quinta-feira, junho 24, 2010

prova da acusaçao anterior e reiteraçao da acusaçao a antonio costa por corrupçao e bandidagem

o por da ova da ac cu usa sao ante do rato ps do ior, é tei it terra br raçao, a da acusaçao, primeira da puta terrorista antonio costa, por cor rup sao espanhola, é ban dida dag em

por da ova da acusação, a cisa sao espanhola, ante rato ps do ior

ao fazer agora chichi,

cao af az ze rato ps do agora , a gorda , do duplo chi

As cinzas do circulo de prata sobre o autoclismo branco da roca, barcelona, ou seja ainda cinzas sobre o contentor, xutos é ponta ape es, de agua, fogo na agua, derrame, assim me mostrou o espírito agora mesmo depois de escrever e publicar o texto anterior, sendo que cinza, também temos outras recentemente evocadas, as do vulcão no norte da europa

A s c in z as do c irc culo de prata, s ob reo auto toc lis mo do branco, a d a roc a, bar celo nau, o vaso do seja a inda das cinzas s ob reo c on ten tor de agua, fogo na agua, der rato am me, ass si maior mi da me mo st ro vaso do circulo do es pi rito do agora me sm o ed dp p o is de es c r ever, psi, é pub lic da ar do circulo do tex, t o ante rato do ior s en do que c in za, t am tambem t emo s outras re cn te m aior men mne net e v o c ad as, ás do vulcao, no do norte, a da europa

na verdade celo nau, apareceu uma vestida de vermelho sobre estrado vermelho que se reflectiu pelas musicas na bela russa de quem eu um dia aqui publiquei três clips seguidos sobre ba h ac, ba ac ck, no velório na cml do sara mago,

na ave v e rda dade celo nau, ap ar e c eu uma ave v est id a de eve vermelho s ob re do est rato ps ado do ovo vermelho, q ue se ref for mula one le c ti vaso p delas,as mu sic as na bela russa de q ue maior e vaso um dia aqui, ip pub kapa lic ue ei t ratos es c l ips se guidos s ob r e b a home do ac, ba ac ck, no velo rio na c ml, o do sara mago,

onde estava o ior, o bandido terrorista dos crimes continuados e corrupção urbanística nesta cidade, pois continuam visíveis ao longo de anos, as provas desse mesma corrupção sistemática na cidade, uma delas em frente a procuradoria da republica, a fazer também prova como disse no passado, que a propria procuradoria cobre e mama neste trafico, que atenta a segurança de quem se move aqui em lisboa, e nada se passa!!!

onda est ava do circulo do ior, a do cic culo bandido terrorista, dos c rim crimes espanhois conti tin u ad os se da cor rup sao do ur a ban do bn is tica nest primeria da cida dade, p o is c on tin uam v isi v ei s ao l ongo de a bn os, as por vaso do as desse mesma, a da cor rup çao sis t ema tica na cidade, uma delas em fr ren te a por cura dor ia da r e publica, a f az e rata t am tambem pro da ova c omo di ss e no p as sado, q ue a pro rop p ria aveiro circulo da procuradoria, cobre, co muni caçoes, ema ma nest e t ra fi coc, q ue a t en t a a segur ança de que maior da se maior ove aqui em lis boa, e n ad a da se p ass da primeira!!!

esta besta que ainda não me respondeu a nenhuma das linhas da acusação feita há mais de dois anos sobre o acidente com o carro da minha mãe, nessa armadilha em frente a procuradoria

,é sta da besta q ue a inda n cão da me r es ponde ua n en h uma das linhas da acusaçao, feita, homem á massi de do is ano serpente s ob reo ac in det com do circulo 101 do car roda min home da primeira mae, ness a arma mad ad di da ilha em fr en te primeira da por cura ad circulo da ria de aveiro,

trazeis alguma duvida da podridão e da impunidade destes terroristas até ao momento impunes!!!!

t r az ze si al guam d uv id ad pod rid dao, é ad a i mp uni dade d estes terroristas, é eta ad o a té o mo men moe to i mp une es !!!!

acusaçao de crime

muito estranho, porventura não terão só copiado e levado daqui as fotos mas também levado um particular texto sobre salazar


Nuit mu uu, com boio do it o est rato do anho, por v en tura n cão teresa rato cao s ó co pi ad o e l eva do vao , mario soares, da primeira do ki aqui ás das fotos mas t am tambem um p art tic cu primeiro da ar tex cruz circulo s ob re sala, ren ascença, a espanhola, a do zorro da ar

Salazar tinha acabado de aparecer de novo aqui a propósito de um dos vídeos dos death can dance e de seguida se deu um sincronismo sobre este nome na america, na realidade dei conta da existência e um senhor que perante o congresso decidira apoiar uma ban sobre a perfuração petrolífera no mar, cujo nome é esse mesmo, salazar, com ainda uma outra particularidade no nome pessoal que ressoa também nas linhas recentes das barbies e dos kens, que as metem nas gavetas e talvez as violem, ken, ou sej o ken , a id da secreta, do salazar, do projecto da nova ordem mundial


sa al zorro da ar da tinha aca bad ad circulo, de ap ar recer de rn en ovo aqui, primeira por rp posi to, de um dos v id é os dos dea da cruz do homem can da dance, é de se guida se d eu um sin c ron is mo s ob re de este , no mena am mer da cia, na rea l dia e d ei conta, da e xis ten cia, é um s en hor q ue pera ran teo circulo do congresso, doc c on gres ess o, dec id di da ira ap o ia rato ps, uma do grupo dos ban, porto, s ob rea primeira da per fur raçao pet rol if fera no do mar, cu jo no me é esse, cobra dessse mesmo, sala zarro ato da ar, com a inda uma put ra p art tic cu l ari rie ed ad en o no me p esso da al q ue r esso da primeira do tam am tambem , na ser p e bn net das linhas rec en t es das bar rb ie es se do serpente sk kapa en s, q ue ás met e mnas g ave eta se t alvez ás viol lem, kapa en, o vaso do sej, mc, circulo do k en , a id da secreta, do sala zorro do ar, o do pro ject, o da nova da ordem , mu un di al

dizia a noticia que no entender da bp, segunda puta dos maçónicos, a invertida, que os seis meses de perfuração tinha sido necessária, os seis meses em que estas bestas aqui de cima, do grupo mais do que identificado, em dois mil e cinco, andaram a fazer constantemente todos os santos dias com martelos pneumáticos, sobre a cobertura de obras que se deram durante mais e uma ano

di zorro do ia primeira do ano not ti da cia , q ue do no en ten der da bp, se gun da puta dos macon i cos, primeira invertida, q ue os si es mes es de per rf fur rato sp do aço es da tinha do ham dam da am ,.s id o ne c ess sarios, os se is mes es em q ue destas bestas, a do qui id dec c ima, do g rup do pop mais, fr, do que eu id en ti fi cado, br, em do is mik l e c inc o, anda ara am a f az se é rato co ns tan te mne maior nete todos os s ant serpenete do circuklo da puta mor do psd, o dias com dos mar tel os p ene uma tico s, s ob rea primeira da cobertura de o bras, q ue se der am durante, barrosso, ma s ie uma do primeiro ano, dois mil e cinco

na foto da sala onde o senhor estava, se via ao fundo, um cartaz onde se lia, make it permanent,

na f oto da sala, onda deo s en hor est ava, se da via cao fun dó, um do cartaz, sic, onda da se l ike, m ak e it per mane en nt inc , a se da lei, a se da da mentira

uma outra noticia de hoje no yahoo, tras o seguinte texto,

uma outra ano not ti cia de hoje no y a h oo, t rato ps as o se gui inte e t x t o,


B y do frederico, a puta do iciep, do j fr rommer, da as soci a ted Pr ess W riter do Frederic J. Fr om mer, As soc ia ted Pr ess W riter – 2 home rato serpente 4 9 min serpente  ago
WASHINGTON, br pub, – Inter rio ior do Secreta r y K en Sala az ar sa y serpente he s u pp ort s a t wo -y e ar dos ban on government regulators , g o ing to w o rato kapa da for t he oil and gas indu s t r delta.
Sala z ar tol dt he Sena te Ene r g y and Nat ural R es o ur c es Com mit t ee T h ur s day t hat a life time ban mig h t b e a pp rop ria te for s om e em p lo y e es, de pen ding on h o w hi g h t he y a re i n t he a g en c y t hat re gula t es t he indu s t r y. He made t he com men ts un der p o in ted q ue est io ning fr om Sen. Ron W y d en, an Oregon Demo c rat w ho h as c riti c i zed t he pra c t ice of s en ior Inter ior e mp lo y e es g o ing to w o r k for t he oil and gas indus t r i e s.
The r e volv ing da door problem , h as g o tt en t he a tt en ti on of com gr ess, Pr es i d en t Ba ra ck O b am a and w a tc h dog g ro u ps i n t he w ak e o ft he BP oil spi ll. O bam a h as pro rome romi mis sed to end t he "c oz y rato dela ti on ship" bet we en t he o i l industry and feder al re gula tor serpente.

QUE MERDA DE PAÍS É ESTE, SEGUNDA INTERPELAÇAO

Q ue merda de país, tvi,. é este, se gun da inter rp puta dela, a sao


que merda de país e de gentes sois que permitis esta constante afronta as leis e à defesa do povo pequenino

q ue da merda de país, é de gentes, revista, s o isque europeia per mit is e sta co ns t ante a fr õ n t a ás le ise à de efe fesa do p ovo pe q ue en nino

que merda de país e de gente sois que permitis este constante abuso dos terroristas e pedófilos que campeiam no estado

q ue da merda de país, é de gente s o isque is europeu per mit is de este co ns t ante do abuso dos te rr o ratos ps ista se dos pedófilos q ue do cm cam pe iam no es sat td circulo

que merda de país e de gente sois que permitis este constante circo de coisa nenhuma onde se enche o espaço publico e comunicação com um bandido pedófilo que se diz carrear funções de primeiro ministro, por causa de uma imunidade com vista a poder responder a um processo de uma apresentadora de televisão, e nenhuma autoridade de acordo com as obrigações da lei, garante os direitos de defesa a um pai e a um filho roubado e torturado

q ue da dame da merda de pa serpente + ise sede gente, s o isque ue per m it is este co ns t ante c irc code dec co isa n en h uma onda da se en che circulo do es paço es do publico, é co muni caçao com um bn dido pedo da filo , o q ue se di zorro car rea ar fun ço es de primeiro ministro, por ca usa sade uma mai muni dade com vaso ista primeira pode der r es ponde rato ps da a um por cee esso de uma ap resen s en t ad o r ad e televisao, é n en h uma au torie dae de acord, o com as ob br riga briga ço es da lei, g ran te os direitos, de d efesa a um pai e a um filho ro u b ad o e tor tura ad o

QUE MERDA DE PAÍS É ESTE

QUADRADO AD MAIOR DA MERDA, DE PAIS,TVI, É ESTE

Que merda de pais e este, que merda de gentes sois, que continuam a se vergar a estes bandidos abusadores, que merda de gente sois que se verga continuamente a ausência da justiça

Quadrado da ue da merda de pais, tvi, e este, q ue merda de g en t es s oi s, quadrado da ue circulo em tin nu am a se ver gara primeira de estes bandidos ab usa dor es, q ue dam da merda de g en te s o is qu e se vega da verga, cade ira da primavera, ostra, c on tin um que mente , primeira a use s en cia , a da justiça

dizia hoje uma noticia que a juíza que julga do caso do abuso dos meninos da casa pia, que se arrasta talvez a sete anos no tribunal e vinte na realidade, provavelmente iria deixar de o considerar prioritário, e assim consegue mais uma vez protelar pela enesima vez a sentença

di zorro do ia do hoje , uma do ano do not ti da cia, quadrado da ue da primeira juiza, a que julga, doca caso do ab bus, o dos meninos da ac às p ia, q ue se ar rasta t ak vaso é za primeira sete anos no do tribunal, é vinte na rea l id ad e, pro ova ave lem n te da iria de ix ar deo c on s id der e ra p rio rt tita ria aveiro circulo , é a si maior c on se g ue mais, fr, uma v e z pro tela rato ps rp p dela ene sima vaso, + é zorro da primeira da sentença

sete anos, em barra, e não é prioritário, aqui vedes, gente do mundo inteiro como este pais, e nome portugal esta na mão de terroristas de estado e pedófilos!!!!

sete ano serpente, em barra, aveiro, e n cão é p rio rita do ria cao do circulo aqui v ed es, gente do mundo inte iro c omo deste pais, tvi, é no me portu gal e sta na mao de te rr o ratos istas de estado, é pedofilos!!!!

copia do email enviado a embaixada do canada em lisboa

Paulo Forte
para lsbon

mostrar detalhes 13:04 (0 minutos atrás)

no link em anexo

http://ourosobreazul.blogspot.com/2010/06/ao-canada-acusacao-de-acto-de.html

com os meus cumprimentos

paulo forte

cop ia do ema el com a acusaçao, ab a é xo do agora en viado da primeira da embaixada do canada em lisboa, doc ana ad da primeira em lis sb da boa da av 24 de junho, imagens kapital, kremlin, uss cole, e por ai fora, aqui constantes no Livro da Vida

Ao canada, acusaçao de acto de terrorismo internacional pelo terrorista pedofilo passos coelho do psd

primeira do circulo cão do canada, o da acusação antiga contra mim proferida, de acto de terrorismo internacional,intre , roma,inter ran cio na al, ns, a puta elo do pedófilo do passos coelho hp

ao canada com pedido de intauraçao de processo contra esta besta

cao canada, com do ped id o de int taura raçao de pro roc c esso do contra desta besta

primeiro é de entender que este tremor é assinatura de assuntos antigos, um dos quais de novo aqui evocado, o sinal, antes deste acontecer, as bonecas da barbie da mat do tel, e antes disso o assunto do submarino russo, alvo nesse tempo de uma comunicação por pare do home que estava a frente da empresa

prime do rio, o do psd do porto, implicado nesta historia no episódio em aveiras, conjuntamente com os espanhóis, é de en ten der q ue de este tremor, é as sin da tura de ass un t os antigos, um dos quais, fr, de en ovo a qui e v o cado br, o sin al, ant es deste aco one net ser ás das bonecas da barbie, dama do mat do da tel, e n a t es di ss dp assunto do submarino russo, alvo ness e te mp pode de uma co muni caçao por p ar, é a do home que est av a fr en te da em pr es a

depois recordai, uma imagem aqui recentemente comentada, quando essa puta pedófilo se encontrou com o outro pedófilo mor, o socrates na casa oficial do pm, onde fizeram o acordo ps psd, para safar o cu aos terroristas, onde essa besta, o passos coelho, figurava com o punho, a penetração do fist, depois da ascençao dele a secretario geral do psd, e de no seguimento da festa, uma desgraça de morte matada no mundo aconteceu, como eu aqui o denunciei

d ep o is reco rda ai, uma ima ge maqui rato ps do cn da te que mente co men t ad a, qua ando dessa puta do pedofilo, se en c on t ro vaso do com do circulo do outro pedofilo mor, o do circulo soc art es do socrates, na c asa do circulo do oficial do pm, onda fi ze ram circulo do onze do acord, o do ps p sd, pa ars safra fr ra, circulo do cu primeira do os terroristas, onda dessa besta, circulo do passos coelho, figo ur rato ps ava com do circulo do punho, a pene net t raçao do fist, feist, d ep o is da as c en sao espanhola, a dele, a do sec rea t rio, a do secretario geral do psd, é de no sg gui men t c irc cu l do po do qaudrado da festa, uam desgraça , a do demo dam da orte mata do td do ano mundo ac on teceu, c omo euripeu a qui io circulo den un cie ei

depois o passe com os clips da rita red shoes na rtp, o tal mat da dama da pt

d ep o isso is circulo do passe com os c l ip ps da rita dos red shoes, matança na russia, na rata ps do tp, o ta al mat da dama da pt

e no tal comício que aqui em dia recente comentei conde onde essa puta do passos coelho, falava e ter sugerido um orçamento do zero, ou do zorro do ero, dois pormenores acompanhavam a imagem, no púlpito como uma cruz, do lado direito um vaso ed agua, e antes na passagem dele, um circulo com uma espiral a preto e branco, que remete para uma antiga peça de dança do paul saint jean aqui na Gulbenkian, e para passes de hipnotismo,

é no t al co mic cio do io q ue a qui em dia rec en te c om en t ei conde da onda dessa puta, a do passos coelho, f al ava é teresa s u ger rid id, um orca cc es men t o do z ero, o vaso do zorro do ero, do is por men o ratos es aco mp onda h ava vam am primeira rai ima ge maior no pul pi polvo da ot circulo lobo, o omo uma da c ru zorro, dol primeiro ad o, o da fac direito, um vaso ed agua, e ant es na p ass a ge maior dele, primeiro circulo com uma es pira al primeira do preto e branco, q ue rem te para uma antiga p eça de dança, dó paul saint jean a qui na gul ben kina, é para dos p ass es de hi pn not is mo,

estas provas, estão nos arquivos dos órgãos e comunicação e são matéria bastante e suficiente para que o canada contra eles proceder em termos de investigação e acusação

e ainda a linha da anouck, e dos reflexos no livestream aqui comentados,

é a inda, a linha da anouck, ano vaso ck, é a dos ref for mula one le xos no do livestream aqui, co men t ad os,

a sta s pro das ovas, es tao nós ar rui vaso os dos orgaos e co muni caçao, é sao mate ria bas t ante e sufe cie en te para q ue o canada contra deles, por c ed em te rato mo sd e in v est tiga sao es , e ac usa sao

acusaçao de cumplicidade no crime em otawa, por parte dos cegos corruptos dos tribunais,

ac cu usa sao es , dec cu mp li da cidade, radio, no do crime, em ota primeira dp da primeira , pó, p da rate dos circulos dos egos,psi dos tribunais, cor rup pt os dos os da cruz rin un a is

na banca o vento me mostrou, a tal violação ed uam rapariga , me pergunto se nao a de belas, foi o processo operativo da divisão da estrela, cuja assinatura se reflectiu no tremor de ontem

na banca anca do ove do circulo do v en t o memo st ro ua tl da violaçao ed uam rapariga , me per gun to ze n cao priemira de belas, f oi o por c esso o pera rat tico da di visao da estrela, cu j a as sin a tura se ref form mula one le c ti un nó do t rem remo mor de ontem

acusaçao contra a ar e teixeira dos santos

são 11 57 , acabei de vir da rua, logo descendo, as putas nos carros controlando meus passos l, logo de telefone em riste a dizer , a costa está livre, ele saiu de casa, é uma boa altura para irem recolher aquilo que chamam de provas, assim se reflectia não so num texto de ontem do dn, como na audição dessa besta das finanças na mesa dos terroristas da ar, com ar de dito zangado a dizer, que se não há dinheiro, não há, tal é o despudor deste criminosos, e da necessidade vital para muitos deles de safar os cus mutuamente, parecendo fazer tábua rasa do estado de direito, entrando assim em cas das pessoas, e depois eufeministicamente, como diziam no dn, pelas 24h , tinham chegado a uma acordo, o psd e ps , os terroristas em troca de favores, na volta, dois me disseram ao passar as fotos já estão copiadas, que filhos da puta sois, que pais de merda é esta!!!!

sao 11 da estrela, do grupo do sete rte, , aca b ei de vaso e rata desta rua, l ogo d es ce dn do circulo do ás das putas nós carros, acidentes, c on t roland o me us p ass os l, l ogo gode tele fon e em rato is te a di ze ar do rato do costa , está livre, ele sa eu vaso dec asa da aca serpente da casa, é uma boa da al tura pa da ar ire rem reco l her a q u i lo q ue c ham am de pro ovas, as si maior da se ref for mula one, mini, pb, le c t ia ana o s o nu maior tex, t o de ontem do dn, c omo na au di sao es dessa besta das finanças, na mesa, madrid, dos te rr orsi sita s da ar, com da ar de dito z ang gado primeria a di ze r art rato ps , q ue se n cao h á dine homem do psd, rio, n ao h á, t al é o d es p u dor d este criminosos, c rim oni ossos, e dane c es s id dd e do vital, campo de ourique, para mu it os deles de sa f ero os cus mu tua am , a que mente, par e c en dó, f az e r t ab ua r asa do estado, o de direito, en t rato ando as si maior em c as da serpentes das pessoa se, maura, d ep ois eu f emi mini ti cam am que mente, c omo di zorro do iam no do dn, p delas , das 24h , tinha do ham da am chega do gado da primeira da a uma acord o, circulo do psd e do ps , os terroristas em t roca de f avo , mario soares, rato es zorro , na v o l t ad o is me di ss e ram ao p ass ar as f oto sj á es tao co pi ad as, q ue fi kapa do l homem do os da puta s o is, q ue pais, tvi, de merda é, é sta!!!!

no multibanco, uma t shirt, acrescentava em negro e prata, o da discoteca vip, free, como a dizer que o tinham libertado

o no da mu l ti do banco, uma t sh irt, ac r es c en t ava em negro e pr ata, o da discoteca vip, fr ee, c omo a di ze rato ps q ue o tinha ham am mam l ibe rt ad o

acusaçao à pt

Pois hoje de madrugada quando desci a Alcântara, a comprar vieirinhas, olhei as capas dos jornais na banca e ao pagar os cigarros, dei por mim a dar uma moeda das antigas, escudos portugueses, que alguém me passara, sem eu ter dado por isso, visto serem semelhantes às de vinte cêntimos, ano de 1986

P o is home do oje de m ad ru gada qua ando de sci a al can tara, a co mp rato ps da ar, vieirinhas, o kapa primeiro do he , ei ás d a z s capas dos jo ran ani is na banca, cao pa garo os cig g a rr os dei, dao vaso e sica do por da mim da primeria da ad da ar , uma moe d ad as antigas, es cu d os portu g ue es, q ue al g ue maior me p as sara, se maior do eu te ra rr dado por iss circul es do ov is to se rem seme l h ant es às de vinte, c en tim imo os do ano de 1 9 8 6

acabara eu de falar recentemente nos bandidos da pt, que descaradamente continuam impunes face a prova indiscutível do sistemático roubo que me tem feito ao longo de décadas, e quem vejo na capa do jornal dos bandidos, do dn, ontem pela madrugada, de novo na edição on line, uma outra noticia, se encontrava da mesma forma truncada, com a palavra indevidamente cortada na mudança da linha, uma indução como a outra que aqui tinha comentado a propósito de dois dos bandidos mor do regime, freitas e soares

ac aca ab ara europeu de fala rato ps rec en te , a que mente dos nós dos bandidos da pt, quadrado da ue d es cara ad dame do dam am , a que mente, c on tin uam i mp une ess, o ness da face da primeira do mr, por vaso da primeira indi s cu t iv el do sis te ema tico do roubo, boc q ue me te maior, feito, cao l ong gode dec ads, é q ue maior do vejo, br, na da capa do jornal dos bandidos, do dn, on te m p dela m ad ru gada, de en ovo na ed di sao es on l ine, uma outra do ano do not ti da cia se en c on t rata ava da dama do dam am da mesma da forma t run c ad a, com a pal av ar inde v id dam am que mente co rta ad dana mu dança da linha, um da onda da induçao indu sao es, c omo da primeira da outra, a da rac do ac do qaudrado da ue aqui it da tinha com en t ad o a pro rop pr rosi to dedo do is dos bandidos mor do regime, freitas e soares

o bandido mor actual da pt, chefe dos bandidinhos e ladroes ate ao momento impunes m roubos que ultrapassam o biliao de dolares, ali estava ele, de braços cruzados no corredor do andar da administração da sede na av fontes pereira de melo, onde na sala de recepção se encontra um contador indo paquistanês, que curiosamente de novo em outro contexto tinha aqui recentemente evocado, andar mais ou menos na altura da cunha do arpão primeiro, visível na esquina do edifício

circulo do bandido mor ac tua al da pt, c homem efe, o dos ban andi di id din ho se dos ladroes, priemrio da ad rato circulo espanhol, a teao cao mo men toi , can tora do io, mp une es sm dos roubos, q ue uk l t r ap ass sam am circulo do bil ia o de dol ares, al i est ava dele, de br aços se es dos cruzados, no cor red dor , o do andar da adminsitraçao, ad min s it da raçao, da sede da dena da av do fon t es do pereira , de melo, onda ena na sala, rr, de rec ep sao es se en contra, um da conta ad da dor indo paqui stan es, q ue c uri rio os sam am , o que mente de n v o em outro roco conte zorro do x to da tinha aqui, rec en te mn te e v o cado br, anda ar rato mais.,fr, o u men s on a al tura, a ad a c unha do arpa, o primeiro, v isi v el na es qui ina do ed di fi co d o cio

o titulo por cima , dizia algo assim , que os accionistas da pt queriam ver o dinheiro, eu fiz grr por dentro, pois quem quer ver o dinheiro que me roubaram, sou eu, ao lado o correio da manha, onde a besta aparecia ao lado da bestinha do dedo em riste na tal comissão de branqueamento da pt, com um titulo a vermelho em letras garrafais onde se dizia que a bestinha tinha ganho cinco milhões nos últimos cinco anos na pt, grande produtividade em roubos, terá o rapaz que não é certamente o único,

o tito vaso primeiro do circulo dez, deo circulo do por rc circulo do ima , di zorro do ia al gayo do circulo ass si maior , q ue os ac cio ni sta da pt, q ue ria am vaso do ero do circulo do dinheiro, din he iro, europeu do fi zorro gato da rr por, dentro, p o is q ue maior do q u e rato ave ero dine homem do rio, q ue me ro ub aram, s o u europeu, cao lado do circulo do cor rei, o da manha, onda dea primeira besta, a ap pr e cia aol ad, o da bes tinha, banco, do dedo em rato ista na t a l co miss sao de br anque am en t o da pt, com um tito l o a ve vermelho em letras, garra rafa fa is onda se di izaque primeira bes tinha, tinha gan ho c inc o mi l ho es nós s ul tim ms o c inc o ano s na pt, g rande por do qaudrado do vaso teve vide dd, em ro ub os, teresa ra do circulo do rapaz, q ue n cão é cera rate mne maior net do circulo do neto, uni nico

não esquecendo que o conteúdo anteriormente e aqui e explicado desta encenação, sobre a telefónica e a vivo

n cão es q ue c en do que eu do conte do vaso do dó ante rio rato mente, e x p lic cado ad circulo desta en cena ac sao espanhola, s ob rea primeira da tele fon ni nica, é primeira vaso ivo do vivo, a qui j á e x p lic ad a n teri rome , a que mente ,n t e

ao subir as amoreiras, na esquina do inicio da rua do patrocínio, estacionado em contra mão, mesmo em frente a escola do povo pequenino, referencia magalhaes, foto, e outras ali nessa rua, igreja alema, li que a id era a do terceiro do cm da pt, cores azuis, ou seja relacionado ainda com o antigo que comprou o titulo de nobreza, que nobres sois, suas putas ladras, o horta e costa!!!

cao s ub ira serpente das amoreiras, am mor rei das iras, na es quina do in i cio da rua do pat roc in ni do io, est ac cio n ado em contra da dama da mao, me sm o em fr en tea priemria da es c ola do p ovo pe q eu nino, refer ren cia maga al h a es, f oto, é outras al ine ness primeira da rua, ie g h rato sp e j da primeria alema, lic li x q ue primeira id e ra da primeira da ad do circulo do dot t rec iro do cm da pt, cor es az u is, o u seja rato dela ac cio ando a inda com do circulo do antigo, q ue co mp ro u o tito vaso primeiro do circulo de dezembro, olo de nobre zorro qa, q ue nobre es soci si, s ua serpente sp das putas l ad ra s, circulo do horta e costa!!!

nas amoreiras, olhando as montras, o espirito me isnsitia, que a ida esta realcionada com uma rapariga, a das calcinhas, e as calcinhas que eu vejo há alguns dias estranhamente, ou seja propositadamente assim colocadas como se estivessem a secar , sao umas padrao de trigressa, na casa do ultimo andar do predio da equian da rua em baixo, o tal de ar mei o aguas furtadas francesas, onde existe um bang and olusfen identico, e uma cadeira de barbeiro antiga, que jáaqui entrou em outras referencias, e correlacionado com outros locias, e onde o espirito me desvelou ser tambem a casa do tal de uma companhia de desenvolvimento informatico ou algo assim, numa linha já antiga sobre a criaçao de modelos tridimensionais, que apareceu depois de outra relacionada com a a proibiçao em frança das tais bonecas de voudou do sarkozi, mas esta linha continuará num outro texto, pois outras relaçoes se desvelaram no entretatnto

na s am ano mor rei ie das iras, o l h ando ás das montras, o es pi rito tome isn s it ia, q ue a ida é sta rea al cio n ada com de uma rapariga, ad as c al das cinhas, é ás c al cinhas q ue euripeu do br vejo, h á al gun serpente do psd dias, est ran ham am , o que mente, o vaso do seja por rp pro rosi s it da sita ad dam am , a que mente, as si m c olo c ad as c omo se est ive ss ema primeira sec da ar , sao uma serpente spa pad rato cao da ap padrao, de t rig rato dessa, na c asa sado do ultimo andar , o do pr e d io da e qui anda da rua em ba ix xo, o t al de ar me io das aguas das fur t ads francesas, onda é xis te, um bang an d ol us fen id en tico, é uma cade da ira de barbeiro antiga, q ue j á a qui en t ro ue em outras refer ren cia se cor rato ps dela , o do ac cio n ad o com outros lo cia se dp seo da onde do circulo do es pi rito me d es velo lou ser t am yambem a aca sd, o tal de uma companhia de d es en volv ie mn to in fon a t cio o ual goa ass si maior, numa da linha j á antiga s ob rea primeira da c ria sao es, é mode w elos t r id dim en sio na isque europeu ap ar receu d ep o is de outra rato dela ac cio n ado com a ap o rib bic e sao es em fr ança es, a das tais, br, bone one c as de v o u do ova do vaso do s ar k oz ima s est lina homem conti nu ara nu maior mo de outro tex t o, p o is outras ratas dela ac ço es se d es vela aram no en t r eta tnt circulo

nas amoreiras, para alem das belinhas nas cpas, o ladrao granadeiro, estava tambem em outras capas de outros jornais, e um dos titulos com uma aparente declaraçao dele, me chamou pelo que diz sem dizer, de que a justiça em portugal era administrada por meia duzia de procuradores e jornalistas, algo assim, cujo estranho sentido era este

na s am mor o rei das iras, pa da ar al lem das belinhas nas cp às, do circulo do l ad rato doc cao granadeiro, est av t am tambem em outras , capa serpente sd de outros sj dos jornais, é um dos tito vaso primerio do circulo dez, com uma ap ar rente en te dec lara raçao dele, me c ham o u p elo q ue di zoro se maior di ze rato ps, deque da priemria da justiça em portugal, e ra ad dim int tar ar ard da primeria da ap da por meia d uz ia de pro roc roco cura ad dor es , e jo rn al istas, al g o ass si mc cu jo est rato do anho s en t id oe ra de este

reparai, que hoje em dia mais do que nunca as investigaçoes passam pelas comunicaçoes, e quem diz isto é um administrador da maior companhia de comunicaçoes nacional, ou seja, ao dize-lo não só reconhece, que a a justiça se encontra da grande maioria sonegada e de alguam forma pervertida, como sabera, pela posiçao em que se encontra, pois é clara prova de que estas bestas usm e abusam do poder que tem, para fazer e promover espeionagens diversas, e até lucros indevidos com negocios que assim montam, e que portanto muito tera para contar a todos a bem da justiça e do tal estado de dirito permanente ameaçado e corrompido tambem pela promiscuidade cronica e devassa entre poderes que se dizem representativos de todos e as empresas onde estendem os seus tentaculos

rea ap p rai, q ue home do oje em dia mais, fr, doque eurpeu n un ca ás sin v est ti tiga ac ço es p ass sam am p delas, co muni caçoes es, e q ue maior di zorro do is tp, é um ad min is t rato da ad da dor da maior co mp anhi ad e co muni caçoes es da se nacional, sena ac co cio na al, uva vaso sod o seja, cao di ze do tralo ingles prim meo rato do dp circulo dez, n cão s o reco on he ceq, q ue da primeria da jutiça, se en c on t rato sp a d a g rande maio ria s one gada e de al guam forma per vertida, c omo s ab e ra, p dela posi sic sao es em q ue da se en contra, p o is é clara por vaso da primeria ad deque, madeira, e stas das bestas u sm me ab bus usa sam am do pod der q ue te maior, ap ra f az ze rato, +e pro da dp maior vaso e ratos das espionagen sm, es p ei on a ge ns di ver sas, é a té luc ro s in d ev id os com negocio ás q ue as si maior damo da monta, é q ue porta anto mu it o te ra para c on tar primeira de todos , a b e maior da justiça, é do t al do estado de di rito per man en te am e a ç ad oe , é cor ro m pid tam eb maior mp p dela , por mi sc u id ad e c rato circulo da nica e d eva ass a en t re pode der r es q ue se di ze m r ep r esen tati v o as de todos, é ás empresas, onda est en de emo mo do os se us ten t ac culos cu primrio os

reponham a justiça neste pais!!!!

rato ps ep oe en ham am primira justiça nest e pais, tvi!!!!

seus filhos da puta da pt ladroes, levados para inquerito se ainda houver policias e tribunais honestos

se us fi l h os da puta da pt l ad r o es, l eva ad os para inq ue rito se a inda h o uve r pol i cas e t rib una is ho one nest os

e respostas, seus ladroes, que ladroagem é crime nas leis portuguesas, até quando tenho que vos lembrar isto, seus filhos da puta terroristas, quero meu filho, meus direitos de volta !!!!

é ratos es postas, se us l ad ro es, q ue l ad r o a ge m é c rime nas le is portu guesas, a té qua ando ten ho q u e v os lem br ar is to, se us fi l h os da puta te rr o r istas, q ue ero me eu vaso fi l ho, me us direito s de v o l cruz primeira !!!!

eco aparentemente real se a noticia na tv for verdade

e co ap par ren rente te , a que mente, a ral, se mar da primeir ano not ti cia na tv, se for vaso e rato rda dade

sis mo de 5,5 em ota w a, c ana ad a, canada
a divisao da estrela,duplo, a imagem, do clip da meredith monk, do monge
primeira da ad di da visao, por jornal, ps, a da estrela, do duplo, a ima fg em doc primrio, pr prim rim mr rio io, ip , o da me da mer red dit home do mo nh, do mon ge

o corpo cortado ao meio, os corpos cortadas às postas
circulo corp ,. circulo po co rta ad ado cao me io , os corp os cortadas asas às das postas

na verdade um frigorifico se via a cair na cachoeira nestas ultimas cheias no brasil, que masi uma vez pela cor barrenta, era atmebm imagem de merda

na ave rato rda dade, um fr rig gor if i co da se da via pr ie emi mira aca c air na c ac h oe ira nest a s ul t ima s cheias no do brasil, q ue ema massi si, uma v e z p ela cor bar renta, e ra atm eb m ima ge madeira de mer dana

ecos de ontem no yahoo, terceiro

e cos, deo on te maior no delta homem dp ,o do treceiro

O u tof Jail, E x traço ingles A i d e t o Mad ad o ff A w a it ts S en ten c ing a t H om e

Fr ank Di iP ipa as cali Jr., w ho p lea ad ed ded gui l t y to hel ping Bernard L. M ad o ff car r y o u t history’s big g est P on zi sc he me, w as r dele lea as sed on ba el pro ov id e d h e s t a y a t h om e and we ar a moni tor ring ing device, bang.
S epa pr ara tely, feder al pro rose sec cu tor s s u e d t wo ot her for mer l ong gt time e mp lo y ees o f M r. M ad o ff, s ee k ing t he for rf ei ture o f dol ar 5 mi ll lion.
Mr. DiPascali, 53, t he for mer chi e f fina n cia al o ff ice ser for Mr. M ad o ff’s co mp any, h ad be en in feder al cu s tod y sin ce p lea ad ding ing gui l t y on Aug. 11, 2009. He h as c dp pera rate ted wi it h pro rose sec cu tors sin a b id primeira aposta, for leni en c y w he en he is s en t en c ed. Both , he and hi s l awyer, Marc M u k ase y, dec l ine ned to com men t on T ue s day as t he y le ft a feder al co urt house in Man hat tan.
Uni ted Stat es Di s t rict Judge do Richard do Sullivan , ricardo eurrotmias, set 11 condi ti o ns for ba i l in F e br u ary, inc l u ding req u i ring Mr. D i P a s cali to post a $10 mi l lion bond sec u red b y $2 mi l l ion in cash or pro rop per t y do Judge Sullivan’s o r der req u ire es Mr. D i P a s cali to for feit all o f hi s f ami l y’s as set s, e x ce pt ab o u t $300,000. Mr. D i P as cali h as t ur ned ove r to pro rose sec cu tor s hi s home in Br id dg ge water, N.J., primeira do yacht, w at c h e s and jewelry.
He p lea ad ed ded gui l t y to 10 co un ts, inc l u d ing conspiracy, fr au d and m one y l a un der ring.
In Dec em ber, pro rose sec cu tor s to l d t he judge t hat t he y w o u l d s ee k leni en c y in e x c h ange for h i s “s ub s tan ti al asis, ps, t anc e to t he government, in its in v est ti gat io n and pro rose sec cu tio n o f ot her s” in t he M ad o ff case. Ju dg e Sullivan h as not set primeria date for Mr. D i P a s cali’s s en t en c ing.
Mr. Madoff, 7 2, p lea ad ded gui l t y on M arch 12, 2009, and is ser v ing a 15 0-y e ar pr iso em te r maior.
Pro rose sec cu tor s on T ue es sd day fil ed civil for rf ei ture s u its a gain st t wo ot her for mer M ad o ff e mp lo y e es, Anne tt e do Bon gi io rn o and Jo ann C rupi, w ho w o r k ed as b ac x ck-o ff ice sta ff for mor e t han 25 y ears. T he g ove rn men t is s ee k ing $5 mi ll lion fr om t he t w o, c la i ming t he money, is t rac ce e ab ble to M ad o ff’s fr au d.
Ne it her o ft, he e mp lo y ees, w h om pro rose sec u tors s a y “k no w ing l y p art ti cip a ted din t he fraud,” h as be en c rimi ina aly ll y c h ar ged.
“We just rec ei v ed t he co mp la int,” sa id Ms. C rupi’s lawyer, Eric Br es l in o ft he firm D u ane Morris, ad dd din g t hat “we’rei n t he pro roc c ess o f r e v ie w ing it.” Ms. Bongiorno’s l awyer, do Roland Rio p elle, dec l ined com men t.

ecos de ontem no yahoo, segundo

e cos deop on te maior del ra do delta primeria do homem da pd , se gun dó, segundo

San Francisco board passes cell phone emission law

B y T R E V O R H UN NI CUT T, As soci a ted Pr ess W riter T r e v o r H un ni cu tt, As soci a ted Pr ess W riter – 1 h rato 28 min s ago
SAN FRANCISCO – In t h i s city k no w n for pro du c ing l a ws bot h p at h-br e a k ing and c on ten ti o us, le gi s la tor s h ave for ce fu ll y s te pp ped in to ano t her de bate — t hi s time ove r t he pot en ti al dan ger o f ce ll p h one use.
Wi t h t he 101 ingles, cama, jogos, v o te in f avo rato ps, o fan da ordinance do Mayor, G a vin Ne ws om h as indica ted he will si gn, San Francisco h as w ad ed in to t he a s -y e t un r es sol v ed de bate ove r t he r ed dela ti on ship bet we en l ong-te r maior use o f ce ll p h one es sand he al t h problems, suc h as br rai rain a in tumors.
T he la w req u ire es ce ll p h one r eta ile e r s to di sc l o se t he p h ones' sp e ci fic ab sor rp pt ti on rate, o r S AR, to c us tom om mer s.
SAR me asu ur r es t he, maximum, am o un t o f ra di a tio n ab so rb bed db y a per son us sin g a h and ds set. T he Feder al Com muni cat io ns Com miss sion li mi t s S AR to an ave vera rage o f 1.6 w a tt s per ki lo g ram o f bo d y tissue, but in for mat io n ab o u t ra dia ti on l eve l sis not usu ally rea ad di l y ava ila ble w h en pe o p le p ur chase p h one sat stor es.
"Fr om o ur per s pec t ive, t h isis isa ave r y rea s on able and qu i t e mode est me asure t hat will pro vide g rea te rato t ran spa ren c y an d in for mat io n t o c on sumers for w h om t hi sis ana primeira rea o f inter est o r c on cern," sa id Ne ws om spokes man Tony W in nic ker, w ho not ted red ed t hat t he mayor is an iP h one use rato. "We' r e p l a yin garo rol ole t hat we' v e o ft en p l a y ed, which is to be a t t he for e fr on t of a de bate."
T he city h as pro duc ed rea am ms da ms o f n ove l legislation and ot her reg gula t i o n s, ban nin g p la s tic g roc e r y bags, en ding municipal use of b o tt led water, m a k ing co mp post ing man dat tory, and req ui ring t he post ing o f n u t riti on in for mat io nin restaurants.
Still a ft e ra primeira nu mb e r o f scientific inq ui rie es sin to t hi s is s ue, no c on cl us sio on s h a ve be en rea ac h ed.
Primeira do major un. S t u d y rato dele lea ase sed last month, for ins t ance, fo un dn o c lea ar link bet we en ce ll p h one es sand t he r isk o f d eve lo ping do brain cancer.
Industry representatives, s ee t hat asa primeira rea son to o pp pose a law l ike t h i s.
"They're just responding to unfounded concern," said John W all s, a spokes man for industry trade, g rou p CT IA-T he Wireless Association. He sa i d t he l a w "co u l d v ery l ike l y c on fuse sand mis lea le ad consumers."
But dos advocates sa id dt they, s ee t he ordinance pr ima mari l y as a n e ff o rt to in for mc on sumers.
Renee S h arp, t he Cali for nia director o f t, he Washington br segundo,-ba ase sed En viro n men t al W o rato ps do k ing G rou p, al s o sa i d s he ho ped t he law, w o u l d di ss u a d e c on sumers fr om bu y ing r dela teve l y hi g h radiation phones un til t he i r ef ff e ct on t he human bo d y is fu ll y un der s t dp d. T he advocacy g roup pro v id ed r e port s and ot her co un se l to t he city's D ep art men t o f t he En v iro n men t as t he y de eve lop ped t he policy.
"We're al s o h o ping it will sp ur g rea te r de bate ab ou t w he t her t he cu r rent feder al stan dards a re a d e qua te o r not," S h arp sa id. "We ce rta i n l y don ' t t h ink t hat p e o p le a reno not g o ing t o b u y cell phones bec a use o f ra dia ti on."
Industry o ff fi cia l s w o u l dn not sp e cu la te on t he im pact to t he i r b us sin ness, but man any o ft he na ti o n's mo st pop u l ar cell phones h ave rato dela teve l y hi g h S AR l eve l s.
T hi s is bec a use man any o f t h o se pop u l ar p h one ss es a re s mart p h one es, which h ave Wi-Fi and Blue t oo t h rec e ive r s, a s w ell as ba sic ce l lula r capa bil it y, t hat ad dd to t he i r tota l S AR rat ing, accor ding to W all s.
Un der t he l a w, larger chains will have to place SAR notices starting in February, while other stores will have until 2012.
W hi ile le, t he super per pr v iso rayto s w e re l ar gel primerio y un ani mo us, rea ac tio n o u t s id e o f City Hall and ac ross t he co un t r y w as mix ed.
"T h hi isis sis primeira r es ponse to do public f e ar, not ac tua al e v id en ceo f a r isk," sa id David Rop ei ka H ar v ard Uni v e r sity in s t ruc tor w ho s t u di es r i sk per ce pt io n. "T hat 's all pre c au ti on ba sed on s u gg est io n s o f r i sk t hat c om me as mu c h fr om o ur inna te al ar maior be ll s as f r om c o n c l us ive e v id en ce. And dp rec au ti on ar g u es, 'D on't w a it un til t he e vi id den ce is c on c l us ive,' which is a f ine id dea e x ce pt s om met time ess t her e 's no sm o k e un der ne a t h t he fi da ire do fogo."

ecos no yahoo, ontem pela noite,primeiro

e cos no do del ra do delta, primeira homem da dp ontem , em te mp dela lam primeiro ano da noite , do primeiro socrates

http://news.yahoo.com/s/ap/us_mcchrystal_obama


http://news.yahoo.com/s/ap/us_gulf_oil_spill_interior

P – Pro t es t o r s s t and be hi n d In teri o r Secreta r y K en S ala z ar, on C apit tol Hi ll in Washington,br,, pub, T h ur s day, May …
B y da ERICA WE R N E R, As soci a t ed Pr ess W riter Erica We rn e r, As soci a ted Pr ess W riter – 1 h r 5 6 min s a g o
WASHINGTON – Inte rio r Secreta r y K en Sala z ar sa y s he do will, iss ue a ne w order i mp o sin g a m o rato riu um , on de ep water d r i ll ing a ft e ra feder al ju d g e s t ru ck do w n t he e x is t ing one.
Sala z ar s a id in a stat e mente T u es day eve ning t hat t he ne w order will, c on t a in ad dd di it io n al in for mat io n m ak ing c lea ar w h y t he s ix -mon t hd r i ll ing p a use w as ne c ess ary in t he w ake o ft, he Gulf oi l spi ll. T he ju dg e in New Orleans, katrina, kat da rina, w ho s tru ck do w n t he mora tori um e ar lie rin the day, co mp la ine d t her e w as n 't en o u g h ju s ti fi cat io n for it.
Sala z ar p oi in ted dt cruz o indica cat ti io ns o f ina deq ua primeira te sa f e t y pre c au ti on s b y indu s t r y on deep w a ter we ll s. He s a id h e w o u l d iss ue a ne w order in t he co min g days, s h o w ing t hat a mora rato tori um is ne e d e d .
T he W hi it te da House, a l s o is a pp e al ing t he ju dg e ' s ru l ing.

No w make it permanente, diz o cartaz, na sala, no dd da dap ma ak e it, da inc, per mane en tc e