terça-feira, novembro 18, 2008

post mil cento e dezasete, ou seja , grupo do onze primeiro set

Manuela ferreira leite, disse o que todos sabem, que isto não é um estado de direito nem uma democracia, muitos outros ficaram com ar de caso, mas o caso é bem mais fundo e distante e profundo do que parece, pois tudo isto é sempre o mesmo de todas as ilusões, estavam todos hoje com ar de caso, eu nem quero saber de vosso caso, que nem li um jornal como de costume, via a antena dois, a bela menina até estava sem voz, metáforas de constipações de divas, a propósito ou despropósito, quem diria da encenação e dos dramaturgos, depois o das barbas, da lei do meio broche, cinco escudos de indemnização ao cônjuge em caso de divorcio, ir a rabinho, dez escudos para outro, lá vinha dizer que a democracia é a democracia e o direito é direito

Manu homem une de la do ferreira da leite, di serpente se o quadrado ue todos serpente abe m, quadrado ue is ton cão é um e ts do sado de direito ne maior da uma do demo circulo rac cia ia, mui to serpente o vaso cruz do ros fi caram com ar de caso, maso circulo do caso, que em italiano quer dizer, o maluco, é segundo em maís fun do e di serpente cruz da ante e pro fun dodo quadrado ue pa rc ce, p circulo do is tudo is to é se mp reo mesmo de todas as ilusões, e stva todos homem oje com ar de caso, eu ne maior do quadrado vaso ero serpente abe rato de vaso osso caso, quadrado ue ne ml e primeiro do jornal como de cos vaso t me, vaso ia ant en da do is, ab e la menina a té e stva se m vaso oz, met a f o ra serpente quadrado e co ns tapi ç o es a pro p os tio ou de sp rop is to, quadrado eu m di ira da en cena sao e dos quadrado ra na t ur ge os, quadrado ep o is o da serpente do joao barbas, da lei do mei o br roche, circulo inc o es cu do serpente de inde mina za sao ao circulo on ju ge em caso de vivo irc o, ira rabinho, dez es cu do spa para do outro de la vinha di ze rato quadrado ue a demo circulo rai ca é ad demo circulo rac cia ia e o di rei to é o de direito

Depois o próprio porta voz do psd, desvalorizava as palavras da própria senhora, que pena, uma no cravo outra na ferradura da vossa esquizofrenia, é a serio, ou não é a serio?

D ep o is o por rp rio porta vaso oz do ps dd es valor iza ava as pala vaso do ra serpente da pro p ria da serpente en hora, quadrado ue p en a, uma no circulo rato do avo circulo do vaso da cruz da rana ferradura da vaso os sa espanhol ki do zorro do circulo do fr e en ia, é a ase rato do rio, o un cão é a serpente erro da foice

Pensais cada um de vós se existem e se vivem em democracia e num estado de direito

Pen sa is circulo ad a um de vó serpente see e x it te e se do vaso do nono em e maior demo do circulo rai x cie estado, o de direito

Eu por mim a resposta é clara a luz da minha vivência, tudo roubado, sem resposta de quem a deve dar, isto, é terrorismo de estado, que vos fique claro, quando a acusação estiver concluída

Eu por mim a rato espanhola posta é clara da primeira do primeiro vaso zorro da luz, a praia, da min homem a vaso nono en cia, tudo ro ub adao, se m rato ep serpente o sta de quadrado eu ema quadrado eve da ar, is to, é te rr ori serpente mo de estado, quadrado ue vaso os fi quadrado ue cv primeiro aro, quadrado vaso ando a circulo usa sao espanhola cruz do nono e rc em circulo lui ida

war it tio, duplo vaso da assembleia da republica guerra, rit do ti tio