terça-feira, junho 02, 2009


primeiro do vaso do duplo angulo do onze gari dezoito, dez oi it to circulo do sessenta e nove, kapa ne e , br ace, circulo do veisca do finaceiro do trinta e um da cruz invertida do quadrado da estrela

a sete que continua em cima do barco que veio de londres




quadrado da treceira do porn da estrela do onze do ponto do terceiro

br ac cc ce estrela do sete, de cinquenta en ove, da p de la





primeira serpente fr der serie di gi t al ve o vaso do as ve iscas quadrado da ue ap ar e c em nos cornos es peta do sn os f ur os da made ira az do financeiro bcp, os refe primeiro dos xos, dos beijos invetidos, en t re um vaso, du as v e isi dc sic as











no f e a r


às sociedades nao podem permitir que a comunicação publica de massas, e quem as opera, hoje me dia em grandes grupos concentrados, que dessa forma se crie e alimente e mantenha uma constante cultura de medo e de psicose, pois todas as psicoses em certo grau certo, de latentes passam a reais e tal se traduz, em sangue nas vezes

às soci cie dad es , n cao pode em per mit rato q ue primeira ac com única caçao, pun prim e i ra kapa ica de massas, italia, e q ue ema as da opera, h oje me dia em g ra d es g rup os c on set ra ad os sd , q ue d ess primeira forma , sec rie e al men te e man t en homam da primeira uma co ns t ante cu d ac ruza da tura de med oe e de ps psi sio circulo da se pose, todas, às psicoses, ps psi sic sicos os espanhóis, em ce rt circulo gara do ra tato au de la t en t es p as sam primeira rea ise cruz al se t ra do vaso dez em san gato vaso en as vaso e ze espanhol
é preciso garantir a verdadeira independência aos jornalistas e a todos que operam no espaço de comunicação, seja em que nível for , a que se entenda

é pr e ciso , dente, gara ra tir ave verde ad e ira inde pen dica a os jornalistas, e primeira todos q ue opera ram ni es paco dec deco om uni moni cação, do caco, br, ou seja tvi, ni iv el da for , a q ue se en t en d a
a mentira, a inversão, a meia verdade e a meia mentira, custa sempre mais que a verdade aos homens e aos seres

primeira da mentira da manha, primeira inversão, am me ia ave da vera ad e em me ia men t ira , cu sta se more ma sic q ue da primeira ave verde dade , prim rio os do home om en ns e a os ser , espanhol

e o medo se paga nas vezes em sangue e dor
e circulo da med do circulo da se pa gato da ana ser ep pen te vaso e ze espanhol em san g ue e dor

desde as escolinhas, o povo da gente pequena deve ser ensinada a pensar por si mesma, e em termos das chamadas disciplinas de educação para os medias, ou sobre os medias, devem ser ensinados a analisar a informação que recebem, como tambem a manusear, os medias e os instrumentos que produzem a comunicação, dizendo de outra maneira, nao chega magalhães, para alem das outras questões x que aqui a todos relembrei, mas tambem câmaras, e som, e montagem, desenvolvimento de linguagens, li bg ua ge ns sn, de programação, de acordo com a idade, ou seja , o mesmo que se faz na aprendizagem da linguagem, nao esquecendo estes suportes, tambem

de sd e às das es co das linhas do circulo do p do ovo dag en te pe q ue en ad eve ser en sin ad a ap pen sar por si me sm primeira, e emn teresa mo sd as das c ham ad as di sci p linas de edu caçao, br, para do circulo dos medias, circulo do vaso serpente do ob re os medias, d eve em ser en sin ad os da pi r me ira ana al iza ra in for maçao, quadrado da ue rece segundo em com circulo tambem am manu sea ros os medias, e os instrumentos, q ue pro di ze ema primeiro com unica caçao, di z en do de outra mane da ira , n cao da chega da maga gal home primeira espanhola, para al elm ds de outras q ues tt oe s x q eu aqui primeira de todos re lem br rei, mnas tambem ca mare ra e es s om e mon tage em o use seja , o mesmo q que se f az na ap pr ed dn di iza ge made ira da lin guage em n cao es q ue c en do estes , sup porte p orte serpente tam tambem

depois enquanto estive carregando o vídeo, me deitei por um instante na chaise longue feltro negra e asa vermelha italiana, e o corpo me falou que a matrix treze treze, ou a matriz entendida em seu sentido múltiplo e lato, tem a ver com a clavícula direita , a que me foi partida na adolescência nos olivais como aqui contado, e os óculos mostraram, ser o br ace da estrela do set do onze do ponto do terceiro operado pela inversão dos óculos, ou seja da visão, ou seja ainda relacionada com o grupo da visão, um delta entre duas vesicas, que remete para a imagem da ejecção no circulo polar, a imagem que aqui relatei em dia recente, do astronauta ejectado, coisa que geralmente acontece, quando há problema com a nave em que vai,

d ep o is en aqui da un to es t tve car re gan do circulo do v id e o, me de it e ip por um in s t ante na cha ize longue f el t ro negra e asa ave vermelha it al ian a, e o corp o me f al falo da lou q ue a matrix treze t re ze, o ua mat riz en t en dida em s eu s en tid o mul t ip lo e la to, te ma ave rc om a c la vi c u la direita , a q ue me f oi p art id dana ad o l es c en cia nos ol iva sic omo aqui conta ado, e os o cu l os mos t r aram, s ero br ace da estrela do set do onze do ponto do terceiro opera ad o pe la in, ver sao dos oculos, o use seja da visao, o use seja a inda re la cio n ada com o g rup o da vi sao, do primeiro delta en t red u as vaso e sic às, sicas das iscas das sidas, sig as di ilha do Silas, di da ilha, das sinas, cig gan do ano serpente, q ue reme te para a i mage made ria da e je cc sao cortez, no ci ruc l o polar, a i mage made ria q ue aqui re la te i em dia rec en te, do astra un nata e je ct ado, co isa q ue ger al lem n te acontece, qua anda h á por r b l ema com da primeira ane da nave em q ue eva i,

na chaise longue a imagem do espelho, a tal que serviu a cristina coutinho para pintar a pintura, e um alimentador, ao lado da cinza da clavícula, ou seja que simboliza Salomão, e um genero de justiça, cuja imagem aqui foi uma vez abordada, salvo erro assim de memória, em conversa com o brasil,
na ch a ise l om g ue a ima mage made ria do es pe l h o, a t al q ue ser vi ua da cristina co vaso da tinha do para pin tar primeira pin tura, e primeiro alimentador, aol ad o da c in za d a c la vic u la, o use seja, quadrado da ue serpente si em bo primeira iza do salo mao, e um do g ene ero de justiça, cu j da primeira rai mage maqui do forte do oi de uma ave zorro do ab do circulo da dor dada, serpente alvo e rato do ro as si made ria de me mor ia, em conversa com o do circulo do brasil,

suas putas que emprenham pelos ouvidos dos dizeres alheios e actuam em julgamentos e acções assim feitas unilateralmente, sem distinção de sexo, como de costume, que os caralhos vos fodam a todos, na proporção exacta do sangue e dor de a outros assim causastes, assim querereis que seja , ou confessais os actos e repoem o mal que fizeram

chapeu cento e onze

esta imagem dos oculos, remete tambem para a republica dominicana e para londres, para os hot dogs de londres e para redes, e aplicações, ou seja para os rebentamentos, abordado em pormenor em outro texto a publicar


e sta i mage made ria dos o cu lo s, reme teresa tambem para primeira da re pub lica dom en nin c ana e para de londres, para os dos hot dog s de l on dr es e para red es, se da sea da ap do lic dos caçoes, do circulo da use

seja para os r e b en tamen to s, ab o r dado em por me en o rem de outro te x to a pub li car
serpente do vaso do as das putas, do q ue e mp ren do en ham p el elo serpente do circulo do vaso do vi , id o sd os di ze rato espanhol da al do he do io sea ac tua am em ju primeiro do g am en t os zé dos caçoes, ac circulo de cortez do circulo do espanhol às si maior feitas, uni la teresa rato lala da manha, o que mente, se em di st in sao de sexo, com ode cos t um e, q ue os car alho serpente do vaso do os da foda do dam, primeira de todos, na por rp pro sao e x cat ad o sangue e dor de da primeira de outros as si em ca usa sas te is,

curiosamente antes da queda ou da pretensa queda do aviao, um jornal português dava conta numa capa de um ex presidente brasileiro que ao que parece estaria envolvido em corrupção com compra de terrenos ou casa em Sintra

cu rio sam nete ant es da q u dao u da pr e t en sa queda do aviao, um jornal portu g ue es da ava conta nu ma

cd da capa de um ex presidente brasileiro, q ue ao q ue pa rece est aria en vo l v id o em co r rup sao com co mp r ad e teresa reno s o u c asa em sin gt ra

o alimentador negro, é o spirit, da mesa de mistura folio lite, da mesma marca que era a do miguel dos ref, o que foi morto em acido

o al i men t ad dor negro, é o spi do rit, da mesa, madrid, de mis tura f o lio do lite, da me sm ama rca q ue e ra primeira do miguel dos ref, o q ue f oi mor to em ac id circulo

ou seja , uma testemunha parece existir do rito que levou ao arrebatamento em madrid, se ainda estiver vivo,
o use seja , uma t es te primeiro da mu da unha pa rece existir do rito, q ue l evo ua do circulo do ar r e b en tam en to em mad rid, sea primeira inda est iv e rato do vivo, tv ou vaso do ivo

por proximidade aparecendo o hull, de novo parece ser o hulk,

por pro x em id ad e ap ar e c en dó do circulo do h u ll, de en ovo pa rece s ero do hulk, homem do vaso do primeiro da Kapa, a revista, um dos caralhos mor, das merdas constantes

cristina coutinho, pedro rolo duarte, grupo sete, , grupo projornal, kapa, face , etc,

cristina co u tinho do pedro r olo d ua arte, g rup do circulo do sete, , g rup do circulo da pro do jornal, kapa, f ac e , é tc, time code, ti me do code

por cima o navio que veio de londres, north star, hull, dezoito de cinquenta e nove,

por rc ima o n avio q ue veio de londres, not home do star, home do vaso do grupo ll, dez o it o de cin q eu en t a e en ove,

a primeira das incongruências sobre o acidente do aviao, ou aparente acidente, fora a primeira informação, quando disseram que ninguém sabia onde ele teria no mar eventualmente caido, tal é impossível, pela massificação dos gps, e tambem pela rede de satélites de diversa natureza que cobrem o globo em continuidade

a prime ira das inc on g rue en cia ss ob reo do circulo do acide dente do avia circulo espanhol, o u ap par da ren te acide dente, for a ap pi r me ira in fom, o cabrão da efe, raçao, qua anda di ss e ram q ue nin g eu m s ab bia do ia onda el le teri ano dp mar eve en tua lem n te ca id o, t al é i mp os serpente iv el, pe la massi fi caçao do sg do ps, e tambem pe la rede de sate lite s de di versa nat ur e z a q ue co br emo do circulo do cabrão do globo, brasil, em conti nu id ad e

ora parece aqui se desvelar importante matéria sobre a verdade contida nestes assuntos

e à sic a a tvi, e aos caralhos dos filhos da puta ds caçoes que estão por detrás, não sabeis que mentir às gentes, é crime!

e à sic a a tvi, e aos cara alhos dos fil h os da puta ds caçoes q ue es tao por det ra serpente sn n cão s ab e is q ue men tir às gentes, é c rim e!

Porque razão, se mantêm no silencio obsoluto face ao roubo de meu filho, seus filhos da tremenda puta!

Por q ue ra za o, se man te m no si lem n cia ov, italia, sol u to da face ao ro ub o d e me u fil h o, se us fi l h os da t rata da rua da emenda, puta!

O que respondeis às acusações que vos tenho vindo a fazer em mode especifico, ou o vosso silencio de novo as confirmará!

O q ue r es ponde is às ac usa ç o es q ue vaso os t en h o vaso indo a f az e rem mode es pe ci fi co, o u ov osso do silencio, fr, de no ovo as c on fi r ma rá!

Quem deve trazer experiência ou em deitar aviões a baixo, ou em os cobrir, atendendo a que como empresário de parafusos e de comunicação, nunca na aparência investigou a morte de sá carneiro, e im dos vossos patrões, o pinto balesemao

Q eu em d eve t ar ze r ex pe rie en cia ou em de itar avio es a ba ix o, o ue emo s cobrir, a t en den do a q ue com o e mp presa rio de para fusos e de com uni caçao, n unc ana ap ar rec ni a in v es tigo ua m orte de sá care ni ro, e im do serpente do vaso dos ossos pat ro e, circulo do pinto do bal da se do mao, o balsemao

O senhor não só é um patrão de medias, mentirosos , como cobridor de pedofilos e de ladroes de crianças, e cúmplice de terroristas nos seus jornais e outros meios de comunicação

O serpente da en hor da rn do cão da serpente do acento do no circulo de ó, é o primeiro patrão de media serpente, men tir roso , com do circulo do co br id dor de pe do fi lo sede dos ladroes de crianças, e cu mp do primeiro ice de terroristas no serpente da se us jornais e outros de outros meios do com do cabrão da universidade de comunicação, o caçao de todas e ws t as si lu serpente do circulo espanhol,

De facto quando no vídeo anterior interpelo uma das suas putas, a palavra que uso, é pêro, ou seja cao espanhol, o falo do inter, ou seja o falo do tremor em abruzzo, queira por gentileza, seu pedofilo, o confirmar, visto que fontes da maldade não lhe faltam, com tantos meios


De f ac to qua anda do no do v id e o ante r iro inter p elo uma das ua s putas, a pal vaso do ra q ue us o, é p ero, o use seja cao es pan da hol, o falo do inter, o use seja do circulo do falo do tremor em bar i zz o, q eu ira por g en til e za, s eu pedo fi lo, o c on fi rato do mar, vi s to que font es da dama do dam da al dade n cão l he f al tam, com t ant os me do io da serpente


Ou pensara porventura que as gentes são estúpidos e que a única razão pela qual os senhores não fazem o seu trabalho, é porque cobrem quem o praticou e provavelmente neles estão implicados


O vaso do pen da inglesa sara por vaso da en tura q ue as da gentes, revista, são est u pido da sec , do caralho do ca non, q ue a única ra z ao pe la qua da ual do primeiro do os s en hor es n cão f az emo s eu t ra do alho all, é por q ue co br rem q u emo p art tico ue por v ave l mente nel es e serpente do tao em mp li cado, br, serpente

Há cinco minutos atras sensivelmente no yahoo, pelas vinte e dois e quinze , em traduçao declinada

Há c inc o minu t os at ra s s en silve l mente no y a h oo, pe la s vinte e do ise do quin ze em cruz ra d vas sao dec l ina ad primeira

fernando noronha, brasil az e prim e iro traço ingles no brasil m e primeira coluna ian militar p primeiro da ane serpente forte circulo un quadrado a 3-m ile en teresa rata par ren te sis da estrela da kapa, da ilo do meter, ca min h o pa cruz do home circulo forte w rec ka ge, f ar ad a delta do trovão, rai circulo, em cruz homem ingles A cruz lan tic do oceano, circulo on fi rat ming cruz hat an Air Fr anc e je cruz car rat ying segundo maestro do pe circulo p le circulo rash, nelo da ra di do circulo da cidade e din da cruz homem ingles sea, quadrado efe da inglesa se mini serpente teresa do Nelson do J ob em sa id dt da cruz da ue sd primeira do delta. J ob em to primeira coluna quadrado rat e porte rat sin Rio de Janeiro cruz hat cruz homem ingles di sc ove r y en teresa rat par ren te sis, do circulo on fi rat ms cruz hat, cruz homem ingles p primeira coluna ane w en td circulo w nin cruz hat ar tea," homem un dr e ds circulo fm ile es (k ilo mete rat serpente) fr om the Br az i primeira coluna ian arc hi pe lago circulo do forte Fernando de Noronha.


He sa id dina mic t rac king cruz homem ingles st rip circulo forte w rec kage inc lu ded met all i ca e dn non meta ll i circulo pie circulo es, but quadrado id not quadrado es circulo rib e cruz homem ingles min quadrado eta e ino bo di espanhol do we, do re serpente pot ted em cruz homem ingles circulo ra sh circulo ft homem ingles Air rat b bus sin w hi c h all ab circulo a rat quadrado ar e be lie eve dina mic t rac king circulo homem ave di e quadrado.


T homem ingles discovery cam e do just, agencia, homem circulo ur serpente a ft teresa au cruz homem circulo rat it tie es ano un sed cruz homem ingles delta homem ad forte circulo un dan air rp primeira coluna ane an air p primeira coluna ane da seat, an circulo range bu circulo delta e si gn serpente circulo forte f orte ue primeira coluna ina p art circulo ft homem ingles Atlântico Oceano wi cruz homem de pt homem serpente circulo forte up tot homem rat ee mi ilha primeira coluna es (4, 80 0m e te rat serpente).


J ob em serpente a id rec ove rat delta circulo forte cruz homem ingles circulo forte cruz homem ingles p primeira coluna ane serpente pp ss coc ck pit vo ice e data rec circulo rat der serpente circulo duplo vaso primeira coluna db be di forte fi do culto beca au use circulo ft homem ingles dep cruz homem circulo ft homem ingles oceano w her e cruz homem ingles de br is sw as forte circulo un quadrado.


"It serpente ss gato circulo ingles to be eve rat delta homem ard to sea arch for it beca use it co vaso primeira coluna quadrado be at a de pt homem circulo forte 2, 000 meter sor 3,000 mete rat serpente (6 ,500 to 9,8 00 fee) em cruz hat ar rea circulo ft homem ingles oceano," J ob em sa id.


traço da Al lan circulo da anc primeira coluna en quadrado en ning rat ep orte ted fr om Sao Paulo. Ass circulo cia ted Pr ess W rite rat das histórias do Az zorro oni circulo on cruz rib vaso ted fr om Sao Paulo.

no yahoo, de esta madrugada se fala já da estaçao dos ciclones, que eles nao estao onde deveriam estar, vendo o video, se le top serpente tory, pup up, ou pop up, magazine, musical, odo circulo do joe bastard, de cabo verde, assim parecem dizer os meteorologistas do outro lado do mar

no do peru do delta da primeira do home da girafa do duplo circulo , de est madruga gada se fala, f al la da j do acento da primeira da est ac sao dos cic primrio do circulo dez one es , que el es n cao es ato onda d ebe ria am es tar, vaso en do do circulo do ov, fi at italia, id é circulo do se le top da serpente tot rot delta, p da el eva sao quadrado da up la, circulo do vaso po up maga zorro ine mu siva sic al o do circulo do joe bernardo, dec an circulo do verde, ass se em mp par rece em di ze eros os met teo rol li gi st as do outro lado do mar, ou seja na ma erica

sabe bela menina, esqueci de lhe contar, que depois a menina trazia assim o seu dedinho indicador, se bem me lembro a apontar para cima, e eu olhava as copas das árvores a ver se a via, e olhava e olhava, mas nao a consegui ver, depois veio o passarinho contra a janela como lhe conto e o que me esqueci de lhe contra, foi uma coisa mesmo estranha que se passou em seguida, pois cortei umas salsichas para grelhar, provavelmente porque vira pela primeira vez um jovem senhor a grelhar no grelhador de tripé aqui num pátio das traseiras, e quando olhei a minha salchicha, salvo seja minha, e melhor dizendo, a que ia comer, era como um dedo, pois trazia assim até desenhado em sua ponta uma unha, espero que nao tenha perdido nenhum dos seus belos dedinhos, no fundo quando a vi assim, apontava mais ou menos a janela onde o passarinho esbarrou, no fundo creio que era a menina a dizer-me para limpar as janelas, mas quem sabe, pois ao que parece um aviao caiu, certamente nao porque chocou com um janela, que nao consta que existam no ceu, mas enfim, sem fim se me entende

serpente abe ne la menina, es quadrado europeu circulo id el do home ingles conta ar , quadrado europeu quadrado ep circulo isa da menina vaso ra zorro do ia ass simo do cir rc vaso lo da serpente europeia seu dedinho, indica dor, se segundo em me lem br circulo , prime da ira ap da p on vaso ra do para do circulo ima, e europeu circulo l homem oma av às das copas das arvores, rato art do circulo rato espanhola, ave rato se avia, e circulo l homem do vaso da primeira , nma sn cao ac on se do gui ver quadrado ep circulo is do veio do circulo do passarinho, do para primeira do principe ingles le com do circulo do home ingles do conto, e circulo do quadrado europeu da me es quadrado europeu circulo id el he contra, f do io uma co isa me sm circulo est ra anha quadrado europeu se p ass circulo vaso, quadrado europeu se da ep ass circulo do vaso, em se da guida, p circulo is co rt et e uma serpente dupla norte sul das cinhas para grelhar, para dos grelhados, por ova ave el le lem mn te por quadrado europeu vaso da ira pe la p rim eira ave zorro primeiro principe ove em serpente ingles hor prime ria grelhar, no do dog re l homem ad circulo r 4, da cruz rip qui nu p rim rio do io do pat ti circulo das traseiras, e quando olhei primeira do minha serpente norte sul cic homem primeira do, serpente alvo seja min homem primeira do, e mel hor di zorro ingles do, primeira do quadrado europeu ia co mer, e ra com circulo um dedo, p oi star zorro ia as si ma té de serpente ingles homem ad circulo em serpente ua ponta primeira unha, es p ero quadrado europeu muito cao cruz ingles homem primeira do per dido muito ingles homem um dos se us segundo elo serpente de din homem os, no fun do qua anda primeira do vi as si m, ap pao em cruz ava maís circulo um ingles os primeira do principe ingles le onda do circulo onze do passarinho es bar ro vaso, no f un doc rei, circulo quadrado europeu e ra primeira menina ad di ze rata do traço da inglesa me para l om mp ar às das jane la serpente, masque m serpente abe, p circulo isa do circulo do quadrado europeu pa rece primeiro do avia, gasolina espanhola circulo ca europeu, ce rta tam am maior net muito cao por quadrado europeu choco vaso com primeiro da jane la, quadrado europeu muito cao co nos da serpente sa da serpente el le sao da norte sul cruz aqui da europeu e xis tam no circulo europeu, mas ingles fi maior , se ema iro me ingles cruz ingles de en ten de


olho-a neste belo seu sorriso e lhe faço um poema surrealista concreto, assim reza em amor puro, se não o for, que arda

o prime rio do home do circulo do traço ingles da primeira do nest e b elo serpente do eu do sorriso, dos trovante, el he forte do ac do aco do primeira poe da ema sur rea lis rac em creta, as si mr rato e zorro da primeira em amo rp ur circulo da se en cão do circulo da for quadrado da ue ard primeira rata quadrado rda

piu, piu, zzzzz, abe linha, b ling, blinbm bling, ypu gu gu dada, smasckkkk, au au, au, samascksss, oh, oh, oh, uff uff, uff, ahhhhhhhhhh, miam miam, nhac, crac nhac, humm, hummmmm, ohhhhhh, kiss kuss, fusssss, oh, ahhhhhhhhh, river, ohhhh, milk, ll lalallala, ah, miau, miauuuuuuu



a puta da sic, a clara de souza, pelo que dela hoje vi ao jantar, sabe bem deste passe, e sendo que a puta é só uma das caras, ou seja , outros por detrás, certamente

primeira da ap da puta da sic, primeira da clara de souza, p elo q ue del la home da oje vi ao j antar, s ab e b em de este passe, e s en doque primeira puta é s ó uma das caras, revista, o vaso da use seja , outros por det ra s, ce rat te que mentese fosse homem de apostar , diria que a tal canção que passava esta tarde na radio, marginal, em francês, teresa rá, terá desaparecido, e me digam, senhores das pretensas autoridades, fareis alguma coisa, ou para variar ficareis em silencio, face e est matança se a tiver sido

se fosse h om mem de ap post star da ar , di ria q ue a t al can sao q ue p ass ava e sta t arde na ra di o, mar gina al, em fr anc es, teresa rá, te rá de sapa rec id oe me dig gato da am, s en hor espanhola das pr e t en sas au tori e dad es, fa reis al gum ac co aco da isa, o u para v aria ar fi care is em silencio, fr, face e est matança sea primeira t iv e rato serpente id circulo


se fosse homem de apostar , diria que a tal cançao que passava esta tarde na radio, marginal, em frances, téresa rá, terá desaparecido, e me digam, senhores das pretensas autoriedades, fareis alguma coisa, ou para variar ficareis em silencio, face e est matança se a tiver sido