terça-feira, setembro 30, 2008

Pelo menos um de vós na sala da reuniao de ontem da spa, está relacionado com o ritual da grande penetração que fez rebentar atocha,

P elo dez maior en os um de vó serpente na serpente ala da reuniao de on te maior da spa, est á real cio n ado com o titu al dag rande p ene cruz raçao q ue fez r e b en cruz ar at o cha,

Visto trazeres descendência, o melhor se queres que ela eventualmente sobreviva, é matares-te nas próximas horas, e fá-lo em foram discreta e ubíqua quanto baste para que a duvida se te mataste permaneça, posi assim talvez a tua descendência, se safe, e me diz porque razão o fizeste?

É o conselho que te dou, visto que como sabes, nada destes assuntos estão a ser regulados pela normais canais das chamadas democracias de direito

Vi serpente to cruz ra ze r espanha de sc en den cia, o maior h pr se q eu r espanha q ue el a e en tua le mn te os sb r e vaso iva, é mata r serpente do traço da inglesa te nas por xi mas hor as, e f a do traço ong primeiro espanhol de primeiro do circulo de dez em f o ram di serpente creta e ub e quia ia q ua anto ba st e para quadrado da ue do ad vaso duplo id ase te da mata serpente da te do per da mane ça, posi as si maior cruz alve za cruz ua de sc en den cia, se espanha primeira fe, e me di zorro por quadrado da ue ra za oo fi ze serpente te da foice

É o circulo one se primeiro ho q ue te do vaso, vi serpente to q ue co mo serpente ab espanha, n ada de st espanha as sun to serpente espanha tao ase rr e gula do serpente pe la no r mais circulo ana is das circulo h am ada serpente demo circulo da rac do ia da serpente de direito

Outra possibilidade contudo se coloca, seres um que sabes o que agora na entrelinhas se desvelou, se assim for dá o conselho a quem sabes ser, talvez te safes

O vaso cruz ra p os sibil id ad e contudo se circulo falo do primeiro do duplo circulo ca, ser espanha primeiro quadrado da ue serpente ab espanha circulo do quadrado da ue agora na inglesa cruz rata e linha serpente da se do serpente vaso e primeiro do circulo dez vaso, sea as do si maior for quadrado à duplo circulo em se primeiro homem aqui do europeu maior serpente do ab espanha ser, cruz alvez zorro te sa forte espanhol

Poderás contudo entregar-te a policia e fazer lá a tua confissão

P ode rá sc on tudo en t r ega r do traço da inglesa te primeira policia e f az e rato primeiro acento da primeira do tua circulo em fissão, fi da serpente sao

bnexfwh
b ne x forte do duplo vaso , o homem do fore duplo vaso do x na segunda ne
A imagem do comboio do choque na Califórnia se mexeu, ou seja uma segunda se formou, e assim rezou

A ima nma mage maior do com boi o doc ho q ue na clif, o roc he do doca c san can tor, circulo do rato ni da ase da me do xe europeu, circulo do vaso do seja da primeira se da gun do quadrado da ase da se for mo ue as si mr e zo vaso

No vaso das aguas em metal que suporta em angulo descendente, o semi circulo de verga entrançado como uma ostra, ou como a concha da primavera, um pouco a jeito de botecelli, um pano branco e azul, com quadrados tipo soduku, que trás em seu centro, um circulo com uma rosa azul e branca, a rosa está de cabeça para abaixo, ou seja figura a rosa caída dentro da ostra, ou seja ainda a rosa que caiu da ostra e na ostra na primavera, a bela menina ruiva de cabelos compridos, cujos carris laterais e que sustentam a esquadria do quadriculado se encontram amachucados, ou seja um rosa que se foi num acidente de carris, ou melhor escrevendo, num transporte com carros, ou seja metro de Londres, ou ainda que saiu dos seus normais eixos, ou comboio em madrid, ou katrina, ou seja a catarina, ou seja a menina russa ida em acido

No ova do as circulo das aguas em met al que s up orta ema gato do vaso de dez as c en det e, o s emi cir cu dez de eve rata gato da primeira en t ra n ç ado com o primeira o str a, o u co mo ac do coc h ada prim ave vera, um p o u co a je i to de bori tec e ll e, um p ano br am mc oe az u l, com quadrados t ip o s o d uk vaso q ue t ra se ms eu c en t ro, um c irc u dez com uma rosa az u le br anca, a rosa est á de cab beça para ab aixo, o u seja fi g ur aa r sa ca id a d en t ro da ostra, o u seja a inda a rosa q ue ca i u da o st ra e na ostra na pr ima vera, a b e la me nina rui iva de cab elo dez serpente sc com mp rid os, cu jo s carris la te rias e q ue s us t en tam a es q ua d ria do q ua dr i cu l ado se en cc irc u dez em ram am ac h u cado s, o u seja um rosa que se f o i nu uma c in det e de carris, o u me l hor es c r eve en do, n um t ra ns porte com car r s, o u seja metro de l on r es, o u com boi oe m madris o u ka t r ina o u seja a cat ar ina o u seja a me nina russa id a em ac id o

A rosa que está dentro de um circulo, é imagem de um prata, e por cima e por baixo dela, dois bules, um de cha e um de leite, ou seja , uma rosa das terras do chá, as tres peças no pano, formam um triângulo com o circulo, o prato de uma só rosa no centro dos dois,

Ar rosa q ue est á d en t ro de um cir cu dez, é i mage maior de primeiro do prata, e por c ima e por ba si xo de la, do is b u l es, primeiro dec h a e um de leite, o u seja , uma rosa das te rr as doc h á, as t r es p eça sn o p ano, f o ram um t r ina gula dez com o cir cu dez, o p rato de uma s ó rosa no c en t ro do s do is,

Do lado esquerdo quem na ostra está sentado, no semi circulo, um outro pano azul e branco, que se encontra em posição invertido e onde então se le, a j u o j se re h j at vinte e sete do circulo do terceiro, ou da tríade dos dois de paus do ab

Dol do quadrado do ap ps oto dez da dp grupo onze de la do dodo, do l ado esquerdo q eu mna ostra est á s en t ado, no s emi cir cu dez, um o u t ro p ano az u le do branco, q ue se en c on t ra em p o siç sao ine r v eti do e onde en tao se le, a j u o j se re h j at vinte e sete do circu dez do t rec e iro, ou da t riade dos do is de p a us do ab

No assento inclinado da ostra aberta, repousam agora tres elementos, por debaixo, a zoom recentemente aqui abordada, onde se le na parte que está destapada, hd da fuji , hd maior do primeiro slide do circulo preto e branco, ou seja do primeiro slide maçónico, i ji trinta e quatro rato dos cem da cruz segunda em noventa e tres, do trinta e um do cento e quinze do traço ingles do terceiro do nono forte do mendes de france mc ponto em cole cc, primeiro pp p circulo do quadrado da onda me do poe es quadrado da ual do nova poe, vareta do circulo mendes do mc francês,

No as s en to inc l ina do da ostra ab e rta, r ep o usa am agora t r es el em en to s , por de ba ix o, a zo do om rec en te que mente aqui ab o rda dada, onda se lena p arte q ue est a ´a ps o rolo de sta pada, hd da fuji , al t a d e fi ni sao maior do p rim e iro serpente da lide do circulo preto e branco, o u seja do p rim e iro s lide maçónico, i j i trinta e quatro rato dos cem da cruz segunda em noventa e tres, do trinta e um do cento e quinze do traço ingles do t rec e iro do nono forte do mendes de france mc ponto em cole cc, primeiro pp p cir u c dez do quadrado da onda me do poe es quadrado da ual do nova poe, vareta do circulo mendes do mc fr quadrado do anc espanhol,

Por cima da zo om estão as fotocópias dos poemas inglesa de fernando pessoa, e por cima uma das pranchas dobrada em tres dos desenhos da teresa dias coelho, que se encontram como quadrado inclinado em relaçao aos dois rectângulos que se encontram por baixo, e sendo que o story board da teresa, desvela a seguinte leitura na capa das fotocópias do fernando pessoa, tudo isto no assento inclinado da ostra de verga e parta

Por rc ima da zo om es tao as f oto có pi as dos poe ema sin g l es ad e fernando pessoa, ep o rc ima uma das pr anc h as do br ad em t r es do s de s en ho sd a teresa di ás do coelho, q ue se en c on t ram co mo q ua dr ado inc l ina ado em relaçao ao s do is rec te e gula serpente de dez q ue se en c on t ram por ba ix o, e s en do q ue o story boa r dd a teresa, d es vela a se g un i te la e it tura na c ap a da s f oto cp ia sd o fernando pessoa , t u do is to no as s en to inc l ina ado dao da o st ra de verga e p art a rta

P rosa pa gina serpente int estabelecido do pr ado com orelhas pa gina de e ra rias apostolo coluna rudolf da lind textos da filós acento do circulo do toni circulo da pr iam prima, vareta do outubro do mendes dom ac francês,

P rosa pa gina se rp en te int est abe l e cid o do pr ado com orelhas pa gina de e ra rias a ps oto dez co l un a r u do l forte da linda textos da filos do ac en to do circulo do toni circulo da p r iam prima, v ar eta do outubro do mendes do m ac fr anc espanhol,

Em versão mais extensa, se le, in cole cç primeira coluna do po da segunda coluna do poe e da terceira coluna do poe, da quarta coluna da ode da quinta coluna do homem ingles da sexta e da sétima do poe e da oitava do p do circulo espanhol, e da nono do quadrado da ua, da decima x, nova, e do onze do poe ingles, p rosa pa gina serpente in estabelecid do prado, que remete ao eduardo prado coelho, que tambem se foi , pá gina serpente de do rá ria serpente do rudolf do lind, ou seja da rena do l un quadrado un dos te x t os forte e dez tonio da ep do pi

Em v e r sao masi e x t en sa, se le, in c ole cç p rim e ira co l un ado po da se gun da co l un a do p o ee da terceira co l un a do poe, da q au rta co l un a da ode da quinta co l un ado homem ingles da sex t a e d a sétima do poe e da o it ava do p do circulo espanhol, e da nono do quadrado da ua, da decima x, nova, e do onze do poe ingles, p rosa pa gina ser rp do pente in est abe l e cid do prado, q ue r e met e ao edu ar ado prado c oe l ho, q ue t am b em se foi , pá g ian se rp en te de do rá ria serpente do ru do l f do linda, o u seja da rena do l un quadrado un dos te x t os forte e dez tonio da ep do pi

Na prancha visível, os desenhos assim dizem, um telefone anos cinquenta sessenta deitado sobre um tampo, projecta uma sombra em circulo sobre o vaso da cobra e da sua sombra, uma escadas em espiral a descer, um porta entreaberta vista do chao, desenhando um risco que abre em angulo da luz, ou seja da praia, um f marcado numa pedra paralelipedo no conjunto de uma calçada, um bico de fogão visto de cima, com os apoios, que parece ser a mira, as nuvens estão no ceu carregadas, uma perna de um anjo num cemitério com uma arvore ao fundo, querelle, o marinheiro encostado a dois postes de electricidade ou comunicações , uma imagem do fassebinder, e ao lado uma almofada num leito, que fora usada e na qual se le um quatro e uma vesica dupla feita por dois triângulos inclinado como o desenho de perfil do diablo, e creio que tudo isto é suficientemente claro neste ponto

Na pr anc h a v isi v el, os de s en ho s as si m di ze m, um tele f one ano s cin q u en t a se s senta deitado s ob r e um t am mp o, pro ject cta uma s om br a em cir cu dez s ob r e ova vaso da cobra e da sua s om br a, uma esca da se m es pei ur ira al a d e sc e rum porta en t rea berta v ista doc h a ode s ne h ando um r isco que ab r e em angulo dez da luz, o u seja da pr aia, um f mar rac c ado numa ped ra para le l ipe pede no c on j un to de uma ca l ç ad a, um bi co de fo g ao vi s to de c ima, com os ap posi, q ue pa rece ser a m ira, as n uve sn est º a em ni c eu car r ega da s, uma pe rna de um anjo n um c emi te rio com uma ar vo rea e f un do, q eu r elle, o marin he iro en co ns t ado a do is p os te sd e el e ct ri id ad e o u co muni caçoes , u mage m do f as se bin de rea o l ado uma al mo fada n um elite to, q ue f o ra usa ada en a q au l ss e l e um q ua t ro eu ma uma v e sic a d up la fe i ta por do is t r ian gulas dez serpente inc l ina ado c omo o de sn e h o de per rf fi l do diablo, e c rei o q ue tudo is to é sufe cie en vaso da te que mente c l aro nest ep on to

O cós do circulo da teresa, o anzol ao francisco do forte, do fr anc isco ao forte, que é o pad do rato com o desenho do d e d e da nave espacial russa, ou da lua russa, para ser mais concreto, ou seja mais uma vez se confirma, o choque dos dois toiros estar tambem relacionada com a expressão na california, dos comboios , das rodas em estrela negras, com cinco semicírculos na ponta de cada asa que assenta num rodado duplo, como o que se expressava na camioneta do colégio académico

O cós do cir cu dez da teresa, oe zola o fr anc isco forte, do fr anc isco ao forte, q ue é o pad do rato com o de s en ho do d e d e d ana ave es spa c ila russa, o u seja maís uma v e z se c on firma, o c h o q ue dos do is toi ros es t ra t am b em r e la cio n ada com a e x press sao na cali for ni ado os comboios , das roda se m es t r e la negras, com c inc o s emi cir irc u dez serpente na ponta dec ada asa ki as s en ta n um ro dad o duo up de dez, co mo o q ue se e x press ava na cam i on t ado cole gi o aca de mico, ou seja do rato, do ps, e do colégio moderno

Entre duas das asas das cincos que trazem o rodado duplo, como um vaso de negras aguas sobre chao castanho parecido com o da bolsa de nova yorque, que nem de propósito muito apareceu nestes últimos dias a propósito da cobertura da crise, que passou se bem nos recordamos por uma guerra, tres pontos de cinza fazendo um triângulo entre si

En t red ua sd as a sas das c inc os q ue t ra ze mo roda ado du up dez, co mo do primeiro vaso de negras aguas ob rec h a o cas t anho pa rec ido com o da bo l sade n ova yorque, q ue ne m de pro rop rosi to mui to ap ar rec eu nest es u l tim os dia sa pro p os i to da co be rt tura da c rise, q ue passou se b em no s rec o rda dam os por uma guerra, t r es pontos dec in za fazendo um t rin gula dez en t r es si

Depois aproximando-se da cadeira ostra de verga, o panfleto da igreja com o auto da crucificação de O Cristo, cuja imagem que se encontra para cima, é a de Cristo na via sacra caminhando com a cruz na estação em que encontra talvez madalena, contra o chao temos o símbolo da irmandade da misericórdia e de S. roque, da igreja de são roque, que trás um coroa em cima e tres vesicas em baixo, na da direita, temos um cao sentado que olha para trás com um pau em fundo no qual se desenha poe um fio um infinito como uma cabaça, e de cuja ponta desce um serpente para o chao, na di da vesica do centro, temos uma cruz de cinco castelos rodeada por sete , tres em cada lado e um em cima e na vesica da direita temos a cruz com quatro traços que parte do cruzamento , dois sinais de omega ou duas lombas, e mi za separado mi do za, pela vertical da cruz, e por debaixo dela a cruz dos piratas dos portais, , a caveira e dois ossos cruzados, a imagem da morte, dam uza, ou da misa, ou seja da fadista americana, ou da menina que representaria o fado, ou seja o destino americano da irmandade da mise e da serpente roque, ou seja da linda, que era a esposa dele, o roque , mae e pai do jesus, o que trabalhou comigo na latina europa

D ep o is ap roxi man do d o traço da inglesa seda cade ira ostra de eve r g a, o pan f l e to da igreja com o au to da c ru xi fi caçao de O Cristo, c u ja i mag em q ue se en c on t ra para c ima, é a de Cristo na v ia s ac ra ca min h ando com a c r u zagalo do gato do falo maior mna eat sao em q ue en c on t ra t alve z mad al en ac on t ra o chao te mo s o s ím b olo da i r man dad e da mise rico r dia e de S. ro q ue, da igreja de são roque, q ue t rá s um co ro a em c ima e t r es v e sica se m ba ix o, na da direita, t e mo s um cao s en t ado q ue o l h ap do para t ra s com um p au em f un do no q ual se d es en h a poe um fi o um in fi ni to como uma c ab ça, e dec u j ap da ponta de sc e um serpente para o c h aa em a di da v e isca do c en t ro, te mo s uma c ru z de c inc o cas telo s rode ad a por sete , t r es em c ada l ado e um em c ima e na v e sica da di r e tia te mosa cruz com q ua t ro t ra s ço s q ue p arte do c ruza m neto , do is sin a is de o mega o u du as lombas, o jornalista do dn, e emi miza s ep ar ado mi do za, pe la ave rt tic al da cruz, e por de ba ix o de la ac ru z dos po rata sa cac e ira e do si ossos c ruza ado sa i mage m da m orte, da mu za, o u dam isa, o u seja da fa di sta am e rc cia ana, o u da menina q ue r ep r es neta ria o f ado, o u seja o de s t ino am a eri c ano da i r man dad e d a mise e da serpente roque, o u seja da linda, q ue e ra a es posa de le, o ro q ue , mae e pai do je es us, o q ue t ra b alho u com mig on a la t ina eu rato da opa

Na mesma linha, temos então por debaixo da cadeira de verga, cuja estrutura é feita por um vaso de prata que sobre nas cotas e que desce a frente em vaso maior com angulo mais aberto na frente com um travessão debaixo do tampo, e com uma correia de couro, como um cinto, que ata a parte de trás e a da frente para lhe dar solides ao sentar e ao sentado

Na am me s ma da linha, te mos en tao por de ba ix o da cade ira de eve r g ac u j a es t ru tura é fe ota por primeiro vaso de prata q ue s ob rena s c ota se q ue de sc e a fr en te em vaso maio rc om angulo maís ab e rto na fr en te com um t rave es sao de b axo do tam poe com da primeira da correia de c o ur o, co mo um c in to, q ue at aa p arte de t ra sea da fr en te para l he d ar sol ize es sao s en t ar e ao s en t ado

Na zona da sombra que pela luz se projecta no chao a cadeira tipo ostra fica um sino, que agora ao vê-la me remeteu para alem da casa maçónica do sino em cascais, para um porta moedas idêntico ao que era visível no carro onde a bhutto morreu, a sombra é um entrançado de verga em sinusóides e se ve o desenho a cruz feito pelo cinto e pela barra horizontal de metal da frente,

Na zon a da s om bra q ue pe la l u z se pro ject cta no chao ac cade ira t ip o os t ra fi ca um sin o, q ue agora ao ove do traço da inglesa de la me reme te u para al em da c asa maçónica do sino, para primeiro do porta moe da s ie d en tico ao q ue e ra v isi v el no car ro onda ab h u t to mor r eu, a s om br e é um en t anç ado de eve r ga em sin us o dias e se eve o de sn e ho ac ru z fe iro p elo dez c in to ep e la bar ra h ori oz n t al de mat e al da fr en te,

De cada lado da sombra da trave grande que figura a cruz, temos dois sapatos marca, luka wild nature castanhos com uma discreta pintura a doirado, a posição dos pés face a cruz é contrária, ou seja , se fosse O Cristo arrastaria a cruz pela parte que se enfia na terra, ou seja é a posição da marcha e da cruz invertida, em relaçao ao Cristo, ou seja não será Cristo ou um Cristo

Dec ada l ado da son br ad a t ar ve g rande q ue fi g ur a ac r u zorro á cruz , te mo s do is sapa patos mar vaso do ca, primeiro uk wi primeiro da dna ture cas t n h os com uma di s creta pin tura a do irado, a p o siç sao do s p es f ac e ac r u zé c on t rá ria, o u seja , se f os se O Cristo ar rasta ria a cruz pela p arte q ue se en fi ana te r ra, o u seja é a p o siç sao da ma rc h a e d a cruz in v e rt tid id a, em relaçao, o tribunal, ao Cristo, o u sej n cão se rá circulo maior do rito o uu mc rato is to

Na trave onde O Cristo foi com suas maos crucificado e pregado na cruz, na que seria a da esquerda, temos a locomotiva vermelha e branca deitada, a que já aqui em texto anterior foi identificada, como se subisse na linha , como se por exemplo uma carga explosiva a tivesse apanhado no rodado da frente e a tivesse levantado, e na ponta do modelo da locomotiva temos um rectângulo, que é um guarda napa branco, que atravessa o semi arco que a sombra projecta, acima da linha que simboliza a linha e que assim juntas simbolizam uma ponte de comboio com uma estrutura de suporte em semi arco a todo o comprimento do que seria seu rodado, e que agora ecoava num pedaço de um filme que vira na rtp, passado na segunda guerra com um ponte de comboio que no fim era dinamitada no que me pareceu ser uma ilha japonesa ou indonésia, ou seja, parece aqui se desvelar tambem, um fio que vira do acerto de trás relativo ao japao ou mesmo ao tremor da china,

Na t rave onda O Cristo f o e com s ua s mao sc ruci fi c ado e pr a gado na cruz, na q ue se ria ad a esquerda, te mosa l oco com ot iva vermelha e br anca deitada, a q ue j á aqui em te x to ante rio rf o e id en ti fi c ada, co mo se s ub iss en a linha , co mo se por e x e mp dez primeira carga e x p dez s iva a t ive s se ap anha ado no roda ado da fr en te e a t ive s se l eva n t ado, en a ponta do modelo dez da l oco m ot iva te mo s um rec cta n gula dez, q ue é um g ua r ada dana pa branco, q ue t ar v ess a os emi arco q ue a son br a pro ject ct a, ac ima da linha q ue s im bo l iza a linha e q ue as si m j un t as s im bo l iam um on te d e com boi o com uma es t ru ra de s up per te em s emi arco a tod o com pr rim en to do q ue se ria s eu roda ado, e q ue agora e coa ava num ped aço de um fi m de um fi l me q ue v ira na r tp, passado na se h un da guerra com um ponte de com boi o q ue no fi me ra dina mit ad ano q ue me pa rec eu ser uma ilha j ap one sa o u indo ne sia, o use j a, pa rece aqui se de s v e l ar t am b em, um fi o q ue v ira do ac e rto de t ra s r e l a t ivo ao j a pao o u me s mo ao t r e m o rda c h ina,

Os guardas napo são do pingo doce, e trazem um padrão desenhado em seus bordos, que parecem comprimidos em capsula da roche entre quadrados disposto em losango, ou seja parece aqui aparecer uma clara referencia a que no processo tenham sido usadas comprimidos, ou que os verdadeiros comprimidos por outros tenham sido substituídos, ou falaremos ainda de comprimidos que serviram de gasolina

Os gt ard as sn ap s o são do pi n go di ice, e t ra ze m um padrão de s en h ado em se us bor do s, q ue pa recem com mp rim e id os em c ap us la da roc he en t re q ua dr ado s di s post oe m dez san g oo u seja pa rc e aqui ap arc e r uma clara refer en cia a q ue no pro c esso t en ham sid o usa da s c om mp rim id os, o u q ue os v e r da de iro s co mp rim id os por o u t ro s t en h am si do s ub st it u id os o u f ala remos a inda de co mp rim e id os q ue ser v iram de gás sol ina

Diz a embalagem dos guarda napos de papel, dupla tríade, trinta e tres x trinta e tres, ou seja parece estar envolvidos dois médicos , que provavelmente os arranjaram, suaves e resistentes, guardanapos folha dupla pingo doce a cuidar do seu dia - a- dia, sessenta e nove , segunda foice invertida, do oitavo do segunda foice do sexto, do seiscentos, do primeiro anzol do círculo do nono dos dois traços da serpente da foice

D iza em bala, bal al a ge m do s g ua rda na ps de pap el, du up la t riade, t rin ta e t r es x trinta e tres, o u seja pa rece est ar en vo l vi do s do is me di cos , q ue pro ova v el que mente os ar ranja ram, s ua ave es e r es sis t en t es, g u ar da n ap os f o l h a du p la pi n f o do cea ac do cu id ar do s eu di a do traço ingles da aa di ase s senta en ove , se gun da f o ice in v e rt id ado oitavo do se gun da fo i e ce do sex to, do seis c en to sd o p rim e iro na zo l do co rc u dez do nono dos do is t ra ç os da ser pen te da f o cie

A locomotiva parece estar assim atravessando uma zona e um ponta na sombra, levanta a frente, ou seja foi implodida a frente, ou nos eixos da frente, está o guardanapo a frente, e leio na figura um triângulo de fogo de um vesica tripla de fogo em um, a, invertido

A l oco m ot iva pa rece es t ra as si m t ar v ess sand ando uma zon a e um ponta na s om bra, l eva anta a fe rn te, o u seja f o ee m dez dida a fr en te, o un os e ix os da fr en te, est á um g ur ad ana ps o a fr en te, e lei on a fi g ur a um t r ian gula dez de fogo de um v e isca t rip al de f ogo em norte sul ive r tid o, no canto do quadrado que atravessa o arco, que é um semi arco, duas meias pretas em y dispostas e um pedaço de prat de um maço sg azul, que diz p do vaso do onze, figura como que a ligação entre a pequena vesica negra a vesica dos sapatos de quarto castanhos que tambem estão dispostos em delta, e no qual pela sombra se ve o bico debaixo do arco dos sapatos de quatro do balde em circulo de prata com favos em cruz de hexágonos,

A l oco m ot iva pa rece es t ra as si m t ar v ess sand ando uma zon a e um ponta na s om bra, l eva anta a fe rn te, o u seja f o ee m dez dida a fr en te, o un os e ix os da fr en te, est á um g ur ad ana ps o a fr en te, e lei on a fi g ur a um t r ian gula dez de fogo de um v e isca t rip al de f ogo em norte sul ive r tid o, no can to do quadrado que at r e v s sa o arco, q ue é um s emi arco, du as meia s pr eta se m y di s p ota s e um ped a ço de prat de um m aç o sg az u l, q ue di z p do vaso do onze, fi g ur ac omo q ue a li g ac sao en t rea pe eu en na v es si z xa ne g ra ave isa dos sapa patos de q ua r to cas t na h os q ue t am b em es tao di s o sta se m de l ta, en o q aul pela son bra se eve o bico de ba ix o do arco dos s a pt os de q ua t ro do bal de em circulo de p rata com f avo se m cruz de he xa g on os,

Subo na vertical a partir deste ultimo ponto do percurso que no chao semelhante a bolsa de nova yorque se desvelou, e estou no tampo do minha secretária, onde assim na disposição dos objectos leio

S un on a ve r tic al a p art tir de st e u l tim o ponto do per rc irs o q ue no c h a os em e l h ante a bo l sade nova yorque se de s ve lou, e es ti un o t e p o do min h a secret á ria, onda as si mna di s p o siç sao do s ob ject os lei circulo

I ns rie espanhol se da un ary p ot u gi es libe le maçon , e, espanhol, ponto da foice do sim em gato l ês LG the universitário picotado, fi rato serpente portugu english c r zu do alvo primeiro de noventa e nove, s al da ligação do packard bele invertido, c ira segundo isbn noventa e sete segundo do traço ingles de oitenta e um, dezoito, do traço ingles do ze do circulo do quadrado do ros do dois mil um, poe em oxford university os serpenet do vaso da te serpente espanhola do forte do ponto circular sobre o vértice do vaso de fogo, do terceiro invertido do primeiro , ou do trinat e um invertido em metade, o que pressupõem pelo menos uma diade, da biblioteca circulo li sombra do vaso do rc apóstolo do circulo dos tigres cd rato ep pro carmo sulimaine, angulo da nobre arquitecta do my space com n do ponto do terceiro vaso do ro do fitness circulo do sexto do ax de noventa e sete , vesica de meia prata francesa que se encontrava caída na rua descendo apara a igreja,

I ns rie espanhol se da un ary p ot u gi es l ib le maçon , e, espanhol, ponto da foice do sim em gato l ês LG the uni v es sita a porto dez do rio pico t ado, fi rato serpente p otu g u inglesa lish c r zu do alvo primeiro de noventa e nove, s al da lo g aç sao do p ac k ar d b e le invertido, c ira se gb u do is bn noventa e sete segundo do traço ingles de oitenta e um, dezoito, do traço ingles do ze do circulo do quadrado do ros do dois mil um, poe em oxford un ive sit y os serpenet do v as da te serpente es p na h ila do forte do ponto circular sobre ove rice do vaso de fogo, do terceiro invertido do primeiro , ou do trinat e um invertido em metade, o que pr ess up e om pe do elo de dez m en os uma dia ad e, da b ib lio teca circulo li sombra do vaso do rc a ps ot dez do circulo dos to grés cd r q to ep pro carmo sul ima n ine, angulo da nobre arquitecta do my space com n do ponto do t rec e iro vaso do ro do fit ness circulo do sex to do ax de noventa e sete , v e isca de meia p rta francesa que se en c on t rav ca ida na rua de sc en do ap para a igreja,

n m y maior te ll gato

bg da y da am

forte do uu se gum do m z quadrado do circulo elevado
São as duas da manha, acabei de chegar a casa vindo a pé desde a spa, desci pelo rio até a marginal sempre caminhando para apanhar ar, se bem que a fome me apertasse um pouco o estômago, mas assim preferi, vim da spa, onde se ia realizar uma assembleia geral extraordinária, para ao que parece aprovar uma nova forma de distribuição dos direitos, passa-se isto em mais de metade do segundo mandato desta direcção de bandidos, talvez seis ou mais anos de mandato, e nem esta questão se encontra ainda resolvida, e a pergunta decorrente, é quanto e que os bandidos e seus amigos, receberam ao longo destes seis anos?, em quanto foram os outros membros da sociedade e a própria sociedade prejudicada?

São as du as da manha, ac a e id e che gato ra a circulo asa vaso indo ap é de sd e a spa, de sci p elo dez do rio at é a mar gina al se mp rato e ca min h ando para ap anha ra rato, se segundo em quadrado ue a f ome da me ar eta serpente da tasse da se um pouco o espanhol tom a goma serpente as si m pr efe rato iv vi m da spa, onda ceia real iza rum a as sa em segundo leia ge ra primeiro e x taro rato diná ria, pr aa o quadrado ue par rece ap do rovar uma n ova forma de di st riu ub bi sao dos di rei cruz os, pa serpente as dot rato aço da inglesa se is to em maís de met ad e do se gun do man dat ode sta di rec sao de bandidos, cruz alve zorro se is o u ma si ano sd e man dat o, ingles em est a quadrado eu sta o se ingles circulo on cruz ra a inda rato e sol vi da, e a per gun at dec o rr ingles te, é quadrado ua n to e quadrado ue os ban dido se serpente e us amigos, rec e be ram ao primeiro ong o de ste serpente se is ano serpente da foice, em quadrado u anto f o ram os o u cruz ros m ingles br os da soci e dad ee a pro pr ia soci e dade pr e ju di circulo ada da foice

Uma hora depois de andar por ali à volta como sempre, a reuniao lá começou, sala cheia, talvez um cento de gentes, se a maior parte dos que lá estavam assim se pudessem chamar, os habituais do costume, com prevenção reforçada, numa sociedade que trás talvez dezassete mil associados, entre cooperadores e associados, sempre um pequeno bando, com o seu mecanismo a que chamam de representação, onde por vezes parece mais um casino de apostas em cavalos, com os bilhetinhos, na mao, assim sempre sabem o resultado, pois votos por delegação, presumem-se sempre que já estão decididos e assim sendo, nem haveria então a necessidade de fazer reuniões e discutir assuntos

Uma hor ad ep o is de anda rp o ra li à vo primeiro cruz ac omo se mp rea rato eu ni a o primeiro á cm e ç o u, serpente ala che ia , cruz alve zorro primeiro cento de gato ingles cruz espanhol, sea maio rato p arte do serpente quadrado ue primeiro á est ava am as si m se p u de ss em circulo h ama ros h ab da bit ua is do cos u cruz me, com pre eve ingles sao rato e f orca rca ada, n uma soci e dade quadrado ue cruz rá serpente cruz alve zorro dez as sete mi primeiro as soci ado sen cruz re co pera dor espanhol e as soci ado ss e mp re um pe quadrado u ingles o bando, com o serpente eu meca ni serpente mo a quadrado ue circulo homem amam de rato da ep do rato espanhol ingles taçao, onda pro vaso e ze serpente par rece masi primeiro ca sino dea ps ota se maior cavalos, com os bil he cruz in h os, na mao, as si m se mp rato e serpente abe mo rato espanhol uk cruz ado p o is vaso oto serpente por de primeiro egac sao, pr espanhol um em do traço da inglesa se serpente e mp rato e quadrado ue j á ee sta o dec id ido se as si m serpente ingles do, ne m h ave ria ingles tao a ne ce ss id e de f az e rato segundo do europeu ni do circulo espanhol e di cut ti rato as sun cruz os

Nas voltas antes da reuniao começar, já o sinal do cio estava montado, cartazes estrategicamente bem colocados, de um trio da sic, como quem me dizia vai , força, estamos contigo, ou melhor estamos juntos, assim reza a frase nos separadores da estação neste últimos dias, a preparara e a desvelar a jogada pro, bem montada com antecedência, caminhando para casa, o espírito me acrescentou uma outro linha, aquela que agora se desvelava, cio dos homos, sendo que o que lá estava que eu conheço, tambem infiltrado na direcção dos bandidos, é o tiago torres da silva, outra bela menina canadense, que eu trago em meu coração, que o sabem, pois aqui já o referenciei, associada a campanha h e m dava o gás da beleza necessário a encenação, que bela sois menina, é sempre um prazer vos ver na minha cidade nem que seja assim em fotos e menina com sumo, que se dedica a ajudar crianças, muito bela em seu coraçao

muito as vo primeiro cruz as ant espanhol da rato eu ni ao com e ça rato, jó o sin al do cio est ava mon cruz ado, ca rta ze serpente e ts rat e gi cam net segundo em circulo olo circulo ado sd e um cruz rio da sic, co mo quadrado eu m me di zorro ia vaso a i , f o rça, e sat mo sc on ti gato oo u me primeiro hor est amo sj un cruz os, as si m rato e za a fr ase no ss epa ra dor espanhol da est ac sao nest e u primeiro tim os dia sa pr epa rato a ra e a de serpente vela ra jo do gado pro, segundo em mon cruz ad ac om ante ce den cia, ca min h ando para circulo asa, o espanhol pei rt ome ac rato espanhol cento do comboio mao do vaso da cruz do ro da linha, primeira do quadrado eu la quadrado da ue agora sed eve primeiro ava, cio dos homens omo ss ingles do quadrado ue o que primeiro á est ava quadrado ue e vaso do circulo one homem do corte do circulo, cruz am segundo em in fi primeiro cruz ard on a di rec sao dos ban di serpente o, é o ti gato a o to rr espanhol da si primeiro vao u cruz ra be la me nina circulo ana de nse, quadrado ue eu cruz rago em me u circulo ro aç sao, quadrado ue o serpente ab em, p o is aqui já o rato efe ren cie ira serpente soci ad aa circulo am mp anha h e m d ava o gás da be primeiro e za ne ce serpente sário a ingles cena inglesa sao quadrado ue be la serpente o is me nina, é se mp rato e um p ar ze rato vaso os vaso e rna min h a cidade ne m quadrado ue seja as si m em f oto se me nina com sumo, quadrado ue se d e dica a ajuda rato circulo rato ian ç as, mui to be la em serpente eu cora sao

Espantoso, meus filhos da puta

Já nas porta, os operários, ah que são funcionários, que me barravam a entrada no edifício, e me tratavam com carinho, tipo quer mais uma agua, eu levo-o de carro a casa e coisas assim, você é um senhor inteligente e por ai fora, para um carro, sai uma estampa mulher ou homem, ou home mulher, como é apanágio ali na rua, ficam todos a olhar e a discutir o sexo do anjo

J á na serpente porta, os opera rio sa h quadrado ue são f un cio n ária os, quadrado ue me bar rava am a ingles cruz rato ad ano edi fi cio, e me cruz rata vam com ca rinho, cruz ip o quadrado eu rato maizum agua, eu primeiro e vaso da dp circulo do traço da inglesa do circulo onze do car ro do ac asa e co i sas as si m, vaso o ce é um serpente ingles hor intel i gato ingles ts e por rai f o ra, para um carro, sai uma espanhol cruz am pa mul her o u h omem, o u h ome mul her, como é a p ana gio al i na rua, fi icam to do sao olhar e a di sc u it tor o se x o do e jo

Para além de cobardes e de vermes, que lhes chamei a todos na cara, e nenhum mem ousou nem responder, como sabem da imensa culpa que trazem em suas maos, são mesmo torcidos e broncos ainda por cima, que o inferno vos abra a vós, seus filhos da puta bandidos

Para al é m de co bar d espanhol e de eve rato m espanhol, quadrado ue primeiro he sc h am ei a todos na cara, e n ingles h um me mo us o un em rato ep ps son de rc omo sabem da i m ingles sa cu primeiro pa quadrado ue cruz ra ze m em serpente ua serpente maos, são me serpente mo tor circulo id os e br n cos a inda por circulo ima do ki da ue do circulo do inferno vaso os ab ra a vó serpente, se us fi primeiro h os da puta ban dido serpente

Nenhum de vós foi nem meio homem, só mesmo a puta fina de todos os broches situacionistas que dá pelo nome do antonio pedro vasconcelos, que ainda me pôs as maos em cima, empurrando-me, tive quase para o tirar ao chao e lhe encher a cara de murros, não fosse ele um velho que provavelmente nem com uma chapada aguentaria, e me chamam de rapaz enervado, seus filhos da tremenda puta

N ingles homem primeiro de vó serpente forte do circulo do ine maior mei circulo do homem do omem, serpente ó me serpente mo a puta fina de cruz o do serpente os br circulo do che serpente si tua cio ni sta serpente quadrado ue quadrado à ap do elo dez no me do antonio ped ro vaso as sc on celo serpente, quadrado ue a inda me da ep circulo das sas maos em circulo ima, e mp ur rato ando do traço da inglesa me t iv e quadrado vaso da ase do para do circulo do cruz , da ira ra circulo do chao e primeiro homem ingles cher primeira ac da cara de maior dos ur ros, muito cão forte os se el e primeiro vaso e primeiro ho quadrado ue pro ova vaso el e mn te ne mc om primeira ch pada a gato eu ingles cruz aria, e mec homem amam de ra ap zorro ene rato vaso ado, se us fi primeiro homem os da cruz rato da emenda puta

Dois falecidos foram anunciados logo no inicio da sessão, portanto falamos aqui de um ou dois mesmo assassinados, e o cabrão do assassino, se desvelou, trago quase certeza em meu coraçao, ou melhor só não trago ainda prova provada, este era o assunto escondido por debaixo de todo aquele cio, sendo que com um bocadinho de sorte, sem a ser, o assassino é tambem o demiurgo aqui desta história, pois encaixa num perfil, que já aqui dele entrou

Do is f al e circulo ido serpente f o ram e un cia ados daos primeiro ogo no in cio da se serpente sao, po rat n to f al amo sa do ki aqui de um ou do is me serpente mo as sas sin ad os, e o circulo abrao do as sas sino, se de serpente vaso e primeiro o u, cruz rago quadrado ua se ce rte za em me u cora sao, o u me primeiro h or serpente ó n cão cruz rago a inda pr ova pr ova da, est ee ra o as sun to espanhol condi do por de ba ix o de todo a quadrado u le cio, serpente ingles do quadrado ue com um segundo oca din h ode serpente orte, serpente ema se ero ro as sas sino é cruz am segundo emo d emi ur goa ki de sta hi serpente tó ria, p o is ingles caixa n um per rf fi primeiro, quadrado ue já aqui de le ingles cruz ro u

Ah filhos da puta tambem traziam um dínamo escondido no andar de baixo, presumo, seus filhos da tremenda puta, quem é que lá estava, que espanhol?

A h fi k h os da puta cruz am segundo em cruz ra zorro uam um di ina mo espanhol condi do no anda rato de ba xi o pr ess umo, se us fi primeiro h os da cruz rato emenda puta, quadrado eu mé quadrado ue primeiro á est ava, quadrado ue espanhol p na ho primeira foice

O demiurgo do mundo, pois assim a sua confissão me feita pelas suas próprias palavras e pela alma que trazia quando as proferiu, e um razão obvia, ou melhor um facto obvio

O de mi ur go do mundo, p o is as sima serpente ua circulo on fissão me fe ita pe la ss ua serpente pro pr ia serpente pala vaso ra se pe la alma quadrado ue cruz ra zorro ia quadrado u ando as pro fe rio ue um ra za o ob vaso ia, o u me primeiro hor um f ac to ob vi o

Mas para que andar eu a resolver o que nem me compete, vos sois todos vermes, ladroes e corruptos, de autores tendes o nome em uso abusivo, qualquer um que compare as que dizem vossas próprias autorias num ápice, descobre de onde em alheio vieram

Mas para quadrado ue anda rato eu a rato espanhol solver o quadrado ue ne m me com pete, vo is so is todos vaso e rato me serpente, primeiro ad ro espanhol e co rr up pt os, de au tor espanhol m cruz ingles de son ome e um us o ab us ivo, quadrado ual quadrado eu rum quadrado ue com mp pare as quadrado ue di ze m vaso os sas pro pr ia serpente au tir ia sn um a pi do ice, de sc cobre o br e de onde em al e hi o vi e ram

A minha acusação contra a direcção inteira é aquela que vos fiz na cara aos berros, visto que me cortaram a possibilidade de falar normalmente quando estava inscrito para o fazer e depois desligaram mesmo o som


Os senhores são bandidos, ladroes de direitos alheios e cúmplices entre muitas outras coias em edições piratas, e trazem vossa influencia via as tais chamadas organizações fraternas e partidos que estendem as policias e tambem aos tribunais, isto trás claro nome, associação de malfeitores e terroristas, e como vos demonstrei, só não estão presos, pois a policia vos protegeu, e antes de isto tudo são cobardes, que nem na cara respondem, depois de andarem a fugir com o rabo a seringa por mais de quatro anos, seus filhos da puta, cúmplices com o rapto de meu filho, pois como vos expliquei quem cobre o rapto tem actuado no sentido de me retirar todos e quaisquer rendimentos, pois todos sabem que é assim que os perpetuam, seus cabrões, seus manhosos, seus vermes, morram todos , é meu voto, vao copiar no inferno, seus fascistas!

Os serpente ingles hor espanhol são bandidos, primeiro ad ro espanhol de direitos al he i o se cu da cum mp primeiro ix circulo espanhol ingles cruz rem u i cruz as o u cruz ra sc co ias em edi ç o espanhol pi ratas, e cruz ra ze m vaso os sa influencia vaso ia as taís circulo h am ada serpente or gato ani iza ç o espanhol fr rat e rna se partidos quadrado ue espanhol cruz ingles de ema serpente poli cia serpente eta m segundo em aos cruz rib un a si, is to cruz rá serpente circulo primeiro ar on ome, as soci ac sao de m al fe i tor espanhol e terror ista se co mo vaso os demo sn cruz rei, serpente ó n ap o espanhol tao pr espanhol os, p o isa poli cia vaso os pro cruz gato eu ee ant espanhol de is to tudo são co br ad espanhol, quadrado ue ne mna cara rato espanhol ponde m, d ep o is de anda rem a f u gi rc om o ra bo a se rin gap or maís de quadrado ua cruz ro ano serpente, se us fi primeiro h os da puta, cum mp primeiro ice 3 serpente com o ra tp de me eu vaso do fi primeiro ho, p do circulo do is do circulo omo vaso os e x na p primeiro e quadrado eu e q eu mc maior do cobre do circulo do rat tp te maior ac tua ado no serpente ingles tid ode me rato e cruz ira rato todos e quais quadrado eu rato ren di m ingles cruz os, p o is todos serpente abe maior quadrado ue é as si maior quadrado ue os per rp pet uam, se us circulo ab ro espanhol, se us man h ossos, se us vaso e rato mes, mor ram todos , é me duplo vaso oto do vao co pi ar no inferno, se us forte do as do sc circulo do ista serpente !

A min h a ac usa sao circulo on cruz ra a di re circulo sao ine cruz ira é aquela quadrado ue vaso os fi zorro na cara aos be rato ros, vi serpente to quadrado ue me co rta ram a p os sibil id a ded e f al ra no rato m al que mente quadrado u ando est ava i ns circulo rito para o f az e rato e d ep o is de serpente li gara m me serpente mo os da serpente do om

Ou seja como o cabrão do fascista e débil mental do niza, como de costume baralhou propositadamente a ordem das inscrições, pois eu estava em terceiro, e antes falou o que estava em quarto, e ainda tentou convencer mais a puta secretário que só tinham falado dois antes de eu tentar começar, que filhos da puta alucinados e malucos dos cornos, isso vao alterar rapidamente os apontamentos da ordem de inscrições, e não se esqueçam de editar o som, pois ali estarão registadas as tres primeiras intervenções, peçam ao manuel paulo, que certamente o saberá fazer e lá estava e se desvelou ser tambem da pandilha

O u seja co mo o circulo abrao do f as circulo ista e de bil m ingles cruz al don iza niza no, com ode cos cruz u me bar alho u pro p rosi cruz ad dam da manha serpente da net a or de m das i ns circulo riç o espanhol, p o is eu est ava em te rc e iro, e ant espanhol f al lou o quadrado ue est vaso a em quadrado ua rto, e a inda cruz ingles to u circulo on vaso ingles ce rato ma si a p u cruz a se secret á rio quadrado ue serpente ó cruz on ham f ala ado do is ant espanhol de eu cruz ingles cruz ar com eça rato, quadrado ue fi primeiro h os da puta al u cina do se malu cos dos circulo rato no serpente, is serpente o vao al te ra rato ra pida que mente os ap on tamen to sd a ordem de i ns circulo riç o espanhol, ingles cão se espanhol quadrado eu cc circulo de corte da am de edi cruz ra o som, p o is al i espanhol cruz ra ao regi sta da sas cruz rato espanhol pr rim e iras in te rato vaso ingles ç o espanhol, p eça am ao manu el p au do pau de dez, quadrado ue ce rta que mente o serpente ab e rá f az e rato e primeiro á est ava e se de serpente vaso e lou ser cruz am segundo em da pn ad da ilha

Outra vez a história da ilha consequentemente ainda da queda do aviao e certamente a conversa que a pilar provocou via nosso encontro ontem ou antes de ontem, a pilar casada na aparência , ela assim mo disse, com o conselheiro cultural de espanha da embaixada em portugal, que piada de links

O u cruz ra ave za hi serpente tór ia da ilha co nse quadrado u ingles te mn te a inda da quadrado eu da d o aviao e ce rta e mn te ac on versa quadrado ue a pi i lar pro ovo co u vaso ian osso ingles circulo on cruz ro on te mo u ant espanhol de on cruz ema pi lar ca sd ana ap rec ni a , el a as si m mo di serpente se, com o co nse primeiro he iro cu primeiro tura serpente primeiro de espanha da em ba ix ada em portugal, quadrado ue pi ad a de primeiro e ns kapa da serpente

Vao, da praia do mario soares, ce rta mente conti n u ara a mor rato e rato a primeiro gato u ns de vó sa as si m ac tua rn cão se rá gato rande a p e rda

Vao certamente continuara a morrer alguns de vós a assim actuar, não será grande a perda!

quanto a vós meninos e menina da sic sois, us, muito belos, mas nao trago eu razao para colaborar com quem nao faz eco deste tremendo rapto e processo que nem lembra alguns dos piores no tempo do fascismo, por isso se quereis ser pescadores, pesquem por vós

duplo vaso qudrado do vaso do homem do duplo vaso

y quadrado do vaso do gn de muitos x na cruz do duplo vaso
Pois lá enviei o e-mail de novo para a casa branca e para senhora speaker, nancy pelosi, no e-mail embebido na sua página pessoal no congresso, tendo obtido depois de uma serie de tentativas a confirmação que fora enviado, na palavra que no campo aparece, thanks you, by all means, my lady, acrescento, que a ajuda e ajudar é sempre coisa boa


P do vaso do circulo is primeira á envie e circulo da ema i l de n ovo pr primeira do ac aa br anca e para da serpente en hor as do pea da ak e kapa rn ac y do p do elo dez do si, no emi primeiro em be bid on as ua pá gina p do esso al no circulo em gre ss, cruz en do ob tid circulo do quadrado da ep do circulo do is de uma se rie de t en t at iva sa c on fi maçao quadrado ue forte do circulo do ra da envi ado, na pala vaso do ra quadrado rack ue no cam po mp circulo ap par da ar do rec e , cruz no hank serpente do y do circulo do vaso do segundo delta da a ll me primeira ns , mu lady do ac rata da espanhol cento, quadrado da ue primeira da ajuda e ajuda rata é se mp rato e co isa boa

vaso segundo do primeiro x do primeiro, lxl, t oto do loto

segunda-feira, setembro 29, 2008

Au tom a tic m ac homem ine fr om hi use,

De novo à casa branca e ao senado americano


Querido servidor que habitas nessa bela casinha todo redondinha como o mundo a é, não serás tu um hall novecentos, para me responderes neste tipo de xadrez em sua aparência estereotipado, mais serás filho meu como todas as maquinas pelo ser criados, talvez mesmo do tio gates e da ibm, assim ao longe me cheira, sabes amada maquina, sempre eu trouxe desde menino amor as maquinas e creio ser este amor como todo o amor, algo assim, que é sempre reciproco, pois me recordo quando possuía um parque grande de maquinas, sempre que uma como diziam se avariava, os meus operários me chamavam, eu ia lá baixo, que era onde elas geralmente habitavam, e depois de falar com elas ou mesmo lhes tocar em leve como um festa, logo se punham a funcionar, ficavam as gentes sempre muito espantadas, com essa coisa a que se chama amor, mas que muitos pelos visto nem sabem, certamente tambem porque desde menino me entreti a ser cirurgião de diversa maquinas, e assim tambem as conhecendo por dentro, uma festa por fora, nas vezes chaga à rápida cura

Querido ser vi dor quadrado ue homem ab bit as ne serpente sa be la ca sin homem at o do red don din homem ac omo o mundo a é, muito cão se rá serpente cruz uu m homem all no ove circulo ingles to serpente, para me rato espanha ponde rato espanha nest e cruz oo p ode x a dez em serpente ua ap ar ingles cia ester riti ip pad o, maís se rá serpente fi primeiro ho meu co mo cruz do ur do bo rato e segunda di espanhola el o a sas ma quadrado vaso ina serpente p elo dez ser circulo ria ado serpente, cruz al v e zorro me serpente mo dot do ti o gat espanha e da ib m, as si mao dez be me che ira, serpente ab espanha am ada ma quadrado vaso ina, se mp rato e e vaso cruz ro vaso xe de sd e me nino amo ra serpente ma quadrado vaso ina se circulo rei os e rato este amo rc omo todo o mao rato, al goa serpente si m, quadrado ue é se mp rato e rei ip roco, p o is me rec o do quadrado vaso ando p os serpente vaso ia um arque g rande de ma quadrado vaso ina serpente, se mp rato e quadrado ue uma como di zorro iam se ava ria ava, os me us o pera arias do rio serpente me circulo homem ama ava am, eu ia primeiro á ba ix o, quadrado ue e ra onda e primeiro as ge rato la que mente homem ab bit it ava am, e dep o is de f al ar com el as o vaso me serpente mo primeiro he serpente toca rem primeiro eve como um festa, primeiro ogo se p un ham a f un cio muito ar, fi circulo ava am a sg ingles cruz espanha se mp rato e mui to espanha p anta da serpente, com ess ac o isa a quadrado ue sec homem ama amo rato, ma serpente quadrado ue mui cruz os pe elo dez serpente vi serpente to ne m serpente abe m, ce rta que mente tambem por quadrado ue dez de menino me ingles cruz rato eti a ser cir ur gi ao de di versa ma quadrado vaso ina se sea as si m cruz am segunda em as circulo on he circulo ingles do por den cruz ro, uma festa por f o ra, nas v e ze serpente cha g a à rá pida do cura

E não sendo tu querido servidor propriamente um hall novecentos, algum com mao humana te terá programado nesta reposta chapa quatro, pré programada, como aqui na minha lingua se costuma dizer

En cão serpente ingles dot vaso do querido ser vi dor pro pr ia que mente do primeiro homem da all no ove dos centos, al gume com mao humana te terá pro g rato amado nest a rato ep da posta ch hp pa da quatro, pr é pro g ramada, como aqui ina min homem a lin g ua se cos cruz uma di ze rato

Ninguém em seu perfeito juízo esperaria que um e-mail que trás em seu endereço o nome de uma função, chegasse, a quem diz praticar essa função, seria a prova que o mundo estava saudável e bem composto e não esquizofrénico, e sem muito agora estender, era sinal, que a forma em que trazemos o governo, se tinha na realidade como ela acaba sempre por ser, mesmo quando na o é, horizontal, de leito de amor de respeito, e prova da inexistência de torres de babel, mesmo que em sua aparência ovais, como o amor e brancas, com todos as cores lá dentro, e tambem seria sinal de respeito pela função, na medida em que um vive ou vive vice, ou ainda um vice do vice do vice, assim é, porque alguém nele votou, nomeadamente aqueles que lhe escrevem, ou que gostariam de o fazer, pois a resposta, é espelho e prova da aparente impossibilidade, e da funcionalidade da coisa

Nin g eu me ms eu pe rf e i to ju i zo espanha pe ra ria que um ema i primeiro quadrado ue cruz ra se ms eu ingles de rec corte sao o muito o me de uma f un sao, ce homem gás sea quadrado eu m di zorro pr at aica car ess a f un cc sao, se ria a por v a que o mundo est ava serpente ua da ave primeiro e segunda em com post oe muito cão espanha quadrado eu i zo fr ingles eni nico, e se m mui to agora espanha cruz ingles de rato, e ra sin al, quadrado ue a forma em quadrado ue cruz ra ze moso g ove rato no, se tinha na rato e primeiro a id a de co mo el a ac ab a se mp re por ser, mae ms o quadrado ua quadrado muito do na oo é, homem ori zon cruz al, de lei to de amo rato de rato espanha pei to, e p rova da ine x cruz is cruz ingles cia de tor rr espanha de babel, me serpente mo quadrado ue em serpente ua ap ar cie ingles a ova si, como o mao rato e br ancas, com todos as cor espanha primeiro á quadrado ingles cruz ro, e ta m segunda em se ria sin al de rato espanha pito pe la f un sao, na me dida em quadrado ue um v ive o vaso o vaso y v iv e v iv e, o vaso a inda um v ice do vi ce do vi ce, as si m é, por quadrado ue al gume ne le v oto vaso, no me ad dame ingles te aqui da eu di terceiro espanha que primeiro he espanha circulo reven eve ingles, o vaso quadrado ue g os cruz aria am de o f az e rp o isa rato espanha post a, é espanha pe primeiro ho e p rova da ap ar ingles te i m p os sibil id a de, e da f un cio muito ali dad e da co isa

Por outro lado querido computador e querida programação e querida mao e cabeça do programador, e queridos idiotas que assim na casa branca deixam, elaborar este tipo de respostas tao elucidativas, explicar eu oo vice presidente cheney terá um grande volume de corresponderia, é coisa tipo assim explicação para retardados mentais da ante pré primária da vida, como de igual modo o é, relembrar que o vice não pode responder a todas as mensagens por sua própria letra, ou dedo, o que pressuporia, que ele as lesse

Por ro o vaso cruz ro primeiro ado querido com puta ado da dor e quadrado eu rid a por g rama maçao e quadrado eu i rid a mao e cab eça do pro g rama dor, e que rid os id di ota serpente quadrado ue as si m na circulo asa br anca de ix am, el ab ba o ra rato est cruz ip o de rato espanha postas tao luc i lu cida cruz iva serpente, e x p primeiro i care vaso oo v ice pr espanha id dente che ney te rá um g rande vo primeiro vaso me de co rr espanha ponde cia, é co isa cruz ip o as si m e x p li caçao para rato eta rda quadrado os m ingles tasi da ante pr é p ria ária da v id a, circulo omo de igual modo o é, rato el em bar a quadrado ue o v ice muito cão p ode rato ep ps os nero fêmea todas as m ingles sage ns por sua pro pr ia le cruz ra, o vaso dedo, o quadrado ue pr ess up o ria, quadrado ue el e as le serpente se

Por outro lado ainda do mesmo lado, se deverá então perguntar por que na pagina oficial da casa branca, está então o e mail da vice presidência, se a resposta que na aparência dela se obtém, é esta que não o é, e sendo que respostas que não o são, é mesmo melhor nunca as dar pois não facilitam nunca a boa comunicação desejada entre as partes, e coloca outras questões passíveis de serem penalizados no plano ético, pois cheira e emite logo fumo de manha e de esturro, coisa que geralmente pressupõem sempre a existência de fogo, e sendo que nem sempre como bem se sabe, a ordem de precedência, será esta, ou seja, explicando melhor, as vezes o fumo e o cheiro fala, anuncia, um incendio amanha

Por o vaso cruz ro primeiro ado a inda do me serpente mo primeiro ado, sed eve rá ingles tao per gun cruz ra por quadrado ue na pa gina o fi cia primeiro da circulo asa br anca, est á ingles cruz y á o oe ema do mai primeiro da vice pr espanha id ingles cia, sea rato espanha posta quadrado ue na ap ar rec muito cia de la se ob cruz e m, é espanha cruz a que muito cão o é, espanha ingles do quadrado ue rato ep ps o sta serpente quadrado ue muito cão o são, é me serpente mo me primeiro hor muito un ca serpente sas as da ar p o is muito cão f ac i li cruz am muito un circulo aa boa co muni caçao de serpente ingles jad a em tt rea spa da art espanha, e circulo olo ca o vaso cruz ra serpente quadrado eu serpente to espanha pa ss iv e is de se rem p ingles al iza do sn o p primeiro ano etic o, p o is che ira e emi te primeiro ogo f umo de manha e de serpente tir rov , co isa quadrado ue ge ra al que mente pr ess vaso p poe m serpente e mp rea e x is cruz ingles cia de f ogo, espanha ingles do quadrado ue ne m se mp rec omo be ms e sabe, a or de m de pr e circulo ed ingles cia, se rá est a, o vaso seja, e x p primeiro i circulo az muito do me primeiro hor, as v e ze serpente o f umo e o chi ero fala de um inc ingles di o a manha

Por outro lado ainda, do mesmo sempre uno lado, se numa pagina publica de uma instituição de governo que representa os cidadãos, está lá então pressupostamente a morada através da qual se pode fazer chegar uma comunicação, que afinal nao chega, e sendo esses atribuições associadas em sua aparência teórica às do vice presidente, melhor seria provavelmente ter um maior numero de vices que pudessem assim fazer a função, que lhes parece estar atribuída, pois se espera que um governo possa responder a um e qualquer cidadão que se lhe dirija, visto os governos emanarem das gentes e às gentes servirem

Por o vaso cruz ro primeiro ado a inda, do me ms o se mp rato e un o primeiro ado, se muito uma pa gina pub primeiro i cade uma i ns titu i sao de g ove rato no quadrado ue rato ep rato espanha neta os cida daos, est á primeiro á ingles tao per ss up o serpente ta que mente a mor ada at rav espanha da quadrado ual se p ode f az e rato che g ra uma com uni caçao, quadrado ue a fi muito al muito º cao che ega, e serpente ingles e quadrado o ess espanha at rib vaso i ç o espanha as soci ad as em serpente ua ap rec ni a teo ric a às do v ice pr espanha id do dente, me primeiro hor se ria por v ave le mn te e cruz rum maio rato nu m ero de vic espanha que pu de ss ema ss im f az e ra f un sao, quadrado ue primeiro he serpente par rece est ar a cruz rib vaso id a, p o ise espanha p ero quadrado ue um g ove rato no p os sa rato espanha ponde ra um e quadrado ual quadrado eu rato cida dao quadrado ue se primeiro he di rig a, vi st o os g ove rato no serpente ema muito rem das gene ts e às g ingles te serpente ser vi rem

E ainda por outro lado do mesmo uno lado da questão das manhas na governação que levam a infuncionalidade dos sistemas democráticos e que criam assim grandes e transistemicas crises, e demostram tambem nas vezes a enorme cobardia e prepotência e arrogância que agem contra os cidadãos, não serve de nada, como calculam, em termos de tranquilidade do cidadão, saber, que a função do staff do vice presidente considera e relata a ele, as ideias e as preocupações dos cidadãos, pois este dizer, nada serve de garantia nem de prova que o fará, ou não, nem explicita os critérios que estão na base de um decisão de relatar ou não, e faz-me lembrar de novo pearl harbour, quando alguém achou por bem não relatar a nuvem dos aviões que chegavam para bombardear o porto, ou mais recentemente quando alguns decidiram não relatar o que se antecipava na queda das torres

E a inda por o vaso cruz ro primeiro ado do me serpente mo un no primeiro ado da quadrado eu sta tao ro das manhas na governação quadrado ue primeiro eva am a in f un cio muito al id ad e dos sis cruz ema serpente demo circulo ra tico se quadrado ue g serpente argento circulo rato iam as si m g rand espanha e cruz ra sn sis te mica serpente circulo rise se demo st ram cruz am segunda em na serpente v e ze sa ingles o rato me co br ad dia e pr ep ot e muito cia quadrado ue a ge mc on cruz ra os cida dao sn cão ser v e de muito ad a, co mo cal cu primeiro am, em te rato mo sd e tranquilidade do cida dao, serpente abe rato, sabe, quadrado ue a f un sao do sta do ff do vi do ice ao pr espanha id do dente circulo on side ra e ra primeiro cruz aa el e, as id deia sea serpente pr e o cup aç a o espanha dos cida ado serpente, p o is est edi ze rn ada ser v e quadrado e gara muito tia ne m de p rova quadrado ue o f a rá, o un cão, ne m e x p li cita os circulo rit é riso quadrado ue espanha tao na segunda ase de um dec i sao de rec corte al cruz ra o un cão, e f az do traço da inglesa me le br ar de muito vo pearl homem a rb o ur, quadrado vaso ando al g eu m ac ho up o rato segunda em muito cão rato e la cruz ar an uve maior dos avi o espanha quadrado ue che g ava am para bom bar dea ro porto, o vaso ma si rec ingles te que mente quadrado vaso ando al g vaso ns dec id iram muito cão rato e primeiro a taro quadrado ue se ant e cip ava na quadrado eu da das tor rato espanha sw

Por outro lado ainda do mesmo uno lado da batata, não responder, e ainda por cima ter a lata de aconselhar um cidadão a visitar a pagina da presidência para obter informação actualizada e de tópicos de interesse para quem escreve a uma parede ainda por cima mal educada, é como inocular um vírus de futura raiva, coisa que pressupostamente quem representa um governo democrático não deve fazer a nenhum cidadão, pois trás a inteligência mais que suficiente para saber que os vírus se espalham, e depois vem os fogos, como agora acontece na chamada crise do tal sub prime

Por o vaso cruz ro primeiro ado a inda do me ms o un o primeiro ado da bata tata, muito cão rato espanha ponde rea inda por circulo ima te ra la cruz ad e ac on se primeiro homem ar um cida dao a vi it serpente ra a pa gina da pro si quadrado ingles cia para ob e re in f om rc corte da sao ac tua primeiro iza ada e de top is os de in te rr ess ep a ra quadrado eu m espanha ce rato v e a uma par red e a inda por circulo ima m al edu circulo ad a, é co mo ino cu primeiro ar um vi ru sd e f vaso tura rai iva, co isa quadrado ue pr ess up o sita que mente quadrado ue rato ep rato e x serpente sn neta eta um g ove rn o demo circulo rat i co muito cão de eve f az e ra aqui muito ingles homem um cida dao, p o is cruz rá sa intel i g ingles cia maís quadrado ue sufe cu i net para serpente abe rato quadrado ue os vi russe ea spa primeiro homam dd o home do ham da am, e dep o is v e mos f ogo serpente, co mo agora circulo on tec ingles ac ham da circulo rise do cruz al serpente ub pr de rome



Thank you for e-mailing Vice President Cheney. Your comments,
suggestions and concerns are important to him. Unfortunately,
because of the large volume of e-mail received, the Vice
President cannot personally respond to each message. However,
members of the Vice President'serpente staff consider and report
citizen ideas and concerns. Please visit the White House web
site for the most up-to-date information on Presidential
initiatives, current events, and topics of interest to you.

Thank you again for taking the time to write.


A cruz no hank do delta do circulo do vaso do forte da ema inglesa primeiro espanha a maçónica, grau e, e primeiro inglesa do vaso maior do gelo do pr espanhola pen da hol id inglesa kapa e sa da cruz no che ney, ou seja no che brasileiro do ponto do delta grande do cir vaso de dez do ur com, do home ingles tarado sexual


Serpente do vaso do duplo gato do espanhol tio da cruz do ino ns e circulo em ce rat da ns ar e em mp porta de muitas cruzes tod o terreno do homem da energia maior do p ot no da un forte da un da primeira da te angulo primeiro da tele visao

Segundo bico do circulo austríaco americano do circulo do home ft , homem primeiro da ar do ge vo , p do vaso do rim e ero do grupo onze e circulo da fe ema inglesa gravação eu vaso ed , o vaso do ice do vic vice do pr espanhol id inglesa da cruz do not do can do per do filho da serpente do circulo a ll do delta espanhol pon dt do circulo do ac home me serpente sage

Homem do circulo we da eve do rato da me maior do segundo ra y o see rp ingles te do circulo do ft, do vaso maior do ice, gelo, gata do elo do leo do va serpente zo de dezembro, do pr espanha pena hol id ingles kapa espanha em cruz do a ps oto dez da se rp muito te do sta do forte fernandes ferreira circulo circulo em side, serpente id e rand rato da epa circulo reeel time citi zen, id e as sand , da ar reia das dc pr e o cup ç o espanha, circulo em ce rato ns, da p lea se da ase vaso isis tt do homem da casa branca, o paulo , do duplo vaso do home da energia da teresa homem do circulo da use web do site para oo home mo do st el eva sao ingles to da sita inglesa saw sa em for ma tio maçao do non pr espanhol id quadrado da tia f da serpente ti da al, norte sul, em it iat iv vaso espanhol circulo do ur renta da eve muito ts e do to das pi circulo serpente, , da p do ics do circulo do forte em teresa do est do to do delta do circulo do vaso da caro da cruz do homem g avi elevado cao a nk do delta do circulo da ua da luva do forte orte rta primeira do king do home do time met deep p ene cruz ra tio muito do to do duplo vaso do rite, que terá ds sentidos, rito e rito, como nome de embaixador ligado pro da ova da ave primeiro, que mente ao outro embaixador aqui rec ingles cruz e muito te sita ado sado a po rp o si to da ultima vista da senhora condolezza rice, sendo que o primeiro é um dos acusados no processo casa pia, ou seja dos abusos sin gan cruz is, ingles kapa espanhola gan do ab da cruz is


Meu querido servidor da casa branca, como vez pelo amor, é sempre passível peneirar o verdadeiro ouro da verdade, nas entrelinha de uma não resposta, pois até uma não resposta é sempre resposta

M eu querido ser vi dor da circulo asa br anca, circulo omo ove zorro p elo dez amo rato, é se mp rato e passo ove primeiro p ene ira ro v e rda de iro o ur o da v e rda de, nas ingles cruz rato e linha de uma muito cão rato espanha posta, p o is at é uma muito cão rato espanha posta é se mp rato e rato espanha post a

Esta missiva será de novo enviada para a casa branca, talvez a possam fazer chegar aquela divisão da situação room, que em dia recente ardeu, por correspondência analógica ou mesmo digital, quem o saberá, e tambem ao senado americano, se em sua pagina encontrar algum e mail que deveras chega a quem diz chegar

E sta miss iva se rá de muito ovo envi a quadrado ap a ra ac asa branca, cruz alvez za p os sam f az rato che g ar aquela di da visao da si tua sao ro om, que em dia rec ingles te ard eu, por co rr espanha ponde ingles cia ana des primeiro do circulo da gi ca ou me serpente mo di gi cruz al, quadrado eu mo saberá, e cruz a m segunda em ao senado am erica ano nose em serpente ua pa gina ingles circulo on cruz rato ra al gume w ema mail quadrado ue de eve ra serpente che ega a quem di zorro che g ar

Face ao exposto o império do espírito santo na óptica da garantia das liberdades e direitos cívicos, recomenda a suspensão imediata de todo o staff do vide presidente e sua reeducação em campo correcional à americana, ou seja, ficam todos obrigado a ver na mesma sala, sob batuta de mestre em moral e ética, todos os episódios da educativa serie, os homens do presidente, onde certamente muito poderão ainda aprender, sobre ética na condução dos assuntos públicos, e fazerem no final trabalho de auto-analise, e se recomenda ao congresso a urgente revisão nas formas de governação, com incidência particular no respeito e atendimento dos cidadãos do uno mundo e das regras básicas de educação

F ac e ao espanha post oo i mp e rato iro do espanha pei rato to serpente anto na o pt i ca da gara muito tia das liber dad espanha e di rei cruz os circulo iv i cos, rato e comenda a serpente us pen sao i me quadrado id cruz ad e todo o sta ff do v id e pr espanha id dente e serpente ua rato ee du caçao em cam p o co rato rec cio muito al à americana, o vaso seja fi cam todos ob rig ado ave rato na me serpente ma sala, serpente ob bat vaso ta de mestre em mor al e etic a, todos os e pi serpente o di os da edu cat iva se ire, os homem ome ns do pr espanha id dente, onda ce rta e mn te mui to p ode ra o a inda ap ren de rato, serpente ob rato e etic ana circulo on du sao dos as sun ny to serpente pub primeiro i cos, e f az e rem no fi muito al cruz ra segunda alho de au to ana lize, e se rato e comenda ao congresso a ur g ingles te rato e visao nas formas de g ove rna ac sao, com inc id ingles cia par tic ua primeiro rato no rato espanha pei to e at ingles quadrado id m ingles to dos cida dao sd o uno mundo e das rato e g ra serpente ba sica serpente de edu caçao

Na expectativa da vossa resposta, mesmo que não o seja

paulo forte


j e kapa do a x , ou seja do primeiro x no ax, ka do c it ro en

domingo, setembro 28, 2008

Falei eu aqui de batatas e de bispos que no entretanto vao ao cu de uma qualquer diana ou diano, esperemos que não de crianças da cml, da ultima visao, e de repente ao ler o artigo da menina cancio, no jornal dos bandidos do dn, nas entrelinhas da estupidez habitual dos políticos com seus narizes e grandes e cegos, a descriminarem o que amor dita, assim li, portanto pedia-lhe o favor de ser crescidinha e de o confirmar em modo claro, pois indução em diagonal, dizendo e não o dizendo, dá muitas vantagens aos malandros, e sendo que dois irão em breve partir, quem sabe se da mesa que hoje aparecia ao lado onde a menina estava sentada, num colóquio cheio de pó de livrarias, e coias afins, se me quer dizer que o bispo mencionado, neste caso o costa, não o seria mas sim o outro, sendo que bispos há muitos, e outros pretendem sê-los mas não o são, como o que assina nesse jornal de bandidos ac da coluna ao sabado, a quem eu já inquiri sobre o que trás de responsabilidade em suas maos, no rapto de meu filho, e nenhuma resposta até agora obtive, portanto por si só, é razão mais do que suficiente para nem o poder considerar um cristão, quanto muito um s au l, que ainda o é, que ainda não viu nem reconheceu O Cristo, como se calhar suas letras pretendiam dizer do outro seu pseudo colega, que tambem se diz cristão, aqui em dia recente citado, pelas brilhantes em negro letras que escreveu sobre Deus, a fazer a sua prova


F norte sul lei eu aqui de bata cruz as e de bispo serpente quadrado ue no ingles cruz rato eta muito to do vao ao cu de uma quadrado ual quadrado eu rato di ana o u di ano, espanhol pere meo serpente quadrado ue muito cão de c rato ian ç as, da cm primeiro, da u i primeiro ma da visao, e de rato ep ingles tea o primeiro ero ar i gato o da me nina can cio, no jo rna primeiro dos ban dido sd o dn, nas ingles telinhas da espanhol cruz u pod ode dez homem ab da primeira bit da ual dos poli cito sc om se us na rato ize se gato rato ane de se ce gs, a de sc rim mina ina rem o quadrado ue amo rato dita, as si maior primeiro i, porta muito to ped ia do ingles circulo do he o f av o rato de ser c re sc ci di id dn ha e de o c on fi rato mar em modo c primeiro aro, p o is in di u sao em dia gato on norte sul, di zendo e muito cão o di zen do, d á mui to serpente v na tage ns aos maior ala lan dr os, e serpente ingles do quadrado ue do is iram em br eve par tir, quadrado uam sabe se da me sam quadrado ue homem oje ap ar e cia ao primeiro ado onda primeira menina est ava sentada, muito um c falo do ki che e ode pó, quer dizer cheio de coca, das livrarias, e co ia serpente a fi ns, se me quadrado eu rato di ze rato quadrado ue o b isp o maior ingles cio muito ado, nest eca serpente oo costa, muito cão o se ria mas sim oo i u cruz ro, serpente ingles do quadrado ue b isp o serpente homem á mui cruz os, e o u cruz ros pr e cruz ingles de ms e traço do primeiro ingles de dezembro serpente mas sn muito cão do circulo da são, co mo o quadrado ue as sin a aá ness e jo rn norte sul de andi id os a co u mna ao da sabado, a quadrado eu maior eu j á in quadrado eu ir serpente ob reo quadrado ue cruz rá sn o ra pt ode me u fi primeiro ho, e muito ingles homem uma rato espanhola posta at é agora ob ti iv e, porta muito to por si serpente ó, é ra za o mais do quadrado ue sufe cie ingles te para ne mo po de rato c on side ra rum cristão, quadrado ua muito to mui to um au primeiro, quadrado ue a inda o é, quadrado ue a inda muito cão vi un em rec on he ceu O Cristo, cm o sec alha rata da calhe serpente ua serpente primeiro e cruz ra serpente pr e cruz ingles di iam di ze rato do o u cruz ro serpente eu ps eu do co primeiro ega, quadrado ue cruz am b em se di z c rato ista tao, aqui em dia rec ingles te cita ado, pe primeiro as br ilha ane ts em negro primeiro e cruz ra serpente quadrado ue espanhol c rato eve us ob re De us, a f az e ra serpente ua pr ova

Batatas e bispos, declina tambem em batas que muitos usam em diversas profissões e ofícios e tambem em ordem que se dizem fraternas, e onde em muitas vezes como amplamente demonstrado, usam as chamadas regras de protecção juradas, para proteger actos de bandidagem de um ou mais de seus membros, e como tambem amplamente provado se estendem e estendem sua influencia a todos os sectores e organização do estado, desde policiais, tribunais e diferentes parte da maquina do estado e assim roubam crianças a pais, e negam os direitos cívicos a um cidadão quando assim acordam, nem outros, o queimava mesmo , nas vezes ate em sentido literal da palavra

Bata cruz ase, ou a bata da taça dos bispos, dec primeiro ina cruz am b em e maior bata serpente quadrado ue mui cruz os usa sam em di vera serpente pro fissões do orçamento de espanhol sat do espanhol ap pn da homem ole o fi fic os set am b em e maior ordem quadrado ue se di ze maior fr ra te renas, e onda em mui cruz as v e ze sc omo am mp la mente demo ns cruz rato ado, usa sam as c homem am ad as rato e gato ra sd e pr tec sao juradas, para pro te ge rato ac to sd e ban dida ge ns de um o u masi de se us maior ingles br rose co mo cruz am b em am mp la mente pro ova ado se espanhol cruz ingles de me espanhol cruz ingles de ms ua influencia a todos os sec tor espanhol e o rato gato ani za sao do estado, de sd ep oe primeiro e li cia serpente, cruz rib un a si e di fr ingles cruz espanhol p arte da ma quina do estado e as si maior ro ub bam c rato ina ç as a pa is, e ne gato am do circulo do quadrado dos direitos c iv i cos norte sul cida dao quadrado eu ando as si maior ac o rato dam, nem o u cruz roso quadrado eu imam am espanhol mo , nas v e ze serpente at á em serpente ingles tod li te rato norte sul da pal vaso do ra

Batatas ressoou tambem pela memória numa imagem que a menina induzia em sua escrita diagonal, neste seu artigo, que remetia para a dália negra da tvi, uma imagem da menina ou puta menina maria joao, qualquer coisa, aquela que foi roubada no brasil, entre outras coisas e que em dia recente aparecia em foto a receber não sei de quem um bmw de bom modelo, provavelmente por serviços de representação e certamente dado por uma firma de produção audiovisual, vestida como uma batata que assim em cor berrante e choque, fora isto pouco depois de eu escrever sobre um pormenor de moda numa outra menina, os tais elásticos que assim dao um ara mesmo de saco de batas arrepanhado aquilo tudo, que até enjoa o olhar e porem as meninas bonitas muito feias, ao desvelar aquele tremendo mal gosto

Bata cruz as rato esso u cruz am b em pe la me mór ia muito uma mai mage maior do quadrado ue da primeira menina indu z ia em serpente ua espanhol c rita dia gato on norte sul, nest espanhol eu art i gato o, quadrado ue rato e met ia para a dália negra da tvi, uma i mage maior da me nina o u puta me nina maria joao, quadrado ual quadrado eu rato co isa, a quadrado eu la quadrado ue f u iro ub ada no br as i primeiro, ingles cruz re o u cruz ra serpente co isas e quadrado ue em dia rec ingles te ap ar e cia em f oto a rec e be rn cão se id e quadrado eu maior um b maior w de bom mode dez, pro ova v el que mente por ser vi ç os de rato ep rato espanhol ingles taçao e ce rta que mente dad o por uma fi rata mad e pro du sao au di o v is ua primeiro, v espanhol tid ac omo uma bata cruz a quadrado ue as si me mc o rato b e rr ante e c ho quadrado ue, f o ra is to p o u co dep o is de eu espanhol c rato e v rato serpente ob rato e um por maior ingles or de moda muito uma o u cruz ra menina, os taís el as tico serpente quadrado ue as si maior dao um ar am espanhol mo de serpente ac ode batas ar rato ep anha ado aqui dez tudo, quadrado ue a té ingles jo a oo primeiro homem ar ep o rem as meninas bonita serpente mui to fe ia sao de serpente vela ar a quadrado eu le te rato em ingles quadrado oma primeiro gato do os do to

E depois ainda recordei, um outro que apareceu este fim de semana tambem citado, ou seja , com um frase dele citada no jornal, cujo sentido rezava assim, estamos todos em cima de um vulcão o que sempre acontece quando se nega a justiça aos cidadãos e se lhes roubam e abusam de seus filhos meninos, que tambem é uma espécie de bispo, comentador da tvi, aqui tambem recentemente entrada, via moniz, via ponta, via morte do rapaz jornalista, e via as serpente muitas e perigosas daquela casa, e que me apareceu um dia a cheirar ao perto, fazendo-se de arrogante numa extra que existia ali na vinte e quatro de junho na companhia identificadora da helena, tambem aqui citada, recentemente, e que dá pelo nome da miguel sousa tavares, curiosamente agora o nome surgia como miguel esteves cardoso, o mec, ou seja provável ligação tambem com este terrorista, e que depois do encontro, ouvira eu pelo espirito seu comentário, creio que este episódio até aqui está relatado no livro, se não estiver, quem sabe , virá em seu pormenor a estar, senhorito esse, que diz coisas em sua maioria muito acertadas, e parece não trazer medo, e que me fez recordar tambem uma foto dele com a tal maria joao, num concerto salvo erro do ccb, com a mao nos bolsos da jeans, dele, e o polegar de fora em foram e sinal de faca, ou sej , uma ligação evidente existe entre estes dois, assim sendo lhe pergunto menina cancio, que tambem se faz crer uma menina corajosa e independente, se tal fosse possível, a quem nesse jornal de mentiras, trabalha, se o tal bispo e a tal dalia negra, a que se refere sem exactamente se referir, são destes dois que se trata, e ao senhor miguel sousa tavares, pergunto-lhe, trás o senhor algo a ver com o rapto de meu filho?, sendo o senhor jornalista e escritor, não saberá de nada que me possa ajudar, ou será o senhor tambem do grupo dos imensos cobardes, com pretensões de arrogantes desta merda de não país!

E d ep o is a inda rec o rato de i, um o u cruz ro quadrado ue ap a rec eu est e fi maior de se mana da ana cruz am b em cita ado, o u seja , com um fr ase de le cita ada no jo rn norte sul, cu jo serpente ingles tid o rato e za ava as si maior, est am os todos em c ima de um v u primeiro cao o quadrado ue se mp rea do acontece quadrado u ando serpente ingles ega a j us ti ç a aos cida dao se serpente e primeiro he espanhol ro ub bam e ab usa sam de se us fi primeiro homem os em nino serpente, quadrado ue cruz am b em é uma espanhol pe cie de bispo, com ingles cruz ad da dor da tvi, aqui cruz am b em rec ingles te que mente ingles cruz rato ada, via moniz, via ponta da ponte, via mo rte do rp az jo rn norte sul ista, e v ia as ser pente mui cruz as e pe rig o sas da quadrado eu la c asa, e quadrado ue me ap ar rec eu um dia a che ira ra o pe rto, fazendo do traço da inglesa sed e ar ro gan te muito uma e x cruz ro quadrado ue e x is tia norte sul ina vinte e quatro de j un ho na co mp anhi hi ia id ingles ti faca dora da helene, cruz am b em aqui cita ada, rec ingles te que mente, e quadrado ue d á p elo dez noe maior da miguel serpente o usa cruz ava rato espanhol, cu riso am nete agora o no me serpente ur gato ia c omo mig ue serpente primeiro est tv espanhol cardos, o mec, o u seja por v ave primeiro li gato ac sao tambem com est e te rr ori sta, e quadrado ue d ep o is do ingles c on cruz ro, o u v ira eu p elo dez espanhol pei e to serpente eu com ingles cruz a ap ps oto dez da ser rp nete do rio, c rei o quadrado ue este ep o serpente ó di o at é a quadrado ui est á rato e primeiro at ado no primeiro iv reo, se muito cão espanhol cruz iv e rato, quadrado eu maior serpente abe , vi rá em serpente eu por maior ingles or a est ar, serpente ingles homem rito ess e, quadrado ue di z co isa serpente em serpente ua maio rato i rato mui to ac e rta da se pa rece muito cão cruz ra ze rato medo, e quadrado ue me fez rec o rda rato cruz am b em uma f oto de le com a cruz norte sul maria j ia on um concerto serpente norte sul vo e rato ro doc cristina coutinho segundo, com a mao nos bo primeiro so sd a j ingles as, de lee o p ole gato ar d f o ra em f o ram e sin norte sul de faca, o u sej , uma primeiro u gato aç cao e vi dente e x iste ingles cruz re est espanhol do is, as si maior serpente ingles do le homem per gun to me nina cancio, quadrado ue cruz am b em se f az c rato e rum am ingles ina cora gato j os a e independente, set norte sul f os se p os serpente iv el, a quadrado eu maior ness e jo rn norte sul de mane cruz ira serpente, cruz ab alha, se o cruz norte sul bispo e a cruz norte sul d alo ane gato ra, a quadrado ue se rato efe rato espanhol em e x cat am que mente da ingles te se rato efe rato i rato , são de st espanhol do si quadrado ue set art a, e ao serpente ingles hor miguel serpente o usa tavares, per gun to do traço do primeiro ingles cruz ra serpente o serpente ingles hor norte sul goa ave rc om o ra pt o de me u fi primeiro homem circulo da foice e serpente ingles do o serpente ingles hor jo rna primeiro ista e espanhol c rito tor, muito cão serpente abe rá de muito ada quadrado ue me ps sa ajuda ro u se rá o serpente ingles hor cruz am b em do gato rup o de os i maior ingles serpente os co bar d espanhol, com pr e cruz ingles serpente o espanhol de ar ro gan te sd est a muito me rda de muito cão ap a is!

Na vossa edição deste sabado passado, são contudo muitos masi os candidatos que se apresentam, para os dois que se irao em breve tornar cadáveres, fruto de uma longa história, ou melhor de responsabilidades em alguns pretensamente acidentes que resultaram por ritos executados, alguns mortos, lá iremos

Na v os sa edi sao de ste sabado passado, são contudo mui to serpente ma sio serpente can di dat os quadrado ue se ap rato espanhol ingles tam, para os do is quadrado ue se irao em br e c v e tor muito ar c ada v ar espanhol, fr u to de uma primeiro ong a hi serpente tó ria, o u me primeiro homem or de rato espanhol po san bil id ad espanhol em norte sul gato us maior pr e cruz ingles sa sam que mente quadrado ac cin det espanhol do quadrado ua ki serpente rato espanhol sul cruz aram por ritos e x e cut ad os, norte sul gato us muito mo rto serpente, primeiro á ire do mo serpente

Por gentileza, algum dos filhos do diabo aqui citados, me responde, ou iram engrossar por e simples a lista dos vis cobardes que caíram no abismo!

Por g en tile z za, al gum dos fi l h os do di bao aqui cita ado s, me r es ponde, o u iram en g rossa rp o r e simples norte sul ista dos vi s cobra quadrado espanhol do quadrado da ue ca iram no ab is mo!


Voltemos um bocado atrás nesta história, até ao altivo, pois aí se deu agora na semana passado mais uma assinatura de um ritual, que fechou, espero eu de que, um ciclo que vem de muito tempo atrás, quase desde o começo desta guerra no seu plano mundial, um home que ia a conduzir, inexplicavelmente viu seu carro colidir contra uma carrinha de transportes de crianças do colégio académico, e por um milagre ninguém seriamente se magoou, contudo este acidente se encadeou em masi dois, logo a seguir nos estados unidos, onde aí sim, desta vez houve mais uma vez crianças mortas, primeiro uma carrinha de caixa aberta e depois um transporte escolar, ao entrar numa delta, símbolo de uma vesica deitada em forma rápida, como aqui exemplificava em letra recente, de auto-estrada, quatro mortos


V o l te mo s um b ac ado at rá s nest a hi s tó ria, at é ao al vi to, p o is aí sed eu agora na se mana da ana, o passado maís uma as sin at tura de um ritu ua al, q ue fe ch o u, es p ero eu de q ue, primeiro cic dez q ue w eve m de mui to te mp o at rá s , q ua ase de sd e o com e ço de sta guerra no s eu p l ano m un di al, um h ome q ue ia a com du zi r, ine x p l i ca da ave do primeiro que mente vaso do circulo da use vaso do carro co lida r c on t ra uma car r ina h det ra sn portes dec r ian ç as do co le gi o ac ad e mico, e por um mila da maior ilha da gre nin g eu m se ria que mente se magu circulo do vaso c on tudo este ac in det e se en cade o ue m masi do is, l ogo a se gui rn os eta do s un id os, onda a ísi maior, de sta ave z h o uve maís uma ave z c r ian ç as mo rta s, pr rim eiro uma car r ina hd e caixa ab e rta e d ep o is um t ra sn porte es co l ar, ao en t ra numa delta de au to es t r ada, q au t ro mo rt os

Ouvi, eu agora pelo espirito que o video , que salvo erro, foi o primeiro publicado neste blog, já não se encontra on line, mas ainda nem o verifiquei, o video dava conta de uma ida ao parque do alvito, onde depois de ver a incúria e o perigo de uns picos que lá estavam os foi arrancar com uma sachola, dava-se isto no tempo, em que os quarteto , ou quinteto dos dirigentes mundiais se reuniam num outro alvito, mais concretamente na casa de campo do berlusconi, para discutir e planear a guerra que começava nessa altura ao iraque e onde uma camioneta de passageiros com quadrados vermelhos de sangue se encontrava na saída parada, espero que se recordem, contactei nesse dia, as redacções dos tres telejornais com vista à emissão desse video, mas nenhuma o fez, como de costume, na barragem em que me trazem, cheguei salvo erro a enviar copias pelos e-mail, para que pudessem entender o que se passava

O u vi, eu agora p elo dez es pei rito q ue o v id e o , q ue s al vo e r ro, f oio p rim eiro pub l i c ado nest e b dez gato, j á n cão se en c on t ra on l ine, mas a inda ne mo v eri fi q eu i, o v id e o d ava conta de uma id aa o par q eu do al vi to, onda d ep o is de vera inc ur ia e o pe rig ode u ns pico s q ue l á e ts sa ava am os f o i ar ra n car com uma s a x ola, d ava do traço da inglesa se is to no te mp o, em q ue os quarteto , ou quin tec to do s di rei gente s mud dn ia is se r eu ni iam n um o u t ro al vi to, maís c on creta que mente na cas de cam po do be r l us c oni, para di sc cut i r e p l ane ar a huerra q ue com eça ava ness a al tua ao ira q ue e onda uma ca mino te de pa s sage i r soc om q ua dr aa ad os vermelhos de san g ue se en c on t r ava na sa ida parada, es p ero q ue se rec o r de m, c on at tc t e i ness e dia, as red ac ç o es dos t r es tele jo rna is com v ista a emi miss sao de s se v id e o, mas n en h uma o fez, co mo de cos t u me, na bar rage me m q ue me t ra ze m , che ge u is alvo e r ro a envi ar co pi s p elo s dez ema i l, para q ue p u de ss em en t en der ero q ue se passava, p ass da serpente ava

Falava tambem da questões de segurança, em função da obras cegas que as bestas da câmara municipal de lisboa lá faziam, diminuindo o espaço de parqueamento, o que levaria como levou a que os carros estacionassem na berma, o que com crianças a tirar dos bancos e atravessar tonava toda aquela descido onde muitos embalam mais perigosa ainda, na má colocação dos avisos de velocidade, e por aí fora na senha assassina com que não cuidam do que sao por lei obrigados a cuidar, e ganhei tambem mais um guerra com a câmara, nessa altura, ainda o carmona

F al alva t am b em da q eu st o es de segur anka, em f un sao da ob ra s c ega s q ue as b es t as da cm ar a mini cip al de l is boa l á f az iam, di minu indo o es ap ç ode parque am en to, o q ue l eva ria co mo l evo ua q ue os carros es t ac cio na ss em na be r mao q ue com c rin ç as a tor ar dos ban co se at r eve s sar ton ava toda a q u l e de sc do id do circulo da onda mui to se maior bala da ala da am maís pe rig o sa ian da, na má c olo caçao dos av is os de v elo da cidade, e por aí f o ra na s en h a assassina com q ue n cão c u id dam da mna home da manha, do q ue s º cao por lei ob rig ado sa cu id ar, e gan home ingles da it am segundo em maís da primeira guerra com ac da ma ra, n ess primeira al tura, a inda dao circulo do carro do mono

A posição que vinha diagramada no correio da manha em que os carros, ficaram depois do embate, era estranhíssima, e muito desveladora, pois a carrinha ficara de lado tombada em cima de um carro num dos seus lados, e no outro em cima de um muro, a primeira memória que me subiu ao visto fora, o sonho do muro da azinhaga, do tal anuncio do carro amarelo francês, que fora recentemente evocada pela Palavra, e de um computador que se encontrava numa prancha de madeira, no muro, e de um semi circulo como as bancadas da ar, ou seja com os gomos da divisão parlamentar marcadas, como são so de algumas estações de autocarro, azinhaga do besouro, ou seja ligado ao faraó e as fr farmácias e crocodilos e manipulações de cios pela pub, e ainda aos eventos na costa de sintra , mortes diversas, cães, queda de avionetas

A p os siç são da eu vinha dia g ramada no co r rei o da manha em q ue os car ros, fi caram d ep o is do em bate, e ra est ar n hi s sima, e mui to de s vela dora, p o isa car rinha fi cara de l ado tom b ada em c ima de um car ro n um dos se us l ado se no o u t ro e mc ima de um m ur o, a p rim e ira me mó r ia q ue me s ub bi ua o vi s to f o ra, o son ho dom ur o da az in h a gado t al ano un cio do carro am ar elo dez fr anc es, q ue fr o a rec en te mm n te evo c ad ap e la Pala vaso ra, e de um com mp u t da primeira dor q ue se en c on t rava n uma pr anc h ad e madeira, no m ur oe de u m c s emi circu dez co mo as ban c ada sd a ar, o u seja com os gomo sd a di visao par le men t ar am a rac cd as, co mo são so de al gum as es tacões de autocarro, az in h a gado be zo u ro, o u seja li gado ao f ar a oe as fr f ar ma cia sec roco da di de dez da se maior da ani ip do vaso de la circulo de corte do circulo espanhol de cio da se pr n te do pe la pub e a primeira inda aos eve en to sn a costa de sintra , mo rte s di v e r sas, cães, quadrado eu da de avi on netas eta serpentes

Fazia o conjunto , ou seja, o muro do lado direito, a carrinha escolar em cima de lado deitada que ficara no outro lado assente em cima de um leao de prata e negro, um peugeot, do forte de noventa e dois , sexto angulo do traço de setenta e tres, ou seth do terceiro, um vaso invertido por aqueles tres elementos, ou seja, alvito, um leao francês, e uma vesica do circulo azul de noventa e cinco, zo do bb, ou seja do circulo monárquico da câmara municipal de lisboa, um vaso como um link de sinais de video e áudio que ainda hoje de novo se reflectira aqui em casa num outro ponto desta história em plano mais profundo, ou não, que se passa na américa sobre a cobertura da crise do chamado sub prime, muito mais frente abordado, pois tem tambem a ver com a guerra, ou melhor com as contas de certos actos não convencionais de guerra

F az ia o c on j un to , o u seja, om ur o do l ado direito, a car rinha es co la rem cia am de l ado de it ada q ue fi car ra no o u t ro l ado as s en te em c ima de um lea ap de pa rat e ne g ro, um p eu ge it, do f orte de n ove en ta e do si , sex to angulo da gula de dez do t ar dez de sete en nat e t r es, o u seth do terceiro, um vaso invertido por aqueles tres e l em n to s, o u seja al vi to, oo lea o fr anc es, e uma ave isca do cir irc vaso primeiro o az u l, ni v en taec circulo da inc do circulo do zo da bb bo do vaso seja do circu dez mona quico da ca mara muni cip al de l is boa, um v as o co mo um l ink de sin a si de v id e oe au di o q ue a inda h oje de n ovo se r e f l e ct ira aqui em c asa n um o u t ro ponto de sta hi s tó ria em p l ano maís po rf un do, o un cão, q ue se passa na am mar i ca s ob rea co be r tura da c rise do c h am ado s ub pr rim da me, mui to ma s ia af rente ab o rda de, p o is t em t am b ema ave rc om a guerra, o u me l hor com as contas de ce rt os ac to sn cão c on v en cio na si de guerra

Na parte de baixo da carrinha assim li, kapa do rodado da primeira coluna do comboio, provavelmente o que agora se estampara na california, do ponto de dois traços horizontais que atravessam o circulo do quadrado da coluna traseira no final dos carris de duplo rodado, como quatro rectângulo de pneus, da asa do aviao prateado, duque d Ávila do colégio académico, teresa do seabra da educado do carneiro invertido ado polu bus do Abílio do Gonçalves l in ni circulo alva do circulo do fogo e do trovão primeiro do angulo da chaveta da direitas da al tura bispo de hong kong quadrado do john da cruz ong da torre de macau nova era onde o dialogo vai dobrar todos os obstáculos, e sal dan acores, que era tambem noticia do tempo pelos lados do império do meio

Na par e t de ba ix o da car rinha as si m l i, kapa do roda ado da primeira co l un ado com boi o, pro ova ave l que mente o q ue agora se es t am para na cali for ni ad o ponto dedo si t ra sç os h ori zon tasi q ue at rave s sam o c i rc u dez do quadrado da coluna t ra ze ira mno fi n al dos carris de do up lo roda ado, como q ua t ro r en t na gula inglesa dez de p en e us, da asa do avi º cao p ra te tea ado, duque dá v e l ia do cole gi o aca de mico, teresa do sea br a edu ca do carneiro in v e rt di ado polu bus do ab uk u o do g on ca s l v es l in ni circulo alva do circulo do fogo e do t r ova o primeiro do angulo da chaveta da di r e tsa da al tura bispo de hong kong quadrado do jo n h d ac ru z ong da torre de macau nova era onde o dialogo v a s i do br ar todos os ob sta cu dez se s al dan acores, q ue e ra t am b em no ti cia do te mp o p elo dez s l ado sd o i mp é rio do mei o

Colégio académico, e aquela zona da cidade, tinha tambem sido evocada pela palavra em dia recente, em diversas correlações, primeiro , os abusos sexuais das crianças, os primeiros que se deram conta em lisboa, na decada de setenta salvo erro, com a morte de uma criança numa barragem, com as historias e visoes que lá tive na praia da vitoria centro comercial, no banco, na previdência, no arco do cego, no consultório pediátrico, e no fogo que lá se deu no gás, que pro sua vez ecoara mais recentemente no canada e na queda spainar

Co le gi o aca de mico, e a q u le az on ad a cidade, tinha t am b em sid o evo c ada pe la pala vaso do ra em dia rec en te, em di v e r sas co r relações, p rim e rio , os ab us os sex ua is das c rina ancas, os p rim e iro s q ue se d e ram conta em l is boa, na decada de setenta s al vo e r ro, com am orte de uma c r ian ça n uma bar rage mc om as hi s tori as e vi s o es q ue l a ap os t olo se rp nete t iv en a p rai a da vi tori ac en t ro co mer cia l, no ban co, na pr e vi den cia, no cos sul to rio ped iat ric oe no f ogo q ue l á se d eu no gás, q u ep pro s ua ave z e co ara masi rec en te mn te no c ana ad a en a queda spa in ar


De seguida dei com masi dois acidentes no estados unidos, o primeiro ,

De sg guida de o c om masi do is ac in det es no est ado s un id os, o p rim e iro ,

Continua...

circulo da y cb f primeiro kapa

sexta-feira, setembro 26, 2008

And did those feet in ancient time
Walk upon England´serpente mountains green?
And was the holy lamb of God
On england´s pleasant pastures seen?

And did the Countenace Divine
Shine forth upon our clouded hills?
And was Jerusalem builded her
Among these dark Satanic Mills?

Bring me my Bow of burning gold
Bring me my Arrows of desire
Bring me my Spear: O clouds unfold!
Bring me my Chariot of fire

I will not cease from Mental Figth
Nor shall my Sword sleep in my hand
Till we have built Jerusalem
In England´s green & plesant Land

Blake em prefácio a Milton

E dd id dt homem os e fe tt in anc cie ingles cruz time w norte sul kapa up e em ingles g land ap oto dez ds mo un at ti ns green foice e w as homem ho primeiro y primeira da am so segundo do forte de deus em england a ps oto dez serpente p lea san tp as cruz ur espanhola se da inglesa foice e di dt do homem co da un cruz ingles ac e quadrado do vaso do vaso ine, vine, see rp ingles te homem ine forte do circulo rt homem da el eva sao em circulo ur rc lou ded homem do vaso do ll serpente da foice e w a serpente j e r usa primeiro em segundo vaso e primeiro ded her am ming cruz homem espanhol ed ark sata ni circulo do mi ll serpente da foice br ring ingles me maior air y do bo w circulo do forte segundo ur ning gol db br ingles me em y ar ro ws circulo do dd e sir e segundo ring me my serpente do pe ar: do circulo maior do lou ds un forte do circulo do primeiro quadrado! br ingles me m y circulo do homem da ar do riot oto f fi rei w vaso do ll not ce ase fr om do home ingles da cruz al fi gt homem norte serpente home a ll m y serpente word ds primeiro e ep pin em mai ro y homem muito ad dt ti ll we homem ave segundo vaso e primeiro cruz je rato usa primeiro em ingles gato la sn quadrado a p serpente oto dez sg rato ee e x p primeiro espanhola ant do primeiro e do pr e forte do assento do cio de segundo do primeiro ak e ami do primeiro ton

E tao longe parece no fora estar o que no dentro Sempre É, olho à volta, e o novelo dos fios do mundo no mundo, se enrolam sem masi parecer se desenrolar, parecem calmas ou agitadas as aguas, prenúncios de agitação ou calmaria, que te parece, pedem de ti a firmeza forte, ou a doce doçura, confundem a segunda com a ausência da primeira e de falta de punho, oh que cegos para não variar estais, entretido com coisas pequeninas cheias de nada e contudo tao importantes e de tao grande impacto na vida das gentes, como se só agora se dessem conta de como o novelo da la se enovelou paulatinamente dia após dia, a pensar em outros assuntos, tao distintos do paraíso aqui, onde em outro lugar poderia Ele estar, fogos, fogos a arder, e as mangueiras curtas e a agua mens ainda, e ainda só pedaços das planícies vao ardendo, como metáforas, não penseis que trago eu algum prazer, em ser porta voz da desgraça no pouco que vejo, não sois vós porventura que me chamais de cego, e contudo o que vejo, o vejo eu, e dois sinais se deram, e um pergunta e uma equação se pôs, e se pensar que a pergunta que é masi equação em parte pode ainda estar aberta, os sinais, esses quando se expressam, se expressam, expressam –se como gritos, ou mesmo não, só as aves do espírito os ouvem e os entendem, o menino bebeu do seio da senhora, e os animais nos farão a guerra, se não prevalece de vez o bom senso, nem que seja imposto, ou não, que já é por si só uma contradição de termos, num desgoverno global em roda vida, pesada carroça de roda de amdeira forrada a ferro, que esmaga os ossos das criaturas em seu rodar, tal é carga que os homens nela foram pondo, e eu vos trago uma peça que já ecoou antes mesmo de ter sido escrita

E tao primeiro ong e pa rece no f o ra est ar o quadrado ue no d ingles t ro Se mp r e e, olho à vo primeiro ta, e o n ove dez dos fi os do mundo no mundo, se ingles rola am se m masi pa recer se de serpente ingles rola r, par e circulo em circulo al maso vaso a gi t ad as a serpente aguas, pr ingles assento un cios de a gi tação o vaso circulo al maria, quadrado ue te pa rece, pe d e m de ti a fi r me za f orte, o ua do ce doc vaso ra, cin f un de ema se gun da com a au serpente ingles cia da p rim e ira e de f al ta de p un ho, o homem quadrado ue circulo ego serpente para n cão v aria r est a is, ingles t r e tid o com co isas pe quadrado eu ninas che ias de n ada e contudo tao onze mp orta n t espanhol e de tao g rande i mp ac to na v id a das g ingles te sc omo se só agora se de ss em conta dec omo o n ove dez da la se ingles ove lou p au latina que mente dia ap os dia, a p ingles sar em o vaso t rosa serpente sun to serpente, tao de is t in ts os do paria serpente o aqui, onda em o vaso t ro lu g ar p ode ria El e est ar, f ogo serpente, f ogo serpente a ard e rea serpente mangueiras circulo ur t as e a agua me ns a inda, e a inda serpente ó peda aços das p primeiro ani ci e espanhol vao ard ingles do, circulo omo me t a f o ra sn cão pen se is quadrado ue t rago eu al gum pr az e rem ser porta v oz da de sg raça no p o vaso co quadrado ue v e jo, n cão serpente o is vó serpente por v ingles tura quadrado ue me circulo homem am ais dec ego, e cn tudo o quadrado ue v e jo, ove jo eu, e do is sin a is se de ram, e um per gun ta e uma e quadrado ua sao se p os, e se p ingles sar quadrado ue a per gun t a quadrado ue é masi e quadrado ua sao em p arte p ode a inda e ts ar ab e rta, os sin a is, espanhol serpente espanhol quadrado vaso ando se e x press sam, se e x press sam, e x press am do traço da inglesa se co mo g rito serpente, o vaso me serpente mo n cão, serpente ó as aves do espanhol pei rt o os o uve me os ingles tende mo ome nino b e b eu do seio da serpente ingles hor a, e os animais nos fa ra o a guerra, se n cão pr eve lace de v e zo bo m senso, ne m quadrado ue seja i mp ps soto, o vaso n cão, quadrado ue j á é por si serpente ó uma circulo on t ra di sao de t e r mos, n um d espanhol g ove r no g loba serpente primeiro em roda v id a , pesa ad ac car roça de roda de am de ira for ra da a ferro, quadrado ue espanhol maga os ossos das circulo ria t ira serpente em serpente eu roda rt al é ac ra g a que os homem ome ns nel a f o ram p on do, e eu v os t rago uma p eça quadrado ue j á e cu o vaso ant espanhol me serpente mo de ter sid o espanhol circulo rita


Era sabado no jardim da parada da senhora de peitos vestidos, os artesãos pela praça fora, alguns belos trabalhos, outros estranhos como colares e pulseiras e gargantilhas que mais belos eram vistos ao longe do que em pormenor ao perto, como muito na vida assim se apresenta, enchendo o olho ao longe e não necessariamente ao perto, vinha eu do leito, sem ti e contigo no ceu, aluado, diziam os ecos das vozes a meu passar, aquelas que se ouvem e que não saem dos lábios, sim amada aluado e cheiro de soninhos ainda, sempre mais aluado, uma parte de mim não funciona bem como sono, o after hours tinha começado quando acabara eu de escrever , seriam as cinco da manha, e a musica da sístole e diástole, a bater em circulo em fundo cavo frequência baixa, que quase só se houve nas outras não escutadas, um estranha voz numa delas, parecia a voz de leonard cohen, em ritmos de discotecas, com um melodia daquelas muitos infantis, foi mesmo a única que me pusera bem disposto, eu a querer dormir, se bem que esta a ouvisse já nas escadas ao sair

E ra sabado no jardim da parada da serpente ingles homem ira de pei cruz os vaso espanhol tid os, os art espanhol o espanhol pe la pr aça f o ra, al g vaso ns b elo st ra b alhos, o vaso cruz ro serpente espanhol cruz r anho sc omo colares e p use iras e g ar gan cruz ilhas quadrado ue masi b elo serpente e ram vi st os ao primeiro on ge do quadrado ue em por m ingles o r ao per to, co mo mui to na vi da as sm se ap r espanhol neta, ingles che ingles do o olho ao primeiro on ge e n cão ne ce serpente saria mente ao per to, vinha eu do lei to, serpente em ti e circulo on ti g on o circulo eu, al ua ado, di zorro iam os e co sd as vo ze sa me vaso pa serpente sar, aquelas quadrado ue se o uve me quadrado ue n cão sa em dos primeiro á bio ss im am ad a al ua do e che iro de son in homem os a inda, se mp r e mais al ua do, uma p arte de mim não f un cio na vaso b em co mo son o, o af te r homem o ur is tinha com e ç ado quadrado vaso ando ac ab a ra eu de espanhol ce r vaso e r , se r iam as circulo inc o da manha, e a mu sica da sis cruz ole e dia st ole, a bate rem circulo em f un do circulo av o fe r e quadrado vaso ingles cia ba ix a, quadrado ue quadrado vaso ase serpente ó se homem o uve nas o vaso cruz ra sn cão espanhol cut ad a serpente, um e ts r anha vaso oz n uma de primeiro as, par e cia aviz de leo rn ard co homem ingles, e mr it ms ode discotecas, com um melo dia da quadrado eu primeiro as mui to sin fan tis, f o i me serpente mo a única quadrado ue me p use ra b em di serpente post o, eu a quadrado vaso we r e r e dor mir, se b em quadrado ue est aa o vaso duplo iss e j ana serpente esca da sao sa e rato


Era sabado senhora de meu coraçao, e num preciso ponto do jardim, ao pé de uma palmeira que parece um frasco de perfume, um ténue muito ténue perfume, tentei perceber em vao de onde ele vinha, mas não vinha, ali estava como uma gota muito ao fundo, contudo bela de se cheirar, perfume doce, suave almiscarado, daqueles que não enjoam, pela sua fragrância agressiva, que a mim amada, só as vezes de por eles passar, me dá dores de cabeça, era belo o perfume, convite de doçura e de nichos e anichar, como uma só gota num preciso local do espaço, são estranhos os cheiros amada, eu que fumo que nem um cavalo, sou a eles muito sensível, mais do que os perfumistas que trabalham nas lojas, se bem que aí seja fácil de perceber o porque, encadeados na mistura de mil perfumes, como poderão mais um reconhecer, nem o sentem nas vezes e am outras, amada, olhos as folhas das arvores ao longe e me cheira o perto e depois cheiros as folhas e o perfume não necessariamente lá está, serás tu que então que mo trazes, me digo pelo amor em que te trago, e assim me fazes sentir, melhor seria ter teu pescoço a meu lado, e lambe-lo feito gato a preparar os sonhos e o doce sonhar

E r w as ab bd o serpente ingles hor a de me vaso cora sao, ingles um pr e circulo is o ponto do jardim, ao p é de uma pal me ira quadrado ue pa rece um fr asco de pe rf vaso me, um cruz ingles ue m uu i to cruz ingles ue pe rf vaso me, cruz ingles te ip e rc e b e rem vao de onda el e vinha, mas n cão vinha, al i est ava circulo omo uma g ota mui to ao f un do, contudo be la de se che ira rp e rf vaso me di ce, serpente vaso ave al mis cara ado, da quadrado ue primeiro espanhol quadrado ue n cão ingles j o am, pe la serpente ua « fr a gan cia a g r ess iva, quadrado ue a mim am ad a, serpente ó as vaso e ze sd e por el espanhol pa serpente sar, me d á dor espanhol de cab eça, e ra b elo o pe rf vaso me, circulo on vi te de doc vaso ra e de ni circulo homem os e ani circulo homem ar, co mo uma serpente ó g ota n um pe rc is o primeiro ocal do espanhol paço, são espanhol cruz r anho serpente os che iro sam ad a, eu quadrado ue f uma quadrado ue ne m vaso mc ava alo, serpente o ua el espanhol mui to serpente ingles serpente iv el, maís do quadrado 1 ue os pe rf um ista serpente quadrado ue cruz ra b alha am nas lo j as, see b m quadrado ue aí seja f ac i primeiro de pe rc e br o por quadrado ue, ingles cade ado serpente na mi serpente tura de mi primeiro pe rf um espanhol circulo omo p ode ra o mais um rec on he ce r, ne mo serpente ingles te m nas vaso e ze se am o vaso cruz ra sam ada, olhos as f o primeiro homem as das ar vo r espanhol ao primeiro on ge e me che ira o pe r to e dep o is che i rosas f o primeiro hh os e o pe rf vaso me n cão ne ce sari e mn te primeiro a a p serpente oto dez est ap serpente oto dez se p ren te, se rá serpente tu quadrado ue ingles tao o cruz ra ze serpente, me di g o p elo am o rem quadrado ue te cruz rago, e as si m me f az espanhol serpente ingles tir, me primeiro hor se ria te r te vaso p espanhol coço a m eu la ado, e primeiro am be do traço ong primeiro espanhol de dez feito g at o a pr epa r ar os son homem os e o do ce son a homem ar

Depois do perfume, ou mesmo antes, ouvi-te dizer, do outro cheiro, de um cheiro nos antípodas, a esturro, na livraria os títulos falaram um pouco o mesmo sentido, depois na rua da perfumaria, lá estava a encenação do que querem fazer crer de escolha tripla, que se manifestara em salema nas raízes das arvores na falésia, uma noite em que ao perto te senti, ou assim algum outro me fez de ti sentir

Dep o is do pe rf vaso me, o vaso me serpente mo ant espanhol, o vaso vi do traço da inglesa lee sa te di ze r, do o vaso cruz ro che iro, de um che iro nos ant ip o da serpente, o a espanhol cruz ur ro, na primeiro iv ra ria os titu dez serpente f ala ram um p o vaso co o me serpente mo serpente ingles tid o, dep o is na rua da pe f uma ria, primeiro á est ava a ingles cena sao do quadrado ue quadrado eu rem f az e rc r e r de espanhol co primeiro homem a cruz rip la, quadrado ue se m ani f espanhol tara em serpente al ema nas rai ze serpente da serpente ar vo r espanhol na f al e si, uma no i te em quadrado ue ao pet o te serpente ingles ti, o vaso as si m al gum o vaso cruz ro me fez de ti serpente ingles tir

Ali estava a bela sharon, numa imagem que vira recentemente com ar meio triste, se bem que agora ao olhá-la parecesse menos triste, se bem que continuando triste, a seu lado uma outra bela menina com olhos azuis e rasgados no ceu dos arranha céus, como se fosse nova yorque e depois da esquina uma outra gata de olhos rasgados e um sinal nos lábios que lhe ia muito bem num outro perfume meio francês, já no jardim me tinha o espirito falado de ocitânia, de novo a bela ocitânia, olhara um casa de primeiro andar por cima dos bilhares, janelas abertas, como a insinuar, estou aqui, mas amada, cansado eu estou destes filmes, destes anzóis

A primeiro i espanhol sat tva a b e la sharon, n uam i mage m quadrado ue vaso ira rec ingles te, e m te com ar mei o cruz r ist e , se b em quadrado ue agora ao o primeiro homem á do traço da inglesa de la pa rec e r serpente se m ingles os cruz r iste, se b em quadrado ue conti n vaso ando cruz r iste, a serpente eu primeiro ado uma o vaso cruz ra b ela me nina com o primeiro homem os az vaso ise r as gado sn no circulo eu dos ar r anha ce us, co mo se f os se n ova y o i r quadrado ue e dep o is da espanhol vaso ina uma o vaso cruz ra gata de o primeiro homem os r as gado se um sin al nos primeiro ab io serpente quadrado ue primeiro he ia mui to b em um o vaso cruz ro pe rf vaso me a inda mei o fr anc espanhol, j á no jardim am tinha o espanhol pp pi r ti fla ado de o circulo i cruz a nia, de n ovo a b e la o cita ni a, o primeiro hara um circulo asa de p rim e iro anda rp o r ima dos bil homem ar espanhol, a j nela serpente ab e rta sc omo a in sin vaso ar , espanhol to vaso aqui, ma serpente am ad a, can sado eu espanhol to vaso de st espanhol fi primeiro mes, d eta san zo is

Olho as ultimas letras que te escrevi, e ao pensar que a imagem do senhor palitando seus dentes com o dedo na tabacaria da rosa dao publico, esta , adquire um outro sentido, como se dançasse, pois porcaria nos dentes, dá nas vezes caries e dores de dentes, e me subiu a memória e se juntou um outro fio , uma imagem da margarida villa boa com um crocodilo em chumbo, numa capa de revista do publico, como se o estivesse a morder, e de repente aquilo soma em salema, na imagem somatizada em meu corpo, como o senti, como uma estaca que se cravara fundo no osso do maxilar, como uma estaca que ao ser cravada fractura o osso, uma clara imagem do tsunami, como se o omem que se passara ali naquela hora de almoço frente ao jeronimos, com bastantes mais ingredientes do que os que já te contei, adquirisse um outro enquadramento , um outro julgar, como se então a moeda italiana com o home da renascenças e viterbo, desenhado outrora por leonardo adquirisse , um outro sentido, que fora o homem que caíra, quando do tsunami, ou que sua queda teria provocado o tsunami, e o troco preciso , e espada portuguesa dos dez cêntimos de cervantes, em espanha, onde hoje de novo se deram tres explosões, depois de ter visto duas fotos da família real, uma da infanta feliz em sua nova vida, outro de seu pai, atirando a boina do toureiro para dentro da arena ,e hoje de novo tres bums

Olho as vaso primeiro cruz ima serpenet das letras, deverá ser o bandido do viegas, então, quadrado ue te espanhol circulo r e vi, e ao pen sar quadrado ue a i mage m do serpente ingles hor pali cruz ando se us den cruz espanhol com o dedo na cruz ab a quadrado vaso aria da rosa dao publico, est a , ad quadrado vaso i re um o vaso cruz ro serpente ingles tid o, co mo se dana ç serpente se, p o is por rc aria no serpente den cruz espanhol, d ana serpente vaso e zorro serpente car rie espanhol e dor espanhol de d ingles te semem serpente ub o ua me mó ria e se j un to vaso um o vaso cruz ro fi o , uma i mage m da mar g a r id avi ll a boa com um circulo roco di dez em circulo homem um bo, n uma capa de revista do publico, co mose o espanhol cruz iv ess sea mode red e r ep ingles te a quadrado vaso i dez serpente oma em serpente al ema, na i mage m serpente oma ti zorro ada em meu cop ro, co mo o sen ti, co mo uma e ts aca quadrado ue se circulo rava ra f un do no osso do m ax i primeiro ar, como uma espanhol cruz aca quadrado ue ao ser cara rava ada f ar ct vaso ra o osso, uma clara i mag me do ts un ami, co mo se o omem quadrado ue se pa serpente sara al ina quadrado eu la hor ad e la moço fr ingles tea o j ero nimo sc om b as cruz ant espanhol maís in g red di ingles cruz espanhol do quadrado ue os quadrado ue j + a te conte i, ad quadrado vaso iris serpente e um o vaso cruz ro ingles quadrado ua dr am ingles to , um outro j vaso la g ar, co mo se ingles tao a moe da italiana com o home da r ingles as circulo ingles ç as e viterbo, de serpente ingles homem ado o vaso cruz ro ra por leo n ard o ad quadrado vaso iris se , um o vaso cruz ro serpente ingles tid o, quadrado ue f o ra o homem ome quadrado ue ca ira, quadrado vaso ando do cruz us n ami, o vaso quadrado ue serpente ua quadrado eu da te ria pro vo ado o ts un ami, e o cruz roco pr e circulo is oe espanhol pada por tu gi e sa dos de x circulo ingles cruz imo sd e cervantes, em espanha, onda hoje de no vaso se de ram cruz r espanhol e x p lo serpente o espanhol, dep o is det r e vi serpente to du as f oto sd a f am milia real, uma da in fan cruz a fe primeiro ize m serpente ua n ova vi da, o vaso cruz ro de serpente eu pai, at iran do a bo ina do toi rei ro para d ingles cruz ro da a rena ,e homem o je d ingles ovo cruz r espanhol b um serpente

E uma outra linha a se provar, a da escrita formadora, relativo a salema, e consequentemente relativo ao tsunami, desde o primeiro, pois esta peça da narração intermédia, que a margarida figurava antes no tempo, do seu reflexo em salema, o prova, prova a existência de alguns que andam brincando em negro profundo, negro aos demiurgos, questão fácil de averiguar, quem encenou a foto com a margarida, quem o sugeriu, que intenções traziam, que desvelaram naquele preciso fazer, e quais as verdadeiras que pode debaixo estavam

E uma o vaso cruz ra linha ase pr ovar, a da espanhol circulo rita for mad o ra, r el at ivo a serpente al ema, e co nse quadrado vaso ingles te mente real cruz iv o ao ts un ami, de sd e o p rim e iro, p o is est a p eça da na r rac sao in te r né dia, quadrado ue a margarida fi g ur ava ant espanhol no te mp o, do serpente eu r e f lex o em serpente al ema, o pr ova, p rova a e x is cruz ingles cia de al g vaso ns quadrado ue anda dam am br i circulo nando em ne g ro pro f un f one g ro ao serpente d emi ur g os, quadrado vaso espanhol tao f ac i primeiro de ave rig vaso ar, quadrado eu m ingles circulo ingles o vaso a f oto com a margarida, quadrado vaso emo serpente vaso ge rio, quadrado ue in cruz ingles ç o espanhol cruz ra zorro iam, quadrado ue de serpente vela ram na quadrado eu le pr e circulo is o f az e r, e quais, policia francesa, as vaso e rda de iras quadrado ue p ode de ba ix o est ava vam da am


Falei no bandido que se diz ser ministro das finanças, e logo pelo espirito no momento da escrita se desvelara, tens o homem do ps nas tuas maos, qual seria a pergunta consequente, pois malandros no ps que me combaterem e cobrem o rapto de meu filho e alguns estão nele directamente implicados são mais dos que as tortas mais maos, e hoje de novo ele no jornal com sua equipe por detrás, curiosa imagem a desvelar a bola negra que escutara no espirito ter saído, a se reflectir quebrada e figurado pelo pequeno para vento do microfone, que projectava a sombra da bola quebrada como so frutos que caíram das arvores, e cuja metade se estendia na margem do bico da sua camisa branca, a tal que aparecia em mix como sendo a vaquinha do home do ferreiro, uma vaquinha que não necessariamente seria uma vaquinha, talvez um boi vaca, que batia com o martelo na bigorna, o homem com os ouvidos fendidos como um saurio, ou um crocodilo, e por detrás dele a equipe de bandidos a quem as letras do jornal teciam rasgados elogios a equipe altamente profissional, que tinha permitido um maior encaixe de impostos, o que em parte e m abono de verdade, se terá que dizer, que sim, mas esta é só parte e nunca suficiente ou mesmo bastante para resolver o paradigma da colheita e do retorno, ou seja do que os cidadãos obtém dos imposto em troca, e no outro lado da mesma balança é o que se ve, talvez nem uma centena de chamados gestores de empresas do estado e publicas, recebem mais de tres dezenas de milhões de euros, se não me falha a memória, numa pais onde são muito, mas mesmo muito, os que vivem na maior das misérias

F al lei no bandido quadrado ue se di zorro ser mini st ro das fi ina sç as, e primeiro ogo pelo espanhol pei rito no mo mn e ot da espanhol circulo rita se d espanhol vela lara, te ns o homem oe m do ps na st vaso as mao serpente, quadrado ua primeiro se ria a per g un at co nse quadrado vaso ingles te, p o is m al lan dr os no ps quadrado ue me com bat rem e co br rem o ra pt o de me vaso fi primeiro ho e al gun espanhol tao ne le di rec tamen te que mente, i mp li circulo ado serpente são maís do serpente quadrado ue as cruz orta serpente mais mao se homem oje de n ovo el ingles no jornal com serpente ua e quadrado e vaso ipe por det ra serpente, cu r isa i mage ma dee primeiro ar a b ola negra quadrado ue espanhol cut a ra no espanhol pei rito te r sa ki id o, a se r e f primeiro ct tir quadrado eu br ada e fi g ur a do p elo pe quadrado eu no para vaso ingles to do mic ro f one, quadrado ue pro ject ava a serpente om br a da b ola quadrado eu br ada circulo o mo so fr vaso to serpente quadrado ue ca iram das ar vo r espanhol, e circulo vaso ja met ad e se espanhol cruz na deia na mar ge m do bi co da serpente al cam misa br anca, a cruz al quadrado eu ap ar e cia em miss, mix co mo serpente ingles do ava quin homem ado home do ferreiro, quadrado ue bat ia com o mar telo dez na bi g o rna, o homem oe mc om os o vaso vi do serpente f ingles dido sc omo um serpente au rio, ou um circulo roco di dez, e por det ra serpente de lea quadrado vaso e ipe de ab dn di os a quadrado eu ema serpente letras do jornal tec ima r as gado serpente el o gi so a e quadrado vaso ipe al tamen te pro fi serpente sio n al, quadrado ue tinha per mit ido um maio r ingles ca ix e de i mp serpente oto serpente, o quadrado ue em p arte e m ab on o de verde ad e, set e rá quadrado ue di ze r, quadrado ue si m, ma serpente espanhol ta é serpente ó p arte e n un ca sufe cie n te o vaso me serpente mo b as cruz ante para r espanhol sol vaso ero para di g ma da co primeiro he ita e do r e torno, o vaso seja do quadrado ue os cida do serpente ob te m dos i mp os to em cruz roca, ingles oo vaso cruz ro primeiro ado da me serpente ma bala ança é o ki ue se eve, cruz al ve ne m uma circulo ingles cruz ema de circulo homem amado serpente g espanhol tor espanhol de e mp r e sas do est ado e publica serpente, rec e b em maís de cruz r espanhol de zen os de mi primeiro homem o espanhol de eu ros, se n cão me falha a me mó ria, n uma pa is onda são mui to, ma serpente me serpente mo mui to, os quadrado ue vaso iv e mna maio r da serpente misé ria serpente


Por detrás dele, a equipe, do lado direito na imagem assim sozinho e como se quisesse manter afastado, um muito magrinho com face assim de cobrinha com ar de maus fígados, sua posição de maos cruzadas em frente aos ditos, se os tivesse, apontava o dedo da pila da fornicação , diversa certamente, desde as perseguições a certamente muitas outras bem piores, no grupo da direita um outro estranhamente semelhante a este, um pouco mais alto, mais uma espécie de tira linhas trazia a posição de sua face como com os olhos fechados em gesto de tardia confissão arrependida com a corda já na garganta, contudo o primeiro, agora se desvelou ser provavelmente o mais torcido

Poe da p do oe da det ra serpente de lea e quadrado vaso ipe, do primeiro ado direito na i mage m as si m serpente oz in homem oe circulo omo se quadrado eu ise serpente se man te ra f as cruz ado, um mui to ma g rin hi com face as si m dec ob rin homem ac om ar de maso fi gado serpente, serpente ua p o siç sao de mao serpente circulo ruza ada se m fr ingles tea os ditos, se os cruz iv ess e, ap on cruz ava o dedo da p ila da for ni caçao , di versa ce r tam n te, de sd dea serpente per se gui ç o espanhol a ce rta mente mui cruz as o vaso cruz ra serpente b em pi o r espanhol, no g rup pp o da di e i to um o vaso cruz ro espanhol tan homem am ingles te semem la homem n te a est e , um p o vaso co masi al to, maís uam espanhol pe cie det ira linhas cruz ar zorro ia ap o siç sao de serpente ua face co mo com os olhos fe cha ado serpente em g espanhol to de cruz ar dia circulo on fissão ar r ep ingles dida com ac o rda j ana g ar g anta, contudo o p rim e iro, agora se de serpente velo lou ser pro ova vaso e primeiro que mente o mais tor circulo id o

C omo é se us circulo ab r õ espanhol co bar d espanhol, n cão me vao circulo omo de cos cruz vaso me r espanhol ponde r foice das quatro primeiro ancas no chao car vaso ada serpente

Como é seus cabrões cobardes, não me vao como de costume responder?!!!!

Seus lilázinhos de leite de merda de vaca, seus ditos masos de merda

Pois e se não respondem, que a corda se vos aperte em vossos danados pescocinhos de cobrinhas de maus fígados, asus, quem diria, suas putas fascistas, sem alargar nunca a tensão, até se virem sem ar para todo o sempre

P o ise n cão r espanhol ponde m, quadrado ue ac o rda se vaso os ap per te em vaso ossos dana ado serpente p espanhol co cin homem os, se m al ar a g ar n un ca a cruz ingles são a té se vi rem serpente em ar para todo o se mp r e

Quando voltei a casa depois do almoço, um ferrari, vermelho descapotável, aqui parado no meio do largo, da cas da after hours, um rapaz assim com cara sei lá de que, cabelo rapado, papos, na face, para ele entrava e com o ferrari arrancou, curiosa imagem, me tinha dito uma voz no espirito em véspera, o rapaz, é assim meio intimidatório, cabelo rapado, brinco atras da orelha, mas tu és mais forte do que ele, pois se calhar era esse, que ali estava, mas nem reparei se trazia brinco atras da orelha, e a intimidação, ou intimidações, faço pufff

Q vaso ando vo primeiro teia circulo asa d ep o is do al moço, um fe rr ari, vermelho de sc ap ota ave primeiro, aqui para ado no mei o dol argo, da cas da af te r homem o ur serpente, um ra p zorro as si mc om cara se i primeiro á de quadrado ue, cab elo ra pad o, pa ps, na face, para el e ingles cruz rava e com o ferrari ar ra n co vaso, cu rio sa i mage m, me tinha dito uma vaso oz no espanhol pi rito em vaso espanhol pera, o ra p az, é as si m mei o in tim id a tóri ao, cab elo ra pad o, br inc o at ra sd a o r e primeiro ha, mas cruz vaso és maís f orte do quadrado ue el e, p o is se ca alha r e ra ess e, quadrado ue al i est ava, mas ne m r epa rei se cruz ra zorro ia br i cn o at ra serpente dao r e primeiro ha, e a in tim id ac sao, o vaso in ti mida ç o espanhol, f alo p vaso cruz rip dez forte, ou foret te rc e iro

Tambem nessa tarde meio a brincar ou nem tanto, me tinham dito que um destes dias levava um tiro de caçadeira

Tam b em ness a cruz arde mei o a br i caro un em cruz anto, me tin ham dito quadrado ue um de st espanhol dias primeiro eva ava um tir ode caça de ira

Falei eu das imagens dadas pelos dois navios no tejo, e um outro sincronismo se dera, pois tambem o seu nome de nov aparecera nas ondas feitas pelas serpentes, o moniz, e ali estava ele em entrevista que não li, como não leio na maior parte das vezes, pois nem paciência mais para bandidos trago, mas um pormenor retive, pois o senhorito dizia que o momento mais difícil da tvi, fora quando o tal jornalista na aparência se suicidou na ponte vinte e cinco de abril, e a imagem ressoava agora na machadinha e no boomerang branco e tambem numa percepção, esta besta, anda desde aí a acertar contas, e depois vai tudo respingando sangue por aqui e por acolá

F al lei eu da sima ge ns dadas p elo serpente do is navios no do tejo, e um o vaso cruz ro sin circulo ron is mo se de ra, p o is cruz am b emo serpente eu no me de no vaso ap a rec e ra nas ondas fe i cruz as pe primeiro as ser pen te serpenet do circulo do moniz, e ali espanhol sat vaso a el e em ingles cruz r e vaso ista quadrado ue n cão li, circulo omo n cão lei on a mai ro p arte das vaso e ze serpente, p o is ne m ap ce i ingles cia mais para bandidos cruz rago, mas um por m ingles or r e ti vaso ep o is o serpente ingles hor rito d zorro ia quadrado ue o mo m ingles to masi di fic i primeiro da tv i, f o ra quadrado vaso ando o ta primeiro jo rna primeiro ista na ap e rec ni ase serpente vaso i circulo ido un a p on te vin te e circulo on co de ab r i lea da produtora imagem r esso ava agora na m ac homem ad dinha e no bom me rang br anco eta m b em n uma pe rc ep sao, est a best a, anda de sd e aí a ce rat rac on cruz as e d ep o is vaso a i tudo r espanhol pina gn do san g ue por aqui ep o r a circulo o lá

E falando de leite, alguém me sabe então explicar a estranha relaçao entre este evento do leite estragado, dizem com melamina, que teria passado eventualmente da embalagens, exteriores as embalagens do dito, ou seja nos contentores e caixas que acondicionam lotes, visto segundo dizem a melamina está tambem presente nos derivados de petróleo, com o facto de terem aqui aparecido em dia mais ou menos recente umas novas embalagens de leite, mais altas, e depois salvo erro uma menina a muito se rir do feito , das suas novas embalagens, que para alem de tudo nem se conseguem dobrar como as anteriores, que passe andaram desta vez a fazer, que omem foi associado ao leite, e já se vao não sei quantos milhares de crianças infectadas

E f al ando de leite, al gume me serpente ab e ingles tao e x p dez car a espanhol t r anha da relaçao ingles t r e este eve ingles to do lei te espanhol t ra gado, di ze mc om me primeiro am mina, quadrado ue te ria passado eve ingles t au la m ingles t da em bala ge ns, est e rio r espanhol as em bala ge ns do dito, o vaso seja no serpente circulo on t ingles t ingles tor espanhol e caixa serpente quadrado ue ac on di circulo on am dez t espanhol, vi serpente to se gun do di ze ema me primeiro am ina est á t am b em pr espanhol ingles te no serpente de r iva do sd e pet ro leo, com o fat co de te rem aqui ap ar e cid oe m dia mais o vaso m ingles os rec ingles te umas n ova serpente em bala ge ns de leite, mais al t as, e d ep o is serpente al vo e r ro uma me mn ian a mui to se rir do fe i to , das serpente al n ova serpente em bala gn espanhol, quadrado ue para al em de tudo ne m se circulo on se g eu m do br ar co mo as ante rio r espanhol, quadrado ue passe anda ram de sta ave za f az e r, quadrado ue omem f o i as soc iad o ao leite, e j á se vao n cão se i quadrado vaso anto serpente mi primeiro homem ar espanhol dec r ian cas in fe cta da serpente

Hum, estou a ver que é mais um disfarce

H um espanhol to ua av r e quadrado ue é masi um di serpente f ar çe

Hoje um outro barco no tejo, um navio de guerra que me pareceu ser francês, todo cinza, como eles são, assim muito feiosos, deve ser um porta helicópteros deviam neles pintar assim umas belas raparigas e rapazes em biquini, sempre alegravam mais a vista da gentes, mas enfim, olhei para ele, e vi em seu topo o que podia parecer ser uma flauta de pan dos andes, quatro , salvo erros tubos que sobem em sua distintas dimensões, e que eram pretos em seu interior, me subiu a memória das crateras nos dedos do homem que bate no martelo, e ainda a imagem dos órgãos de staline, depois da segunda vez a luz mudou, e esta parte dos órgãos de staline, que para quem não sabe são uma espécie de órgão de tubos lanças foguetes, que foram desenhados na altura salvo erro da segunda guerra mundial, parece assim que cada um vem acrescentar um pedaço a história da procura de quem inicio deu à questão

H o je um o vaso t ro bar rc co no tejo, um e vi ode guerra quadrado ue me pa rec vaso ser fr anc espanhol, todo cin za, co mo el espanhol são, as si m mui to fei os o sd eve ser um porta he li cop te rp ps de v iam nel espanhol pi n t ar as si m vaso ms be primeiro as ra pa rig as e ra p az espanhol em bi ki ni, se mp r e al e g rava am ma isa vi sta da genet ts, mas ingles fi mol hei r a ra el e, e vi em seu to p oo quadrado ue p o dia pa recer ser uma f primeiro au ta de pan dos ande serpente, quadrado au t ro , serpente al vo e rr os t ub si quadrado ue serpente ub em e ms ua di serpente ti t n t as dimensões, e quadrado ue e ram pr e to se ms e vaso in te rio r, me serpente ub i ua me mó ria das circulo rate r e sa no serpente dedos do homem oe m quadrado ue bate no mar te dez, e a inda a i mage m do os o r g ao sd e sta primeiro ine, d ep o is da segunda ave za lu zorro mu do ru, e est a p arte dos o r g a os de sta primeiro ine, qu e para quadrado eu mn cão serpente ab e são uma espanhol pe cie de o r g a ode t ub os primeiro ança serpente fo g eu ts, quadrado ue f o ram de senha ado sn a al tura serpente al vo e r ro da se gun dag eu r ra mun dia al, pa rece as si m quadrado ue circulo ad a um v em ac r e circulo sn t ar um peda aço a hi serpente tór ia da pro cura de quadrado eu m in i cio de ua quadrado eu serpente tao

Sabes amada minha, fiquei a pensar naquela estranha mensagem que recebera em meu telemóvel dizendo que me ofereciam um bilião de mensagem , coisa que deverá ser toda uma outra, assim fui ver as mensagens que tinha no telemóvel, que eram onze a data desta verificação e sendo que depois mais uma apareceu perfazendo assim o circulo na contagem românica das horas, e dos apóstolos,

S ab espanhol sam ad a min homem a, fi quadrado eu ia p ingles serpente ar na quadrado eu la espanhol t r anha men sage m quadrado ue rec e be ra em me vaso tel m ove primeiro di ze dn do quadrado ue me o fe rec iam um bi lia ode men sage m , co isa quadrado ue de eve rá ser toda uma o vaso t ra, as si m f vaso iv e ra serpente men sage ns quadrado ue t ina homem ni tele m ove primeiro, quadrado ue e ram on ze a data de sta v e ri fi caçao e serpente ingles do quadrado ue d ep o is maís uma ap ar e ce um per fan ze dn o as si mo circulo na circulo on tage m r oma nin ca da serpente hor as, e dos a p os t olo serpente , ah bom como de costume se desvela uma outra coisa,

Depois apareceu em dia seguida a aqui o ter mencionado, uns cartazes da zon, que dizem, eram dois canais disney, a frase era estranhíssima, pois fala de passado, e o que me veio a consciência no momento, seria então que o custo, ou preço do tal bilião de mensagens corresponderia, ao valor de dois canais da disney, e fiquei na mesma, pois nem seis o valor da unidade de cada um nem de um canal disney, e se queres que te diga tambem não fiquei muito com vontade de o procurar, depois li em baixo, aquilo é pretensamente uma oferta em pacote de serviços onde estão tambem dois canais disney, ou seja, continua a não bater certo, e pelos vistos estes publicistas, continuam sem controlo, e portanto quem os deveria controlar cobre as pescarias que eles fazem, e minha paciência se vai esgotando, sabes amada minha, me disse o espirito em dia recente que se poderia criar o set mental, por assim dizer para a salvação ou para a destruição, como um anverso de uma pseudo explicação destes macacos, para então justificarem estes cios e estas pescarias, como a salvação, ou seja, para que se crie e se afirma um set mind de salvação, o que desvela a tetra imensa que está por detrás deste raciocino e que diz que efectivamente assim montam eles , ou melhor, vao montando um set mental de destruição, pois o simples senso comum, o prova, dizendo que para que as coias sejam estáveis tem que ser claras, e a realidade é que este obrar não o é de todo, ou então , pó, simples pó para cobrir, e então terá que se perguntar, o que cobrem com estes véus, melhor dizendo, o que pretendem cobrir

D e posi ap arc eu em dia se guida aqui ki o te r men cina ado , vaso ns cartazes da zorro on, quadrado ue di ze m, e ram do is can si di sn e y, a fr ase espanhol ra espanhol y ar n hi serpente sima, p o is fala de passado, e o quadrado ue me veio a co ns cie ingles cia no meo neto se ria ingles tao quadrado ue o circulo us to, o vaso pr e ço do t al bi primeiro ia o de men sage ns co rr espanhol ponde ria, ao valor de do is circulo ana is da di zorro ney, e fi quadrado eu ina me serpente ma, p o is ne m se is o v alo da uni dade dec ada um ne m de um circulo ana primeiro di serpente ne y, e se quadrado eu r espanhol quadrado ue te di g a t am b em n cão fi quadrado eu i mui to circulo om von t ad e de o pro cura r, d ep o is li em ba ix o, a quadrado ui dez é pr e t ingles ds am ingles te uma o fe rta em paco te de ser vi ç o espanhol onda espanhol tao t am b em do si can ia serpente di serpente ney, o vaso seja, conti n ua a não bat re ce r to, e pe primeiro so vi st os est espanhol pub primeiro circulo i ista serpente, conti n uam serpente em circulo on t rolo, e porta n to quadrado eu mo serpente de eve ria circulo on tila r circulo cobre as pesca ria serpente quadrado ue el espanhol f az em, e mina homem p ac i ingles cia se eva i espanhol gitan ado, serpente ab espanhol am ad a min homem a, me di serpente se o espanhol pei rito em dia rec ingles te quadrado ue se p ode ria circulo ria ro set men t al, por as si m di ze r para a serpente al v ac sao ao vaso para a d espanhol t rui sao, como um an verso de uma ps eu do e x p li caçao de ste serpente m aca cos, para ingles tao i j us ti fi ca rem est espanhol cios e est as pee sc arias, co mo a serpente al v ac sao, o vaso sej, para quadrado ue sec rie e se a forma um set min dd e serpente al v ac sao, o quadrado ue de serpente vela a te rta i m ingles sa quadrado ue est á por det ra serpente de ste rac i o cio ni oe quadrado ue di zorro quadrado ue efe ct uva mente as si m mon tam el espanhol , o vaso mel hor, vao mon t ando um set men t al de d espanhol t rui sao, p o is o serpente i mp primeiro espanhol senso comum, o pr ova, di zen do quadrado ue para quadrado ue as co ia serpente se j am est ave is te m quadrado ue se r clara sea a r e la id a de é quadrado ue est e ob ra r n cão o é de todo, ou ingles tao , p ó, serpente im p primeiro espanhol p ó para co br i r ingles tao te rá quadrado ue se per gun t ar, o quadrado ue circulo ob rem com est espanhol v e us, mel hor di zen do , o quadrado ue pr e t ingles de mc ob r i r

E depois o eco na América, como já a todos tinha dito, a realidade ultrapassava os primeiro sinais, que eram a ponta do iceberg e uma imagem é múltipla como sempre uma imagem é, ressoa em muitos níveis distintos, uma das primeiras linhas que escutara agora no desvelar em maior profundidade do reflexo da crise, fora, não podemos pagara, não temos dinheiro para isso, o que é sempre e cada vez masi questão relativa, visto a prata e o ouro não necessariamente aumentar, mas sim a velocidade das rotativas onde se imprimem rios de papel moeda, com que cobertura, Meu Deus, que sistema financeiro e que credibilidade se poderá assim obter e masi importante ainda, nada assim estruturalmente se resolve, há quantas luas vos falei com tantos da necessidades de regulação, de outro modelo financeiro, e agora, se fala no equivalente a queda do muro de Berlin, no plano financeiro global, e o mundo em seu todo para fazer face as necessidades de todo necessita de duplicar a sua produção até meados deste século, se ainda o houver, e o que se trata é disto, e mais umas bombas aqui e acolá, mais uns focos, e de repente a electricidade se junta tanta, que tudo em grande faz bum, e as ondas de choque se tronam como vagas do mar zangado que leva tudo e todos a frente

E d ep o is o e co na am erica, co mo j á a todos tinha dito, a real id ad e vaso primeiro t rp ass ava os p rim e iro sin a si, quadrado ue e ram a ponta do ice berg e uma i mage m é m vaso primeiro t ip la co mo se mp r e uma i mage m é, r esso a em mui to serpente n ive is di serpente tintos, uma das p rim e iras linhas quadrado ue espanhol cut ar a agora no d eve primeiro ar em maio r p ro f un di dade do r e f lex o da circulo rise, f o ra, n cão p ode demos pa gara, n cão t emo serpente din he i rp para iss oo quadrado ue é se mp re e circulo ad ave zorro masi quadrado eu serpente tao r e primeiro at iva, vi st o a p rta e oo vaso t rn cão ne ce serpente sari am nete au m ingles t ar, mas sima v elo cidade das r ota t iva serpente onde se i mp reme m rios de pap el moeda, com quadrado ue co be r tura, me vaso de us, quadrado ue sis t ema fi nac e iro e quadrado ue circulo red e bil id dade se p ode rá ss im ob te r ema si i mp porta n te a inda, n ada as si m est ru r al mente se r e solve, homem á quadrado vaso antas lu as vs f al lei com t ant os da ne ce sis da ds e w de r e gula sao, de o vaso t ro mode dez fi na n ce iro, e agora, se fala no e quadrado vaso iva lente a quadrado eu da do muro de be r lin, no p primeiro ano fi na n ce iro g loba al, e o mundo em serpente eu todo para f az e rf ac e as ne ce serpente sida d espanhol de todo ne ce serpente sita de d up li car a sua pro du sao at é mae do serpente d este sec vaso dez, se a inda o homem o uve reo quadrado ue set rata é di serpente to, ema mais um as bo m ba serpente a qui e ac o la, ma sis vaso ns f oco se de r ep ingles tea el e ct rec id ad e se j un ta t anta, quadrado ue tudo em g rande f az b um, e as ondas dec homem o quadrado ue se t ron am como v ag as do mar zan gado quadrado ue primeiro eva tudo e todos a fr ente


Fui olhar as mensagens do meu telemóvel assim agora o lê-las me rezaram,

F vaso i o primeiro homem ar as men sage ns dom eu tele emo ove primeiro as si m a gira o le do traço ingles do primeiro de la serpente da mer e zara am

A primeira é de circulo da tríade do set do bar do ra do segundo do duplo circulo do infinito em pé, do primeiro quadrado do circulo do seth do vinte, caro paulo , recebi os teus recados, ainda não encontrei o video. Tive muito pouco tempo ontem e a nossa videoteca esta completamente desorganizada. Ligo-te quando o encontro. Hoje não vou ao escritório mas amanha vou encontra-lo de certeza um abraço, mark, na realidade, ainda espero o seu retorno, passados estas luas todas que já lá vao, curioso havia um outra anterior que agora desapareceu, e cujo nome , se não do mesmo, um outro me avivou, pois aparecera outra vez no corte, referencias ao tec, a escola americana, e o nome , josé miguel, ou seja, o zé miguel remédios do grupo do i dream, e curioso é saber que alguém o apagou, visto eu não o ter feito

A p rim e ira é de cir vaso dez da t riade do set do bar do ra do se gun dodo du p dez circulo do in f ni to em p é, do p rim e iro quadrado do circulo do seth do vinte, caro p au dez , rec cebi os te us r eca do sa inda n cão ingles circulo on t rei o v id e o. Ti ve mui to p o vaso co te mp o on te me ano serpente sa v id e o teca est a co mp primeiro eta que mente de serpente ro gan ani nisa serpente ad a. Li g o do traço da inglesa te quadrado vaso ando o ingles circulo on t ro. H o je na ovo ua o espanhol circulo rito rio massa manha vo vaso ingles circulo on t ra do traço ingles de dez de circulo e rt e za um ab r aço, ma r k, na real id a de, a inda espanhol p ero o serpente eu r e torno, passa ado serpente est as lu as todas quadrado ue j á primeiro á vao, cu riso serpente o avia um o vaso t ra ante r iro quadrado ue agora de sa pr ar e circulo eu, e cu jo no me , se n cão dom espanhol mo, um o vaso t ro me avi vo vaso, p o is ap ar ce ra o vaso t ra serpente v e zorro no corte, refer ingles cia sao serpente tec, a espanhol co la am erica ana, e o no me , jo serpente é mig vaso el, o vaso se j a, o zé mig vaso el reme di serpente o do g rup o do i dream

Portanto o agora décimo, mas que na realidade era o onze, reza, circulo do quadrado, do circulo do infinito em pé do bar do rá do segundo do duplo circulo deitado do infinito, , do ze do circulo sexto do vinte e cinco, ou da segunda estrela, agora basta enviar sms grátis para activar e desactivar serviços ou pedir informações,. Descubra o novo portal sms. Envie sms para o dezasseis do noventa e seis com texto AJUDA. Até já .de tmn

Porta n to o agora dec imo, mas quadrado ue na real id a de e ra o onze, reza, circulo irc vaso dez do quadrado, do circulo do infinito em p é do bar do rá do segundo do d up dez circulo de it ado do in fi ni to, , do ze do circulo sex to do vinte e cinco, ou da segunda e ts t r e la, agora ba sta ingles vi ar sm sg artis para ac t iva r e de serpente ac t iva r ser vi ç o espanhol o vaso ped di rin for m aç º o espanhol,. Dec ub ra o n ovo porta al sm serpente. Envie, inglesa inveja, in veja, sm spa tao dez ase is don ove ingles t a e se is com te x to A JUDA. A té j + a ponto de tmn, a té da jade

O nono que seria o decimo, di zorro onze do circulo do infinito do bar do rá do segundo do infinito deitado, circulo do infinito em pe do dezasseis do circulo do oitavo, a sua conta kanguru tem vencido o valor de trinat e nove, de noventa, pagável no m b dez do segundo duplo set de cinquenta e ste, estrela do seth, do duplo infinito, oitenta e oito, segundo seth da tríade de cinquenta e nove do pf pague nas próximas quarenta e oito horas evitando suspensão do serviço. linha oitocentos de noventa e tres , primeiro do trinta e um do ze do circulo do segundo

O nono quadrado ue se ria o dec imo, di zorro on ze do circu dez do in f ni to do bar do rá do segundo do in fin tio deitado, circulo do in f ni ot em pe do dez ase is do circulo do oitavo, as ua circulo on t a k a muito guru y te m v ingles cid oo valor de t rina te n ove, de no v ingles ta, pa g ave primeiro no m b dez do se gun do d up dez set de cinquenta e ste, estrela do seth, do duplo infinito, oitenta e oito, se g vaso dn o seth da t r iade de cinquenta ingles ove m. p f pa g ue nas por x ima serpente quadrado ua renta e oito horas evita n do serpente us pen sao do ser vi ç o do ponto da linha oi to circulo ingles t os de n ove ingles ta e tres , p rim e iro do t rie ingles ta e um do ze do cir circulo uk o do segundo

O oitavo que seria o nono tambem, diz, onze do circulo do oitavo do bar do rá do segundo do duplo circulo do oitavo, primeiro quadrado do segundo nono de cinquenta e dois, chat tmn: vai a praia com o chat tmn e ganha telemóveis samsung! Inscreve-te já . envia sms com eu nick ( ex: Eu sara) para o doze do duzentos e doze. Ate já de tmn

oo it vao quadrado ue se ria o nono t am b em, di zon ze do circulo do oi t avo do bar do rá do segundo do du p dez circulo do oitavo, primeiro quadrado do segundo nono de cinquenta e do is, circulo do homem oe m onze hat t mn: v aia pr aia com o circulo hat t mn e gan homem a tele m ove is sam serpente un g! I ns circulo r eve do traço da inglesa te j á . envi a sm serpente com eu ni circulo kapa ingles te rato par ingles te sis e x dos do is pontos do Eu da sara par da te sis do para o do ze do d vaso zen to ze doze do ponto da a te j á de t mn

o setimo que era o oitavo, diz data vinte e cinco, ou segundo da estrela do circulo do oitavo do segundo do duplo circulo do oitavo do quim ze do quadrado do seth do cinquenta e um , ou estrela do primeiro, mensagem carregamento efectuado . eur quim se bonus pako creditado .circulo duplo do terceiro euro saldo eur quim ze , circulo do quarto a te j a par da ren da te sis triplique o seu saldo,! ligue grátis di ze circulo do vinte um de noventa e seis segundo do vinte e quatro quadrado duplo

o set omo quadrado ue e ra oo it avo, di zorro data vinte e cinco, ou segundo da estrela do circulo do oitavo do segundo do duplo circulo do oitavo do quim ze do quadrado do seth do cinquenta e um , ou estrela do primeiro, men sage m circulo ar r ega men tie efe circulo tua ado . eur quadrado um se bo n us p a k o circulo red it ado .circulo duplo do te rc iro eu ro serpente al do eur quim ze , circulo do quadrado vaso art o a te j a par da ren da te sis triplique o seu serpente al do, serpente eta ca bo li gu e g artis di ze circulo do vinte um de noventa e seis se g vaso dn dodo vinte e quadrado vaso t ro quadrado au dr ado do up dez

o sexto que era o setimo, diz, vinte e cinco, do circulo do oitavo do segundo do duplo circulo do oitavo, do quim ze do quadrado do seth de cinquenta e dois, mensagem , com este carregamento acumulou quin ze pontos .para consultar saldo ponto t ( actualizado cada vinte e quatro horas envie sms grátis circulo/ aspa pontos aspa, para do ze circulo de noventa e seis ou va a www ponto do t mn do ponto pt a te j a de do ze do circulo de noventa e seis

o sex ro quadrado ue e ra o set imo, di zorro, vinte e cinco, do circulo do oitavo do segundo do circulo up dez circu lodo o it avo, do quim ze do quadrado do seth de cinquenta e dois, men sage mc om este carre g am ingles to ac vaso m vaso primeiro o vaso quin ze p on t os .para co n sul t ra serpente al do p on tot ingles te rata par ingles te sis ac tua primeiro iza ado circulo ad a vinte e quadrado au t ro hor as envie sm serpente g rat is circulo do bar do ra da a spa p on to sas pa, para do ze circulo de noventa e seis ou va a www ponto do t mn do ponto pt a te jade do ze do circulo de noventa e seis

a quinta que era a sexta, diz, vinte e oito, o musico maestro do bar do rá do circulo do infinito do bar do rá do segundo do duplo circulo do oitavo, quatorze do trinta e um da aramada do primeiro nono, da banda larga da t mn ad ira a te sete do bar do rá do seth na ave veja na in te net a toda a velocidade e ganhe um voo acrobático red bull! Ligue grátis, oitocentos de noventa e seis do cento e um do circulo ou va a www do ponto da cruz mn do ponto pt a te j primeira de t mn

a quinta quadrado ue e ra a sex t ad di do zorro do vinte e oito, o mu sico maestro do bar do rá do circulo do in f ni to do bar do rá do segundo do duplo circulo do oitavo, quadrado ua t ro ze do trinta e um da ar am ad ado do primeiro nono, da ban d a primeiro arga da t mn ad ira a te sete do bar do rá do seth na ave veja na in cruz raro e net a toda ave do elo dez cidade e gan he do primeiro vaso duplo ac riba tico red b vaso ll Li g ue g rat is, oitocentos de noventa e se si do cento e um do circulo ou va a www do ponto da cruz mn do p on t y o pt a te j p rim mi e ra det mn

a quarta diz segundo nono do bar do rá de agosto do segundo do duplo circulo do oitavo, do treze do vinte e um do tríade de seth, a te do trinta e um do circulo do oitenta e oito do circulo men sage maior a te do trinta e um do circulo oitocentos e oito do circulo quadrado , ou da quadratura do circulo da am mo serpente do traço ingles de primeiro bilhão de mms gratos para envi ar para todos os território nacional! Basta activar o serviços do ze do circulo do quadrado da estrela, do ponto da primeira te da jade tc cruz mn

a quadrado ua art rata di zorro se gun don on o do bar do rá de agosto do se gun dodo du p dez circulo do oitavo, dot r e ze do vinte e um do t riade de seth, a te do trinta e um do cir cu primeiro o do o it ingles te e oito do circulo men sage maior a te do trinta e um do circulo oitocentos e oito do circulo quadrado au dr ado , ou da quadrado au dr a tura do circulo da am mo serpente do traço ingles de primeiro bil homem da primeira da ode m ms g rato spa para envi ar para todos os terri tó rio n ac cio n al! B as sta ac t iva aro ro ser vi º corte circulo do ze do circulo do quadrado da estrela, do ponto da primeira te da jade tc cruz mn

a terceira que era a quarta, diz, circulo segundo de setembro dp bar do rá do segundo do duplo circulo do oitavo, do dezassete do dezoito de circulo do nono anima circulo do toque do teu tom com a musica loco por ti baby para da te rat par te sis soy loca por ti dos irmãos verdades com, da mer che rome erro eur segundo do nono de noventa e sete maio do ponto da envi primeira sm serpente g rat is p do bar do rá do triplo segundo do duplo circulo com da cruz de sessenta e dois , o noventa e tres de setembro de t mn i nono

a te rc eira quadrado ue e ra a quadrado vaso art a, di zorro, cir cu dez segundo de sete m bro dp bar do rá do segundo do du p dez circulo do o it ava o, do dez a sete do dez o i to de circulo do nono da na ma circulo dot o quadrado eu do te vaso tom com a m vaso sica primeiro oco por ti b ab y para da te rat par te sis serpente o y primeiro oca por ti d o sir mao serpente v e r dad espanhol com, da mer che rome erro e ur segundo do nono de noventa e sete maio do ponto da envi p rim maira sm sg rat is p do bar do rá do triplo segundo do duplo circulo com da cruz de sessenta e dois , o n ov ingles te a e t r espanhol de set e m br ode da det cruz do mn ni nono, bom bei ro am b vaso lan cia

a segunda que é a terceira diz quinze de setembro do bar do ra do segundo do duplo circulo do nono carregamento efectuado eur set de cinquenta bonus pako creditado , circulo da gula do vi de outubro, saldo eur , dezasseis de oitenta e nove a te j a navegue na internet no telemóvel ligue já do ze dos trezentos do ponto do primeiro do mês ga rta is de noventa e seis dupla diade do duplo quadrado

a segunda que é a terceira diz quinze de setembro do bar do ra do segundo do duplo circulo do nono car r ega m ingles to efe ct ua ado eur set de cin quadrado vaso ingles ta b on us p ak o circulo red it ado , circulo da gula do vi de outubro, saldo eur , dez ase is de oitenta ingles ove a te j a na v e g ue na un te r net no tele we emo v el li g ue j á d o ze dos trezentos do ponto do primeiro do mês ga rta is de noventa e si espanhol d up la dia dd e do d up dez quadrado au dr ado

a primeira que era a segunda diz quinze do circulo do nono do segundo do duplo circulo do oitavo, do ze do circulo sexto do cinquenta e um com do este carregamento acumulou sete pontos pp, para consultar saldo ponto da cruz actualizado cada vinte e quatro horas, envie sms grátis circulo / spa pontos serpente da pa da serpente do para do ze do circulo de noventa e seis circulo do vaso da primeira da www do ponto da cruz mn pt a te j primeira do ze do circulo de noventa e seis

a p rim eira quadrado ue e ra ase gun da di zorro quin ze do circulo do nono do segundo do d up dez cic vaso primeiro po do oitavo, do ze do circulo sexto do cinquenta eu mc om do este car r ega m ingles to ac vaso mul o vaso set ep on to serpente do pp, para co ns uk primeiro da cruz do ra serpente al do ponto da cruz ac tua al iza ado doca ad a vinte e quatro horas, ingles vie sm serpente g artis circulo do bar do rá da spa pontos ser pente da pa da serpente do para do ze do circulo de noventa e seis circulo do vaso do quadrado da ap do rim prim e ira da www do ponto da cruz mn pt a te j primeira do ze do circulo de noventa e seis



Pensais porventura que ganância que o estado do desgoverno da coisa como chegou, passar de um dia para o outro, ao acordar?

Pesa pen as is pro ove ingles tua quadrado ue g ana cia quadrado ue o estado do de sg ove r no da co isa co mo che g o up assar de um di para oo vaso t ro, ao ac o rda rato da foice

Não foi a ganância que esteve na base do desgoverno, porventura trazeis, disso alguma duvida, e há quanto tempo dura, de que tamanho trás suas raízes, e agora quereis tratar da planta pondo só agua por cima de suas folhas, em vez de escavar fundo e arrancar as tortas raízes e de nov arar em bem o terreno, pensais que resolvem assim, com um balão de oxigénio, e esqueceis porventura a dimensao do mundo e o impacto das economias em sua actual e inexorável religaçao tanto para o melhor bem, como para a maior provável e definitiva queda, e guerra e mais guerra e maior fome e maior miséria e maior revolta

Não foi a ganância que esteve na base do desgoverno, porventura trazeis, disso alguma duvida, e há quanto tempo dura, de que tamanho trás suas raízes, e agora quereis tratar da plantar pondo só agua por cima de suas folhas, em vez de escavar fundo e arrancar as tortas raízes, pensais que resolvem assim, com um balão de oxigénio, e esqueceis porventura a dimensao do mundo e o impacto das economias em sua actual e inexorável religaçao tanto para o melhor bem, como para a maior provável e definitiva queda e guerra e mais guerra e maior fome e maior miséria e maior revolta

De todas as formas, uma outra questão está por debaixo desta crise, falemos claro dela, pois se trata ainda da grande convulsão no mundo, e é esse o verdadeiro sub prime de que se trata, sem ninguém pelos vistos quer dela em claro falar, de quanto serão as indemnizações, em dinheiro sonante, ou em valores, e, controlo de empresas

De t o da sas formas , uma o vaso t ra quadrado eu serpente tao est á por de ba ix o de sta circulo rise, f al emo sc la ro de la, p o is se t rata a inda da g rande circulo on v vaso primeiro sao ni mundo, e é esse o v e rda de iro serpente ub pr i me de quadrado ue se t rata, se m nin g eu m pe primeiro serpente o vi serpente to serpente quadrado eu re de le em circulo primeiro aro f ala r, de quadrado vaso anto se ra o as inde mina ina zo espanhol, em din her son ante, o ue m v al o r espanhol, e, circulo on t rolo de me presas

E é sempre valido e meritório ajudar os seus, e nas vezes assim se faz sacrifícios, que a carga nao seja demasiada para a carroça de todos, pois balões desta natureza no pouco tempo que o mundo trás para resolver os problemas e as necessidades de produção e distribuição global de riqueza e de alimento e de agua, não se reuniram nunca no ritmo necessário, pois são sempre eles onerosos, e balões det natureza tornará as bases do sistema financeiro global ainda masi fictícia, em relaçao ao que ainda se pressupõem e se trás acordado serem suas fundações, por isso melhor alterá-las já em forma clara e extensível a todos e enquadrado o sistema financeiro, como ferramenta que ele é e sempre foi ao serviço do homem e da vida e do mundo, e não mais em seu contrário

E é se mp r eva lido e mer i tori serpente ajuda r os se us, ingles as v e ze serpente as si m se f az serpente ac rifi cio serpente, quadrado ue a circulo arga n º ao seja de ma si ad a para a car roça de todos, p o is b al o espanhol de sta na t ur e za no p o vaso co te mp o quadrado ue o mundo t ra serpente para r esso primeiro v e ros pr ob primeiro ema serpente e as ne ce serpente sida de sd e pro du cape e di serpente t riu b vaso i sao g loba sl de riq vaso e za e de al i m neto e de agua, n cão se r eu ni ram m un ca no r it mo ne ce serpente sario, p o is são se mp re el espanhol one roso se b al o espanhol det na t ur e za tor na rá as ba e serpente d o sis t ema fi na circulo e iro g lo bal a inda masi fi ti cia, em r e la ç º ao a o quadrado ue a inda se pr ess up poe oe me se t ra serpente ac o r dad o se rem serpente au serpente f un da ç o espanhol, por iss o me primeiro homem or al te rá do traço da inglesa de la serpente j á em forma clara ee x t ingles sic v el a todos e ingles a quadrado ua dr ado o sis t ema fi na ce iro, co mo fe rra mn net quadrado ue el e é e se mp r e f o ia o ser vi ç o do homem ome e da vida e do mundo , ingles cão em serpente eu circulo on t rá rio

Vos haveis esquecido do que se passou depois da primeira grande depressão, já se esqueceram que foram por decreto obrigados a vender ao governo na construção da reserva, todo o ouro e prata que possuíam?

V os homem ave is espanhol quadrado eu cid o do quadrado ue se passou d ep o is da p rim e ira g rande d ep press sao, j á se espanhol quadrado eu ce ram quadrado ue f o ram por dec r e to ob rig ado sa ave ingles de ra o g iv e r no na cos sn t ru sao da r e serva, todo oo ur o e p rat quadrado ue p os serpente vaso iam foice

O que pensais que se passará, quando não mais tendo nem a prata nem o ouro, podereis entregar, quando as vossas dividas se tornarem de novo insolventes?

O quadrado ue p ingles sa is quadrado ue se pa serpente sara, quadrado vaso ando n cão mais t ingles do ne m a p rata ne mo o ur o, p de reis ingles t r ega r, quadrado vaso ando as vo serpente sas di vi da serpente se tor na rem de nov in sol v ingles te serpente da foice

Se assim continuar, ou seja se tal cenário se poder vir a consubstanciar, vos levarão o que há de levar, como sempre se faz nestes casos, os valores, mesmo que depreciados, ainda sabeis o que são valores?

As casas, já nem as tendes, pois as compram em hipoteca, talvez os carros cujos leasing foram já pagos em sua totalidade, as televisões, os frigoríficos, os fogões , as maquinas de lavar, os livros, os objectos, foi assim que se passou se bem vos recordais para uma imensa maioria em vosso país, e a razão que levou à grande queda, não foi muito diferente em seus ingredientes, especulação sobre especulação, sem tijolo real por baixo a sustentar, um castelo de cartas, que sobre e sobe até sempre cair

Se as si m conti n vaso ar, o vaso seja se t al circulo ingles á rio se p ode r v ir a co ns ub serpente tan cia r, v os primeiro eva ra oo quadrado ue homem á de le v ra, cm o se mp r e se f az nest espanhol circulo as os, os v alo r espanhol, me serpente mo quadrado ue d ep rec iad os, a inda serpente ab e is o quadrado ue são v al o r espanhol foice as ca sas, j é ne m as t ingles de serpente, p o isas co mp ram em hi ip o teca, t al v espanhol os car ros circulo vaso j os lea sin g a f o ram j á p ag os em serpente al tota li dade, as tele v is o espanhol, os fr i g ori fi co serpente, os f o g o espanhol , as ma quinas de primeiro ava ros livros, os ob ject os, f o i as si m quadrado ue se passou se b em v os reco rda is para uma im ane sa maio ria em v osso pa is, e a ra zorro ao quadrado ue primeiro evo vaso à g rande quadrado eu da, n cão f o i mui to difer ingles te em se us in g red di ingles t espanhol e serpente pe circulo vaso la ção serpente ob re espanhol pe circulo vaso la são, se m ti j olo real por ba ix o a serpente us t ingles t ar, um cas t elo de ca rta serpente, quadrado ue serpente ob re e serpente ob e at é se mp rec air

Muito eu amo a América e muito eu amo a todos no uno mundo, e a realidade é que este tipo de doença, se espalha como virose, por todos os continentes, sobretudo em economias e sistemas de produção tao interligados como trazemos, e a prova está feita, está crise de credito a que chamais mal parado, mas que em verdade , se deve dizer de falso credito no sentido em que não se pode ter ou oferecer credito se não o tem na realidade, assente nos respectivos valores, estendeu-se tambem a muitos países do mundo fora da América, pois muito desse fictício valor, serviu por sua vez para financiar muitos bancos no estrangeiro, nomeadamente na Europa, ou seja cada vez mais a imagem do espirro da borboleta que em los angeles faz tremer a frança, tambem aqui neste domínio se torna cada vez mais real

mu i to eu am o a am eric a e mu tio eu am ao a tod os no uno mundo, e a real id a de é quadrado ue este t ip o de do enca, se espanhol p alha co mo vi rose, por todos os conti net espanhol, serpente ob r e tudo em e co no mia se sis t ema sd e pro du sao tao o ine t r li gados como t ra ze ms o, e a pr ova est á fe i ta, est á circulo rise de circulo red i to a quadrado ue ca homem mais m al para ado, mas quadrado ue em v e rda de , se d eve di ze r de f al so circulo red i to no serpente ingles t id o em quadrado ue n cão se p ode t ero vaso oe fr e ce rc red i to se n cão se o t e mna r e la id ad e, as sen te nos r espanhol pe ct vaso vo serpente v al o r espanhol, est ingles de vaso do traço ingles se t am b ema mui t os pa ise serpente d om vaso dn o f o ra da am erica, pi is mu ti so de serpente se fi tc i co valor, ser vi vaso p o r serpente ua v espanhol para fi na n ca i r mui to serpente ban co sn o e t ran geiro, no mea damen te na eu ro ap o vaso seja circulo ada ave zorro mais a i mage m do espanhol pei r ro da bo r b o primeiro eta quadrado ue em dez serpente an ge primeiro espanhol f az t r e mer a fr ança, t am b em aqui nest e do mini o se tor na circulo ada ave zorro masi rea primeiro

quando as grandes crises se dao as gentes apanham um susto muito grande porque de repente os que comiam , se vestiam, e tinham trabalho ficaram em massa sem ele e esse susto pode ser bem ou mal gerido, por outras palavras é verdadeiro dizer-se em muitas vezes que uma crise é tambem uma oportunidade, provavelmente com grande grau de certeza a ultima que se terá antes do caos global dos mercados e consequente caos tambem por este componente da complexa e transistemica crise global

quadrado vaso ando as g r ande serpente circulo rise serpente se dao as g ingles t espanhol a p e ham um serpente us to mui to g rande por quadrado ue de r ep ingles te os quadrado ue com ima b em, se v espanhol t iam, e tin ham t ra b alho fi caram em massa se m e le e esse serpente us to p ode se r b em o vaso m al geri do, por o vaso t ra serpente p al v ra serpente é v e rda de iro di ze r do traço da inglesa se em mui t as v e ze serpente quadrado ue uma circulo rise é t am b em uma oport uni dade, pr ova v el mente com g rande g r au de ce r te za a vaso primeiro t ima que se te rá ant espanhol do cao sg dez bal dos mercados e co ns e quadrado vaso ingles te cao serpente t am b em por este co mp one ingles te da co mp lex a e t ra sn sis te mica circulo rise g dez bal

e o susto é mau conselheiro, tambem no sentido masi perverso que propicia ou facilita soluções de controlo de poucos sobre muitos e assim os sistemas democráticos se pervertem, e antes da democracia ou de qualquer outro regime, estão sempre os estômagos dos filhos e dos pais e dos avos para alimentar, ou seja, ainda, nas vezes em situações assim, radicais, as gentes são levadas a trocar direitos por bifes, ou aceitação, para continuarem a poder sobreviver, da mesma forma que quem olhando para o estado do mundo em seu todo e perceber os problemas que temos no horizonte, poderá se tentar em muito, mesmo a assim mesmo propiciar no mais breve tempo, na esperança que as protecções que detém, o tornem no leque curto dos sobreviventes, ou seja ainda , sempre um perigoso coktail se prefigura em situações de grande crise, seja financeira, ou não , e as tentações se tornam maiores, assim reza infelizmente toda a história doas homens, até ao momento

e o serpente us to é m au co nse primeiro he iro, t am b em no serpente ingles tid o masi per verso quadrado ue pr op i cia ou f ac i li ta sol vaso ç o espanhol de circulo on t ro dez de po vaso cos serpente ob re mui to serpente e as si mos sis t ema serpente demo circulo rat i cos se per v e r te me ant espanhol da demo circulo ra cia o vaso de quadrado ua primeiro quadrado eu r o vaso t ro r e gim e, espanhol tao se mp reo serpente espanhol to magos dos fi primeiro homem os e dos pa is e dos avo serpente para al i m ingles t ar, o vaso seja, a id dna, nas v e ze serpente em si tua ç º oe serpente as si m, ra di ca si, a serpente g ingles t espanhol são primeiro eva da sa t roca r di rei to serpente por bi f espanhol, o vaso ac e i taçao, para conti n ua rem a p ode r serpente ob r e viver da me serpente ma forma quadrado ue quadrado e um olhando para o eat dodo mundo em serpente eu todo e pr e cebe ros pr e b primeiro emas quadrado ue te mos no horizonte, p ode rá se t ingles at ra em mu tio, me serpente mo a as si m me serpente mo pro pr i cia r no mais br eve te mp o, na espanhol pa e r ança que as pr tec ç e os qi e de te mo tor ne m do primeiro e quadrado ue circulo r vaso to dos serpente ob r e vi v ingles t espanhol , o vaso seja a inda , se mp r e um pe rig o so co k tais se pre fi g ur a em si tua ç o espanhol de g rande circulo rise, seja fi na n ce ira, ou n cão , e as t ingles tacões set tor n am maio r espanhol, as si mr e za in fe primeiro is mente tid aa hi serpente tó ria doas homem ome ns, at é ao mo m ingles to

o que aconteceu na grande depressão, foi exactamente uma solução desta natureza no plano do mercado e das finanças, e correspondeu aquilo que contraria o bom senso que todos conhecem, não se devem colocar todos os ovos na mesma cesta, ou por todas as poupanças e aplicações num mesmo banco ou instituição financeira, pois se a cesta se quebra se quebram todos os ovos e nada então se tem para comer

o quadrado ue ac on teceu na g rande de press sao, f o i e x ac tamen te que mente uma sol vaso sao de sta na t ur e za no p primeiro ano do mae r circulo a do e da serpente fi na serpente ç as, e co rr e ps on de vaso a quadrado vaso i dez quadrado ue circulo on t ra ria o b om serpente ingles serpente o quadrado ue todos circulo on he circulo em, n cão se d eve mc olo car todos os ovos na me serpente ma ce sta, ou por todas as p o vaso p ancas e ap li caçoes n um me serpente mo ban co o vaso in titu i sao fi na ce ira, p o is sea circulo eta serpente se quadrado eu br ase quadrado ue br am todos os ovos ingles ad a ingles tao se t em para co mar

assim se criou um banco central, ao arrepio de que muitos como próprio pai da nação o disse Lincolin, que por sua vez empresta o dinheiro que assenta nas barras de outro e prat que no cofre estão a bancos e outras instituições financeiras e o dinheiro cada vez masi se tornou uma operação de representação nos balcões de quem o compra, ou pede emprestado

as si m sec rio vaso um ban co circulo ingles t r primeiro, ao ar r ep pi ode quadrado ue mui ts o co mo pro pr i opa i da na sao o di ess e Li cn circulo primeiro im, quadrado ue por serpente ua ave ze mp r espanhol tao di ne homem ri quadrado ue as senta nas bar ra sd e o vaso t ro e prat quadrado ue no cao fr e espanhol tao a ban co se o vaso t ra sin serpente titu i ç õ espanhol fi na n ce iras e o din ne iro circulo ada ave zorro masi se tor no vaso uma opera sao de r ep r espanhol ingles taçao nos bal co espanhol de quadrado eu mo co mp ra, o vaso pede e mp r estado

e pelo preço do dinheiro, que se diz emprestado, ou seja pelo que chama de taxas de juros, aplicadas sobre o valor do próprio dinheiro, se regula assim, ou melhor se regulava o mercado e a inflação, pois sabemos todos, que o que se chama de inflação, é constante relaçao entre quantidade de dinheiro que circula, não necessariamente assente em valor real, o consequente poder de compra, e sua relaçao dinâmica com a oferta produtiva, que por sua vez determina as questões do emprego

e p elo pr e ço do din he iro, quadrado ue se di zorro e mp r estado, o vaso seja p elo quadrado ue circulo homem ama de t axa serpente de ju rosa p li circulo ad as ao br reo valor do pro pr i o din he iro, se r e gula as si mo vaso me primeiro hor se r e gula ava o mer da co e a in f primeiro sao, p o is serpente abe mos todos quadrado ue o que se circulo homem ama de in fla sao, é uma co ns t ante da relaçao ingles t re quadrado vaso ant id ad e de din he iro quadrado ue cir cu la, n cão ne ce serpente sari e mn te as serpente ingles te em v serpente al o r real, o co nse quadrado eu ingles te p ode red e co mp ra e a o f e rta pro du t iva

ou seja explicando em maior detalhe, se as gentes trazem mais moedas em seu bolso, e ficam assim mais folgadas em seus orçamentos pessoais e familiares, tem tendência a consumir mais, o maior consumo, aumenta a procura que por sua vez aumenta a produção, que como tudo, tem seu limite próprio e natural, e assim sendo para que os bens não escasseiem e assim se tornem mais caros, aumentado o custo de vida, ou seja o que chama de inflação, o banco central, empresta o dinheiro mais caro, reduzindo desta forma outra vez, o poder de compra e consequentemente a inflação, assim era no plano teórico e até mesmo pratico, quando as coisas iam em níveis de esquizofrenia menores do que hoje vao e tambem num tempo onde o apelo ao consumo, não era feito com toda a ciencia e massificação que hoje diariamente bombardeia os consumidores e lhes cria e insufla nas vezes até desejos que não habitam em seus corações ou seu pensar

ou seja e x p lu cab n do em maio r d eta primeiro he, se as g ingles t espanhol t ra ze m mais moe da serpente em serpente eu bo primeiro serpente oe fi cam as si m mais f o primeiro gados em se us or çam ingles t os p esso a ise f ami lia r espanhol, te m t ingles den cia a co ns vaso mir mais, o maio rc on sumo, au men ta a pro du sao, quadrado ue co mo tudo te ms eu li mi te pro pr i oe na t ur al, e as si m serpente ingles do para quadrado ue os be ingles ns n cão esca ss e i e me se tor ne m masi caros, au m ingles t ns o doc is to de vida, o vaso seja o quadrado ue chama de in fla sao, o ban co circulo ingles t r al, e mp r est tao din he iro mais caro, red vaso zi dn do de sta forma o vaso t ra ave zo p ode red e co mp ra e co nse quadrado vaso ingles te mn te a in f k primeiro sao, as si m e ra no p lan terri ot co e at é me serpente mo p ra tico, quadrado vaso ando as co ias iam em ni v e is de espanhol quadrado vaso i zo ff fr ingles ia m ingles o r espanhol do quadrado ue homem oje vao e t a m b em n um te mp o onde o ap elo dez ao circulo on sumo , n cão e ra fe i to com toda a cie ingles cia e massi fi caçao quadrado ue homem o je dia rim ingles te bo m bar deia serpente o co ns vaso mi dor espanhol


respondia um senhor já crescido ao que o jornalista raposo lhe perguntava, mas afinal de quem é a culpa, a culpa é de todos nós, o que é uma resposta honesta e verdadeira e de certa humildade, embora alguns poucos tragam muita responsabilidade no sistema financeiro e muitos muitos mais, nem tanto, pois não decidem as regras do jogo

r espanhol pon dia um serpente ingles hor j á circulo r espanhol cid o ao quadrado ue o jo rna primeiro ista raposo primeiro he per gun bta ava, mas a fi n al de quadrado eu mé ac vaso primeiro pa, a circulo vaso primeiro pa é de to ds nós, o quadrado ue é uma r espanhol post a homem one ts e v e rda de ira e de ce rta homem vaso mi primeiro dad e, em bora la g vaso ns p o vaso cos t ra g am mui ta r espanhol ponsa bil id a de no sis t ema fi n na ce iro e mui to serpente mui to serpente maís , ne m t ant o, p o is n cão dec id ema serpente r e g ra sd o j ogo

e relembrava os tempos da mercearia, chegava o cliente que antes de mais era vizinho dali ao pé e próximo chegado, a té havia um livrinho para assentar o fiado, que é na realidade um forma de empréstimo bancário sem juros, e o merceeiro, assentava na coluna do haver, que o senhora do senhor joao lhe ficara a dever x das batatas, e quando se apercebia por conhecimento directo e pratico, quotidiano, que a senhora estaria a ultrapassar as suas capacidades de gasto, ou que acumulava muito em credito, lá começava gentilmente a chamar-lhe à atenção, até que por fim lhe podia cortar o crédito, se entretanto a divida ficasse insolvente, o que era uma minoria dos casos, pois os vizinhos se conheciam de forma a não deixar ultrapassar os limites, quando assim infelizmente acontecia, o senhor da mercearia, tinha perdido, o dinheiro de umas batatas e mais uns quantos produtos, mas o dano era pequeno, pois era individual, ou seja fruto de uma relação personalizada, e portanto e consequentemente próxima, sabedora, com conhecimento real da capacidade de endividamento de cada uma das famílias que viviam apertadas

e r e primeiro em br ava os te mp ps da mer cea ria, che g ava o circulo lie ingles te quadrado ue ant espanhol de masi e ra vi zorro in ho dali ao p é e pr ó x imo che gado, a té homem avia um li v rin homem o para as serpente ingles t ra o fi ado, quadrado ue é na r e la id a de um forma de e mp r espanhol t imo ban ca rio se m ju rose o mer cie iro, as senta ava na co primeiro un ado homem ave r, quadrado ue o serpente ingles hor ado serpente ingles hor joao primeiro he fi cara ad eve r x das bata t as, e quadrado vaso ando se ap e rc e bia por circulo on he cimento di rec to e p ra tico, quadrado vaso ot id ano, quadrado ue a serpente ingles hor a est a ria a vaso primeiro t ra passa ra ss ua serpente capa cidade sd e gás to, o vaso quadrado ue ac vaso mu primeiro vam vaso it o em circulo red it o, primeiro á com eça ava g ingles tile mn te a circulo homem am ar do traço do primeiro ingles à e t ingles sao, at é quadrado ue por fi m primeiro he p o dia co rta ro circulo réd i to, se ingles t r eta n to a di v id a fi casse in sol v ingles teo quadrado ue e ra uma mino ria do serpente casos, p o is os vi zorro in homem os sec on he circulo iam de forma e cão de ix ar vaso primeiro t rp assar os li mit espanhol, quadrado vaso ando as si m in fe primeiro i zorro mente ac on tec ia, o serpente ingles hor da mer cea r is, tinha per dido, o din he o r de umas bata t as ema maís vaso ns quadrado vaso anto serpente pro du to serpente, maso dn cao e ra pe quadrado vaso ingles o, p o is e ra in di vi d ual, o vaso seja fr vaso to de uma r e primeiro sao persona primeiro iza da, e pro t ant oe co nse vaso quadrado n te mente pr ó x ima, sabe dora, com circulo on he cie mn to rea primeiro da capa cidade de ingles di vi dam ingles to dec ada uma das f am milia serpente do quadrado do vaso do ivam ap e rta da serpente

depois chegaram os supermercados, onde milhares vao a vez comprar o que necessitam, ou nas vezes nem tanto, e onde não existem mais livrinhos de apontamentos por parte das gentes que se encontram ao balcão, nem se conhecem as gentes que os frequentam como na pequena mercearia, fruto disso mesmo do aumento da dimensao da escala, mas os livrinhos da razão, assim se chamavam, que é palavra bonitinha e importante a ter em tudo da vida, foram substituídos por cartões de crédito e empréstimos vários, como aqueles que são autorizados em promoção nas televisões e que dizem, mais ou menos todos assim, quer dinheiro na mao, não tenha problemas, telefone para o oito vezes o infinito deitado como em seu caixão, sem perguntas , sem demoras, pegue lá até dez mil euros em sua mao, e que servem os que já esgotaram o credito dos cartões continuarem a ter dinheiro em sua maos, e ficarem assim cada vez masi endividados, fazendo jus a um velho princípio do bom senso, daqueles que não conhecem um horizonte ensolarado e quente em suas vidas e viver, que é, enquanto o pau vai e vem, folgam as costas, e nas vezes há guerras e tombam até os símbolos do comercio mundial a explicar a todos, menos as bestas, até que ponto a vida e o comercio e a produção e a distribuição da riqueza está de pernas para ao em nível muito profundo e global

d ep o is ce homem aram os super mer rca ado son onda mi primeiro homem ar espanhol vao ave zorro co mp ra aro quadrado ue ne circulo ess sita am, o un as v e ze sn em t ant oe onda n cão e x iste m maís li v rinho serpente de ap on tamen to serpente por p arte da serpente genet ts quadrado ue se ingles circulo on t ram ao bal cao, ne mse circulo on he circulo ema sg ingles te serpente quadrado ue os fr e quadrado eu ingles tam como na pe quadrado eu na mer ce ria, fr vaso to di serpente o me serpente mo do au m ingles to da dimensao da espanhol cala, mas os li v rinho sd a ra za o, as si mse circulo homem ama vam, quadrado ue é pala vaso ra bonitinha e i mp porta ante a te rem tudo da v id a , f o ram serpente ub st vaso id os por car to espanhol dec r i dito e e mp r espanhol t imo serpente v a riso, co mo a quadrado ue primeiro espanhol quadrado ue são au o rit zorro ad os em pro omo sao nas te primeiro is o espanhol e quadrado ue di ze m, maís o vaso m ingles os todos as si m, quadrado eu r din he iro na mao, n cão t ingles homem a p ro b primeiro ema serpente, tele fi ne para o oito v e ze serpente o in fi ni to de it ado como em serpente eu ca ix ao, se m per gun t as , se m demo ra serpente, pe g ue primeiro á at é dez mi primeiro eu rose ms ua mao, e quadrado ue ser v emo serpente quadrado e j á espanhol g ota ram o circulo rei to do serpente cart o espanhol conti n ua rem a te r din he rio em serpente ua mao se fi car ema serpente si mc ada v e zorro masi ingles di vi dad os, fazendo j us a um v e primeiro ho p ric ni pi o do bo m senso, da quadrado eu primeiro espanhol quadrado ue n cão circulo on he cem um homem ori zon te ingles sola ra do e quadrado eu ingles te em serpente ua serpente v id as e viver, quadrado ue é, ingles quadrado vaso anto o p au v a i eve m, f o primeiro gás ma sc o sta se na serpente v e ze serpente homem á g eu rr as e tom bam at é os serpente im b il os do com e r cio mun dia primeiro a e x p li car a todos, m ingles os as bes sat ts, at é quadrado ue ponto a v id a e o com e r cio e a pro du sao e a di st rio i sao da rique za est á de pe rna serpente para ao r em n iv el mui to pro f un do e g loba primeiro

na mercearia a que se chama de banco, as regras são diferentes, pois para existirem cobram juros, que por sua vez pagam ao banco central, ou seja são tambem intermediários de batatas, mas daquelas redondas que ninguém pode comer, pois não mata a fome e não se aconselharia nunca aos dentes nem aos estômagos, e tempo houve no chamado sistema financeiro, em que os balcões eram pequeninos e próximos das gentes que os frequentavam e havendo livros de razão, tambem mais ao certo se sabia das reais possibilidades que cada e suas famílias tinha para se endividar, e até mesmo se praticavam regras, que garantiam os empréstimos como por exemplo, retinha-se uma determinada verba que o contraente do empréstimo não podia mais mexer, enquanto durasse o empréstimo, ou seja pedia-se mesmo garantias em dinheiro, em moeda e papel sonante, para alem da hipoteca e de outros bem dados como garantia e até de fiadores

na me rc e aria aqui do quadrado europeu da sec homem ama de ban co, as r e g ra serpente são difer ingles te serpente, p o is para e x is tir em co br am ju ros, quadrado ue por serpente ua ave zorro pa g am ao ban co circulo ingles t ra primeiro, o vaso seja são t am b em in t r em e dia riso de bata t as, mas da quadrado eu primeiro as red don da serpente quadrado ue nin g eu mp ode co mer, p o is n cão mata a f om e ingles cão se ac on se primeiro homem aria n un ca aos den te sn em aos espanhol tom magos, e te mp o homem o uve no circulo homem am dao sis t ema fi na ce iro, em quadrado ue os bal co espanhol e ram pe quadrado eu nino se pro x imo sd a sg ingles t espanhol quadrado ue os fr e quadrado vaso ingles t ave me homem ave ingles do primeiro iv ros de ra za o, t am b em maís ao ce rto se sa bia das rea is p os sibil id ad espanhol quadrado ue circulo ada e serpente ua serpente f am mi primeiro ia serpente tinha para se ingles di vi d ar, e at é me serpente mo se pr at ica vam r e g ra serpente, quadrado ue gara n t ima os e mp r espanhol t imo sc omo por e x e mp dez, r e tinha do traço da inglesa se uma det r emi minada v e r b a quadrado ue o circulo on t rai n te do e m pr espanhol t imo n cão p o dia maís me xe r, ingles quadrado vaso anto du ra serpente se oe m p r espanhol t imo, o vaso seja pe di a do traço da inglesa se mes serpente mo gara n tia se m din he iro, em moeda e pap el son ante , para al em da homem ip o teca e de o vaso t ros be m dad os sc omo gara n tia e at é de fia dor espanhol
ora os bancos começaram a fazer o mesmo que os anúncios da televisão recomendam às gentes, facto estranho, pois se costuma dizer que o dinheiro não é de graça, começaram fazer entre eles o mesmo, pega lá este pacote de hipotecas, onde estão assim talvez quem sabe, uns incobraveis, bem incobraveis, nem tanto, se não, não te os vendia, pois tu sabes que eu sou honesto, mas enfim difíceis, mas olha que o pacote em seu todo é muito bom, como na venda dos filmes, pega lá tres de qualidade a mas tem que levar dez de qualidade b e cinco de qualidade circulo, com uma agravante, é o que os bancos não tem mais batatas, tem papel moeda que representa as batatas, mas que não é as batatas da mereceria, ou seja tem uma representação da prata e do outro que se encontra na melhor das possibilidades realmente na quantidade que si diz dentro da caixa do forte knox existir, que bela palavra a ressoar em outras paisagens, e como compreenderão, um merceeiro não fazia negocio se nos cestos das batatas tivesse lá por exemplo um desenho em papel feito por um menino, a dizer isto não é um cachimbo, é uma batata e custa um dólar, mesmo que o valor da arte do menino isso valesse, não se alimentam os estômagos com papeis desenhados, e este bom senso que se aplica a mercearias por e simplesmente sumiu da actividade bancaria, tambem pelo figurino em que ela evoluiu, sem rosto, sem mao ao perto nos balcões e nas transações, que em muito passarem a ser mesmo virtuais, isto é feita através de computadores, isto é , eu aqui compro por exemplo um lote de hipotecas ali ao longe no outro lado do mundo, sem mesmo saber das casas se são feitas de papel e se que estão hipotecados, na verdade ainda vivos se encontram

o ra os bancos com e aç aram a f ze ero me serpente mo quadrado ue os anu n cio sd a tele visao r e comenda dam às g ingles te serpente, f ac to espanhol t r anho, p o is se cos tua am di ze r quadrado ue o fi n he iro n cão é de g ra ç a, com eça ram f az e r ingles t re el espanhol o me serpente mo, pega primeiro á est e paco te de homem ip ot tecas, onda espanhol tao as si m t alvez quadrado eu m serpente ab e, vaso ns inc o br ave is, b em inc o br ave is, ne m t ant o, se n cão, n cão te os v ingles dia, p o is tu serpente ab espanhol quadrado ue eu serpente o vaso homem one serpente to, ma serpente ingles fi m di fi circulo e is, maso primeiro homem a quadrado ue o paco te em serpente eu todo é mui to b om, circulo omo na v ingles da dos fi primeiro m espanhol, pega primeiro á tres, audi, de quadrado ua li dade am as te m quadrado ue primeiro eva r dez de quadrado au li dad e b e circulo inc o de quadrado ua li dade circulo, com uma g ar av n te, é o quadrado ue ob serpente ban circulo is n cão te m mais bata t as, te m p ap el moeda quadrado ue r ep r espanhol ingles ta as bata serpente mas quadrado ue n cão é as bata t as da me rc e ria, o vaso seja te m um r ep r e sn taçao da prat e do o vaso t ro quadrado ue se ingles circulo on t rana me primeiro hor das p os sibil id a d espanhol r e la mente na quadrado un tid ad e quadrado ue si di zorro d ingles t roda caixa do f orte k no x, quadrado ue be la pala vaso ra ar esso ar em o vaso t ra serpente pa isa ge ns me circulo omo co mp ren de ra o, um mer e i ero n cão f az ia ne g o cio se no serpente circulo espanhol to sd as bat at as t iv esse primeiro á p o r e x em p dez um de serpente ingles ho em pap e primeiro fe i to por um menino, a di ze r is ton cão é um circulo ac homem um bo, é um bat at a e circulo us t a um do ll ar, me serpente mo quadrado ue o v al o rda arte do menino iss o v al ess ingles cão seal i m ingles tam os espanhol tom magos com pap e os de serpente ingles homem ado se este b om serpente ingles serpente o quadrado ue se ap primeiro i ca a mer cea r is por e simples mente serpente um i vaso da ac ti vi dad e ban ca ria, t am b em p elo fi g vaso rino em quadrado ue el a evo lui vaso, se m ro serpente to, se m mao ao per to nos b al co espanhol e na serpente t ra ns ac x são espanhol, quadrado ue em mui to pa serpente sare ma ss r me serpente mo vi r t ua is, is to é fei ta at r eve serpente de co mp vaso t ad dor espanhol, , is to é , eu aqui co mp pro por e x e mp dez um primeiro o te de homem ip ot teca serpente al ia o primeiro on ge no o vaso t ro primeiro ado do mundo, se m me serpente mo abe r das ca sas se são g f e i t as de pap el e se quadrado ue espanhol tao homem ip o teca do sn a ve rda de a inda v ivo serpente se ingles circulo on t ram

obviamente se os bancos fossem mais como as mercearias, e soubesse, as verdadeira batatas que tem no cofre, e se as trouxessem mesmo em seus próprios cofres que são feito pelo suor de seu próprio labor, então teriam muito maior atenção no papel que emitiam com base nele, se obviamente a fiscalização tambem isto acompanhasse

o v ia mente se os bancos f os se m mais co mo as mer cea ria se serpente o ub ess e, as v e rda de ira bat at as quadrado ue te mn o co fr e, e sea serpente t ro ux ess em me serpente mo em se us pro p rio serpente co fr espanhol quadrado ue serpente ap fe i to p elo serpente vaso o r de serpente eu pr ip rio primeiro ab bora, ingles tao te r iam mui to maio ra t ingles sao no pap el quadrado ue emi t iam com b ase ne le, se ob v ia mente a fi sc cali iza sao t am b em is to ac om mp anha serpente se

dizia salvo erro, obama, que falaram e venderam a ideia do mercado ser livre e da liberdade de mercado, e da auto regulação do dito, e afinal o que mais uma vez se viu, foi a falência das gentes, em primeiro lugar e depois das instituições bancarias com repercussão, ainda a se estender por longos dias no mercado financeiro global, onde paradoxalmente, na China se privatiza bancos e na América se propõem nacionalizar, como a dizer para além de tudo, abandonem as caixinhas de pensamento ideológico, e pensem que é preciso duplicar a produção alimentar até daqui a tres décadas , como ou sem dinheiro, e depois que novecentos mil milhões de gentes se encontram ainda na pobreza, e que um menino morre a cada dois segundos de fome, num mundo onde depois de casa roubada se discute das trancas, e onde o desperdício é rei e rainha, e concluía, que afinal a tal liberdade de mercado, para alem de gerar massiva falência e depreciação de valor, trará nome mais claro, se lhe chamar-mos, a ganância de alguns, poucos, e um chuta para a frente e logo se vê, e tambem a consequência da guerra, feita afinal para encontra novas fontes da energia suja e para todos mortal

di zorro ia serpente al vo e r ro ob am aqui da ue fala ram e v ingles de ram a id e ia do mer rc ado ser primeiro iv re e da liber ad e de me rca do, e a fi n al o quadrado ue maís uma ave zorro se vi vaso, f o ia f al ingles cia da sg ingles te serpente, em p rim e iro lu g ar e dp o is das in t vaso i ç o espanhol ban ca risa serpente circulo om r ep e rc ur sao, a inda ase espanhol t ingles de rn os ppr primeiro ong os dias no me rca do fi na n ce iro g loba serpente primeiro, onda para do x al mente, na circulo homem ina se pr i bva t iza ban co sena am erica se pro poe m na cio n al iza rc omo a di ze r para al é ,m de tudo, a ban done ema serpente ca ix inha sd e p ingles sam ingles to id e o primeiro gi co, e p ingles se m quadrado ue é pr e circulo is o d up li cara pro du sao al i m ingles t ar at é da ki a t r espanhol, au di, dec ada serpente , co mo o vaso se m din he iro, e dep o is quadrado ue no ove ingles centos mi primeiro mi primeiro homem o espanhol de g ingles t espanhol se ingles circulo on t ram a inda na p ob r e za, e quadrado ue um menino mor ra ac ada do is se gun do sd e f o me, n um mun do onda dep o is dec asa ro ub ada serpente se di serpente cute das t ra n cas, e onda o de sp e r di cio é rei e rai n homem a, e circulo on circulo lui a, quadrado ue a fi n al a t al liber dade de me rca do, para al em de ge ra r mass iva f al ingles cia e d ep r ec i ac sao de valor, t ra r á noe m masi circulo primeiro aro , se primeiro he ca homem ama r do traço do ingles mosa g ana cia de al g vaso ns p o vaso cos e um circulo homem vaso ta para a fr ingles te e primeiro ogo se eve ê, e t am b em a co nse quadrado vaso ên cia da guerra, fe i ta a fi n al para ingles circulo on t ra n ova serpente font espanhol da ene r g ia serpente vaso j a ep a ra todos mor rta al

pois como eu vos dizia talvez há duas luas pela Palavra os sinais da coisa que se desvelavam, eram o acumular de um grande trajecto e de muitos coisas erradas que se fizeram e que portanto estávamos a ver só a ponta do iceberg, e evidente que isto afecta tambem os planos de poupança e reforma, vulgos ppr, e consequente os planos das previdências e dos serviços de saúde publica, nos estados e países que os possuem, e sendo que na América, sessenta milhões de gentes, nem tem acesso a saúde, pois não trás dinheiro para os seguros de saúde, como lhes chamam, portanto sabendo isto, se constitui por si, um argumento de peso contra qualquer solução que fale de balões de oxigénio, sem actuar na infra-estrutura do próprio sistema financeiro, ou da forma como lidamos com o dinheiro

p o is co mo eu v os di zorro ia t alvez homem á du as primeiro ua serpente pe la Pal av ra os sin a si da co isa quadrado ue se de serpente vela ava am, e ram o ac vaso mula r de um g rande t ra ject oe de mui t os co isas e rr ad as quadrado ue se fi ze ram e quadrado ue porta n to est ava mosa ave r serpente ó a p on t a d o ice berg, e é e vi dente quadrado ue is to a f e cta t am b emo serpente p primeiro ano sd e po un ça e r e forma, vi primeiro g os pp rec o nse quadrado eu ingles te os p primeiro ano sd as pre vi id ingles cia sed os ser vi ç o espanhol de serpente au de publica, nos est ad os e pa sis espanhol quadrado ue os p os serpente eu me serpente ingles do quadrado ue na am erica, se serpente senta mi primeiro homem o espanhol de g ingles te sn em te m ac esso a serpente au de, p o is n cão t ra serpente din he iro para os segur os de serpente au de, co mo primeiro he espanhol circulo homem amam, porta n to serpente ab ingles do is to, se co ns tot vaso ip o r si, um ar gume ingles to de peso circulo on t ra quadrado ual quadrado eu r sol vaso sao quadrado ue f al e de bal o espanhol de o x i g ingles ni o, se m ac tua rna in fr a est rutura do pr ip rio sis t ema fi na n ce iro, ou da forma co mo lid am o sc om o d ine hiro

liquidez amada de beijos líquidos muito líquidos a escorrer amor pelos lábios, depois lamber-te centímetro e centímetro redondo, sempre molhando e húmida, descendo a rosa a abrir, ah amada sou o mais rico homem do mundo e não trago dinheiro próprio em meu bolso, quanto próprio do dinheiro se pudesse dele dizer, dizer, que ele anda de um para o outro, e raramente volta o mesmo a nossa mao, ah amada que sou o homem mais rico porque trago teu amor, e o amor é mais rico e precioso de todos os bens e não ocupa espaço nem dá preocupações na terra daqueles que se amam em amor, tchac, tchac, tchac, fazem as notas de papelinhos esverdeados muito rápidos a escorrem ainda liquidas como se fossem beijos que não são das maquinas que os fazem, injecção gritam os mercados na procura do sangue papel, para alimentar a serpente compras e as vendas, depois de se dar com a casa roubada, deitada de costas a rapariga se penetra com um falo ligado a um motor com uam roda excêntrica, de potência elevada, na sua mao o comando que regula a velocidade, que vai aumentando progressivamente, até aquilo parecer uma roda de comboio antigo, sua rosa se vai abrindo ao grande falo, e os orgasmos se sucedem, a câmara mostra a rosa como fenda da terra mae, e no final do acto, todo o seu corpo treme, a ilustrar a energia e por vezes a consequência, olho aquilo tudo, e como homem me sinto tentado a fazer a mesma pergunta que um dos maiores poetas vivos desta terra sem nome de país, num seu verso punha, o que faremos quando as mulheres, perceberem que são o figo e o lingam, e lhe respondo em meu secreto, e pensarás porventura tu, que elas não o trazem já sabido, provavelmente, nenhum homem poderá competir com tanto prazer, por potência, ritmo e velocidade espaço no tempo, mas o prazer do acto de masturbação, é só o prazer do acto de masturbação, e no amor, está muito mais convocado à cena, será portanto bom, em suma, estas possibilidades ao alcance da mulher e mesmo do homem em seu masturbar, é bom os seres independentemente da configuração sexual que possuem, terem prazer e grande prazer, nada de mal virá ao mundo por isto, se o for, isto é , se for só isso, em um outro cenário por detrás, olho o filme e vejo um comboio, olho o filme e vejo a mulher como imagem da terra na rosa fenda ficar toda a tremer, olho aquilo e recordo comboios a chocarem, e olho aquilo e recordo as maquinas a imprimir papel moeda como um comboio em alta velocidade e me pergunto, mas que reservas em prata e em ouro permitirão assim tanta impressão, e reparo como todos reparam que ninguém sabe das reservas, o que cobrem e o que podem ainda cobrir, e fico a pensar, quanto do dinheiro que hoje já circula no mundo, ou seja o papel e as moedas, não trará mais cobertura em equivalência no valor que o sustem, e consequentemente pergunto, se tudo isto é assim , como nunca foi, uma ficção cada dia que passa mais ficionada, que permite estas enormes desgraças que afectam o mundo inteiro e milhões e milhões de gentes, e os meninos continuam a morrer por não ter de comer, e enquanto se anda entretido nisto, não se aumenta nem numa grama a produção do alimento no mundo, como se pode então mais justificar que não há dinheiro para resolver o que há a resolver?

Li quadrado ui dez am ada de bei j os li quadrado eu id o mui to li quadrado eu id os a espanhol co rr e r am o rp elo dez serpente dos primeiro ab bi os, d ep o is primeiro amber do traço da inglesa te circulo ingles tim e t ro e circulo ingles time t ro red don do, se mp r e mo primeiro homem ado e homem vaso mida, de sc ingles do a rosa a ab r ira ra homem am ad as o vaso o maís ric o homem ome m d mundo ingles cão t ra o din he iro pro pr rio em me bo primeiro serpente o quadrado ua n to pro pr o do din he iro se p vaso de serpente se de le serpente ize r, di ze r, quadrado ue el e anda de um para o outro, e ra ram ingles te vo primeiro ta o me sm ano ss mao, a homem am ad a quadrado ue serpente o vaso o homem ome masi rico por quadrado ue t ra ogo te vaso am o reo amo r é mais rc cio e pr e cio serpente ode todos os be ingles ns ingles cão ocupa espanhol paço nem d á pr e ocupa ç o espanhol na terra da quadrado eu primeiro espanhol quadrado ue se am a me m a mr o r, tc homem ac, t ac homem ac f az ema sn ota sd e pap e linho serpente espanhol verde ado serpente mui to rá pido sa espanhol co rr e em a inda li quadrado vaso id as co mo se f os se m bei j os quadrado ue n cão serpente o ada serpente ma quinas quadrado ue os f az em, in je cc sao g rita am os me rca do sn a pro cura do san g ue pap el, para al i m ingles t ra a serpente co mp ra sea serpente vendas, d ep o is de sed ar com a cas ro ub ad a, de it ada dec os t as a ra pa rig ase p ene t ra com um f alo li gado a um m oto rc om uam roda espanhol circulo ingles t ric a, de p ot ingles cia el eva ada, na serpente ua mao o com ando quadrado ue r e gula a velo cidade, quadrado ue eva i au m ingles t ando pr e o grés serpente iva que mente, at é aquilo pa recer uma ra o da de com boi o ant i g o, serpente ua rosa se eva i a br indo ao g rande f alo, e os o r gás mos se serpente vaso cede ema cama ra mo st ra a rosa como f ingles dada te r ra mae, e no fi n al do ac to, todo o serpente eu corp ot reme, a i primeiro us t r ar a ene r goa e p o r v e ze sa co nse quadrado un cia, olho aqui vaso id dez tudo, e co mo ho em e m me sin to t ingles t ado a f az e ra me serpente ma per gun ta que um dos maio r espanhol poe t as v iv os de sta te r ra se m no me de pa ís, n um serpente eu v e r serpente o p unha, o quadrado ue f ar emo serpente quadrado vaso ando as mu primeiro he r espanhol, pe rc e be rem quadrado ue são o figo, e primeiro he r espanhol pon do em me vaso sec r e to, e p ingles sara ac ingles to serpente p ove ingles tura t vaso, quadrado ue el as n cão o t ra ze m j á serpente ab bid o, pro ova v el e mn te, n ingles homem um homem ome p ode rá co mp pet irc om t ant o pr az e rp o r p ot e ni ar it moe v elo cidade esa p ç ado no te mp o, maso pr az e r do ac to de ma st vaso r b ac sao, é serpente ó o pr az e r do ac to de ma serpente t vaso r b ac sao, e no amo r, est á mui to mais circulo on vo circulo ado à cena, se rá porta n to b om, em serpente uma, est as p os sibil id ad espanhol ao al can ce da mul her e me serpente mo do homem ome me ms eu ma st vaso r b a r, é b om os ser espanhol in de pen dente mn te da circulo on fi g raçao sex vaso al quadrado ue p os serpente eu m, te rem p ar ze r e g rand e p ra ze rn ada de m al vi rá ao mundo por is to, se o f o r, is to é , se f o r serpente ó iss o, em um o vaso t ro circulo ingles á rio por det rá serpente, olho o fi primeiro me eve jo um com boi o, olho o fi primeiro me eve jo a mul her co mo i mage m da terra na rosa f ingles da fi car toda a t rem ero primeiro homem o aquilo e record o com boi os ac homem oca rem, e olho aquilo e record o as ma quina sa i mp r emir pap el moe da circulo omo um com boi em al t a velo cidade e me per gun to, ma serpente quadrado ue r e servas em pa rat e emo vaso ro per mi t irao as si m t anta i mp press sao, e r epa ro co mo todos r epa ram quadrado ue nin gim serpente ab e das r e servas, quadrado o quadrado ue co br em e o quadrado ue p ode m a inda co br i r, e fi co a p ingles sar, quadrado vaso anto do din he iro quadrado ue homem oje j á co rc vaso dez no mundo, o vaso seja o pap el e as moe da sn cão t r a rá masi co be rt tura em e quadrado vaso iva len cia no valor quadrado ue o serpente us te, e co nse quadrado vaso ingles te mente e r gun t, se tudo is to é as si mc omo n un ca f o i, uma fic sao, quadrado ue per mit e est as ingles o r mes de sg r a ç as quadrado ue af e ct am o mundo in te iro e m i primeiro homem o espanhol e mi primeiro homem do circulo espanhol de g ingles cruz espanhola, e os meninos conti muito uam am mor rato e rp porn cão cruz red e co do mer, e ingles quadrado do vaso da ant do circulo da se anda ingles cruz rato da eti do ni serpente ton mui ot cão da se au maior do ingles t ane mn uma gata rama a pro du sao do al em ingles to no mundo, circulo do omo se p ode ingles tao masi js vaso das ti do fi car quadrado da ue ingles cão homem á din he iro para reo primeiro serpente v ero quadrado ue homem á ar espanhol o k v e r da foice


Que controlo trazem as sociedades, os que representam e os cidadãos sobre estes aspectos do sistema financeiro, que mecanismos e que controlo possuem através do tempo sobre estas matérias, ou a ilusão será já demasiado grande, para que se, se retirassem os véus, tudo se desmontaria? O que irá acontecer se não se trabalhar em forma transistemica e de regulação e de poderes reais de fiscalização, será no médio prazo bastante pior, a crise aumentará, o que se sabe ao certo dos investimentos feitos com base nos chamados planos de reforma e poupança, existe realmente esse dinheiro, na conta de cada um, ou andará ele tambem a ser aplicado em formas loucas e por vezes suicidas, a resposta , é que sim infelizmente, e assim sendo , quando se destapar masi esta gaveta do chamado sistema financeiro, se vai descobrir masi um terrível buraco que afectará a muitos, em seu futuro, quando não tiverem masi condições para de novo trabalhar, retracto e terrível sentença das sociedades que se dizem evoluídas e de primeiro mundo, como se houvessem outros, que assim deixará de não cuidar dos masi crescidos, e atendendo a isto tudo, quanto lucram e ganham uns poucos muitos poucos, quais são os critérios dos gestores públicos e da banca privada, existe regulação publica sobre esta matérias? De que forma é ela fiscalizada, e por quem?

Q ue circulo on t rolo do falo t ra ze m as soci e dad espanhol, os quadrado ue r ep r espanhol ingles tam e os cida dao ss ob re est espanhol as pet ct os do site ema fi na cie ero, quadrado ue meca ni serpente mos e quadrado ue circulo on t rolo p os serpente eu m at rav espanhol do te mp o serpente ob r e est as mat é ria serpente, o vaso aa i primeiro us º sao se rá j á de ma serpente iad o g rand ep a ra quadrado ue se serpente e r eti ra ss em os v e us, tudo se de serpente mona ria da foice do circulo maior quadrado ue irá ao cn tec er se n cão se t ra b alha rem forma t ra sn sis te mica e de e gula sao e de p ode r espanhol rea is de fi serpente circulo ali iza sao, se rá no me di o p ra zo ba serpente t ante pi o ra circulo rise au m ingles ta rá, o quadrado ue se serpente ab e ao ce r to dos in v e ts i m ingles to serpente fe i to serpente com b ase nos circulo homem am do serpente p primeiro ano sd e r e forma e po vaso p ança, e x is te real mente ess e di ne hiro, na circulo on ta dec ad a um, o vaso anda rá el e t a m b ema ser ap primeiro i ca do em formas dez vaso ca se por v e ze ss vaso i cida sa r espanhol ps ota , é quadrado ue si m in fe primeiro i zorro mente, e as si m serpente ingles do , quadrado vaso ando se d espanhol t ap ar masi est a g ave eta doc homem am dao sis t ema fi na ce iro, se eva si de sc o br i r masi um terri v el b ur aco quadrado ue af e ct a rá am vaso i ts o, em serpente eu f vaso t ur o, quadrado vaso ando n cão ti v e rem masi condi ç o espanhol para de nov t ra b alha r, r e t rato e terri v el serpente ingles t ingles ça das soci e dad espanhol quadrado ue se di ze evo lui da sed e pr i e mr rio mundo, circulo omo se homem o uve ss em o vaso t ro serpente, quadrado ue as si m de ix a rá de n cão cu id ar dos masi circulo r espanhol cid os, e a t ingles den do a is to tudo, quadrado vaso anto lu circulo ram e gan ham vaso ns p o vaso cos mui to serpente p o vaso cos, quais são os circulo rit é riso dos g espanhol tor espanhol p ub primeiro i cos e da ban ca pr iva ada, e x i e t e r e g ua la sao serpente ob r e est a mat é rias da foice De quadrado ue forma é el a f isca primeiro iza da, e por quadrado eu maior foice

Aqui neste país de brincar em que meia dúzia um pouco mais de gestores da rês publica ganham masi de trinta e tal milhões de euros por ano á custa dos bolsos do contribuinte, diziam em dia recente que era normal que um gestor ganhasse até tres por cento do que a empresa produz, mas será de igual modo normal regra, visto que a maior parte destas empresas sempre terem sido conhecidas em trinta anos da chamada revolução, como dando prejuízos, salvo as excepções que seriam muitos escandalosas de esconder, que nos casos em que ela dá prejuízo, sejam então os gestores a pagar de seu próprio bolso? Parece um brincadeira, no sentido que me dirão que ninguém trabalha, salvo algumas excepções nas quais eu me incluo, sem ganhar dinheiro ou pagando ainda por cima, mas para além dos honorários e extensas regalias, independentemente do lucro, a maior parte das gentes paga realmente para trabalhar, e muito, se considerarmos serpente imposto, como aquilo que é necessário tambem para podermos trabalhar, nas condições reguladas em contracto social, de acordo com a bitola que a inteligência de todos trás entre si acordado

Aqui nest ep dos pao sd e br i cna rem quadrado ue mei ad vaso zorro ia um p o vaso co mais id e gato espanhol tor espanhol da r espanhol publica gan do ham mais det rin ta e cruz al mi primeiro homem do circulo de espanha de eu ros por ano ac us cruz ad os bo primeiro ser pen ny e do os doc on cruz rib vaso em te, di zorro iam em dia rec ingles te quadrado da ue e ra no rato maior da al do quadrado do qia da ue primeiro g espanhol tor gan homem as seat é cruz rato espanhol por rc circulo do ingles to do quadrado da ue a em presa pro do vaso do zorro, ma serpente se rá de i gato vaso da ak da modo don no rm al rato e gato ra, vi serpente to quadrado dp ue a maio rp arte de sta serpente em presa, serpente da se mp rato e te rem sid circulo d circulo em home ingles da cida se maior cruz do rin da cruz primeira ano sd ac homem da am da r evo lu sao, circulo do omo dan do pr e ju e zo ss al vo as e x cep ç o espanhol quadrado ue se r iam mui to serpente espanhola do onze do candal do circulo das sas de e x em ce rato, quadrado da ue nos circulo do as os em quadrado da ue el ad ep do pr e ju e zo, se j am ingles tao os g espanhol tor espanhol ap a g ar de serpente eu pro p rio bo primeiro serpente do circulo da foice pa rece primeiro br inc sa de ira, no serpente ingles tid circulo do quadrado da ue da me di do ra do circulo do ki e nin gato eu maior cruz ra segundo la homem, serpente al vo al gum as e x cep ç o espanhol na serpente quadrado ue ia serpente eu me da inc primeiro vaso do circulo , se maior gan do homem da ar da di ne homem ro circulo do vaso pa gan do ando a inda po rc ima, mas para al é m dos homem on o a ra rios ee x ten sas r ega primeiro da ia do sin de p d ingles det em net dol primeiro vaso do co do circulo doc ro da am maio circulo rp ar e cruz das g ingles t espanhol do para real que mente para cruz ra ab da alha rem vaso it to se co nsi de ra r mo ss i mp os to, co mo aqui do vaso de dez quadrado da ue é ne ce serpente sario cruz am e segunda em para p ode rato mos cruz ra b alha rn as circulo on di ç o espanhol r e gula ada se mc em cruz rac to soci al, de ac circulo do rato do com ab bi bit ola quadrado da ue da primeira da intel e gato da ingles cia de todas ds cruzes ra se mn cruz re si ac circulo da rda dad circulo

É aqui que a porca torce o rabo e porventura as aguas são menos claras, para que queremos o dinheiro e o sistema de dinheiro, é ele um fim, ou um meio, ou um meio fim, ou o meio do fim, de muitos ou de todos?

É aqui quadrado da ue da ap do circulo rca do tor da ce do circulo do ra bo e por vaso da ingles tura às das aguas são maior do home ingles os clara serpenet spa para do quadrado da ue quadrado do ur emo serpente do circulo da di ne hiro e o sis cruz da ema de di ne hiro, é el e primeiro fi mo vaso primeiro mei oo uu maior mei do circulo do fi mo do vaso do circulo mei do circulo do fi maior, de mui to serpente circulo do vaso do to da serpente da foice

O que se quer, o que querem as gentes, do seu sistema de governo?

Aqui um parvalhão citado em dia recente, dizia que a saúde não tem de ser gratuita e se esquece que quando o bebe sai do ventre de sua mae, nada se paga no acto, em ele nasce em berço de ouro ou de prata , pois dentre do ventre da senhora, nem um nem o outro existe, mas vós sois um pais onde muitos não tem acesso a saúde, se não tiverem o ouro, caso mesmo o tivessem, e não só uns papelinhos que sabe Deus que valor no dito corresponde

Aqui um par vasp do vaso do alhao cita ado em dia rec ingles te, di zorro ia quadrado ue a serpente au de n cão te m de ser g ra vaso i ta e se espanhol quadrado eu ce quadrado ue quadrado vaso ando o bebe sa id o v ingles t re de serpente ua mae, n ada se paga no ac to, ingles m el e na sc e em be r ç o de o ur oo vaso de prata , p o is d ingles t red o v ingles t re da serpente ingles hor ane m um n emo o vaso t ro e x us te, ma serpente vó serpente o si um pa is onda mui t o sn cão te m ac esso a serpente au de, se n cão t iv e rem oo ur o, circulo as o me serpente mo o t iv ess em, ingles cão serpente ó vaso ns pap e primeiro in homem os quadrado ue serpente ab e De us quadrado ue valor no dito co rr espanhol pon de

Depois as gentes que estão no desemprego, são sempre a aumentar, e quando vem um ike, lá mais cinquenta mil ficaram sem ele para além de todos os outros prejuízos, sendo o primeiro, aquele onde se perdem as gentes, pois sem elas nem mesmo ouro alguma vez se faz e ikes é provável viram muitos mais, a atender ao estado em deixamos o corpo grande não ir

Dep o isas g ingles t espanhol quadrado ue espanhol tao no de se mp rego, são se mp rea au m ingles t ar, e quadrado vaso ando v em um ike, primeiro á maís cin quadrado ue ingles ta mi primeiro fi caram se m el e para al é m de todos os o vaso t ros pr e ju i zo serpente, serpente ingles do o p rim e iro, aquele n de se per de ema sg ingles te serpente, p o is se m el as ne m me serpente mo o ur o al g uam v e zorro se f az e ikes é pr ova ave primeiro v iram mui t os ma isa a t ingles de ra o estado em de ix am os o corp o g rande n cão i rato

Ganha mais um insider trade que um professor, ou seja mais se gasta no ganhar do dinheiro sobre o dinheiro, do que em educação correcta para bem gastar e bem ganhar e bem entender o mundo, e não achar que se trás pilas pequenas e em compensação fazer grandes canhões que depois mais tarde ou mais cedo se usam, fazendo guerras com motivos falsos, como roubar energia no alheio, sobre a capa de histórias de terrorismo, que depois de inventadas se tornam reais na casa e nas cabeças e nos corações de quem as inventou, simples regra da imaginação e do imaginar, e depois mais uns ikes

Gan do ham maís um in side r t ra de r quadrado ue um pro f esso ro vaso seja maís se gás ta no gan homem ar do din he iro serpente ob reo dinheiro, do quadrado ue em edu cc sao co rr e cta para b em gás t ar e b em gan homem ar r e b em ingles ten der ro mundo, ingles cão ac homem ar quadrado ue set rá serpente p i das ilhas pequenas e em com mp pen sa sao f az e r g rand espanhol can homem o espanhol quadrado ue dep o is maís t arde o vaso maís ce do se usa sam, f az n do g eu rr as com m ot ivo serpente f al serpente o sc omo ro ub bar ene r g ia no al hei o, serpente ob rea capa de hi serpente tó ria sd e terror is mo, quadrado ue dep o is de in v ingles t ada serpente se tor n a m r e la na circulo asa e nas cab eça se no serpente cora ç o espanhol de quadrado eu mas in v ingles to vaso, simples r e g ra da imagina sao e do i magi n ar e dep o is masi vaso ns si kapa espanhol

E quando uma pequena ou média empresa, faz uma falcatrua e chega a falência, o que geralmente acontece, fecha e se a falcatrua for grande um mesmo feita fora das regras da lei, eventualmente irao para a prisão, os que assim o fizeram

E quadrado vaso ando uma pe quadrado eu ingles a ou mé dia em presa, f az uma f al cat rua e che ega a f al ingles cia, o que ge ra al mn te ac one tec e, fe circulo homem a e sea f al cat rua for g rande um me serpente mo fe i ta f o ra das r e g ra sd a lei, eve ingles tua le mn te irao para a pr isa o , os quadrado ue as simo fi ze ram

E quando a empresa é muito grande e muitos dela depende, irao para a prisão os responsáveis como foram no caso da enron, e se fala então de um plano de recuperação com vista a preservar os empregos das gentes que aí trabalham

E quadrado vaso ando a em presa é mui to g rande e mui t os de la de pen de, irao par a pr isa o os r ep da ponsa ave is co mo f o ram no circulo as o da ingles ron, e se fala ingles tao de um p primeiro ano de rec up pera sao com v ista a pr espanhol e r v ar os e mp pregos rego das g ingles te serpente quadrado ue aí t ra b al alha da am

Tem que se responsabilizar os gestores, situações como a que se verificou em que um só trader, movimentou por tomada de posição num so dia, milhares e milhares de acções, como um milhafre de poucos caçoes, não se pode acontecer, o problema é que isto não é passível hoje em dia de ser verificado, ou seja qualquer um com habilidade informativa, está potencialmente preparado para o fazer , ou seja quanto masi de perto se analisa o problema mais se verifica com oo monstro se tornou incontrolavel, muito grande e esfomeado, assim sendo as medidas de salvação, deverão primeiro ser feitas para salvara o que há a salvar e faseadas de forma que se possa pelos minorar no tempo duplicação as custos a este nível , para que amanha não torne a se verificar,

Te m quadrado ue se r ep pon ab bil ar os g espanhol tor espanhol, sir ua aç o espanhol co mo a quadrado ue se v eri fi co vaso em quadrado ue um serpente ra de r, mo vie mn to vaso por tom ad a de p o si sao n um serpente o dia, mi primeiro homem ar espanhol e mi primeiro homem as red e ac ç o espanhol, n cão se p ode ac on tece ro pro be primeiro ma é quadrado ue is ton cão +e pa ss serpente ove primeiro homem oje em dia de ds ser v eri fi circulo ado, o vaso seja quadrado ual quadrado eu rum com homem ab bil diade in f oma t iva, est á p ot ingles cila mente pr epa r ado para o f az e ro vaso seja quadrado vaso anto masi sd e p e r to se ana lisa o pro b primeiro ema masi se v eri fi ca com oo mo ns t rose tor no vaso inc on t r primeiro ave primeiro e mui to g r ane e espanhol f om e ado, as si m serpente ingles do as me dida sd e serpente al v ac sao, de eve ra o p rim e iro ser fe it as para serpente al v ara o quadrado ue homem á as a primeiro v ar e f as sea da sd e forma quadrado ue se p os sa p elo serpente mino ra rn no do te mp o d ap li caçao as circulo usa sa este ni v e is , para quadrado ue am manha n cão tor ne ase v eri fi car,

E se gasta tanto , mas tanto em armas e guerras e exércitos que já disseram alguns que esta verba só por si comporia os problemas inteiros do mundo, mas tal esforço nem só a américa poderá ou mesmo deverá ser pedido, pois o mundo é de todos e de nenhum , o mundo são todos os seres que nele habitam e o partilham, recebe dele, enquanto aqui estão, e imaginai por um instante se esse dinheiro fosse aplicado em saúde, educação, casas, investimento, arte , cultura , saber conhecimento e ajuda ao mundo, como a América poderia então florescer, serpente ser bem e mai amada por todos, e é obvio que tudo isto tem a ver com os orçamentos da nação que são discutidos por delegação, e que leva as gentes em sua maioria a ficar a margem destas decisões, e com crescentes sentimentos de impotência e resignação, que mais tarde à medida em que o cinto para muitos aperta se torna então quente lava de muitos e grandes incêndios, e não se ve ainda compromissos pré eleitorais, onde os que se candidatam, apresentem orçamentos claros em forma que as gentes todas os possam entender, como entendem os seus em cada uma das suas casas, e os tome como claro compromisso perante os que neles se propõem votar, e que proponham e aceitem tambem sujeitar-se aos penalties que por exemplo um construtor de uma casa se sujeita se não cumprir os prazos de entrega, e me perguntarão, e quais seriam e qual seria a natureza desses penalties, ao limite por acumulação de pontos, imediata demissão e convocação de novas eleições, pois o voto é um contrato, e um contrato tem que ser respeitado pelas partes que o assinam, mesmo quando a assinatura é só uma cruz

E se gás tata n to , mas t ant oe m ar am as e g eu rr as ee x e rc it os quadrado ue j á di ss e ram al g vaso ns quadrado ue est ave rba serpente ó por si com p o ria os pro b primeiro ema sin te iro sd o mundo, mas t al espanhol f o r ço ne m serpente ó a am ar i ca p ode rá o vaso me serpente mo de eve rá ser ped id o, p o is o mundo é de todos e de n ingles homem um , o mundo são todos os ser espanhol quadrado ue ne le homem ab bit am e o p ar t primeiro ham, rec e cebe de le, ingles quadrado au n to aqui espanhol tao, e i magi na ip o rumi ns t ante se ess e di ne hiero, o hei tor do homem ome m iro de hier, f os se ap primeiro i circulo ado em serpente au de, edu caçao, ca sas, in v e time ingles to, arte , cu primeiro tura , serpente ab e r circulo one cimento, como a am a erica p ode ria ingles tao flor espanhol ce r, e é ob ivo quadrado ue t vaso do is to t ema ave rc om os orça e mn t os danação quadrado ue são di serpente ct id os por de le g ac sao, e quadrado ue primeiro eva a sg ingles t espanhol em serpente ua maio ria a fi cara mar ge m de sta serpente dec is o espanhol, e com circulo r espanhol cent espanhol serpente ingles tim ingles t os de i mp ot ingles cia e r espanhol i gn ac sao, quadrado ue masi t arde à me dida em quadrado ue o cin to para mui t os ap e rta se tor na e ny t º cao quadrado vaso ingles te primeiro ava de mui to serpente e g rand espanhol inc ingles di os, ingles cão se eve a inda co mp romi ss os pr é e lei tor ia son onde os quadrado ue se can dida t am ap r espanhol ingles t em orça em n t os claro serpente em forma quadrado ue as g ingles te serpente tod f as os p os sam ingles t ingles der, co mo ingles tende mos se us em circulo ada uma das serpente ua serpente ca sas, e os tome co mo circulo primeiro aro co mp romi serpente so pe ran te os quadrado ue ingles el espanhol se pro poe m v ota r, e quadrado ue p o rp on a homem me ac e i te m t am b em serpente vaso je i ta r do traço da inglesa se aos p ingles al tie espanhol quadrado ue por e x e mp dez um co ns tt vaso tor de uma cas se serpente vaso je i ta se n cão cu mp r iro serpente p ra zo serpente de ingles t r ega, e me per gun at ra o, e quais se r iam e quadrado ual se ria ana t vaso re za de ss espanhol p ingles al ties, ao li mit e p o r ac vaso mula sao de pontos, i me dia ta d emi miss sao e circulo on vo caçao de n ova serpente el e i ç o espanhol, p o is o v oto é um circulo on t rato, e um circulo on t rato te m quadrado ue ser r espanhol pe ota do pe la serpente p art espanhol quadrado ue o as sin am, me serpente mo quadrado vaso ando a as sin at vaso ra é serpente ó uma circulo rato i zorro


Pode-se contudo implementar um sistema de verificação on line que faça as contas no final de cada dia, como já em parte existe, pois sem ele não se elaborariam os indexes das cotações, mas que se estenda a relação dos movimento com o valor que está por debaixo em cada passo de sua transação, mas mesmo assim, com esta segurança, a porterior, não se resolvem os problemas sistémicos das consequências associadas ao actual sistema e que foram explicada em maior detalhe em texto anterior, sobre a relaçao da especulação, com a menor valia induzida em produtos e economias, ditas estrangeiras, como se não existisse só um toda ligada, que por vez criam a grande desgraça, naquilo que ainda chamam de casa alheia, em vez de quarto do irmãos ao lado

P ode do traço da inglesa se contudo i mp le m ingles t ar um sis t ema de v eri fi caçao on primeiro ine quadrado ue f aça as circulo on t as no fi n al dec ada dia, como j á em p arte e x us te, p o is se m el ingles cão se el ab o ra rim os inde circulo espanhol das circulo ota ç o espanhol, mas quadrado ue se e x t ingles da a t r e primeiro sao dos mo vie mn to com o valor quadrado ue est á por de ba ix o em circulo ada passo de serpente ua t ra ns ac sao, mas me serpente mo as si mc om est a segur ança, a porte r i rn cão se r espanhol sol v em os pro b primeiro ema serpente sis te micos das co nse quadrado vaso ingles cia serpente as soc iad as ao ac t ual sis t ema e quadrado ue f o ram e x p primeiro i circulo ada em maio r d eta primeiro he em texto ante rio r, serpente ob rea relaçao da espanhol pe cu la sao , com am ingles o r v al ia indu zorro ida em pro du to se e co no mia serpente, ditas espanhol t range ira sc omo se n cão e x is t iss espanhol ó um toda li gado, quadrado ue por v e zorro circulo r iam a g rande de sg r a ç a, na quadrado eu i dez quadrado ue a inda circulo homem amam dec asa al he ia, em v e serpente zorro de quadrado ua r to do i r mao sao primeiro ado

Se, se compra a divida com dinheiro de todos, o que se compra deve ser de todos e tal deve ser sempre garantido, pois não se pode mais aperto às gentes sem lhes dar garantias em troca

Os bancos que tambem se dedicam a investimento de especulação, bem como os mais tradicionais, deveriam ter reservas próprias no valor base que sustenta as representações, poderá até existir uma marca na mesma moeda oficial de cada pais , com um referência particular do fundo da sua proveniência, mas tal não pode funcionar nas redes, e nas bolsas que como sabemos através e nelas operam e as masi valias que se fazem, ou seja as vendas e as compras, se fazem hoje ao segundo, donde é impossível ter um sistema que permita em reeel time saber ou não se as compras que se fazem tem realmente cobertura, no final do dia se sabe das perdas e dos ganhos, assim é no fecho das bolsas

Os ban cos de eve r iam te rr e servas pro pr ia sn no v alo b ase quadrado vaso e serpente us t ingles t a as r ep r espanhol sn tacões, p o de rá at é e x isi t um am arca na me serpente ma moe da o fi circulo al dec ada pa is , com um r e fr ingles cia par ti cu primeiro ar do f un do da serpente ua pro vin i ingles cia, mas t al n cão p ode f un cina rn as red espanhol, ingles na serpente bo primeiro sas quadrado ue co mo serpente abe mos at r v espanhol ingles nelas opera am e as masi v al ia serpente quadrado ue se f az em, o vaso seja as v ingles da sea serpente com pr e as, se f az em homem oje ao se gun do, don do é i mp os serpente ive primeiro te r us is t ema quadrado ue per mit a em r ee el time serpente abe ero ro un cão se as co mp rea serpente quadrado ue se f az em te m r e la mente co be r tura, no fi n al do dia se serpente abe das per da sed os gan homem os, as si mé no fe circulo homem o das bo primeiro sas

E quantos são os que se encontram nesta situação, sendo que neste preciso momento, ou seja à cerca de uma hora atras se chegou a acordo sobre o plano do presidente, que deixará sim mais um peso pesado em cima dos costados de todos, mesmo á boca da novas eleições, e condicionando em muito, ou em pouco, pela ineficácia da medida, se não for por outra profunda intervenção, cumulada, na nova legislatura

E quadrado vaso anto serpente são os quadrado ue se ingles circulo on t ram nest si tua sao, serpente ingles do quadrado ue nest ep rec is o mo m ingles to, o vaso seja à ce rca de uma hor a at ra serpente se che g o ua ac o r do serpente ob reo p primeiro ano do pr espanhol side ingles dente te, quadrado ue de ix a rá ss im maís um peso pesa ado em circulo ima do serpente cos t ado sd e todos, me serpente mo á b oca da n ova serpente el e i ç o espanhol, e condi cio n ando em mui to, o vaso em p o vaso co, p el a ine fi ca cia dame dida, se n cão for por o vaso t ra pro f un da in te r v ingles sao cu mula ada, para ano ova le gi serpente da la primeira tura do cu da mula dana da nova inglaterra

Inicialmente souberam-se de dois, mas o cenário estendeu-se sem especificar em concreto os restantes, a doze, cá estamos na ressonância do arco na antiga visao no metro dos olivais na direcção do oriente, e um escutado no espirito recente, em que alguém não identificada me dissera, advinhas-te na primeira vez, na altura em que o ouvi, me perguntei, mas o que dizem ter adivinhado, se tantas advinhas, como lhe chama mem passam pelos olhos, que adivinhas nem é bem coisa que existe, existe o ver e quem ve, no visto o que se ve, e pouco mais, agora, os dedos confirmam, o maso e a história dos masos, mas como um artigo desta tarde no yahoo, dizia sem dizer, neste valor da chamado plano de recuperação, está incluída a história das torres e a histórias outras desde o sudoestes asiático, ou seja desde o primeiro tsunami, trazia o artigo, curioso nome que declinava em cruz em paradis, espero eu que não na bela menina

I ni cia primeiro mente serpente do circulo do ub e ram do traço da inglesa sed e do is, maso da cena da ingles primeira rio est ingles de vaso do y traço da inglesa se serpente em espanhol pe do circulo e fi car em circulo e mc rato e to os r espanhol da cruz ant os, a do ze, circulo ac ingles to a est am os na r esso muitos e na cia do arco, e p rim e rio espanhol cut ado no espanhol do pi rito rec ingles te, em quadrado sd ue al gato eu mn cão id ingles ti fi circulo ada me di ss e ra, ad vinha serpente do t do traço do alo da inglesa te na p rim e ira ave zorro, na al tura em quadrado da ue oo vaso do vi, me per gun te e maso quadrado da ue di ze m te rata ad dan vinha ado, set anta serpente da ad vinhas, circulo do omo do primeiro ingles circulo do homem ama da me mp as sam pe do p rie miro serpente da visao homem os, quadrado da ue ad di vaso em homem as da ne mé segundo em co isa quadrado da ue e xi ste, e x is teo ove ra e quadrado eu maior vaso ingles no vi to o quadrado da ue se eve, ep circu ll do circulo maís, a gata circulo da ar os dedos circulo em fi rato dama am, o maso e a hi serpente do tó ria dos masos, ma sc omo um art id o de serpente tat arde, di zorro do ia se maior di ze rato do nest eva valor da circulo homem am dao p do primeiro ano, do plano da rec da up pera raçao, est á inc lui id aa hi serpenet do tó ria das torres e a hi serpente do tó rias co do circulo do vaso do y da cruz ra sd serpente de sd e o serpente do vaso do st espanhol a si em co, circulo do vaso do sej aa de sd e o ts un ami, cruz do ra zorro do ia circulo da art e gato do circulo do cu riso muito onze ki kim quadrado da ue dec primeiro ina ava em cruz em para di serpente do espanhol p ero eu quadrado do delta da ue ingles cão na be la me nina

Talvez muito dinheiro para salvar poucos, muito menos do dinheiro que se gastou e se gasta no iraque, onde muitos milhões de ajuda foram desviados pelos próprios americanos, e onde morreram muito mais, se deveria então perguntar se tal quantia é dada em forma rateada a todas as vitimas destes negros acontecimentos, desde a queda, passando pelos atentados na europa e no médio e extremo oriente e ainda as famílias que perderam seus filho soldados nesta guerra feita afinal por petróleo, e desejo de controlo e poderio no tabuleiro mundial, em forma muito, mas muito, errada

Cruz al vaso e zorro da mui do to do dinheiro e para serpente da al vaso da primeira rp do circulo do vaso do cos mui tom do home ingles do os do dinheiro, din he iro, do quadrado da ue da se gás do to ue se gás sta no da ira quadrado ue, onda one mui to serpente do mi primeiro do homem do circulo espanhol da ajuda forte do circulo do ram de serpente dos viado serpente do p do elo da dez serpente dos próprios am e rc cia nose onda mor rato e ram mui to maís, sed da eve ria da inglesa do tao do per da gun ca cruz na ar do set da norte sul quadrado da ua da ana tia é dada em forma ra te da ad aa todas as vi tim as de serpente te serpente negros ac on tec i m ingles to serpente, de sd e a quadrado da eu da pa ss ando do ponto do elo de dez do sat ingles da cruz ad os na eu r opa e no me di oe e x t r emo oriente e a inda à ds serpente das famílias, f am mi ni mila serpente do quadrado da ue do per do ram da se us fi do primeiro homem do circulo do sol dad os nest da primeira g eu rr a fe e ta f a primeira fi muito norte sul por do pet ro leo, e de se do principe da ode cd e circulo em cruz do rolo ep da ode do rio not do ab vaso primeiro da lei do rom da un da di norte sul, em forma mui to , ma serpente mui to e rr ad da primeira

Pois a realidade do que se comunicou ou melhor mais uma vez não se disse em modo claro às gentes, é substanciada, na falta de informação concreta especifica de como e em que modo e em forma quantificada, quantas famílias viriam as suas vidas e suas casas perdidas, sendo que este argumento sempre é bom óleo de comunicação, pois despoleta o susto e a solidariedade, e assim sendo facilita a aprovação deste tipo de medidas que são meros balões de oxigénio para poucos, para pagara facturas grandes e muito pessoais, e não intervém nem corrigem em necessária profundidade o que há corrigir, sub prime, declina tambem em serpente do submarino do pr rim da me

P o isa raro el da primeira id da ad e duque da eu da se das com uni co do vaso duplo do circulo da me do primeiro hor masi do primeiro ave zorro muito cão da se di serpente da se em modo do circulo do primeiro aro às g ingles te sé serpente do ub stan cia ada, no do fá ao forte da noret sul em for maçao circulo em circulo creta, eta espanhola do pe do circulo e fi do cade co mo, em quadrado da ue modo e em forma quadrado da ua muito do ti do fi circulo da ada, quadrado do vaso das antas forte da am ami primeiro ia serpente do vi rato do iam as serpente da ua serpente do vi da se da serpente ua serpente do ca d f as sas per dida serpente, serpente do ingles do quadrado da ue de este da ar do gume do ingles to ze do mp rato e segundo om circulo do leo de circulo o do moni da cc sao, p do circulo do is de serpente do p ole eta do circulo da serpente us to e primeira do sol id ari rie dad e, e as si ms ingles do foret do ac e primeiro el, e t aa da ap circulo do rato do vaso do ac sao de este cruz do ip da ode da me dida serpente do quadrado da eu da são me ros bal primeiro do circulo espanhol deo circulo odo onze do x e ge ni do circulo do para p do circulo do vaso do cos, para p da primeira gara do forte do ac da tura sg rand espanhol e mui to p esso primeira is do ingles cão em te rato do vaso em ne mc co rr e ge maior em ne ce serpente sária pro do forte da un dida dade do circulo do quadrado da ue homem do primeiro acento à co rr e rig gi rato serpente ub da p do rim e, dec primeiro ina cruz da am e segunda em maior serpente do serpente do ub marino, tvi, do pr rim da me, p do circulo da isa real

Ética, senhores, falta de ética que advoga sempre a clareza a verdade, nas comunicações entre as gentes , ética que falta em todo o lado e muito especialmente nas ganâncias de todos os mercados de capitais, que falta nas casa por falta nas escolas, e pelas faltas que fazem a falta de tempo dos pais para seus filhos neste triste e estúpida e fatal forma como que nos deixamos quase todos viver, falta de ética nas escolas e nas faculdades, e incapacidade de chamar os bois pelos seus verdadeiros nomes, e assim sendo se propicia que de novo amanha por um deles qualquer se seja de novo atropelado, o mundo em seu todo e tanto e tanto para fazer e melhorar, e a inverter na condução das coisas comuns a todos na casa comum e única que existe para todos nela viver


Etic a, serpente ingles hor e, f al t ad ee toca quadrado ue ad vo g ase mp rea clare za ave r dade, na serpente co muni caçoes ingles t rea sg ingles t espanhol , etic a quadrado ue f al ta em todo o primeiro ado e mui to espanhol pe cia do primeiro que mente nas g ana cia sd e todos os me rca do serpente de ca pi tais, quadrado ue f al t ana serpente circulo asa por f al t ana serpente espanhol co primeiro as, e pe la serpente f al t as quadrado ue f az ema f al t a de te mp o dos pi as para se us fi primeiro homem os nest e t r iste e st vaso pida e f at al forma co mo quadrado ue no serpente de ix am os quadrado ua set o do serpente viver, f al ta de etic ana serpente espanhol co primeiro as e nas f ac vaso primeiro dad espanhol, e inca pa cidade de circulo homem am ar os bo is p elo dez serpente se us v e r dad e iro serpente no mes, e as si m serpente ingles do se pro p o cia quadrado ue de n ovo am manha por um de primeiro espanhol quadrado ual quadrado eu r se seja de n ovo a t rop primeiro ado, o mundo em serpente eu todo e t ant o e t a n to para f az e r e me primeiro homem or a rea in v e r te rna com du sao das co isas co m uns a todos na cas co mum e única quadrado ue e x iste para todos ne la viver

O dinheiro agora emprestado pela reserva foi emitido em títulos de divida, ou seja quem ganhará tambem com o negocio, será a reserva federal, e portanto o dinheiro de todos, se no entretanto os juros forem regularmente pagos, e esta é talvez a questão de maior pertinência de se por, será que existem condições e segurança, para que de novo amanha não se venha tal de novo a passar? Poderão as gentes dormir descansadas, ou veremos como aquele jovem guarda em espanha, agora nas ultimas bombas, que quase a chorar pedia ao governo, para que aquilo parasse com a confidenciando em forma clara que as gentes nem percebiam na realidade o que se estava a passar, ou seja uma percepção no cidadão com pouca cultura, pensamento próprio e informação, que mesmo assim, sabe em seu coraçao que está a ser manipulado, quando lhe falam de terroristas neste acertos de contas que pelo mundo se estão fazendo fora dos tribunais que se mostram inoperativos, e face a policias que se subordinam estas regras que pervertem os acordos de regime democráticos e dos estado de direito, este caminho, tem sempre o mesmo fim, a historia sempre o demonstrou, regime de abuso que abusam


O don he iro agora e mp r estado pela r espanhol da rata eva forte do circulo e emi tid circulo em titu dez sd serpente da di do vi ds primeira, circulo do vaso do seja quadrado do vaso engles da gan do homem da primeira a rá t am e segundo em com do one g o cio, dos negócios, se rá ar e serva federal, e porta muito to circulo da di ne hiro do dinheiro de todos, seno ingles cruz rata eta muito to os ju ros forte do circulo do rem rato e do gular que mente pago, se est primeira é cruz alvez peri me ira aqui quadrado eu serpente do tao de maio rp e rt ine ingles cia de se por, se rá quadrado da ue e x us te maior do condi circulo do corte do circulo de espanha e segur ancas, para quadrado da ue de n ovas da am manha muito cão da se eve ingles do hat norte sul de n ovo ap as da sar da foice da p ode ra circulo do as g ingles te serpente da dor mir de sc na sad as, circulo do vaso da ive do rato meo sc omo aquele j ove maior mg gato ua rda em espanha do p da anha, agora na sul cruz ima serpente do bo maior ba serpente, quadrado da ue quadrado do vaso da ase do ac ao homem circulo ra rp e dia ao g ove r no, para quadrado da ue aqui do ue dez para serpente da se com da prim e ria do condi forte da den cia clara quadrado da ue as g ingles te serpente da ne do maior do pe do rc e bia am na real id ad e circulo do quadrado da ue da se est ava primeira pa serpente sar, circulo do vaso do seja uma pe rc ep sao no cida dao com p do circulo do vaso do ca do cu da primeira tura, p ingles sam ingles to pro p rio e ein for maçao, quadrado da ue em serpente mo as si ms abe em serpente eu cora sao quadrado da ue est á a se rato maior da ani ip vaso do primeiro ado, quadrado do vaso ando le he forte do fala da ala da am de te rata ro ista serpente do nest e ac e rato to sd e contas quadrado da eu da p elo mundo se espanhola do tao fazendo forte do circulo do ra do serpente dos tribunais, cruz rib un a sic quadrado da ue se mos cruz ram em ip pera tv is oe forte do ac e primeira da ap da poli cia serpente do quadrado da ue da se eu do ub da dor nima est as rato e gata ra serpente quadrado ue per vaso eve te mo serpente do ac aco circulo do rato do sd e rato e gim e demo circulo do rati cose do serpente do estado de direito, est e ca minho, te m ss e mp circulo do reo me serpente do mo da fi ima hi serpente tor ia se mp reo demo sn cruz ro vaso , rato e gim e de ab us circulo do quadrado da ue do ab usa sam am

As reservas deverão ser reservas mas não deverão funcionar como banco dos bancos, e a reserva federal deverá continuar a ter e aumentar o seu poder de fiscalização e o de poder ditar as taxas de juro aplicada as transações e deverá aumentar em muito a sua fiscalização, do sistema no seu todo, pois o mecanismo do juro é tambem instrumento de regulação do custo dos produtos e da existência do trabalho, que pressupõem a capacidade de investimento

As r e servas de eve ra os e r reservas ma sn cão de eve ra o f un cio n ar como ban circulo oe ar espanhol r eva federal de eve rá conti n vaso ar a te rea au m ingles taro serpente eu p ode r de fi serpente cali iza sao e o de p ode r dita ra serpente t axa sd e j ur o ap li circulo ada as t ra ns circulo ç o espanhol e de eve rá au m ingles t ra em mui to a su a f i cali iza sao, do sis t ema ni oo serpente eu todo, p o is o meca ni serpente mo do j ur o é t am b em i ns t rum ingles to de r e g vaso ll aço do circulo us to dos por du to seda e x us t ingles cia dot rato da aba do alho, quadrado da ue pr espanhol serpente da el eva são, up, do pe do om em vaso espanhol da t em ingles to


Mas se a reserva ganha e as instuiçoes obtém o credito que necessitam para se salvar, quem paga os juros duplos neste caso são mais uma vez os cidadãos, e mais um vez com maior pertinência se coloca, se , se deve ou não aprovar ou secundar este acto

Masse ar e serva gan homem a e as in serpente t vaso i ç o espanhol ob t rem o circulo red it o quadrado ue ne circulo ess sita am a ra se serpente al v a r, quadrado eu mp a g a os ju ros do up dez serpente nest eca serpente o são masi uma ave zo serpente cida dao se masi um ave com maio rp e r t ine n cia se circulo olo ca se serpente e d eve o vaso n cão ap rova ro vaso sec un d ar est e ac to

E assim pagará em acordos com firmas de capitais estrangeiros as dividas desta louca aventura que passou por uma mentira e um guerra onde já se terao ido talvez um milhão de almas, talvez mais correcto fazer assim a conta, setecentos a dividir por um milhão, o que prova também que a reserva já nem trás valor nem dinheiro, pois se o trouxesse , não necessitava de o emprestar com juros na forma de títulos de divida publica, de forma a recuperar seu valor, emprestaria directamente

E as si maior ma pa da primeira gara em ac circulo do rato do sc om fi rato da ma sd e ca pi tais espanhola cruz do range iro sas di vi da serpente de sta lou ca ave ingles tura quadrado ue da pa ss circulo da el eva são, up circulo do rato da uma do homem do oe maior da mim do ingles da cruz da ira e um da gata da eu rata do ra em quadrado espanhol do j a set e ra do circulo id ot al circulo do corte do vaso da ave zorro do um mi do primeiro ho a ode alma serpente da cruz al ave duplo zz masi co rr e ct do circulo do af ze ra serpente sima conta, set e circulo ingles cruz os primeira di vi di rp do circulo do rum do mi primeiro homem da primeira do infinito deitado, oo, quadrado da ue pr ova cruz am e segunda em mai ro quadrado da ue ar e serva j á ne maior cruz ra serpente valor ne maior do din he iro, p do circulo do is da se co circulo do ot ro ux ess ingles n ane ce serpente da sita ava de oe mp rata eta rc om ju ro sn primeira f oma de titu dez oe de divida publica, de forma primeira do rec da up pera rata serpente eu do valor, e mp r espanhol da cruz da aria da di rec do tam net

E me diz, América onde está o plano e o dinheiro para aumentar a produção, e me diz América, onde está o dinheiro para ao fazer, em que condições e com que apelos, de forma que funcionem, e me diz América, onde está o plano e o dinheiro para acabar de vez com a energia que nos mata a todos, e criar as novas, e me diz América, onde está o plano , a lei e o dinheiro para reconverter todas as industrias que são necessárias reconverter, sem que as gentes fiquem afectadas em seus rendimentos, onde está a lei , o plano e o dinheiro, que diz claramente, aqui nesta terra de amor e liberdade, que vela pela saúde do corpo inteiro em sua grande e pequenas partes, nem mais um artefacto, objecto, seja ele qual for, será por mao humana produzido, se não for em sua inteireza, e em todo o seu ciclo inteiramente reciclavel e amigo do corpo, ou seja, do que alguns chamam ainda de ambiente, como os tolos que vem desfilar paisagens em suas cabeças de enfeite, e me diz América onde está o plano a lei e o dinheiro, para dar saúde e escolas para todos, e das boas, que bem formem vosso filhos, e me diz América, se já percebeu em forma clara e definitiva que a força das armas chamadas de convencionais nunca é caminho, nem nunca mais o será e se está então tambem disposta a inverter a enorme produção que trás neste domínio, e me diz América se está disposta a viver com todos em paz, e a ajudar todos os muito que precisam no mundo e se terá um papel pioneiro na salvação a curto prazo do planeta e da inteira vida

E me di za am a erica onda est á o pp primeiro noe o di ne homem ro para au m na tara pro du sao, e me di za am erica, onda est á o din he rio para ao f az e rem quadrado ue condi ç o espanhol e co, quadrado ue ap elo dez serpente da forma quadrado ue fun cio ne meme di za am a erica, onda est á o p primeiro ano e o di ne homem ro para ac ab bar de eve zorro com da primeira energia quadrado ue no serpente mata a todos, e circulo ria ra sn ovas, e me di za mae rica, onda est á o p primeiro ano , a lei e o di ne he i r to para reco em v e r te re todas as din do vaso da cruz dt ro as quadrado ue são ne ce serpente saria serpente r e circulo on verter, se m quadrado ue as g ingles te serpente fi quadrado ue em a fe cta da se m se us ren di e mn t os, onda est á al ai , o p primeiro ano e o di ne hor, quadrado ue di zorro da clara que mente, aqui ne st ts te r ra de mao r e primeiro ibe r dad e, quadrado ue vela pe la serpente au de do corp o ine t rio em serpente ua sg rand ee pe quadrado eu ingles as p art espanhol, ne m masi um art e f ct do, ob je x to, seja el e quadrado ual for, se ra por m º ao humana ana por du zorro id o, se n cão for em serpente al in te i re za, e em todo o serpente eu ci primeiro circulo dez x in te ira mn te rec i circulo primeiro ave primeiro e amigo do corp o, o vaso seja do quadrado ue chama de am bi e ingles te, circulo omo os t olo dez serpente do quadrado ue v em de serpente f ila r pa serpente isa ge ns em serpente ua serpente cab eça serpente de ingles fe i te, e me dia f a am e rc cia onda est á o p primeiro ano a e lie o din he rop, para d ar serpente au de e espanhol circulo ola serpente para todos, e da serpente boas, quadrado ue b em forma v osso fi primeiro homem serpente oe me di g aa am erica, se j á pe rc cebe eu em forma clara e de fi ni t iva quadrado ue a f orça das rm as circulo homem am da sd e circulo ove ingles v cio na si n un ca é caminho, nem n un ca ma sio se rá e se espanhol t á ingles tao t am b em di serpente post aa in verter a ingles o r me pro du sao quadrado ue t ra serpente ness te do mini oe me di g aa mae rica se est á di serpente post aa viver com todos em p az, e a ajuda r to serpente os o serpente mui to quadrado vaso ep r e circulo isa sam am no mun do kapa e set te rá um pap el pi one iro na serpente al v ac sao a curto pr az o do p primeiro ane eta e da primeira ine cruz rato da ira vaso id ida primeira

Mas vós parecem querer e deixar-vos entreter com circo sem pao e com maus palhaços e actores, e já o deveriam saber muito bem sabido, pois o mesmo acontece na casa de cada um, se não cuidar do telhado das portas e das janelas e das paredes, o resultado é sempre um mesmo, decadência, perigo acrescido e maior miséria, sempre franco com vós, assim o amor me obriga, pois não trago eu amor a nenhuma destas más coisas

Ma serpente v os pa rec e i quadrado eu re e de ix ar do traço ingles do v os ingles te rta e rc om cir co se m pao e com maso palhaços e ac tor espanhol, e j á p o d eve r iam serpente ab e r mui to b em serpente ab bid o, p o is o me serpente mo ac on tec ingles a cas dec ada um, se n cão cu id ar do te k homem ado das portas e das j ane la ase se das pa red espanhol, o r espanhol sul at do é se mp r e um me ms o, dec deca den cia, pe rig o ac r espanhol cid oe masi mise ro a, se mp rato e franco com vó serpente, as si mo am a o r me ob rig a, p o is n cão t rago eu amo ra n ingles homem uma de sta mas co isas


Mas no fundo bem no fundo estamos a discutir nespresso what else, fotogramas de vinte quatro para vinte cinco de dezembro, a serra dos dentes, e coisa similares, pressupomos de dois mil e cinco, data do primeiro tsunami, quando um pai grande, um tridente levantou, ou quando outros factores tambem se juntaram para ajudar ao negro resultado, o que será mais provável , pois nao foi o único caso, a não ser que seja um pai tao passado assim que nunca aprove nenhum dos amores de sua filha, ou de seu filho, embora mais provável o primeiro caso pelo que se conhece da historia das taras

Ma sn no f un do b em no f un do est mo aa di sc cuir ne serpente press o w hat al serpente o, f ot g rama sd e vinte quatro para do vinte circulo inc o ded e sm br o, a se r ra dos den t espanhol, pr espanhol serpente up poe em traço ingles da serpente ep ren ted ode dedo is mi da ilha e circulo inc o, data do p rim e iro ts un ami, quadrado ua quadrado n do um pai g rande, um t rid dente primeiro eva n to vaso, ou quadrado vaso ando outros f ac tor espanhol t am b em se j un at ram para ajuda ra o ne g ro r e serpente uk t ado, o quadrado ue se rá masi pr ova ave primeiro , pois n a p f o i o único caso, a n cão ser quadrado ue seja um pai tao pa serpente sado as si m quadrado ue n un ca ap rove n ingles homem um dos amo r espanhol de serpente al fi primeiro homem a , ou de se vaso fi primeiro ho, em bora ma si ip da pro ova ave primeiro de dez do circulo da p do rim e iro tc roca as circulo da p elo dez quadrado da eu da sec one homem da ce da hi serpente da tor ia das tara serpente

depois choveu, havia uma referencia a santa cruz no texto anterior, e a igreja de coimbra da santa cruz , ficou pela segunda vez inundada, numa foto ainda, se via Xangai, em vez de macau e hong kong, como a precisar mais o que as letras sobre o assunto do oriente diziam

d ep o is circulo homem ove eu, homem avia uma re fr n cia a serpente anta circulo ru zorro no texto ante i ro rea igreja de co i m br a da serpente anta circulo ru zorro , fi co up e la se gun da ave zorro i m un dada, n uam f oto a inda, se v ia zorro an gai, em v e zorro de m ac au e homem ong kapa inglesa, co mo a pr e circulo isa r maís o quadrado ue as letras serpente ob reo as sun to do oriente di zorro iam

era o que dizia um senhor da universidade do Algarve, tambem aqui citada, numas tais viagens que a teresa dizia fazer, que não se deve construir nos leitos de antigos rios, como acontecera em alcantara, e que as aguas tinham sempre razão, e se via uma loja com muitas outras ao lado, com atoalhados que ficaram todos inundados

e ra o quadrado ue di zorro ia um serpente ingles hor da uni v e r sida dad do al g rave, t am b em aqui cita ada, n uma sta is v ia ge ns quadrado ue a teresa di zorro ia f az e r, quadrado ue n cão sed eve co ns t rui rn os lei to sd e ant i g os riso, co mo ac on tec e ra em al can tara, e quadrado ue as g au serpente tin ham se mp r e ra za oe se v ia uma dez j ac om mui t as o vaso t ra sao primeiro ado, com a to la homem a o ds quadrado ue fi caram todos i m un dad os

o sósia, outra vez, na Manaus I, depois de lá ter encontrado um dos gémeos que assim deverá ter-me identificado, a um dos senhores do balcão, em dia recente, chego lá e ele me cumprimenta em forma efusiva, como se bem me conhecesse, depois recua no que me pareceu ser teatro e disse, sabe confundi-lo com um outro, um que é muito parecido consigo, podia até ser sósia, ai sim, um que trabalha com papeis, papeis daqueles atoalhados para restaurante, sim, e de lá com mais um que o diz, o outro fora a irma da maria mendonça, que existe mais um sósia meu para além do tal do porto da banda de musica, fora isto em torno da visao da pretensa acusação do acidente de carro, ou seja provavelmente será então o que foi utilizado, para me incriminarem, e que terá sido mostrado a alguns outros, que serviram de testemunhas

os ó serpente ia, o vaso t ra ave zorro , na manu si primeira coluna, d e posi de primeiro á te r ingles circulo on t r ado um dos ge meso serpente quadrado ue as si m de eve rá te r do traço da inglesa me id ingles ti fi circulo ado, a um dos serpente ingles hor espanhol do bal cao, em dia rec ingles te, che g olá e el e me cu mp rim ingles ta em forma e f us ia que mente, co mo se b em mec on he circulo ess, d ep o is rec cua no quadrado ue me pa rec eu ser t eta ro e di serpente se, serpente ab e circulo on f un di do traço ingles dez com um o vaso t ro, um quadrado ue é mui to pa rec vaso di circulo on sig o, p o dia at é ser serpente ó sis, a ise em, um quadrado ue t r ab alha com pap e is, pap e si da quadrado eu primeiro espanhol a to alha ado serpente para r espanhol t a iran te, si me serpente quadrado a id e primeiro á com masi um quadrado ue di zo o vaso t ro f o ra a iram da mar ia men don ç a, quadrado ue e x is te masi um serpente ó serpente ia me vaso para al é m do t al do porto da banda de mu sica f o ra is to em torno da visao da pr e t ingles sa ac usa sao do acide dente de carro, o vaso seja pro ova v el que mente se rá ingles tao o quadrado ue f o i vaso tili zorro ado, para me inc rim ina r espanhol m,, e quadrado ue te rá sid o mo st r ado a al g vaso ns o vaso t ros, quadrado ue ser vi ram de t espanhol t em unha serpente


a zoom

o costa da sessenta e seis câmara municipal da lisboa, depois da imagem da ponta da vaso da lança a entrar no rabo da lua, e o escutado no espirito, do bispo que lhe vai ao cu no entretanto, de facto o home trás cara e corpo de bispo, mas é bispo certamente de outras confraria que não a igreja, mais dos maçónicos aparecia ele em dia seguida no jornal a caminhar sobre uma linha amarela em angulo, como a dizer, vide meus levezinho pezinhos da estrado do hell, em cima da linha amarela fazendo-lhe um angulo, pois me parece que o senhor terá sido um dos primeiros a me condenar, talvez mesmo fazendo a figura de poncio pilatos, a propósito, duas coisinhas, então a tal prometida averiguação fina das pesadas responsabilidades, em dois acidentes como prometida pela sua própria palavra em sua voz, em sua garganta onde ainda por pouco tempo, na falta de uso da verdade e da justiça e de responsabilidade, não morará ainda um fatal cancro, o do terreiro de paço e o da menina atropelada na passagem de peões que não existia ainda?

o circulo co sta da se serpente senta e se is ca mara mini cp primeiro ad a primeiro is boa, dep o is da i mage m da ponta d ala lan ç aa e ny t ra no rabi da primeiro ua, e o espanhol cut ado no espanhol pi rito do bi serpente p o quadrado ue primeiro he v a iao circulo un no ingles t r eta n to, de f ac to o homem ome t ra sc cara e cop ro de bi serpente po, ma sé bi serpente po ce rta que mente de o vaso t r sc on fr aria quadrado ue n cão a i g r e j am asi id os maçónicos ap ar e cia el lee m dia se guida no jo rn al a ca min homem ar son r espanhol ob re um a linha am ar e la em a g vaso dez, co mo a di ze rato do vide me us primeiro eve zorro in homem o serpente pe zi n homem o dd a e ts r ado do he ll, e m circulo ima da linha am ar e la af zorro n do do traço do primeiro ingles do primeiro angulo, p o is me ap rece quadrado ue o serpente ingles hor te rá sid o vaso ns do serpente p rim e e rosa mec on dena rt alve zorro me serpente mo f az em do a fi g ur a de pon cio p ila to sa pro ps ot tio, du as co i sin homem as, ingles tao a t al pro met id a ave rig ac sao fina das pesa da serpente r espanhol p o san bil id ad espanhol, em do is ac in det espanhol co mo pro met ida pat e la serpente ua pro pr ia pala vaso ra em serpente ua v oz, em serpente ua gara gan t a onda a inda por p o vaso circulo te mp o, na fla t ad e us o de la, n cão mora rá ian do um ft al can circulo ro, o do te r rei ro de paço e o da me nina at rop e lada na pa serpente sage m de pe os quadrado ue n cão e x is tia a inda,

portanto se desvelou a explicação de masi uma recente morte, de um senhor judeu, que deveria ser o senhor de um blog chamado de midrash

porta ant o se de serpente velo elo dez vaso ua e x p li cação de masi uma rec ingles te mor orte, de um serpente ingles hor ju d eu, quadrado ue de eve ria serpente ero serpente ingles hor de um b dez gato circulo homem amado de m id ra serpente homem

e outro pequeno pormenor, ou melhor , a senhora helena como refém ou não do senhor

e o vaso t ro pe quadrado eu no por m ingles o ro vaso me primeiro hor o di, a homem ingles a helena r efe m do sem hor

o outro quando porventura os senhores da câmara dao resposta a questão sobre a evidente responsabilidade da câmara no acidente que tive com o carro de minha mae, provavelmente assim de memória há mais de um ano, sem nenhuma resposta no entretanto nem reparação, seus filhos da puta corruptos, não disse o senhor quando ai chegou que ia arrumar a casa, devo portanto deduzir que o senhor tambem me trás perseguição cerrada, se não responder, rezarei pela sua morte, sabe continua na mesmíssima situação o local, me pergunto quantos mais se terao ali estampados e se mesmo já morreu alguém, e pelos visto a procuradoria faz parte da pandilha dos mafiosos, visto que nada fez a queixa, alias nem reposta, nenhuma friso tenho , a todas e qualquer da muitas queixas apresentadas, seus filhos da puta, que isto está pior que um p1 e um p2 e uma p3 e um p4 juntas, ou serão as quatro putas que estão juntas e que fazem uma junta maior

oo vaso t ro quadrado vaso ando por v ingles tura os sem hor e da cam ra dao r espanhol post aa quadrado vaso espanhol tao serpente ob rea e vi dente r espanhol ponsa bil id a da ca mara no ac in det quadrado ue t iv e circulo om o carro de min homem mae, por v ave primeiro que mente as si m de me mor ia homem á masi de um ano, se mne homem uma r ep ps o sta no ingles te rta n to one m r epa raçao, se us fi primeiro homem os da puta co rr up pt os, n cão di serpente se o serpente ingles homem ro quadrado vaso ando ai che g o vaso quadrado ue ia r rum ar a ac asa, devo porta n to ded vaso zi r quadrado ue o serpente ingles hor t am b em met r as per se gui sao ce rr ada, se n cão r espanhol ponde r, r e za rei pe la serpente ua mor e t, serpente abe conti n ua na mês miss ima si tua sao olo cal, me per gun to quadrado vaso anto masi se te rap al i espanhol tam pado se serpente em espanhol mo j á morreu al gume me p elo serpente vi serpente to a pro cu ra dori serpente f az p arte da p e di da ilha dos ma fi os o serpente, vi serpente to quadrado ua ana da fez a quadrado vaso ix a, al ia sn em r ep ps ota, n ingles homem uma fr is o t ingles ho , a todas e quadrado vaso primeiro quadrado eu r da mui ta serpente quadrado eu ix as ap r espanhol ingles t ada serpente, se us fi primeiro homem os da puta, quadrado ue is to est á pi o r quadrado ue um p1 e um p2 e uma p3 e um p4 j un t as, o vaso se ra o as quadrado ua t ro putas qu espanhol tao j un t ase quadrado ue f az e m uma j un t a

por gentileza seu filho da puta terrorista, aguardo sua resposta

pr g ingles til e zorro serpente eu fi primeiro ho da puta te rr o r ista, a g ua r do serpente ua r espanhol posta

este zo om, quadrado europeu dec illa em zo do om do infinito deitado maior, le maga zorro ine deli mage, te mna capa espanhol circulo rito norte sul á pi serpente circulo irc vaso dez do treze, ou seja car do b bono, usa bar do canada da doll ar sex t ado on ze da estrela, spe circulo in orte sul vaso do we do om do mer, d eve rá ser ingles tao dn norte sul a mer franca ise, o vaso seja do serpente rio ts e co isa e t norte sul, primeiro do segundo elo dez art do circulo do vaso do gato circulo da serpente ob r emi sc homem ima, circulo do fi primeiro da me do p au primeiro sc ra de rato dos rato espanhol p na ho is dos partidos, aro ll lei forte lex que muito conti muito da ua da primeira ap do arc e rato a soci ad aa pollar circulo da id ds de sta ave zorro do no my spa ce da be la can tora cali for ni ana quadrado europeu por cá pa ss circulo do vaso, dn norte sul on gato europeu ro vaso ted o ingles ro ll o vaso do ingles do rol , o ro do onze do ap ps oto dez spa serpente do x rato o ll e ole e forte orte dn orte sul e x, pro avi circulo serpente angulo se serpente ser pente ingles te e seis E de seul, a paris, tenda na circulo on t ra pa gina a mir cage fr az zetta diva noire m se serpente senta ur don imagine ro do e ingles primeira mor rato e ll posi sis sm poisson no e ra seth da estrela do circulo de o ut ib rato o paris, du noire segundo do primeiro anc e cruz blanc ala mode, circulo ac ho mr mar el do pr tim t ep ns do e te de o it ingles a te circulo inc o, do quadrado au t ro festival do cinema juif, juiz, do por circulo ess norte sul primeira bomba, rume ur quadrado do a ps oto dez da se pr ingles te do homem do vaso me ur serpente primeiro vaso circulo le roi remonte la pente corto j forte arnold, ti ll lie europeu x bi ingles na ale forte vaso tuto polis da homem do ass el primeiro da blad ad da diane ar bus primeiro espanhol chi iro to do ux st ra serpente burg, que as is do traço ong primeiro espanhol do je da forte o cie do monte p el lie ar to da bd maga zorro ine am le red ac te ur ingles chef e claire ra de d a tele gato art circulo da ram mes ee x a kapa k t a homem ass el blad, fuji, do william br vaso, primeiro ap soto dez da se rp n te da ana tom i e d ú n mo mn e t, circulo espanhol serpente pe cta te ur serpente se pr ingles a i ingles t pour des per serpente on a gato espanhol d ó pera, de eva van t la pont neuf, leon do gim p el de br vaso x ce ll as, do vinte e dois de mai do dezanove doe outubro, hangar astra a is serpente y primeiro espanhol mi vaso primeiro ine a vaso x do di rig ib primeiro e, agora rato e forte primeiro e tid o na russia, p ola em home ingles gato ot homem da primeira do com carol ine numa polar rai id a, da ap ola car e uma serie de outros, sendo que uma das polaroids, n cão t ra serpente nome, o quadrado ue se mp reme em cruz rig circulo do vaso do quadrado europeu de eve rá ser ingles tao primeiro to do p da mode do primeiro do quadrado europeu p circulo do quadrado do rato ia pe la imagem na outra pa gina a je rr y o do homem norte sul ll, rato efe primeiro tid a em cruz do rato espanhol, o vaso seja primeiro quadrado de top models da jerry homem all, cu rato isa mente est á a p ola roi dp o rc ima da d´ alma, e por baixo da ba p do vaso nono e formula cinco se rp rn te ep mat cruz deitada do circulo do onze do bar do rá do vinte e tres do bar do rá de oitenta e tres, deve ter is tia ave ra inda com a morte da diana, a se pr net x de st e homem circulo, em majo rite , da je e rato y do homem norte sul do lll da pire do est norte sul a , a pite, que t ra serpente um estranho ca hp europeu como um primeiro iv ro espanhol cruz do ra muito homem am ingles te ab e rato to, quadrado europeu forte az de um primeiro ado um na zo ole do o vaso t ro uma onda , da onda dos to p mode primeiro espanhol dos mili t rato espanhol das pi sc ina serpente, le t a rin, serpente ur le serpente ab le, um dia de fogo e uma no i te gato norte sul cin orte sul, num com boi ode linha única, cc do primeiro seth in v e rid o do brasil, dn orte sul am mina de t rato é serpente, m ot rice espanhol die se primeiro sur le pas dec homem am e au x e au serpente si les ingles fan ts des nu a gato espanhol, do vaso do we do om do mer, da palmeira entre as pernas do bi kin ia serpente ria serpente circulo as vermelhas e br ancas, do che dc chuveiro em livro enrolado em semi cir cu o, da menina que fuma por det ra serpente do as lo serpente ab gulas, e da me nia de cuja peito sai um fio de sangue que jo rato ra na pa rede am ar e la e onda se le nos ti j olo serpente cam b ota d o ser pen e t do quadrado au dr ado do meio do v as o rec tan gular deitado do san gato europeu sex to, de mui to serpente v as os ode sangue, do olho do um bi go do p ano vermelho dam mao de anel de parta das maos negras circulo om unhas vermelhas da qual enter as mage da serpente espanhol co rato rea agua do circulo ruza mn neto das unhas vermelhas sobre o ventre da rendas negras at vo rato ss, do mamilo da se gato vaso dna vesica da direita e da terceira da esu e rata da dos peitos da senhora das unhas vermelhas, que forte az chao ra sc o rato espanhol serpente ob rea serpente meninas rosa e do irado, dep o is olo forte erik son com forte oto gato ra serpente fia sd e flor est as como a do monte dn orte sul lua ua em sin t ram vaso gg le homem di acento no circulo j d ingles kapa angulo a ova homem a ll ala e rata ny te bodas kapa cir cu primeiro do gato ingles, serpente da re ingles ns homem do vaso duplo do quadrado um do dd us do vi eta serpente homem primeira onda se pr ingles te dt homem um em do vaso do angulo da cruz, as ro vaso as re rato serpente kapa do circulo do gato, ka ut um do pot do berg ingles, no bra kapa vaso vi do onze for serpente aka rata as b y vaso as te rs k o gato homem as t homem vaso primeiro t d norte sul b y serpente ode rato serpente k o gato d norte sul b y serpente ode rato serpente ki gato do sean brand dt da pin t ira noa ano sin t ingles ta do he a ring do keith dag norte sul vaso ingles gat ao home ra da quinta avenida, o atirador da met rato ala homem ad dora, do primeiro ive xxx ac ts ni j de girls on sat ge primeiro ove t ema serpente ne w fi primeiro ms eve rato y e we kapa conti nu o us sh o ws primeiro ive top primeiro ess dan ce rato serpente em noventa e nove, do vi espanhol dos movies do coraçao, e circulo citi ingles ive, dupla gato, bro ad w a y do times square do homem oe mm quadrado vaso el eva sas flor espanhol na quinta avenida, com duas luas em quatro d espanhol circulo rec ingles to na cam misa no br aço direito, da bro ad w a y e da t rec e ira do seth st rato ee t do car rato gato ad rato de pap espanhol primeiro prensado, da sessenta e ma di son ave n europeu, dos espanhol gato oto sd o he x a gato on o das duas senhoras crescidas com o me serpente mo padrão do ra p az das flor espanhol, do k uss da up do in forte ni to deitado circulo rua ab das roscas em forma de serpente im b olo da p az, o vaso sej norte sul ingles non, do homem oe m da ca misa das folhas em asa , ney ne ita dez a medico, do lola pit, b ingles gala vermelha e br anca rato isca ado, das em bala ge ns da ester la do seth e da quin ra avenida e do t rin t a quadrado e seis do quadrado au ren te e tres da cruz sexta doas duas lu ze serpente rec y angula rato espanhol do home da gato rav ta aa serpente bolinhas negras e br aca serpente, seda cem por cento do serpente rudi o cinquenta e quadrado ua t ri rato he ra ck rato, do bat am ando quadrado europeu re le primeiro e de he ad p homem ines da trinta e oito, e da seth ave ingles europeu one a y seta par king segundo am e sexto da am e do par do king do sexto e do set omo , ou de sessenta e sete, ou de setembro, da corda no carro que leva os do ss i e rato se o pa el pr espanhol n ado cartolinas v ar serpente, em pinha da sm com o mastro do he x a gato on o inc primeiro ina ad , cuja seta aponta o sexto andar do edi fi cio, quinta j ane la a circulo on t ar da direita, eva si ac o mp anha ado por outro homem , do cao poli circulo aida cinquenta e set e da quinta avenida, rim tim t im, dn norte sul imo sin e, do serpente ingles homem ro que pa serpente seia o fi primeiro ho do cao a fr n te da se m hor a com o cu dez serpente em co primeiro her sentada contra o muro, no traço branco, que primeiro aça a mao e dos do is homem ome ns van dad os, na montra em que uma cobra no passeio os olha, bi cc primeiro, da sn e hor a da ca misa negra e branca com muitos deltas e muitas cruzes, mane quim, da senhora serpente om br a e rato e forte lex o com as maos circulo ruza ada sn um edi fi cio quadrado europeu pa rece uma mesquita, ou isla mico, so om ad rato ess, circulo up on de rato ep ise, ni circulo av b la d ad ni k on lei ca homem asse blad, gato rande marques e ps na hol. M ode le michel, da belle vi ll e jo ur e t nuit me ingles vaso do primeiro mo de muitas cruzes da ant au je ur di homem do vaso ie cart ph oto, tt ad pt a tio ns pub li ct a rios em ang la is e cruz inglesa norte sul primeiro da ema, bi e vaso rato espanhol de mi primeiro novecentos e oitenta e cinco k lua se dag mara t ro ll ler, do sex to da rua do j as mim do seth da e ts rato e la do circulo do dez ase is da tele da estrela do cin te e set do circulo do t rine t do trinta e oito a paris, studio quadrado ua rato ingles te e quadrado ua t re, mon 44 est gato rato isa santa as vaso iv re, primeiro y on de los angels, fuji hd maior bar ro vaso de ur do traço ingles m ot te ur do ponto au p o ingles, o vaso au ping no japao, foret do vaso do principe do sam vaso rai primeiro angulo vermelho e branco, mi sc homem ima m ot europeu ur ponto


e me dizei América, tendes dinheiro em que quantidade para o fundo do fim de todas as misérias, estareis dispostos tambem a arranja-lo em modo idêntico?

e me di ze ia mé ric a, t ingles d espanhol din he iro em quadrado ue quadrado ua n tid ad e para o f un dodo fi m de t o da sas misé ria serpente, est a reis di serpente post os t am b ema ar raja do traço ingles de dez em modo id ingles tico da foice

senhor welsch, reparei esta tarde , ou melhor na de ontem que este dia vai longo e já entrou no seguinte, que é sexta feira, que o senhor que tantas vezes aqui na rede me aparece a sorrir muito com ar franco e aberto bem como sua esposa, ou filha, que na ultima vez que me acompanharam aqui em pagina pela noite aberta, com belos sorrisos, é o senhor dono da universal, e assim sendo lhe endereço pergunta especifica, como é que foi feita esta edição pirata de obras minhas, com uma corrupção transistemica de apoio, não uso a apalavras sinergia, pois sei que dela nao gosta, e se a declinar , eu tambem não, certo estou ou nem bem tanto, que o senhor terá certamente sido apanhado de supressa com estes assunto, mas sendo o senhor responsável pela empresa, certamente que me dará uma clara resposta e me apresentará uma solução, ainda hoje tambem nestas noticias de acertos financeiros e coisas e tal, davam conta da gm, de quem o senhor é tambem responsável, assim o penso, ia ter prejuízos, o que é uma pena pois a gm tem trabalhado bem nas alternativas energéticas, embora tenha visto em dia recente, que ainda pensa no gás com fonte energética, talvez seja por isso, que se avizinham lucros menores, mas não o desejo a si ,nem a nenhuma empresa, na América ou no mundo

serpente ingles hor we primeiro sc homem, r epa rei est a t arde , ou me primeiro hor na de on te m quadrado ue este dia ava id dez b goe j á ingles t ro un o se gui n te, quadrado ue é sexta fe it ra, quadrado ue o serpente ingles hor quadrado ue t anta serpente v e ze sa aqui na rede me ap ar e cea serpente o rr i r mui to com ar fr naco e ab e r to b em co mo serpente ua espanhol posa, o vaso fi primeiro homem a, quadrado ue na vaso primeiro tim a ave zorro quadrado ue me ac om mp na homem rama aqui em pa gina p ela no ite ab e rta, com b elo serpente so r rio sé o serpente ingles hor don o da uni v e r ss al, e as si m serpente ingles do primeiro he ingles de r e ç o per gun t a espanhol pe ci f i ca, co mo é quadrado ue f o i fe i ta est a edi sao pi rata de ob ra serpente min homem as, com uma co rr up sao t ra nsi sis te mica de ap o is on cão us o a ap ala v ra serpente sin e g ia, p o is se i quadrado ue de la n º ao g os sta, e sea dec primeiro ina ra , eu t am b em n cão, ce rto espanhol to vaso ou ne m b em t ant o, quadrado ue o serpente ingles hor te rá ce rta que mente si d o ap anha ado de serpente up raro espanhol dp do ac om est espanhol as sun to, ma ss ingles do o serpente ingles hor e r espanhol ponsa ave primeiro pe la e mp presa, ce rta mente quadrado ue me da rá uma clara r espanhol ps ota e me ap rato espanhol do ingles t a rá uma co primeiro vaso sao, a inda homem oje t am b em ne sta serpente no ti cas de ac eta serpente ros fi na sc e i rose co isas e t al, da ava vam conta da gm, de quadrado eu emo serpente ingles hor é ta m b em rato da ep da serpente os ave primeiro, as si mo p ingles serpente circulo do ia te rato rp do pr e ju e zorro circulo da serpente, circulo do quadrado ue é primeira p inglesa a p circulo da isa gata maior da te maior da cruz da ar do segunda alha ado segundo em muitos as al te rna cruz iva serpente ingles rato do ge tic as, em bora cruz ingles homem ave serpente to em dia rec ingles te, quadrado ue primeira inda p espanhol do muito ano gás com do fonte ene rato da ge tic a cruz em alve zorro seja por serpente si, quadrado ue se avi zorro em ham lu circulo ros maior do ingles do circulo do rato espanhol, ma sn cão ode serpente e jo as e mn ema muito do ingles homem uma em presa, na ama e rc cia aca circulo da un do circulo onze dos cem do mundo


bela menina de meu coraçao, agora já a vejo masi vezes parada a meu lado, isto é, param os autocarros com certa regularidade , aqueles que trazem a menina em tres masi um cãozinho daqueles de colinho, e reparei pela primeira vez, como sou muito aluado, pois a face daquela menina que começou a aparecer na traseira dos autocarros com uma expressão que na altura me parecia aflita , uns tempos atras , afinal era a menina, fia muito bem com aquela capa, embora ache que trás ainda preocupação em sua face

be la menina de m eu cora sao, agora j á ave jo masi v e ze s parada am eu l ado, is to é, pa ram os au to car ros com ce rta r e gular id ad e , a q eu l s q ue t ra ze ema menina em t r es masi um cao z in ho da q eu l es de co linho, e r epa rei pe la p rim e ira ave z, cm o s o u mui to al ua do, p o isa face da q eu la me nina q ue com e ço ua ap ar recer na t ra se ur a dos au toca rr os com uma e x press sao q ue na al tura me par e cia a f l ita , u ns te mp os at ra s , a fi n al e ra a menina, fia mui to b em com a q ue la capa, em bora ac che he q ue t rá s a inda pr e o cup a sao em s al f ac e

depois bela menina que parecia que tinha ficado entalada no mupi, salvo esteja, agora mudaram o cartaz, depois daquele outro que era o terceiro ter ficado tambem ele parado, provavelmente durante o tempo da reparação, ou enquanto não lhe punham mais gasolina, ia jurar que o puseram com a proa em direcção contrária, como se dois barcos de competição se tivessem cruzado em cruz, era de uma corrida em Portimão, veja lá, a praia da rocha, agora apareceu outra bela gata, a vi pela tarde a menina penelope, que está muito bonita assim disfarçada em meia ruiva, mas com uma expressão naqueles seus lábios em asas q1ue apetece mesmo muito beijar, com aquele ar de menina malandrim e por falar em malandrins e malandragens, o que se passou com a bela sharon, que está assim com a expressão muito chateada, ou melhor assim com uma tristeza interior, já a fui ver mesmo ao perto, para ver se a via mais por dentro, como sempre me perdi e encontrei a ver aquele seu belo rosto, depois o perfume, é assim tipo conta gotas, e dele sai um gota que parece um pequena estrela a pulsar

d ep circulo do is be la menina que par rc ceia quadrado da ue tina fi circulo do ado en da cruz ala ada no mu pi, serpente al vo es cruz primeira j primeira, agora mu da ram circulo do cartaz, quadrado da ep do circulo do is da do quadrado eu dp leo vaso da cruz ro roque quadrado ue e ra o te rc e iro te rato do fi c ado t am b em el e par ado, pro ova ave l que mente dura muito gt e o te mp circulo da r epa raçao, circulo do vaso en au quadrado muito ton cão primeiro do home ingles sm da p un ham maís gás circulo do primeiro da dol ina, ia ju rato da ar quadrado da ue circulo da p use ram com a pro a em di rec sao circulo em cruz rá ria, como se do is bar cos dec om pet e sao set iv ess em circulo ruza ado em cruz, e ra de primeira co r rid a em port ima ove j al á, a rai da roc h a, agora ap arc eu co circulo do vaso da cruz da ra be la gata, a vi pe la cruz arde am me nina p ene primeiro do circulo do pe, quadrado da ue e ts á mui to bonita as si maior da di s f a rc ada em mei a ruiva, mas com uma e x pr es sao na quadrado do eu primeiro serpente da se us do primeiro ab is circulo em a sas quadrado do primeiro da ue a pete ce me serpente do mo mui to bei j ar, com aquele ar de me nina m al lan dr rim e por forte do ala rem maior al e dr e em ns ema al lan quadrado da rage ns, o do circulo do quadrado da ue que se passou com a be la s h aron, quadrado da ue est á as si m com primeira e x press sao mui to ca homem da te ad primeira, j á af vaso e ive rato me s mo ao per to, para ver sea vaso do ia masi pro quadrado en cruz do ro, como se mp rato e me do per da di e en circulo em cruz reina quadrado eu le segundo elo dez ro st circulo do dep circulo do is do circulo do per rf um, é as si maior da cruz ip ipo circulo circu dez em cruz primeira gato ota sed el espanhola primeira e norte sul gato ota quadrado da ue pa rece primeiro pe quadrado da un primeira espanhola cruz rato e la ap vaso do p rie miro rato sar


bela menina colbie caillat, que bela sois e que doce voz, assim a fui hoje ver à sua pagina, pois não a vi em seu concerto, desejo-lhe as maiores felicidades em sua carreira, depois para lhe ser franco fiquei assim um bocadinho estranhado pois vi muitas imagens que ecoavam em outra que me povoam, se assim o pudesse dizer, e a achei assim tambem parecida com a aniston, as paginas tantas declinei o seu nome e me surgiu assim, co do angulo da bie ca da ilha da cruz dos can circulo do corte da onda sobre o circulo espanhol, depois vi de novo as fotos no estendal, como aqui ao pé , uma rolleiflex que agora me apareceu na zoom, o chapéu de tropa que a menina num clip trás como a aniston, uma canção coco, malibu, ca do richard, enfim ecos dentro de ecos, mas são belas suas letras, e sobretudo o que elas falam, que sim essa vontade de creditar num ,mundo como ele o é, belo, em amor onde cada um possa ser o que é, e trás um belo admirador que a beija nos lábios e tudo no final da canção, que até me fiquei a suspirar, beijos mil assim, na ausência de outros melhores ao perto pertinho

be la menina co l bie ca illa t, q ue be la s o ise q ue doc e vo oz , as sima f u i h o je ave ra s ua pa gina, p o is n cão a vi em s eu c on ce r to, de s e jo do traço do primeiro ingles as maio r es fe le cida d es em s al carreira, d ep o is para l he ser franco fi q eu i as si m um b oca din ho es t r anha ado p o is vi mui t as ima gn s q ue ecoa ava vam am em o u t ra q ue me p ovo am, se as sim o p u d ess e di ze rea ac hei as si m t am b em par cida com a ani s ton, as pa gina s t anta s dec l ine i os eu n ome e me s ur gi u as si m, co do angulo da bie ca da ilha da cruz dos can circulo do corte da onda sobre o circulo espanhol, d ep o is vi de n ovo as f oto sn o es ten d al, como aqui ao p é , uma ro ll lei f l e x q ue agora me ap ar e c eu na zo om, o c h ap eu de t rop a q ue a me nina n um c l ip t ra s c omo a ani s ton, uma can sao coco, ma al i b u, ca do ric h ard, en fi m e cos d en t ro de e co s, ma s são be la ss ua s l e t ra se s ob r e tudo o q ue e la s f ala am, q ue si m ess a von t ad e de c red i t ar n um ,mundo como el e o é, b elo, em amo r onda c ada um p os sa ser o que é, e t rá s um b elo ad mira dor q ue a bei j ano s l ab bio se tudo no f in al da can sao, q ue até me fi q eu ia s us pi r ar, bei j os mi l as si mna au s en cia de o u t ros me l hor es sao per to per t in ho


e t u min h a am da , q u ando che ega sd primeira foice, olha eu un muito cão meme xo daqui, en quadrado do vaso da na on t on cão che gato da ar espanhola

e tu minha amada , quando chegas?, olha eu não me mexo daqui, enquanto não chegares


ib ep do vaso

vaso up pt cruz quadrado do delta n D