sexta-feira, setembro 15, 2006

Diz-me o Espirito a meu passar
quando de novo passar
já oitenta por cento o sabem

Quando aqui cheguei
de novo Ele me disse
já noventa e cinco o sabem

Que Bom Meu Pai
Que Bom Meu Pai
Tudo Caminha
Como
Deve
Caminhar


Tu que me ensinas-te
Que o tempo não existe
E trazem confundidos
Os homens a Ti com
Suas Medições

Tu que me ensinas-te
as medições
e Todas a Única Direcção

Tu Que Me Deste e Dás a Luz
Eu A Ti Vou Nú
Nudez da Verdade do Amor


Tu Que Me Ensinaste
Que a Hipocrisia
em Fatal Escala
Mata e Faz Morrer

Tu Que Me Ensinaste
A Luz
Que Nos Guia

Tu Que Me Ensinaste
Que a Cegueira
Conduz o Cego
À Queda Mortal

Tu Pai
A Quem eu Me Ofereci
No Caminho da Cruz

Nada a Esconder
Tudo a Desvelar

Pois só
A
Perfeita
Luz
Salva

.....

antes de esta noite de quinze de Setembro de 2006 acabar, eu daqui onde neste momento estou, sair, sair da casa de meu amigo que me alberga e me dá acessso ao fio que agora me liga a vós, já todos o saberão e ainda bem que assim será. Tudo faz sentido no que sei.

Meus Pais na Terra a Quem Eu Muito Amo, estão Muito magoados e Tristes e eu Sinto-os sem falar, escutando o silêncio do que já se sabe pois desta assunto já eu tinha com meu Pai falado há muito tempo atrás, quando me foi dado a ver, o que iria mais tarde acontecer.

Tambem me foi dado a ver o fim do fim e o novo começo, a nova aurora. Pingos D´Ouro cairam do Céu na Floresta e as Aguas Quentes Me Lavaram e o Simbolo Sobre o Ouro que é o Azul, Trazia o Tridente Bordado na Capa que Me Capeava.

Meus Pais Já Estão Muito Crescidos e Todos os Filhos Sabem Que Até Agora a Carne Não É Finita, Um Dia Poderá Ser Se Os Homens Assim a Quiserem, Pois de Deus Vem Tudo, a Liberdade Total que Oferece À Borla e Grátis a Quem Aqui Nasce

E quando os Pais Se Aproximam do Aqui Partir, Ficam os Filhos Mais Preocupados e mais atenção devem ter a não lhes dar mais maçadas e já eu disse Aqui muitas vezes para terem cuidado com eles e com o mal que a Eles fazem quando me fazem a mim, Alavanca Máxima do Amor, que Se Contenta no Contentamento e no Contentar e Sofre Ao Ver O Sofrer

Salve, Três Vezes Salve a Imaginação e o Saber Bem e Belo Sabido do Saber. Salve Duas Belas Senhoras de Portugal que Fizerem a Descoberta ao Descobrir. Este É Um dos Pingos de Ouro Que caíu na Floresta dos Homens, Porta do Eterno. Vosso Nomes Para Sempre Gravados No Coração de Deus da Luz, do Deus do Amor, do Deus Criança da Curiosisdade que Busca e Encontra e Desvela e Partilha em Dávida de Amor.

E pela razão anterior, disto, dei eu na altura conta a meu Pai quando o soube e sabemos todos da diferença entre o saber do que se vai passar e o que se vive e sente quando depois em seu momento acontece.

Os Olhos da Minha Mãe Sempre São Belos a Meu Olhar, Azuis Claros Como o Belo Mar CAsado Com o Céu Azul de Todos Os Tempos de Harmonia e hoje andaram todo o dia húmidos de lágrimas que não Lhe vi cair e Triste meu Coração Sentiu.

Ah Minha Amada, Que o Destino É Real Quanto Nós Existirmos e só os tolos e cegos é que não o vêem e muito, o mais determinante vem sempre escrito, outra parte, que tudo tambem pode, tem o lápis em sua mão.

Ah Minha Amada, estava eu outra noite sentado num degrau da Rua da Atalaia a ver se Te via passar e pediu um jovem mulher que se a memória não me falha vinha da Filândia, e perguntou-me dos Omens.

Ah Amada fora um dia e uma noite de Omens, no tempo que precedia a final do futebol e tudo estava escrito como sempre está e se desvela a quem vê e quem vê é cego em muitos planos do mundo profano dos homens. Estrela Há que Canta, As Estrelas São Cegas, e verdade o é, pois o Ver não está nos Olhos mas no Coração.

Perguntava-me a bela menina loira com cara de pequeno desprezo de incredulidade, a credulidade que em parte pressentia existir, o que são os Omens, e eu respondera-Lhe que os Omens são sinais, a Eterna Conversa do Divino Com Cada Um, Um Eterno Dialogo Que Caminha Comnosco, uma Forma da Eterna Bela Branca Folha Se Dar e Bailar, Bailando Com Seu Lápis Que Nela Em sua parte desenha e que via o homem cego que vê, o que se vai passando e pode pegar em seu lápis na sua parte e na parte do lápis ou pode ver o desenho a fazer-se sem mexer um pé ou a Ele dar uma Mão e tem vezes em que Ele Nos Dá o Conhecer que é assim que se deve Passar, que devemos ficar quietinhos a Observar.

Em Suma Amada, Bela Minha Amada, apontei-lhe três Omens no chão e partilhei sua leitura com ela, fiquei a ver seu olhar meio incrédulo e falei-lhe do ler e de que a leitura dá em sua parte o Sentido ao Sentido Sentido e que ele Muda Na forma Eterna Em que Tudo Muda e Se a Trave do Coração É Um Mesmo, o Sentido Muda a Cada Respirar.

Despedi-me dela desejando-lhe uma boa e agradavel estadia em Portugal, fui trabalhar, triste por não te ter Ainda Encontrado na Rua da Atalaia ao Bairro Alto do Amor, como triste em parte vou por ainda não te ter podido procurar, sabendo dentro de mim, que o tempo tem o tempo que o tempo têm e Tudo Têm Seu Próprio Tempo de Seu Acontecer, e que Nós Nos Encontraremos Porque É Nosso Destino o Encontrar.

Ah Amada, que vinha existindo uma feroz e Tremenda luta no mundo contra a Tirania, pela Liberdade do Ser e quando aqui escrevi o que pensava ser as últimas palavras antes de um Louvor, quando me preparava para Chegar a Ti, logo percebeu o nariz do Coração que ainda não seria neste Crescer da Lua, logo os sinais do Caminho, depois de dar um passo à frente, me disseram o contrário, e deixaram uma lembrança, cuidado, que a tendência tem sido , um para a frente, um para trás e aqui estão os sinais de que de novo assim preparam alguns pouco seu acontecer.

Ah Amada, a Tirania pode calhar a todos, pois tirania é assunto humano e nenhum homem é em potência incompleto, e assim uns por vezes em seu medo a exercem, outros que vão porventura mais equilibrados, não e as circunstância dão e trazem sempre sua parte.

Mas a Via do Amor, É Sempre a Via da Liberdade de Cada Ser Em Respeito por Toda a Sua Expressão Em Toda a Sua Diferença, e nesta enunciação cabe Tudo, exemplo máximo da inclusão ilimitada, do Amor que Tudo Abriga e Nada Nem Parte Deixa e Fica de Fora.

Pais Tiranos insuflados pelos poderes profanos em que se crêem que não aceitam as escolhas do coração de seus filhos. Uma palmadinha de contentamento a distância de se perceber a Sombra, um segredar de outro homem a seu mando, que lhe dá a boa noticia. boa noticia, sim sempre mas por motivos todos outros, a ver vejamos, lá mais adiante que a noite ainda vai menina, minuto onze do dia dezasseis.

E Um Pai é sempre Pai e o Sendo, Não pode Querer o Mal a Seus Filhos, Mesmo Quando os Filhos São Pais de Quem Se Ama, nada portanto farei a não ser o esclarecer, mas é longa a história vivida.

Em suma, duas componentes de uma história de incriminação e descrédito, tudo em nome do Amor de um Pai a um Filho? já aqui o tinha reflectido, já aqui tinha escrito como é que previsivelmente as coisas se iriam passar.

Hoje numa estante, um titulo de um livro prendeu meu olhar. Um cadaver a mais. é verdade que é a mais e mais grave ainda é que existirão muitos mais a a mais, a terra está cheia deles e na maior parte dos casos são todos Santos e Heróis e depois existe quem os matou.

dessa conta, veremos mais adiante.

A outra componente que foi tambem por quem de direito torto em seu fazer, feita e tornada pública sem o ser, isto é, muitos a sabem, neste momento serão já noventa e oito por cento, fazem conta de não saber e por outro lado ainda não massificaram seu saber pelos meios de comunicação, pois em sua estratégia, aparecerá depois a reforçar como prova.

Ah Senhora Bela Ministra, dura quanto baste e doce quanto baste tambem, assim eu o espero, vendo que seu passar, muita batalha gera e desejo do fundo do Coração, que a Batalha Seja a Boa, Para Melhorar o Ensino e o Ensinar, É Creio maior do que mostrou, muito mais Senhora Ministra, Tão Grande que atravessa o mundo inteiro como imagem do ser dos homens para com outros em seus actos de perseguição e tortura

Ah Amada, depois de aqui na última vez escrever, percebi que ainda não podia ainda ir ter contigo, mas Irei assim que o fim acabe e o Começo Começe, pois em certa forma eu e Tu juntos é um novo começar.

Amo-Te Muito, Muito