terça-feira, agosto 11, 2009

ou os prendem já, se ainda houver restea de justiça e de homens nesta terra, ou ordálio em Deus !!!!

EU E MEU FILHO AGUARDAMOS JUSTIÇA; SEUS FILHOS DA TREMENDA PUTA, LADROES DE CRIANÇAS E DELAS ABUSADORES, PEDOFILOS, QUE O INFERNO VOS SEJA QUENTINHO

eu em me eu fill hoem do circul a g ar rda dam am os da justiça, s ue s fil home, o da cruz rem ama anda da puta dos ladreos de criasnças e abusadores, la ad ro es dec crina, rina ina acs sed delas, ab sua dor es pedo filo serpente do que do circulo do inferno , vas os do seja q ue en tinho, seis filhos da puta, é vosso cc circulo, que seja a vossa conta, tambem !

ao tribunal penal interncaional com nomes em forma de acusaçao!!!!

a do circulo do tribunal, pena al int rea anc cio na al com no mes em forma de ac usa sao das qautro sw serpentes etas c rava ad as da terra

video setenta e tres,vaso id é circulo de setenta e tres , sete terceiro, o das tretas

no final do video relembro e explico mais uma vez que a chamada gripe dos porcos, é em parte ou mesmo em todo uma forma de se averiguar responsabilidades sobre outro assuntos de negras desgraças que ocorrem no mundo

no din al do ov vaso id é circulo re lem br oe e x p lico maís uma vez, maís um ava zorro, quadrado da ue primeira do ac gato do ham ad da primeira dag rip ip e dos porcos, gb, e em p rate circulo um do me sm circulo em todo, uma da forma de sea ave rif ua ar rata es ponsa ab bil li dade es serpente do obr e outro às sun cruz os de negras do quadrado da espanhoal da sg ratas acas, quadrado da ue do circulo do co rato rem no mundo, periodico espanhol

sobre a irrigaçao sanguinea, e vasos capilares, e porque os gestos o traduziram no video, a parte mais afectada é exctamente o cerebro e tambem consequentemente a parte mais perigosa, se se vier a usar, sem primeiro averiguar o que a todos digo ser necessário averiguar numa perspectiva de saude publica mundial,

s ob rea e rr g ac sao eva vaso serpente cap pi lar es ares, e por que os gestos, circulo cruz ra ad di zorro iram no vaso id é circulo, primeria da ap da arte maís afecatada, e c aca car am tam que mente, o cerebro, e eta tam am tambem, co nse q ue en te maior net , a pirmeira p arte maós perigosas, se e vir ra usa ars em prime rio ave rig ua ar do circulo quadrado da eu , primeira de todos, di gose ser ne circulo do ess do acento ar do io ave rig vaso ar nu ma per spect iva de serpente da au de publica mu da un di al

está aqui o meu didinho mindinho da intuiçao, a me dizer, celulas T e serotonina, ou seja a subtancia e o sisteam de encaixe das chamadas celulas T que exctamente acontece a nivel cerebral, verifiquem portanto com especial atençao o que se passa com o tal medicamento e este sistema, pois me parece que a chave poderá estar aó

e sta primeira do qui aqui, om me do europeu didi din id di in home do circulo mun din , home do circulo da intuilao, das leituras e praticas intiutivas, in tui, sao, da agencia de viagens na inafnte santo, am me di ze do rato, cel lulas da cruz e s ero ton nina , circulo do vaso use seja da primeira substancia, a tal levada ao que parece a segredo de estado, é circulo sis te am de enca ix e das c hma mad as del lula cruz q eu e x cta tam am que mente,acontece, cultura, a ni vaso do el, cere br al , vaso eri fic , fil, ll, q ue em porta anto com es pe cia al a ten sao do circulo q uese da p ass ac com do circulo do tal medicamneto, , e este sis t ema , p o is par rece q eu primeira ac home ave, pode ra es star serpente do Ó

ora cá estamos na tal pilula pequenina nao identificada na lamela, que um dia eu descobri que a teresa tomava

o ra c á esta am amo s na t al pi lula, a louca, pe primerio q ue en nina n cao id en ti fi c ad da primeira dana na la lam am mel primeira , q ue um dia eu d es co br brique q ue primeira da teresa tom ava , cruz om ava

se nao se vir no espaço publico nenhum desenvolvimento substante sobre esta matéria, mais se agravará a percepçao que estamos perante a possibilidade de uma acçao desta natureza como explico no video

se sena na cao se vi rn no es paco do pub lico ne en home primeiro , de es s en v o primerio vie em n to s ub stan te s ob re e sta maté ria maós ise se sea gata rav a rá, primeira per rc cep sao q ue est mos per rna te, primeira ap p os sibil li dade de uma ac ss sao sap de sta na ture, ur e za com circulo e x lico no video, vasoo id é circulo

sobre as bombas em espanha, e este estranho escutado, voltarei em maior peormnor, sendo que no choque do aviao e do heli sobre o rio hudson, era visivel nos destroços em fotos, com uma enorme clareza, as cores espanholas, e um outro significante pormenor, duas crinanças de familias distintas, mas com os mesmos traços de face,m ou seja a imagem dos clones e portanto de quem em espanha ordenou , o roubo de meus esperma, o talmaximo da oto, ao que paredce a sequencia das bombas a ele chagará

sob rea serpente às das bombas em es pan anha , e este e st ra do anho, es cu t ado , vaso circulo do primeiro da cruz do rei, em maior, pe o rm mn no rato s en do que no do choque do avaio e do helo, sobre o rio hudson, ou sea j sobre as g ene nets lia g d a s ao b elo realizador, e ra vaso isi vaso e kapa nós det serpente rato circulo cortez os,em f otos, com maior uma da en o rm me clare care reza, as das cores cor es e es s ap pn da holas , e um outro sig ni fi can te por men o rato di as das c rina aças das familias, di s tintas, mas com os me ms o t ra aços dd e face , mo vaso seja primeira mage made ria do s c l one es e porta anto, deque eu maior em espanha, o ordenou, circulo do roubo de mue s es per mao do circulo do tal macximo da oto, a o q ue par erd dc ce cea a ase sec ue en cia das b om ba sa dele chaga rá

continua a dizer que deverá ser alguem de sevilha , pois a imagem que apareceu , conti nu ad el e,ad di ze rato dizer q ue e stá com o do primeiro do kkk, nas por cisoes espanholas, o vaso do seja a lgume liga gado da primeira da igreja catolica , se e vaso da ilha das canarias, de palma de maiorca

e tal se expressou tambem na assinatura das ultimas tres , uma dea calle do vicario, com relaçoes a barcelona que é onde a serie começou,

eta al se e x pr expresso, terceiro ess circulo do vaso tam am tambem, nba as s un sin primeira tura, das sul vaso primeiro t ima serpente tres, uda de a ca ll le do vi ca do rio com relaçoes a ber celo em primeira au, primeira aqui do q ue é onda primeira se rie começou, que foi onde a serie da primeira onda começou, do primeiro tsunami,

ou seja estamos aqui perante uma rede de traficos de genes, como mostram as faces do dois rapazes italianos

circulo vaso use seja eta tam am mosa a qui oe pr pe ran te uma da rede de traficos de genes, g ene es , com circulo n mos t ram às das faces, do do is ra ap paz es it al vaso ina os

especialistas em faces, sao nest e contexto especialistas em reconhecimento facial, sendo que até existem softwares que o fazem, ou seja mais uma vez processos com base em similiridade, como na teoria real dos gemeos

es pe cia al ista s em f ac es sao nest e contexto, es pe cia al ista s em rec on be cie me n to f ac cia al s en do que a té e xis te maior do sotwares, q ue o a az em , o use seja mais uma ace zorro por c esso s com base em si mi l i r id ad e com na teo ira rea l dos gemeos, ge do meso

na verdade entendi eu peloespirito que o da dao doca cat l da octal, tinha feito um clone meu,mas o sentido nessa altura me pareceu uma reproduçao miniatura de meu corpo por modelizaçao tri dimensional, e depois feitos com polimetros que sao usados hoje para fazer prototipos de moldes e de objectos

na ave verde dade en ten di eu p elo es pi do rito q ue do circulo da dao doca,cat primeiro da octal, tinha fr feito, primerio c l one me eu ba s om maso do circulo do s en tid id do circulo ness da primeira da al tura, me par rece eu vaso de uma rep pr id do sao mini a tura, de me vaso corp circul por mnode deli loo loi iza sao tri dimensino, da coperativa de encina da moderna, e d ep o is feitos, com polo pol primeirod s metros q eu sao usa sados h oje para a az e rato pro oto tot up os demi demo mil d es e de ob js t cos

o que explicaria como meu corpo reage em algumas vezes, o q ue e xo lic aria com o om me eu corp o rea ge em al gum as v e zes

portanto deverá ser o da octal

uma , nao obsta à outras, ou seja os dois porcessos parecem ser reais e comulativos

uma n cao ob sta à outroas , o use seja od di os por c esso par cem ser raia, rea ise com mula la t ov vv os

Raul solnado, está com muito boa face para quem morreu
Assim se vê nas capas de revistas, sorrindo feliz ee contente

Ra uk primeiro sol nado, e stá com mu it boa da face para quadrado eu em mor rato eu
Ass si mm se eve nas caspa serpente d e re vv it as, sor rato indo fe liz ee c on cruz inglesa te

Hoje tambem, Se via a lua de Raul a dizer que tinha interrompido umas curtas ferias, de tres dias, sua face se for actual, não é de muita tristeza, e ainda bem que assim o é

Ru ua al Ural, raul, rua , ruas, rural

H oje tam am tambem, se da via al ua lua der ual primeira di ze rato quadrado eu tinha inter ro om pm mp pido uma serpentes das curtas, fe iro as, de cruz rato espanhol do olo do caralho do dias, serpente ua da face se for rac ac tua primeiro, muito cão é de mu i ta cruz rato si teza, e a inda segundo em quadrado eu as si mo é

Curiosamente, como todos o saberão, visto que é publico em muitas formas e jeitos, uma das letras do tal disco da lena de agua, na função disjuntiva, ou isto ou aquilo, coisa que nunca é sempre bom, embora se oiça muito dizer que é principio de educação dos filhos, privilegiando o conceito de oposição do que de selecção consciente, posi geralmente o que se ouve nas lojas, é masi ou menos e sempre termina, se queres este brinquedo nao podes levar o outro, e raramente se ouve, e porque queres este e porque queres aquele, e já viste que com este fazes mais isto, e como o outro aquilo, e lembras-te do ultimo que te comprei, só brincaste umas horas com ele, no fundo parecia que nao gostaste muito dele, já descobriste porquê, e por ai fora numa verdadeira educação de consciência sem lamirés de pretensos chapéus , ou isto ou aquilo, visto que tudo é, e assim sendo nem tudo se tem, se mesmo alguma coisa se tem como rapidamente sabem ser saber as crianças,

C ur is o am que mente, como todos o saberão, vi serpente to quadrado ue é pub primeiro cio em muitas formas e je it os, uma da ser pene net ts letras do cruz al disco da lena de agua, na f un sao di sj un cruz iva, o u is to o u a quadrado u i lo, co isaque nu unc a é se mp re segundo om, em broa se oika um it o di ze rato quadrado ue é pro roc muito ip io de edu caçao dos filhos, pr iv e lige ina ado do circulo do c on ce iro de o pi serpente sao , piscao, do quadrado ue de sele sao c on cie inglesa te, posi ger la am lam que mente, o quadrado ue se o uve nas lo j as, é ma sio um inglesa os se se mp re te rato da mona sec quadrado eu rato espanhola este br rin quadrado eu dona pod espanhola primeiro eva aro do outro, e ra ram am que mente se o uve, e por quadrado ue quadrado eu rato espanhola este e por quadrado ue quadrado eu rato espanhola qa quadrado eu le, e j á vi is ste quadrado ue com este f az espanhola maís is to, e com oo u cruz ro a quadrado u ilo, e lem bras do traço da inglesa te do u primeiro ti imo quadrado ue te co mp rei, só segundo rin do caste uma serpente hor as com ele, no f un do pa ar ceia quadrado ue noa g os tat se mui cruz o del le, j á d espanhola co br iste por quadrado u ê, e por rai for a numa verde dede de ira edu cc sao de co nse i cn ia se m la mir espanhola de pr e cruz inglesa serpente os ca h ap esu , ou isto ou aquilo, vi serpente to quadrado ue ti u do é, e as si m serpente inglesa do ne m tudo set em, se me sm o al gum a co isa se cruz em como ra pr id dam nete sabe, maior ser serpente ab e ra se pr inglesa te pn das c rina aças,

No outro lado disto , crianças que nem trazem para comer, quanto mais viram alguma vez um brinquedo ao perto como aqueles que profusamente estão nas lojas dos ditos países civilizados, de gente assassina, que os continua a deixara todos os dias assim morrer

No outro lado , di st o , c rina sç as quadrado ue ne m cruz ra ze maior para co mer, qua anto maís vaso iram al gum ave zorro p rie emi miro do segundo rin quadrado eu do a o per to como a quadrado ue eels do aquiles, quadrado ue pro fusa usa sam am que mente, espanhola tao nas lo j as dos ditos, pa is espanhola c iv i primeiro iza do serpente, d e gente as sas sin a, quadrado ue os conti nu a ad e i xara todos os do dias assim morrer

Assim diz a canção, que eu andava ler antes desta noticia do falecimento do raul, a me perguntar que lua era esta então e de que raul, na realidade pensava em diversos rauls, mas não o solnado, curioso, que não tem uma lua mas duas, ao que saiba e me recorde,

As si em di za can sao, quadrado ue eu na dv a da ler ant espanhola de sta not ti cia do f al le cimento do raul, a me per gun tar quadrado ue lua e ra e sta inglesa tao e de quadrado ue ra ul, na re la id ad e p inglesa serpente ava em di versos ra ul serpente, mas muito cão o sol nado, c ur ti osso, quadrado ue muito cão te maior uma lua mas duas, ao quadrado eu da sa da iba e me record e,

Tambem não sei se o raul, faleceu, de corpo, pois não o vi, e todos os dias vejo mentiras de todos os géneros e feitios em quem diz ser jornalistas, e encenações de todo o tipo para tentar salvar rabinho, a muitos, de negras responsabilidade, sem peias, em usar e enganar as gentes e sem que nenhuma autoridade lhe ponha a mao em cima, o que não abona nada à verdade, e consequentemente à luz e ao amor

Tam am tambem muito cão se ise do circulo do raul, f al le c eu, de corp o, p o is muito cão o vi, e todos os da puta do dias do vejo, br das mentiras de todos os g ene ero rose feit, pedro, psd, io serpente em quadrado eu maior di zorro ser jornalista se das encenações de todo o tipo, para cruz inglesa cruz ra serpente al vaso ar ra bin h os, primeira da am mu it os, de negras rato espanhola ponsa bei primeiro di iade, serpente em pe ia serpente , em usa ar e inglesa g ana ra serpente g ene met net se, se maior quadrado ue muito inglesa h uma au tori e dade primeiro he p on h a am mao em c ima, o quadrado ue muito cão ab nona bona muito ad a à verde dade, e co nse quadrado u nete mn teresa primeira a primeiro uz e a o am or

Pedro psd, estava lá um, uma das grandes putas, da tentativa do nova ordem, com a mao em forma de pistola numa foto que o consagrou, nesse breve aventura, de bandidos que nesse tempo roubaram a fartazana o bau no domínio das ideias políticas e as tentaram assim usar em forma pervertida, pedro o tal que andava por aqui no prédio ao lado, onde agora falei do tal laboratório das próteses, a propósito das dores de dentes e de estranhos aparelhos que na aparência trabalham sozinhos pela noite fora, e que uma vez no tempo em que a cinha jardim ainda qui morava, viu suas roupas a saltar pela janela

Pedro psd, espanhola tva primeiro á um, uma das g rand espanhola putas, da cruz inglesa tat iva do nova ordem, com a mao em forma de pi st ola nu ma da foto quadrado ue o consagrou, ness e br eve ave inglesa tura, de bandidos, quadrado ue ness e te mp o ro ub bar aram a fartazana , ou a canzana, o bao no do mini o das id e ia serpente poli tica se às cruz inglesa cruz ram as si m usa rem forma pervertida, pedro o cruz al quadrado ue anda ava por aqui no pr e di o aol ado, onda agora f al lei do cruz a ll ab bora tori o das pro te se sa po rp ps o ti das dor e dede net se de est ra anhos ap ar el h os quadrado ue na ap rec inglesa a cruz ra bal ham serpente oz in h os p el a no it e for a, e quadrado ue uma ave z no te mp o em quadrado ue da primeira da cinha jardim a inda qui mora ava, vi vaso do io das suas roupas da primeira do sal tar p el la primeira jane, la

Deduzo então da faca, que a roupa, a veste dos acontecimentos em cabo verde, seja da mao da cinha jardim,

Dedo uzo en tao da faca, q ue primeira do aro do ro da up da primeira, primeira ave da veste dos ac one net cie mn t os em cabo verde, s e j ad primeira da mao da cinha jardim,

Portanto temos uma outra puta da puta que diz ser jornalista , e que é o mandado que faz todas estas encenações, e assim sendo, certamente que muitos no meio o conhecerão, pois as encenações são encenadas, e portanto se sabe da encenação e do encenador, bem como do guionista e do autor

Porta anto te emo serpente uma outra puta da puta, do quadrado da ue di zorro ser jornalista , e quadrado da ue é circulo do man do dado, poker, e apostas, quadrado da ue f az toda serpente de espanhola cruz do as inglesa cena aç do aco do circulo espanhola, e as si ms inglesa doc se rta tam am mn te que mu it os no me io do circulo duplo on he ce ra o, p o isa serpente da inglesa cena ç do circulo da espanhola são, inglesa circulo da inglesa cena do ad as, e porta anto se sabe, da inglesa circulo da inglesa sao e do inglesa cena do sena dor, se gun da em com, o do gui ni sta e do autor, que deverá ser portanto tambem algum pertencente aos bandidos ladroes da spa

O raul que me aparecia na consciência, era o tal raul, uma vez aqui convocado, o tal fotografo que trazia atlier na rua coelho da rocha, e para o qual uma das minhas colaboradoras, a ines mendes, antes trabalhara, e que de emergira agora, pelos recentemente acontecimentos descritos, sobre essa rua, a tal queda de pedaços de varandas de aluminios e o acidente com um c lio da figi e um ov vermelho italiano de uma mae

O ra u l q ue me ap ar e cia na co ns cie en nica, e ra o t al ra u l, uma ave z a qui cv on vo cado, o t al foto h g rafo q ue t ra z ia da primeira da cruz da lie rna da rua c ole h o da rocha, e para o q ual uma das min h as co l bao ra dor as, a ines mendes, ant es t ra bal hara, e q ue de e mer gi ar a agora, p elo s rec en te mn t es ac on tec cimentos d es c ritos, sobre essa rua, primeira da cruz al, norte sul, da queda de ped ç os de varandas de al um mini os e o acide dente com do primeiro do circulo do doc do lio da figi e um ov vermelho italiano de uma am mae

A lua é do raul

Raio de lua
Luar
Lua do ar
Azul

Roda da lua
Aro da roda
Na tua
Rua
Raul

Roda o luar
Na rua
Toda
azul

roda o aro da lua

raul
a lua é tua
a lua da tua rua
a lua do aro azul

A lua é do raul Raio de lua da Lu ar Lua do ar Azul da Roda da lua do Aro da roda Na do tua Rua, Raul Roda o luar Na rua Toda azul, roda o aro da lua t au l a lua é tua
a lua da tua rua, a lua do aro azul

assim reza este poema, que fala então, que a lua, da roda do monte da lua, do aro da roda, do pn eu , na tua, na linha do comboio no doiro, da rua do raul, roda do circulo do luar, que forma brigadas armadas ligadas ao pc antes do vinte e cinco de abril, que dinamitaram, postos eléctricos, ou seja do corte da energia, como símbolo, que a imagem como imagem é, da roda do circulo do luar, na lua cheia, em sintra, na rua toda azul, monárquica, roda do circulo do aro da lua, do anel , ane primeiro da lua, lua azul, blue lune, da loja , raul primeira lua da al ua é do tua, do comboio do doiro, ou dali, a lua da minha rua, uma lua a qual eu estou l ink ado, a lua do aro azul, aro da porta azul, ou uma jante azul, ou de um carro azul, de um carro monárquico, existe aqui um bmw sem matricula , ali parado a muito tempo

as si maio reza este poe ema, q eu f al a en tao, q ue a lua, da roda do monte da lua, do aro da roda, do pn eu , na tua, na linha do co im boi na do iro, da rua do raul, roda do circulo do luar, q ue forma das brigadas ar mada s liga gadas ao pc ant es do vinte e cn code da ode de ab r i l, q ue dina am mit aram, post os el e ct rico s, o use seja da corte da energia, radio, com o s im b olo, q ue a i mage mc om oi mage mé, da roda do circulo dol u ar, na l ua da cheia, g rav id dez, em sintra, na rua toda azul, mona r quica, roda do circulo do aro da lua, do anel , ane primeiro da lua, lua azul, blue lune, da loja , raul prime ria lua da al ua é do tua, do comboio do doiro, ou dali, a lua da minha rua, uma lua a q ual eu est o u lin k ado, a lua do aro azul, aro da porta azul, ou uma j e te azul, ou de um carro azul, de um carro mona quico, e xis te a qui um b m w s em mat rucula, it al ina , italiana russa, ou seja loira, al ip para ado a um mu da it o te mp o, a da casa do ovo verde, e miss sio oni

uma das luas do raul, é a joana, mais um véu que a besta que criar as ilusões , para pedrito lopez, assim fez, para tentar mais a confusão, vamos lá ver quem vai morrer, À conta das confusões, suas bestas!

uma das luas do raul, é a joana, mais um véu que a besta que criar as ilusões , para pedrito lopez, assim fez, para tentar mais a confusão, vamos lá ver quem vai morrer, à conta das confusões, suas bestas!

uma das luas do raul, é primeira joana, maís um da ova do vaso do europeu do q ue da prime ria da besta que cria as ilusões , ra do para pedrito lopez, as si maior de fez, para da cruz da en tar mais isa isac ac on fusão, fuso usa são, vaso do amo serpenet do primeira do acento ave, ver quadrado do uu , com do boi, segundo do io do circulo em vaso da primeira rai imo rr e rac, acento primeira do ac da conta da sc on fuso espanhola, serpente do vaso do as bes da cruz ás!

Joana, delicada ou não delicada, uma ligada ao bandido mor do mario soares, a joana, solnado, delicada ou não delicada, e uma terceira joana, não delicada, assim me pareceu dos passes na tasca ao lada da igreja no final da rua, quando das grandes confusões aqui relatadas, e ainda o nome de joana no jardim, associado a um passe recente com gente polícia ou de polícia disfarçada dentro de carros, espantam-se meus olhos por est bandigagem, andar toda a solta a fazer véus sobre assuntos tao graves, pais de merda sem lei nem justiça nem homens, filhos da tremenda puta, ladroes de crianças e cobridores de pedofilos!!!!


Jo da ana, deli c ad a o un cão deli c ad a, uma liga do gada ao bandido mor do mario soares, primeira joana, a filha do psi, sol n ado, da puta do jornal, o sol, del li c adao vaso dao n cão del i c ada, e uma ter ce ira jo ana, nao deli c ad a, as si maior me par rece vaso dos passes na tasca ao lada da igreja no fi bna l da rua, qua ando da s g rand es c on fuso es a qui re la t ad as, e a inda o no mede da joana do no do jardim, as soci ad o a um p asse rec dente com gente pol i cao do vaso de policia disfarçada, d en t rode da ode dos carros, es pan tam am do traço da inglesa se m es us olhos por est ban dig gage em, anda ar toda da primeira sol t a a f az e rato dos véus, s ob re as sun t os tao g ra av espanhol do país, tvi, de merda sem lei nem justiça ne maior do home do om en ns, fil home do os da tremenda puta ladroes de c rina aças e c ob br id os de pedo da filos!!!!


casa azul há uma na rua capitao pala, pedrito lopez, p pedro marques lopes, que apoiu exacatamente o pedro santana lopes, na sombra do tal tink tank, quando dabvricnadeira dele a frente do psd e dos tres meses que esteve desgovernado o pais, com o portas, um belo triunvirato de merda

c asa azul, monaquico, do trinta e um da armada, primerio do acento a primeira na rua c apit puta cao da pala, ped tito do lope e zorro pp e d ro marques do lopes ps,dez x , q ue ap circulo do vaso do io, que o apoiou, e x ac cat tam ama que mente do circulo do pedro santana lopes, na sombra, s om br ad do ado dot al doac ruz da ink da cruz do falcao, qua anda do quadrado da ac vaso ric cna ad da eira dele, a fr en teresa do psd e dos tres, me s es q ue es teve d es gato ove raba ad do circulo do páis, da tvi, com do circulo do portas, cds, um do segundo elo do t ru un vi rato de merda

por isso tambem a puta mor e louca do pedro santana lopes, estava no tal aparente enterro do raul

por iss circulo tam am tambem, da priemria puta mor e da louca do pedro santana lopes, s anta anal dez x do circulo do lopes, e ts ava not al ap par ren en teresa en te rr do circulo dd, do raul

a puta do acs, vi ontem uma passando no carro ali na pampulha de barbinha rala muito sorrindo na vida como de costume, a puta constante da acs, a filo,é nome de filomena, que é de faro, onde agora ardeu os terrenos de seguida ao passe, a tal ligada aos cineclubistas, o nci, e o antonio da fpca, al can tara , e a ultima vez que a vi foi quando me apareceu a frente numa reuniao no ministerio da cultura, onde fui mostrar o projecto e cultura que depois de registado no acs apareceu como sendo do centro nacional de cultura, ainda no tempo do ex ministro do ps, o bean, mostrei o, e- cultura e o canal zero, ali estava a puta, nem fazia ideia de como já tinha trepado na hierarquia horiozontal do estado, resposta como de costume zero, o que seria de esperar de ladroes, filomena ou anabela afonso, a ana bela , primeira do fom serpente do circulo dana anabela afonso, as si mc rei do circulo do sw e rato da minha desgraça

primeira da puta do acs, vi on cruz te em uma p ass sand circulo don do circulo do carro al ina da pam pulha, de var rb binha, cic l elta, sic, rata al ala mu it circulo dor rato inda na vasi di da primeira, com ocirculo da ode do costume, cos t ume me, primeira puta co ns t ante da ac serpente , primeira da filo, é no mede da filomena , que é de circulo de faro, onda agora ard europeu os terrenos de se guida , id da primeira do circulo do passe, at cruz al, lua da gada da primeira do os dos cine c lub istas, on cie do circulo do aton, antonio, da pf ca e primeira do vaso do primeira da cruz ima ave sorro q ue da primeira do vi do forte do in put ut put, qua anda me ap par rece vaso a fr en te , nuam da reuniao, grupo cascais, do no do ministeriro da cultura, no do mini s teresa rato iro da cultura, cu da primeria tura, a inda no te mp circulo do e x mini sy ro do ps, a puta do zorro, do circulo do bean, mote rei oe cu da primeira turra, e circulo duplo anal zorro do duplo vaso do ero ro a l e e estav priemira puta, ne mairo do f azia do az do ia dec omo j acento a primeira tinha, cruz rep pado dona hi e ra arc quia home do circulo rio zn t al, do estado, rato da espanhola posta, da explosao, com circuklo omo dec deco cos cruz primeiro me z do ero, o q ue se ria de es pera ar del ad ro espanhol corte

Depois de publicar o ultimo vídeo, no domingo, abri o yahoo, e dei com uma noticia que tinha onze minutos e que dizia que no japao tinha ocorrido um tremor de terra, falar eu dele por duas razoes, as mangas, nos metros e nos transportes públicos, o erotismo do leite das rosas, e ainda sobre memória de hiroshima e das bombas nucleares, e ainda de uma imagem que ecoara em duas formas distintas num dos desenhos que te fizera para mostrar a acumputura, curiosamente olhando aquela vesica que desenhei ela me remete para uma outra imagem particular, a casa futurista da estilista que faz as roupas para a família fantástica

D ep o is de pub li circle aro vase first cross imo vaso id é circulo, ab rio delta primeira do man do circulo do oe dee com uma not ti cia quadrado da ue da tinha do onze minu to ze da se da sec sex ue di iza quadrado da ue no j a pao tinha do circulo co rat rid , o um cross remo mor de terra, br, f al ar eu del le por du as rat az o es, às das mangas, nos cross reo serpent en nos cross ra sn pi rt es pub lico serpent, o ero cross is mod o leite das rosas, e a inda serpent ob re me mor ia de hor is sn hi ma e das b om ba serpent nuc lea ar ares, e a inda de uma mai mage made rua q ue e coa ra em du as das formas di serpent tintas nu made ria dos d es en man os q ue te fi ze ra para mos cross rat ar a ac um mp vase tura, cu rio sam n te o first man anda a q eu la v e isca q ue d es en he ie la me reme te para uma outra rai mage m p ar i ct vase first ar, a cas futurista da est i first ista quadrado da ue f az as rip ua serpent para primeira fan ano la fantas tica

Na mesma linha dois tambem na região de los angles, em font ana e in lan e mp ire

http://news.yahoo.com/s/ap/20090809/ap_on_re_as/as_japan_earthquake


TO K Y O – cross circle kapa delta circle, first st rat ong e art man quake sh ook japan see serpent da capital and serpent ur do ro da un do ding da ar rea serpent sunday, man al cross ing cross rain sand a pro f ess sio n al base ba ll cat am e, but cross he re we reno im me dia te rat e port serpent o f dama mage or circle as ua first tie es.


There w as no cross man rea cross o f a ts un ami fr om cross he q vase ak e, which w as circle en te red at a dep pt man o f 1 88 mi iles es ( 303 ki first om meter sin cross he I z vase islands o f ft he east e rn coast o f Japan, the U.S. Ge olo gica first S ur v e delta sa id.


The U SGS me as vase red cross he q vase ak e a cross mag ni cross vase de 71, w man ile the Japan Met e o rolo gi circle al A gen circle delta put it at 69.

The q vase ak e, which rat cross led furniture and w all sin Tokyo man om es, hit at 7:56 p.m. (10, dez 56 GM T) and sh ook the capital regi on, inc lu ding Iba ra ki, S a it am a, Toc hi gi an dc man iba pr e f e circle tur es, the Japanese a cat en circle delta sa id.
´

A b ase ba ll cat am me in Yoko ham a pn ue serpent bet we en the Yoko ham a Ba delta St ar serpent and C man un i chi dragons w as stop ped te mp o ra rat il delta b delta the vase mp ire w man en cross he q vase ake st ru ck. S om e hi cat man inglish sp ee d bull et trains al serpent o we re man al ted, but be gan run nin cat a gain a ft e rt he serpent man cover inglish stop ped, pub lic br o ad dc caste rn homem kapa sa id.
J a p an i s one o ft he world serpente serpent mo st ear art man quake-pr one co un cross rie es, sand e x per ts be lie eve tokyo man as da primeira de 90 per circle en cross circle man anc e o f be ing hi cross b delta a major q vase ak e ove rat cross he next 50 delta e ars.

In 1995, a mag ni cross vase de-7.2 q vase ak e in cross he w es stern port city o f k ob e ki ll e d 6,400 pe o p le.
A zoom que te mostrei e que estava aberta nas fotos japonesas das belas rosas leitosas, é uma das fotos que está na linha de diversos cruzamentos quando a terceira semente de jason rolou, e portanto se prende com diversos cruzamentos que de alguma forma remetem tambem para a queda das torres, e será esta revista como as outras ,abordada em forma particular,


A z o do om quadrado da ue da teresa maior not cruz rei e quadrado da ue est ava ab e rta nas f oto sj ap oz e zorro do às das be l as rosas da lei to sas, é uma das f oto serpentes quadrado da ue e stá na linha, de di dos versos c ru zorro da am en cruz os qua anda da primeira da terceira, ilha, se sec que mente de jason rolo ue porta anto se pr en dec om di vaso dos eros circulo ru zorro da am en cruz do os quadrado da ue de al gum primeira forma reme teresa em tam am tambem, para primeira da queda das torres, e se rá e star e vaso ista com do circulo do às das outras ,a bora da em f oma p art tic vaso do primeiro da dol da ar,
Segundo se desvela no corte das linhas, é alguém relacionado com uma mentira contada sobre mim relativa a uma qualquer historia que se teria passado no tokyo, que é nome de uma das discotecas de lisboa do cais de sodre


Se gun do se d es vela no co rte das linhas, é al g eu em re la cio n ado com uma da mentira conta da s ob re mim re la t iva a uma q ual q eu r hi s tori a q ue sete teri a p as sado not do circulo da kapa do delta do circulo, quadrado da ue é no do oe made ria de uma das discotecas de lis boa doca is do sodre