sábado, janeiro 10, 2009



a time de doze de setembro de mil novecentos e oitenta e oito

ou o italiano vermelho frances

e

ainda

como todo esta sempre presente

mesmo antes

do

que chamam

de

acontecer


e

uma pergunta

decorrente

à

America


o time

da

grid

look


o tempo

do time

do tim

e

gato

do rid

cem capa

primeiro anzol

primeiro

pirata



grid

rede

rede

fechada

que fecha

o mundo

num

mesmo

instante


rede

redes

avioes

carros

cimento

construçao


e

os

p rome nor es


o carro laranja da espada e da cruz vermelha


a escada magi rus

do

homem das quatro dragonas

da

puta

do

quadrado

do vinte

e

um

do carro

do policia

azul

e

branco


dos

olivais


da

musica


grid look

a malha

fechada

como

num jogo

de

tiro

real


do

time

dos

angulos com os avioes

na

cidade

do

transito


o

carro

descapotavel

do

homem

das

comunicaçoes


uma

ponta

da

capa

dobrada

bush

jogando boxe


a

time

poll


a primeira

do

time

do

pol


do

quadrado

de

setenta e nove

do quadrado

do

maestro


bush comes

on strong


o x

do financeiro

nas cores

francesas

se

calhar

o

que

agora

se

foi


os quatro punhos

do jogo

da

bolsa

desenham

as

luvas pretas

o angulo


o

triangulo

laranja

dobrado

na

kapa

f

az

fez

do

E

um

F

com

Um

angulo

em

sua

base





Ah doce amada, acordei de um sonho, muito eu contigo sonho na ausência a que me condenas, e curioso me diz um pássaro, que mesmo assim achas tu que eu me refugio no mundo dos sonhos, incapaz do passo, assim em verdade de mim pensais, te havereis esquecido de como é bela a vida e o viver, de como eu gosto da vida, como vou meio morto em vida, pela maldade dos que a meu lado vivem, sempre normal seria a vontade de os continuar a beijar?

Se beija assim tanto quem o mal nos faz

A vida é toda continuo beijo

Ah doce amada que hoje acordei de um sono, com o nome de uma mulher claro ao aqui chegar, uma bela mulher de mascara e espada, e depois ouvi, uns suspiros, uma breve linha melódica de suaves suspiros em curto crescendo não muito agitado, porque pouco no ir se agitou, um suave mar de amor, como um pequeno gorgolejo de uma arvore, algo que ao ouvido, sempre levanta a suspeiçao de pouco, seria agua na boca?

Ah senhora fazei-vos meu porto

A ferida é densa profunda e continua, qualquer paz requer muito a lingua em permanência, afagando as linhas e as fendas de toda a ferida, a lambidela sara, assim me ensinou o gato a tratar sua ferida

Zanga, é a palavra de hoje ao acordar, fogueiras de fogo coruscante ardem no peito dos homens em guerra, nasceram do constante e mal crescido ódio, predomina ainda o fogo sobre a possibilidade da agua em sua cruz

Este fogo queima os corpos em redor, em constância a matança todas as horas aumenta

Este fogo não é um bom fogo mas se existe tem de arder, parte por outros apagados, mas os apelos mantém-se não escutados




Ah senhora amada, pela noite ontem, grito era tremendo,

Dai-nos a paz

Tremenda suplica de desespero

Tremendo pedido de ajuda que o coraçao não pode deixar de escutar

E
Se
A
Paz
Em
Parte
Se

E

Faz
Paz

No
Lugar
Onde
Se
Faz

Não

Pois
Os
Dois
Irmãos
Se
Guerreiam
Sempre
Em
Cada
Pedaço
Do
Coraçao


Quem
O
Trás

Entre
Os
Dois
Pode
Fazer
A
Paz


E
Ninguém
Faz
Em
Verdade
Isto
Em
Um
Outro
Mesmo


Irai-vos minhas Palavras

E justo contrapor
A seu dizer
Algum dito?

Ou não é verdadeira a acusação aqui proferida
Todos com esta situação recebem seu quinhão de sangue e carne de bebezinho
Pois todos fizeram para isso
Ao assim deixar acontecer

Não conseguem os irmãos no uno mundo fazer a paz
Não conseguem de vez por um ponto final na negra estoria
de
Abel e Caim

Algum governo de um qualquer lado do mundo
Fez hoje entrar

Uma queixa crime
Em algum tribunal internacional

Sobre

A

Fiscalização das fontes das armas
Que estão presentes no conflito

Algum outro grupo de cidadãos
Fez hoje entrar
No tribunal internacional
Uma queixa crime
Contra todos
E
Qualquer governo
Que pela pratica
Impeça
Os Cidadãos
De
Paz
de
Viverem
No Acordo
Da
Lei Acordada
Que
É
A
paz
ou não é verdade que muitos dos que levam os governos, por omissão ou interesse nao produzem nem deixam produzir as leis e vivificar as praticas que permitam aqueles que querem viver em paz, poderem defender e fazer valer, o que na lei está sempre consagrado como estado do viver, a Paz, pois a guerra é sempre uma excepção, longas muitos longas, como neste caso

ou não e verdade ainda, que a maior parte dos governos e instituições entre países, mesmo depois de tres meses de descoberta e reflexão sobre o que é inadiável de mudar nas regras financeiras e nos mecanismos de controlo, desvelado pela chamada crise dos mercados e financeiros , ainda não produziu nem legislação nem passos decididos deu para melhorar o que há a melhorar, de forma a que os cidadãos tenham real controlo sobre o que acontece, para que de preferência não possa acontecer

não há potencial de crime aqui?

E de grande dano

Quando
Não
Se
Corrige
O
Que
Mal
Se
Sabe
Estar

Esta é uma das causas reais do ressurgimento deste novo pus, pois a muitos não interessa ter que acordar novas forma de fazer, e uma guerra sempre a jeito está para desviar as atenções

E como todos se recordarão se ainda não se esqueceram, o dinheiro ainda nem bem chegou a quem deve chegar, assim tipo um entupimento, um estranho entupimento, que tende a deixar levar ao esquecimento

Algum outro grupo de homens

Fez hoje entrar num tribunal internacional

Um queixa crime contra todo aqueles que governem demonstrando a cisão e o agir esquizoide, deixem de poder a continuar desempenhar funções de governo na casa comum , em qualquer tempo, espaço e lugar

Pedindo talvez pelo uso abonado da razão e da providencia, uma providencia cautelar, contra todos e qualquer que ao assim executar acto de governo, seja desde logo impedido de continuação

E funcionam os tribunais, são independentes, tem a força da lei, não está o cemitério juncado de acordos de paz, as folhas que abanam
Pe d id n o dt al v es p elo us o a bona do da ra za o e da pr iv e id en cia, uma providencia c au tela r, contra todos e q u q al q eu r q ue ao assim e x e cu at ra ac to de governo, seja de sd e l ogo i mp e dido de conti nu ac sao


Chegou hoje
A
Um
Tribunal
Internacional
Um
Grupo
De
Homens
Dos
Que
Velam
Pela
Paz

E apresentou queixa
Contra
Os
Que não
Se
Comprometem com a Paz
Pela
Paz

Ou
Apresentou
Um
Plano
Na
Casa
Das
Nações

Todos
Os
Homens
Assim
O
Deveriam
Exigir

Pois
Sem
Paz
Não

Governo

Por
Isto
Ela
É
Sempre
Fundação

ou

Chegou
Hoje
Ainda
Um
Das
Terceiras
Partes
E
Assim
Ao
Mundo

Disse


Eu por mim vos dou conselho, um míssil intercontinental de longo alcance com uma ogiva nuclear, bem apontado ao centro dos dois, tudo aquilo acabava de vez e nós tambem, pagando em suave morte geracional por mutação de câncer, a estupidez que sempre deixamos fazer, ficaria feliz, a assim condenar os meus?

Um pássaro sempre conta nesta altura a tentação, na melodia o pássaro incrusta as palavras, dizem assim, escalada, escalada, quanto maior a confusão maior e melhor bum, hiiii hiiii, se ouvem as risadas dos diabinhos a contar o pago de todas aos pequenas vinganças dos pequenos dias dos homens

E dc lada es cala ada

Quanto maior a confusão melhor o bum, ou a salada de tomate entremeada com bifinhos de bebe

Guerras são sempre boas, fala o mercador, o negocio corre sobre rodas, perdão, sobre balas, muitos papelinhos a meu bolso vem parar

Chegou
Algum
Hoje
E
Disse
A
Israel
Se
Não
Param
A
Vos
Apontamos
As
Armas

É sustentável esta equação no problema fundo, da falta de paz continuada, não, não é.


Alguém veio hoje dizer que não é mais cúmplice desta guerra e deste guerrear que se arrasta por décadas

Alguém por isso exigiu hoje medidas que permitissem a paz

Na casa da nações se ouvi um estranho quase grito, que o conselho de segurança estava a boicotar a própria cas das nações

Mesmo
Na
Mesa
Redonda
De
Outrora
A
Divisão
Parece
Reinar

Espanto
Não
Nada
Ou
Pouco
Me
Espanta

Espantado
Mesmo

Quando
Tu
Amada
Em
Nosso
Leito
Teu
Vestido
Para
Mim
Tirares

Pois nem
São
Os
Homens
Incapazes
De
Entre
Todos
Acordar
Uma
Hora
Comum
Uma
Mesma
Métrica

Como
Poderiam
Estar então aptos
Para Actos
De
Cuidar

Pois
Como
Tudo
É
Problema
De
Entender
De
Compreender
De
Saber
E
De
fazer

ou
será
ainda
pior
a
doença
nesta
terceira
parte

sabem
mas...

não fazem
nem deixam fazer

mas
sabem
todos
bem
sabido
que
se
assim
for
nos
tres pontinhos
se
esconde
uma
possibilidade
grande
e forte
de
acusação

se no
mas
como de costume em todos os mas
viverem, as falsas desculpas
que mais nao sao
de que formas
mais
ou
menos
activas
de
o fazer
e
deixar fazer

assim sendo
avisado seria
a vos
que
vos escondeis nos mas
porventura explica-los em
forma bem direitinha
e
clarinha

não vos va um homem de paz
tomar por inimigos
se bem que sempre o sois
quando
não fazeis a paz
nem a trazeis feita
nem vivida

sabeis
vos
que a
razão
me
assiste
que
são
validos
os
motivos
de
desconfiança
que
trazem
segura
pedra
em
sua
fundação

não
sou
eu
como
muitos
outros
um
cidadão
de
um
lugar
a
que
um
dia
alguém
chamou
de
europa

não foi
eu
como
muitos
outros
mesmo
espoliado
em seus
direitos
ao nela
ser
forçado
a
entrar

não me
foi
negado
o
voto
a
palavra
e
a
decisão

contemplam porventura
as leis
que sejamos escravos
para não ter direitos
que ainda por cima
desde há muito
nelas se encontram consagrados

e não se esconde aqui
um outro crime
um crime que aconteceu
não respeita
o que chamais de
demo cracia
o direito
nem
o que
proclama
como
direito

crime
que
clara
mao
indicar

por
parte
de
quem
Levando
O
Poder
Dele
Abusou

Algum cidadão
Ou grupo já obtive contra um governo que assim fora da lei e tratando so seus como escravos a quem foram desapossados os direitos, uma condenação, e alguma vez uma condenação de um tribunal, obrigou a queda de um governo

Não configura isto e expressa um atentado as leis?

e
Que
Obtenho
eu
Como cidadão

Quando
Na
Lei
Interpreto
e
Interpelo
E
Exijo
O
Que
É
De
Direito

Que
É
A
Vida
Ser
Vivida
Em
Forma
Direita

E
A
Lei
Cumprida


Sabeis que razão
Como a outro
Assiste

Em
Trazer
Fundadas
Suspeitas
Pois
A resposta
É
O silencio
E
A negação
O constante
Organizado
Combate

Vida
E
Filho
Roubado

Assim premieis
E
Deixais
Levar
A
Vida
Aqueles
Que
Entre
Vos
Vos
Ajudam
A
Viver
Na
Lei



Dizei-me
Então
Senhores
Do
Conselho das Nações
Da mesa das nações
Do conselho da europa
E
Do parlamento europeu
E
Dos tribunais internacionais
Ou um outro qualquer irmão
Se
Ainda
O
Houver

Relembrando o
Principio
De
Quem
Não
Deve
Não teme
Nem
Por
Consequência
Trás
Nada
A
Esconder
Ou escondido

Como deverei interpretar o silencio
Quando interpelo
Em nome
Um homem que
Leva vestes
De
Cargo
De
Governação
Dos destinos
Da
Europa
Sobre
Questão
Trafico de armas
Com
Mortes
De

Governantes
Incluídas
Para
Alem dos
Outros
Centenas
Ao dia

Quantos ali já morreram
Nesta guerra que dura à décadas
Terá já chegado a um milhão
Onde medimos e pomos a estaca da fronteira da medição
no talhão do cemitério sitio certo, seguro e demonstrado

deverei ainda concluir
a quem agora mesmo na tv vi
e restantes de todos os colégios
que entre vos
se
preferiu
a cobertura
o
encapotamento
o não velar
da
lei
o
vil
e
aviltoso
tratamento
a
quem
dizeis
representar

não passou
a
montagem
desta guerra feita
a
revelia
das
leis
pela
mao de alguns
de vós
que a encenação
por algumas maos passou

deverei deduzir
ou não
que a
perpetuação
do mutismo
acentua
desvela
e prova
da
ligação
dos factos

esqueceis
vos
porventura
que
sou eu
que trago meu filho roubado

faz parte desta conta

qual conta?

me foi alguma vez apresentada
por alguém de direito
não, nunca
roubo total e directo
sem possibilidade
mesmo
de queixa


autoriza este ver
a contra vos tambem judicialmente
proceder
autoriza este ver
que decorre do vosso feito
que sois cúmplices não só da negação do direito
e das leis como tambem dos direitos de um cidadão
da europa

achais que não deve ter consequência
em termos de capacidade de governar
quem o faz montado nas ilusões
e nas mentiras
e assim produz actos ilegais
e para muitos perigosos
com mal que se concretizou

(evoquei de novo pela Palavra o senhor durao, e logo ele apareceu por ca em lisboa, falando ingles a propósito da guerra e da paz, mas poderá um home que participou na condução a uma guerra saber fazer a paz?

Mas não veio ele falar comigo, portanto pressuponho que tenha vindo reunir com suas imensas hostes, que aqui servem o senhor, dar-lhes porventura razoes e exaltando os ânimos ao combate, e hoje pela quase manha oiço pelo espirito que assim, que se eu sair, sem mesmo especificar , de onde e para onde, ou de num matt qualquer participar ou não participar, que ela não vera masi a seu filho, sem mesmo dizer quem é ela e que filho, quem ameaça assim sem rosto, não é boa gente nem bem sente, e todo isto não é assim que se resolve, por isso vos digo ladrai, e continuai a negar, e maior a falha sempre se tornará, é o custo de nos deixar-mos ser governados por loucos e bestas à solta, deve ser mesmo esta ultima linha, a ilustração do método na reuniao dos seus apoiantes, com recurso à longa tradição da guerrilha urbana da aprendizagem pseudo marxista leninista dos que no passado já a faziam, a guerrilha urbana, sem gravatas nem ainda barrigas nem as mordomias executivas que lhes aumentam os braços, a que se chamavam de mrpp , mas a bandidagem , essa parece continuar a se provar



Ma sn cão veio ele f ala rc om i g o, porta n to pr ess u p on ho q ue t en h a v indo r eu ni rc om su as i m en sas h os te s, q ue aqui servem o sem hor, d ar do traço ingles l he s por v en tura ra zo es e e x al t ando os anim s o ao com bate, e hp je pe la q u ase manha oiço pelo es pi rito que assim, q ue se eu sair, sem me sm o es pe cif i car , de onda e para onde, ou de num matt q ual q eu r par ric ipar ou n cão p art i cp ar, que ela não vera masi a seu filho, sem mesmo dizer quem é ela e que filho, quem ameaça assim sem rosto, não é boa gente nem bem sente, e todo isto não é assim que se resolve, por isso vos digo ladrai, e conti nu aia ane g ra r, ema i o ra fla h ase sempre se tor na rá, é o custo de nos deixar-mos ser governados por loucos e bestas à solta, deve ser mesmo esta ultima linha, a i l us t raçao do met o do na reuniao dos seus apoiantes, com recurso a longa t ra di sao da g eu r rolha urbana da aprendizagem ps eu do marxista le nin sita dos que no p ass as o já a faziam, a g eu r ro l h a urbana, sem g rav t as nem ainda barrigas, a que se chamavam de mrpp , mas a bandidagem , essa par ce conti nu ar a se provar

Quem assim pela noite sem face nem rosto ameaça, sem explicar os motivos, claramente se comporta com um terrorista, prova mais provada e contudo masi abstracta neste caso não há

Q eu em az ss em pe l ano ite sem face ne m ros to am e aça, sem e x pl cia r os mo t iv os, clara mente se comporta com do primeiro terrorista, prova mais pro ova ada e contudo masi ab s t ar cta nest e caso n cão h á

Sois vós senhor durao, tambem bandido neste caso que assim mantém meu filho roubado
Para melhor me roubar?

Onde estão as suas respostas ao que lhe perguntei em forma publica
Sobre o trafico de armas em Portugal?

Quero lei e polícia e tribunais para gentalha que assim se comporta, é direito que pelas leis me assiste e nem vós nem ninguém o irá me negar

No outro lado da negação, e entendido, pois só assim o pode ser, como sintoma da grave doença da lou cara no seu estádio de negação, manuela ferreira leite r ep r es net ante do psd, a quem eu tambem acabei de formalizar acusação de cumplicidade ,omissa e activa no roubo de um filho e dos direitos de cidadania bem como da participação em múltiplos crimes, dizia de lado, que se disponibilizava para explicar ao primeiro ministro, porque portugal, presumo que falaria das instituições e do seu irregular modo de funcionar corrupto, que tinha viabilidade e futuro, mas o discurso certamente não se dirigia a socrates, que nao padece ele de mal em o mal fazer, bem como muitos masi, deve ser isto portanto em sua soma, um sintoma arrevesado da tal continua negação, como o caso de um primeiro ministro assassinado sem a justiça que lhe é devida, ainda tratada, a vergonha corre em vossas casas, e a mancha é grande e se estende pelo chao, ensopa os vossos passos de mal, a muito contagia)


No outro lado da negação, e entendido, pois só assim o pode ser, como sintoma da grave doença da lou cara no seu estádio de negação, manuela ferreira leite r ep r es net ante do psd, a quem eu tambem acabei de formalizar acusação de cum pl c i iade ,omissa e activa no roubo de um filho e dos di r e to s de cida da aina ina bem como da parti cp açao em mul tip los crimes, dizia de lado, que se disponibilizava para explicar ao primeiro min si t ro, por u q e portugal, pr es s ume se que fala ria z das instituições e do s eu e rr g eu l ar modo de funcionar corrupto, tinha viabilidade e futuro, mas o discurso ce rta e mn te não se di rei gia a são c rates, que n º cao pad e sc e ele de mal em o mal fazer, bem como muitos masi, deve ser isto pot t anto em sua soma, um sin t on a ar r e Ze vaso do ado da t al conti nu ane g ac são, com um p rime io min si t ro assassinado e nem pela just o sa que che e´ devida, velado, a vergonhas corre em vossas casas, e a mancha é grande e se estende pelo chao, ensopa os vosso passos de mal, a muito contagia

Pretendo de si , em nome de seu partido, senhora, uma resposta sobre o roubo de meu filho e de meus direitos)


Me dizeis
Senhores
Das
Instituições
Que
Se
Dizem
Governo
E
Governar
Sobre
Que bases
Trazeis
O
Governo
Assente

A
Justiça
Ou
A
Corrupção

Ou
Sois
Uma
Espécie
De
Proto
Fascistas
Na
Aventura
Que esta
Falsa
Guerra
De
falso
Guerrear
Abriu
Para
Masi
Um tentar
Da
Velha
Edição
De
Todos
Os
Sonhos
De
Grandes
Poderes
Nas
Vezes
Absolutos
Na
Mao
E
Vontade
Pervertida
de
Poucos
Sobre
muitos

respondei
a
isto
senhores
da
comissão
senhores
do
parlamento
ou fazei
prova por vosso silencio
da
vossa
cumplicidade
e protecção concedida
que entre vos
a
alguns
se
autorgam
em abuso
à lei
a todos
e
perante
todos
iguais

pois enquanto
não garantires
o cumprimento
da
lei
perpetuais o crime
o
deixais
acontecer

e trazeis
a trave
da
segurança
torta

pois
segurança
não
é
matéria
exclusiva
de
alguns
é
assunto
sempre
de
todos
os
que
habitam
a
mesma
una
casa

todos
dela
cuidam
nela
vivem
independentemente
do
seu
próprio
tamanho
força
ou
jeito


não
é
pois
na
casa
comum
que
por ser
comum
se
quer
comum

avisado
que

alguns
tragam
na
matéria
comum
mais
poder
que
um
outro
ou
outros

da
mesma
forma
que
quem
mais
forte
é
trás
e
deve
trazer
na
consciência
dessa
força
o
rosto
e
a
face
de
maior
humildade

pois
o
sabe
e
a
conhece

e
ao limite
se
a
tiver
não
necessita
da
aprovação
da
casa
comum
se
a
quiser
exercer

assim
sempre
se
fez
a
demonstração
dos
poderes

e
casa
comum
visa
a vida
em
comum
com
a
consciência
que
ela
é
comum

ajuda
versus
arrogância
e
ufano
poder

ajuda
pelo
acordo
entre
todos
acordado
não

por alguns

pois
sempre
em
mais
mais
fortes
e
certos
são
e
melhor
se
susterão

e
não deve
ser
nenhuma
pequena mesa
maior
que
a maior
onde
todos
se
sentam
e
estão
sentados

e
se
a
verdadeira
força
na
inteligência
e
nela
nasce
faz
raiz
e
florescendo
frutifica

sempre
mais forte
e inteligente
aqueles
que
souberem
em certo
propor
a
paz

pois força
e
inteligência
são sempre
faces de seu nome
a
Paz
endireitai
a
compreensão
da
coluna
içai
A
Vela
Ao
Jeito
Certo
E
Tereis
Então
Condições
Para
Fazer
A
Paz
Quando
A
Guerra
Cega
Se


Que muitos
Os bastantes
Assim de todos
Exijam o fazer
Para
Que
A
Lei
Da
Paz
Seja
Real



Doença amada, profunda e continuada doença com sistemático pus, que mais distinto do que a possibilidade de convivência, se ambos se dizem que a melhor e trazer o outro, o vizinho, como morto, enquanto não se aceitar esta visao e de acordo com ela actuar, não haverá nunca nenhum plano de paz sustentável e sustentante

E
Se
Sempre
Em
Guerra
Se
Fazem

Os
Planos
De
Paz

Pois
Todas
Elas
Estão
Sempre
A
Um
Fim
condenadas

e
o que
varia
é
o
morticínio
a
ferida
e
a
dor

venham
então
contar
ao
mundo
o que haveis
pensado
o
que dizeis
pretender
de vez fazer
de
distinto
daquele que faça
mesmo
a
paz

demonstrem
que
em
vez de
pretender
tirar
a
agua
em
forma
rápida
do capote
cada
vez que durante
sessenta
anos
choveu
olhando
o
lado
e
lançando
na
arena
sem
mais
certo saber
das
moedas
com
que
as
partes
as
armas
compram


vos
comprometeis
a ficar
uns anos
no terreno
?

aproveitareis
esse
tempo
cada
pais
da
terceira
parte
para construir
uma escola
uma berçário
um hospital
uma estrada
uma universidade
um sistema
de irrigação
outro
para no campo
procriar

o fareis
com
vossas
próprias
maos
com
os olhos
assentes
ao perto
e
não
por
delegação

montareis delegações permanentes
e
ali
aporteis tais fazeres
e
tais feitos

uma ferida
e
uma dor
que
assim fala
e
grita
aconselha
que
a
terceira
parte
oriente
esse
fazer
por
quem
o
sabe
fazer
que
se
convidem
os
melhores
médicos
da
Alma
do mundo
para
Por
Cima
Orientar
Este
Fazer
Com
Feitos
Que
Curem
Na
Verdade
Façam
A
Cura
Que
Cada
Parte
Apresente
À lide
Os
Seus
E
O
Que
Dizem
O
Que
Recomendam

E
Que
Se
Chegue
Ao
Que Se fará


E
Não
Esqueçam
O
Fazer


Relembremos
O que
Habita
E
Ferida
E
A
Culpa

Recordai
Que
quem
Outrora
Por
Uma
Grande
E constante
Dor
Foi
Pela
vida
Marcado

Quando
Desde
Ao
Poço
Da
Injustiça
Nela
Sempre
Encontra
A
Tremenda
Força
Que nasce
Na tremenda
Dor
E
Que navega
Nos desejo
Violento
E
cego
De olho
Por olho
Dente por dente

E
Que as
Doenças
Não
Curadas
Passam
De
Geração
Em
Geração
De
Mao
Em
mao

mao
que
se torna
pesada
no peso
que antes
na impotência
não
teve
porque
não
a
tinha



Me
Direis
Senhor
Do
Ring
Que
Ainda
Ontem
Na
Tv
Vos
Vi

Dizendo
E
Relembrando
Que
A
Comissão Tem Dado
As
Partes
dinheiro

se
a
todas
as
partes
se
aos
cidadãos
da
europa

podereis
em
claro
por recibos
demonstrar
que nenhuma
da
parte
dado
se foi
em
armas
ou
munições
e
em
que
outro
se
gastou


certamente
que se trazeis
consciência
clara e limpa
a
uma auditoria
de
um tribunal de contas
mundial
vos sujeiteis
melhor
vossas
contas
do
que dizem
ajuda
sujeitareis
todos
trazem
recordado
em
tempo
recente
a
Alemanha
ter dado
talvez mil
euros
a
cada
um
dos
judeus
ainda vivos
e
residentes
na alemanha
como
valor
simbólico
a
titulo
de
simbólica
indemnização

Me dirá
Senhor
Do
Ring
Que
Vindes
Daquela
Região
Da
Europa
Onde
Um
Dia
Um
Grande
Holocausto
Por
Muitos
Foi
Permitido

Se
A
Culpa
E
A
Paga
De
Partes
Ditas
Terceiras
Se
Esgota
Quando
Em

Equivalente
ao
Grande
Numero
Do
Antigo
Holocausto
De
Outro
Lado
Ao
Lado
Outrora
Castigado
Em
Cadáveres
E
Sangue
For
Em
Inteiro
Suprido

Assim
Andará
Movendo
sem
mover
o
mundo
a
culpa
de
uns
?

E me
Dirá
Senhor
Do
Ring
Cujo
Anel
Outrora
A
Durao
Como
Filho
Nas
Andanças
Da
Gestão
Um
Dia
Perfilhou
E
Sobre
Ele
A
Mao
Das
Protecções
Políticas
Mantém

Se
É
O
Senhor
Conivente
Ou
Ordenante
No roubo
De
Meu
Filho
E
Meus
Direitos

E me
Digam
Visto
O sol
Parecer
Se deitar
E
A
Lua
Todos
Os
Dias
Se
Levantar

Já alguma terceira
Parte
Individual
Ou
Comum
Nestes
Dias
Da
Matança
Às
Partes
Garantiu
Em
Presença
Uma força
De
Interposição


Já alguma parte
Terceira
Assumiu
O
Dizer
E
A
Tarefa
De
Desarmar
As
Armas
Que
Correm
Fora
Do
Estado



Ah Senhora
De
Meu coraçao
Israel
Te chamo
Como
Noiva
Prometida

Nao
Está
Cada
Coraçao
Prometido
A
Sua
Noiva
Israel

Tu
Ainda
Não
Estais
Curada
E
Assim
Sofro
Eu
Em
Ti

Que te perturba
Que te retém
Amada
Que
À
Minha
Porta
Ainda
Não
Chegaste

Adormecera eu com o barulho de um berbequim e de martelos que antecipavam a guerra lá o afundo, sempre perto, no perto dentro de nós, em nossos corações, e recordava masi uma vez que este episódio da guerra que de novo se acendeu, tem tambem por trás escamotear um assunto que se encontrava em cima da mesa, um assunto que é trave, ou de boa paz entre os povos ou de continuidade de guerra, a questão das finanças e dos mercados e da necessidade de os regular e de com eles lidar em formas mais serias, masi exigentes e masi transparentes, tambem antes um outro praticamente nesta negra maré desapareceu, a proposta que frança tinha levado a onu sobre a liberdade da fruição sexual na forma que cada um é, pode parecer de pouco importância, ou em primeira vista até disto desagarrado, mas não o é, se sempre recordamos que a guerra começa sempre dentro de cada um

Quantos mais se foram no entretanto destas palavras, quanto mais quilos de sangue a distribuir por todas as casas

Caminhei nestas pedras
E
Tereis
A
Paz


E me dizeis
A jeito
De resumo

O caderno
Da
Paz
Foi
Elaborado
Com
O
Que vos
Disse
Ou
Continuareis
A ficar
A
Ver
A
Matança

Foram
As
Condições
Razoáveis
Porque
Decorrem
Dos
Factos
Por
Muitos
Aceites
Ou
Nem
Mesmo

Acordo
Ainda
Se
fez