quinta-feira, outubro 04, 2007

Noticia sobre myanmar, tradução do yahoo, leitura das entrelinhas, em duas língua que não tenho tempo agora para rodriguinhos, outras leituras pessoais serão publicadas quando transcritas, nomeadamente a sequencia com o falecimento do teo de oiro e dando ainda conta de uma pichagem que apareceu nas primeiras repressões que dizia, post the no bill, e sendo que a teresa carvalho, mãe e raptora e torturadora de meu filho, esteve para entrar no sis nesse período de tempo que pode corresponder aos acontecimentos do final de oitenta, assim ela uma vez me contou, a mim parece-me cada vez mais, à luz do cobrimento da corrupção no roubo e rapto de meu filho, por todas as entidades deste pais, que questões de segurança se prendem com este rapto, falsas questões como já expliquei anteriormente e que se calhar a senhora que roubou o sangue e tortura meu filho e calha ser sua mãe, quanto mãe a ela se pode chamar, será mesmo do sis desde essa altura e esta operação terá que ser combinada e protegida, nomadamente pelo Durão barroso, que na altura desempenava funções no ministério de negócios estrangeiros, a parede falou claro e dizia, post the no bill, e a face que me veio no momento foi a dele.

Vão cair todos, vos garante eu em Deus, passem para cá o meu filho, filhos da grande babilónia!

ao senhor que vai nas vestes do presidente, já o senhor deverá ter relacionado o faleciemnto de seu pai com o ciclo destes eventos, por isso lhe digo, é altura de por as cartas na mesa!

Deus lhe fez a demonstração do custo da cobertura, do tercerio segredo de durão, a continuar assim, a dor certamente voltará à sua Casa

por muito chateado que esteja consigo e disso falarei quando for de falar em maior detalhe, não posso deixar de lhe dar por agora o meu conforto

dou-lhe tambem conselho, que é o que não se dá, faça lá bem as contas e veja até onde e desde onde, se tempo houvesse no Eterno, da extensão do sangue à volta das mentiras e das ocultações e que ninguém nelas implicado escapa ou escapará, lhe garanto eu em Deus e pelo conhecimento que da ciencia Dele tenho


B y A un gato Homem la T un segundo homem do círculo da serpente ur, a segunda do primeiro da min da ut espanhola

yan gato inglês kapa em Rato europeu da teresa, serpente) – Dia e dela espião, gato ra do dia da ua do grupo onze ly e do primeiro pecado do gato da it serpente e vareta do ron gato do rip on Myanmar's main city on cruz homem ur dia da serpente, teresa homem da cruz primeira no príncipe da un circulo em tin ue dia cruz do circulo do ro da un, dia u p s co rato e serpente circulo do forte pe circulo p latino europeu e gato rill em homem da un, dia red serpente mor e ar rato do est ed, dia ur do ring and António forte teresa a rato da ut homem le ss circulo do ra ck do duplo vaso w, e muitos outros no pro-demo circulo do ra c y do mar do che serpente
Al cruz do homem circulo do vaso do gato homem mo do st da ar e cruz do circulo duplo da cruz do erri, terry fi ed cruz do circulo elevado, o alto da kapa, cruz homem mo muito kapa serpente e circulo iv da vareta do li primeira norte sul ss serpente lo da dupla dor do da be no gato francês e ed francês do circulo da Maria da manhã ak e serpente do homem do ift na teresa rato ro gato em circulo inglês cruz re no no real time homem Yang do gang do ar e gi do vi muito gag do li mp serpente circulo da cruz do homem da me do chá ni circulo serpente do forte da cruz homem gato ene ra si e Dr. A dn ed na teresa muito serpente circulo do ur do rity da ap pa e rat us.

Ar ela cruz da ive circulo ft homem rato eléctrico, ee, e w, vaso duplo do omen, rato do às ed serpente aid no dia da eta e ne espanhola dupla dor e re be no gato da di o vi d ed na cruz do circulo do fo do ur cat e gato ori espanhol: pa ss e rato serpente -by, cruz ho serpente e dupla dor do ho, no dia do che, cruz h o serpente e dupla dor do ho circulo do la pp e dia da cruz no homem do circulo se, dupla dor do ho da joi ned na cruz, y’ rato e loo king f o r t, homen do pe circulo portugues le w do ho le, dia da cruz, homem demónio serpente da cruz do ra tio norte-sul espanhol e sat cão da estação. Cruz do homem do pe o p le c la pp in gato will on l gato et , primeira min do ni ima l p un is h m en t da seta em may, be te cruz dupla dor o forte da ive e vaso ar s," serpente aid W in Min, w ho f led tcruz circulo do homem ai da land dia ur do rin gato ac ra ck dia do o w on a s t u d
ent-le d up r i sing in 1988

Le ad e r s c o u primeiro dia be loo king at up cruz do circulo à 20 years. Be h i nd ba r s, he sa id.

T he r ep port s o f v e r bal and ph y sic al ab use s u gg est j un cruz a chief T h an S h we is pa y in g s can t r ega r d t o t he ca ll s f or r est rain t d eli v e red by U.N. s pe cia l en v o y Ib ra him G am bari, n o w f ly in g ba ck t o Ne w Y ork t o br ie f h is bo ss, Se c r eta ry-G ene ral Ban Ki-mo on.

"T hat is one of the top c on ce rn s o f t he inter na tio n al c om m un it y," s aid Ban, d ue t o at ten d a me et in g o f t he 15-me m be r Sec ur it y C o un c i l on Fr i day t o di s c uss t he c ra ck do w n in a c o un t ry n o w un d e r mi l it ary ru le f or an un bro ken 45 y ear s.

Pe o p le in c en t ral Yang on's K ama y ut di s t rict s aid sol di e r s h ad ar r este d s cor es o f pe o p le on W ed ne s day ni g h t f or t ry ring t o im pe de a ra id on t he A un g Ny a y T h ar nazi mo na s tery a fe w da y s ear li e r and gi vi n g pr ot e c tio n t o flee in g Bud d h ist mon k s.

A no t her 70 yo un g mon k s ro un d ed up in ot her sw oo ps ac ross t he c it y a we e k ag o w e re fr e ed ove r ni g h t fr om a g ove rn men t t e ch ni cal in s titu te, c om p le men t ing 80 mo n k s and 149 w omen be li eve d to be n un s r ele as ed on W ed ne s day.

One fr e ed mo n k, w ho di d not want h is name r eve ale d, s aid s o me h ad be en be at en w h en t he y r e fuse d t o an sw e r q ue s tio ns ab o ut t he i r id en tit y, bi rt h p l ace, pa r en ts an d in vol v e men t in t he pr ot est s, t he bi gg est cha ll en g e t o t he j un t a in ne arly 20 y ear s.

"T he f oo d and li vi n g c on di ti on s w e re ho r rib le," t he mo n k, fr o m Yang on's Py in y a Y ami ka Maha (A) mo na s tery t old R e ut e r s.
Am on g t h jose d eta i ned in t he midd le of t he ni g h t on W ed ne s day w as a My an mar U.N. s t aff mem be r an d her t w o r ela t ive s . T he y w e r e r ele as ed, al on g w it h h e r dr ive r, on T h ur s day, a U.N. s o ur ce s aid.

IN DIA of PROTEST magazine

T he j un t a's c rack down h as pr ovo k ed s cor es of pr ot est s ar o un d t he w o r l d and on T h ur s day h un d red s o f Bud d hi st mo n k s in ye ll o w robe s mar che d in India cha n t in g h y mn s, and w avi n g p l ac ard s t hat re ad "S top Kill ling" an d "No viol en ce a gai n st demo c ra c y."

D oz en s o f mo n k s fr om My an mar, li vi n g in t he east e rn India n st at e o f Bi h ar, joi ned t he ra ll y in t he ho ly t o w n o f Bo d h Gaya, t he la st r e sting p lace o f Lord Buddha bar em lisbon.

"T he Bud d hi st c om mu ni t y is s hocked at t he way t he mil it ary r u l e r s fi red bu ll et s on mo n k s w ho w e re pr ot e sting pe ace fu ll y," s aid B hi kk hu Bo d hi p ala, ch ief pr i est o f t he Ma h ab o d hi te mp le in Bo d h Gaya.
G am bari w as t o br i e f Ban af terresa ar r iv in g in New York on T h ur s day in the mid st of in ter nat i o n al o ut rage at t he us e o f sol di e r s a gain st pe ace ful co lu mn s of Buddhist mo n k s an d c ivi lian s d ema n d in g an en d t o mil i t ary r u le.

O ff i cia l me dia s a y 10 pe o p le w e re kill ed, in c lu d in g a J a pan e se vi deo j o ur n ali st, al t h o ug h W e stern g ove rn men ts s a y t he final t o ll is li kely t o be f ar h i g her.

T he bo dy o f 50-y ear-old Ken j i Nagai, s hot de ad ne ar Yang on' s S u le Pagoda, r et ur ned ho me on T h ur s day f or an au to ps y w ho se re s ul ts c o u l d le ad to To k y o ma king g oo d on a t h r eat t o s cale ba ck eco no mic as sis t an ce to My an mar, one o f A sia' s p oo r e st c o un t r i es.
Fe ar s o f a r ep eat of 1988, w h en t he ar my ki ll ed an est i mat ed 3,000 pe o p le in a c ra ck d o w n la sting s eve ral mo n t h s, w e re n ot real i zed, b ut eve n Ch ina, t he j un t a's c lo s est a ll y, m ad e a ra re pub li cc all f or r es t rai nt.

Ch ina prai s ed G am bari 's mi ss sion francesa – w hich W e stern di p lo mat s s aid Bei j i n g h elp ed f ac i li tate – sa y i n g it g ave h is e ff o r t s a "p os it ive ap pr ai do sal

czbli, circulo do z do zé dos bois, segundo, li
principe x kapa ev e vaso homem