terça-feira, junho 08, 2010

ainda sobre a imagem do cavalo, da cobra e da roda da vida e dessa puta elza paes

ao isto ver e escrever me lembrei de uma assinatura, a da morte em aparente queda de um cavalo de uma menina bn no norte de portugal, muito bela, e jovem que na altura senti em meu coração ser provocada, mais uma morte em vossas mãos

cao is t o ve r e es c reve rato ps rem, me lem br e i d e uma as sin a tura, a da m orte em ap a rente queda de um c ava alo, de uma menina bn no norte de portugal, mu it o b el a, e j ove maior q ue na al tura s en ti em me vaso eu cora raçao es ser pro ovo c ad a, mais, fr, uma am orte em v os sas mao serpente, mr

curiosamente o segundo livro que retirei da estante nessa noite depois do primeiro da anais nin, foi, um outro dela, os passarinhos e ao abri-lo de novo emergiu a historia de uma modelo que poisa para um pintor num cavalo mecânico de arçao, por isso ,certamente, os espiões, ontem fizeram o barulho do sybian ou equivalente, depois de ver o livro posto em cima do meu canapé

cu ur r iso am , primeira que mente, do circulo do se gun do l iv roque r e t ei rei da est ante ness a no noite d ep o is do prime iro da ana is do nin, f oi, um outro dela, os p as sarin h s oe cao ab rato ps i traço ingles primeiro do circulo dez, d e n ovo e mer gi ua~primeira da histoira de uma modelo, q ue p o isa para um pi on tor nu maior cavalo meca nico de ar sao es, por iss o ,ce rta em n te, os es pi o es, on te maior f ise ram o ba ru l h o do sy bia ano no vaso e qui iva al lente, d ep o is de eve ero do circulo do rol do l iv ro post o em c ima do m eu c ana ape

a imagem do livro do tom waits, é a chave do bum em londres, metros e da relação com as torres, a mesma ideia se insinua, como a de novo em conversa abordada, sobre a vingança da queda se ter reflectido no tsunami

a ima ge maior do l iv ro do tom, w a i t s, é a c h ave do bum em londres, met r s oe da relação, tribunal, com ás das torres, a me sm a id e ia se in sin ua, c omo ad en ovo em c on ver sa ab o rda da, s ob rea primeira da vingança da queda se te r r efe fel e c t id on o ts un ami

quando ouvi pelo espírito os tiffosi, do colégio, ouvi também lx, e hoje se acrescenta uma linha de id, a vespa laranja, psd, relacionado com a bicicleta, e um ângulo feito no muro do jardim das necessidades, alguém relacionado com a Internet, em frente a um s marta, negro do grupo de boliqueime, do cobra pedófilo e terrorista mor, cavaco silva

qua ando o u v i p elo es p ei rito os ti f f o s i, d o colegio, o uv i tam am tambem lx, e ho je da se ac r es c en t a uma da linha de id, a ve spa lara anja, psd, rato dela ac cio n ad o com a bic si l eta, é um ang uk lo, feito, no mur o do jardim , da s ne c es sida ad es, al g ue m r dela ac cio n ad o com da primeira da inter net, em fr en te a um sam rt negro do g rup o de boliqueime, do cabro ape pedo filo, é o terrorista mor do cavaco silva

contudo, ao ver no ceu o reflexo do oráculo negro , que ainda não vos desvelei nem sei se o farei, na tarde das fotos aqui publicadas, a cobra bifida que se vê espelhada no céu, me pareceu vir do conselho de ministros

c on tudo, cao ove rato ps no c eu o r efe fel do xo do o rac culo negro , q ue a inda n cao v os d es vele ei ne m s ei seo f ar rei, na t arde das f oto s aqui pub lic ad as, a cobra bi f id a q ue se vaso, e, maconico, es p dela h ad ano c eu, me pa rece u v i rato do conselho de ministros

video , versao corrigida



09 06 10

versão corrigida do vídeo ultimo aqui publicado, ontem, dia oito, o pito, voz de pr isa o se gun da, di tt y h a r r y an d b i r d, 66, 1 mb

v e r sao cor r i g i d a d o v i d e o u l t imo aqui pub l i c ad o , 66, 1 mb

este passe técnico, descrito no texto anterior é mais complexo, pois , no próprio encoding feito no mac, ele também esta assim, podia parecer ser, um passe quando se seleccionam todos os clips e se colocam na time line, mas a ordem deles, se bem que não sequencial, mesmo quando assim acontece, se ordena pela forma correcta, isto é , do principio para o fim, como die conta de mais manhas via software no mac, deduzo, que também um script assim o fez

este passe tecnico, d es c rito no tex to ante rato do ior, é mais, fr, co mp l e x o, p o is , no pro rop p rio enco i d n g feito no mac, ele tam tambem e sta as si m, pod ia pa recer ser, um p ass e q a un do se sele cio n am todos os c l i ps e se c olo cam na time l ine, masa ordem deles, se b em q ue n cao seq u en cia al, me sm o qua ando as si m ac on tec e, se o r dena pela forma cor re cta, is to é , do pr inc cip io para do circulo do fi m, c omo die conta de mais manhas via soft w a r e no mac, dedu uz o, q ue tam am tambem um sc r i p t as s i mo fez

a ser verdade, a chamada ficção do filme, convém então saber, desde quando, pois não deixa isto estranhamente de ecoar na imagem da palmeira da chave dos desenhos das portas, ou seja podemos efectivamente estar também, a ser isto verdade e anterior no tempo, ao que me agora me apareceu, Haiti, na chave da grande matança no sudoeste asiático, o que da corpo a uma possibilidade que em tempos a todos contei, de que teria sido resposta americana a queda das torres

a se r v e r d a d e, a c h a am da fic çao es do fil me, c on ve m en tao s av ber, de sd e q a un do, p o is n cao de ix a is to est r an ham que mente, de e co ar na ima ge made ria da pal me ira da c h ave dos desenhos das portas, o u seja pode demos efe c t iva vam am que mente, es star tam am tambem, a se r is to ver dade e ante rato i ra ano te mp o, cao q ue me agora me ap ar cec cc eu, haithi, na c h ave da g rande matança no sudoeste asiatico, o q ue da corp o a uma, p os sibil id ad e q ue em te mp os a todos conte i, d e q ue eu teresa ria s id o r es posta am ericana, primeira queda das torres


acto de terrorismo sobre o video abaixo publicado

às autoridades mundiais se ainda as houver

asa u tori ed ad es mundiais se a inda as h o uve rato

acusação à pt, como se desvela no corte das palavras no blog casadedeus, onde publiquei os vídeos aqui mencionados sobre o assassinato de j f kennedy

como poderão ver, o vídeo foi remontado, durante o up load para o server do google, e o deixaram assim na minha própria copia do encoding que estava no meu ambiente de trabalho deste pc onde me ligo a Internet, pois quando eu estou no sofá e começo a ler o livro da anais nin, depois , o vídeo passa para o outro enquadramento mais aberto no mesmo sitio e depois volta de novo ao fechado em que começa, vão se foder, seus caralhos, certamente cortaram , talvez um pedaço da conversa chave


c omo pode rato ps v cao v ero v id deo fo i re men t ad o, duran teo circulo do up lo ad para do circulo, ser tve rato do google, é circulo de ix aram as si mna min h a p or p ia cop ia do en co d in g q ue es tva no me u am n b i e n te de t r aba k l ho d este pc onda me li goa internet, , p o is qa un do eu est o un o s fá, é co meço es , primeira da ler, circulo do livro da anais nin, d ep o iso v id e o p ass a para do fo do outro, en q ua d ram en to ma si aberto no me sm o si tio e d ep o is v o l t ad en ovo cao, fechado, em q ue co meça es, do vao, mario soares, se fo der, se us cara alhos da al home do os, ce rte mn te co rta ram , t alvez um ped aço es da c on ver sa da chave da porta

...

e aqui dou conta de outro, relacionado com o tal rato da ad, pois me fizeram desaparecer, um dos videos que se encontrava linkado no blog casadedeus. blogspot.com, sobre o j f kennedy, sendo que acabei de fazer o up load do que faltava e desse que roubaram depois, ou seja prova isto a culpabilidade do envolvimento da ad, psd, ps, na morte de j k kennedy

é primeira do ki aqui, id d o u conta deo de outro, rato dela , ac cc cio n ad o com o t al rato da ad, p o is me fi ze ram de sa pa recer, um dos v id deo os q ue se en c on t rato da ava l in k ad o no b lo g ca sade dede de us. b lo g spot.com, s ob reo j f k en ned y, s en doque eu aca bn ei id é f az ero u p lo ad do q ue f al t ava, é de esse q ue ro ub aram d ep o is, o u seja por v a is to ad da primeira cu l p a b i l id ad, é do en volv ie r~mn to da ad, psd, ps, na amo da morte rte de j k kennedy

voz de prisao , segunda, e outros assuntos, de terrorismo internacional, dirty harry e bird






08 06 10, 66, 1 mb


he~ll r o ad

um outro pequeno oraculo que ontem pelo sonho me chegou

um outro rop pe q eu no o ra culo q ue on te m p elo s on ho me c he g o u

mostrara a imagem em vídeo recente a cobra negra philips, da alimentação do prumo das colunas bang que passava por dois álbuns , dois cds, na imagem a que chamei key towers, um deles é o concerto da madredeus, em noventa e um salvo erro no coliseu a quem chamo de praça de toiros , pois a antiga planta dessa sala, é na verdade semelhante a praça de toiros onde diversas imagens aqui neste livro da vida constam

ms ot rato ps ara primeira ima ge maior em v id deo rec en te a primeira cobra negra ph hi l ip ps, da al im en taçao es do p rumo das co luna s b ang q ue p ass ava por do is al bun s , do is cds, na ima gema q ue c ham ei k e y to we r s, um deles, é circulo do concerto da madredeus, em noventa e um, n ov en a te um s alvo e rr o no c o lise eu a q ue m c h amo de pr aça es de toiros , p o isa nt tiga pala lan t a de s sa da sala, rr, é na ver dade s emel a h nt e a p + rata aça de toiros onda di ver sas ima ge en ns a qui nest e l iv roda v id a co ns tam da am

no curto sonho, me apareciam, como que taxistas portugueses em londres, que me falavam de uma cena de cama em londres numa feira de roupa, ou algo assim, com o laurent do pasquier, o curioso era que eu a via nua na cama, me pergunto se a puta se deitava com ele, ou se deitou mesmo, na nossa visita em dois mil, ou se terá sido depois

pela noite o belo rapaz francisco ex madredeus, aparecia a meus olhos, com o lançamento de um novo algum que deve ser muito bom, como é geralmente seu trabalho, curiosamente ao que parece trás ele uma convidada cantora esquimó, me lembrei do passe do roubo do contrabaixo dele, na rodagem do primeiro clip da madredeus, no cais das colunas, e de repente me lembrei de mais dois links com esta imagem, o primeiro , o facto de lhe ter comprado um, creio que polones, que custou se não me falha a memoria cento e vinte contos, a mesma quantia que paguei pelo cavalo que acabo de mencionar no post anterior, e depois em lembrei que o contrabaixo, é também uma das imagens do fotografo americano, peter witkin, que o manuel reis aqui mostrou em exposição na loja de design do bairro alto

p dela , lan ano da noite, circulo do b elo ra p az fr anc isco é x madredeus, ap ar e cia a em us olhos, com o lan çam es en to de um n ovo al gum q ue d eve se ar mu it o b om, c omo é ge r al lem nt e s eu t r ab la ho,c u r iso am nete cao q ue pa rece t ra s ele uma c on v id ad e can tora es q u imo me lem br ei do p ass sed doro u b o d o c on t r ab a ixo dele, na ro dag e ema maior do prime iro c l ip da mad red e us, no cais das co luna se de r e pen te me l em br ei de ema mais do is l ink s com e sta da imagem, o prime iro , o f ac to de l he teresa co mp prado um, c rei o q ue polo one ne es, q ue cu st o u se na o me fala h am emo mira c en to, é vinte c on t os, a mesma qua ant ia q ue pa ge u ip elo cavalo que acabo de mencionar no ps ota ante iro re d ep o is em le br ei q ue o c on t r ab aixo, é ta tam am, tambem uam das iam mg e ns do foto tog raf o am aica ano, peter w it ds da kin, q ue do circulo do manuel reis au i mo st ro u em é x po siç sao es na loja de se i gn do bar iro al t o

passes magneticos, cargas, empowerment das mulheres, como dizia a puta elza paes



estava eu a ver em meu arquivo os vídeos sobre a analise da morte matada de j f Kennedy, à procura do que falta dos publicados por links na casa de deus blogspot, a ouvir exactamente a parte referente aos passes magnéticos , como digo provavelmente feitos por sexo, quando fui a casa de banho, e desta vez ouvi mesmo um sybian, na verdade,e scuto na casa de banho, ou melhor através dela, pelas noites com imensa frequência um pequeno motor que aqui uma vez dei conta, e que perguntei ao vizinho do lado, o do ps, de onde viria, pois me cheirara a flúor, e havia um laboratório aparente de próteses dentarias, na cave ali ao lado, quando para aqui me mudei

est ava eu a ve rem do meu arquivo, os videos, s ob rea primeira anal ise seda da morte matada de j f kennedy, à por cura doque eu f al t ad os pub lic cados br, por l in k s na c asa sade de us b lo g da spot, a o uv i r ex ac tam am, a que mente, a p arte refer rt ren en te ao s p ass es magneticos , c omo dig o por v av lem mente, feitos por sexo, q au bn do fu ia c asa de ban h o, e de sta ave zo uv i me sm o um s y bi a n, na ver dade, e scut on a casa de banho, o u mel h ro at r av es dela, p el as noites com i men sa fre q u en cia, um pe q u en o mo tor q ue a qui uma ave z d ei conta, e q ue per gun teia o vizinho do lado, o do ps, de onda vaso da iria, p o is me che ira ra a flu o r, e h avia um l a bo r a t o r io ap a rente de pro te s es den t aria s, n a cave ali ao lado, qua ando para a qui me mu d ei

depois com o tempo, me pareceu ser um daqueles pequenos motores, de vibradores, com uma particular curiosidades, aquilo dura horas a fim, e hoje agora mesmo depois de ouvir essa aparte no vídeo, ouvi, o som do sybian, que de certa forma é o som de um comboio

d ep o is com o t e mp o, me pa receu ser um da q uel w es pe q u en os m o tor es, de v i br ad dor es, com uma p art tic cu l ar cu rio sida d es, a q u ilo dur a hor as a fi me ho je agora me sm o d ep ois de o uv i r ess a ap arte no v id e o, o uv i, o s om do s y bi anque de c e rta forma, é o s om de um com boio

e tudo isto me fez lembrar o discurso dessa puta recentemente no canal dois sobre o pretexto da violência nas casas, que aqui abordei, em voz, e a quem pedi explicações, pois muitos de estranho se desvelava das palavras dela, sendo que na realidade, muitas mortes ocorrem sobre estes pretextos, e como relembrei, para alem da lei estar mal, e a ar não a ter ainda mudado como a escrevi, o que prova a cumplicidade, parece então, ser de propósito como dinamos geradores de outras desgraças,

é tudo is to me de fez l em br aro di s c u r s o , dessa puta, rec en te mente no canal dois, s ob reo pre tex t, o da viol en cia nas c asa s, q ue a qui ab o r dei, em v oz, é a q ue maior do ped di , é x p lic caçoes es, p o is mu it os de est r anho se d es vela lava ava, a das pal av r as dela, s en do que na rea li da ed, mu it as mortes o cor rem s ob re est es pre tex t o se c omo r dele lem br ei, para al lem da lei est ra m al, é primeira da ar nau, a teresa a inda mu dado c omo a es c r e vi, o q ue por v a a cu mp lic id de, pa rece en tao, ser de pro rop posi to c o mo dinamos ge r ad dor es de outra s d e s g r aça s, es

como vos disse, a puta nessa entrevista espelhou um elemento, uma roda da vida, em forma inclinada suspensa numa correia ao pescoço, e essa imagem é a mesma das rodas do cavalo que aqui vos mostro, rodas em ferro, e sendo que nesse momento , aqui, portanto, a puta entra aqui, ou sabe por quem entra, estava a cobra indiana de pau, de que de novo vos falo em vídeo que hoje ainda publicarei, no post a seguir, assim espero, se as putas terroristas não o desviarem ou tornarem impossível o up load,

c omo vaso do os di s sea da primeira puta ness a en t r e v ista es p el ho u um dele, lem en to, uma roda da vida, em forma inc l ina ad a s us pen sa nu ma cor reia cao p es coço, é ess a ima ge mé , primeira da mesma , a das rodas do c ava alo, q ue a qui v os mos t ro, rodas em ferro,ps, é s en dd o q ue ness e mo men to , a qui, porta anto, primeira puta entra aqui, o u s abe por q ue m en t ra, es tva a cobra indiana de pau, deque eu de n ov v os falo em v id deo q ue ho je a inda pub lic ar e sino ps ota primeira se gui r, as si m es p ero, se as das putas terroristas, n cao co circulo d es via rem o u torn ar r em i mp oss iv e k l o u p primrio do circulo da ad,

a cobra que é visível na segunda imagem, onde depois a pus, curiosamente desenhando um ângulo, que aponta com um botão e um copo de vidro de um tinteiro que a puta teresa me partiu ainda em casa quando o namorado, ou valete para la entrou, que era de meu avo, como aqui uma vez narrei, aponta por sua vez dois livros do lazarus que tinha ido buscar no seguimento da imagem vinda através dos canais do livestream, do dalai lama e do bono e da bela kristen que aqui recentemente comentei, e sendo que como sabemos temos em cima da mesa a matança do ultimo avião indiano caído, como tudo o que aqui dele contei, dentro do pequeno copo do tinteiro, estão os parafusos da aparelhagem bang


a c o br a que, braque, fr, é v isi v dela , ana se gun da ima ge mao maior da, onde d ep o isa primeira dos pus, cu rio sam nete d es en h ando um ang u lo, q ue ap ponta com um bota oe, um cop o de v id ro de um tin te iro que a puta teresa, me ap art ti u a inda em cas qua ando do circulo do namorado, o uva lete para l a en t ro u, q ue ra de me u av o, c omo a qui uma v e z na r rei, ap ponta p os ua v e z do is l iv ro s d o l aza ru s q ue tina h i d o b us car no se gui men to da iam mg em v inda at r av es dos can si d o l ive s t ream, do dalai lama, e do bono e da bela k r s i ten q ue a qui rec en te mn te coe mn t ei, e s en do que eu c omo s ab emo s t emo s em c ima da mesa,madrid, a matança, do ultimo avia o in di ano ca id o, c omo tudo o q ue a qui dele conte te ei, d en t r o do pe q u en o cop o do t inet rio, es tao os pa ra f u os da aparelhagem bang


curiosamente, me lembrei que este cavalo, o comprei na feira da ladra, depois da maria joao, braço direito do moniz, no tal almoço que recentemente aqui comentei, sobre o estrangulamento da latina europa nessa altura, me chamara a atenção ao ve lo na feira, também trás isto relação com londres onde na visita com a cristina coutinho e outra puta dos departamentos dessa altura, o jorge, relacionado familiarmente com o jesus roque, a londres , os fotografara e depois troquei uma carta com quem os vendia lá, que uma vez aqui narrei, pela estranheza e um traço sobre o here, que nela estava escrito, ou seja uma manha, e ao que aprece3 o conhecimento dessa mana desde essa altura, e sendo que também nessa visita fotografei eu, uma locomotiva de prata em modelo reduzido, ou seja, soma isto o cavalo, ou a cavalona do bum no metro em londres

cu rio sam am , o que mente, me l em br ei q ue de este cavalo, o co mp rei na fe ira, a da ladra, d ep o is da maria joao, br aço es br do direito, o do moniz, no t al al moço q ue rec en te mn te a qui com en t ei, s ob reo est ran gula lam am men t, o da latina europa nse sea a al tura, me c ham ara a a at en çao es a o ve lo na fe i ra, t am tambem t ra s is to da relaçao com londres onda dena v isi sita com da primeira da cristina, co tui n ho, é outra puta dos departamentos dessa altura, o jorge, r dela ac cio n ado f am i li ar mente com do circulo do jesus roque, a l on d r es , os f o tog raf ar a e d ep o is t roc q u ei uma ca rta ~com q ue m os v en di a l á, q ue uma v e za qui na r rei, p dela , est r an he za, é um t raço es s ob reo her e, q ue nela est ava es c rito, o u seja, uma da manha, é cao q ue ap pr rece 3 o c on he cie mn to de s sa mana de sd e essa ala tura, e s en do q ue t am tambem ness a v isi sita f ot io g raf ei eu, uma loco omo t iva de prata, ricardo, em modelo, red uz id o, o u seja, s oma is to o c ava alo, o ua aca ava l on ad o b un no metro em londres

que tremendas putas sois!!!!

q ue t re em n d as putas s oi s!!!!