domingo, fevereiro 22, 2004

Teu cabelo
Cai em cachos
Qual onda
No
Mesmo
Grande
Mar

És Lago
Meu Amor
E minha mão
Ao tocar-te
Faz concêntricas
As Ondas do Mar

O Lago desagua
No imenso
Mar
E Suas Ondas
Em Margens
Vão-me
Transformar

Daí à terra
Em flor
Me leva
Como Lava
Teu cabelo
Qualquer
Minha dor


Basta um fio
Teu
Para
Ascender
Ao Mesmo
Querido
Céu

Cachos de Uvas
Doces
A exalar
O mesmo
Mel
Doce Alegria
De Ser





Todo
E tudo
A Escorrer
Eu a
Dissolver



E Eu
E Tu
A Ficar
Como Única
Onda
Do Mesmo
Único
Mar

Dom
Divino
Do Mesmo
Escutar

Forte
E
Frágil
Fio
Do
Mesmo
Eterno
Entrançar