sábado, novembro 01, 2008

Suas putas assassinas, se pensais que eu porventura me vergaria a qualquer tipo de chantagem, tirai como sempre o cavalinho da chuva, e depois, ainda me espantais por cima, oh filhos da puta, assim tao mal me pensais conhecer!

S ua s putas as sas a ina s, se pn es a is q ue eu po r v en tura me eve r g aria a q ual q eu r t ip o de chantagem, ti rai como se mr e o c ava linho da c h uva, e dep o is, a inda me es pan tais por c ima, o h fi l h os da p u it a, as si m tao m al me pen sa is c on he a seta para a terra cravada, ou seja o tridente, t rid nete de roma espetado no mar, o mne pr do run ao un neptuno rui

Da puta do pe da ita da primeira pita com muita guita

E como tal nao é possível, o que isto quer dizer, é uma só e outra coisa, estais desesperados, com o imenso sangue da foice grande de duzentos mil mortos em vossas maos, e das mortes na Finlândia, nas escolas, pois agora se desvelou

E c omo t al n ap o é p os s ive dez q ue is to q eu r di ze r, é uma só e o u t ra co isa, est ais de s es pera ado sc om o i m en s o san g ue da f o ice g rande de du zen to s mi l mo rt os em v os sas mao seda s mor te sn a fi lan do dia, nas es co la s, p o is agora se de s velo lou, vaso de dezembro

Guarda das s es te sn ap o da cruz al

Pensais porventura que escapareis à justiça!!!!

Pen sa is por v en tura q ue esca ap reis à justiça!!!!

Então uma gravação, feita por uma parede de uma discussão, assim o pássaro me contou, filhos da puta, publicai o que quiserem que eu terei todo o gosto a ver vossa ultima publicação antes da forca a vossos pescoços, fizer crack

En tao primeira g rava sao feita por primeira par rede de uma di sc uss sao, as simo pa ss aro mec on to u, fi l h os da puta, pub li caio q ue q u ise rem q ue eu te rei todo o g os to ave r v os sa u l t ima pub li caçao ant es da f o rca avo ss os p es cocos, fi ze rato do crack, ou seja do terremoto, ou seja a te rr maria oto

Cocos, socos, e cocós, a dos cocos socos e dos cocós do polvo, da p1, p2 e p3

A semana passada, era uma outra vertente da mesma história, só que esta me pareceu ter remetente muito claro, o cabrão do socrates e de seu grupo de bandidos, que tinham retirado determinados textos que eu publicar em meu blog, que tinham feito para que ningume os lesses, assim viera no seu inicio a manha , escutada em jeito de confissão, pois é só confissão que se trata, vocês são bestas desesperadas, pois todo o que aqui escrevi, é a pura verdade, e não tendes vós nem ninguém, o pode de vencer a força da verdade, portanto admitei publicamente para começar que o haveis feito, sendo que para isso, está implicado quem acesso informático teve a rede e os blogs e o tal tambem certamente dos chamados site meter, bem como so vosso chamados serviços de espionagem e de contra terrorismo, que mais não é do que quem cobre os vossos actos de terror, seu filho da puta, pensais que ainda algum trará duvida, nesta altura do campeonato, que vos sois os verdadeiros terroristas, não o diz inequivocamente por soma todos os vosso actos e todas as vossas, manhas, omissões e silêncios !!!!

A se da se da mana passada, e ra primeira de uma outra verte en t a da mesma história, s ó q ue e sta me par rec e ceu t r e rem en t en te mui to c l aro, o c abrao do socrates e de s eu g rup o de bandidos, q ue tin do ham r e tita do det e r m nina ado s dos textos q ue eu pub li car em me eu b dez gato, q ue t in ham fe i to para q ue nin gume os le ess es, as si m viera no s eu in nin cio da primeira manha , es cut ada em je i to de c on fissao s sao, p o is é s ó c in fi s sao q ue set rata, v o c es são be s ta s de s es pera ada s, p oi s todo o q ue aqui es c e r e vi, é ap ur a ve r dad e, en cão t en de s vó s ne m nin gum, o p ode red eve en ce ra f o rça da ave r dade, po rat n to ad mit e i p ub l cia mn te para com eça r q ue o h ave is fe i to, s en do q ue para iss o, e stá i mp li cado q eu m ac esso in for mat tico da teve da primeira rede, ou seja a puta do canal um, e os b lo g se o t al tambem ce rta da manha que mente dos c h amado s do site meter, b em com os o v osso c h amado s ser vi ç os de es pei on a ge me dec on t ra terrorismo, q ue mia sn cão é do q ue q u em cobre os v osso a ac to s d e terror, s eu fi l h o da puta, p en s aia q ue a inda al gume t ra rá du vi da, ne sta al tura do cam pe o na to, q ue v os s o is os v e rda e iro s terroristas, n cão o di z ine q ui vo ca que mente por s oma todos os v osso ac to ze todas as v os sas, manhas, o miss o es e si l ç en cios do quadrado das q au t rose etas c ra v da sn o chao, o u seja de q au t ro tremores de terra!!!!

Tambem este facto se o fizerem , de escamotear pedras da fundação deste Templo e do Templo da Verdade e da Luz, vos será integralmente assacada com juros sobre os vossos rebentos, se assim insistirem em vosso comportar!

Tam b em este fat co se o fi ze rem , de esca mo tear das pedras da f u dn danação da aç cao de ste Te mp dez e do Te mp dez da av e r dade e da Luz, v os se rá ine t g ra l mn te ass ac cd a com juros s ob reo s v ossos r e b en t os, sea do as si m in sis tir rem em v osso comporta rato da s eta do tremor

Pormenores, nem me vou agora a por a pensar, a ver as imensas possibilidades do que assim em meio confessais ter feito, pois estou escrevendo os factos e as provas do que haveis feito, e que pelos visto continuais, em vosso ultimo estrebuchar!

Por m en o r es, ne m me evo u agora ap o ra da pen sar, ave ra s i mena s p os s o ib li dad es do q ue as si m em mei o c on f ess a is te rf feito, p o is est o u es c e r v en d o os f ac to sea s pr ova s do q ue h ave is f e i to, e q ue p elo dez s vi s to conti n u ais, em v osso u l t imo es t r ub u cha rata!

Bem vos vi ontem, o socrates e o amado, e o outro fuinha por detrás, e mais alguns, assim tipo a brincar as encenações dos aviões, como se nele fossem, se calhar foram em espirito, na sua queda, na magna reunião que analisava a queda da spainar entre outros assuntos e o rei de espanha a falar de turbulências

Be m v os vi on te emo mo do socrates e do circulo do amado, e oo u t ro f u inha por det ra ase se maís u l a gun s, as si m t ip o a b r inca ra s en cena cp do cortes, do circulo espanhol dos aviões, com o se nel e f os se m, se c la h rf o ram em es pi rito, na s ua queda, na mag na r eu ina o q ue ana anal l iza ava a queda da spa ina ren t reo u tr os as sun to s e o rei de e ps anha a fa l r de t ur bule en cia serpentes


Por isso, estrebuchai e estrebuchai, até morrerem engasgados!

Por iss o, est rato ub vaso do cha e comboio espanhol cruz, rato r e b vaso doc cha e, em cruz é mor rato e rem do en gás gados da se rp nete da eta

Que o inferno vos seja quentinho e à medida exacto do vosso mal feito!

Q vaso do quadrado ue do circulo do inferno vaso do os seja, q u en tinho e am med id a e x cato do v osso m al f e i to da s eta

circulo do grilo , circulo da vareta do grilo falante do f da ana, co ns cie en cia , do pinoquio,p ino ki circulo, da primeira cha ave t a das ti a mim