tocado pela semente da aspiração, se bem que sempre ficou na minha consciência, pois pode ter outro sentidos diversos, e até pouco espirituais, se prende na minha vida com os factos que vos narrei na igreja da NS do Monte na Graça em Lisboa e de uma especifica conversa na primeira a salvo erro única vez que durante anos encontre a igreja aberta sem ninguém isto é tendo a Cristina Pinto a meu lado, ou seja aqui mais uma identidade do Porto, e um nome que ressoa no nome do presidente do futebol clube do Porto, Pinto da Costa, ou de um pinto de uma Costa como nome ou como zona costeira.


Como sabeis este lugar de lisboa que eu frequentava durante anos pela proximidade daa minha empresa é importante em termos factuais a analíticos nestes últimos anos, isto é, no período já deste crime de conspiração internacional sendo que aqui se cruzam diversos factos e também América e pelo menos suíça ou Alemanha, ou suíça alemã e o primeiro recua ate à morte de JF Kennedy, família onde de novo recentemente uma morte de uma jovem aconteceu, e os outros valores principais se encontram narrados em todos os detalhes nomeadamente no manuscrito maior, incluem como sabeis uma imagem chave da cimeira da Alemanha, Ângela Merkel , as mãos dela no primeiro gesto de “Obscurus”, e Obama sentado num banco de madeira, com um monte ao fundo depois da queda do avião nos Alpes suíços, uma imagem que tem o valor de bala na cabeça ou nuca, e que por este aspecto se pode entender como também explicado em detalhe até aos valores dos crimes dos psiquiatras ao serviço deste crime de conspiração internacional. Curiosamente ou não como entendível no vídeo a publicar hoje dia 19 08 2019, esta questão da morte de J F Kennedy de alguma forma retorna no seguimento desta linha extensa e altamente preparada que começa no red sparrow e que incluiu agora, o comento versa alguns destes pontos) um outro filme que ontem vi, do X-man qualquer coisa, também com a feiosa Jennifer Lawrence e que parece ser uma espécie de supra guião inclusive sobre as construções do ou sobre o 911.


Por outro lado, senhora do monte tem ainda uma correspondência no porto ou melhor no outro lado da cidade em Vila Nova de Gaia, ou seja, o Monte de uma senhora que seria ou será virgem refiro.me o monte de virgem que é onde a RTP tinha sede no porto, ou seja, num meta sentido de possível soma com outras partes do que aqui sem grande explicação poderia chamar de meta narrativas, igualmente extrapoladas dos factos, se insinua aqui um sentido de um mulher que poderá ter caído ou sido atirada de um sitio alto e em consequência ter morrido, e esta dedução, tem estranhamente uma correspondência com uma morte, abordada há nos pois relaciona um nome de um homem que aqui estava morando ao tempo do tsunami de 2005, o Miguel Maia, morte essa que acontece numa outra cas dele segundo informação pública ao tempo na torres gémeas da Expo, com uma rapariga modelo brasileira que pelos vistos caiu ou a fizeram cair de uma alta varanda, uma morte que sempre achei estranha pelo contexto relativo ao Miguel Maia e a Fátima Prieto, que como se recordarão alguns andaram durante quase um ano em aparentes e reais obras aqui em cima no andar de cima com martelos pneumáticos, o ano do tsunami 2005.


Sobre o Monte da Virgem aqui entendido como o lugar da sede da RTP no Porto convirá relembrar da primeira e única vez que lá estive que como sabeis dos meus relatos no âmbito deste crime do roubo de meu filho e desta conspiração internacional é prenhe de significados e também como usual de alguns enigmas dispostos a meus olhos, recordando de forma sintética:


DA PRISÃO DE PAULO PEDROSO, DEPUTADO SOCIALISTA, DO CASO CASA PIA, ABUSOS INFANTIS, DO CANAL ZERO, DO ROUBO DA ENTREVISTA, DOS FACTOS NO MONTE DA VIRGEM


1.Dia da entrevista num programa diária da RTP, apresentado pela Ana Rita e por um jovem simpático rapaz cujo nome não me recordo para apresentação do projeto de inovação mundial, ao tempo já lançado Canal Zero,( a primeira aplicação de TV em internet) depois roubado e desaguada na América como YouTube, ou seja, um provável canalha ligada a este e se calhar outros roubos de conceitos nesta áreas.


1.A. como vos narrei ao chegar ao estúdio com um dos rapazes da empresa que comigo colaborou na prossecução do projeto, que tinha apanhada em Aveiro antes de ir para o Porto, estava na televisão dos bastidores do estúdios, um directo da noticia da prisão do Paulo Pedroso, ao tempo deputado do partido socialista, por envolvimento em dois casos, o dos abusos das crianças, Casa Pia e, ou , ao mesmo tempo, e em parte a mascara do caso da universidade fechada inclusive por ordem do procurador e dos tribunais, ou seja, roubos e abusos de crianças e, ou, estranho caso nunca compreendido em sua essência relativo  a uma faculdade, ou melhor, a determinadas identidades dos órgãos administrativos.


1.B. o curioso aspecto da piada de Ana Rita com quem estava pela primeira vez sugerindo qualquer coisa sobre drogas no meio da entrevista, se bem me lembro pós, ou seja o que se pode entender por heroína e cocaína, e com esta estranha ressonância de agora numa construção MSN baseada também e factos dispostos no âmbito deste crime de conspiração internacional desde 90 álbuns CC., os pós que poem regularmente aqui em casa, sendo que a montagem via Natalie Portman, se cruza com valores vastos inclusive 911, ou seja como alínea anterior soma a abusos, drogas ou abusos com drogas e uma eventual transliteração relativa ao 911, ou seja, o que se poderia entender na melhor das possibilidades como um dizer preparado em diagonal sobre estes aspectos terem estado presentes no 911.


1.C. o ter descoberto que o Álvaro Covões(?) era o rapaz pro detrás do programas, coisa que não soube no tempo da pré-produção da entrevista um rapaz ligado a escrita musical ao tempo do POP OFF anos noventa e de alguma forma também relacionado com o universo anglos saxónico.


1.D. a estranha narração com foto e tudo, da rapariga que era realizadora do programa na regie onde eu estive, de uma filhote que teria nascido com a espinha bífida, o que se acontece, nesta distancia e com todas estas construções me pergunto hoje se não haveria ainda uma outra qualquer  narração neste dizer, sendo que cobras também se encontram neste dia consteladas, nomeadamente pela linha construído via MSN GB da estatura corpo dos pequenos círculos e agora mais recentemente pelo espelho desse vestido em Cara Delavigne que por sua vez recua ao da Cristina Coutinho e a Barcelona entre outros temas, e antes num passe prévio das construções MSN, ao tempo do reaparecimento de Scarlett, á cobra que destruía os arranha céus num Avengers, onde existe um mistério também pois só a consegui ver no trailer e depois quando andei vendo só filmes não a encontrei., cobre atem igualmente valores recentes reevocados relativos a GB  a energias, conceitos roubadas nestas ares verdes, e tsunami de 2005.


2. como habitual ao longo de mais de dez anos deste crime de conspiração internacional também o registo em vídeo dessa entrevista quando a ale voltei por razão do roubo do canal zero, me foi roubado aqui de casa, ou seja, deduz-se uma relação provável com os ladroes do própria aplicação, o Canal Zero, e a necessidade de apagamento de provas, pois se a tornasse a analisar em fino, provavelmente descobriria mais alguma coisa, e este é um padrão criminoso ao longo deste crime, o roubo de provas em vídeo, o que também prova a cobertura e proteção de interesses de ladroes por parte das autoridades do estado português, visto que nunca responderam estes crimes.



Chegado a este ponto convirá ainda dizer o seguinte:


A. Estes factos reportam-se ao tempo anterior do roubo de meu filho, e se relacionam via caso dos abusos infantis da Casa Pia com o que afirmo ter sido uma das razoes e pretextos para o roubo dele e da destruição da minha vida e obtenção da minha escravatura, pois crimes desta natureza e especificamente sobre a Casa Pia tem sido sempre alvo de minha atenção, e por outro lado, como sabeis, este caso ao tempo da prisão de Paulo Pedroso, desvelou também pelos factos me si mesmo a  realidade tenebrosa e criminosa da promiscuidade entre o poder politico neste caso dos socialistas e os órgão de justiça , neste caso, os tribunais, pelos actos do irmão de Paulo Pedroso, juiz que logo apareceu na praça publica dizendo que era também advogado de forma a defender o irmão dele mesmo.


A.1 texto com erros e plausíveis valores interpretativos, onde se espelha o cio da A1, ou seja, esta linha que agora de novo fizeram reemergir sobre Aveiras, (Estes fac ts o reportam-se ao tempo anterior do roubo de meu fl ho, e se rea aka a cio n am via caso dos abusos infantis da Casa Pia com o que afirmo ter sido uma das razoes e pretextos para o roubo dele e da destruição da minha vida e ob ren çao da minha escravatura, pois crimes desta natureza e especi fic manete sobre a Casa Pia tem sido sempre alvo de minha atenção, e por outro la o d, c omo sa abi es, este caso ao tempo da prisão de Paulo Pedroso, desvelou também p leos factos me si mesmo a  realidade teme br o sa e criminosa da pr pro romi sic ui dade entre o p deo r politico neste caso sos soci al itas e os órgão de justiça , neste caso, os tribunais, pelos actos do irmão de Paulo Pedroso, juiz que logo a aprec eu na pr ça pub l cia diz n we do que era também advogado de for m a de fence r erro do irmão dele mesmo)



B. alguns dos factos relativos a casa pia relacionaram aspectos das bombas em Londres bem como de valores de mar, ou seja de tsunamis visto ser uma das questões charneiras ao tempo, como recentemente explicado num breve manuscrito publicado no meu blog TTGBBO, THE ARTIFACT AT HM PALACE, ou seja, especificamente, a cobra vermelha articulada em metal como sistema de aproveitamento do movimento das ondas para gerar eletricidade, nos cinquenta projetos que ao tempo forma apresentados de energia alternativas quando vos comecei a falar destes assuntos, ou seja e ainda, roubos e roubos como de costume mal feitos, pois esta cobra era para estar no fundo do mar, onde o movimento das ondas também se faz como sabe quem fez mergulha em sua meninice, e não necessita de estar por ciam das aguas que antes e mais é feio de se ver a quem esteja na praia mesmo como corpos mortos tapados por lonas quando vem em casquinhas e para alem de tudo pintada de vermelho berrante, para quê? Me dirão para que os corpos mortos as vejam e não sejam pro ela comidos ao chegar às praias. Como sabeis quem me deu indiretamente esta relação com estes roubos ingleses foi a família Borges. A questão das relações com as bombas é mais antiga como sabeis, pois, em 95 me ofereceram o Voo do Anjo no Instituto Jacob e Michael Parker está incluído no álbum da CC, sobre londres em 91, porque terá sido a primeira vez que eu vi o trabalho dele e gostei e comprei uns postais que ela nos álbuns colou, ouros do Saudek.



C. A terceira relação com londres eu aqui emerge, e antes de mais americana em sues valores iniciais, pois se baseia numa serie de TV que passou cá há mais de uma década atras, a id de JAG, ou seja, um advogado da marinha investigador de assuntos internos como alguns se lembrarão, depois esta identidade, se “casou” com jaguares, nestas investigações sobre valores de jaguares onde existe como sabeis uma estranha “surpresa”, quando da segunda vez que foi obrigado a analisar em detalhe os atentados de Londres sobre ameaça de morte de meu filho, me pareceu pela primeira vez um jaguar, carro, que se encontra por detrás do autocarro explodido, ou seja, um jaguar que desde o início estava escondido (isto é só apareceu numa segunda serie de fotos) o que leva a perguntar, mas com que intenção se estamos perante sangue? Como sabeis este valor nuclear tem outros adquiridos muitos deles construídos por terceiras fontes, inclusive campanhas publicitárias simétricas ( uma delas com a feiosa Gisele e um gato morto na AV disposto como cadáver a compor estas narrativas criminosas sempre sádicas), bem como valores expressamente construído em proximidade nomeadamente por alguns dos vizinhos aqui deste prédio em contextos factuais que apontaram também por si mesmo, uma das putas psiquiatras envolvidas no início do crime de roubo de meu filho, a Teresa Maia.


Escrevi puta acima, e me dou conta, que outra vez lhe chamo aqui de puta, e na verdade deveria e devo chamar de putas a todos os médicos por exemplo da ordem dos médicos, pois como já expliquei no passado, e aqui o torno nem sei bem para quem a repetir, uma mulher ou homem que fosse, ou mesmo pássaro, que mentiu num crime desta natureza onde eu não sei nada de meu filho passado todos estes anos, ou seja, cuja mentira como a de muitos outros tem servido este propósito e consequentemente partilha a responsabilidade da situação, e por exemplo da eventual morte dele, pois nem sei se está vivo, e o fez por encomende de outrem, quem nem sei quem é, nem se foi paga ou não, provavelmente sim, é uma puta, como é uma puta, um homem que se diga medico que faça um mesmo, e se puta, é uma expressão que ao usa-la o faço essencialmente pelo asco, o que me importa aqui como já o disse e os escrevi antes, é que isto é um crime e um acto criminoso, e existe uma responsabilidade que alguém tem que responder.


Como sabeis e parte integrante das minha acusações criminais, tive o cuidado ao tempo de transcrever de seguida as duas entrevistas com ela, as palavras que trocamos, e obviamente ao longo destes anos o que tenho diversas escutado em espírito, é que as inventei, o que não é verdade, o que é verdade é que a senhora Teresa Maia, mentiu sobre o diagnostico e que meus pais a acreditaram ou mais provavelmente, foram obrigados a acreditar , o que me diz em suma com outros factos igualmente descritos, que tudo for previamente combinado, ou seja os terroristas e ladrões de crianças por detrás do roubo de meu filho e dos tribunais, estarão igualmente implicados neste crime preparatório do roubo dele, e que já teriam estes bandos de malfeitores forma criminosas de obrigar meus pais a aceitar um conjunto de acordos que sempre me forma ocultados, como quase tudo neste crime, inclusive por parte deles, ou seja, o que indicia como diversas vezes o tenho afirmado, a possibilidade de um crime de chantagem com motivos igualmente me desconhecidos sobre ele.


Como igualmente sabeis uma outra do mesmo gang dos psiquiatras, a Ana Paula, sempre como estes estranhos valores de ressonâncias múltiplas em diversos graus deste crime, com por exemplo na equivalência do nome com a secretaria da Latina europa, numa das vezes que lá estive, fez um passe digno de interrogatório da PIDE, a lâmpada nos olhos, a  cadeira tipo chique quase podendo ser de um trono imaginário, desconjuntada, como poderão compreender dos detalhes igualmente narrados, e nesta distância até me devo ainda por a pensar que parecem alguns destes factos encaixar, em narrativas ao nível internacional deste crime surgidas anos mais tarde, como nesta equivalência entre cadeiras e Tronos, que a ser verdadeira, esta particular equivalência, ainda me diria que existirá também uma qualquer relação eventual com a morte de Diana.


Também eme relação ao gang das psiquiatras como sempre frisei, Teresa Maia me foi introduzida pela Ana Paula na combinação previa que creio ter existido com a Teresa Carvalho e que estes nome de Maia, é um nome comum, relativamente a quem aqui esteve a partir o andar de cima em 2005 tempo do tsunami, bem como de um medico, que operou meu pai posteriormente, onde pelos factos se estabeleceram ou assim pretenderam estabelecer elações com Inglaterra e a valores associadas Rainha bem como com América, e acidentes de carro, e já pode diversas vezes perguntei, mas são estas pessoas da mesma família?


Da mesma forma que devo perguntar, nesta perseguição no domínio da medicina que como sabeis advêm do tempo de uma agressão de Jorge colombo  que me partiu o nariz e de uma falsa junta medica só de mulheres medicas ao tempo, ou seja gentes relacionada com o grupo do CDS PP, não é a razão principal, constante e profunda no tempo de todos estes crimes neste domínio e da cobertura criminosa das minha queixas nomeadamente à Ordem dos Médicos.


Ainda ontem dia 20 08 2019, na antena dois nesta actual construção ou o que for de cobertura de crimes, aparentemente a propósito de uma velha recorrente noticia , da criação de um museu de Salazar em sua terra natal, uma outra Teresa, a Horta, das três Marias de outrora, dava conta que no antigo regime uma vez lhe bateram na rua lhe dizendo que era para aprender a não escrever com escrevia e relembrava que no anterior regime, livros dela como de outros foram proibidos, e o curioso disto é que através dela existe em 95 uma reintrodução do tema dos Anjos (ou seja variações nestes contexto ingleses e não só, de Michael Parker) ainda em dia recente em curto post, vos dou conta que como é usual neste crime em forma quotidiana tudo é alterado, e de uma particular alteração em duas vezes, sendo que como comentei em vídeo de seguida a mais este crime impune, uma especifica palavra tinha desparecido neste crime em duas fases, e a palavra desparecida como de costume altera o sentido da frase, que é, qualquer coisa no género, que o antigo regime, sempre mantivera uma quita coluna infiltrada no estado português depois do 25 de Abril de 74, e a palavra estado foi a que censuraram como era diário no antigo regime, ou seja, aponta antes de mais, a suspeita de estes crimes ou parte deles, serem feitos pelos criminsoso do estado  e da mesma forma reforça por si mesmo, a validade desta afirmação.


D. Não conheço eu quem é esta identidade do Porto que se relaciona com jaguares reais como carros, se é verdadeira este facto que a Teresa Carvalho me contou de alguém que terá namorado com ela no Porto quando lá viveu. Friso ainda que factos relativos a jaguares em Lisboa, se encontram abordados em comento vídeo hoje mesmo publicado, dia 21 08 2019, e dos quatro ou cinco que me apareceram durante o tempo deste crime de conspiração internacional o mais significativo, é o do acidente do Paulo Portas, pois reúne como relembrado elementos que fazem sentido e estabeleceram ou assim alguns o pretenderam ao tempo dos factos já neste crime, outras pontes com nomeadamente aspectos ingleses no âmbito da morte da princesa Diana. Da mesma forma não sei avaliar se esse individuo está relacionado politicamente com o CDS PP.


E. Ainda sobre dragões, como identidade do FCP, convirá relembrar que muitos episódios destas guerras pós 911 neste universo tecnológico e das redes sociais, são grupos que obviamente se tem igualmente guerreado muitas das vez para alem dos motivos mais restritamente clubísticos, ou seja, outros motivos e conteúdos destas guerras tem emergido nas sociedades estruturando-se a partir dos clubes e vos dei conta de factos já com décadas das relações destes claques e antes dos dirigentes com a politica, com num dos casos de compra de votos por um dirigente a quem chama de Major, do FCB, um clube do Porto também e de alguma forma satélite do FCP, especificamente os rádios a pilhas oferecidos nas eleições pós 25 de Abril, curioso facto que de novo se encontra constelado como podereis verificar no âmbito da analise do filme americano X man qualquer coisa e de uma canção de Peter Paul and Mary , THE FIRST TIME THAT I EVER SAW YOUR FACE ou seja, uma historia de amor, e de obstáculos o amor e ou engodos como conflito inicial ou aparente conflito é que se pode extrapolar, num contexto que extrapola pelos conteúdos adjacentes não só o território nacional como conflitos de natureza territorial restrito, no sentido em que do filme, as questões são de natureza mundial.


Por outro lado ainda, meu pai é adepto do FCP e muitas vezes me pergunto se o que creio serem estranhas obrigações deduzidas pelos comportamentos, não serão devidas a obrigações decorrentes em primeira instancia desta afiliação, para alem do facto de que me pai, se o for em sangue, é um homem do norte, que inclusivamente estudou e se formou no Porto e minha mãe também.


E por fim a sempre eterna questão decorrente deste crime , pois a expectável justiça e o cumprimento das leis sempre se encontra ausente em forma sistemática, pois sé são verdadeiros estes crimes constantes, crescente informáticos, como não existem as devidas respostas sempre se perguntam as vitimas que são milhoes pelo mundo fora, se um passe desta natureza, com uma chave de um OS que pode ser ou não falseada a partida, não são por quem as faz meramente estratégias de manutenção do crime do roubo de meu filho, da minha escravatura enquanto me partem mais uns dentes e me criam mais uns dolos, , ou o que for, pois é sempre uma realidade que a respostas a estas equações mantem as vitimas ocupadas com aspectos que se são fundamentais para o mundo, no caso dos ataques a que esta sujeito é ou são nas vezes secundários, e a prova disto é clara, quantos centenas de vezes sem nenhuma resposta vos tenho eu provado a constância e a verdade destes crimes informáticos!


Contudo como sempre o tenho que frisar, estes crimes só não se resolvem, porque as autoridades e quem os faz e ou comanda estão vergados a estas novas aramas tecnológicas, pois não há transcendência nem para o estado nem para os operadores de telecomunicações nem para os fornecedores de maquinas e softwares de o saber em exatidão, e como também tenho de continuar a frisar e exigir, a justiça que me é devida , respostas a estes crimes e um ponto final na possibilidade de se continuarem a fazer em total impunidade!


Isto é uma guerra mundial ainda não abertamente declarada entre todas as partes e este laxismo só promove o aumento da sua intensidade!


Passados todos estes dias a realidade é que o Kubo continua sem funcionar, a camara e o respetivo som, ou seja serve isto como é obvio também uma estratégia de impedimento relativamente ao ponto sobre o tsunami 2005 e as relações com o 911 onde me encontrava, ou seja com base numa articulação que diversos factos recentes tornaram importante, a partir da pedra cubica nas revista fotográficas AP.


Continuo a exigir este filhos da puta terroristas em frente a um tribunal!



Lisboa, 21 08 2019


Paulo forte


some post that refer question approached on these last video comments


that perhaps will be interesting to remember

KNIFES , 911, TCWH, ANGELA MERKEL; TRUMPS; 

http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/08/217-on-blades-and-steels-recent.html

http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/08/216-complementary-view-on-lock-crime-12.html

http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/08/215-after-explanation-on-jenna-de.html

http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/08/227-knifes-readings-double-face-on.html

like Putin with a James Bond or Deer Hunter rifle

http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2019/04/393-some-words-to-gb-and-to-all-and.html

ELECTRA

https://ourosobreazul.blogspot.com/2018/10/perolas-em-alcantara.html

two developments ? half sayings or covers


comment in last video the context of one more crime in antenna 2 public radio, this image that appeared to my eyes just now 


https://www.msn.com/en-gb/news/world/italys-government-collapses-turning-chaos-into-crisis/ar-AAG6P9o?ocid=spartanntp

at least what seems a strange statement, like an old cartoon about recent quoted Darwin theory in x man movie with the ugly Lawrence and with a surplus of meaning in the train like avenger helmet on the space ship also quoted not far way in the also comment murder of a child in Frankfurt, seems a photo on bandits msn, suggesting a kind of gaze above the mouth,

an a new one? must I also ask, after Paris summit on Vietnam 73 and the last above Putin image



hard times missiles to God mouth over a highland on Mediterranean sea?

or high frequencies coming from the  HUMANS  if is the case, or the Martians are really coming again








ABOUT THE BEAUTY OF SPARROWS, MUST I PRESUME II

O MACHADO DE GUERRA AGORA NUCLEAR


O CAÇA ENTRE A PALA DE SIZA EM VOO RASANTE, APONTANDO O PAV DE PORTUGAL



BORIS NO OCEANÁRIO?


TUSK, E UM SALUTE?

terça-feira, agosto 20, 2019

THE FIRST TIME I EVER SAW YOUR FACE

A primeira vez que vi seu rosto

Eu pensei que o sol nascia em seus olhos
E a lua e as estrelas
Eram os presentes que você deu
Aos céus escuros e sem fim,
Meu amor.
A primeira vez que beijei sua boca
Eu senti a Terra mover em minhas mãos
Como um coração assustado
De um pássaro aprisionado
Que estava lá, ao meu comando,
Meu amor.
A primeira vez que me deitei com você
Eu senti seu coração tão perto do meu
Eu pensei que nossa alegria
Preencheria a Terra
E duraria até o final dos tempos,
Meu amor.
E duraria até o final dos tempos.
A primeira vez que vi seu rosto
Seu rosto
Seu rosto
Seu ros-to
Seu rosto.

(uma tradução da internet)

sabe bela passarinha, cuja cor dos olhos se olhos somente o fosse, alguns teimam em os fazer aparecer a meus, em cores sempre diferentes, como se calhar, me devo pôr a pensar, para de mim a esconder, e provavelmente a si a mim um mesmo pretender, me fiquei a pensar que o que mais me irritou nesse seu filme de X , foi o facto de por duas vezes esta nossa sem o ser canção aparecer a meus ouvidos prenhe de rouquidão como um velho radio am de pilhas


beijo-a porque a amo



segunda-feira, agosto 19, 2019

video provavelmente adulterado como é usual





como se pode observar, no frame a cima, depois de aparentemente processado nos servidores dos terroristas de permeio ou nos canalhas do you tube, o mesmo crime de programação provado no post anterior pelos frames captados, continua, isto é, como se pode ver, aparece já uma imagem do video como se efectivamente o processamento estivesse concluído, mas o sub menu (a pequena barra branca) não abre como deveria abrir de forma a obter o código de incorporação, ou seja, provavelmente o código incorporado na minha pagina do blogue está redirecionado para uma outra versão do mesmo video, sem os conteúdos que perigam os filhos da puta que servem os interesses deste crime de conspiração internacional.

duas vezes fiz na aparência  upload, sendo provavelmente a segunda falsa, pois não teve tempo , a não ser para gerarem um segundo código e depois tentarem enganar uma peritagem se a houvesse  e as autoriedades não estivessem todas curvadas a estes interesses de terrorismo internacional.

friso mais uma vez, que existe aqui neste video comento sobre as meta narrativas do desenvolvimento desta complexa construção das ilusões de todos estes canalha sobre o 911, especificamente as que derivam do red sparrow e que vão agora já no filme americano como o curios nome de X man qualquer coisa, vos devo perguntar por escrito se o Pentagono explodiu no 911 por um anão de barbas que se masturbaria com ferro lá dentro, e o jacto de semem certamente também de ferro e invísivel e curvo como a bala que matou JF Kennedy terá feito cair as torres em NY

filhos da puta de canalhas sádicos

CRIMES DE ADULTERAÇÃO E ROUBO POR PARTE DOS CANALHAS DOS FILHOS DA PUTA DOS TERRORISTAS DA SIC?, NESTE CASO E SEGUNDO O QUE AQUI AGORA ME APARECE

Normalmente depois de um upload na pagina do video ao clicar ( os filhos da puta dos terroristas da SIC) aparece na zona que na imagem se ve como uma barra branca um menu maior onde se pode obter o codigo de incorporaçao, que aqui não aparece, ou seja estes filhos da puta provavelmente estarão a re editar o video, o que é crime sobretudo a atender a parte do conteudo nomeadamente sobre o 911, quero estes filhos da pua presos!

COMO SE PODE OBSERVAR EM MAIS ESTES DOIS FRAMES ABAIXO,  O MESMO VIDEO, TEM AGORA APARENTEMENTE DUAS REFERENCIAS  DE ENDEREÇO COISA IMPOSSIVEL OU SEJA PROVAVELMENTE JÁ ESTARÁ MUDADO EM PARTE!

AO SERVIÇO DE QUEM FILHOS DA PUTA?
DESTE GOVERNO DE NAZI E LADROES DE CRIANÇAS?
POR ENCOMENDA ATRAVES DO MNE?

ISTO É MAIS UMA DAS INFINDAVEIS QUEIXA CRIMES CONTRA YOU TUBE, GOOGE E TERCEIROS DESSCONHECIDOS





IF YOU PLEASE, A 3:10 TICKET TO UMA


SE FAZ FAVOR, UM BILHETE DO DAS 3.10 PARA UMA

No meio destas construções com Tarentino e ares ou assuntos do outro lado do mundo, da terra dos cangurus e próximos e de ondas gigantes também, me dou conta de uma estranha ausente, onde anda, Uma, quase poderia ser um titulo de uma coboiada com belas raparigas de pistolas rápidas em punho a caçar Nazis?

Ah apanhasse eu o comboio de um quarto para as quatro, ou das 3:10 para Y uma, te diria, não da importância da cor dos olhos, mas do tamanho do teu clitóris, que fosse grande com duas torres somadas em tamanho inteiro, pois como sabem os pássaros, interagem com a cor dos colhões e ficam assim mais negros como se necessita nesta terra de fora de todas as leis, e depois que os teus olhos da cor que sejam, a cada vez que olhes os maus, os fulmines de imediato e eles caiam redondos, súbito, todos no chão,  e que sejam simultaneamente doces e suaves como o mais quente acolhedor e sereno mar ao te olhar ao perto, difícil existência bipolar amado me pedes, a mim serena mulher e contudo sei assim da sobrevivência em tempo de guerra.


DE UMA CANÇÃO ROUBADA,

Quem eu vi, a bela Jennifer Garnier acompanhada de seu marido com ar meio jangada caminhando numa qualquer rua a mim desconhecida, falando o título de uma canção de amor roubada, de uma canção dela ou sobre ela ou sobre outrem que fora roubada, e o curioso das imagens MSN era o facto de numa delas estar ela com uma mini saia tipo a de Sharon Tate por sua vez revistada no aparecimento a meus olhos da feiosa Robbie Margaux, num ultimo filme de Tarentino, uma imagem que comentei em detalhe pois tinha aspectos que podiam ser interpretados como relativos  tsunami como depois reforcei essa mesma percepção nas construções Voguenianas nomeadamente na entrevista a ela como vos contei em detalhe, desta vez era Garnier, a quem escrivei uma “canção” sobre o papel dela de Electra, e dos sentidos de Electra no âmbito e trabalhos recentes incluídos na sequencia Knifes, pins and nails e em desenvolvimentos sobre este tema , da perturbação inicial das aguas, mais recentes como igualmente comentados