sexta-feira, maio 07, 2004

Que a Vontade do Todo
E de Tudo Respeitar
Una A Vida
Anelada Pelo Amor

Do Amor sem Exclusão
Do Amor sem Reclusão
Da Alegria e do Amor
Da Paz e do Perdão
Da Infinita Compaixão

Seja a Vontade de Cada Qual
Que assim o Creia
E Que Essa Vontade
De Cada Qual
O Torne Real
Em Seus Corações
Pois Toda a Vida
É Vida Sagrada
Igual
E diferente