sexta-feira, outubro 17, 2003

Sabes eu acho que os criminosos daqueles que por exemplo matam, e os pedofilos, são mais doentes que criminosos, uma pessoa que tira a vida a uma outra, é uma pessoa que não sabe o que é a vida e o seu sagrado valor, da mesma forma que um adulto que abusa de uma criança, seja de que forma for é uma pessoa doente porque os mais fracos devem ser protegidos e não abusados.Um adulto que não tem noção da dôr fisíca que inflinge, é um adulto doente sem noção da realidade.

o étimo da palavra composta Pedofilia quer dizer amor aos filhos. É terrivel usar-mos esta expressão, porque não é de amor que se trata, pois o amor trata bem a coisa amada, mas sim de uma perversão amorosa, algo que já não é amor e fico-me a recordar como as crianças deste país sofreram, quando a história pulou e de repente os adultos começaram a reprimir as suas intimidades e afectos no tempo inicial da epidemia psíquica da suspeita generalizada. E os pais preocupados com as passíveis preocupações alheias, tempos de paranoia, que fazem sempre sofrer colectivamente a todos, especialmente quando aqueles que representam os psicopompos da actualidade são implicados.

Só saiu um homem em liberdade, por isso o meu pensamento vai para os que lá ficaram, na esperança, que agora todos os recurso sejam apreciados em equivalente tempo, para que ninguem fique a pensar que há duas justiças em Portugal. Uma para os pobres e outra para os ricos e poderosos.
Mas saiu um paladino no esclarecimento do caso, pois que bem haja