domingo, março 21, 2010

a chama na neve evocou em mim a chama na av da republica

referencia ao post onde narro a visão da chama agora evocada, e na impossibilidade de ainda ter resolvido o problemas dos arquivos

ref fr ren cia cao post, jornal, onda dena na rr o a v isa sao es da ac ham a agora e v o c ada, e n a em p os sibil bil id ad e dea primeira inda teresa rato es sol v ido o pro b l ema sd os arc uivos, lobos, vaso iv os

aqui fica um link
a qui fi ca um ml ink

http://web.archive.org/web/20070612000938/http://www.ourosobreazul.blogspot.com/

retortas, programaçoes alteradas, queda das torres

continua....

circulo do ps top da ue do lic da pub, é o da agência de pub francesa, responsável pelas eleições dos socialistas, já aqui abordado há muito tempo atrás, o rato top do ps,


c irc culo do ps top da ue do lic da pub, é o da a geni cia do cade da pub francesa, r es p os sn v el p el as eleiçoes dos soci lita sj á, a qui ab bora dado , o do rato ad o h á mu it o te mp o at ra s, circulo rato do ato do top do ps

um funil em cobre ou seja a retorta alquimia das comunicações, e dos processos operados através deles, ou seja relação com pt, assim também o simbolo do restaurante funil me desvela

um fun un nil em cop pb br é o use seja a r e torta rta al quim da mica das com muni unica dos caçoes, é do os por c esso os o pera do s at rav es deles, o u seja da relaçao com pt, ass si maior do tam am tambem do circulo es lobo si do mb lo do r es taura ran te f un nil med do quadrado da espanhola al vela

a imagem de que falei no pedaço do texto anterior, estava eu do outro lado da avenida no eixo da rua onde a chama aparecera, ou seja, o cruzamento dos dois, símbolo de frança e das pontes entre portugal e brasil , diz-me vir o punho dessa espada, que terá ferido os três territórios, do sitio onde estava, ou seja, da dependência de um banco que por ali esta nesse eixo,


primeira cabo rai ima mage ge maior deque eu f al ei no pea ad peda da açao do tex to ant rato do iro, e ts av eu do outro rol lado, o da ave ni id a no e ix o da rua onda dea a c j onda hama ap ar e cera, o vaso use seja, o c ru serpente za am men to dos dois, si mb olo de frança, é das pont es en t re p ot u gal e bar si l , di zoor do traço da inglesa me vi rato rop do punho dessa es ap da , q ue teresa ra f e r id o os t r es terri rt toi iso do si ti o onda stav ava, o use seja da d ep en den cia de um banco q ue por al lei ie , é sta ness e ei id dop do xo,


não deixa de ser esta zona da cidade próxima, para mim, pelas minhas vivências, e pelos locais onde vivi do chile, ou seja existem aqui ligações com historias antigas que vem desde o tempo de finais de oitenta na zona do chile e depois na zona do bairro dos actores ao areeiro, algumas em parte já afloradas, mas que me indicam que o tremor que agora se deu no chile, passa por estas gentes e por estas relações e sendo que ainda nem transcrevi o que o sonho que tive durante a escrita deste pedaço relativo ao tremor, me desvelou


cão de ix ad , é ser e sta zon ad a cida dade pro roxi x ima, para do mi, ip p delas, min h as v iv en cia se do p elo s lo cia s one v iv id dó do chile, o u seja e xis te am mi circulodo rato maior do maqui liga aç co es com das hi iso tot ia s an ti gas q ue eve maior de sd deo do circulo da te mp circulo da pode de fina s id, é oitentas, na zon ado chile, é d ep o is na zon ad circulo do do bairro dos actores, relacionado com a casa pia, ou seja também abusso infantis, cao do arieiro, al gum as em p arte j + a a flor ad as, masque ue da me indica cam am q ue do circulo do tremor, q ue do agora da se d eu no do chile, p ass ap por e sta s g en t es se por es ra s relações, é serpente en doque ue da primeira inda ane da ne maior rt cruz ra sn circulo do rato, é vi do circulo lop quadrado da ue do circulo do sn ho quadrado da ue dt da cruz ive, duran ted a tea da primeira da espanhola da al do circulo da rita do quadrado de este ped aço, o rato el at ivo cao do tremor, me d es velo lou uva, mulher o durao, vaso

a imagem das torres se formou da seguinte forma, a necessidade de um back up em função de uma actualização do windows xp pack 3, que acabou por não ser bem instalada, pois o sistema craschou no final da instalação,

a ima mage maior das torres se for moda vaso da se gui net da forma, pr ie emi mira da ane da ne nec do ess da sida dade dede um ba ck vaso , el da eva sao, es, p em fun sao es de uma do ac tua al onze, primeira da iza cao do w indo ws x pp primeira do ac ck 3, quadrado da ue aca ab ova vaso por n cão, ser b em in st ala ad ap o iso sis t ema c ra sc ho un o fina l da in s t ala sao espanhola

ao tentar copiar uma especifica foto de ,c, para, f, a que me diz ser o triplo circulo do traço un der s core do vinte quatro, ou seja jornal , tv, e também natal, uma foto que copiara uma vez do blog da rosa leonor , a rapariga deitada, de face oculta no leito vermelho com a sombra também como de sangue, se formou a estrutura das torres, ou seja uma imagem wire frame como se fosse as estruturas internas das torres, parecida também com uma imagem recentemente comentada em vídeo, aqui antes mostrada num outro sobre a queda, ou seja a boca, os dentes do céu, a estrutura das torres, que uns rapazes me pediram para filmar, revistas de ciência francesas, um reflexo de lamina num cd, símbolo de dados e de data, e depois o g4 inclinado, assim termina esse vídeo, que foi em parte re editado por terceiros como aqui também relatei


cao t en at ra co pi da ar, uma es pe cif fi ica f oto dec circulo do pr ra da primeira, fac ue me di zorro ser circulo do ero t rip lo, o circulo do traço un der s core do vinte quatro, o vaso do seja do jornal da tve e eta tam am tambem no natal, uma f oto quadrado da ue do co do pi da ara de uma ave zorro do ob segundo de lo gaya da rosa leonor , a ra ap riga deitada, de face o cu l t ano leito vermelho, com da pr ie mr ia s om br a t am tambem c omo mode sena gato da ue, se for mo ua est ru tura das torres, o vaso do seja uma ima mage ge maior do w ire fr ame mec omo se fosse às das est ru tui rato irs sin te rn às das torres, par rec se id a t am também com uma ima ge mr rec en te , a que mente, co men t ad o em vaso da bid do deo da primeira aqui do qui ant es mo t rata ad ano um , num outro s ob rea primeira queda, o vaso do seja primeira boca, os dentes do ceu, a es t ru tura da st oo rr espanhol, q ue uns ra ap ze es me dp dei ray mao maior do para da fil mar, rato da se da eva do vaso das revistas, istas de c ie en cia fr anc es as, um ref for mula one le do xo de lam am da mina nu maior cd, si mb o lo de dados, é de da data, é d ep o iso g4 inc l ina ad o, as si maiot teresa sada da mina do esse da eva do vaso da id deo, quadrado da ue fo oi em p arte re ed dita dp cruz circulo dos ratos te rc e iros rosc c omo a qui tam, b em rata dela dt da cruz ei

se formou a estrutira das torres, sobre f stor é jet cruz rio ra rata ab bn ns sc en qaudrado, iam ge ns da s eta cabo do oi rato para do norton, anti vi rato, ps

fotos 601 10, cos mic triger, gato til da ilha, vao os serpente id deo os serpente da rec dd da sic lage maior terceiro do onze do trinta e um, hor

fi gato ual daper pero sn al da data do mai iro roda do delta, doc um men t serpenet bar do r as min home as sima mage en ns da quinta feira, jornal, dez ase do is, do macon

depois como se pode ver na foto

d ep o is c omo se da pode w eve rn a f otoprimeiro a estrutura estava inteira, ou seja ligava os dois pedaços que são visíveis nesta imagem

prime iro da primeira est ru tura e t delta da s av inte ira, o vaso do seja liga ava os dois peda aços q ue sao v isi vaso e is net sima ge maior

a estrutura se quebrou numa parte de cima e na parte de baixo, que figurou em minha consciencia com exactidao, a imagem do edificio às amoreiras onde se encontra empresa da data, alvo de visoes antigas muito especificas aqui relatadas na altura do acontecer, com jactos, codigos digitais, d pedro ho tel, e russia onda de beslan

primeira est ru tura se q eu ub br o un uma p arte dec ima, é na p arte de ba ix o, q ue figo ur ro do vaso em mina homem co ns cie en cia com, é x cat ti id do dao, a i mag é maior do e di fi cio às das amoreiras, onda da se en c on t ra em presa da data, com vio es ant it ti gas mu it o es pe cif ica saqui ire r ato el at ad as na al tura do ac on tec ser com dos jactos, codigos digitais, do dom do pedro ho tel, é ruy ru ss serpente do ia

e também faz relação sob o plano arquitectónico, com outro edifício e outra imagem, a gare de belem, a rapariga com os olhos pintados como esta que aqui recentemente apareceu, e a pedra cúbica das aguas e da aranha

é ata eta tam am tmbem f az da relaçao, s ob o p lan ano arc u it c t oni coc do circulo do om do omo, um de outro ed di fi cio, é outra rai ima ge ema gare de belem, primeira ra pa riga com os dos olhos pin t ad os c omo , é sta q ue a qui re en te maior net ap ar eu, é primeira da pedra, a primeira pera cu da bica da serpentes das aguas e da ar ana home da primeira

mozilla, o macaco, king kong, do pe ru da erath do seis do colle c ti on seis it en d eta tail na parte superior mo, que é o nome do video do museus de j f kennedy, assim estabelecendo a relaçao tambem com o grupo aqui por detras da morte do presidente

mo oz moze illa, oma coco, king kapa inglesa da ong, do pe ru da erath do se is doc do onze do ole c ti on seis it en d eta tail na p arte s up per ior mo, q ue é circulo do co no me d ov id deo, o do museus, de j f k en ned y, as si m es stabe le c en do da primeira do tribunal da relaçao tambem com o gato do rupo a qui por det ra sd dam am da morte do pre s id dd dente en te

e ainda ressoa esta imagem como relembrei antes, no video das estruturas que se ve a serem filmadas num ecra, bem como nas linhas recentes que abordavam estas materias de estruturas no ambito do relatorio sobre o wtc e o ultimo documetario de investigaçao aqui linkado sobre o 9 11 e as torres em particular

e a inda r esso a é sta ima mag ge mc omo r el em br ei ant es, no v id deo das e ts ru t ira s q ue se eve a se rem fi lam d as nu mec ra, b em c omo nas linhas rec ene net ts q ue ab o r d ava vam am e sta s mate ria sd e est r au tui ira s no am bit , o do rato dela ato rio s ob reo wtc, é o u l t imo doc ue m tna rio de in v es tiga ac sao cortez a qui l ink ado s ob reo 9 11, e as t oo re ws em p art ti cu primeiro da ar, jaime gama

ou seja se junta entao, a relaçao com esta empresa sediado às amoreiras, a data, com a octal que acabra de se desvelar na ultima palavra como sendo a face oculta do polvo

o vaso do seja da se j un t a en tao, primeira da relaçao com, é sta em presa sed iad o às am o rei das iras, primeira da data, com da primeira da octal, q ue aca br ad, é se d es vela rato ps na u l t ima pal av rac ac omo s en do da primeira da face oculta do polvo

continua...

no restaurante do funil, do grupo da retorta, gil, e o cheiro do diabo

não trago a certeza disto mas creio que o restaurante onde jantavam, era o funil, cujo símbolo é muito significativo, um funil como uma retorta, ou seja símbolo dos grupos alquimicos, e onde agora me lembrei de ver exactamente o gil e um grupo da gulbenkiam, nas muitas vezes que nessa altura quando ali vivíamos o frequentei

n cão t rago a ce rte z za di s tomas c rei o qaudrado do vaso do circulo do restaurante, onda j ana tva vam am, ero do circulo do fu un nil, cu jo si mb lo é mu it o si gn if ica cat ivo, um fun il c omo uma r e tor da torta da rta, o vaso do seja si mb olo dos sg gatos rupos alquimicos, é onda dea do agora me lem vaso br ei de eve r ex cat am que mente do circulo do gil, é um do mg gato rupo da gulbenkiam, nas mu it as v e ze es quadrado da ue ness da primeira da al tura da rac quadrdo da primeira, a un do dó al, é viviam os co circulo do fr e quadrado dao vaso da en te ei

me recordei ainda de outros fios da imagem da zona da cidade que ontem referi a propósito das bombas em londres, pois também ali se manifestou um perfume nas instalações da ss, segurança social, ou seja vera saudade e silva, e skins, e uma intuição de algo ter acontecido a umas crianças de uma funcionaria ali, sendo que essa segurança social, é exactamente o local das trafulhices que me fizeram nos dados da empresa, como aqui relatei, onde aparecia na gerência, um nome que nunca existiu, e que fora posto no sistema propositadamente, e assim também me alteraram a situação contributiva da empresa, e sendo que esta queixa continua sem resposta pelos bandidos dos ps que se dizem gerir estes assuntos, putas traficantes e cobridores de pedófilos e de crianças mortas!!

me r reco rato dei , a inda de outros fi os da ima mage ge maior da zon ad a cida deque eu on te maior a fel eli a pro rop pro s it o das bombas em londres, p o is t am tambem al ise man if est o u um perfume, cc, noa sin st ala ço es da ss, segur ança br soci al, o vaso use da seja vera saudade e silva, é serpente da kin se, cristina coutinho, uma in tui sao es de al go teresa c on tec id o a uma s crianças, de uam fun cio na ria al i, s en doque dessa, a da segurança social, se o cia al, é e x acta em n teo l ocal das t ra fu l hi ice es q ue me fi ze ram nos dados da empresa, co mo qui r la t ei, onda ap ar e cia na ger ren en cia, um no meq ue n un ca ei x ti ue quadrado da ue da for da ap do dp posto no sis cruz da ema pre ep posi, it cuz da ad dama do dam am, a que mente, é as si maior rt a cruz tam am tambem na meal al, teresa ra ram as serpente it vaso da sao es c on t ib u it iva da em presa, é s en doque ue e sta da queixa c on tin ua se maior mr r es ps ota p elo s bandidos dos ps, qaudrado da ue se di ze mg ger e ar de estes assuntos, das putas traficantes e c ob rio ratos es de pedofilos e dec cc das crianças mortas!!

serão talvez as cinco e meio neste ponto da escrita, desceu de repente um imenso nevoeiro, aqui que interpretei como espelho da verdade sobre Londres

se ra circulo da tel da ave às c inc oe me io nest ponto da es circulo da rita, d es sc eu de r ep en te um im en s one evo ie ero, a qui q ue inter rp pr ete ei c om o ave r dade s ob re l on d r es londres

de notar ainda que nesse tempo se soube pelos jornais de um roubo, que de memoria, creio o valor, ter sido setenta e cinco milhões de contos, através dessa delegação da ss, noticia que passados muitos meses, se disse não ter fundamento, mas a verdade que eu conheço aí, é de tráficos como aqui fiz prova e portanto, se actuam assim em relação a dados actuaram assim certamente em relação ao dinheiro, e depois temos esses bandidos de estado do ps que os cobrem,, como também provado, pois as queixas que apresentei foram arquivadas , ou seja esconde quem teme, e neste caso quem sabe, e cobre, e portanto quem ganhara de alguma forma também

de not da ar da primeira do pi inda q ue ness e te mp o se s o ube p elo s j o rn a is de um ro ub bode me mor ia, c rei o ova do valor, jornal, e referencia recente, sobre a imagem do hermitage no mc, teresa s id o sete en a te c on co dos milhoes dec contos, at rav es de essa da del a g ac sao es da versa saudade e silva, ano da noticia , not it cia, q ue pa s sado mu it os mes es, se di iss s se n cão terresa rf fun dam en toma masa asa p+rime ria ver dade quadrado da ue e eva do vaso do circulo on he ço es aí, bum atocha, é de t ra fi cos c omo a qui fi zorro zp pro da ova, é porta anto, se ac tua am as si maior em tribunal da relaçao, pr ie mr ia dos sd, a dos dados, ac tua ram as si m ce rta em bte em relaçao cao din he iro, e d ep o is t emo s es eses nadi db o sd de e ts a sd, o do ps, que os cobre rem,, c omo t am tambem pro ova ad o, p o isas q u ie x as q ue ap pr rese en t ei do foram pt, a q uri iva ad as , o vaso do seja do espanhol conde q ue em te me, é nest desta, o caso, q ue maior sabe, é cobre, pt, e porta anto gan hara e laguma forma t am tambem

e por isto tambem que sempre vos digo, meu povo, portugal só não tem dinheiro na aparência, pois a realidade é qu as putas que dizem giovernar sao bandidos, como amplamente provado à exaustao, e enquanto a justiça de novo não campear, não se alterará um milimetro esta situaçao que os poucos ladroes, a uma imnesa maioria fazem pagar dando cabo das vidas das gentes !!!

e por is tota tam am tambem q ue se mp re v os dig o, me ~vaso p ovo, portu gal s ó n cão te m in he iro na ap ren cia, p o isa r el aida dade é q u as putas q ue di ze em gi ove rn ar da sao bandidos, c omo am mp lam am , a que mente, pro p v ado à e x au s tao, é en qa ua anto da primeira da justiça, de en ovo nº cao cam pe ar, n cão se al te ra, rá um mil i metro é sta s it tua ac sao es q ue os po u cos ladroes, a uma i mne sa maio ria p f az em pa g ar dan dp cabo das v id as da s ge bn net s !!!


a imagem da rapariga no mupi de que vos falei agora na estaçao do autocarro, onde por cima os mochos depois me apareceram, adquiriu um outro significadao, a foto, é estranha pois a rapariga se bela parece estar sem grande expressao, e creio ser a mesma de outra foto com outra atitude de corpo que por si só mostrava outra emoçao e acçao, uma foto igualemente de lingerie onde se manifestara um sincronismo, com o mecanismo da corda, por assim dizer, dos pioes de crianças modernos, cuja leitura apareceu aqui nesse preciso tempo, e que se vi reflectido nas calcinhas e nos soutians nas mesmas cores,

primeira rai ima mage ge maior da rapariga no do mupi, id dd deque eu vaso os f al lei ei dao agora ana es taçao do autocarro, onda por rc circulo ima os mochos, d ep o is me ap ar ee ram, ad qui rio vaso um outro sig gn ni fi c ad adao dao, primeira f oto, é e t r sn h ap o is ara pa riga se da bela pa rece es estar se mg rande expresso priemira, e c reio ser a me ms a, e outra fo t c om outra a titu dede dec corp o q ue por si s ó mos t rata ava outra emo sao es e cc sao es, uma f oto i g ual lem nt y e e l in ger e rato da onda da se man ani if es tar a um sin c ron is mo, c om o meca can ni sm moda corda, por as si maior di ze rato dos pi o es de c rianças moderno serpentes, colegio da puta soares, cu j al e it tura ap ar receu a qui ness e p pre do ciso do tempo, é q ue se vi rato efe fel ct ido donas c al cinhas, é nós s o u tia ns nas me sm as cor es,

nesta foto dela, da marca intimissimi, como quem diz que é amiga intima de uma outra, tras um raminho florido em sua estremidade, que parece as plantas de que te falara que nasceram aqui no muro da casa, continuo, ao bairro operario e às instalaçoes da antiga fabrica, donde por vezes se ouvem estranhas vibraçoes, de ondas com densas frequencias, e ao olha-la de novo, me disse, é alfazema, o que ela tras, ou seja o alfa do zorro da ema, a que tombou, assim parece dizer pela posiçao da planta e da ausencia de expressao dela, ou seja os mochos do capitao das pallas, ou seja ainda do burros com palas, donde cegos, os que vao atras da cenoura na cana, e ainda sabao e banho, ou seja das aguas, dos tsunamis

este f oto dela, daam do dam da am marca in tim miss si mi, c omo quadrado da ue maior da di do zorro quadrado da ue, é amiga in tim ad de uma outra, t ra s um ra minho flor rid id o em s ua est r emi dade, q ue pa rece as pala lan antas, fcp, as de que da te fa al ra c ue na sc se ram a qui no m ur roda da casa, c on tin u o, cao bairro o pera rio é as sis sn t ala ço es da antiga fabrica, grupo, don de por v es es seo uve maior e ts ran h as vibraçoes, de ondas com den sas fr e q u en cia se x cao o l h a do traço ingles espanhoal de la , de n ovo, me di zorro do ze, é alfa z ema, o q ue dela t ra s, o u seja do circulo do alfa, do comboio, do zorro da ema, a que tom bo u , assis sio par ee c di ze rp p el a posi sic sao es e ws da p lan anta, é da au use s en cia de express sao dela, o u seja os mochos do c apit cao das pallas, o vaso use seja do burros com das p al as, don de c ego serpentes psi, os q ue da eva do vao, ps, at ra serpente sd da primeira ac cenoura na cama, é a inda s aba bao, tv cabo, é ban ho, o u seja das aguas, dos ts un am is

a todos recordo ainda outros fios de visoes ali na zona, aqui relatados, no tempo de seu acontecer, no tecnico, a tal carrinha simbolo do genocidio, peça de teatro da barraca, primeira republica, sendo que barraca fora de novo convocada a cena em palavra recente, relacionando com a puta socrates, um escritorio de um advogado onde entrei, que mais tarde se desvelou ser o tal da extrema esquerda, onde vi as aguias do ovo negro, as visoes do arco do cego, e da sucursal do stand 88 de novo aí, um encontro casual quando via a imagem da chama , do outro lado da avenida com o tiago torres da silva, ou seja me dizendo que o punho viera do brasil, e sendo que nessa tarde na mesma rua passou tambem a sara, ou seja relaçao tambem com franca, sara de sara bande, um dos pedaços da chave atraves da decomposiçao dos tres videos da tatiajna que ontem aqui publiquei, na forma como os publiquei

a to ds reco rato da dop a inda de outros fios de visa o es al ina zon a, a qui r el at ad os, no te mp o pode de s eu acontecer, rtp, no tecnico, a t al car rina homem si mb lo do ge mno c id dio do io, p eça de t eta aro da br rac a, prime ira r ep ub lica do publica, jornal, , s en doque ue da aba da barraca for ad en ovo c on vo c ad a a c en am pala vaso ra rec en te, r el ac cio nando, com da priemria puta de socrates, um es c rt tito tor do rio, poto porto, de um ad vo gado onda en t rei, q ue mais fr t arde se de es velo lou s ero t al da es t r ema esquerda, onda vi as das aguias do ovo negro, as das v iso es do arco, madrid, o do c ego, é da suc ursa al do stand 88 de en ovo aí, bum, um en c on t roca asu s ual quadrado da ua do ando da via da primeira imagem da chama , do outro rol lado da ave nid id da primeira c om o tiago tor r e w da silva, o use seja me di z en doque ue do circulo do punho do viera do dó bra is le s en do q ue ness a t arde na me sm a rua p ass o u t am tambem priemira da sara, o vaso do seja da relaçao, ata tam am tambem com de fr anca, sara de sara bande, um dos peda ço es da ac h ave at rav es da dec deco mp posi sic sao es do s t r es v id deo s da tati a jn a q ue on t ema qui pub lic ue ei, na forma c omo s o pub lic ue rato top do ps

continua....