quarta-feira, agosto 04, 2010

acusaçao à pt, acs e a muitos outros que se desvelam nesta analise, parte VII



pagina segunda da pagina do artigo da capital, que ainda não tinha sido publicada e a parte de cima, acima

pa gina se gun dada pa gina do art i god a da capital, q ue dp a inda n cao tina homem s id o pub lic ad a é a primeira da p arte dec ima, ac sima


continua , sétima parte

circulo on tin ua do set dfo ima , puta da arte

o texto está truncado, sempre me queixei disto ao longo dos anos, em quase todas as entrevistas, e foram muitas as que dei, se bem que agora entenda, que em algumas vezes são como mensagens cifradas que os jornalistas assim propositadamente escreveram na esperança que eu o entendesse, hoje a situação, ou melhor desde há uns anos a situação é inversa, eu que sou conhecido também neste sector que de alguma forma é também o meu, ninguém sem excepção dá um eco que seja a situação de injustiça em que me trazem, o que diz bem do carácter elevado desta conspiracia, com tantos meios e força para a todos vergar até ao momento,

o tex cruz circulo, é stá t run do cado br, sempre da me q eu ix ei di s to cao l ong god os ano serpnte, em qua ds e todas `as en t r e vitas, é forma mu it as q ue dei, se b em q ue do agora en t en da, q ue em al gum as v e z es sao c omo men sage ns cif r ad as q ue os jornalistas, as si maior pre posi t ad dam nt e es c r eve vera ram na es pera ran ança es q ue e u o en t en de esse, h oje primeira s it tua sao, o u mel hor de sd e h á u y ns ano sa s it ua sao es é inversa, e u q ue s o u c on he c id o tam am tambem nest e sec do tor do torque, piao, de al guam forma é eta tam am tambem om me europeu , nin g ue maior se maior es cep sao es d á um e coc q ue seja da primeira da situaçao, de in justiça em q ue me t r az emo q ue di z b em do ca rac teresa dela v ado de sta da conspiracia, com t ant os mei s oe forca es para primeira de todos vergar, a té cao moe maior do tn circulo

contudo uma outra interpretação é ainda plausível neste ponto, eles, os textos, serem truncados, para criar cios face a outros, e até eventualmente, dizerem que foi assim que eu o disse, só que eu não sou aldrabão, nem trago disso necessidade, e me recordo muito bem do que vou dizendo, e portanto é me fácil por estas razoes mesmo à distancia, saber que está truncado,

co pn tudo, uma outra inter rp pr eta taçao es, é a inda pal s u iv el nest e ponto, deles , os tex t os , se rem t ru bn cado s, para c ria ratos cios da face da primeira de outros, é a té even en tua lem nt e, di ze rato da ema q ue fo i ass si maior q ue e eva vaso do circulo da di s se, s ó q ue eu n cão s o u al d ra do bao, tv cabo, ne maior da cruz dot rago di ss circuolo da necessidade, mne, é me record circulo mu it ob e maior doque v o u di zen do, é porta nt o, é me f ac el por e stas r azo es me sm o à di s tan cia, saber, q ue e sta t run cado br,

contudo as mentiras aqui abaixo detalhadas, apontam uma lógica possibilidade, do género, vêem como ele é ladrão, e se o é, como pode ter verdade no que diz nomeadamente em relaçao ao canal zero, de ser seu autor, ou seja apontam, pelo seu conteúdo , argumentos que devem ter sido usados para me descredibilizar e criar cios face às entidades mencionadas

c on tudo ás das mentiras aqui , aba e xo d eta la hd as, ap ponta tam am ,. uma da logica, p oss sibil dio ad e, do g ene ero, vasp em c omo dele, é o ladrao, e seo é, c omo pode teresa ver dade no q ue di zorro noe ema mad dam am , a que mente, em relaçao, cao c ana l zorro do ero, de ser s eu do au tor, o vaso do seja ap o anta tam am p elo s eu conte vaso do do , ar gum en t os q ue d eve maior da teresa s id o usa sados dados para me d es c rib iel iza r e c rai rato cios face às en t id ad es no me ad as mec, men cio na ad dd as

pois logo no inicio algumas truncagens, quase três seguidas, sendo a ultima só meia, para se dizer em propriedade justa,

… desde o passado dia 14 de setembro, três dias e um ano depois da queda das torres, se estiver certa esta data, coisa que ainda não verifiquei, uma produção independente, grupo paulo portas, do com da junta da latina eu, espanha madrid, r p a italia, limitada , ângulo direita alta, é do senso comum limitada, com protocolo da net , cabo, africa sul, ou cabo, de rank, rato ank, e de que o director é paulo forte, como então dizendo que eu era director da net cabo, coisa que nunca fui, como nunca pertenci a nenhum quadro da pt ou das empresas da pt, por outro lado, como todos do meio sabem, a estratégia da pt para as novas redes e plataformas, e por ai fora, fui eu que a influenciei em larga medida, pois li liendeker há muitos anos atrás e sempre percebi que ele tinha razão na equação do broad casting versus narrow casting, e sempre isto fui explicando a todos em reuniões e conferencias e quejandos, portanto nunca fui formalmente director da pt, mas na pratica devo ser o principal accionista, e logo de seguida vem outra, .. que levou levou do canal dois da rtp onde trabalha a há quase treze anos, também nem sei se é certa esta data, e muito especialmente, dos programas lusitanea expresso, popov, euroritmias, e spray a filosofia que está na gestação do canal zero, ora isto é uma aldrabice, pois não levei eu nada do canal dois, estes programas, criei e produzi para o canal dois, e também nunca trabalhei na rtp, mas sim, como produtor independente para televisão e para a rtp, e também um mesmo acima referido relativamente a pt, roubos, também à rtp se aplica, até o plano de restruturaçao que depois o morais sarmento, psd, outro, enquanto governo, acabou por por em pratica,


… de sd deo circulo do louco, p as sado dia do bar do ra primeiro do quadrado de sw tee mb ro, t ratos espanhois do dias, psd, é um do ano d ep o is da queda das torres, se es teve rato ce rta, co isaque a inda n cão v eri rif fi q ue ei, uma por du sao es sin do independente, gato rupo do paulo portas, do com da junta d a l a tina e vaso espanha mad rid madrid, , rp pa da primeira de italia, li mit ad a , angulo direita alta, é do senso com do primeiro da li mit ad a, com porto toco colo da net , cabo, africa sul, o vaso do cabo, de r ank, rato ank, é deque do circulo do di rec tor, é p au do primrio do circulo do fo da rte, c omo en tao di zen doque e vaso e ra di rec tor da net cabo, co isa q ue n unc a fo oe io, c omo n u nc a per ten cia a n en h um quadra , o do circulo da da pt, o vaso das empresas da pt, por outro rol lado, c omo todos do meio sabem, a e ts arte gai da pt para ás novas red es e p lata forma se por ai for a, fu e europeu quadrado e vaso, é primeira in flu en cie, p oi se mp re li lie en deke rato há muitos anos atras, é se mp re per cebi q ue dele, da tinha rato aza on primeira eq ua sao es do br o ad cast ing vaso e ru serpente narrow c as t ing, e se mp re is to f oi, é x p lic ando primeira de todos em re uni oe es on feren cia se q ue jand os, porta nt o n unc a fo i for maior da al mente, di re top pr da pt, mas na pr a tica d eve circulo ser o do principal acionista, prin cie epal ac cionista, e logo gode se guida vaso em outra, .. q u leo vaso l evo do vaso do c ana l do is da r tp onda da cruz ra da onda bal al home da primeira a há q use treze anos, t am tambem ne maior se ise see ce rta e sta da data, é mu it o es pe cia lem nt e, dos por g rama s lu sita ane nea express, pop ov das euroritmias, e spa ra y a filo sif ia q ue e sta na g es taçao es do c anl zorro do ero, o ra is to é uma al da br rice ice, p o is n cão l eve ie vaso na adao do dao do c ana l do is de este porgram, c rei ee pro d z ip ara do circulo 101 do canal dois, e eta tam am tambem n unc a t r aba bal kapa lhe ina r tp, massi maior com pro du tor independente, o para da televisao e para da primeira da rtp e eta tam am tambem um me sm o ac ima refer id o rato dela t iva em nt e primeira da pt dos roubos, inc lui o ds, t am tambem art tp se a o p lica, primeira te do plano, p lan primeiro ano da onda da es r t ur t raçao q ue d ep o sio do circulo do morais sarmento, psd, outro, aca b circulo do vaso do por pro em par ,e, pr primeira da cruz dt do ice


mas seguindo as linhas do texto, leio pro grato da ram da lu sita maconcia ni primeira do jornal expresso, po do traço ingles da p do ov italiano, e spray, curioso nome, que nem fui eu que crismei, e que recentemnte entrou tambem na ultima conversa em video, last warning about salavtion or abyss and other's, a proposito de quimicas como as que aqui acabaram de ser refeenciadas, das drogas das elites, na verdade alguns perfumes pelo preços tambem o sao, e se calhar mais ainda pela composiçao, visto serem usados com constancia em passes, como aqui a todos tenho dado conta, e sendo que spray é um programa hibrido em que a latina praticamente só produziu lado tecnico e contribuiu com alguns tecnicos, spray que tambem aqui foi alvo uma vez de comentario, por causa de um fax daqueles exemplares, do na altura dierector do canal dois, o joaquim vieira, irmao do furtado, que é a normal bofetada sem agua vem nem agua vai, e cujo autor se bem me lembro era o henrique amaro, outro amaro, que isto até parece a estrategia que andam a fazer na pub, com rostos e mix de rostos onde confundindo as pessoas, sobre as ids, tentam assim conseguir que alguns fujam com o rabo a seringa, assim pensam, e na verdade o canal zero nasceu numa iluminaçao em londres depois de comprar o meu primeiro portatil em noventas e tais, um dois oito seis, e ter visto o futuro das imagens na net, quem me dera era ver-te a ti nuazinha ao pe das maos da minha lingua,


ma serpente se gui indo, primeira q ue d r a das lina homem serpente do tex t , o le io pro grato da ram da lu sita maco n cia ni primeira do jornal expresso, po do traço ingles da p do ov italiano, é spa rato ps delta, cu rato iso no mec ue ne maior fu ie do vaso q ue c r is me ie e q ue rec en te maior nt e en t ro u t am tambem na u l t ima c on ver sa em v id deo, la st w ar nin g ab o u t sala, rr, vt io n or ab y ss and ot her a ps oto lo ser pen te ts, a por rp s ot io de quimicas c omo às q ue aqui ca ba ram de ser refe en ciada, ad as dr o gas das elites, na verd ad e al gun s perfumes, cc, p elo pr e ços es tam am tambem o da sao, e sec la homem da ar massi a inda p ela co mp posi sic sao es, vi s to se rem usa sados com co ns t an cia em p ass es, c omo a qui primeira de todos t en ho do dado conta, é s en doque spa rato ps do delta, é um pro g rama mad da hibrida em quadrado ue primeira l ar tin s o pr a t ica maior mne net pro d uz ze vaso do lado, tec nico é c on t re bu i com al gun s tec nicos spa ru q eu tam am tambem aqui, fo é alvo, uma v e zorro de com en t ar io, por ca usa de um f ax da q u deles, é x e mp do primeiro da ar do na al tura di e rec toro c anl , o j hoaquim do vieira irmao do fur t ado, q ue é primeira da norma al da bofetada, se maior a g au vaso em n en vaso da primeira do ie cu jo au ot rato ps se b em me ml em br o e ra do circulo do henrique amaro, outro amaro, q ue is top a rece primeira da estrategia que andam a fazer na pub, com rostos e mix de ro ps t os onda c on fun din indo às pessoas, s ob rea s i d s, t en tam am, ass si maior c on se gui r fu gor a al gun s com do circulo do rabo da primeira , ser ibn ga, ass si maior pen sam, e na verd ad , éo circulo do c ana l zorro do ero na c eu nu ma i lu m ni aç sao es em londres, d ep o is de com pa aro me vaso do primeiro porta til em noventas e tais,br, um do si o it o se is, é teresa vi s to do fo circulo do futuro das imagens na net, q ue me der a e r ave rato do traço da inglesa te a ti na uz in h a cao pedas min h as mao es dam am in home da primeira l ing ua,

e depois uma estranha extrapolaçao sobre o crescimento da banda larga em portugal, realçando uma tecnologia que em portugal nunca teve grande expansao, e que creio assim de memoria nem ter estado previsto, nessa altura, a da entrevista, que a expansao se desse por adsl, donde o sentido é outro, ad , psd, serpente do angulo, 68, circulo do mi primero, ou seja do angulo em frança no do maio de sessenta e oito ligado à banda larga, que me evoca assim do pe para a mao, as linhas dos imensos suicidios na telecon francesa

ed p o is uma do ts de rana, kapa da lu do gato da ar ana home hex da cruz ra pol sao es serpente ob reo c r es cimento da banda l arga em portugal, rea l cortez ando, uma tec no ligia q ue em portugal n u nc a da teve g rande, é x pan sao, é q ue c rei o as si maior de me mor ia ne maior est ra pre vi st o, ness a al tura, a da en t rato tp circulo vaso ista, q ue a e x pan as o ase de esse cobra por ad sl, don deo circulo do s en t id o é vaso da cruz rato circulo lobo, o da ad , o do psd, serpente do angulo, 68, circulo mi prim ero, o u seja do angulo em frança no do maio de sessenta e oito liga gado do acento da primeria da banda l arga, q ue me e vo ca as si maior do pe para da primeira mao, às das linhas dos i men s os s ue c id io s na tele c on fr anc e as

é ainda curioso esta referencia à adsl, pois como aqui o expliquei em detalhe quando da analise dos processos que poderiam estar por detras da queda das torres, pois a adsl, utiliza as normais linhas de electricidade, e transporta o sinal das comunicaçoes na banda de frequencias mais elevada que a a eletricidade não usa, ou seja, é tambem imagem dos principios basicos da electricidade e do magnetismo, um processo de dois em um

é a inda cu rio osso est refer en cia a ad serpente do primeiro, p o is c omo a qui do circulo, é x p lic ue ei em d eta ala he qua ando da ana lise dos por c esso s q ue pode da ria am da es star p do circulo da det da rata ás da queda das torres, p o isa primeira ad serpente do primeiro, vaso do tili za às norma is das linhas de dele , c rti cida de, e t ra sn porta, cds, circulo do sin da al, o das comunicaçoes na banda, de fr e q ue en cias mais elevada, q ue primeria, primeira da electricidade, dd, dele t ric dade n cão usa, o vaso do seja, é eta tam am tambem ima gm dos prin cip iso ba sic os da electrica de é do mag net is mode , um por c esso dedo is é maior do prime rio
mais ainda se torna esta questao imporatante, se somar o que se pode extrapolar do para grafo seguinte, onde se fala de liberdade de porgramaçao, uma das carateristicas por excelencia da net, em oposiçao ao classico modelo vertical unidirecional e descendente das televisoes, que referencia a possibilidade que o canal deu enquanto esteve na rede, de cada utilizador o programar de acordo com a sua vontade, criando as suas proprias playlists, que o texto explica, como organizaçoes pre geradas de ordens de clips, ou seja soma, isto a programaçao, e a um perfil de programador, relacionado com radio, que é de onde vem esta palavra mais ainda reforçado pelo proprio conteudo da entrevista , ou seja provavelmente relacionado com musica, ou editoras musicais,

mais a inda se torn a e sta q ue s tao im po rata nt e, se s omar o q ue se da pode , é x t ra polar do para g rafo se gui nt e, onda da se do fala de liber rda dade de por g rama maçao, uma das ca rate rato ps is ticas por e x cel en cia da net, em o posi sic sao cao c lass sico modelo ver ti c al d es c en dente das televisoes, q ue refer en cia primeira da p os sibi bil id ad deque, madeira, o c ana do primerio deu, en qa un to do esteve na rede, de c ad a u tili z ad dor do circulo do pro g ram ar de acor do c om a s ua von t ad e, c ria ando as s au pro pr ia s p la y l is ts, q ue o tex t o e, é x p lic a, co pm o organizaçoes pre ge r ad as de ordens dec l ips, o u seja s oma, is to a por g rama maçao, é primeira um per fil de pro gato do delta da rama da dor, rato dela , o do ac cio n ad o com da radio, q ue é de onda v em e sta pal av ra mais a inda re força cado es p elo pro rp io conte u da da en t r e v ista , o vaso do sej por v ave lm en te rato dela , do ac cio n do com mu sica, o vaso das editoras, a mu sic is,

depois no texto, o tome nota, que declina em tome, é en n ota, tome, ressoa em nome de estilista de moda, aqui, e onde pela quebra das linhas se le a maria do traço do cardoso, ou seja a maria sobral mendonça que na altura da exposiçao dela no palacio da ajuda, a tal lapis exilis, que ainda não me pagou, trazia em sua equipe, um arquitecto cardoso, filho do ex ministro , o do psd,

d ep o is no tex t o, circulo do tome n ota, tambem do dinheiro, ou seja o dio do dinheiro, o din é hiro, quadrado vaso e dec lina em tome, é en n ota, tome, rato esso da primeira em no mede do estilista demo da moda, aqui, é onda p dela, a da q ue br ad as linhas se le lea da primeira da maria do t rat di aço espanhol do cardoso, o vaso do seja, primeira da maria sobral mendonça, q ue na al tura da é x posi sic sao es dela ano da exposiçao pala ac cio da ajuda, a t al l ap is é xi lis, q ue a inda n cão me pa g circulo do vaso cruz r az ia em s ua e q vaso do ipe, um arquitecto cardo ps circulo filho , é x min do mini serpente cruz rodo, é x ministro, o do psd

continua....

acusaçao à pt, acs e a muitos outros que se desvelam nesta analise, parte VI

continua... parte VI

braço de pic up, um carrinha aberta com um guincho, entao teria que estra cheio e o primeiro impacto terá o molde ou vestigios do balde ou da peça, provavelmente uma peça de cimento, pois as colunas e paredes do tunel sao de cimento, e portanto se disfarça melhor assim, pela proximidade dos materiais usados, se isto for assim, devera haver marcas de uma primeira travagem nesse lugar, e depois tiveram que o retirar, de novo, ou seja deviam ter qualquer coisa tipo clark, pois a pancada pode o ter destruido parcialmente, é preciso ver a time line do acidente para isto ser provado, ou seja a chegada dos primeiros ao local do acidente, acidente, a cin, dente, loja de tintas, anuncio bate chapas, tinta robbi a lac, capitao robbi, um mulherengo, que se apresentava como capitao às vitimas se é que elas todas o foram, robbi, teresa robbi, uma actriz tambem, que uma vez me pediu boleia na minha mota, e me lembro de lhe ver as belas cuequinhas brancas, belo marques, b elo do marques, o segundo elo do marques, um personagem da noite liboeta há uns anos largos atras

br aço de pi circulo da dele, a eve sao, es br, , um car da rinha ab berta rta com um dog da paraia do guincho, en tao teresa ria q ue est ra che io, é circulo do prime iro roi do impacto, te rato do ac v irc culo do molde, o u v es ti gi os do bal deo vaso da p eça, por v ave lem nt e uma p eça de cie maior nt o, p o iss `às co luna se parede, linha cascais lisboa, serpente do tunel, tui n el da sao de cimento, é porta nt o da se di s f arça mel hor as si maior, p dela, por x i m id ad dedos materia si usa sados, se s it o da for as si maior, d eve da vera homem ave ratos das marcas, de uma primeira t r ava vage maior ness e cobra lu gare, d ep o is ti vera am q ue o r e tira ar, de n ovo, o vaso do seja de via am teresa q ual q ue rato co isa t ip o c l ar kapa, pote rio, , p o isa da primeira pancada, pn aca da pode doc irculo teresa d es t rui do p ar cia lem nt e, é pre do ciso vera primeira do time l ine do ac in dete para is to ser por vaso da ad o, o vaso do seja da primeira do circulo do homem da priemira da gda, gisele, dos prime rio sao l ocal do ac in dente, acinde fn te dente ene , a cin, dente, da loja de tintas, ano un cio do bate chapas, mecanico, int aro bb ia primerio do ac do ca pita circulo do robbi, um mul her en gato circulo, q u e se ap rese en t ava c omo c a pita o as vitimas, se é q ue delas todas do circulo da pt foram, r ob bi maior da teresa robbi, uma c t rato toi zcan tor,q ue uma v e zoro da me ped diu bo kapa lei ana mina homem hm mota, e me l me br o de l he vera serpente de belas, lugar, c ue quin a h serpentes br ancas, b elo do marques, b elo do marques, o se gun do elo do mar do quadrado dop do vaso do es, um perso na ge maior da noite li b o eta h á uns ano s l argos sat crz ra serpente

e no espirito se me figurou agora o dizer, que fora a mae da belo marques que me fodera, de facto a relaçao de amizade de anos com a gui, a certo momento se alterou sem eu nunca ter percebido bem porque, ou seja, outras razoes haveria, por detras que sao estas, porque é que ela o fez, ah a minha prisao, foi ela a mandante, entao, da marca em marrocos, foda-se que esta gente é toda maluca, n verdade a robbi nessa tarde em que lhe dei boleia foi na unica vez que estive em casa da mae da gui ali em cima ao lado da penetenciaria, e agora ao isto me lembrar, me recordei do assalto em dia não muito ido ao banco,ali ao perto, onde um brasileiro foi morto com um tiro na testa

é no es p ei rt to ze da me figu ro uvas do vaso do agora circulo dizer, q ue for a a mae da n elo do marques q ue me fo der a, de f ac to da primeira do tribunl da relaçao com da primeira dag gui, primeira ce rt o moe maio nt o se al t ero vaso se maior do eu n u n c a teresa per ce bid o b em por q ue, o vaso do seja de outras ratas azo es h ave da ria por det ratos as q u e sao destas, por q ue é q u e dele , oleo do fez x, a home da primeira da minha prisao, min homem da primeira da pr prisa isa sao espanhola, fo dela primeira man dante entao, da dama da marca em mar roco s, fo da do traço da inglesa se q ue e sta desta gente, é toda maluca, n verd ad é a primeira r ob bb bi mauior do ness e t arde q ue l he dei b ole ia fo ina da unica, v e zorro quadrado do vaso é teve em c asa sada mae dag gui ali,. em cima, cao lado da pn e ten cia ria, é agora cao is to me maior lem br da ar da me reco dei do ass si l to em d ui a não mu it o id o cao do banco, onda um br a sile iro fo imo do morto com de um tiro na te sta

pedro pinto, rui pinto, cristina pinto, sao os nomes que me vieram por proximidade ao do paulo teixeira silva, que por sua vez me remete ainda para um da rtp que passou em breve pela latina europa, tambem silva, de nome, o paulo silva, nesta precisa ordem, ou seja parece ser do pedro pinto, o politico, rui pinto, o namorado a seguir da monica lapa, os tres porquinhos e o lobo mau, que ali na avenida do estados unidos morava, tres porquinhos e o lobo mau, uma imagem de infancia no radio das valvulas em casa dele, numa festa de aniversario dos meninos ainda pequeninos, cristina pinto que depois vim a saber estar ligada ao grupo do sete, pedro rolo duarte, falcao e miguel esteves cardoso, e paulo portas, especialmente ao joao gobern, que me disse cicerar no porto quando ele ou alguns deles, grupo sete, la iam, cristina pinto que pode estar envolvida na preparaçao do atentado com o honda pelas circunstancias em que aqui o descrevi,

pedro pinto, rui pinto, cristina pinto, sao os no m es q ue me vie ram por por x em id ad e cao p vaso do primeiro do circulo de dez do t ei xi era da silva, q ue por s ua v e zorro da me rem met a inda para vaso eim da r tp q ue p ass o u em br eve p dela , a la tina da europa, t am tambem silva, de no meo circulo do paulo silva, ene nest pre cisa da ordem, o vaso do seja pa rece ser do pedro pinto, circulo do politico, rui pinto, onam mora ad do circulo da primeira da se do gui ra do delta do circulo , o da monica lapa, os dos tres, te rato serpente pro quin homem os é circulo do lobo mau, q ue al ina in fan te santo mor ava, t ratos es por q ue in home serpente do oe circulo do lobo mau, uma ima ge maior de in fan cia no da radio das vaso do av , vaso maior do prime rio `as em casa dele, numa festa de ani ove rato do sario dos me nin s dop circulo a inda dos pequeninos, c ritinha do pinto, q ue d ep o is vaso ima , saber es star, lia gara da cao gato do rupo do sete, do pedro rolo duarte, do falcao , f al cao, é miguel espanhol da tv, o espanhol do cardoso, é paulo portas, espanhol pe cia do lem nt , é cao do joao gobern, quadrado e vaso da me da di ss é sic da cc , da cera do rato do delta circulo do no do porto, qua ando dele, o ual gun serpente deles, primeiro do rol da primeira do iam, a cristina pinto quadrado, a da dp ue da pode est ra en volv id dana da ana da pre par da raçao do atentado com do circulo da honda, p delas, c irc u sn tan cia serpente em q ue a qui o d es cv rato, é vi,

a imagem de alfaite me dizx ainda, o giz e as linhas das estradas, o home do giz, o poeta que menciona a escrita a giz, uam vez aqui comentyda, o hoem dos desenhos, o pauklo teixiera pinto,


primeira ima ge maior de al fa ité me di zorro do x a inda, circulo do giz e ás das linhas, das estradas, circulo do home do g giz, zo do poe eta q ue men cio na primeira da es c rita primeira do giz, uam vaso é zorro aqui com en t y dao ho em dos d es en h os, o pa uk primerio do circulo do t ei x ie ra do pinto, as i mna ge ns de londres, do homem da ar do rol ds,

as imagens de londres do harrolds,

a primeira que me lembro e do belo rapaz gfrances que apreceu asim tipo paarquedas anas andanças da fundaçao do plno media na europa e que depois desapareceu, que tinah lá comprado um belo fato, tem bom gsoto o rapaz, de um estilista japonzes, que tinah custado uma fortuna mas que era belo pois casava o conceito de fat ocidental com a leveza e largura das formna suaves e conforttaveis, e libertas orientais, que depois eu vi uym a vez que estive no harrolds em londres, onde me recordo de ter visto tambem eblos sofas com belos deigns num tempo emq que começavam a aaprecer mais baratos, mas antes da tendencia ikea, do design barato, mas bom de prefere4ncia, com resistencia, e de um conversa com ele quye aqui se concaixa, pois trazia ele planos de arranjar um hidroviao catalina , montar um bilbloteca uadiovisusla, e ir pelo mundo a mostra as genets que não trazem acesso a elas, e me chegou a onvidar, mas acho que aquilo ficou em aguas de cabacalhau, ou seja catalina remete para o tempo dos olivais, onde existia, +e xis tia, onde agora é a expo um aeroporto de hidrovioes que eu ainda mne lembro de ver em pequenino por lá parados, e catalina , para catalina pestana , ou seja casa pia, ou seja abusos infantis, como forma de criar dinamos da desgraças,

primeria da ap a prime da ira iraque, q ue me lem br oe do b elo ra p az gato do frances, q ue a pr receu a si maior t ipo pa arque da s anas anda danças es da fundaçao, a do p l no media na europa, é q ue d ep o is de sapa receu, q ue tina homem lá com prado um b elo do fato, te maior b om gs oto do circulo do rapaz, de um es tili da sta do j ap onze es, q ue tina home cu st ad o uma for tun am as q ue e ra do belo, p o is ca s ava o c on ce it o de fat oc id denta da al ala com da primeira l eve za e l argu ra das for mna s u ave es se c on fort t ave is, e lib e rta serpente orientais, q ue d ep o is eu vi vaso delat maior, a v é zorro q u e est ive no h ar rol ds em londres, onda da me record, o de teresa vi sto t am tambem eb l os sofas com b elo s dei gn serpente nu maior te mp o em quadrrdo duplo da ue com meça eca vam am primeira a ap pr do recer mais ba ratos, mas ant es da t en den cia ike a, do de sig gn ba rato, ma s b om de pr efe re 4 n cia, com da resistencia, é de um convers a com dele quadrado do vaso do delta , é a qui aqui da se com do banco caixa, p o is t ra zorro do ia dele, p lano ano serpente 2005, de ar ran j ar um hi id r ov ia circulo da catalina , monta rum bi l b lo da teca ua di ov isus dela, é i rp puta do elo do mundo, primeira mo st ra às genets q ue n cão t r az em ac esso primeira delas, e me c h ego ua on v id ar, ma s ac ho q ue a quilo fi co u em aguas dec primeira do baca do calhau, o vaso do seja da catalina rem é teresa para do circulo 101 te mp o dos olivais, onda home avia onda agora as ps oto lo serpente ´cruz x é primeria da expo, um aero rop pr top de hi id riva io es q ue e vaso a inda mne lem br o de ver em pe q 1 ue nino por lá pa r ad os, e c t al ina , para da catalina pesa sat não do pestana, do vaso do seja da casa pia, o vaso do seja dos abusos infantis, c omo da forma de c ria rat delta circulo do os do ps , o dos dinamos da desgraças,

e ainda me emergiu umas imagens do video em dois mil em londres aqui publicado em parte, pois durante passagem entre computadores, partes se perderam, a imagem que me voltou, é numa loja de roupa, com chao de quadrados brancos de pedra, talvez marmore, ao lado do sitio onde no cruzamento , estao os metros e as passagens de autocarros, como cortinas, que nele sao visiveis, pois uma coisa estranha aconteceu, ao entrar nessa loja grande, de mais de um piso de roupa, a camara ficou ligada, e só dei por sis isso depois, ou seja olhando isto agora, e creio que ate uma vez aqui o comentei, a imagem nitidamente, aponta underground, ou seja bum nos metros e nos autocarros que, por ali passam e que eu filmei nesse momento e nesse local , salvo erro o cruzamento onde aparece uma limo branca com a matricula sessenta nove, me pergunto se não sera um loja do mesmo grupo do harrolds

é a inda da me e mr gi õnda do vaso uma s ima ge ns do v id deo em do is mi le em londres, q ue ei pub lic cado em p arte, p o is do quadrado da urna te p da cruz ass a ge sn en t re co m put ad dor es, p arte se per de ram, a ima ge maior quadrado da ue me v o l to u, e nu ma da loja de ro up a, c om ca ho de qa u d r ad os br anco s de pedra, t alvez mar more, cao l ado do si tio onda no c ru zorro men to , es tao os metros, e ás p ass a ge sn de au toc ar rato ps os, c omo cortina sm, q ue nele da sao v isi v eis, p o is uma co isa est ran anha aconteceu, cao en t rato da ar ness a da loja g rato ad e de ema mais, de um pi sode ro up a, a c cama ra fi co u liga gada, e s ó dei por sis iss o d ep o iso vaso do seja o l homem ando is to agora, é circulo do rei , circulo q ue a te uma v e zaoor do qa do vaso io co mne teia da primeira ima ge maior ni t id dam am, a que mente, ap da ponta underground, o vaso do seja bum nos metros e nos autocarros q ue, por al i p as sam e q ue eu fil emi , s alvo e rr dp c ru uza am men to onda ap a rece uma da limo br anca com da primeira mat riculo se serpente da senta n ove e me ep pr gun to ze n cão da sera , um da loja do mesmo f rup o do harrolds

uma certa semelhanca de processos, embriaguez aparente do que conduz, com a morte da rapariga que ia com ted kennedy no lago , e ainda um outro acidente , o da morte da neta de mandela, jamaica, tambem local dos holandezes, boers, ou seja uma substancia africana, pouco conhecida aqui e porvavelmente dificil de ser detectada nas analises toxicologicas,

uma ce rta se ml homem anca de por c esso serpente em br ia g ue zorro ap a rente doque condo vaso uz, com da morte da rp a riga q ue ia com do ted kennedy no l ago , é a inda um outro ac cin nete , o damo da morte da neta de mandela, j am aica, t am tambem l ocal dos ho lan dez es, b oe rato serpente, o vaso do seja de uma da s ub s tan cia africana, po u coc on he cida aqui e por v ave lem nt e di fic el de ser det tec t ada ana s analises t ox io c logicas,

isto se encaixa na declinaçao do titulo da notica, circulo da ana do primeiro canal, rtp, a ana da puta da elisa, quadrado do acento da primeira liber rda dade , de por do gato rama macao da programaçao, as unhas da rede dimensao, de programaçao, dinamarca, miguel , tvi, e ps, o pai dele, os ritos do norte da europa, on o da ret, da rded da europa, europa, norte sul, outra vez, sampaio

is to ze en caixa ana dec lina ac sao es, a do titu lo da ano non not tica do ica, c irc cu do lop da ana do prime iro do canal, r tp, a ana da puta da elisa, q au d rato da ad circulo do acento da primeira liber rda dade , de p cruz circulo do rato ps, gato rama macao da por g rama maça o, ás das unhas, da rede di em n sao, de por g rama maça o , dina mar vaso ca do miguel , tvi, e ps, circulo do pai dele, os ritõs do n o ret da europa, on circulo da ret, da rato ded da eu rato circulo da sd da a da ap, europa, norte sul, outra vez, sam pa do io

paulo teixiera , a silva, o espinho, o espinho no meu mercedes, ou o espinho no acidente com o honda no geres, recentemente aqui comentado, bcp, o envolvimento no roubo de meu filho, e na tentativa da minha morte, pode se matar o criador visto que já tem um filho que nós roubamos, e assim roubamos via o filho e ao matar o pai, apagamos a possibilidade de ele vir a descobrir que andou não só a ser roubado como a ser sistematicamente o fodido, a mae do meu filho, que tras um familiar na admistraçao do banco, ou seja o aparecimento dele na minha vida como muitas outras mulheres foi preparado, assim se prova o que semnpre disse, que esta conspiracia é altamente organizada ao longo de toda a minha vida, desta vez pela mao da margarida rebelo pinto, que está ligada ao pedro marques lopes, e a santana lopes, tambem, pois estiveram nos bastidores da tentativa de tomada de poder por ele, a que sampaio pos fim, em circunstancias pouco esclarecidas, ou seja, sabe de razoes e as usou como argumentos para que ninguem no conselho de estado se opusesse a tal, dop, apareceu agora, o uso de drogas, quais, as tais pequenas pilulas que uma vez encontrei na mala da teresa, que aqui mencionei, sem id, de marca ou de modelo, uma versao melhorada, assim dizem, do prozac ou algo assim, a desvelar o envolvimento da farmaceuticas neste projecto de nova ordem, drogas para uma elite, drogas da elite, gas da elite, o gás da elite, donde prozac com anfetaminas ou algo assim, com que fodem muitos quando se passam, entendendo foder aqui, como matar

paulo teixiera , primeira silva, circulo do 101 de espinho, o es sd dp ein h o no me vaso do meu mercedes, ouo c irc cc culo do espinho no ac inde te com do circulo do honda no do geres, rec en te mne maior net da cruz aqui, com en t ad o, bcp, circulo do envolviemnto no roubo de meu filho, en volv ie m nt o no rt o vaso do bode de meu filho, é na t en tat iva dama dam da mina homem da morte, pode da se mat ar aro do circulo dc ria ad dor vi s to q ue j á te maior um fil ho que nós ro ub amo se as si maior ro ub bam ms o via do circulo do filho, é ao mata aro pai, ap a gamos primeira p os sibil bil ll di iade dele, vasp pira da ira d es cobrir , q ue ando da onda do vaso n cão serpente dp circulo da primeira ro ub da ar cv omo, circulo do sis t ema tica cama, am, a que mente, o foder, a mae do meu filho, quadrado da ue cruz rato as, um familiar na admistraçao, do vaso do banco, o vaso do seja do circulo do ap ar e cie m nt o dele na minha vida, c omo mu it as de outras mulheres, fo i p pre par ad o, as si maior da se por vao q ue se mn pre di s sec ue desta, a da festa da conspiracia, é al tamen te o rato g ani zorro da, cao l ong gode toda da primeira min homem da primeira v id a , de sta v e zorro p dela , a mao da margarida rebelo pinto, q ue e sta liga gada cao pedro marques lopes, é santana lopes, t am tambem, p o is est iv vera ram nós bas t id for dor es da ten tat iva, é to mad primeira de pode rato dp por dele, a q ue sampaio p os fi maior, em c irc un s tan cias po u co es clare rec das cidas, o vaso do seja, sabe, de r azo es e as uss o vaso do c omo argu gum en t os para q ue nin g ue m no conselho de estado, p se o p use esse cobra, primeira da cruz dat al, dop, ap ar receu do agora, do circuloo lobo do uso de drogas, qa ui sas tai, br pe q un e pi lulas, q ue uma v e z en c on t rei na am maior da ala da teresa, q ue aqui, men cio nei, se maio id, de mar cao vaso de modelo, uma ver sao mel hor ad a, as si maior di ze maior, do pro oz zorro do ac o ual goa ass sima d es vela aro circulo do en volvi em nt o da fr am a ceuticas nest deste pro ject , o de nova ordem, d r circulo do gas para uma da elite, d r o gas da elite, gas da elite, o gás da elite, don de pro z ac com an f eta tam am das minas o ual goa ss si maior, cc mo maior q ue fode maior mu i top ps qua ando se p as sam, en t en den do fo der a qui, c omo mat da ar

santana lopes e paulo portas, outros que se mantem em silencio face as graves acusaçoes que aqui publicamente lhe fiz, a confimar pelo silencio a culpa, desde pelo menos o tempo em que me partiram o nariz que desvela como aqui o disse, os grandes tentaculos, desta vez sobre a classe medica, que sabera certamente destas drogas da elite

serpente da anta n do lopes , é paulo portas, outro q ue se man te maior em si len cio, da cc, f ace as g r av es ac usa ço es qq quadrado da ue a qui pub l cia am, a que mente, le homem fi za primeira confirmar, c on fi mar p elo silencio, cc, priemira da culpa, de sd e p elo men os circulo do te mp o em q ue me p ar ti ram circulo do nariz, jorge colombo, q ue d es ve primeira c omo aqui do circulo da di serpente da se, os g r ane ds t en t ac culos, de sat v é zorro s ob rea primeira da classe medica, q ue sabe , ra cera rate maior nt e de sta das dr o gás da elite

e ainda mais uma ressonacia atraves do nome proprio da princesa diana, com o quadro que aqui trago, que neste momento estalou, in diana da pol is do museu de arte, o museu de arte antiga, recentemente aqui entrado a proposito de um programa da puta da camara clara e das ressonancias estranhissimas que nele vi e que aqui comentei, em relaçao com a imagem do lago das necessidades, ou seja do ministério dos negocios estrangeiros

é a inda mais, uma r esso na cio at r av es do no meda princesa diana, com do circulo do quadro q ue a qui t rago quadrado do vaso e nest emo moe maior nt o est alo u, in diana da pol is do dom do museu de arte, o director, circulo do museu de arte antiga, rec en te mne mat oe net da cruz aqui en rato do ado da primeira pro rp posi to de um por gara ram am da puta da cama ra cala ra, é d as r esso anc ias est ran hi s simas q ue ne levi e q ue a qui com en t ei, em relaçao com da primeria ima ge maior do l ago, o das nec ess dia ad es, o vaso do seja do min s it, é rio dos negocios, est range iro serpente

acrescento ainda que o jose matos cristovao e o miragaia, tiverma pelo menos durante algum tempo uma casa no meco, que tem sido alvo de diveras entradas neste livro da vida, algumas dela relacionadas com sesimbra e o martelo do santana, o lopes

ac rato do es cento, a inda q ue do circulo do jose matos cris t iva vao, é circulo do mira rag gai de gaia, aope do pop prt o porto, ti ver maio ap da puta do elo do men os do duran da te da al, gum da te mp circulo, uma da casa ano do meco, quadr ado do vaso é te maior serpente id do circulo do alvo, de di vera serpentes das entradas nest el iv roda dav id a, al gum as dela rato dela , a do ac cio n ad as com se si mb ra, é circulo do mar do telo, o do santana, o lopes

voltando a imagem do reverso da pagina da noticia, do canal zero, estes arpoes, laminas, correspondem a uma precisa id, as laminas multiplas das gilettes, azuis cinza, ou seja grupo do rei, crescido, cujo cabo é o de uma cobra, sendo cobra aqui, a imagem de um edificio na zona do alto de santo amaro de oeiras, numa noite de chuva, a procura de minha amada, vide referncias no livro da vida, pois ao partir o invulcro que fixa as laminas multiplas, assim se desenha na propria lamina, sendo que isto remete ainda para os tais spots de pub com os belos rapazes, e das bolas às tres pancadas, ou carambolas, com o tiger, o federer, e da formula one, cujo nome agora não me recordo do pe para a mao, sendo o tiger o mais convocado neste livro da vida por distintas linhas, sendo a ultima a imagem da dentadura e do dente da ponte no reino unido,

est es ar poe s, lam mina ina s, cor r es pn d ema primeira, uma pre cisa id, ás lam ina s mu l t i p l as das gil e tt es azuis cinza, o vaso do seja g rupo do rei, c r es c id o, cu jo cabo é circulo de uma cobra, s en do cobra a qui, a ima ge maior de um ed di if fi cc da cia na zon ad circulo do al t o de s ant circulo do am aro de oeiras, nu ma ano noite, 2004, dec homem da uva, mulher de durao barroso, primeira do por cura de min homem da primeira am mad da da primeira de vide, ref ren cia s no l iv roda vaso id da primeira, p o iss cao p art iro in v l c roque fi xa as lam minas mu l t ip l as, as si maior da se d es en h ana por rp p da ria lam am mina, s en doque is to reme teresa a inda para os tais, br, da spot, tvi, serpente de pub com os b elos ra p az es, é das bolas, do madail, ás t ratas es pancadas, o vaso do caram das bolas, com do circulo do tiger, o feder é red a for mula one, cu jo no me agora n cão me record o dop e para primeira mao, s en do do circulo do tiger, circulo do mais convocado, sele sao, nest el iv roda v id a por di s tintas da linha serpente s en do da primeira u l t ima, primeira i mage maior da dentadura, é do dente da ponte no rei no uni nid circulo, ninho

a ainda dentadura só pra recordar em breve, corresponde, tambem ao freeport, socrates, e ainda aos passes com os dentes reais, nos diversos dentistas aqui narrados, e tambem imagem do semi arco dos dentistas brasileiros no estoril e uma linha curiosa que agora me emergue, uma noticia que dava conta do paulo portas ter branqueado os dentes, tambem por esse tempo, ou seja parece indicar uma relaçao dele com este grupo am tambem

primeira d en t ad dura sópra reco rato sp ps da ar em br eve, cor r es ponde, tam am tambem cao do freeport, soc rat es, é a inda a os p ass es com os d en t es rea is, nos di ver s os den t istas a qui aqui na rr ad os, se eta tam am tambem ima ge maior do s emi arco dos d en tita serpente dos brasileiros no estoril, é uma da linha, c ur iso primeira qaudrado vaso é agora da me e mer g ue, uma do ano not ti cia, qaudrado e vaso d ava conta do paulo portas, teresa br anque ad o os d en t es, o vaso do seja pa rece indica rato, uma da relaçao dele, com de este g rupo da am t am tambem

para terminar a analise desta pagina, o sub titulo, me diz que o cu da primeira turra, é do grupo do ft do lazer, lazer, creio que é uma revista tambem, evasoes e lazer, se não me falha a memoria, e tambem lazer, pode se entender , ferias de amantes, primeira da capital, da disco, sá bad ad circulo do primeiro quadrado de dezembro, o do maconico do circulo do segundo do trinta e um da armada, do ze eduardo unit, ou seja da tvi, que tambem tras o nome de capital, como nome de grupo

para teresa mina ra da analise, psi, de sta pa gina, o s ub tito l o, me di zorro q ue circulo cu da primeira turra, é do g rupo do ft do lazer, l az e rato toc circulo do rei, o q ue é de uma revista tambem, eva s o es é l az e rato, se n ão me f alha am emo da ria de aveiro, e eta tam am tambem l az e rp da pode da se ene t en der , fr e ria s de am ant es, prime, é rua da capital, da disco, sá bad ad c irc culo do prime do io quadrao dezembro, mac on cio, andorinhas, ando da dor das rinhas, c irc culo do segundo do trinta e um da armada, do se eduardo unit, ou seja da tvi c omo no me do g rup do pp

volto entao à primeira pagina, a da noticia do canal zero, que pelo numero me diz, triade do segundo da capital, os da dame da mesma turra

vaso do circulo primeiro to en tao do acento à primeira pa gina, a da ano da not ti cia do c ana l z ero, q ue p elo nu mer ero rome di zorro da t riade do se gun do da capital, os da dame da me sm primeira da turra

continua...