quarta-feira, abril 15, 2009

enquanto escrevo as multiplas ligaçoes que se desvelaram a partir do tremor em abruzzo, aqui ficam as fotografias já mensionadas no video
.
.
.
en qua anta es circulo rato evo as das mul ti ip l as liga circulo cortez o es q ue se d es vela aram ap p par tir dot tremor emo mor em ab r uzzo aqui fi icam cam as f oto g rai fia s j do acento à m en sio na ad as no video, vaso, id é o circulo




esta primeira se ve o movel, a parce pintada em croma key, o vaso do foguete do ajax branco com circulo vermelho em cima, com a jenle com tres tiros, e as marcas, muitas das que existem nessa parede, e que as putas do cio, mosytravam na tv italiana a tentar estabelecer a relaçao comigo, e portanto desvelando assim nao só a enorme teia assente nas televisoes de diversos paises, como do facto de aqui entrarem
.
.
.
e sta prim rie serpente eve vaso omo ove primeira ap arce pina td primeira em c roma kapa e delta, circulo da ova do vaso do fog ue da teresa primeira do pincipe do ajaz, ac, ax, do branco, paulo, cie en ema, ou seja c it ro en, bar rn co do com do circulo verml ml e primrio homem do circulo vermelho , com a j en le com dos tres tiros, cruz es ti tir os , e às das marcas rca serpente da primeira da relaçao com mig circulo , e porta ant circulo d es vela lan ando ass si em nau serpenet do acento Ó , primeira da enorme teia, en no rato me da te ia nas televisoes, de di dos versos do ero pa ise espanhola com do circulo do forte do act do to de au e en tt ra rem

putas do cio mo sum serpente delta ravavam am na tv italiana a ten tar est abe stab le cera da relaçao co mig, oe, e ep porta ant circulo qaudrado espanhola vela lan do ass si em n cao serpente Ó primeira da enorme teia ass s en te nas televisoes de diveros paises, com o do f ac to, dea au vaso e en tt ra rem


nesta se ve os pacotes de leite e os sacos plasticos por detras no momento a seguir de ter descoberto o tal queijo que alguem aqui pos, e depois do o tirar,
.
.
.
nest ase eve do os dos paco te serpente del leite e os dossacos de plastico, p l as rico, portugues det ra serpente no mo men to ase se guir rato det red es co berto circulo cruz norte sul queijo, q ue e jo q ue al gume aqui p do os e quadrado ep circulo do is do circulo tir da ar
.
.
.


.
.
.
o saco com o queijo, chamemos-lhe assim poisado no chao para ser fotografado, que estava por detras dos plasticos, e que descobrira pois precisara de tirar um saco para o caixote do lixo
.
.
.
os ac aco com circulo do ki jo circulo homem ch am me emo serpente traço ingles primrio he, p icruclo isa sado no ca homem do circulo do para , ser f oto gatp ra fado, q eu estav primeira portuguesa por det ra serpente d os p l as tc cios q da ue es co br ira op o is pr e cisa isa ra de tir da ar primrio do saco para do c irc cu ll do ca ix ot e do lico, li xo
.
.
.

se bem se recordam, em dia recente o espirito me desvelara o homem que junto à vizinha do cao que muito ladra aqui na rua, viera para verificar o lixo, homem do saco, aponta tambem o ex ministro da cultura o roseta, que era conhecido na assembleia da republica por andar sempre com um saco de plastico
.
.
.
se segundo em se rec reco rato dam em dia rec en te circulo do es do pi do rito med espanhola vela lara do circulo do homem do oe em q ue homem in cruz primeira doca cao q ue mui to da ladra aqui na rua, vi e ra para vaso eri fi car circulo do lixo, home do om da me da med do circulo do s ac aco , ap da ponta tambem do circulo e x min su delta cruz ro da cu lu cruz ra circulo rese cruz q ue era c on he c id , na ar, ass en b leia da republica, por anda da ar se mp rec om primeiro saco de p l as tico
da esquerda para a direita, uma panoramica sobre os objectos como se dispuseram no momento em que pela segunda vez tentava fazer o encoding do video da triologia, aquele em que começa comigo a fumar, e que em seu titulo original se chama,
.
.
.
da es q ue rda para primeria da direita, primeira p ano ra mica s ob reo os ob ject os com circulo sed di is p use ram no moe e mn to q ue pe la se gun qaudrado ave zorro t en t ava f az e rato circulo en co ding, do vasi id,éo circulo do video da t rio lo gia, aquele em que com eca co mig circulo da primeira fu , gato assanhado, do mar primerio ar , e q ue me s eu titu primro do circulo dez ot ti gina al sec da chama ham am primeira
3itrin e tal, oi seja , treceiro it rin e cruz eta al, ou seja a triade , ou o terceiro da it do rin da eta r es pons ave l pela cruz al, na norte sul

pormenor da asa da mesa, monitor preto e prta sony, circulo on ny, qautro maços em cima uns dos outros, que ecoa num pormenor da foto do murrilo no dn, aquando da sua visita a portugal, a photo com a gine amrie na capa, com o delta do andrew, um dos meus primeiros cadernos de escrita que me acompanha desde bruxelas, e onde se encontra umas historias escritas no carnaval no redodndo, que o espirito me desvelou terem sido alvo de inversao sonre esta hsitoria, relacionados com o galo vitorino, uma cassete, dideo da ca do non

.

.

.

por men o rara da asa, editora, da mesa, espanhola, moni , tvi, tor, preto e p rata da sony, circulo em ny, q ua t ro maços em c ima un sd os de outros q ue e coa, nu primrio por men corculo rda f oto dom ur rato da ilha do no do dn, aqua anda da serpente ua vasi isi sita ap portu gal , primeira ph oto com da primeira gine am mr rie na kapa, com do circulo do delta do andrew, primeiro do os me us prim me iros serpentes dos cadernos, de espanhola circulo da escrita da rita, q ue me ac aco om p anha de sd e br vaso xe l as, e onda se en c on t ra uma serprnte hi s tori as es c rita serpente do no do carrro da naval no red do circulo do dn doque do circul do espanhol pi rito med espanhoal velo lou te rem serpente id circulo alvo, de e em vesrao, son re e sta home si tor ia relacionadas com o circulo do galo vitorino, primeira cas serpente do sete , du id deo da aca cado do non, ou seja do porto,

.

.

.

aparecia o cabrao da puta do vitorino, depois de isto acontecer e de a palavra o ter intrepelado, na tv a olhar o ceu, como quem sabe muito bem as culpas que tras no cartoria, isto foi escrito na casa de uma fotografa alema no redondo há muisto anaos atras, será alvo de escrita detalhada

.

.

.

ap par e rec cia ia do circulo do ab br ao da puta do vitorino, d ep circulo do is to do acontecer, a c n o n e t c ser, e dea apa pala av ra circulo da teresa ar inter e pelado, macaco, na tv primeira do circulo do primeiro do hoem da ar do aro, do circulo do ceu, com ciculo q ue em serpenet ab abe mui to b ema serpentes das culpas, cu primrio pas, q ue cruz ra serpente no cartorio, car to rio, is to forte do io es circulo do rito na circulo da asa de primeira foto tog raf primeira alema, do no do redondo homem do acento à mui st circulo ana os sat cruz ra serpente se rá alvo de es circulo da rita d eta ala hoem ad da primeira

o microfone como um falo negro aponta e se reflecte no circulo das roas , a vesica do hawei do kan guru, , o to, a fita vermelha e negra que desce da asa da asa da mesa como uma lua das ancas da made ira

circulo mic rof one com do primeiro falo one negri rio do io ap ponta e se rato for mula one e ct en no do circulo da serpente ro às , primeira ave sica da veisca do havai, do kanguru, kapa ang do uguru, o antonio cunha, primeira fita verme vermelha e en gata ra q eu de sincornismo , é a da asa da primeira sa da mesa, madris, com do circulo da primeira lua das anc as dama mad ria

o pc como se ve está ao alto para melhor arrfecer, e enquanto procedia ao segundo encoding, ia almoçando, todos este spormnore da leitura desta imagem seráo descritos em outro texto, pois muitos promenores que aqui dificlemnte se veem , contam o seu pedçao de historia,

circulo do pc, com do circulo serpente eve e sta ao la to para mel hor ae rf e ser, e ingles nu ant circulo do pro ce dia ao sg un do en co ding ia al mo criculo cortez ando todos, este spor mn no red primeira lei tura de sta mage made ria se ra ode es circulo dos ritos em oitro te c to, p o is mui to serpente pro rome pm men do circulo do rato espanhol quadrado da ue aqui, di fic le lem mn te e se eve em conta tam circulo serpente europeu ped dc cortez sao de home da hi s tor ia

os circulos, que correpondem aos pratos soa com duas engrenagens, imagem que o socretes mostrava na tv numa fabrica de engrenagens, e de sem fim, quando pela palavra deles falara, da engrenagem do pc, assim diz esta imagem, depois se ve um triangulo deo fogo das cantesa da uni bal, vermelhas e pratas, que aponta o x na janela do w indos, ao lado da faca, ou melhor desse trinagulo deitado sai a faca de madeira parta com dois circulos doirados, e cabo com um anzol, que o durao mostava com seu gesto em bruxelas, ser como o anzol de um alua invertida, deposi de pela primeira vez se ter falado da imagem do ajax,

os dos circulos q ue co rr e ponde ema os pr ratos serpente circulo da cprimeira com do as das engrenagens, en g rena ge en ene ns, mage madeira q ue do circulo do socrates, provavelmente grécia, gré da cia, mos cruz rava na tv numa da fabrica, italia, d ep circulo do is serpente eve primrio trinagulo deo do fogo, ilha, das serpenet can te sa da uni bal templarias, q ue ap ponta circulo do x na jane la do duplo vaso indo, sao ao l lado da f aca , circulo do vaso primeiro do mel hor, de ss set rina ina gula deitado s aia primeira faca de ema maderia p art primria rta com do is circulos do irado e cabo do com do primeiro anzol, q ue docirculo do durao, mos cruz rara ava com serpente europeu do g est circulo em bruxelas, ser com do circulo duplo do anzol de um da al lua ua em verte id priemria de posi de pe la prim e ira ave zorro da se sete teresa rato f ala ado da mage madeira do ajax, a j do ax, c it ro en

a faca está aa lado do vaso hexagonal de agua, ou das aguas, aponta o canto inclinado do dollins, collins, com uma cassete tambem inclinada em cima dele, ao lado e pela relaçao com o cinzeiro negro dansk das betas qui madas, ua vertea lia o collins e a circulo do vaso negro a lupa prata e negri, ao lado do vaso da dt do medico , o da voltinha do outro dia, das faramacias, por cima temos o vso da moedas, ao lado de um outro ajaz e por detras a aparecer o leque espanhol vermelho
.
.
.
primeira faca e sra cie eu la ala ad circulo da ova do vaso he xa g on al, de a g ua, circulo do vaos das aguas, ap ponta circulo do canto inc lina ado do dol ll lin in ns do collins, com primeria ca serpente set tambem, inc lina ada em c ima dele, del el , aol ad circulo e pela relaçao, com do circulo do cin ze iro do negro ou do negri, dan serpente kapa das betas das bet as q vasi quim mad as, ua ave rt te al ia do circulo do co ll in sea primeria do circulo do ova do vaso negro primeria lupa p rata e en negri, aol ad circulo do ova do vaso da dima mic t rac king do medico, circulo da vaso do primeiro tinha do outro do dia, das r ar rma mac cia serpente por cima , te emos serpeney ov, it, serpente do circulo da moeda sao aol lado de primrio de outro a j az e p pro det ra sa ap pr recer circulo do leque es pan da hol vermelho





nesta foto, se ve o elefante ani bal, uam sa de vela de anjo vermelho, um sinal de furacao, relaçao entre dois floa, ajax e prego verde e branco, uma outra lupa com cante vermleha, song from a room, e gandalf da outra asa como que vendo isto tudo, do sg sai uma chama branca que liga a vara e o vaso com sa da dt do medical rod,
.
.
.
nest f oto a por, serpenet eve do circulo do elefante for da ani bal, uam sa de eve vela la de anjo vermelho, primrio sin al de f ur ra cao , relaçao en cruz red circulo is fl, for mula one e a j ax e p rego do verde e do branco, uma outra da lupa com can te eve nerm me le homam primeira da seprente ong fr rom do om ar do aro om e gan d alf da outra, da asa com circulo q eu vaso en do is to tudo, do sg, sa e primeira chama bra anca q ue loga da primeira vara e circulo do ova do vaso com ds sa da dt do medi c al rod

se ve a tromba do elefante apontar o furacao em nova yorque simbolizado pela bateria da can ni non

serpente eve primeira cruz ram do elefante ap pont tar do circulo do f ur rac cao em nova y or u q es serpente em bo primeiro iza ad circulo ep pe la bate ria da can ni non,



estas duas fotos tem promenores dos textos que aqui se referem, sendo que foram soltas por outros do caderno, ou seja serviram efectivamnte para um ritual de escrita enformadora e só recentemente as encontrei,se ve uma sombra que esta por cima da gime marie, aparecendo o caderno de bruxelas, no meio
.
.
.




e sta serpnte do as da f oto te mior mao ,p pro rome en hor espanhola dos textos, q vaso e ai ise ref rem , seprente en do q ue foram portugues de outro serpente do cade rato no circulo do vaso seja ser vaso iram efe ct iva vam nete para do primeio rotual da espanhola circulo da rita en for mad dor primeira e serpente do acento O , ema anu elle, rec en te mn te as en c on cruz rei e serpente eve primrio as serpente da sombra om bra q ue e sta por di ma da gine maria, ap par rc en do co circulo do cade rato no de bruxelas, no do me do input output





as historias do redondo como as coisas lisas tem arestas cortantes, a prova que a inversao foi feita com base nas historias que os cabroes do vitorino contaram com base nestes escritos,
.
.
.
as da s h si tori as, ho s tor ia serpente do redondo da loi do onze da mentira li as com circulo do as co co ia da lisa serpente e te mar ar est as co rta ant espanhola, primria pro da ova q ue primeira in verso da sao, f do io feito do com da base na serpente homem os reel time toi ira ra serpente q ue os cabroes do vitor ino, c on tar ram com base nest espanhol e circulo rato ti is circulo



com duas partipantes, fora feita a gravaçao profissional, um duo em cima e outro em baixo , assim me desvelou o espirito
.
.
.
ni di ki t a delta lor l es de ux siper do traço ingles to do top do ps, de emi mia ami
.
.
continua , meus filhos da puta assasinos,
.
.
conti nu ua me es serpente vaso fil home do os da puat ass sas sin do os