segunda-feira, abril 13, 2009


oitava parte do tremor em italia

ot tva p arte dot rem emo rem it al ia

ainda esta missa se encontra quase no átrio, pois muitas outras informações se desvelaram sobre estes acontecimentos

primeira inda e sts miss ase en c on cruz ra q ua ase se no do átrio, maçónicos, o do br, p o is mu it as o vaso cruz ra com serpentes outros in for m al o es dos maçons sed es vela l ar aram ram s ob re este serpente destes acontecimentos, ac c on tec cie mn cruz os

hoje me deram um tiro assim tipo agulha electrica de acupunctura na cabeça, a lança sai do jack prata e negro angulo da escuta, com cores verdes, ou seja relacionado com o circulo que pressuponho ser da oto brasil, depois será abordada em pormenor o que o oráculo desvelou no sonho que se deu de seguida


home do circulo e p rin ciep da me do prime rio tiro, ass da se maior da cruz do ip do circulo da agulha a h u l h a, ipo, cancro, can c ro, de ac prime rio mp put tc cura na cb bessa , primeira lança do j ac kapa prat, it, e te negro ang vaso prim mr do rio, primeiro do circulo de dezembro, com do rato espanhol, prim rio dos verdes, vaso do seja oto brasil, d ep o is se rá ab bor dada rda em por en circulo rato , o q ue o rac culo d es velo lou no do son homem do circulo q ue sed eu da se da guida, uma louca dos olivais, o l iv ia serpente


prim, remete para paulo coelho, que aparecia na capa do fim de semana da capa dos bandidos do dn, com um estranho subtítulo sobre a sua juventude e trafico de drogas e coais assim, nao li, nem quero ler, relaçao do paulo coelho com o grupo editorial da revista caras, dos bandidos onde esta tambem a puta da tarologa, a maia

prim, reme teresa do para do paulo coelho, q ue ap ar e rec cia na capa do fi maior de se maior ana da capa dos ban dido s d o dn, com do primeiro es t ra anho s ub bit u t lo se ob rea s ua j uve en t u de e t raf i co de dr o gás e co a is ass em, na i li, ne m q eu ero da ler, da relaçao do paulo coelho com do circulo do dog do rup do grupo editorial da r e vi a st da caras, dos bandidos onda e sta tam b ema da primeira puta da tarologa, a maia

a primeira interpelação relacionada como a manha da teia que aqui pele Palavras se desvela, da montagem desta tentativa de sacudira a responsabilidade dos capote dos culpados, que passou por uma aparente reportagem de uma tv italiana, é ao senhor berlusconi, pois uma foto dele no enterro, o mostrava em acto de contrição, na sua aparência por vergonha, duas folhas tapavam sua face um rectângulo branco, parecia um folha de papel, e um outro masi pequeno que saia por detrás do primeiro em forma inclinada

a prim mr ira inter rp el ac sao r e la cio n ada com o am manha da teia q ue aqui, pele Pal av ra serpente da se d es vela, da mon tage em de sta t en taiti vasp circulo do iva s de s ac cu di ira primeira r es ponsa ab bil id ad e s o capo teresa dos cu l pados, q ue p ass o u por uma ap rec en t r ep e ot r ar ge made ria de uma tv italiana, é ao s en hor ber l s vaso do circulo dd oni, posi uma f ot r del en o en te rr o, o mo s t rava em acto de c on t riç aa o, na s ua ap par rec en ia por v er g on homem ad ua serpente das folhas tap ava am s ua face um rec tan gula do branco, par e cia primeiro da fo l h a de pap el, e um outro masi peru q en o q ue s aia por det ra s d o prime iro em forma inc l ina ada

pode ter as folhas relaçao que se desvelara com as fotos que tirei da imagem que se formou na transcrição de um deste vídeos desta ultima trilogia, que detalharei masi tarde, mas que aponta para as historia do redondo, onde o cabrão do galo vitorino me aparecia na capa da revista da spa, que nem abri, foi logo directo para o lixo, que não aturo ladroes de direitos e cúmplices de edições piratas, como já fiz prova e não tive até agora nenhuma resposta, se assim for, será parte dica, a encenação de berlusconi, uma no cravo outra na ferradura, primeiro, grande parodia em véspera em londres na cimeira, depois a desgraça


pod e ode da teresa ra serpente das folhas do tribunal relaçao q ue sed eve lara com as f ota s q ue tir rei da nova imagem, q ue se for mo un a t ra ns cir sao de um dd este v id é os de sta u l t ima t rio lo olo gato do ia, q ue d eta alha rei ma si t arde, masque ap pao on t ap do para as hi s tori iza do red o dn do, onda do circulo do c ab r a o do galo vitorino me ap ar e ceia na capa da r e vaso ista da spa, q ue ne m ab br i, f oi l ogo di rec to para do circulo do l ix o, q ue n cão at ur o l ad ro es de direitos e cu mp l ice es de edi ç o es pi ratas, com o j á fi z pro da ova e n cão t iv e a té do agora n en h uma r es posta, se as si m for, se ra p arte da dica, jornal, a en cena ac sao de berlusconi, uma no c rav o outra na ferradura, prim mr iro, g rande p aro dia em v es pera em londres na cimeira, d ep o isa ad es sg r aça da desgraça


paulo branco tambem aparecia na tv a propósito de espionagem das navegações na net, ou seja mais um sincronismo se manifestou, não percebi a noticia, pois fora confusa na sua forma de ser apresentada, metia uma votação no que parecia ser um parlamento com muito pouco agente, algo assim tipo decisão tomada a revelia de muitos, era o perfume que exalava, fora isto depois de mencionado a ana moreia que trabalha com ele, assim creio

paulo bar n co tam am tambem da ap par e cia na tv a pro pr rosi to de es pi on a ge made ria das na veja ç o es na net, o use seja maís prime rio do sincronismo da se m ani f es to un cão per rc cebi bia primeira not ti cia, p o is for ac on fusa na s ua forma de ser ap r es en t ada, met ia uma v ota sao no q ue ap r dc ia ser primeiro parlamento com mui top o u co agente, al goa ss em t ipo dec isa o tom ad a ar eve l ia de muitos, e ra circulo do perfume, q ue e x lava, for a is to d ep o is de mec c inna, nina, az ado da primeira da ana moreia q ue t ra da aba alha com ele, as si mc rei circulo



contudo visto o senhor trazer relações com os médias, saberá responder aos factos que aqui desvelo sobre o cio montado sobre as replicas ou pretensas replicas, e se fizer silencio sobre este assunto, desvelará o seu encobrimento dos verdadeiros responsáveis por este acontecer

contudo vaso is to do circulo do s en hor t ra ze rato relações com os dos médias, saberá, s abe rá, r es ponde ra os dos f ac t os q ue aqui d es do velo s ob reo cio do montado, s ob rea serpente das r ep lica s o u pr e t en sas r ep lica se s e fi ze rato do silencio, fr, s ob re este as sun tom d es vela rá o s eu en co br i me en to dos verde ad e iro s r es ponsa ave is por este ac on tec e rato

e de igual modo, a rtp, o saberá, portanto aguardam todos no mundo, as devidas explicações sobre os sincronismos que aqui tambem pela palavra no video são desvelados!

e de igual mod o, ar da tp, o saberá, por at n to a guarda do dam todos do no di mundo, as d e v id as e x p li caçoes ob reo serpente sincronismos q ue aqui tam b em pe la pal av ra no v id é o são d es vela ados s eta c rava na terra

Ou pensarão os senhores, que é igual me roubarem direitos, e matarem ou serem cúmplices com quem mata quase quatrocentos!

O u p en s arao os s en hor e, q ue é igual mer ero ro do ub bar rem de direito se mata rem o u se rem cu mp l ice es com do q eu m mata q ua ase qua t roc en teo ss eta c rava na terra

A clara relaçao entre o dizer desse senhor italiana na aparência geólogo que aparecia na peça que aqui fora transmitida, com o conhecimento da topologia do terreno da tal recentemente instalada, o sistema de respiração no telhado do prédio das traseiras, bem como dos furos na minha parede, e pelo sincronismo do passe que nas garagens acontecera quando dera, com o reflexo que a lua me desvelava, e que era explicação sobre uma das outras peças da pederneira deste acontecimento, a que se passara no sal nas brasas, no dia em que lá estava estacionado o mazarati, demonstra a relaçao e masi do que isso o acesso a minha casa, e portanto é plausível deduzir relaçao com a tal semem que eu encontrei e que menciono no video ter encontrado

Primeira da clara relaçao, como se fala de tv, deve ser a clara da sic, en t reo di ze do rato desse sem hor italiana na ap ar e cn ia geo l ogo q ue ap ar e cia na pe l ç ac q ue aqui for a t ra ns mit id ac om o c on he cie mn to da top lo g ia do t e r reno da t al rec en te maior net isn t ala ada sis t ema de r es pira sao nono da tela h ado do pr e d io da serpenet sd das traseiras, b em com o dos f ur os na min h a parede, e p elo sincronismo do passe, q ue nas gara ge ns ac on tec vaso ra q ua anda der ac om o r e for mula one e xo q ue al ua me d es vela ava, e q ue e ra e x p li caçao do bre uma das outras pe ç l as da pede rn eira deste ac on tec cimento, a q ue se p as sara no s al nas brasas, no dia em q ue l á e stva es t ac cio n ado oma zara ti, demo sn t ra a relaçao e ma si do q ue iss oo ac ess o a mina homem da casa, e pro t anto é p k au s iv el dedo zi rata da relaçao com a t al do semem q ue eu en c on t rie q ue men cio nono v id é o te r en c on t rato ad circulo

Tambem como já afirmei anteriormente, é claro o envolvimento do ps, neste cio, pois o ministro socialista manuel pinho estava associado ao cio na televisão, na qualidade de o dirigir, uma só outra possibilidade se colocaria, mas será remota, que alguém usara seu nome, mas o dizer, sem nada masi ter sido dito, é claríssimo

Tam am tambem com o j á a fi r mei ante rio rato que mente, é circulo do primeira dol do aro do circulo do en vo l vi men to do ps, neste do cio, p o is o min si t ro soci al ista manuel pinho e stav a ass soci cia ad o ao cio na tele da visao, revista sat do grupo dos bandidos socialistas, na do quadrado do vaso do quadrado da lia dea, ou dead, de dd e o di rig i rato, uma serpente do acento no ó , circulo do vaso cruz ra p po circulo do ss ib bil id ad e sec do olo do caria, masse rá rem ota, quadrado da ue al gato do eu maior da usa sara serpente do eu no me, maso di ze r, se mn ada ma si ter serpente id circulo do dito, é circulo do primeiro da ar do iss imo

Se desvela tambem em forma clara que como repetidamente a todos tenho vindo a fazer consecutiva prova, o cio passou por distintos meios de comunicação, com relaçao ao ps, e portanto é de deduzir, que o envolvimento do partido socialista neste acontecimento, é muito real

Se d es vela tambem em forma cala ra da rac da ue com o r e pet id dame dam en te a to ds o t en h o vaso indo a f az e rc on sec, ca non, eu t iva pro da ova, circulo do cio p ass o u por di s tintos me is de com única caçao, com da relaçao ao ps, e port anto é de deo do vaso ze rato, quadrado da ue do circulo do en do vaso do ovo do prim ero do circulo do vi men to do p art id o socialista neste ac on tec cie mn to, é mui to rea l

Obviamente este tremor foi feito por ondas de frequência ou operadas pela rede, com os tais algoritmos que transportam a divisão, ou e tambem pelos satélites, pois encaixa no escutado do dizer que antes escutara de alguém que dizia ter um shutter no ceu, na altura em que os astronautas estavam na estação espacial, ao limite me pergunto se não existira já lá um laser ou algo assim decorrente do programa da guerra das estrelas

Ob via am amante da ante de este t rem emo o rf oi f e it o por ondas de fr e q eu en cia o u o pe rda s pela red e, com os dos tais al gat imo s q ue t ra sn po it am a di visao, o ue eta tam am tambem, p elo s sarte loi st es, p o is en caixa no es cut ado do di ze r q ue ant es e cu tara de al gume q eu made ria di z ia te rum sg u tt e rn no ceu, na al tura q em q ue os dos astro nau t as e stav vam am m k na es taçao espacial, ao li mit e me per gun to ze n cão e x is t ira j á l á um la ser o u al go a ss i m deco rr en te do pro g rama dag eu r ra da serpente das estrelas

Ou seja em termos gerais, as recomendações que fiz ao todos do mundo da necessidade de correcção do código base nao terão sido feitas em toda a sua extensão e de raiz, terao sido feitos provavelmente patch, atalhos, e recordo que a ultima questão levantada sobre esta matéria fora pela china na altura dos jogos olímpicos, e tambem mesmo que se façam e devem ser feitas, as correcções recomendadas no código base, haverá sempre hipótese de ser torneado, ou seja , não há escapatória a isto, assim neste momento o creio

O vaso do use seja em te r mo s ge rai sas rec om en d aç o es q ue fi za o todos do mundo da ne ce iss ded de co rr e sao do c o di g o base noa te ram s id o feitas em toda a s ua e x t en sao e de t rai z, terao s id o f e it os por v ave le mn te pat c h, at alhos se record o q ue a ul t ima q eu es to a l eva van t ada sp br e e sta mat e ria for ao pe la china na al tura dos j ogo s o li mp picos, e ta m b em me sm o q ue se f ac ç am e d eve em ser f e it as, as co rr e ç o es r 3 e comenda dados no código base, h ave rá se mp r e hi ip ot es de ser tor ne ad o, o vaso do seja , n cão h á esca pa tor ia a is to, as si m nest e mo men to o c rei circulo

Ou seja vive o mundo, como hoje um oficial da marinha americana o dizia a propósito da história dos piratas da Somália, que tinham tecnologia para o fazer, ou seja sendo isto imagem, o mundo está a viver em tudo o que depende de comunicações, nomeadamente trafico aéreo, em situação de iminente catástrofe

O vaso do use seja v iv e o mundo, com o h oje um o fi cia al da mr ina homem ham am a mer cia ana o d iza a pro p rosi to da h si tor ia dos pi rata s da s om al ia, q ue tinha do ham a tec no lo g ia para o f az ero u seja s en do is to i mage mo mundo e stá a viver em tudo o q ue d ep pen dede com uni caçoe sm, no ema dam nete t ra fi co a e reo, aero, o aero, em si tua ac sao de i mine en te cat as t rof e

E nada disto é novo se atendermos que os aviões que embaterem nas torres , terao sido desviados por estes processos, ou seja já se o sabe desde o ataque às torres

E n ada di s to é n ovo se a t en der ms o q ue os avio es q ue em bate rem nas torres , terao s id o d es via do s por est es por rc esso s, o vaso seja já se o sabe, de sd e o ataque às tor rato espanhol

A minha única duvida que ainda tenho no processo da queda das torres, depois dos últimos passes das ultimas sínteses sobre este assunto, é sobre os processos que foram usados para quebrar as estruturas dos edifícios, pois um pormenor, nas imagens das torres, é visível, que são as explosões sequências por andar, que se dao imediatamente antes de cada andar derrocar, e que aponta para um processo de explosões controladas por andar como se fazem nas implosoes

Primeira am min do homem da primeira da única do vaso id aqui do q ue a inda t en homem em circulo do pr e circulo do esso da queda das torres, d ep circulo do is do serpente do vaso primeiro do sul, al g rave, cruz imos p as s es das u l t ima serpentes do sin te serpente es ser p ene nete do ob r e est w as sun to, é serpente do ob re os por rc esso serpente do quadrado da ue foram usa ado s para quadrado da eu br ar as est rut vaso do ra serpente dos edi fi cios, p o is um por m en o rn as si ma ge ns das tor r es, é vaso isi vaso el, q ue são as e x p lo s es sec ca non , un cia spor anda ar, q ue se dao i me dia tamen te ant es de c ada anda r der roca r, e q ue ap pao n ta para primeiro pro roc ess o de e x p l o s o es c on t rola ada s por andar com o se f az e mna s im p lo s o es

Havia uma possibilidade que estava na mesa da compreensão deste assunto, a possibilidade de as matérias isolante entres as parede, terem por acção de frequência, expandido criando assim um efeito semelhante as cargas de dinamite que se usam na implosoes, sendo que tal a ter assim sido feit, o terá sido feito em sequência , pois isso é visível na imagem

H avia uma p os sibil id dade q ue e stva na mesa da co mp r e en s o ad este as sun to, a p os sibil id ad e de os mate ria sl is o l ant es en t r es as parede, t te rem por ac sao de fr q e un cia, e x pan dido c ria ando as si m um efe it o semem l h ante as das cargas de dina mit e q ue se usa sam am na i m p lo es, s en do que t al a te ra ss im s id o feit, o te rá s id o f e i to em sec ca non, eu en cia , p o is iss o e v isi vaso el na imagem

Continuar a manter a duvida sobre estes assuntos, e manter o mundo inteiro refém, como não resolver os problemas que temos no mundo em todos os níveis identificadas, e manter a porta aberta para um continuo de desgraças, até uma que pela sua sequência e dimensao seja mesma para a todos fatal

Conti na ur a am a t rea du v id a s ob r e est es as sun to ze man te ero do circulo do mundo int e rio r efe em, com on cão r es solver os pro bela sm q ue t emo s no mundo em todos os ni vaso e is id en ti fi ca da se ma net ra a porta ab e rta para um co it nu o dede sg r aça s, a té uma q ue pe la se ua sec vaso da en cia e da dimensao seja me sm a para a todos f at al


Para as bestas que tentaram masi uma vez a minha incriminação neste assinto, me desvelou o espirito que cá tinham entrado depois de eu ter saído, pressuponho, que tenha sido no dia de meu aniversario quando sai com meus pais, para irmos almoçar

Para as das best as q ue t en t aram masi um ave za min h a inc rimi ina ac sao neste as sin to, me d es velo lou o es pi rito q ue cá tinha ham me net r ado d ep o is de eu te r e s a id o, pr ess up on h o, q ue t en h a s id o no dia de me u ani versa sario q ua ando sa i com me us pa is, para i r mo s al mo circulo cortez ar

Ouvi tambem que entraram pela janela, mas tal deverás er relativo a uma outra vez

E o tal semem ou massa ou o que for que aqui puseram, foi mesmo posto, pois poderiam fazer crer que teria sido algo que saíra ou não entrara no caixote de lixo, que ali geralmente se encontra, mas tal não é possível, pois aquilo estava no meio dos sacos plásticos que se encontram por detrás do pacotes de lixo, que de certa forma os prendem na prateleira

E o t al semem o vaso do massa o u o q ue for q ue a qui p use ram, f o i me sm o post o, p o is p ode r iam f az e rc r e r q ue te ria s id o al g o q ue sa ira o un cão en t r ar a no caixote de lixo, q ue al i ger la mente se en c on t ra, mas t al n cão é p oss iv el, p o is aquilo e stva no me io dos s ac os p l ç as ticos q ue se en c on t ram por det ra s do paco te s del ix o, q ue de c e rta forma os p ren de mna p arte da tele da ira


Depois apresentarei as fotos

D ep o is ap red en tar rei as das fotos

Me lembro da recente dizer do brown sobre as provas e as tais substancias radioactivas, e me fico a perguntar se ele se referia a esta, o que pressupunha o saber

Mel en bro da rec en te di ze rato do br o w n s ob rea spor vaso ase sea s tais s ub s tan cias ra di o activa semem me fi coa ap per gun tar se el e se r efe ria a e sta, o q ue pr ess up unha o saber


Continua...