sexta-feira, junho 26, 2009

Ouvira eu pelo espirito, uma voz que dissera, não devíamos ter usado aquela modelo, ou seja , se confirma assim o modo de operação de cios, feitos nas revistas, por parte de gente que o sabe e o faz expressamente, a questão, está em saber, qual exactamente, e mais do isso, por mais importante, quem , que grupo, a resposta, estava aqui movimento das revistas em cima da chaise longue que se reflecte numa das imagens já qui recentemente abordada, relativa, ao cabido e ao anzol, e o transformador, spy rite, assim agora nelas se le, a p da caras, revista

O vaso duplo da ira do europeu do p elo espanha pi rito, uma vaso oz que di ss e ra, n cão espanha e via amos ter usa sado aquela mod elo, o vaso do seja , se circulo da on firma as si mo mod ode o pera sao de cios, feitos nas rato e vaso ista serpente, por p arte de g en te quadrado ue circulo ,o sabe, e circulo do f az e x press sam am que mente, a quadrado europeu serpente to a, e stá em serpente ab e rato, quadrado ual e x ac tamen te, e maís do iss o, por maís i mp porta ant e, quadrado europeu m , quadrado ue g rup o, a rato espanha ps ota, e stav primeira aqui do qui, no mo vi men to das rato e vi sta serpente e mc ima da ca há ise do longue quadrado ue se refe primeiro circulo da te numa da sima ge ns j á qui rec en te mn te ab o rato dada, re la cruz dupla, ao ca bid oe primeira do circulo do anzol, e o cruz ra sn for mad o rato, spy rite, as sima gora nel as se le, a p da caras, rato e vaso do ista

Neste momento a imagem se mexeu, em ligeiro, assim desvela pi da caras, com a barbara guimaraes, na capa, e o pi de photo special japan, o arame do cabide, entra no circulo vermelho, como cobra , o circulo vermelho da capa da photo do especial japan, em seu trajecto, perpendicular por cima uma vesica azul e branca samsung, depois um angulo apanha as perinhas e anca, da gravura da capa do livro do michael parker, e o gancho apanha um cabeça rapada, oceano, marina mota, carlos cunha, e oceano uma forte amizade

Nest e mo men to a i mage m se me x europeu, em lige iro, as si m espanha e vela pi da caras, com a bar ab ar primeira do gui ima ra espanha, na capa, e o pi de ph oto sp e cia primeiro j a pan, o ar am me espanha do circulo do ca b id e, en cruz ra ano circulo da ur circulo da y k primeiro do circulo vermelho, com o cobra , o circulo vermelho da capa da ph oto do p espanha cia primeiro j a pan, em serpente europeu cruz ra ject o, per rp en di cu pi rato me iro da ar circulo da ima uma ave e os ca az vaso le br anca sam serpente un g, espanha ep o is primeiro angulo ap anha as das perinhas e anca, da g ra vaso ur ad da primeira da capa do primeiro iv rod circulo do mic h a el p ark e re do circulo do gancho ap anha um cab eça rapada, do oceano, mar ina mota, car primeiro home do serpente do circulo da cunha, e o cena o uma f orte am iza z ad sd

Ora vejamos, algumas das belas que aqui apareceram em capas em dias mais recentes, a primeira que me fez olhar, à luz do escutado em dia recente do que o ra de anka, teria as tres primeiras cruzes, e uma muito bela que aparece na revista gadget com um cruz , t3, a negro sobre branco que ressoava nesse recente escutado ao descer para a expo, mais ou menos onde antes vira a ultima foto da gisele, deitada na rede da ostra

Ota veja am amos, al gum as das be la serpente quadrado ue a qui ap ar e ce ram em capas em dias maís rec en te sa da primeira quadrado ue me de fez o primeiro home da ar, à primeiro uz do espanha cu cruz ad o em dia rec en te do quadrado ue circulo do ra de anka, te ria as cruz ratos espanha prim ria serpente circulo da ur zorro do vaso espanhol, e uma mui to be la que ap ar rece na revista g ad jet com prime rio do cruz , t3, ane gor serpente ob re branco quadrado ue rato esso ava ness e rec en te espanha cu cruz ad o a o de sc e rato para primeira da expo, maís o um en os onda ant espanha vaso da ira da primeira da vaso primeiro cruz ima f oto da gi sele, delta dana rede da ostra

Ota, lembra sempre a besta que vai nas veste de ministro, o mario lino, que aparecia hoje num jornal a olhar para baixo, como se soubesse bem o que teria andado a fazer, e lembra f 16 caídos

Ota, lem br a se mp rea primeira besta quadrado ue eva ina serpente vaso este de ministro, co circulo do mario lino, quadrado ue ap ar e cia homem oje nu primeiro do jornal, da primeira o primeiro home da ar do para ba ix o, com o se serpente o ub ess e b emo quadrado ue te ria anda do dado a f az e re lem br a f 16 ca id os

Ouvira europeu tambem pelo espirito , que falharam eles então, o casamento, o que se encaixava na linha anterior escutado, ou seja uma tentativa de casamento, através de um anzol, um casamento daqueles que de preferência dá troves, no ceu, ou seja potência energicamente por transferência , quem assim conseguem casar por imagem

O vaso duplo da ira do europeu tambem do p elo espanha pi rito , quadrado ue f al haram el espanha en tao, o ca sam w en to, o quadrado ue se enca ix ava na linha ante rio rato espanha cu cruz ado, o vaso do use seja uma cruz en tati cruz de ca sam en to, at rav espanha de um e z o primeiro, um ca sm en to da serpente quadrado europeu el espanha quadrado ue de pr efe rec na id á cruz rato ovo espanha, no circulo da europeu, o vaso do seja poe dn cruz n cia ene rato ge tica am que mente por cruz ra sn feren cia , quadrado vaso em as si m circulo da on se g europeu em ca sar por i mage maior

Outra era a bela rachel adams, adams, muito andava a aparecer no corte das linhas quando de repente a bela rapariga apareceu numa capa de um revista inglesa, colocada estrategicamente num dos quiosques ali ao lado da tentadora, estranhei, pois ali não costumam estar revistas estrangeiras, ou seja meu dedo me disse logo, aqui há goto, ou gata, bela, com um belo sorriso

O vaso cruz ra, era primeira be la rac hel ad do dam ms, ad am serpente, mui to anda ava a ap ar e ser no da corte das linhas, qua anda de re pen te primeira bela rapariga ap ar rece vaso nu ma da capa de primeiro da revista inglesa, circulo da olo cada est rate gi cam am que mente nu primeiro da made ria dos qui os quadrado vaso espanha al ia circulo do primeiro do ado da tentadora, est ra anhe ip o is al in cão cos cruz uma am est ra rato e vi sa ts est range ira serpente, o vaso da use seja me vaso do dedo me di ss e primeiro ogo, au i h á g oto, o vaso g at a, be la, com um b elo sor rato is circulo

Nas amoreiras, entrara na livraria por um momento, e vira a bela holly hunter, caçadora sagrada, e um escutado que se poderia ou não a ela aplicar, que era a estrela dupla da expo, em noventa e oito, mas caçadora sagrada, traduz diana, e diana aparecia tambem num outra revista nacional com sua esposa e seus filhos radiantes, ou seja parecia assim , alguém insinuara que a estrela do pi em noventa e oito fora a diana, a modelo que entrara no water time, ou lisbon exposed, como o icep lhe preferira chamar

Na serpente am mor e ira san cruz rato ar ana da livraria por um moe mn to, e vaso da ira da primeira be la h o ll delta do hunter, ca cado cortez ra sagrada, e um espanha cu cruz ad o quadrado ue se pode ria o un cão a el a ap li car, quadrado ue e ra primeira estrela dupla da expo, em noventa e oito, mas ca sado ra sa g rato ad a, cruz ra do zorro da diana, e diana ap ar e cia tam b em nu prime rio de outra revista nacional, com serpente ue espanha pose se us fi primeiro h os ra di ant espanha, o vaso seja par e cia as si m , al gume is n sin ua ra quadrado ue primeira estrela do pi em noventa e oito for a ad iana, a mod elo quadrado ue en cruz rato ar ano do w a te rato do time, o vaso lis b on e x p o sed, com do duplo circulo do icep primeiro he pr efe ria ra circulo da home do ham da am mar

Tiago , o nome do esposo de diana, a ressoar no nome que recentemente me aparecera, mais um a juntar a lista dos tiagos, como quase teste americano múltiplas escolhas

Tiga o , circulo em no do me espanha oe espanha ps os de diana, a rato esso ar no no mec do quadrado da ue rec en te maior maiot, f acto serpente de banho, rodrigo cunha, nete me ap ar e cera, maís um a j un tar a primeiro is cruz ad os ti gato serpente circulo, com o qua ase te serpente te am erica ano no das mul cruz ip la serpente espanha co primeiro homem às

Depois uma bela menina pequenina, com um ar muito decidido , que creio ser espanhola, e uma estranha interacção pelo espirito através das capas dos livros num cio que ali decorrera, creio que com uma mulher que ali poisou por largos instantes tambem a ver revistas

D ep o is uma be la menina pe quadrado ue nina, com um ar mui to dec id dido , quadrado ue circulo da rei o ser espanha pan hola, e uma espanha cruz ra anha inter raçao p elo espanha pi rato to at rav espanha das circulo da ap as dos primeiro ov ro serpente n um cio quadrado ue al i espanha ec o rr e ra, circulo da rei o quadrado ue com uma mul her quadrado ue al ip o is o vaso por primeiro argo serpente in serpente cruz ane ts tambem primeira ave rata das rato e vi sta serpentes

Pois uma capa, como que gritara, e me dissera, no , no, mas trocando o sexo, como se fosse europeu mulher a dizer isto a um jovem, que por sua vez era virgem, algo assim em tom, já te disse que no

P o is uma da capa, com o quadrado ue g rita ra, e me di ss e ra, no , no, mas cruz roca anda do circulo do sexo, com o se f os se europeu mul her a di ze rato is to a uma j ove em, quadrado ue por serpente ua ave z espanha ra vi rato ge m, al goa ss em e maior tom, j á te di serpente sec do ue no, do durao, então

Um outra linha, dizia, uma outra bizarria, assim terás a terra, e a única mulher que de alguma forma ali a simbolizava numa belíssima fotografia, era a gisele, pois estava como nua em suas belas sandálias, vestida de hera

Um de uma outra da linha, di zorro do ia, uma outra b iza rato da ria, as si em te rá sa terra, e a única mul her quadrado ue de al gum a forma al ia serpente im b o primeiro iza ava nu ma be primeiro iss ima foto g raf ia, e ra primeira da g ise see primeiro, p o is e ts vaso a circulo da omo nu a em serpente vaso as be primeiro as sand al ia serpente, vaso espanha cruz id a de her primeira

Tres outras talvez de idade semelhante, portuguesas, apareceram antes numa outra capa, uma delas particularmente bela, que foi tambem alvo de um passe, pois num mesmo escaparate, de um dia para o outro, era a única na capa escondida, como propositado, em ocultação daquela que alguém deveria ter-me observado a observar, alguém que estaria na paragem dos autocarros em frente, pois uma bela rara para o local ave, por ali poisara, ou seja mais um passe de cio dos chamados especialistas nas revistas,

T rato espanha outras cruz alvez de id ad e semem primeiro homem ante, portu guesas, ap ar e ce ram ant espanha nu ma outra da capa, uma de primeiro as p art ti cu primeiro ar que mente bela, quadrado ue f oi tambem alvo de um p ass e, p o is nu p rie mr do io me sm o esca par rate, de um dia para do circulo do outro, e ra a única na capa espanha condi dida, como pr e posi cruz ad o, em o cu primeiro taçao daquela quadrado ue al g europeu 3 m espanha eve ria teresa cruz rato alo da inglesa me ob serva ad o a ob ser vaso da ar, al g delta europeu em quadrado ue est aria na ap rage em made ria dos autocarros em fr en te, p o is uma be la rato ar a para o la circulo da al ave, por al ip o is sara, o vaso do seja maís um p ass e de circulo da io dos circulo da h am ad os espanha pe cia primeiro ista serpente nas re vita serpente, mercedes, mer cede serpente

Na casa da esquina da capitão pallas, numa desta noites ao passar, com as portadas de um quarto propositadamente abertas, com luz, se via um tábua de passara a ferro, com um ferro em cima, que me remeteu para um dos elementos do cio do tremor em abruzzo, no dia seguinte, uma caixa de sapatos branca a porta com o nome de adams, e ainda depois , apareceu a caixa, amachucada , como pisada

Na ac asa da espanha quadrado vaso ina da circulo da apit a o pa ll as, nu ma de sta no it espanha ao p ass ar, com às das portadas, de um qua art rt circulo pr e pp o sita dam am que mente ab e rta serpente, circulo da om primeiro uz, se da via um cruz abu a de p ass sara primeira do ferro, com do primeiro ferro em circulo da ima, quadrado ue me reme te europeu vaso do para um dos el lem en to serpente espanha o cio do tremor em abruzzo, no dia se gui em te, uma da caixa de sapa patos br anca primeira da porta com circulo do no me espanha e ad dam am se a inda espanha ep o is , ap ar e circulo da europeu a ca ix a, am ac home do vaso do cada , com do circulo do pi isa serpente ad a, sada

Uma outra linha pelo espirito dizia, a américa tudo fará para salvar a terra, que alguns partiram para espanha, presumia-se com esse objectivo, mas de que terra falaríamos, ou melhor, falavam

Uma outra da linha da p elo espanha pi rito di zorro do ia, a am erica tudo f ar a para serpente alva ra terra, quadrado ue al g vaso y ns p art iram para espanha pan anha, pr ess vaso mia do cruz rato alo da inglesa se com esse ob js cruz ivo, mas de quadrado ue terra f al ar imo serpente, o vaso mel hor, f al ava am vam

Fadinha gwen, deixe-me ainda lhe acrescentar um cereja, a imagem, pois uma linha de muitos aqui se insinuou pela comunicação social, nas tvs, que me fez recordar ainda uma outra memoria que se pode ou não relacionar com a imagem que a menina mostrou com suas belas perninhas cheias de gel a mais

F ad dinha g w en, de ix e do traço da inglesa me a inda primeiro he ac rato espanha circulo da en tar um, ser e j a, a i mage made ria mp p o is uma da linha de mui ts circulo pata vaso ise in sin o vaso pe la com única caçao soci al, na serpente tv, serpente do que me fez record ar a inda uma o vaso cruz ra me mor ia quadrado ue se pode o un cão re la cio n ar com a primeira rai mage made ria quadrado ue primeira menina mos cruz ro vaso com serpente vaso as be primeiro as per nin homem às che ia sd e gel primeira am maís

E se como agora no corte do parágrafo anterior se desvelou, ser da parte dos sic, a puta da companhia do balesemao e dos psd, ela, a linha do cio, veio pela rtp, a provar mais uma vez duas coias, como andam aliados neste temendo e continuo cio, e dois, como todos espiam e tem acesso, a minha casa e aos meus papeis, e se lhe dou esta linha a conhecer, é porque gosto de si, pois como disse, não estou para aturar bandidos, neste pais podre onde estão todos malucos, haverá de ver, as constantes fitas e tretas que todos fazem, como macacos no circo, inclusive por aqueles que dizem trazer responsabilidades políticas no regime, é uma tristeza, e um sinal inequívoco, que estão todos malucos, que efectivamente o vírus, o perigos, lhes afectou a todos a mioleira, pois de resto, sobre as gravíssimas acusações que lhes faço, nada, mantém-se no silencio absoluto, que filhos da puta, é caso para dizer em toda a propriedade

E se circulo da omo do agora no co rte do para g rafo ante rio rato da se espanha e velo lou, ser da p arte dos sic, primeira puta da companhia do balesemao e dos psd, el a, a primeiro in home da primeira ado do cio, veio pe la rata do tp, a por vaso da ar maís uma ave zorro do às co ia serpente, circulo da omo anda dam am al iad os nest e te reme dn circulo, oe conti nu do circulo do cio, e do is, com o todos, espanha p ima e teresa m ac ess circulo, a m min home da p rie mira a circulo da asa e a os me us pape ise da se primeiro he do ue sta da linha dam primeira do ac circulo da on he ser, é por quadrado ue g os to de si p o is com o di ss en cão espanha to vaso para at ur ar ban dido serpente, nest e do país, da tvi, pode re onda est circulo da primeira de todos os malucos, h ave rá de eve ra serpente co ns cruz ant espanha das fitas e cruz ratas eta, serpente quadrado ue todos f az em, com o m aca cacos no do circulo da irc o, inc primeiro vaso serpente iv e por a quadrado vaso lee serpente quadrado ue di ze maior cruz ra ze rr espanha p o sn a b bil iad espanha poli tca serpente no regime, é uma cruz rato is te zorro da primeira, e um sin al ine qui vaso do ovo, quadrado ue est o da primeira de todos malucos, quadrado ue efe ct ia vaso que mente do circulo do vi russo pe rig os, primeiro he sa fe circulo da to ua de todos a mi ole ira, p o is de rato espanha to, serpente ob re as g rav iss ima serpente ac usa ç o espanha quadrado ue primeiro he serpente f aço, n ad dama do dam am ,man teresa maior do traço da inglesa se no do silencio, fr, ab sol vaso to, quadrado ue fil home do os da puta, é caso para di ze rato em toda a pro p rie espanha ad e

Diziam eles por diversas vezes nos dias seguidos a europeu lhe ter publicado a si as letras que sobre este assunto lhe publiquei, não te esqueças do testamento, ora testamento não trago europeu nenhum ao que saiba, mas sei bem ao que eles se referem, e se a isso se referem, e porque tiveram e trazem acesso aos meus papeis, na verdade, tudo espiolharam em forma sistemática e até a lupa

Di z iam el espanha por di vera serpente, vaso e ze ser ep pn da teresa dos no sd do circulo do dias, o caralho do psd, se gui dd id os primeira do europeu, prime rio he teresa pub li cado a si às das letras quadrado ue serpente ob re este as sun to, primeiro he pub lic do quadrado da europeu in cão te espanha quadrado europeu ç as do cruz espanha tamen to, o ra cruz espanha tamen cruz on cão da cruz do rag do circulo do europeu n en h um da primeira do circulo do quadrado ue sa da iba, mase i be mao quadrado ue el espanha se refe rem, e sea da primeira do iss circulo da sé refer rem, e por quadrado ue cruz iv vera ram e cruz ra ze em ac ess o ao serpente me us pap e is, na verde ad e, tudo espanha pi o primeiro h aram em f oma sis cruz ema tica e primeira da teresa, a primeira lupa

Nestes últimos dias, duas estranhas noticias manhosas como sempre , a primeira a continuação da mesma manha, de pensarem que me confundem com o socrates, ou algo, assim, que o secretario dele, coisa que como todos sabem não trago europeu nenhum, tinha falsificado documentos no caso freeport, no meu caso, como todos sabem do que a todos tenho digo, é mais de falsificadores, que aqui entram e levam os meus cadernos e falsificam nas vezes parte da escrita, a ressoar num processo levantado a cinco administradores do bcp, pelo mesmo motivo, quem diria

Nest espanha vaso primeiro cruz imo serpente do dias, do às est ra anhas not ti cia serpente man h o sas com o sempre , a prime ira a circulo da o ny cruz in ua sao da me sm am manha, de p en serpente ra em quadrado ue me circulo da on f un de mc om o coc rat espanha, o ual goa ss em, quadrado ue do circulo do secretario dele, co isa quadrado ue com o todos abe mn cão cruz rago europeu n en h um, tinha f al sif i cado doc europeu en cruz os no do caso fr ee port, no me vaso caso, como td os o serpente abe m, todos o sabem, friso, do quadrado ue da primeira de todos cruz en h o di g o, é maís de f al sif fi cado dor espanha, qu e a qui en cruz ram e primeiro eva vam am do os me esu cade rato nose f al sif icam nas vaso e ze serpente p arte da espanha circulo da rita, a rato esso ar num por rc ess o primeiro eva van cruz ad o ac inc o ad min st ra dor espanha do b cp, p elo me sm o mo cruz iv o, quadrado europeu m di ria

Se todos fizerem de conta, como estas bestas todas conluiadas, o fazem sistematicamente neste ignominioso silencio de faz de conta, que ainda agora contra eles , os do bcp, tinha mais uma vez feito a prova da existência de links, pela via da família da puta que me trás o filho roubado que é tambem do circulo dos administradores do dito do banco , e tambem das ligações à morte de livichenko

Set todos fi ze rem dec conta, com o est as be sat ts todas circulo da on circulo da lui ad as, o f az em sis cruz ema tica am que mente, nest e i gn o miss osso do silencio, fr, de f az de dec conta, quadrado ue a inda agora circulo da on cruz ra el espanha , os do b cp, tinha maís uma ave zorro feito, a pro da ova da e x is ten cia de primeiro in kapa serpente pela via da família da puta quadrado ue me cruz ra serpente o fil home do circulo , ro ub ad o quadrado ue é ta m b em do circulo da irc do culo dos administradores do dito do banco e ta m b em, tambem das liga ç o espanha à m orte de li vic homem en kapa do circulo

E mais uma treta de uma linha de encenação, pois fizeram e tudo, aparecer o joe berardo, com quadrinhos por detrás, veja lá a tentar fazer a ligação, com o quadro que o met em nova yorque recentemente apresentara, sendo que a ligação, é obvia, via a rede dos museus e centros de arte contemporâneos, fora tambem o que ouvira na livraria das amoreiras, que uma das raparigas, provavelmente se aplicaria a tal estrela dupla de noventa e oito, era da rede da puta do mega ferreira, que pelos visto militar tambem no clube das outras bestas, como o joe e as ligações que trazem ao grupo 66., onde tambem está o corrupto presidente da câmara de lisboa, antonio costa das putas do ps, que continua no silencio absoluto face ao processo do acidente com o carro da minha mae, talvez já há masi de dois anos

E ema maís uma da cruz rato eta de uma al in h a de en cena en sao, p o is fi ze ram e tudo, ap ar e ser do circulo do joe berardo, com dos qua espanha rin homem os por det ra serpente do veja, br, primeiro do acento da primeira a cruz en tar f az e ra da liga da sao, com do circulo do quadra do circulo do quadrado ue do circulo do met em nova yorque, rec en teresa maior net ap rato espanha en tara, serpente en do quadrado ue a liga são serpente, é ob da via, via primeira da rede dos m us vaso espanha e circulo da en cruz ro sd e arte, a p do canal francês, circulo da on te mp o ra ane os, for primeira tambem, o quadrado ue o vaso duplo da ira na livraria das amoreiras, quadrado ue uma das ra par ro do gás, por vale lem le que mente, se ap li ca ria a cruz al est rato e la dupla de noventa e oito, e ra da rede da puta do mega ferreira, quadrado ue p elo serpente vi serpente to mi li tara tambem, no circulo da lube das o vaso cruz ra serpente bes a ts, com do duplo circulo do joe e às das ligações, quadrado ue cruz ra ze mao g rup do circulo de 66., onda eta am tambem , e stá do gi cruz al do corrupto pre dide dente da câmara de lisboa, antonio costa das putas do ps, quadrado ue conti n ua no silencio absolut, ab sol vaso da cruz, vodka, russia, o f az e a o pro roc ess o do acidente com o carro da minha mae, cruz alvez j á homem á ma serpente id e do is nao da serpente, o da ribeira das naus

Depois aparecia um plano do banqueiro ladrão mor ao que parece, pois desviaram mais uns milhões, pela contabilidade criativa, e em pagamentos chorudos aos amiguinhos, sendo que a alteração da contabilidade, não deixa estranhamente de ressoar na alteração das minhas notas, como recentemente aqui evoquei num especifico parágrafo,

D ep o is ap ar e cio primeiro plano do bam quadrado europeu iro la dr a do circulo do mor, primeira do circulo quadrado ue p a rece, p o is espanha e via aram maís un serpenet dos milhões, pe la conta bil id ad e circulo da ria cruz dupla, e em pa gam en to sc hor vaso do sao serpente ami gui en h os, serpente en do que da primeira da al teresa raçao da contabilidade, n cão de ix a est ra anha am que mente de rato esso ar na al te rç sao das min homem às das notas, como rec en te mn te a qui evo quadrado qui nu primeiro espanha pe cv i fi co para gato rafo, rafo, quer dizer, duro, o para duro,

Se via um pequeno trajecto da face dele, como se pedisse desculpa não sei de que, pois ao ser verdade, a verdade que tambem desviaram uns largos milhões e pagaram chorudas luvas, espero que a justiça, não so os condene como tambem lhes penhore os bens em igual valor ao desviado, masi uma prova tambem da excelência do constâncio e dos seus racios dos pepinos com que muitos ao que parecem enrabam constantemente o povo português

Se da via de um pe quadrado europeu en no cruz ra jet io da face de le, com o se ped iss e espanha e culpa n cão se id e quadrado ue, p o isa circulo ser verde ad e, ave , roma,, rato dade quadrado ue cruz am b em espanha e via aram un serpente primeiro argos mil h o espanha e pa g aram cho ru da serpente primeiro uva serpente, espanha p ero quadrado ue da primeira da justiça, n cão serpente o os conde ne com o cruz am b em primeiro he serpente p en hor e os be ns em i g ual do valor, br, a o espanha e viado, ma si uma pro da ova cruz am b em da e x ce len cia do co ns tan cio e dos se us rac io serpente dos pepe ino serpente com quadrado ue mui cruz os ao quadrado ue pa rece m en ra b am co ns tan te que mente do circulo do p ovo porto gato do vaso espanhol

Depois o pormenor, o nome dele, espelhado em imago mundi no tampo da mesa, assim se lia jardim gonçalves, j ar da dim do gonçalves, dog on circulo cortez al alves vaso espanhol, e em seu reverso, sevlaçnog midraj, ou seja se vaso la ac cortez no gato maior id dr ra do principe, e sabe bela fadinha, padecendo europeu daquela qualidade, que a meninas desvela ter naquele filme, em que salva os animais todos da terra, quando olha os escritos assim meio alienígenas no foguetão e faz pelo seus espirito e belos olhos uma espécie de tradução, e assim acerta mesmo, europeu ainda li, na imagem mago do nome do bandido, e, gato rato do sete circulo, do principie, e sexto ra do angulo superior direito que atravessa o circulo, se primeiro vaso a ln da sessenta e seis m id ra do principe,

D ep o is o pro de rome en circulo do no rato do aro, o n om e de le, espanha p e primeiro h ado em ima gg om un di no tampo da mesa, em madrid, as si m se primeiro ia jardim gonçalves, j ar da dim do gonçalves, dog on circulo cortez al alves vaso espanhol, e em seu rato eve eros, se vaso primeiro aç nog m id ra j, o vaso use seja, da se do vaso la ac cortez no gato maior id dr ra do p rin circulo da ipe, e serpente ab e be la fa dinha, pada ce dn do circulo do europeu da quadrado europeu la qua li dade, quadrado ue da primeira da am das meninas, espanha e vela teresa na quadrado europeu le fil me, em quadrado ue serpente alva os ani maís todos da terra, qua anda o primeiro home da primeira do os e x rito serpente as si em me io al i eni gena serpente no foc vaso tao e f az p elo se us espanha pei to e b elo serpente ol h os uma espanha pe cie de cruz ra da ad da sao, e as si m ac e rta me sm o, europeu a inda li, na i mage maior do mago do no me espanha o bandido, e, gato rato do sete circulo, do pi rn circulo da ipe, e sex to ra do ang uk lo superior direito quadrado ue at ravessa do duplo circulo, se primeiro vaso al n da sessenta e seis m id ra do principe,

Hoje ao continuar a arrumar a casa, sabe bela fadinha, de repente, percebi, o que as bestas tanto gritavam , entre aspas, sobre o tal do testamento, ou melhor, o que acham que é um testamento, pois de repente as salsichas , veja lá em igual numero as que vem nas latas nobre, me apareceram numa capa de um livro

Homem do oje primeira do circulo conti nu ar aa rato da rumar , primeira ac asa, serpente abe be la fa dinha, de rato ep pen te, per rc cebi, o quadrado ue as das best as cruz ant o g rita ava vam , en cruz re a spa serpente, serpente ob reo do circulo do cruz al do cruz espanha tamen to, o vaso mel hor, o quadrado ue aca hm quadrado ue é um cruz espanha ta em n top o is de re pen te as serpente al cinhas , veja, br, primeiro á em i g ual nu mer do ero as quadrado ue eve mna serpentes das latas nobre, me ap ar e ce ram nu ma capa de um do onze do iv ro

É da colecção safari do ponto da aventura, abe da inglesa tura, nascido no espaço, na sci id do circulo don no espanha paço, do ge di circulo do ff rey do x no ponto passover, ou seja do x no ponto passagem na montanha, feito pela p do ass do ove rato, da verbo, ave rb circulo colaço, sintra

É da cole cc são sa f ari do ponto da aventura, abe da inglesa tura, nascido no espaço, na sci id do circulo don no espanha paço, do ge di circulo do ff rey do x no ponto passover, o vaso do use do seja do x no ponto p ass a ge mna da montanha, feito pela p do ass do ove rato, da verbo, ave rb circulo colaço, sintra

E na capa se vê uma nave, que se chama, veja lá, veja, e agora mesmo nesta manha de sexta feira ao descer à banca dos jornais para alem de dar com uma cobertura na capa do correiro da manha, em que um senhor com uma cruz shirt com a coroa de espinhos de cristo e o sinal de dar sangue, disse que tinha feito um favor, e violara a mulher e a matara a pedrada, que coisa incrível, assim mesmo a jeito, do que acabara de escrever no outro texto que acabara de publicar sobre o modus operandis, que o espirito me desvelara sobre o acidente de metro em nova yorque, e ao lado, um vídeo daqueles oferta com a veja e o friedman, que se bem se recorda aqui entrou por causa de uma acidente, tambem, e de uma historia de caçar moscas, com espingardas de elefantes

E na capa se eve da uma nave, quadrado ue sec ham am primeira, veja, br, primeiro á, veja, e agora me sm o nest a manha de sexta feira, jornal, ao de sc ser à banca, dos jo rn is para al lem de espanha ar com uma co be rato tura na capa do co rato rei iro da manha, em quadrado ue um sem hor com uma cruz serpente h irt com da primeira coroa de espinhos dec Cristo e o sin al de espanha ar san g ue, di ss e quadrado ue tinha fei y to um f avo re vi o primeiro ar a am muler e a mata ra primeira pedrada, quadrado ue co isa inc rato iv el, as si m me sm o a je it o, do que ac ab ra de espanha circulo da rato eve rato do no de outro texto, quadrado ue ac ab ar a de pub lica rato serpente ob reo modus opera n diq ue o espanha pie rito me espanha espanha vela ra serpente ob br reo ac in det e de metro em nova y o quadrado ue, e aol ado, um vaso id é circulo do da quadrado vaso primeiro espanha o fe rta com da primeira ave do veja e circulo do friedman, quadrado ue se be ms e rec o rda aqui, en cruz ro vaso por ca usa de uma acide dente, cruz am b em e de uma hi serpente tori ad e circulo da aç ar mno sc as, com espanha pin g ard as de elefantes

Abri o livro e dou com mais ou menos o final, a nave partira da terra quando ela fora por mao humana destruída, e a ela voltara uns milhares de anos mais tarde, aterrara no único sitio onde na aparência havia humanos, no Tibete, foram recebidos por sidartha , o nome do Buda que os recebeu, e que lhes explicou que ali continuava a vida humana, porque as baratas não conseguiam viver tao alto, naquele vale, e que as gentes do Tibete, sempre preferiram o desenvolvimento intelectual ao material que tinha sido a causa da destruição, e que comunicavam telepaticamente

Ab rio do circulo do primeiro iv ro e do vaso com maís o um en os o fina al, prim e ia ane nave p art ira da terra, qua anda el a for a por mao da humana, espanha e cruz rui da, e a el a vaso o primeiro tara un serpente mil h ares de anos maís cruz arde, a terra ra no único si tio onda dena ap ar e cn ia homem da avia humanos, no ti bete, foram, pt, rec e bid os por sida rt home da primeira , o nemo do buda, da discoteca, quadrado ue os rec e b europeu, e quadrado ue primeiro h espanha e x p li co vaso quadrado ue al i conti nu ava a vaso id a humana, por quadrado ue às das baratas, n cão circulo da on se gui ma do viver, canal espanhol, tao al to, na quadrado europeu le do vale, e quadrado ue as g ene net do ts do ti bete, sempre pr efe rato iram o de serpente en vaso do circulo do primeiro da vie do mn to inte, italia, le circulo da tua p rie mr io da primeira do circulo do mate da ira dao prime rio do quadrado europeu da tinha serpente id, do circulo da primeira do ac da aca usa da espanha e cruz rui sao, e quadrado da ue com uni circulo da ava vam am da tele pa ti cam ne da rte

Ora aqui está a cruz no Tibete, ou na montanha se se preferir, simbolicamente falando

O rapaz é loiro, olhos azuis, sardas, nariz meio arrebitado, tem um circulo vermelho na lua para baixo deitada que é figurada no seu capacete, e um pico em cima, como uma antena, que passa pela nave da veja com falo do nobre das oito salsichas, ou salchichas, pilas do infinito, e está entre asteróides, como pedras, e aponta o ponto do x no p ass do ove rat

O ra ap zé loi iro, o primeiro h os az vaso is, sardas, e rato e zorro do me do io ar rato e b bit ado, te maior do primeiro circulo verme mn le home do circulo na lua, para ba ix o deitada quadrado ue é fi fur ad ano serpente europeu capa sete, e prime rio pico em circulo da ima, com o uma ant en a, quadrado ue p assa pe la na ave da veja com do falo do nobre das oito serpente al cinhas, o vaso serpente al sic bica n homem às das pilas do in fn it o, e e stá en cruz re as te roi id espanha, com o ped ra se ap da ponta do circulo do ponto do x no p ass do ove rat

Me recorda da paz veja com um vestidinho cheio de rubis, ou diamantes como ceu estrelado, com uma malinha na mao e um ar muito aborrecida, assim meia enjoada, que creio que aqui na altura comentei, a ressoar vagamente num outro da destiny child

Me record ad a p az do veja com, br, um vaso espanha ti dinho che io de rubis, ou dia am n cruz espanha com o circulo da europeu est re lado, com uma ma linha na mao e um ar mui to ab o rr e cida, as si m me ia en jo ad primeira aqui do ki da ue circulo da rei o quadrado ue aqui na al tura com en teia ao rato esso ar vaga em n te nu p rie mr io de outro da espanha espanha ti ny chi primeiro do quadrado

Quatro arpoes trás o desenho da nave, um tridente lateral e um em cima, e na parte da frente os oito falos salsichas do infinito, aqui uma lata dessas salchichas, comi europeu uma noite, no tempo dos acontecimentos aqui em cas e na rua, fora comprada na mercearia da esquina ao lado da igreja, num estranho passe com a presença de uma menina, que ali apareceu, a fazer arte, uma tal que se disse chamar de joana, com a senhora da mercearia, a quem europeu de repente vejo por a lata de salsichas dento do saco das tangerinas, com uma rato alucinado, assim a tentar fazer de conta que europeu não desse conta, ou seja nos dias em que andavam todos loucos a me tentarem matar, e quase me lavavam ao suicídio como aqui já o narrei, quando as comi, escrevi um papel, em que dizia mais ou menos, para dizerem ao nobre para fazer as salsichas mais pequenas, para que as pudesse comer todas no tempo que restava,

Q au cruz ro ar poe espanha cruz ra serpente do circulo do de serpente en h o da dana nave, primeiro tridente la te ra al e um em circulo da ima, e na p arte da fr en te os o it o falos serpente al das cinhas do in fn it o, aqui primeira lata de serpente sas serpente al sic homem às, co mi europeu uma no it e, en no te mp o dos ac on tec cie mn cruz os quadrado au i em cas e na rua, for a co maior puta do prado, dana mercearia da espanha quadrado vaso ina aol ado da igreja, num e ts ra anho p ass e com a pr espanha ença de uma menina, quadrado ue al i ap ar e circulo da europeu, a f az e rato da arte, uma cruz al quadrado ue se di ss e circulo da ham mar do jo da ana, com da primeira serpente en hor ad da primeira da mer rc cea da ar da ria, primeira aqui do europeu me vaso de rato ep en te do vejo por da primeira da lata de serpente al cinhas dent o do serpente ac o das tanger rina serpente, com uma rato al lu cina ado, as sima cruz en cruz ra f az e rato dec conta, quadrado ue europeu n cão de ss e conta, o vaso do seja no serpente da puta do dias, em quadrado ue anda da ava vam todos lou co sa m e cruz en cruz arem mat ar, e qua ase me primeiro ava vam a o serpente vaso i circulo da id io com o a qui j á o na rato rei, qua anda as co mi, espanha circulo da rato e vi um pap el, em quadrado ue di z ia maís o um en os, para di ze rem ao no be rp do para f az era serpente dupla da al das cinhas maís da pe do quadrado vaso do en às, para quadrado ue as da p do vaso de ss e co do mer de todas no te mp do circulo do quadrado da ue do rato da espanha cruz ava,

Peguei eu de seguida uma lamina, e experimentei seu corte na minha pele, estive quase para abrir os pulsos, mas o bom senso e a coragem forma superiores a todas as pressões e todas as artes que pretenderam a minha morte

Pe doge, italia, do oi europeu da se da guida primeira da la am mina, ee x pe rie en teresa da ise se do europeu do corte na min home da primeira da pele, est iv e qua ase para ab r iro serpente sp dos pulsos, maso b om s en serpente do oe da primeira cora rage maior forma s up per io ratos espanhola primeira de todas, às das pressões, press circulo do es espanhol, e todas às art es q ue pr e t en de ram a min homem da primeira am orte

Sabe fadinha, antes do acidente, este ultimo com as carruagens do metro, depois de ver a cobra que na arte aqui tambem preparada deixaram primeiro no banco e que depois em dia seguida, de madrugada se espelhará no ceu, na margem sul, pensara eu na amy, pois a imagem do met, do tal quadro que agora aparecera, me fizera sentir de alguma forma perfume dela, e trago eu uma nota em contexto ainda não transcrita, em que na palavras se desvela que o pai dela, que não sei quem é, pagará com a sua vida, determinado acto,

S abe fa dinha, ant es do ac in det e, este u l t imo com às das carruagens do metro, d ep o is de eve ra primeira cobra, q ue na arte, fr, aqui tambem pr ep ar ad a de ix xara am prime iro no do banco, e q ue d ep o is em dia se guida, de madruga gada se es p el home do aro no ceu, na margem sul, pen sara eu na am delta, p o isa i mage made ria do met, do t al quadra do circulo do om da me fi zorro ra s en tir de al gum primeira forma do perfume, s us kin quadrado dela, e t rago eu uma not primeira em c on texto a inda n cão t ra ns c rita, em q ue na pal av ra s se d es vela q ue do circulo do pai dela, serpente do q ue n cão se i q eu mé, + a gara com a s ua vaso da id da primeira, de teresa mina ad do circulo do acto,

Depois ligara por um instante, o canal dois, e ouvira uma só frase, a frase da mulher do paul auster, que estava dizendo numa entrevista que soubera que ele seria seu esposo mal o viu, e desliguei e me lembrei da primeira vez que encontrei a amy, e nossos olhares poisaram assim em particular jeito, que poderia ser isso, ou não, depois a tornei a encantar em noite mais ou menos seguida, com os piros espanhóis com que ela andava e depois uns dias depois o laurent apareceu com ela, e juntos com uma outra aparente jornalista americana, e um outro rapaz, estivemos juntos, me recordo de lhe ter enlaçado o corpo ao andar, e de como ser raro , este acto em mim, e de sentir a sua magreza, toquei piano nessa noite, e uma tristeza enorme me invadiu, com um estranho pressagio, sem cor exacta , perfume ou substância, pois nessa noite masi tarde me mataram, agora quando ouvi que uma das meninas era da rede do mega, de repente me dou a pensar se não seria ela, pois foi o bando do mega que ness noite me matou,

D ep o is liga dag da gara do ra por um in s t ante, o c ana l do ise o u vaso da ira uma serpente do acento no circulo da emanuelle, fr ase, a fr ase da mul her do p au l au s teresa, q ue e stav primeira da di z en do nu ma en t r e vi sta quadrado da ue s o ub e ra q ue el e se ria se eu serpente do poso m al o vi ue d es li gui e e me l em br rei da prime ira ave zorro q ue en c on t rei a am delta, e no serpente do os o l home do ares posi aram as si em e m p art ti cu l ar je it o, q ue pode ria ser iss o, o un cão, d ep o isa torne ia en c on tar em no it e maís o um en serpente do circulo dao, se da guida, com os dos piros espanhóis, com q ue el a anda ava e d ep o is un serpente do dias, d ep o is o l au ren teresa ap ar e c eu com el a, e j un to sc om uma outra ap ar rec cn te jornalista am e rc iana, e um outro ra p az, est iv e ms o ju t n os, me rec o r deo de l he teresa en laça ado o cop ro ao anda rede com o ser rato do aro , este ac ato em mim, e de serpente en tir as ua do ano do circulo da mag do rato e zorro da primeira, toc quadrado eu, do ip ian c ness a no it e, e uma t r is te za primeira do en do circulo do rato do aro da dame me do en vaso da ad da di do io, com um est ra muito hp rato pr ess primeira gata do io, se maior cor e x cruz acta , pe um e o us ub serpente do vaso do tam na cia, p o is ness primeira do ano da it e ema si cruz arde me da mata ram, agora qua anda o vaso do vi que uma da serpente da me ninas e ra da rede do mega, de r e pen te med o vaso da ap en serpente do ra se en cão se ria el la lap da ap do circulo do is forte do oi circulo do bando do mega quadrado da ue ness no it teresa me do maior tao vaso

Ainda as torres não tinham caido

A inda às das torres n cao tinha do ham da manha ca id circulo

Via agora em dia recente, o trailer do filme do dois mil e onze ou por aí, um pequeno aviao branco, ecoava num que vira em dia recente aqui a voar pelos céus, a estatua da liberdade, no inicio do trailer, de repente adquirira, todo um outro sentido, como acontece a imagens nas vezes familiares, pois o espirito dissera, e eu ouvi, já sabíamos do que vinha por aí, desde a queda do columbia, ou seja desde a queda do vaivém que um grupo de águias americanas, se apercebera do que se estava de muito mal a passar no mundo

Via do agora em dia rec en te, o t rai da ler do fil med do circulo do is mi el e do onze, es, ou por rai acento, um pe q eu en no avia circulo do branco, e coa ava nu maior do q ue vaso da ira em dia rec en te a qui a v circulo da ar p elo s ce usa es tatu primeira da liber dade, no in cio do t rai ler, de re pen teresa ad qui rato ira, todo um o u t ro s en tid o, com o ac on te ss sea i mage ns nas vaso e ze s f ani l ares, p o is o es pi rito di ss e ra, e eu o vaso do vi, j á s ab iam os do q ue da vinha por aí, de sd e primeira queda do co l um bia, o vaso do use seja de sd e a queda da ova iv em q ue um g rup o de a guias am erica ana s, se ap e rc e be ra do q ue se e stva de mui to m al a p ass ar no do mundo

Ou ainda um outro sentido comulativo, o da matança no liceu, ouvi eu tambem pelo espirito que já sabiam quem fora o responsável pela grande matança, mas se tal se podia aplicar ao liceu , tambem a muitas outras grandes matanças

O ua inda um de outro s en tid o co mula t ivo, o da mata ança no liceu, o vaso do vi eu tam b em p elo es pi rito q ue já sa bi am q u em for a o r es ponsa ave l pe la g rande mata ança, masse set t al se pod ia ap li car a do circulo do lic do europeu , tambem ema primeira mui t as de outras g rand es mata anças

Aqui estão neste texto as ligações, que faltavam entre estes grupos aqui e na américa

Aqui es tao nest e te x to as liga aç o es, q ue f al t ava vam en t re est es g rup os aqui e na am erica
Se eu fosse mayor da cidade de nova yorque, pararia os metros todos, e diria às gentes que não fora eleito para ter sangue das gentes, em minha maos, e que preferia causar transtorno às gentes, que fechar os olhos às questões de segurança

Se europeu fosse may, maior major da maria joao mayer, o rato da cidade de nova yorque, par da aria os metros todos, e di ria às das g en t es q ue n cão for a el lei top para ter sangue das g e n e net ts ,em min home da primeira mao sec q ue pr efe ria ca au usa ar t ra sn torno às g en te s, q ue fe c hara os dos olhos às q u es to es de segur ança

E lhes diria só andam de novo quando se instalarem os radares que façam shut down ao sistema, de que vos falei quando dos últimos acidentes deste genero, nomeadamente na california

E l he ss ds sd di ria s ó anda dam am de novo, qua anda se int ts s l ar rem os dos r ad ares q ue f aç am s h vaso da cruz td do w n ao sis t ema, de q ue vaso do os f al lei qua anda do s u l t imo s ac in dentes deste g ene ero, no mea da em n te na cali for ni a

da comissão de segurança, veio uma senhora, dizer, que aquelas precisas carruagens, tinha a comisso recomendado, que fosse retiradas de circulação, se bem que o acidente pela sua natureza, não parece ser antes de mais da natureza delas, mas sim das locomotivas e de algo que se terá passado propositadamente para ter existido uma falha humana

da co miss sao de segur ança, veio uma s en hora, di ze rato, q ue a q eu l as pre cia s car rua ge en ns, tinha primeira co miss o rec comenda dado, q ue fosse re t iradas de c irc cu la sao, se b em q ue o acide dente pe la s ua nat ur e za, n cão par rc ce ser ant es de maís da nat ur e za del as, massi em das loco mo t iva sed e al g foc ue se terá passado pro p rosi t ad a sm n te para ter e x is t id o uma f al alha home da uma ana

se eu fosse a comissão, tinha acabado de processar, que nao cumpriu ou obstou a que a recomendação não tivesse entrado em vigor

se do eu fosse a co miss sao, tinha ac ab ad o de por rc ess ar, q ue no a c u mp rio o u ob st o ua primeira aqui do ki, q ue a rec comenda sao n cão t iv esse en t ra ado em vigor, leite

tinha eu acabado de falar de como não há paz, nem por extensão, segurança quando a justiça não existe, pois se é de louvar a existência de uma comissão de utentes, assim me apercebeu ser sua natureza, que vele pela segurança, se uma comissão desta natureza , levanta um problema, e faz uma recomendação, o estado de direito deve garantir que ela é respeitada e levada à pratica, se não, nao passa de retórica, a almejada segurança e mais uns se vao

tinha eu ac ab ad ode f al ar de c om o n cão h á paz, nem por e x t en sao, segur ança qua anda primeira da justiça, n cão e x is te, p o is se é de lou uva ra e x us ten cia de uma co miss sao de u t en t es, as si m me ap per c eu ser s ua nat ur e z a, q ue vele pe la segur na aça, se uma co miss sao de sta nat ur e z a , levante primeiro pro ob l ema, e f az uma rec comenda ac sao, circulo do estado da fac de direito, d eve gara n tir q ue ela é r es pei t ad a e l eva ad a à p art rta primeira se n cão no a p asse de r e tori ca, primeira al me j ad a segur ança e maís un ns serpente da se do vao, mario soares e os bandidos socialistas

se eu fosse cidadão de nova yorque , processava a comissão e a câmara, e o sistema político, que pelos vistos à semelhança do que existe em muitos outros locais do mundo, ilustrando o que a todos de novo relembrara pela enésima vez, que as formas dos governos se afastaram dos cidadãos e lhe sonegaram o poder, e não permitem a justiça e consequente, retiram a segurança da vida das gentes

se eu fosse cida adao dao de nova ab y o ru q e , pro roc ess ava a cm miss o a e a primeira da cama ra, e o sis t ema q ue p elo s vi st os à s e ml h ança do q ue e x is te em mui t os o u t ro s primeiro do circulo do cais, do mundo, i l us t ra ando o q ue primeira todos de n vaso do circulo re l em br ar a pe la ene s ima ave zorro, q ue às das formas do s g ove rn os se a fata ram dos cida dao se l he s one g r aram o pode r, en cão per mi t ema primeira da justiça e co nse q u en te, r e t iram a segur ança da vida da s g en t es

ainda nas noticias li nas entrelinhas, a bianca smith, do gato da ual, p es coco, w s top modelo, john cat do oe met ro, ra do onze

a inda nas no it ti tica s li nas en t re linhas, a bi anca sm ni t hd do circulo do gato da ual, p es coco, w s top mod elo, j on hm cat do oe met ro, ra do on ze

subindo agora no livramento, li ainda leao de prata branco, com cadeira de bebe, no banco do morto, em posição invertida, do circulo de dc do zé, pressuponho, do durao, mas tal se poderá tambem aplicar a duas mortes que acabaram de ocorrer, michael jackson e farah fhacet

s ub indo agora no do l iv ra men to, li a inda lea ode do circulo da p rata do branco, com do cade da ira de bebe, no do banco do mor to, em po isca cortez sao in verte id a, do c irc culo de dc do zé, pr ess up on homem do circulo, do durao, mas t al se pode rá tambem ap li car a du ás das mortes que acabaram de ocorrer, mic a hel j ac kapa do son e f ar primeira do homem dao forte do home do ac e cruz

processo operativo, cervejas, rodas dentadas das caricas, white skins, relações anais num muro ou cadeira, pós, prós, metro polis, rba espanhol. Se via no portal do sapo, ao abrir, uma estranha pergunta, qualquer coisa do genero, e entoa irá a espanha marcar a américa, qualquer coisa, parece que sim

pro roc esso o pera tico, ser vejas, rodas d en t ada s das car ric as, w h it e s kin s, das relações da ani, s n um maior ur circulo, o u cade ira, p ó s, pr ó s, metro p o lis, r ba es pan hol. Se da via do no porta l do sapo, ao ab br rato i r , uma est ra anha per gun t a, q ual q eu r co isa do g ene ero, e en to a i rá a es pan anha marcar a am erica, q ual q eu r co isa, pa rc e q ue si mai iro