sexta-feira, maio 21, 2010

bela sakira, vi a hoje aqui, com o seu namorado, ao que parece, se quiserem vir cá jantar, é só aparecer

segunda parte do video de hoje, toco, e outros assuntos de crimes mundiais





taxas, só com justiça social na sua aplicaçao, e não como aqui se vê, soluções de estabilidade, implica que quem diz levar cargos de representação, defenda antes de mais quem representa e em forma justa, se não se recupera a justiça nestes planos económicos e financeiros, não se pode pretender estabilidade, se o contracto social não é justo ou está pervertido, como os impostos por conta, não actuar neste tronco da base dos problemas actuais, é manter condições para a turbulência, e consequentemente para o seu aumento

t axa ss ó com da justiça, soci al na s ua ap lic caçao, é n cao c omo a q u i s e v è sol u ço es de e stab bil id ad e, i mp lic a q ue q ue maior di zorro l eva r c argos de r e p r e sn ~en taçao, q ue d efe fenda ant es de mais, fr, q ue mr ep rese en t a e em forma just a, se n ao se re cup pera a justiça nest es pal nós e co no micos e fia n caeiro s , n ao se pode pre t en der e stab el id ad e, seo c on t rato do acto soci al n cao é justo, o u e sta pervertido, c omo os i m ps orto s por conta, nao a c t ua r nest e t ron co da b ase dos por rb el ma s ac tua is, e man teresa condi ço es para a t ur bul en cia,é co ns e u q net e mne t pa ar aro circulo s eu au men to


não podem ser os que menos tem ou mais desprotegidos a pagar , ou pagar mais, a factura, seja ela entendida em que plano for


n cao pode maior ser os q ue men os te maior emo mo vaso mais, fr, d es pro te gid os primeira pa g ar, circulo vaso pa gato ar mais, fr, primeira f ac tura, seja dela, en ten dida em q ue p lam ano primeiro for


enquanto a justiça não for resposta e um plano de pormenor, com metas , controlo continuo, acessível aos cidadãos e consequências de incumprimento, é de não pagar nenhum imposto!


pois a credibilidade que já não existia, menos agora existe


p o isa ac red di bil id dade ad e, de que ue j acento da primeira é xis tia, men os do agora é x iste


en qa un to primeira da justiça, n cao for rata espanhola posta, é um p lea ano de por men circulo do rato com met as , c on cruz rolo, c on tin vaso circulo ac ess iv el, primeria os cida dao se e co nse sec ue en cias de inc cu primeiro pr rim en tim, é de n cao p primeira gata da ar n en home primeiro mim d o i m p s oto



depois de filmar este vídeo, a cinza me mostrou , primeiro o lugar dos carris das portas ao pé da coluna das ancas femininas, ao lado do local onde estão as colunas, e depois ao lado da tecla supr, ou seja, serpente vaso ele da eva sao es do pr,


d ep o is de fil mar este vaso id deo é a primeira ac circulo in za me mos cruz circulo vaso do prime mer do rio, circulo lu gato da ar , o da carris, das portas, cds, cao pda co l una das ancas fe mne das minas, cao aldo, dol ocal onda serpente rta às das colunas, é d ep o is aol ad circulo da tec dela, serpente do vaso do pr,


ficou cortado o final da conversa, onde digo que espero, a resposta sua, zapatero sobre o que lhe perguntei, e vos dizendo pela enesima vez que se não me garantem a justiça, não recebereis mais ajuda nem aviso, como acabei de vos mostrar ter feito dois meses antes da queda das torres, que ao que parece para pouco serviu


fi co vaso do c o rta ad dp fina al da c on ver sa, onda dig o q ue es pero, a r es posta s ua, zap pat ero s ob reo q ue dele, per gun t ei, e v os di zen do p ela ene s ima v e z q ue se n ao me gara rant en a justiça, n cao rec e be reis da ajuda ne maior do av iso, c omo aca b ei de v os mos t rato da ar teresa, feito, do is mes es ane net serpente da queda, q ue pa rece q ue para p o u co ser vi do iva vaso





vaso id deo, 2 0 5 10

5 93 MB 62 .205 .6 7 6 b y t es

cu rio s o e co no tele jornal, s o b r e t ur bul en cia s, das outras que f az em c air avio es c omo a qui d es crito em se us por c ess os, corda da rei a d o norte, o miss el tor pedo c omo às das colunas, c l un as, como os barcos que aqui hoje falo, mas estes eram na aparência, ap a rec ni a de outras aguas, ao norte mas daqui

de notar também a ausência da foto novela do tal inquérito, como ouvira pelo espírito depois da primeira gravação, que tinha terminado com a encenação

de not ar tam eb m a a u s e n cia da f o t o n ove la do t al inq ue rito, c omo o uv ira p elo es pi rito d ep o is da primera g r ava çao es, q ue da tinha ter min ad o cm primeira da encenação, en cena ac cao inglesa

dizia aqui, uma das putas mor, ontem, que assim ninguém haveria com vontade de governar, que bom, deveriam ser coerentes e desaparecerem todos, para que as gentes então se governassem por elas mesmas, que ter incompetentes , corruptos e bandidos, só serve como demonstrado à exaustão, para empatar a foda, tipo , nem truca nem sai de cima, o que mais grave torna a vida de todos

di zorro do ia de uma das putas mor, on te maior , q ue ass si m nin g ue maio h ave da ria com von t ad e de g ove rn ar, q ue b om, d eve ria am ser coe ren t es e de spa rece rem todos, para q ue as genets en tao se g ove rn asse maior por delas mesmas, q ue teresa rin inc om pet en t es , cor rup pt os e ban dido s, s ó ser v e c omo demo sn t r ado à e x au s tao, para em p at ar ~da prime ria ad da foda, t ip o , ne maior t ru ca ne maio sa id e c ima, o q ue mais g r ave torn a a v id a d e todos



ninguem confia ou confiara num ser que se diz pretender ser politico que nao defenda as leis e o respeito delas, e nao proteja os filhos e os pais, e de quem deles abusa, e nao puna quem os rouba

nin guy em c on fia o u c on fia ra nu maior ser q ue se di zorro pre t en der ser poli t c o q ue n cao d efe n ad às das leis, é o r es peito delas, e n cao pro te j a os house q ue m deles ab usa e de q ue maderia deles ab usa, e n cao p un a q ue maio do os ro ub a

prova de envio da acusaçao ao psd

é favor levar ao conhecimento de passos coelho, pois portugal espera não uma mão, mas justiça e saber a massa de que ele é feito

http://ourosobreazul.blogspot.com/2010/05/acusacao-contra-diversos-do-estado.html

aguardo a vossa resposta, recordando que depois de mais de três anos, sem nenhuma, tive no outro dia, uma provocação como pseudo resposta de nada, e contra vos pende acusação de matança dos polacos na russia, bem como do roubo e actos de tortura contra meu filhos, consequentemente actos de pedófilos

a g ua ard o av os sa rata da es posta, rec o dand, o q ue d ep o is de ema si id e t r es ano serpente 2005, se maior mne n en h uma, t iv en o outro dia, uma por v o caçao c omo pse u dó r es posta de n ad a, é contra vaso do os pen dea da acusação de matança dos polacos na russia, b em c omo doro ub oe ac t os de to ru tura contra me vaso eu fil ho s, co nse q u en te mn te ac t os de pedo fil o s

paulo forte

enviado agora mesmo para psd@psd.pt

acusaçao contra mota amaral

pois a pergunta que coloco em forma oral, sobre quem é esse deuzinho dos acores,para ter poderes mandatado por quem, para decidir quem na pretensa comissao de inquerito ao negocio da pt, tem ou nao acesso às gravaçoes, com a agravante de ninguém ao certo saber, se na realidade teve esse acesso, e a que partes das tais escutas, se respondeu pela minha própria escrita, esse terrorista, o mota amaral, está a proteger uma senhora do grupo dele, assim o espírito mo confirma no corte do paragrafo respectivo no texto que acompanha o video, ultimo post publicado

p o isa per gun a madeira, q ue c olo loco em forma o rato da al, s ob re q ue mé, é esse do deuzinho, a cobra dele, dos aco r es,para teresa rp pode der rato es man da anta por q ue maior do para dec id i rato q ue mna pr t en s a co miss sao de inq ue rito cao do negocio da pt, te mo vaso un cao ac esso às das g r av aço es, com a a g r ava van te de ni gume cao ce rt, o saber, se na rea l di iade da teve desse ac esso, é primeria q ue p art es das tais, br, es cu t os, ze r es pin d eu p dela , es c rita, esse terrorista, do circulo do mota amaral, é stá primeira por te ger, uma s en hora do g rupo dek le, as si imo mo es p ei t o o c o n fi oma no co rte do para g raf o r es pe c t ivo no tex to que ao n cp anho ov i d e o, ultimo ps ot pub lic cado, br

por outro lado se deduz da situação,que se na aparência mota amaral tem na comissão tais poderes, se tal é verdade, e se o for, que expliquem em base em que regulamento, a ar limita a própria capacidade que se diz ter de investigar, função primeira da ar, a de fiscalização, é porque lhe foi concedida por acordo inter pares, ou melhor dizendo inter terroristas dirigentes das diversas bancadas, o que prova, que todos eles estão conluiados nesta pseudo investigação, o que prova também que é falsa, ou seja, pretendem com isto , efectivamente, desviar as intenções de outros crimes, e simultaneamente branquear alguns deles mesmos, culpados, que todas a partes na ar terão então, obviamente que conhecer, fazendo assim deles todos, cúmplices e participantes do crime de ocultaçao

por outro do rol lado, se d ed uz da s it ua sao,es q ue sena, br, a ap rec eni a do mota amaral te mna co miss sao tais, br, pode r es, se t al é eve rda ad e, e se circulo do for, q ue é x p lic ue maio em base, he roi ina, em q ue reg gula lam am men to, primeira da ar li mit a a pro rop p ria capa cida dade q ue se di zorro teresa de in v es ti g ar, fun cç cao primeira da ar, primeira da ad e f isca x cali iza ac sao es, é por q ue l he fo i c on c ed id a por acor do inter par es, o u mel hor di zen do inter te rr ori sta s di rig en t es da s di ver sa da ban c ad as, o q ue por vaso da primeira, q ue de todos eles, es tao c on c lui ad os nest a pse vaso dó in v es tiga ac sao, o q ue pro ova tam am tambem q ue é f alsa, o vaso do seja, pre t en dem com is to , efe ct iva vam am que mente, d es via r as int en ço es de outros c rim es crimes, e si mul t ane ema man net br anque da ar al gun s deles mesmos, cu l pados, q ue todas a p rate s na ar terao en tao, ob via am que mente q ue c one h ser, fazendo, luis, be, ass si maior deles todos, cu mp l ice es e p art ip ana t es do c rime de o cu l taçao espanhol

Acusação contra diversos do estado portugues , da classe politica e à pt


uma das folhas da manha do roubo feito pela pt, cuja historia mais uma vez abordo em detalhe no vídeo abaixo com comentário sobre mais esta fantasia da ar, cujo objectivo para alem do branqueamento pretende desviar a resposabilidade na matança dos polacos

uma das fo l h as da manha do roubo feito pela pt, cu j a da onda da historia, hi s top ria ma si uma v e zorro ab o r dó em d eta al he no v de io ab a i x o com cm o e n t ar io s ob re mais e sta da fan t as ia da ar, cu jo ob ject iv o para al lem do branqueamento pre t en de d e via ra ar r es posa bil id ad e na mat ança es dos pol aco s

branqueamento, branquinho, uma das ilustres putas da tal comissão de ar e vento, que dizia no fim de semana, coitadinho que tinha feito mil e quinhentos quilómetros numa viagem lisboa porto, a fazer prova que é louco, ou aldrabão

br anque am en to do branquinho, uma das ik l u t r es putas da t al co miss sao de ar e eve do v en to, q ue di z ia no fi made ria de se mana coita ad din ho q ue da tinha, feito, mi le quin h en t os k i l om w e t ros nu ma via ge m l is boa, é porto, a f az e r pro da ova q ue é louco, o ual d r ab do bao,

e
quem é essa puta que se diz presidente da tal comissão, que deus o mandatou para ter poderes de decidir por si mesmo, o que uma comissão vê ou não vê

q ue mé dessa puta que se diz presidente da tal comissão, co miss asa são, q ue de us o man dat o u para teresa pod der es de dec id i rato rp por si me sm o, o quadrado da ue uma co miss sao vaso do, e, o un cão vaso do, e

Acusação contra diversos do estado português , da classe politica e à pt


Ac cu usa ac sao es contra di ver s os do est ad português , d a c l ase politica e à pt


acusação de terrorismo de estado a cavaco silva, por banditismo, por incumprimento constante e consciente da lei , e roubo e cobertura de abuso infantis


ac usa sao es de te rr o r i smo de estado, primeira dea de cavaco silva, por ban d is mo por inc um pr im en to co ns t ante e co ns cien te da lei e ro ub oe c ob e rata da tura de ab s u cao in f an t is


acusaçao a todos os partidos politicos e assembleia da republica e comissao de inquerito sobre a pt por terrorismo de estado e cobertura de actos de terrorismo mundial, como a matança dos polacos


ac usa çao es a de todos os partidos pol i toc toco serpente, é assembleia da republica , é co misso a de inq ue rito s ob re a pt por terrorismo de estado e co b e r tura de ac t os de terrorismo mundial, c omo a mat ança es d os pol aco s


toco é a morte da portuguesa no Brasil


e contas com a pt, que por mês chegaram a rondar na altura os setecentos contos, ou seja roubo de milhares de contos ao longo de anos, se não mesmo de décadas, sendo que este processo demonstra como sempre o disse e aqui escrevi, que o sistema de roubo certamente foi aplicado a muitos mais, individuais e empresas


é contas com ad, primeira da pt, q ue por m ês che g ram a ronda r na al tura os set en centos contos, o u seja ro ub o de mil h ares de c on t os ao l ongo de ano s , se n cão me sm o, o do mesmo, de dec ad as, s en doque ue de este pro roc c esso demo sn t ra c omo sempre circulo di s se e a qui es c rato e vi, q ue o sis t ema de ero ro ub o ce rta e m n te f oi ap lic cado, br a mu it os mais, in di v id ua ise se das empresas


acusação à câmara municipal de Lisboa por cobertura de actos de terror, por continuada ausência de resposta contraria às leis, por actos de corrupção e cobertura da corrupção urbanística


ac usa º cão da primeira da câmara, mun cip do ip da al de k lis boa por co b e r tura de actos de terror, por c on tin ua ad a asue en cia de r es posta c on tar raia a lei, por actos de cor rp + u s a o es, é co be r tura d acor rup são es ur av ban is tica

acusação contra procuradoria pelas mesmas razoes e por todas as outra aqui constantes neste Livro da Vida, actos de bandidagem vários

ac usa sao es do contra ap por cura dor ia p ela s das mesmas, r azo es é por todas às de outra aqui, co ns t ant es nest e L i v ro da V i d a, a c t os de ban dida dage ge maior v ar i os

interpelação e acusação a passos coelho

inter rp dela ac sao es, é ac usa sao es primeira do p ass os do coelho

acusação a paulo portas por implicação na morte de um jovem, em dia recente numa historia tremendamente mal contada num barco de visitas guiadas

ac usa sao es primeira de paulo portas por inp lic caçao na am o rte de um jovem, em dia rec en te nu ma hi s tor ia t r emenda dam am , a que mente, m al c on t ad a n u m bar co de v isi sitas gui ad as


acusaçao ao tribunal de trabalho por roubo, mandado

ac usa sao cao t rib un al de t r aba bal l ho por ro ub o, man do ad o


acusação à pt de acordo com o apresentado em forma oral

acusação à pt onda do de acord o com o pap r e sw n a td o em forma o rato al


acusação a todos os da classe politica, judicial e judiciários e outro com funções no estado português pela continuação do roubo e tortura de meu filho

ac u s a sao es cao primeira de todos os da classe pol i tca, ju di c al e ju di car ia, é outro com fun ço es no es td o portugues p dela, c on tin ua sao es do ro ub o e torm da tura de me u fil ho
ainda portanto, a queda que lhe fizeram nas canárias