quarta-feira, março 11, 2009

As
Bestas
Dizem

Ab quadrado di ze ss maior db, gato rito serpente as

As best as di ze maior



Vede
Como
O
Amor
É
Ilusão


Vc circulo am o ré i lu são, primeiro vaso da lu são
I é a o c v
E oo ré o
circulo é rato circulo duplo E



Dizem
Isto
E
Matam


Di e m , me id, mo em, di ze mi st o E mat am mata


Matam
Para
Isto
Provar


Mp ip, mao rato, pi pm, ro am, o ro da manha, mat am para do is do t pr pro ova do rato de ovar


Provam
Assim
Que
O
Desespero
É
Grande
Ao
Ponto
De
Matar

P ac quadrado circulo ode d é ap d m, madeira dp a g é quadrado do circulo europeu a p do pro, mm, s mat tie es, e circulo o é, oo e rato, reo o é, circulo do oe s mar tie es
Tr do pro da ova de ovar, ass em q eu do circulo do quadrado es e serpente do perro do ero, é gato rande primeira do circulo p on to de mat ar




Provam
Antes
E
Sempre
Que
São
Assassinos



Paes quadrado da as, as quadrado da se da sea da ap, ms e ee os, s oe e E sm
Pro ova vam da manha ant espanhola E se mp rec eu são ass sas sin, os
S oni s sas são á s eu q es set na am a v circulo do rp




É
Que
O
Primeiro
Dizer
Que
O
Amor
É
Ilusão
É

Mascara
De
Crime

É q eu circulo do primeiro di ze rato q eu di circulo do na o ré serpente do Ó , ema nu lee, mascara de circulo do rim E, é quadrado do circulo p quadrado do coa, foz coa, é i é sm dc, é e o p reo é o é ó primeira do eléctrico, ee, eni, ee primeira do acento no circulo ,ó, circulo é , o ro e do oo, e é, emi e ceda at da rac sam ó s o a sul l é roma o eu q r e z id dori emi do mirp

De
Rajada
Mataram
Duas
Raparigas
Esfaqueadas
Em
Aparentes
Discussões


De raja ad am em cruz aram di as ra par rig gás es f ac cc eu d as Ema per es sn cruz espanhol di sc cu us ss oe serpente, d r m quadrado da madeira do as ra espanhol e da ad, a ee r d mr d, e am ss ser pen ny te da ms, sm ss em primeira E, set ns ser ap da primeira


E
Uma
Ou
Duas
Mais
Mais
As
Primeiras
Num
Penhasco
Caiu

E primeira circulo do vaso do as dos dois franceses , as pr rim me ira snu primeira pena asco cae eva vaso, eu o d mma pnp ca, cp pn pam made ria do eu, e au ss ss sm circulo do vaso, vaso do correiro da manha dos , ss ss, serpentes da ua do E, u ia c m un c sa s iam si am s au du o am eu, do que apareceu num carrinha num penhasco na serra da Arrábida há muitas luas atras, alvo de reflexão aqui no livro da vida


E
Dois
Homem
Ali
Ao
Lado
Ao
Fundo
Com
Bombas
Aqui
Na
Rua
Em
Baixo
Mataram

E d o is h om em al ali aol ado a o fun do com do circulo do om das bombas , bom bas aqui na rata da ua em ba ix circulo mat aram, e d h a ala f c ban r e b m, m be rna ab abc f ala primeira do hd E, mara rata am amo x ia ab ban, baniu quadrado do as ab mo boa ila me mo home do sio da ode

Assassínio
É
P
Nome
Verdadeiro
Da
Canção
Assassínios
São
Quem
Assim
O
Faz
Com
Este
Conto
De
Mentira

As sas sin ni o é P n om, me verde dade rio da can sao as sas sin input output serpente são do quadrado eu ma ss em circulo do f az com este do conto do men da tita, a é pn v dc as q a of ce cd m, m d c e c f o a q s ac cd dv n pea, a e oe m z om mo s o a o ep é, ni, o, o é P ep a psp p zorro do meo e primeira, ar it ne med ot noc mo c za f o miss am eu q o onda primeira circulo ss o in íss ass são das duas ondas do aç cna co o rie dad r eve mon p é oni ísa serpente as


Porque mentis às Gentes?

Porque
Aceitais
Viver
Com
A
Lei
Fora
Da
Lei
?


por q eu men t isa acento as da gente s es da foice, por que ac e it a is do viver com da primeira da lei for a , ad da primeira da lei da foice, fi ice

porque
não
exigis
o
que
é
de
direito
exigir
?
por que n cao e xi , onze, gi serpente do is circulo do quadrado da eu é


o
cumprimento
da
lei
acordada
! ! ! ! !

circulo do cc primeiro mp pr rim en to da lei ac circulo rato rda dada

aqui vos deixo a vera dade sobre o atentado que vitimou nino viera



e vos deixo tambem um video gravado hoje quarta feira, onze de março, triste data, em diversos locais do mundo, com provas diversas, nomeadamente do cio que nesta rua fazem em modo constante

e vaso do os de ix o t am b em primeiro vaso, id e o g rav ado homem do oje quarta feira, on ze de mar ç o, t r si te data, em di iv dos versos circulo do primeiro do cais do mundo, com pr pro ovas da di versos sas, no me ad ds dam da dame que mente do cio q ue ne sta rua f az em e maior da modo co ns cruz ante

sobre o video vos dou sumaria explicação de um dos seus espelhos, o video é o vinte e quatro, que ressoa, em véspera do natal, tsunami, e tambem no jornal vinte e quatro horas, se jornal se lhe pudesse chamar, como eu uma maça vermelha, parecida com uma verde que é comida por uma bela rapariga de perfumes, ali na perfumaria de campo de ourique, vide notas recentes, e que remete para as torres em nova Yorque

s ob be reo, v id e ovo sd o u s um aria e x p li caçao de um do ss eu s es ep el h os, o v id e o é o vinte e quatro, q ue r esso a, em v es pera do nat al, ts un da ami, e ta m b em no do jornal vinte e quatro horas, se jornal se l he p u de s sec h am mar, com o eu uma maça vermelha, par e cida com uma ave verde q ue é com id a por uma bela rapariga de per rf um es, ali ina primeira liana da per rf um aria de campo de ourique, vide not do as rec en te sec q ue reme te para as das torres em nova, uni, delta do circulo do rato do quadrado ds da ue


acabo eu de falar em que não há almoços grátis, referência ao homem da uni católica, que escreve no jornal dos bandidos, e caíram os óculos ao chao, ou seja prefigura a vesica, sendo que a depois que se ve, é a direita, portanto a que ficou ocultada durante a queda , será a da esquerda, ou melhor era a da esquerda, no espectro político, sub entenda-se

ac ab o eu de f al ar em e mn cão h á la am moços sg gato dos rat do is, ref fr en cia ao h om em da uni cat o lica, q ue es c r eve no do jornal dos bandidos, dn, e ca io serpente meia do cu l os ao chao, o use seja pr e figu ra primeira ave sica, s en do q ue a dep o is q ue se eve, é a di rei t a, porta n to aqui da ue do fi co vaso o culta ad a durante primeira queda , se rá a da es q eu rda, o um mel hor e ra a da esquerda, no espanhol do espectro pol i tico, serpente do ub, marino, en t en da traço da inglesa se

falava a palavra no video da minha sede a teus lábios, ou seja alguém que se foi, a quem eu trazia amor, e depois digo que hoje de manha no dia a nascer, o espirito relativo aos escritos no ponto onde se encontra, me disse, estar finalmente completo, o circulo do sangue, ou seja os que criaram o sangue no mundo, ou seja ainda, relacionada com este mesmo grupo que opera as desgraças, e que aqui se desvela como sendo o espectro organização, como no filme do bond, ou seja tambem relativo ao sangue em londres

fala ava a pal av ra no v id e o da min homem da primeira sede da primeira de te us lábios, o use seja al gume q ue se f o ia q eu me u t ra z ia am o red e pp o is di g o q ue home do oje de manha do no do dia, primeira ana sc ero do es pei rito r e la t ivo aos es c rito sn do no porn to onda se en c on t ra, me di s se, est ra fina l e mn te co mp l e to, o cir culo do san g ue, o use seja os q ue c r ia ram o san g ue no mundo, o use seja primeira inda, r e la cio n ad com este me s mo g rup o q ue o pera as d es sg r aças, e q ue aqui se d eve la com o s en do o es pe ct ro or g ani iza sao, com o no fil me do bond o use seja t am b em r e la t ivo ao san g ue em primeiro em quadrado do r espanhola

na asa da chaise lounge, o livro da rosa desenha um chaveta que esta a direita e aponta a esquerda fora de campo, ou seja, que desta vez foi uma chaveta da direita feita a alguém de esquerda, e por detrás em plano inclinado em relaçao a ela, um quadrado , que é um cinzeiro em meio tijolo de vidro com uma serie de beatas queimadas, ou seja, qu arderam, ou foram queimadas, betas, bea t as serpente sn onda eat as quadrado da as da comida,, p da serpente da comida, da estrela, com bolinhos, a da ampulheta da manha, ou seja a pulha da pampulha da manha da manhã, do dia de natal, o ponto do video onde isto se desvela, é o doze, circulo do set, do vinte e oito, o maestro do eléctrico , do terceiro do quadrado da estrela do set, ou de cinquenta e sete, provavelmente nascido em sessenta, que é a referencia a partir do tempo total de duração, circulo de dez, musica, do circulo do set do vinte e oito, maestro do circulo sessenta e seis., o que mordeu a maça vermelha, cuja referencia, e vesica real, azul e branca cores, a marlene, rata do copy rigth, ou sea dos autores e da spa, , com um desenho gráfico, de uma asa de gaivota que apareceu tambem na casa onde um dos passes da morte de nino foi feito, ou seja tambem implicado nesta morte, ou seja provando assim que o grupo é um mesmo, sempre um mesmo, marlene da royal gala quadrado do primeiro de setenta e tres, set terceiro mel la al to a di ge i gp, g rand pr ix, nono

na asa da ch a ise do lounge, o l iv ro da rosa de s en h a um c h ave eta q ue e sta a di r eta e ap da ponta a esquerda for ad e campo, o use seja, q ue de sta vaso es f o i uma c h ave eta da direita f e i ta a al g eu made ria de es q eu r ds a, e por det ra s em p l ano inc l ina ado em relaçao a el da prime ria, do primeiro quadrado , q ue é um cin ze iro em mei o ti j olo de v id ro com da primeira serie de beatas q eu ima ada s, o use seja, q u ard e ram, o u foram q eu ima ada s, bet as, bea t as serpente sn onda eat as quadrado da as da comida,, p da serpente da com ida, da estrela, com bo linhos, a da a mp pulhe eta da manha, o use seja primeira da ap do pulha da pampulha da manha da manhã, do dia de natal, o p on to do v id e o onda is to se d es vela, é o do ze, c irc cu lodo set, do vinte e oito, o mae st ro do el e ct tico , do t e rc ero do q au dr ado da estrela do set, ou de cinquenta e sete, por v ave le mn te na sc ido e, ms s es s en t a, q ue é a r e fr en cia a p art do tir do te mp o tota l de dura sao, circulo de dez, mu sica, do circulo do set do vinte e oito, mas st ro do circulo sessenta e seis., o q ue mor de ua primeira maça vermelha, cu j a refer en cia, e eve vaso e sica rea l, az u le br anca co r es, am ar lena, rat t ad o co p y rig cruz homem , ou sea dos au ot r es e da spa, , com um d es ne ho g raf fi co, de prime rei ira da asa de gai v ota q ue ap rec eu t am b em mna casa onda do primeiro dos p ass es da m orte de nino f o i f e i to, o us e j a t a m b em inp li cado nm e sta m orte, o u seja por v ando ass em q ue o g rupo é um me s mo, se mp r e um me s mo, mar l ene da ro y al da gala do quadrado do p rim mr do rio de st e en a te t r es, set t rec e iro me l la al to a di ge i gp, g rand pr ix, nono



Nino,

Masi uma vez as noticias vinham aos pedacinhos cheias de incongruências, hoje parecia mesmo ser uma encenação, a repórter mostrava a cena do crime, cm o , como se estivesse numa representação teatral, os pormenores, foram tambem encenados, resta saber por quem, se por quem matou ou quem os pôs lá depois para dizendo que foram assim deixados por quem os matara

Cheias , a cante, caneta das cheias, en cena são, a primeira repórter, representação, tetaro teta eta aral, ural, ar ra primeiro al, pós , dop,


Che ia sa can te, c ane t ad as cheias, en cena são, a prime ira r e porter, r ep r es neta sao, t eta aro teta eta aral, ural, ar ra prime io al, p os , dop,

Ma si uma ave za s not i cas vin ham aos peda cinho s che ia sd e inc on g rue en cia s, h oje par e cia me s mo ser uma en c en a sao, a r ep o rte r mos t rava a c en a doc rim e, cm o , com o se es t iv ess en uma r ep r es en taçao t eta aral, os por m en o r es, foram t am b em en c en ado s, r e sta s abe rp por quem, se por q eu m mato u o u q eu mos p os l á d ep o is para di z en do q ue foram ass em de ix ado s por q eu mos mata ra

Em cima da cadeira, como a imagem da cadeira da ostra da primavera, sagrada, um carregador de metralhadora, em posição de lua invertida, como o pepinaçao, e tambem como a rapariga do quadro de gaugin, e uma catana no chao, com sangue, ou seja a catana que ceifara a gara ana, a car ana, metralhadora ak quarenta e ste, ou klasnicov, primeira ak, primeira da kapa, de quarenta, renda da pata do jornal sete, circulo do vaso kapa primeiro as nico do ovo, ovo italiano, ou seja da morte de luana, como imagem, ou seja da lu ana, da lua ana, nono, nino, criança, a ana que foi morta com a criança, ou crianças,

Met ra al ala hd dora em posi sic são, de lua invertida, o u seja do se s sem t a en ove feito pe l a são da si do posi, com do circulo do omo do pipi ina são, pepe ina aço, co ns tan cio, co ns tan cia, a maria, o pedro das di sc o te as, co m mp a ra p riga do quadrado do g au do gin, gaugin, mor d aça, a f o game en to, mad di e, s u f cam en t o, am orte do vasco, met ra aka h ra ak qua renta e ste, kapa prime ia s sn nico c ov, it, prime rio da kapa da pa r en t ado kapa meo,


Em c ima da cade ira, com o a i mage made ria da cade ira da ostra da prima ave vera, sagrada, um car r ega dor de met r ala hd o ra, em posi sic sao de lua in v e rid ac omo o pepe ina sao, e ta m b em co mp a ra p riga do quadro de g au gin, e uma cat ana no chao, com san g ue, o use seja a cat ana q ue ce i f ar aa gara ana, a car ana, met r ala h ra ak q ua r en ta e ste, ou k l as nico v, prime ria ak, primeira da kapa, de qua ren te, r en dada pata do jo r n al sete, circulo do vaso kapa p rim meo as nico do ovo, ovo italiano, o u seja da morte de luana, com o i ma ge mo u seja da lu ana, da lua ana, nono, nino, criança, a ana q ue f o i mo rta com a c r ian ç a, o u c r ian ç as,

Q aul ana, foice do q au p rim e input output, di gi cruz al, prime iro

A ser verdadeira a palma da mao de nino, ela desvelava seguinte dizer, a faca do set de palma, ou de las palmas, ou seja , a ana das canárias, c na ana rias, a g ric cu da primeira tura, d3 D&D, dig it al terceira da d e d,

A se r verde ad e ira a palma da mao de nino, e la d es vela ava se gui n te di ze ra f aca do set de palma, o u del as p al maso u seja , a ana dd as c ana ria sc na ana rias, a g ric cu da prime ira t ur a, d3 D&D, dig it al t rec e ira da d e d,

Por detrás dos dois mostrando nino no outro o cotovelo, no camuflado, ou seja o circulo do velo de oiro, do jason e da medee, e do macaco que esta a ser comido pela cobra t u barão no rio ao lado do mauari, tahiit, brasil, irmão da beth, maria betânia, o homem da bet, da aposta, o barão, o home da aposta, da pt, os tres nos franciscanos, a abordagem de ser produtor em hollywood e ter um rolls cor de rosa descapotável, assim o Abílio , falara de seu sonho, extravagâncias que parecem ser do cantor elton john, ou o can tor do el do tom do john,

Por det ra sd os do is mos t ando nino no o u t ro o c oto velo, no cam u fla ado, o u seja o c riculo do velo de oiro, do jason e da medee, e do m ac aco q ue e sta ase rc om id o pe l ac ob rat vaso do barão no rio ao l ado do m au uri, t a hi it, brasil, i r mao da beth, maria b eta nica, o h om em da bet, da ap da posta do circulo do barão, o home da aposta, da pt, os t r es nos fr anc is can os, a ab o rda ge made ria de ser pro du ot em ho ll y wood e te rum ro ll s cor de rosa d es ca p ota ave l, ass imo ab i li o , f ak lara de s eu son h o, es t r ava gan cia s q ue pa rece ms e r do can tor e l ton jo h no u o can tor do el do tom do john,


Mais atras um menino inclinado, assim parecia porque a imagem não se via toda, com um remedando por altura do tornozelo, como um chip, quimondo de novo, o qu se diz ser presidente cavaco silva, a falar do fuher, ou a sugerir um fuher, cruz anka, do charriot sobre o arco da queda do muro de Berlin, Brandeburgo, do brand , da marca, d en burg, outra aparecera recentemente, ligada a uma agencia de publicidade, que aqui poe ra tambem, proctor e gamble, o pro c tor do jogo, o da relaçao com a africa de sul, e da correspondência com a tal africanar , relaçao nazi, eixo, argentina, africa d sul, a quedas dos dois aviões, droga e espionagem, assim dizia a imagem , muro de Berlim, av de Berlin, torres gémeas na expo, beri, beri, beri, tremedeira, ou seja da queda das torres gémeas da América, beri beri, mosquito, mosquito aviao, mosquito nome de colecção de banda desenhada, a ultima entrada que se reflectia na kidman, que se reflecte no furacão em noventas , republica Dominica, ou seja com relação ao diabo da cristina coutinho, provavelmente, o tal da proctor en gamble,

Mais sat ra s um menino inc l ina ado, ass em par e cia por q ue a i mage made ria n cão se via toda, com primeiro reme do por al tura do tor no z elo, com o um ch ip, qui mondo de n vo, o q use di zorro ser pr e sin det e cab v aco silva, a f al rato do f u her, o ua s eu ger e rum fuher, c ru zorro anka, do cha rato do riot s ob reo arco da queda do m ur ode be r l in, brand en b ur g, d o b rand , da ma rca, d en burg, o u t ra ap ar e cera rec en te mente, li gada a uma a g en cia de pub li cade, q ue aqui poe ra t am b em, pro c tor e g am b le, o pro c tor do jogo, o da relaçao com da prime ria da africa de sul, e da co rr es pon d enca com a t al a fr i c ana r , relaçao na x z i, e ix o, argente ina, a fr ica d sul, primeira quedas dos do is avio es, dr o g a e es pei on a g em, ass em di z ia a i mage made ria , m ur ode beri l ia av de be r l in, torres ge mea s n a e x po, beri, beri, beri, t r emi di e ra, o u seja da queda das tor r es e ge m e a s d a am erica, beri b eri, mos qui to, mos qui to avia o, mos qui to n om e de cole sao de banda d es en h ada, au l t ima en t r ada q ue se rato e for mula one e c tia na ki d man, q ue ser e for mula one e ct en o f ur ac sao em n ove en ventas da republica dom in icam, o u seja com ra e l aç º sao a do circulo do diabo da cristina coutinho, pro ova ave le mn te, o ta l da pro tor en g am b le,

Os fios aqui, que se manifestaram antes da morte ou da pseudo morte, hoje a câmara abanava na reino sofia, com o presidente russo a celebrar acordo de gás a Espanha, com o zapatero, depois de no texto se desvelar um pecado do pse, ou seja do psoe, ou do ps maçónico, fora isto antes de hillary aparecer com o botão vermelho, em cima de um cubo amarelo, entrada no outro texto, anterior, um outro pormenor aqui no espelho do helicóptero vermelho canopy e negro, um rectângulo de prata rasgado, com pontinhos brancos , como pequenos circulo em cima, num deles vejo um boneco de neve de natal ou mesmo o pinóquio, ou seja relacionado com o passe digital em beslan, assim parece se desvelar, cinco verticais, oito horizontais, quarenta, sendo que alguns se interpenetram, um símbolo no reverso, um sinal da paz, o delta do circulo tombada, ou seja de um home ligado a paz, eventualmente movimento hippie, o mesmo símbolo expresso nos negros patins do helicóptero, ou seja, uma morte, terá sido o interruptor

O serpente do fi do os saqui, q ue se m ani s f eta ram ant es dam orte ou da ps eu dam orte, h oje a cam ar a ab ana ava na rei no sofia, com o pr e sid dente en te r us s o ac el e br ar ac o r d ode g asa es p ana homem do com do c irc uk o do z ap pat ero, for a is to ant es de hi ll ary ap ar recer com o b ota ove verme vermelho , em cima de um cu bo am ar elo, en t r ada no o u t ro texto, ante rio rum outro por m en o ra qui no es ep l h o do heli cop t ero vermelho c ano p y en e g ro, um rec tan g u ode prat ra sg gado, com ponti n h os bar nc os , com o pe q eu no s circulo em c ima, num del es vejo um b one co de n eve dena t al o um es mo o pino qui o, o u seja r e la cio na ado com o p ass e di gi t al em bes lan, ass em pa rece se d es vela ar, c inc ove rt ti cia s, o it o h o rio z n tasi, qua renta, s en do que al gum s se inter p ene t ram, um s im b olo no r eve r s o, um sin al da paz, o del t ado circulo tom b ada, o u seja de um h om e li gado ap az, eve en tua le mn te m o vi e n te hi ip pie do om es mo s im b olo expresso nos ne g ros pat i ns d o heli cop e t ero o u seja, uma m orte, te rá s id oo inter ru up pt tor

Passando outra vez em frente a cas trinta e cinco onde o tal monte de terra primeiro aparecera, alguém , depois da morte de nino, alguém tinha nele feito um buraco, um pedaço de madeira estava a mostra, senti um qualquer perfume, de associação com outro que encontra no chao da arvore no jardim das necessidade quando texto grande escrevera,

P ass ando o u t ra ave z em fr en te a cas t rin t a e c inc o onda o t al mo in te de terra prime iro ap ar e cera, al gume , d ep o is da m orte de nino, al gume tinha nel e f e i t o prime rio b ur aco, um ped aço de made ira e stav a am ostra, s en ti um q ual q eu r per rf um me, d e ass o cia sao cm o outro q ue en c on t ra ano cha o da ra v o reno en o jardim das ne c ess id ad e q ua ando te x to g rande es circulo do rato vera,

Por esses dias no espirito um terrível escutado que tanto e ele e poderia aplicar como a muitos outros, até à minha pessoa, pois mais uma vez fui ameaçado, quando não precisar-mos mais dele o matamos, a desvelar que existe uma voz que fala pelos assassinos premeditados, que um grupo em sua aparência, trás um plano que não só utiliza alguns como os mata depois de os usar

Por ess es dias no es pi rit um terri v el es cut ado q u eta n to e el ee p ode ira ap li car com o am u it os o u t rosa té à min h a p ess ia, p o is mais uma ave z f u i am e a cado, q ua ando n cão pre cisa r do traço ingles mos mais del leo mata am os, ad es velar q ue e xis te uma voz q ue fala p el os as sas sin os pr e med di t ado s, q ue um g rupo em s ua ap ar en cia, t rá s um p l ano q ue n cão s ó u tili iza al gun s c omo os mat ad ep o is de os usa ra