segunda-feira, junho 01, 2009

ontem à noite no fallow up, o painel de led na avenida, passou um etsranho dizer, aparentemnte seobre futebol, a pergunta, é qual, estariam a falar, e o que sabem em verdade por tras desse dizer, veio primeiro um escrito do fc porto e depois dizia, em um outro hulk mais dez, como a dizer que o circulo feito em dezembro teria sido feito pelo hulk e mais dez, sendo que hulk, aqui nest a h i s toi ra à dois, um recente , assim lhe chamei ao personagem da serie da quinta feira , ultimo episodio emitido, e que assim o comentei, pois sairia pela janela do hospital, e um outro muito mais antigo que me aparecera uma noite no majong, historia aqui contada, se bem se recordam

on te ema à no it te no do fallow up, ou seja do fa f a ll da el da eva sao, circulo da pa ine ne primeiro de led, del ed, sin os , na ave nid primeira p ass c irc cabo vaso lo do vaso, primeiro e ts ra do anho, da unhada, ap par ren te mn te seo br e f vaso te bo primeiro , primeira do per da gun t a, é q ual, est art da aria da manha, primeira fla f al ar, e circulo do q ue s abe em verde dade por t ra serpente de s da sé di ze rato do circulo do veio do io, prik me iro primeiro es c rito do fc porto, e d ep o is di iza em um outro hulk, masi dez, com circulo da primeira di ze rato q ue do circulo duplo feito, em dez em br circulo e cruz ria feito, p elo hulk, ema maís dez , s en doque europeu do hulk, a ki nest ts ho s toira à dois, au di, primrio rece en te , ass em primrio he c ham me ia c irc uk o peros persona ge maderia da se rie da quinta da fe do ira, vaso primrio tim imo ep pi sodio, emi tid circulo , e q ue ass simo com men te ip p o is sa eria pe la jane la do home circulo spi t al e um outro mui to maís antigo, q ue me ap per4 re e ra uma no ite no do maj ong , h o s toira a ki conta ad a ase se b em se rec or dam

ao tribunal penal internacional

primeira do circulo do t rib un anl al p en al inter, italia rena cio on al

seus caralhos bandidos, só agora ao ver o video reparei que quando cá entraram esta tarde apagaram o principio deste video que estava gravado na cassete onde se dava a chave da queda do aviao, ou seja , quem cá entrou, saberá o que fez, e o que aqui deixou, e veio apagar as provas, era exactamente o inicio da casste

se us car ar p do rim rio home do os dos ban di os, serpente do ca en t o do O , agora, primeira ove vaso do ero do circulo do video, vaso id é circulo re ep pa do rei q ue qua anda cá , en t ra ram e sta cruz ard e ap pagaram, circulo do p rin cip do io do quadrado de este , v id é circulo q ue estv ava g rav ad circulo na cassete, ca serpente set ste, onda se d ava primeria da chave, da q ue da do aviao, circulo do use seja, q ue em cá en t ro circulo , s abe rá do circulo do q ue fez, e circulo que au i d e ix o u , e veio ap pa g da ar às das pro das ovas , e ra e x ac cat tamen , t am en teresa, do circulo in cio da ca ss te , sete

só há uma razao para isto ter sido feita, a arte em parte foi aqui por terceiros preparads, só assim se explica terem vindo apagar a gravaçaoa no incnio que mostrava o que aqui descobri da chave que meparece relacionada com a eventual queda do aviao frances,

recostruo por palavra a imagem,oeste video originalmente começava por um plano fechado no radio da sala de uma musica francesa que estva no ar, na radio marginal, em que uma bela voz francesa chama o seu amante de tiger, tanta piada achei ao ouvi-la que liguei a camara , talvez a meio da cançao, depois mostrava a cabrina vermelha e branca cujo cabo caira ontem a noite, o cabo azul com um anel amarelo, e ficara a pontar a vao, a puta do vao, ou seja ligada aos carlhos do mario soares e do ps, assim agora se desvela na escrita, mesmo antes de lhe por a faca, e apontava o cabo da sabrina a outra vassoura de pelo azul que está ao lado, do canto do movel ingles, exactaemnte apontando o pé do seu lado direito, onde de frente se desvela uma face delicada tipo girafa, e de lado, uma virgula, um bebe, um seis, como um cavlo marinho, e ao lado de frente o frisocom o sinal de s argento e outros simbilos gravados na madeira que já aqui foram abordados,

rec cos cruz ru circulo, portugues pal av ra primeira magem de oeste video, vaso id é circulo rig gina al que mente com eça ava portugues primeiro p do primeiro ano, fe cha ad em circulo da ra da di do circulo do caralho da sala,rr, de primeira mu sic , primeira fr anc es sa , s ac q ue es tva no da ar, na radio marginal, em q ue primeira bela da radio da voz, fr anc es primeira sa da chama do circulo do serpente do europeu am amante da teresa, de tiger, t anta pi ad a ac he ia do circulo duplo do vaso vi do traço ingles de la, q ue ligue ia ca mara mar rea, cruz alvez , margarida, a me io da can sao, dep o is mos cruz rav primeira ca ab br rina vermleha e br anca do cu do jo cabo ca ira on te ema ano no it teresa, circulo do cabo azul, com do primeiro da ne do primeiro am mar do elo, e fi da cara a ponta ra ava vao , primeira puta do vao, circulo do vaso use seja li gada a os car dos alhos , do mario soares e do ps, ass si em agora sed espanhoal vela, na es circulo da rita, me sm circulo ant espanhola del do he portugues primeira faca, a ap da ponta ava do circulo do cabo da sabrina, sa br rina ina, da primeira da outra vassoura, ou seja da outra bruxa, de p elo az vaso primeiro, q ue e sta ao lado, doc can to dom ove primeiro ingles, e x ac r a em mn te ap ponta anda ana, do circulo do pé do s eu lado direito, onda de fr en te sed espanhola vela primeria da face deli c ad da primeira t ip circuklo da giraqfa, e del ad circulo primeira vi rato da gula , m p primeiro bebe, primeiro se is com do circulo do primeiro do c av primeiro do circulo dezembro do marinho, e aol ado de fr ente do circulo do fr is soc do om do circulo do sin al de serpente ar g en to e outros, s im b olos g rav ad os na madeira q ue j acento da primeira , primeira do ki aqui fo foram ab bo rato dos dados, ou seja do poker

depois mostrava, alguns objectos que estvam em cima da mesa desde ontem, em cima de um prta branco redodno, um lençao de papel azul onde a casa de uma banana, ficara aberto com um flor, e fora isso que hoje ao olhar me chamara a atençao, pois falara eu em video recente, de que o meu colibri para minha amada nao tinha casca, e depois relacionava com a gravides expressa no candieiro italiano, e hoje, no principio do video mostrava o cadieirto em seu cimo, que ainda nao fora msotrado, ou seja os ters arpoes, debaixo do vaso,

d ep o is mos t rav a al gun ns serpente dos objectos, ob ject os q ue es tva am em c ima da mesa, em madrid, de sd e on teresa me em mc ima de primrio p rta do branco, red do circulo do dn no , primrio l en cao de pap el azul , onda primeira casa de primeira banana, ou seja do primeiro falo, fi da cara ab berto com primrio da flor, e for primeira iss do circulo q ue homem oje, primeiro do circulo do primrio home da ar me c ham am mara, a at en sao, p o is fala ra do eu em video, vaso id é circulo rece en te , deque do circulo euorpeu om do europeu do coli br i , para min homem da primeira a ama mad dana anao tinha casca, e d ep o is re la cio na va com da primeira g rav id d espanhola, e x press sa primeira do ano do can di eiro do caralho italiano, e home do circulo do oje, no p rin cip do io do video, mos t rav primeira do circulo do can di e rt circulo em s eu c imo, q ue a inda nao for primeira ms ot ra ad circulo, circulo do vaso use seja os teresas rato serpente dos tres arpoes, ou ne pt do uno , de ba ix circulo da ova do vaso

em frente a casca, que simboliza por ausencia da banana que a comera ontem, um falo, estava a manteiga do milhafre axores, aberta, e ao lado um prato de sopa ingles com o dizer, tapa um bacalhau que comi cozido , e que guardei os restos pois ia frita-lo, ou seja, cod fi sh, fr rita traço ingles primeiro do circulo dez

em fe rn da teresa rea primeira casca, q ue s im bo primeiro iza portugiuesa au use en cia da ban ana q ue da primeira com mer da primeira de onte, primrio falo, e stav a m man te e gado do milhafres dos ax, c it ro en, das ilhas, ab berta rta e aol ad do circulo do primeiro p da rata de sopa ingles com do circulo di ze rato, tapa primeiro b aca calhau, q ue com do mu c oz id do circulo, e qaur4de io serpente os dos restos, os caralhos que operam com os restos do lixo, p o is ia fr rita do traço ingles primeiro do circulo, o vaso use seja, da cod fi serpente homem da fr rita da crzua ra d aço ingles p rim eiro do doc do circulo do irc de rc do culo dez

para terem apagado o principio da cassete, sem deixar nada antes, ou seja sem existir um pedaço a negro ou de outra forma, estes caralhos tiveram que fazer isto enquanto no final da tarde, fui tomar cafe, e tiveram que trazer um gravdor mini dv, daqueles que permite copia em alta velocidade, ou seja em velocidade superiror a real, pois nao teriam tempo de fazer de outro modo, na verdade quando chegeui estava uma rapariga a arrancar de carro de prata e um rapaz que nuca aqui vira, conversava com ela pelo vidro abero, ao lado do muro que rodeia o jardim,

para da te rem, teresa psi, ap pa do gado do circulo da p do rin cip ip do io da casssete, se em de ix da ar na da ant espanhola, o use vaso seja se em existir, madredeus, primeiro peda aço ane negro circulo do vaso de outra da forma, este serpentes do cara de alhos t ive veram ram am do q ue f az ze rato is to en qua anto ton diculo fina al da cruz arde, f do io de tomar , ca da fe e t ive vera ram q ue da cruz ra ze rum gravador do mini dv, da q ue el es q ue per nmit e co pi ia em al cruz primeira do velo da cidade, radio, o use seja em velo cidade super iro ra primeira da rela, silvia, p o is n cao te ria iam da manha, re mp circulo de f az ze rato ti de outro da mod, do circulo do don em ave verde ad e qua anda che g eu e es t ava primeira ra par riga , primeira que arrancou no carro, de p rata e primeiro ra p az q eu nuc primeira aui vaso da ira, c on versa ava com el la p leo do vidro ab do ero , aol ad circulo do mur circulo q ue rode ia do circulo do jardim,

seus filhos da tremenda puta!

se us do sfil homem do os da tremenda puta, ra vaso da da, rua da emenda, a puta

o equipamento que falta na regie que outra vez falo, é excatamente um ultimatte, ou seja um sistema de croma, ou seja relaçao com italia tambem

oe do ki ip da pa da am men to que f al cruz primeira na regie, q ue de outra do vaso e zorro do falo, é , e x car tamen te primrio u l tim at teresa, o use primeiro sis t ema de c roma , o vaso do use seja da relaçao com da italia tambem

a ser verdade a queda do aviao, masi uma vez a noticia era apresentada em forma estranhissima, que me fez recordar o ultimo pseudo acidente de uma aviao das canarias no aeroporto de madris, aqui alvo de comento, cheio de contradiçoes, e faltas de logica , que mais parecm induçoes, trazem estes caralhos na mao o sangie de masi duzentos

prik mer eira primeira ase ser verde ad da primeira quda do avia do circulo do aviao, ou ,sj, seja da gasolina, gas si l ina da queda do aviao, masi umaave za ano do not ti na cia , e ra ap pr es s en t ad a em forma est ra hi serpente sima, q ue me de fez, record ar aro do circullo onze do vaso do primrio do tim do imo do circulo do ultimo aviao, ps eu do acide dente de uma avc, avia o do circulo das cana rias no aero do porto de mad rato do is , a qui do alvo dec o om en to , che do io dec on cruz ra di circulo de cortes do oe espanhol e f al cruz as de logica, das aplicaçoes, ap li dos caçoes das redes, q ue maís par rec cm indo circulo de cortez oe espanhol, cruz ra zem em este serpente car dos alhos na mao do circulo do san gi e, de ma si do vaso zn do sorro ingles cruz delta os

a referencia do prato de sopa que tapa o bacalhau, diz, rid seis way, potter rie es anguloo triunfo dos porcos, fo, dario fo, t urbo diesel, h ome me maior ak do e, do maçonico, madi, m ad di a ll c olo ur serpente un do der garo la se and det teresa g en cruz pro circulo do f orte

curiosamente hoje levantou ferro , um barco branco tipo cruzeiro particular, que ali estivera atracado no casi tambem por alguns dias, com duas bolas brancas em cima como radares, mas que devem esconder, este, ou outros, outro tipo de quipamentos mais sofisticados de espionagem eletronicos

cu do ur do rio, rui, da sa da sam que mente do home oje , primeiro eba bam vam to vaso do ferro, primrio bar rc do co branco t ip circulo c ruze do iro par art tic ci primeiro da ar, q ue ali est ive da vera art aa ar ra cado , br no ca si tambem, por al gun ns do terroristas do Dias, com do às das bolas , das br ancas em c ima com do circulo do ra da ares espanhola msque d eve em ex conde der este , circulo do vaso de outros, um da cruz ip o de qui upa pa am pam men t os maís s o fi st ti cado , br, serpente de es pi on ge me el e rt ro oni cos

Breves

br eve serpente

Que a paciência para historias compridas escritas, continua mínima,

Q ue a p ac cie en cia para hi s tori as co mp rid as es c rita s, conti n ua mini ina,

Hoje quando abri o yahoo, dei conta que na aparência um a 330 , da ligação frança, américa parece que tinha desaparecido do ar, que as comunicações tinham tido uma interferência electro magnética, nem de propósito assim era dito a coisa, se caiu ou não, ainda não se sabe neste momento, e muitos vao a bordo

H oje qua anda ab br rio y a h oo, de i conta, q ue na ap ar e cn cia um a 33 0 , doc ve isca, vaso sic a, da liga da sao frança, am e rc cia ia pa rece q ue da tinha de spa rec id o do ar, q ue às com min u caçoes tinha do ham am t id o uma inter rf feren cia el e ct ro ma gn e tic a, ne made ria de por rp ps o it o as si m e ra dito a co isa, se c a eu o u n cão, a inda n cão se s ab e nest e mo men to, e mui t os vao primeira do bordo, ou do bardo,

Falara eu de prós, para a analise do fractal, no ultimo vídeo, e abrindo hoje yahoo, dei por uma estranha historia de golf, prós, de duas bolas, que uma entrara antes da outra , a parecer o alinhamento, feito pelo detour das declarações proferidas pela senhora Angela e o que elas me levaram a comentar

Fala ra eu de pr os, para a na lise do fr ac t al, no u t l imo v id e o, e ab r indo h oje y a hh o, de ip por uma te s ra anha hi s tori ad ego l f, pr os, de du as das bolas, q ue uma en t r ara ant es da outra , a par c ero al in h am en to, feito p elo de tour das dec la rações por rf e rid as pe la s en hora e ge la e o q ue el as me l eva ram a co men tar

Depois na pampulha, agora vendo os jornais, pelo vento do espirito, que senhor cronista do golf tambem referia, como tendo estrado presente num modo nunca visto, a sequência das imagens nas capas dos jornais e revistas me disseram, que a serpente top da lina do cinema era a culpada, trazia um cartaz um par de algemas, sado maso com os aros cobertos de plumas cor de rosa, da energia, edp, assim me mostrara o vento, ou seja e dp, e ainda se acrescentou pelo vento, o dizer, paramount,

D ep o is na pan pulha, do agora v en do os dos sj dos jornais, p elo v en to do es pi rito, q ue s en homem gor c ron ista do golf tambem refer ia, com o t en do es t ra do pr es en te num mod o n unc a vi st o, a sec , ca non, un cia das si mage en ns nas capas dos jo rna si e r e vi t as me di ss e ram, q ue a ser pente top da l ina do cinema e ra primeira cu l pada, t ra zorro ia primeiro do ca rta az primeiro par de al gema s, sado maso com do os dos aros co be r to s de p l uma s cor de rosa, da energia, e dp, as si m me mos t ra ar a do circulo do ove do v en to, o u seja e dp, e a inda se ac rec en neto u p elo v en to, o di ze rp, para mo un t,

As imagens que me prenderam a atenção, fora, a bela rapariga francesa toda sorridente numa capa, uma outra capa com a bela sharon em cannes com uma estranha linha de contar, dada por uma outra senhora que está na escadaria, e que me pareceu ser a senhora das finanças francesas em dc, se bem, que noa parecesse ser, com os objectos em sua mao, tipo um passaporte e uma papelinho em quadrado inclinado em relaçao ao eixo do primeiro, e uma senhora e um senhor já muito crescidos que comigo ali se cruzaram e ambos disseram obrigado, de um mode estranho, mas obrigado é sempre bom de ouvir, se bem que não houvesse razão objectiva ali para ambos os terem feito, quando quase nem tive que me mexer para lhes dar passagem, depois no caminho de volta o espirito me confirmou masi ou menos frente ao sal nas brasas, que fora um golf, ou seja mais uma vez se confirmava na aparência a relaçao com o miolo da estranha noticia sobre golf, e ainda pelo espirito algo ouvido assim, que os argos estavam imbativeis

A s ima ge ns q ue me pr e dn e ram a a t en sao, for a, a b e la ra pa riga f ar rn ce sa toda sor ride dente nu ma da capa, uma outra da capa com a be l sg aron em can ne sc om uma est ra anha linha de co n tar, dada por uma o u t ra da s en hor a q ue e stá na esca da ria, e q ue me pa rece use ser primeira ra s en hora das finanças francesas, em dc, se b em, q ue noa par rec ess e ser, com os dos ob je tc os em s ua mao, t ip o um p ass ap orte e uma pap e linho em quadrado inc l ina ado em relaçao ao e ix o do primeiro, e uma s en hora e um s en hor j á mui to c r es cio di s q ue co mig o al ise c ruza x zara ram e am bi s di ss e ram ob riga gado, de um mod e es t ra anho, mas ob riga gado é se mp r e b om de o u vi r, se b em q ue n cão h o uve ss e ra z a o ob ject iva al ip para ambos os te rem feito, q ua ando q ua ase ne m t iv e q ue me me xe r para l h es d ar p ass sage em, d ep o is no ca minho de evo l tao es pi rito me c on fi r mo uma si ou m en s o fr en te a o s al nas br asas, q ue for a um g o l f, o use seja mais uma ave z se c on fr m ava na ap ar c eni a a relaçao com do circulo do mi olo da es t ra anha not ti cia s ob r 4 golf e a inda p elo es pie it o al g o o u v id o as si m, q ue os argos est tv am im bat iv vi espanhol

Uma outra imagem pelo simbolismo me chamou tambem à atenção, sarkozy, descendo uma escadas de tribunal, rodeado de dois juizes de manto vermelho pb arminho, medalhados, com a palavra liberdade por detrás de sarkozy, como se os problemas com ele ou ele como imagem estivessem finalmente esclarecidos, fora tambem o que as luzes, quanto existe validade nelas, me mostraram ontem na cas de goa, ao passar, pois a primeira ao lado da porta da lanterna se acendeu a meu passar, e depois a da esquina em ciam do restaurante xanti, se apagou, ou seja de uma outra casa de comida, fechada há muitas luas, que aqui contei, recentemente, ligada com os acontecimentos em cabo verde,

Uma outra rai mage m p elo s im bo lis mo mec ham o u t am b em à a t en sao, s ar k oz id es ced dn no, uma esca da s de tribunal, rode dea ad o de do is ju ll s es de manto vermelho pb arminho, med alha ado s, c om a pal av ra l ib verde ad e por det ra s de s ar k oz i, com o se os por rb l ema s c om el leo u el e com o i mage made ria est iv ess em fina al lem n teresa es clare c id os, for a t am b emo q ue às das luzes, qua anta e x is te v al id ad e nela s, me meo ts r ram , men t iram, m es t rá sm en tor irao, on te mna cas de goa, ao p ass ar, p o isa prim e ria aol ado da porta da lan te rn a se ac en dd eu am eu p ass ra, e d ep o isa da es q u ina em cia am do r es tua ran te x anti, se ap pa g o u, o u seja, de uma outra da casa de comida, fe cha ad a h á mui t as lu as, q ue a qui conte i, rec en te m nete, li gada com os ac on tec cie mn to s em c ab ove verde,

Ontem pela noite a casa de esquina de novo com luz depois de muitas luas sem ser aberta, ali estava um mercedes parta a porta com os piscas a piscar, depois não jardim , masi tarde, depois de subir da estação e ter sido pago com um porra por duas belas meninas grandes africanas que me saíram ao caminho em frente aos carris, de um bmw de prata, com jantas de vela de prata, o mercedes chegou ali ao portão da gnr, largou um rapariga que entrou no civic jipe negro e partiu, no chao, o dias loureiro, dizia num qualquer pasquim, que se demitia, a mim não me deixa nenhuma saudade

On te mp e la no it e ac asa de es suína de nov com da l uz d ep o is de mui t as lu as se m sw e ra berta, al i es tva um mercedes p art aa porta com, do os piscas a psi sec sic car, d ep o is n cão jardim , ma si t arde, d ep o is de s ub i r da est aç sao e teresa s id o pago com primeiro porra, alho do porto, por du as das belas meninas g rand es africanas q ue me sa iram ao ca minho em fr en te a os carris, de um b w n de p rata, com j anta s de eve vela de p rta, o mercedes che g o ua li ao po rta tao dag ne r, l argo u um rapariga q ue en t roi un o civic j ip negro e p art ti un no ca h o, o dias loureiro, di zorro do ia nu primeiro q ua l q ur p as quim, q eu se d emi t ia, am mim n cão me de ix a n en h um a da puta da saudade, da vera

Ainda agora ouvia na antena dois, a confirmação do aviao desaparecido, com crianças à bordo seus caralhos, e rio, a palavra chave que emergia, deste dizer, sobre o espelho desta merda, pelo que aqui em casa se desvelou, vos mostrarei no principio do próximo vídeo, onde continuarei a abordar a queda das torres,

A inda agora o u v ia na nat en a do isa c on firma maçao do avia o de sapa rec id o, com c r ian anças à bordo se us cara alho se rio, a pal av ra c h ave q ue e mer g ia, de este di ze r, s o br reo es pe l h o de sta merda, p elo q ue a qui em c asa se d es velo lou, vaso os mos t ra rei no p rin cip io do por x imo v id é o, onda conti nu ar rei a ab o r dar primeira da queda das torres,

Tambem vi na banca a angelina, que anda estranhamente pálida,

Tam am tambem v i na ban ca a angel ina, q ue anda est ra anha que mente pá da lida, cara pálida, cowboi


Dois comentários, que se desvelaram à minha consciência, nas Palavras ditas em vídeo, primeiro, uma estranha acentuação de uma palavra que indica que as sementes, as tres vem do kaiser, ou seja de alguém na alemanha, o que parece colar com os outros fios recentemente abordados

Do is com en t ar rio s, q ue se d es vela ram à min h a c o n s c ie en cia, nas Pal av ra s dita se em v id e o, primeiro, um e ts r s an h o ac en tua sao de uma pal av ra q ue indica q ue as sementes, as tres v em do kaiser, o use seja de al g eu mna alemanha, o q ue pa rece do colar com do os dos outros fios rec en te mn te ab o rf dados

O logo opel, como eu digo em palavra é um raio horizontal dentro de um circulo, mas os raios na realidade, não se produzem horizontalmente, aqueles que vem do ceu para a terra e os dois ligam, tal não desdita que entre seres pelas ligações entre eles se da nas vezes raios de diversas naturezas e como geralmente estão com os pés nas terra, seria essa a primeira imagem do logo da opel, contudo uma outra se desvela do seu significado, pois um raio no chao, no horizonte, é como um horizonte quebrado, ou seja um fractura na terra, ou seja um movimento de placas tectonicas, ou seja o raio entre pessoas deu origem ao raio que quebrou o horizonte, ou sej, os tremores, ou mesmo o tsunami, visto tudo isto se contextualizar no natal de dois mil e cinco por outras referências incluídas na palavra e na imagem

O l ogo o pe l, com o eu di g o em pal av ra é um rai o h ori zon t al den t ro ode primeiro circulo, masos rai s o n a real id ad en cão se pro du ze em h ori zon t al lem n te, a q ue eels do Aquiles, q ue eve em do c eu para primeira terra, br, e os do is li g am, t al n cão d es dita q ue en t re ser es pe l as liga ç o es en t re el es seda dana s v e ze s rai s ode di vera s nat tir e z as e como fer al lem n te es to c om os p es na s terra, se ria ess a ap rime ira rai mage made ria dol ogo da opel, c on tudo uma o u t ra se d es vela do s eu sig gn ni fi do cado, p o is primeiro rai on o cha on o h ori zon te, é com o um h ori zon te q eu br ad o, o use seja primeiro fr ac tura na terra, o use seja um mo vi men to de pal c as tec toni ca s, t eu toni cos, os dos cavaleiros, cu jo te r mo ap ar e cera em te x to rec en te, o use seja do circulo do raio en t re pessoa s d eu o ire mao rai o q ue q eu br o u o h ori zon te, o use sej, os dos tremores, o um es mo o t us sn ami, vi s to tudo is to ze c on te x tua l iza rato no do aro do natal de dois mil e cinco por o u t ra s ref fr ren cia sin lui d as na pal av ra e na i mage m

Enguias do Aquiles, pois tambem aqui apareceu um muito bela, depois com ela falarei

en gui as do aquiles, p o is tam em tambem a qui ap par rece vaso primeiro mu it t circulo be la , d ep o is el la f al fala are do rei